Save You Tonight escrita por MrsHazelLevesque


Capítulo 4
Capítulo 3


Notas iniciais do capítulo

Primeiro de tudo, desculpem-me por não ter postado antes. Provas, Nyah! não querendo entrar, gripe e etc. Pois é.




I can't be no superman, but for you I'll be superhuman

Na manhã seguinte, ele percebeu que não falara com Piper em nenhum momento do dia anterior. E ele não via motivos para tal, não agora. “Droga, Afrodite, por que você não me ajuda!?”. Uma voz feminina respondeu “Tem certeza que não ajudei?”. Leo achou que estava ficando maluco – definitivamente, era a única explicação. Já ouvira falar que vez ou outra os olimpianos davam conselhos para os semideuses, tipo telepatia ou algo do gênero, mas Afrodite ter falado com ele parecia um pouco impossível demais, principalmente considerando que ele não fazia ideia de como raios ela teria o ajudado. Ele decidiu apenas ignorar.

Drew não era o tipo que “esquecia e seguia em frente”. Piper a havia humilhado, ela tinha que humilhar Piper também. Ela sabia sobre o bloco de desenhos de Piper, e pensou que talvez houvesse algo de interessante lá.

Procurou meticulosamente em cada gaveta, até achá-lo. Seus dedos abeis percorreram todas as páginas do bloco – Piper tinha talento, ela tinha que admitir – até acharem a arma perfeita. Ela se sentia uma daquelas garotas malvadas e populares dos colégios em filmes, e estava se divertindo muito com isso. Um desenho de sua querida irmãzinha beijando o campista que ela logo reconheceu como o patético Valdez em um cenário estranho era o que ela precisava. Decidiu não tirar a folha, levar o bloco inteiro de desenhos. E a primeira pessoa que veria o desenho seria justamente o garoto desenhado.

Drew saiu de seu chalé a passos largos, um sorriso cínico estampando seu rosto, apertando o bloquinho contra o peito. Felizmente, naquele momento Leo estava saindo de seu chalé, dando de cara com a garota.

- Leo! – Ela chamou-o amigavelmente.

- O que foi, Drew? – Ele não escondeu sua raiva. Sério, ele odiava a garota tanto quanto Piper, a achava fútil demais e não seria um infortúnio nunca mais vê-la na vida.

- Eu tenho algo a te mostrar. – O sorriso dela aumentou enquanto ela abria o bloco na justa página do desenho. Leo reconheceu o bloco e subitamente ficou interessado. – A Piper não desenha muito bem? – Drew comentou, mostrando o desenho. Os olhos de Leo se arregalaram.

O corredor, o beijo... tudo estava tão claro. Será que Piper se lembrava também? Será que ela estava confusa? Leo sabia que ela gostava de desenhar cenas que lhe causavam confusões em sua mente. Mas Leo também sabia que aquele sorriso na cara de Drew não poderia ser coisa boa.

- Viu? Então eu vou indo, ok? – Leo agarrou o pulso da garota, a fez virar de volta e agarrou o bloco com força. Drew tentou puxá-lo de volta, mas o garoto era mais forte.

- Solta logo, isso é da Piper. – Ele ordenou. Com um puxão mais forte, o bloquinho já estava nas mãos dele. Drew o encarou indignada, mas não tentou pegar o objeto de volta. – Onde está ela? – Drew deu de ombros.

- Sei lá, apostando corrida com as naiades, quem sabe. – Ela se virou e saiu andando. Não iria mexer com Leo porque não sabia até que ponto ele poderia ir. Poderia ter sua vingança mais tarde.

Leo caminhou lenta e silenciosamente até Piper. Definitivamente, a garota estava onde Drew falara, só que apenas observando outros campistas apostarem a corrida. Ele foi se aproximando, se aproximando e então cutucou a cintura dela.

- AH! – Piper se virou num pulo, Leo caiu na risada. – Ei! Isso não teve graça!

- Ah, teve sim! 

- Não teve não! - Leo notou que ela estava tentando não rir. Então ela mostrou a língua para ele. - Ok, ok, talvez tenha sido um pouco engraçada. - Então ela notou o bloco. - Ei, onde achou isso?

Leo entregou o bloco para ela, a mandíbula cerrada fortemente. 

- Foi a Drew, não foi? - Piper perguntou, tentando esconder a raiva. Leo assentiu. - Obrigada, eu nem sei o que ela poderia fazer com isso.

- Te fazer passar vergonha na frente de todo mundo, ou ao menos tentar. - Piper abriu um meio sorriso.

- É o que ela mais quer. - E de repente, caiu a ficha para a garota. E se Leo tivesse visto o desenho? E agora, o que ele estaria pensando? Não era tempo para se preocupar, ela não podia demonstrar pânico. - Obrigada mesmo. - Ela se inclinou para a frente indo beijar a bochecha do garoto. O filho de Hefesto se virou rapidamente, colando os lábios nos dela.

- Por nada. - E saiu correndo, deixando uma Piper McLean totalmente confusa para trás.



Notas finais do capítulo

Ok, eu tenho essa visão da Drew como uma menina vingativa, astuta e orgulhosa, e eu sei que esse capítulo ficou ruim -.-.
Enfim, eu estava pensando em fazer um tumblr só de fics PJO/HdO, tipo esses tumblrs de 1d em que mandam prompts (propostas de fics) e eles escrevem uma minific/one-shot de acordo com a prompt (ex.: niallsawhore.tumblr.com). Então, pra eu ver se eu tenho "talento" pra isso, me mandem prompts no meu tumblr, por favor (accio-campfhalblood.tumblr.com).
Ah, e deixem reviews u.u
Até mais