Ariot - A Gangue Dos Góticos Assassinos escrita por Ariane F Rossi


Capítulo 4
Max


Notas iniciais do capítulo

Todo grupo tem seu líder o nome do nosso é Max



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/260161/chapter/4

Max havia criado... não havia juntado todos os goticos da redondeza num grupo só os Ariot... Não sei o por que do nome(esse é o grande misterio da historia). Bom  ele sempre teve o habito de ser tristonho ate depressivo. Porém na juve... ele tinha mudado piorado. Ele tinha assumido que era Gótico só andava de preto, pintava as unhas ficava triste e tal ate que conheceu Tim meu melhor amigo. Tim é um gotico estranho ele e  um moreno lindo... O.k. estou falando do Max não do Tim. Bom ele conheceu o Tim e descobriu que goticos podem sim ser populares em andarem em bando. Então ele fez o grupo... porém eu  também era gótica - como o Tim sempre fui desde que comecei a gatinhar.. nossos pais era goticos! Bom a Tim queria que eu entrasse para o grupo Goticos unidos porém relutei muito já era gotica, nerd, e vi fantasmas o que mais podia ficar pior? 

Bom posso dizer que o Ariot me trouxe amigos... Amigos estranhos mas iguais a mim. Que não ligam se eu não estou sorrindo é que se preocupam. Max era o elemento principal. apos conhecer Tim algo mudou nele. ele viu que ser gotico não é ser triste só é ser diferente. Ele era atraente com seus cabelos lisos lambidos e olhos escuros que nem abismos, que te olhavam e te penetravam a alma. Max era o tipo de cara que fazia você falar com ele de qualquer jeito só com um olhar. Max era o Max. 

Quando resolvi me unir ao grupo ele começou a ficar todo fofo comigo. Não que já não fosse mais ele me beijava do nada. Tim falava que era por que eu tinha sido escolhida para ser dele. Eu ria mas gostava da atenção que ele me dava era boa.

Era como ser o brigadeiro com caramelo mais gostoso da festa. Ele passava por mim me abraçava me beijava, fazia algum comentario que me alegrava ate num dia como aquele.

Danielly riu ao meu lado. 

-- Claro o lider gotico e a gotica que ve fantasmas UUUh!!!(tentando imitar um fantasma) - olhei para ela e vi que estive andando olhando para o chão como era meu costume quando pensa em algo que tinha acabado de acontecer e como namorada....ex namorado do meu melhor amigo ela sabia disso. Olhei para ela e falei baixinho:

-- Não tente imitar um fantasma. Você já é um!


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Espero que gostem...



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Ariot - A Gangue Dos Góticos Assassinos" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.