New Legends - Cavaleiros do Zodíaco escrita por Phoenix Matt Marques W MWU 27


Capítulo 133
Sombras do Passado, parte 1


Notas iniciais do capítulo

PARTE 1 DE 3

Feliz dia 12 de outubro para todos. Se você vai comemorar o dia de Nossa Senhora Aparecida, aproveite bastante. Se você vai comemorar o dia das crianças, aproveite bastante. Se você vai comemorar ambos, aproveite bastante também, da melhor forma possível.

Ufa! Este capítulo chega a vocês um mês após o anterior, no entanto, não é exagero nenhum dizer que este capítulo em particular demorou 2 anos para ser escrito. 2 anos, isso mesmo. Um pouco mais na verdade. Em março de 2017, quando começou involuntariamente meu hiato aqui no Nyah!, peguei meu caderno e comecei a fazer um esboço do que seria este capítulo - porque já tinha noção de que seria um divisor de águas para esta saga e para a história como um todo. Era uma forma de eu dizer a mim mesmo que, mesmo não estando presente no Nyah!, eu ainda estava escrevendo e contribuindo, ainda que de forma bem leve, com minha fanfic preferida. Acabou que o resultado ficou um pouco diferente do que imaginei. Invés de um capítulo, teremos três. Na prática, é um capítulo dividido em três partes. Se eu postasse ele todo, em uma só parte, daria mais de 15.000 palavras. Não se preocupem, os próximos capítulos da saga já não terão mais tanto essa 'longevidade', e assim poderemos chegar logo ao próximo arco.

Sobre o capítulo:
Matt de Fênix se lança dentro da mente e das lembranças de Unity, mas o que encontra não é bem o que ele esperava.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/264005/chapter/133

            - Golpe Fantasma de Fênix!!

            Assim que Matt efetuou o golpe, ele se viu lançado em um espaço negro e vasto, sem limites aparentes. Ele viu o corpo de Unity flutuando, inerte, alguns metros à sua frente. O próprio garoto parecia flutuar, pois não havia chão visível naquele local.

            Aquilo não fazia o menor sentido. O Golpe Fantasma nunca tinha gerado aquele tipo de reação. Quem visualizava as visões e ilusões produzidas pela técnica era somente a vítima do golpe, e não o próprio Cavaleiro de Fênix.

            Unity estava revidando o golpe de alguma forma? Matt imaginou que não, pois não sentia o cosmo dele se manifestando. A técnica mental dos cavaleiros de Fênix conseguia fazer muitas coisas, mas não era capaz de esconder ou mascarar cosmos alheios. Ele estava realmente ali, flutuando inerte diante do menino. Aquela visão era realista, bem mais realista do que quaisquer visões anterior que o garoto já tivera em decorrência do uso prolongado do Golpe Fantasma.

            Matt notou um vórtice se formando bem abaixo de Unity. O general não estava sendo atraído por ele, mas Matt sentiu que precisava ir até ali para encontrar o que quer que tivesse vindo procurar dentro da mente de Unity.

            Ele se lançou em direção ao vórtice. A gravidade inexistia naquele espaço negro. O vórtice não era ameaçador como o golpe Triângulo do Dragão que Unity lançara contra ele anteriormente. Parecia a porta de entrada de uma casa hospitaleira, conduzindo-o para um local melhor.

            Uma figura irrompeu de dentro do vórtice, antes que Matt o alcançasse. Era uma coluna de fogo, semelhante à forma que Matt assumia às vezes quando surgia das sombras, antes de se revelar para um oponente. A coluna tremeluziu e tomou a forma de uma fênix. Aquilo nunca tinha acontecido antes em alguma das visões do garoto.

            A fênix de chamas inclinou a cabeça na direção do menino, como se o saudasse. Ainda um pouco confuso, Matt resolveu se curvar também, retribuindo o gesto.

            Em seguida, a figura em chamas apontou insistentemente para o vórtice. Parecia querer alertar o garoto sobre algo.

— Eu tenho que entrar lá, não é? – arriscou ele, embora já desconfiasse da resposta.

            A fênix assentiu. Ela se dissolveu, tomando novamente a forma de uma coluna de fogo, e se lançou para dentro do vórtice. Matt lançou um último olhar para o corpo imóvel de Unity, flutuando alguns metros acima, e seguiu a fênix, flutuando para dentro do vórtice também.

            Assim que entrou no vórtice, ele se deu conta de que estava, de fato, dentro da mente de Unity; começou a vislumbrar inúmeras cenas, que deveriam fazer parte do passado daquele general Marina.

...

...

...

...

            Matt viu o que era praticamente uma repetição da cena que tinha contemplado de Unity, Dégel, e Seraphina quando crianças. Viu um garoto vestido com roupas longas de frio, com aspecto de nobre: o próprio Unity, acompanhando por outro garoto de vestes mais simples e cabelo ruivo, certamente Dégel, e uma garota também usando vestes nobres de frio, bastante parecida com Unity, que seria Seraphina. Os três estavam caminhando por uma planície de neve, em frente a um palácio.  Matt os acompanhava de perto, flutuando como se fosse um fantasma ou um vulto incorpóreo.

            Enfim, eles chegaram ao que parecia ser a porta principal de entrada do palácio. Unity fez menção de bater na porta, mas um homem as abriu de dentro antes disso. Era certamente um nobre, vestido como um senhor feudal ou mesmo um rei. Pelo tipo de roupa que usava, o cavaleiro de Fênix presumiu que aquele homem era um monarca europeu do século 18. Isso gerava inúmeras perguntas, também, sobre a real idade do general Dragão Marinho. Com um sobressalto, Matt percebeu as linhas de expressão do rosto do homem, que eram muito semelhantes às de Unity quando adulto. Aquele devia ser o pai de Unity e Seraphina. Aquilo confirmava que eles eram irmãos, mas também, pelas vestes do ancião, que eram filhos do regente de Graad Azul. Unity havia sido o herdeiro do trono; um príncipe de Graad Azul como o cavaleiro de Fênix havia desconfiado.

            O ancião sorriu para os filhos e para Dégel, convidando-os a entrar. Matt ficou para trás enquanto os três se juntavam ao rei e adentravam o palácio. Então, tudo escureceu.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

As notas vão acabar e, ainda assim, não consigo desapegar delas. Sabe-se lá o que farei com tudo que anotei nesses espaços quando houver a reformulação do site...

Bom, pra não perder o costume: deixe suas impressões do capítulo. Aguardo vocês no próximo...




Revisão concluída em 04.03.2023



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "New Legends - Cavaleiros do Zodíaco" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.