New Legends - Cavaleiros do Zodíaco escrita por Phoenix Matt Marques W MWU 27


Capítulo 36
Um segredo revelado! Isabella da constelação de Taça


Notas iniciais do capítulo

A batalha contra os cavaleiros de Aço engrossou de vez. O grupo revoltoso aparece reunido em peso para dar combate aos Cavaleiros de Bronze. Quando os garotos pareciam encurralados, eis que surgem aliados para equilibrar a situação: os outros cavaleiros de Bronze, os cavaleiros de Aço contra-insurgentes, e uma nova aliada que já se encontrava no meio deles...

UPDATE - Abril de 2020: estamos nos aproximando da marca de 300 comentários, e aqui agradeço aos leitores que mais tem se dedicado a esta história nos últimos meses, a saber:

Sensei Oji
Louis
Bilss o Destruidor
Aeslandboy

A todos, meu muito obrigado.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/264005/chapter/36

Realmente, os cinco Cavaleiros de Bronze estavam completamente cercados pelos Cavaleiros de Aço. Uma amazona de armadura verde-escura, alta, magra, branca, de cabelos negros longos e olhos cinzentos, se adiantou e disse:

— Líderes de Aço, permitam que eu, Laís da armadura de Aço terrestre de Árvore, elimine os Cavaleiros de Bronze.

— Fique à vontade – disse Luiz, e Laís de Árvore atacou:

— FOLHAS DA MORTE! - várias folhas secas de árvore surgiram detrás da armadura da garota, todas elas controladas e guiadas pelos microchips da armadura. As folhas voaram em direção aos Cavaleiros de Bronze.

Matt segurou o golpe e revidou:

— AVE FÊNIX! - ele lançou suas chamas contra as folhas, destruindo-as por completo, e também atingindo a própria Laís.

Laís foi jogada contra os Cavaleiros de Aço. Isso foi a gota d’água para os dois lados: Cavaleiros de Bronze e de Aço começaram a se atacar.

Matt, Gustavo e Rina lutavam contra os líderes de Aço; Thiago e Betinho enfrentavam os demais Cavaleiros. Porém, de novo os Cavaleiros de Bronze se viram cercados pelos de Aço.

— Vou matá-lo de uma vez, Fênix! – disse Fernanda, e avançou sobre Matt. Porém, antes de chegar até ele, um objeto pontiagudo foi jogado do alto na frente dela, fazendo-a parar.

— O que é isso? – perguntou ela, mas Matt olhou para o alto e sorriu, dizendo:

— Cavaleiros de Bronze!

Lá do alto, sobre as rochas, Lauro de Unicórnio sorria para Matt, que acabava de descobrir quem lançara o chifre. Porém, ele não estava sozinho.

John de Hidra, Cícero de Urso, Elias de Lobo e Jonathan de Lionet estavam espalhados pelas rochas, prontos para a luta.

— O que fazem aqui, Lauro? – gritou Matt.

— Tatsumi nos enviou! Nosso novo treinamento nos deixou mais preparados para o combate! – disse Lauro, e saltou das rochas, atacando Fernanda com seu punho estendido: - CHIFRE DE UNICÓRNIO!

Ela se esquivou, mas Lauro atacou de novo:

— GALOPE DO UNICÓRNIO!

Desta vez, Fernanda foi atingida com o chute giratório do Cavaleiro de Unicórnio; com o mesmo golpe, Lauro também atingiu outros cinco Cavaleiros de Aço perto dela. Os outros Cavaleiros de Bronze também atacaram:

— GARRAS VENENOSAS DE HIDRA!

— ABRAÇO DO URSO!

— ATAQUE EXPLOSIVO DE LIONET!

— UIVO MORTAL DO LOBO!

Os Cavaleiros de Aço foram derrubados; os dez Cavaleiros de Bronze se viram vitoriosos. Nesse momento, Marcolino e os cavaleiros de Aço insurgentes também apareceram e se voltaram contra seus ex-colegas, auxiliando os cavaleiros de Bronze.

— Ondas de Jubarte!! – foi o golpe de Inácia de Jubarte, lançando torrentes de água com seus disparadores.

— Presas Douradas!! – foi o golpe de Bianca de Jaguar, erguendo suas garras protuberantes da armadura.

— Garra Sombria!! – foi o golpe de Pedro de Tigre, também atacando com as garras de sua vestimenta mecânica.

— Emboscada Polar!! – foi o golpe de Beatriz de Urso Polar, disparando rajadas de neve com os disparadores.

— Investida Feroz!! – foi o golpe de Fael de Leopardo, se jogando contra os demais Cavaleiros de Aço com o ombro estendido.

— Explosão Atômica!! – foi o golpe de Karinne de Plástico, atirando várias pedras, guiadas pelos chips, e fazendo-as explodir em mil pedacinhos para ferir os Cavaleiros de Aço rebeldes.

— Rastro Pegajoso!! – foi o golpe de Jadiel de Verme, lançando tinta negra de seus disparadores para fazer os Cavaleiros de Aço tropeçarem.

— Rajada Mortífera de Lama!! – foi o golpe de Marcolino, que usou seus disparadores para atirar sua lama contra seus ex-comandantes.

— Bastão Explosivo!! – foi o golpe de Mello de Salamandra, que disparava hastes de metal com seu disparador, fazendo-as explodir ao entrar em contato com os oponentes.

— Grande Furacão Tropical!! - foi o golpe de Chiara de Furacão, disparando correntezas de ar contra seus ex-companheiros de revolta.

Seus golpes também deixaram boa parte dos cavaleiros de Aço atirados na terra; boa parte deles havia sido pega de surpresa ao ver que parte de seus antigos companheiros haviam se voltado contra eles.

Logo em seguida, um portal de luz se abriu no ar, e dele saiu uma nova amazona; sua armadura parecia ser também de Aço, mas ela possuía um tipo de echarpe no pescoço com um símbolo de aspecto oficial em ambos os lados. Rina olhou de esguelha para Isabella, que estava um pouco afastada da luta, protegendo a urna da armadura de Libra contendo as peças que eles haviam recuperado. A assistente de Tatsumi acenou positivamente com a cabeça para a amiga, e Rina percebeu que sua desconfiança estava correta sobre a recém-chegada: era uma enviada do Santuário. A garota aterrissou no chão em meio à batalha, encarando friamente os Líderes de Aço.

— Eu sou Gabriella, da armadura de Aço terrestre de Brilhante – disse a garota nova, forte, de estatura média, pele alva, olhos verdes, longos cabelos ruivos, e cuja armadura era coberta por pedras preciosas, todas emitindo um brilho faiscante. – Fui uma agente infiltrada do Santuário durante a rebelião dos Cavaleiros de Aço, e mantive o Mestre informado da movimentação daquele grupo até o momento em que chegaram à Grécia, quando fui descoberta e precisei fugir. Fui enviada para auxiliar os Cavaleiros de Bronze a deter e levar os Cavaleiros de Aço traidores sob custódia para que o Grande Mestre decida sobre a punição que eles devem receber.

— Maldita! - berrou Fidelis, se erguendo lentamente e tentando se recuperar dos golpes que sofrera. - Mais uma que traiu nosso movimento! Mais um verme que rastejou por nossas fileiras! Você pagará com sua vida!

— Vocês é que são os traidores aqui, Fidelis - retrucou Gabriella. - Portanto, baixe a bola. Vocês é que correm sério risco de vida no momento.

Apesar de abatido, Fidelis não demonstrou se sentir ameaçado pelas palavras dela; Gabriella, observando a tentativa de manter a pose do Líder de Aço, lhe lançou um olhar gélido, desprezando o ódio destilado nas declarações dele.

Porém, os Cavaleiros de Aço se levantaram de novo e cercaram os Cavaleiros de Bronze e seus aliados. Então...

O raio de luz prateado semelhante a uma estrela que os Cavaleiros de Bronze tinham visto anteriormente reapareceu no céu; mas, ao invés de seguir em frente, foi caindo em direção ao local de batalha. O raio caiu no solo entre os Cavaleiros de Bronze e de Aço, e surgiu uma urna de armadura.

— Uma urna de armadura? – disse Matt.

— Mas que armadura será? – perguntou Rina. A resposta dela veio rápida: a urna começou a brilhar e diminuir de tamanho, até se transformar numa rocha luminosa, semelhante às Cloth Stones que Tatsumi havia dado aos cavaleiros de Bronze algumas semanas atrás; a pequena pedra brilhava intensamente como a luz do sol.

A nova Cloth Stone tinha um formato de cálice... Ela se ergue no ar e foi parar nas mãos de Isabella. A menina ergueu a Cloth Stone e disse:

— Venha, armadura!

Imediatamente, a Cloth Stone brilhou de forma intensa e ergueu a menina do chão, cobrindo-a. Quando a luz se dissipou, Isabella estava trajando uma armadura prateada.

— Esta é a armadura de Prata de Taça. – Disse ela. Os Cavaleiros de Aço a cercaram, mas ela atacou sem se mexer. – REVOLUÇÃO ESTELAR!

Uma explosão de feixes de luz foi disparada da armadura, na direção dos Cavaleiros de Aço, que foram derrubados ao mesmo tempo de uma vez.

Isabella ficou em pé sobre a urna da armadura de Libra, que antes carregava nos ombros, e sorriu para os amigos.

— E aí, pessoal? Eu fui bem?


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Próximo capítulo: Furacão de Aço vs Furacão de Bronze