Gêmeos escrita por bechelli, Bell, Jeniffer Lestrange Riddle 2


Capítulo 7
Capítulo 5


Notas iniciais do capítulo

Hey loves!!
Desculpe-me pela demora a postar.
O capítulo é pequeno,mas mais tarde postarei a continuação. ♥♥

Capítulo editado em 11/04/2018



 

 

P.O.V.S BELLA

 


—Como? -pergunta ele arregalando os olhos.- Não seria melhor esperarmos a formatura, para depois irmos embora?-pergunta o idiota, me fazendo gargalhar e ele me olhar inconformado.

—Você acha que vai comigo, sua fada brilhante? -pergunto debochada.

—O que aconteceu com você, meu amor? -Pergunta ele com os olhos arregalados.

—Não me chame de amor -rosno o fazendo recuar para trás. -Você pensa que eu te amo? Pensa que eu te amei? Pensa que eu sou humana? - o enchi com perguntas

—V-voc-cê não me.... me a-ama? -pergunta ele gaguejando.

—Não eu não amo você. Você só foi um brinquedo para mim, Edward Cullen. Eu nunca te amei e nunca irei amar. Você acha que eu fiquei triste quando você foi embora, me largando na floresta dizendo que eu não sou boa o suficiente para você?... Me poupe-me projeto de vampiro. Eu só faltei dar uma festa para mostrar o quando feliz estava quando você foi embora.... Mas tive que manter as aparências. -falo tudo o que eu queria falar.

—Meu amor... Você não está em sã consciência.... Vamos -fala ele me estendendo a mão- Te levarei a Carlisle... Ele cuidará de você.

Quando ele disse isso, minha raiva se tornou três vezes pior. Enxerguei tudo vermelho... Meu rosto se transformou, o fazendo recuar mais e mais para trás. Um segundo depois, ele estava à mais de 800 metros para frente com o rosto todo rachado.

—Só não lhe mato agora, pois tenho outras coisas para fazer. Mas fique bem atendo que logo chegará a sua hora. -falo perigosamente me aproximando dele e arrancando seu braço esquerdo e sua perna direita. E em seguida saio da floresta como se nada tivesse acontecido.

—Meus queridos Cullen’s, acho que o irmão de vocês precisam de uma ajudinha. Como ele irá conseguir sair do meio do mato somente com sua perna esquerda? –pergunto aos purpurinas que estavam parados no estacionamento somente me olhando. Caminhei até o carro de Sophia e abri o porta malas, mexendo na mala que continha as minhas roupas.

—Eu sabia que você não era quem se dizia ser. – fala Rosalie caminhando para dentro da floresta sendo seguida pelos outros que apenas olhavam para mim chocados. Dou de ombros e termino de me vestir na frente deles mesmo.

—Estão preparados para voltar a ativa? –pergunto aos meus amigos, enquanto passava um batom vermelho em meus lábios.

—Sempre Belinha. -responde Sophie entrando no carro seguindo pelos outros.

— Para que lugar vamos? -pergunta Alex no carro da frente.
—Mystic Falls. -respondo.

—Finalmente. -fala Dianna. Podia até escutar o barulho do banco, com ela pulando em cima dele e batendo palminhas.

Bom... Adeus Forks e olá, Mystic Falls.



Notas finais do capítulo

Comentários? Com 5 comentários,ainda hoje posto o próximo.
XOXO: Jeniffer Petrova Mikaelson



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Gêmeos" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.