New Legends - Cavaleiros do Zodíaco escrita por Phoenix Matt Marques W MWU 27


Capítulo 40
A muralha de cristal e o cosmo máximo! Kiki de Áries


Notas iniciais do capítulo

Os cavaleiros iniciam a travessia das Doze Casas, iniciando pela Casa de Áries. É o primeiro contato deles com um cavaleiro de Ouro. Eles percebem de cara a diferença abissal de poder entre as categorias Bronze e Ouro. Os jovens cavaleiros descobrem que é necessário alcançar o Sétimo Sentido, o nível de cosmo em que os cavaleiros de Ouro se encontram, para poder enfrenta-los de igual para igual. Com a ajuda de um rosto amigo, os cavaleiros de Bronze tentam superar esse primeiro desafio na missão de cruzar as Doze Casas do Zodíaco e provar que são dignos do título de Cavaleiros de Atena.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/264005/chapter/40

Chegaram a casa e entraram. Era um lugar escuro, amplo, com o teto alto. Não havia sinal de vida em canto algum.

Então uma luz forte se acendeu. Os cinco Cavaleiros voltaram os rostos para a fonte da luz.

Um homem, sentado em posição de lótus e com os olhos fechados, parecia meditar, tranquilo; seu poderoso cosmo emanava dele como uma aura dourada. Sua armadura era completamente dourada, como a armadura de Libra que eles haviam resgatado. Tinha cabelos castanhos e longos, e uma pele morena de aspecto oriental.

— Quem é você? – perguntou Matt. O homem não abriu os olhos ao responder.

— Sou o Cavaleiro de Ouro de Jamiel. Kiki de Áries, aprendiz de Mu de Áries que, por sua vez, foi discípulo do atual Grande Mestre.

Kiki calou-se em seguida. Após alguns instantes de silêncio, Gustavo falou:

— Somos amigos da Isabella, sua aprendiz, Senhor Kiki. Enfim, podemos passar?

Kiki continuou imóvel e calmo, mas havia repreensão em sua voz.

— Não. Meu dever é proteger a Casa de Áries de qualquer invasor. Nem vocês nem ninguém são exceção. Só há uma maneira de passar por esta casa. – Ele fez uma pausa, em que seu cérebro pareceu movimentar as engrenagens. – E é... Derrotando-me.

— Está bem – disse Matt. – Você pediu! AVE FÊNIX!

— MURALHA DE CRISTAL! – disse Kiki.

O golpe de Matt rebateu numa imensa e infinita muralha transparente e brilhante, que surgira na frente de Kiki; o Ave Fênix voltou contra Matt e o atingiu, derrubando o Cavaleiro de Bronze.

— Mas como? – perguntou Gustavo, contemplando o Fênix no chão, sentindo as dores do próprio golpe.

— Todo golpe disparado contra a Muralha de Cristal, volta-se contra quem o lançou – disse Kiki. – Não há nada que o transpasse...

— É o que veremos! – disse Betinho. – Vamos, Thiago, Gustavo! Ao ataque!

— CÓLERA DO DRAGÃO!

— PÓ DE DIAMANTE!

— METEORO DE PÉGASO!

Os três golpes combinados colidiram com a Muralha de Cristal; em vez de atingirem Kiki, porém, voltaram contra os Cavaleiros de Bronze, que caíram no chão, feridos.

Kiki se virou para Rina, que olhava aturdida para os amigos, mas mantinha-se calma; não esboçava procurar um meio de atacar Kiki.

— O que há Andrômeda? – perguntou Kiki, curioso. – Desistiu de lutar após ver seus amigos serem facilmente derrubados?

— Não sou precipitada – disse ela. – É óbvio que, se nem os poderosos golpes dos meus amigos derrubaram sua Muralha de Cristal, minha Corrente também não conseguirá.

— Que bom que reconhece a derrota – disse Kiki. – Vou lhe dar a chance de ir embora viva com seus amigos, se sair do Santuário agora. É impossível para vocês, Cavaleiros de Bronze, derrotarem um Cavaleiro de Ouro, sem antes alcançar o Sétimo Sentido.

— O Sétimo Sentido? – indagou Rina.

— Sim. É o cosmo final, o cosmo máximo, que só os Cavaleiros de Ouro conseguem alcançar. – Kiki falou com segurança. Parecia estar certo da vitória. – Portanto, renda-se. Não pode vencer um Cavaleiro de Ouro, a menos que, por milagre, atinja o Sétimo Sentido.

— Nunca! – exclamou Rina. – Não vou me render até chegar até Atena!

O cavaleiro de Ouro abriu os olhos e se levantou de sua posição de meditação. Tinha olhos verdes brilhantes.

— Pois bem. Já que você insiste em lutar, eu matarei vocês e seus amigos – disse Kiki, e desfez a Muralha de Cristal para atacá-la. Este, porém, foi seu erro.

No instante em que ele desfez a Muralha de Cristal, uma explosão de luzes encheu a casa de Áries; Kiki levitou para evitar o golpe.

— Quem ousa...? – perguntou ele.

— Eu – disse uma voz vinda da entrada da casa.

Kiki e os Cavaleiros de Bronze olharam para a entrada da Casa. Isabella estava postada de frente para o mestre, encarando-o.

— Isabella – disse Kiki. – Você ousa levantar a mão contra seu mestre?

— Para defender meus amigos e ajudá-los a chegar a Atena, sim – respondeu ela, e havia firmeza em sua voz. A armadura de Taça da garota brilhava intensamente; seu cosmo estava agitado. – Não vou deixar que encoste neles.

— Então, você também vai sofrer com o poder de Kiki, o Cavaleiro Dourado de Jamiel – disse ele. – REVOLUÇÃO ESTELAR!

— REVOLUÇÃO ESTELAR! – disse Isabella.

Os dois golpes explodiram ao se chocar e fizeram a Casa tremer; Isabella tentou novamente a Revolução Estelar contra Kiki, mas ele se desviou para o lado.

Aproveitando que Kiki havia baixado a guarda, Isabella gritou:

— MURALHA DE CRISTAL!

A Muralha de Cristal de Isabella dividiu a Casa de Áries ao meio, deixando Kiki e Isabella de um lado e os cavaleiros de Bronze do outro; então ela se virou para os Cavaleiros de Bronze.

— Corram para a próxima casa! – gritou ela. – Eu vou detê-lo! Rápido, vocês têm menos de 12 horas!

— Está bem! – disse Rina em resposta; ela acudiu os outros cavaleiros, que foram em direção à saída da Casa. Rina se virou para Isabella antes de ir. – Isabella, tome cuidado! Prometa que não morrerá, e que vai nos alcançar!

— Certo! Agora vá! – disse a outra. Percebendo o que ocorria, Kiki disse:

— É inútil, eu lhe ensinei esta técnica. Usá-la conta mim é perda de tempo!

Rina foi atrás dos cavaleiros de Bronze, e Kiki desfez a Muralha de Cristal da discípula.

— Isabella, seus amigos certamente irão morrer – disse Kiki. – Os Cavaleiros de Ouro são os mais poderosos cavaleiros de Atena...

— Eles não vão desistir – disse Isabela. – Eles já passaram por muitos desafios. Agora, para seguir o exemplo deles, eu vou te vencer. REVOLUÇÃO ESTELAR!

— REVOLUÇÃO ESTELAR!

Os dois golpes explodiram novamente e a Casa de Áries tremeu com a força de ambos...

Os Cavaleiros de Bronze saíram da Casa de Áries. Então visualizaram o Relógio de Fogo.

A chama tinha passado de Áries para Touro. Eles tinham, agora, onze horas.

A Casa de Touro se erguia um pouco à frente.

— Vamos para a Casa de Touro, Cavaleiros! – disse Matt. Porém, ele não parava de lançar olhares para a Casa de Áries, tentando sentir o cosmo de Isabella, que havia explodido contra o de seu mestre há pouco tempo, na batalha entre eles.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Próximo capítulo: Despertando o Sétimo Sentido


Revisão concluída em 06.05.2020



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "New Legends - Cavaleiros do Zodíaco" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.