Recomeçando escrita por Bia Snow


Capítulo 47
Capítulo 47


Notas iniciais do capítulo

Oie gente , desculpem a demora mais é que eu fiquei internada ontem e só acabei agora o capitulo . Espero que gostem e comentem
Obrigada pelos VINTE E SETE reviews , viu como conseguem ? rsrsrs
Agora quero TRINTA , tenho 120 leitores , eu mereço rsrsrsrs
TRÊS CAPITULOS PRO FIM MEU POVO
Quem quer dar mais recomendações pra fic ? Faz tempo que não recebo nenhuma :/
Faça eu feliz e comente e deixe recomendações
Bom aproveitem e BEM VINDOS LEITORES NOVOS E DEDICO ESSE CAPITULO PRA TODOS QUE ME ACOMPANHAM DESDE O COMEÇO ..






QUATRO MESES E MEIO DEPOIS ...

Filha por favor – digo pela milésima vez

– Não quelo ir mamãe – diz ela chorosa em baixo da cama

– Mais você tem que ir meu amor – digo pra Pearl . Estou agachada do lado da cama , enquanto ela se esconde embaixo da mesma junto com seu ursinho

– Mais eu não quelo ir mamãe , deixa eu ficar aqui – diz chorosa

– Sai da i Pearl , você vai sujar seu uniforme inteiro de pó – digo quase perdendo a paciência com ela . Ela já está de uniforme e quando soube que essa era a roupa dela de ir pra escolhinha se enfiou em baixo da cama .

– Não

– Me obedeça logo Pearl Mellark ,antes que eu perca a paciência com você – digo autoritária

– Mas ..

– Sem mais filha , sai logo daí

Resmungando e chorando ela saia de debaixo da cama

Com os olhos azuis vermelhos e o nariz vermelhinho também e esfregando o rosto

Não me agüento e pego ela no colo e a abraço

– Mamãe não gosta de te ver chorando minha princesinha – digo secando suas lágrimas

– Mais a mamãe quer me mandar embola – diz se apertando contra mim

– Quem disse isso meu amor ? Eu NUNCA vou mandar você embora – digo beijando o alto de sua cabeça

– Mais agola a mamãe e o papai tem o Andy , não plecisam mais de mim- diz ela chorando e corta meu coração

– Não fala uma coisa dessa Pearl , a mamãe te ama , assim como o papai e seu irmãozinho . Nós não vamos te mandar embora criaturinha

– Não querida , só que você vai ter que ir pra escolinha – digo e ela faz beiçinho

Peeta entra no nosso quarto como Andrew em seu colo , acordado e brincando com sua chupeta

– E ai princesinha , ta pronta pra ir pra escola ? – diz meu marido se sentando ao nosso lado e olho pro nosso bebê , que agora com seus quatro meses já está bem espertinho . Ele sorri pra tudo , principalmente das caretas que Pearl faz pra ele . ( N/A : Andrew )

– Eu não quelo ir papai – diz Pearl para meu marido .

– Mais vai ser legal filha , você irá brincar ,aprender .

– Mais eu não quelo ir , eu quelo ficar com você , com a mamãe e com o Andy – diz minha filha emburrada e de braços cruzados. Ela já estava de uniforme e não tinha Cristo que fizesse essa menina querer ir pra escolinha !

– Porque ?

– Porque vocês quelem me mandar embola pla lá e ficar só com o Andy e sem eu – diz de braços cruzados e com lágrimas escorrendo pelos seus lindos olhos azuis

Peeta coloca gentilmente nosso pequeno bebê em meu colo e pega Pearl no colo e logo nossa pequena abraça o pai

– Princesa , nós nunca iremos abandonar você viu . Nós te amamos muito , e ter o Andy agora não faríamos você ir embora , afinal você é nossa princesinha e o Andy é nosso príncipe – diz meu marido beijando logo em seguida o nariz da pequena

– E você e a mamãe ? – ela pergunta e encosta a cabeça no ombro do pai

– A mamãe e a minha rainha

– E o papai é o meu rei – digo rindo e ela ri

– Agora essa princesa tem que ir pra escola , é legal lá

– Mas

– Sem mais um a Pearl Mellark , você tem que ir – Peeta diz autoritário

– agora deixa a mamãe termina de te arrumar

Peeta a coloca no chão e eu coloco Andrew deitadinho na cama e Peeta disse que iria em algum lugar

– Vem cá minha marrentinha – digo pra minha pequena e encho ela de beijos – A mamãe gostava de ir pra escolhinha , eu tinha cinco aninhos quando fui . Foi na escolhinha que conheci seu papai , pensou se eu não tivesse ido ? Você não estaria aqui hoje

Ela me olha emburrada e fico com vontade de morder aquele biquinho dele

– Vem cá – digo e começo a pentear seus cabelos e faço duas Maria Chiquinha nela que fica bem fofinha .

Arrumo o uniforme dela e ela continua emburrada abraçada em seu azulzinho .

– Mamãe ..

– Fala querida

– Porque eu tenho que ir? – e ela continua na mesma ladainha

– Pearl , você vai gostar

– E se eu não gostar mamãe ? – ela pergunta me olhando

– Vamos fazer um trato ? Se você não gostar , você não precisa mais ir , pode ser ?

Ela sorri e concorda com a cabeça

Termino de arrumar ela e Andrew começa a resmungar na cama

Pearl sobe na cama e fica ao lado do irmão e começa a fazer caretas pra ele

– é neném da Pearl , meu fofinho , meu neném – diz brincando com ele e fazendo cosquinhas na barriguinha dele

E ele ri com aquele sorrisinho banguela dele

– Quer ajudar a mamãe a trocar ele ?

– Posso escolher a roupinha dele ? – pergunta com os olhinhos brilhando

– Pode – digo e ela sorri e vai lá no quartinho dele escolher uma roupa

Pego meu pequeno Andrew com todo cuidado e tiro seu macacão e ele agita as perninhas . Ele adora ficar mexendo as perninhas quando tiro sua roupinha .

– Se gosta de ficar peladinho né safado – digo apertando de leve sua coxa e ele ri . – Seu gostosinho – digo cheirando seu pescoço o fazendo rir

– Plonto mamãe – diz minha filha voltando com uma roupinha pro meu pequeno

Ela trouxe um macacão jeans que tem uma blusinha vermelha por baixo . Foi Peeta quem escolheu esse macacãozinho tão fofo .

– Que bela escolha

Ela sorri

Termino de trocar a fralda dele e Pearl me ajuda a vestir o irmão .

– Deixa eu pentear o cabelo dele ?

– Claro – digo e pego a escovinha dele e dou na mão dela . Ela penteia bonitinho o pequeno tufo de cabelo de Andrew e o pequeno fica brincando com meus dedos enquanto isso .

– PEARLLL - ouço a voz do meu marido gritar no andar de baixo

– Seu pai chegou – digo – Vamos ?

Ela desce da cama e eu pego Andrew no colo . Pego a bolsa de Andrew e a mochila de Pearl e descemos

– Oie Papai – ela diz quando chegamos na sala

– Trouxe alguém pra te falar da escolhinha – diz meu marido e vejo Danny entrando na sala , já uniformizado e com a mochila nas costas

– DAAAAAANNY – ela grita e vai abraçar o Danny

– Oie Pearl –diz ele sorrindo e abraçando minha filha

– Filha , o Danny também vai pra escolhinha sabia ? - diz Peeta olhando pra Pearl e a mesma encara Danny

– É ?

– Vou , e eu gosto – diz Danny sorrindo

– É legal ? – ela pergunta entortando a cabeçinha pro lado

– é , nós brinca e corre , e pinta e aprende

– Sério ? – os olhos da pequena brilham quando ouve a palavra “ pintar”

– Aham , vamos lá ?

Pearl assente e se vira pra nós

– Mamãe eu quelo ir pla escolhinha - diz animada

– Agora a senhorita quer ir ?

– Quero - diz sorridente

– Obrigado Danny – diz Peeta sorrindo pro nosso pequeno “sobrinho”

– Dinada tio

– Você vai comigo pra padaria amor ? – pergunta Peeta

– Vou sim .

Peeta pega a bolsa do nosso bebê e coloca no ombro

– Vamos princesa ?

Ela assente

Peeta coloca a mochilinha dela nas costa e saímos de casa , em direção a pré escola do D 12 .

Danny e Pearl vão brincando na frente e Peeta vai comigo e Andrew mais atrás .

Andrew fica olhando tudo ao seu redor e sorri pra tudo .

– Quer me dar ele ? – pergunta Peeta

Olho pro meu marido e sei que ele ta doido pra carregar nosso filho

– Claro , sei que você ta doido pra pegar ele – digo entregando Andrew há Peeta e pegando a bolsa dele .

– Tô mesmo – diz e acomoda o pequeno em seus braços

– Ainda bem que o Danny conseguiu convencer ela a vir pra escola né ?!

– Verdade , mais ela vai gostar

– Tomara

Ele ri e continuamos a andar pra escolhinha

~*~

– mamãe ? – Pearl me chama assim que bate o sinal da escolhinha

Me agacho e fico em sua altura

– Fala princesa

– Você vai vim me buscar mesmo ? – ela pergunta apreensiva

– É claro que vou meu amor . Assim que acabar eu vou estar aqui te esperando . Eu prometo

Ela sorri

– Agora me dá uma abração e um beijão na mamãe – digo e ela me abraça bem apertado , sinto um nó na garganta em ter que deixar minha pequena na escola ,desde que ela nasceu , nunca a deixei longe de mim . – Eu te amo minha filha

– amo também mamãe

Dou mais um beijo nela e me levanto e pego Andrew do colo de Peeta e ele se abaixa e abraça nossa pequena

– Se comporte viu filha . Obedeça os professores e respeite seus coleguinhas viu . E se divirta , eu te amo minha princesa – então ele beija seu rostinho

– Amo também papai – diz abraçada no pai

– Oie , eu sou Kitty , a professora dela . Prazer senhor e senhora Mellark – diz nos cumprimentando - E você é a Pearl ? – diz Kitty se agachando e ficando na altura da nossa pequena

– Sou

– E quantos anos você tem pequena princesa ?

– Quatlo – diz mostrando os dedinhos

– Olha como ta grande . – ela sorri pra Kitty – Vamos entrar Pearl e conhecer seus amiguinhos ?

– E o Danny ?

– Filha , o Danny vai ver você na hora de brincar

Ela assente e sorri pra professora

– Dá tchau pra mamãe e pro papai, e pro irmãozinho – diz Kitty e Pearl vem abraçar Peeta e logo depois eu

– Dá um beijo no seu irmãozinho – digo e agacho pra ficar na sua altura

– Tchau Andy – diz ela e beija o rostinho do irmão - Tchau mamãe , tchau papai – diz e pega a mão da professora e fica nos dando tchau .

– Nossa princesinha cresceu – diz Peeta me puxando pela cintura

– Muito rápido né – digo encostando a cabeça no ombro dele e Andrew se aconchega em mim

– Vamos pra padaria ?

– Vamos

~*~

– Bom dia pessoal – eu e Peeta dissemos juntos assim que entramos na padaria

–Bom dia – dizem Leila e Rory .

– E ai cunhados – diz sorrindo . Assim que Andrew ouve a voz do tio , ele fica procurando Rory – Esse menino me ama , né meu sobrinho lindo – diz Rory antes de pegar Andrew no colo e colocar ele pra cima , o que faz nosso pequeno rir demais

– Ele ama uma bagunça isso sim – digo rindo e colocando a bolsa de Andrew em cima da bancada da padaria .

– Ele é dos meus – diz rindo e fazendo cosquinhas na barriguinha do meu bebê , fazendo ele dar muitas risadas .

Rory fica brincando um tempinho com Andrew , mas logo depois ele começa a resmungar e Rory me entrega correndo

– Bebês são lindos e fofos quando estão cheirosos e quietinhos . Quando chora e faz caca é hora de entregar para os pais – diz Rory rindo e esticando Andrew choroso pra mim

– Quero ver quando for os seus – digo pegando meu bebê e o acalmando

– Ai é outra coisa , vou lá ajudar o Peeta – diz rindo e entrando pra cozinha da padaria

Peeta logo em seguida reaparece aonde estou

– Hora de mamar ? – ele me pergunta e eu assinto

– Aham , esse menino come demais

Ele ri

Coloco Andrew em meio seio e logo o danado começa a sugar bem rápido . Ele fica brincando com meus cabelos enquanto mama e fica me olhando

– Ele tem olhos tão lindos – diz Peeta quando se senta ao meu lado

– Você só diz isso porque parece com os meus

– é a verdade meu amor – diz ele beijando meus lábios

– Bobo

Ele volta pro balcão e fica enfeitando um bolo e eu termino de dar de mamá pro Andrew .

Faço ele arrotar e o sento em meu colo e dou um brinquedinho pra ele . Ele fica pondo na boca e tirando , ele se diverte

Fico olhando pro meu marido , tão concentrado que eu fico encantada

Amor , que tal - Peeta é interrompido quando o sininho da padaria toca e alguém entra .

O meu sangue ferve , e se não fosse por Andrew no meu colo , brincando com o mordedor eu já estaria no pescoço daquela vadia

– O que está fazendo aqui Jenna ? – digo nervosa olhando pra pessoa mais cara de pau da face da terra

– Que eu saiba isso aqui é um estabelecimento publico – diz a vadia na maior cara de pau e entra na padaria

– O estabelecimento é meu , e eu permito quem eu quiser entrar aqui – digo e a Jenna ri

– Meu amor , me poupe meu amor . Alias a prole está crescendo né – diz ela olhando pro meu bebê

– Por favor , se você não tem o que falar , feche a boquinha querida – digo nervosa – E pense muito bem antes de falar do meu filho viu – digo abraçando meu bebê e Peeta se posiciona ao meu lado

– O que você quer aqui Jenna ? –pergunta ele

– Vim me despedir de vocês – diz a garota e minha boca se abre em um perfeito “o” , e tenho certeza que a de Peeta também está assim .

– Porque ?

– Ah , eu estou indo embora daqui , vou ir pra Capital. E queria pedir desculpas por tudo que causei pra vocês , eu realmente estou arrependida- diz ela e me sinto com vontade de rir na cara dela


– Como ?- digo rindo – Você está falando sério ? Depois de tudo que você fez , quase me matou e ainda quer vir me pedir desculpas ?

– é , eu quero recomeçar minha vida , do zero e sem culpa

Peeta me olha com aquele olhar de pena . Meu marido é um santo mesmo .

– Peeta – repreendo ele , Peeta tem um coração muito bom

– Katniss - ele me olha com aquele olhar fofo

Bufo irritada e ele percebe que eu cedi

– Você está mesmo pedindo perdão por TUDO ? – pergunto abismada

– Tô Katniss . Eu me arrependi de tudo . E peço mesmo perdão de vocês

– isso é muito corajoso da sua parte Jenna – diz Peeta e eu sou obrigada a concordar , porque eu não sei se teria coragem dela

– Eu sei , mais é que eu to com a consciência pesada . Eu preciso do perdão de vocês pra conseguir seguir em frente – diz

Peeta me olha , eu não digo nada . Ele suspira

– Eu te perdôo Jenna . Por tudo . – diz meu marido super bondoso

– Sério ?

– Sério – diz ele e a garota sorri e abraça meu marido

– OPA OPA , solte meu marido né – digo enciumada e indo pro lado do meu marido

– E você Katniss ? é capaz de me perdoar ?

Suspiro e penso no que dizer

– Sabe Jenna , foi muito difícil pra mim ouvir tudo o que você me disse e suportar tudo que você fez , mais se uma coisa eu aprendi nessa vida , foi esquecer e recomeçar . Eu estou recomeçando minha vida , com minha família e amigos . –olho pro meu marido que sorri pra mim – Essa vai ser a coisa mais estranha que já fiz na vida , mais eu te perdôo – digo e meu marido beija minha testa

– Obrigada Katniss , de verdade , obrigada – diz ela sorrindo

– é por isso que eu te amo – diz meu marido pra mim

– Era só isso mesmo que queria com vocês . Obrigada e adeus – diz ela e sai da padaria , me sinto estranha , estou aliviada pra falar a verdade

– Parece que tirei um enorme peso das costas - digo pra Peeta

– Eu também , to orgulhoso de você

– Obrigada , foi difícil eu admito

– Mais você é meu maior orgulho sabia ?

– Você é a melhor coisa que aconteceu na minha vida Peeta , se sou o que sou hoje , é graças a você

Ele sorri e beija meus lábios

– Vem , vou te dar pães de queijo , aceita ?

– Precisa perguntar ? – pergunto rindo e ajeito Andy em meu colo

Ele ri e entramos pro escritório dele e ficamos lá até a hora de buscar Pearl na escola ...

~*~

– Então , resumindo você gostou da escolhinha ? – pergunto depois do enorme relato que nossa filha contou sobre o que fez na escolhinha hoje

– Sim , eu fiz uma amiguinha – diz sorridente

– Como ela se chama ?

– Melany , mais ela gosta de Mel

– Então agora você tem uma amiguinha pra brincar ?

– Aham , ela blincou comigo toda hora - diz bocejando . Já havia dado banho nela e ela já havia jantado e agora estava arrumando ela na caminha dela enquanto Peeta fazia Andrew dormir

– Então você gostou de ir ?

– Gosti

– E vai querer voltar ? – pergunto e ela sorri assentindo

– Vo , é legal . Eu blinquei com o Danny também na hola do recleio – diz pegando seu azulzinho e o abraçando

– Que bom que gostou meu amor – digo ajeitando a coberta nela

– Cadê o papai ?

– Tô aqui princesinha – diz Peeta chegando no quarto e se agachando em frente ela

– Eu gosti da escolhinha papai – diz sorrindo e Peeta acariciava seus cabelos

– Eu te disse filha , você vai amar ir pra escolhinha – diz Peeta e Pearl sorri

– Eu to com sono – diz fechando os olhinhos

–Então dorme querida , feche os olhinhos e conte ovelhinhas que logo você dorme – digo ajeitando ela e me levantando

– Boa noite meu amorzinho , durma bem – diz Peeta e o rostinho da nossa filha- Papai te ama

– Amo também papai – diz Pearl sonolenta

– Bons sonhos princesa da mãe – digo beijando sua testa – Mamãe também te ama

– Amo também mamãe – diz

– Boa noite filha – dissemos Peeta e eu junto e eu deixei a porta entre aberta e fomos pro nosso quarto . Mas antes dei uma olhadinha no Andrew , que dormia tranquilamente no berçinho dele . Deixei a porta aberta e a babá eletrônica ligada e voltei pro quarto

Depois de vestidos deitamos na cama e vou para os braços de Peeta

– Eu te amo minha vida

– Eu também amo muito você senhor Mellark – digo acariciando seu peito

– Obrigado por tudo – diz ele me apertando contra ele

– Obrigada você por sempre estar comigo

– E sempre estarei – diz olhando nos meus olhos

– Pra sempre ?

– Todo sempre- ele diz antes de me beijar .

E sim , eu tenho certeza que as coisas finalmente começam a se ajeitar em minha vida e na da minha família !


NO PRÓXIMO CAPITULO ...

E ai Kat ? Tudo bem , aqui é o Finnick – diz do outro lado da linha

– Oie Finn , to bem sim e você e a família ?

– Todos bem , mais então liguei pra convidarem vocês a vim pra cá – diz meu amigo

– Pro distrito quatro ?

– Sim , as crianças já visitam alguma vez o mar ?

– Não ..

– Então , venham pra cá . Tenho certeza que irão se divertir muito

( .... )

– é lindo mamãe – diz Pearl olhando tudo em sua volta .

– é lindo mesmo – digo olhando fascinada pra tudo

– Com certeza – diz meu marido com Andrew agitado em seu colo

( ... )

– Mama

– E-e-ele - digo olhando encantada pro meu pequeno - PEETA ELE FALOU MAMA , PEETAAA

( ... )




Notas finais do capítulo

E ai ? Gostoram ?Eu queria ter apronfundado mais na parte da jenna , mais to com dor e não consegui pensar em nada mais !! Mais espero que tenham gostado ?
O que acharam da minha nova assinatura ? Ficou linda !! Ansiosssima pro trailer de hj !!! que dez da noite chegue logo rsrsrsr
Bom até o próximo capitulo que virá depois de 30 reviews viuuu !! e recomendem pleaaase
Beijos