Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 48
Capítulo 48


Notas iniciais do capítulo

Dedicado a todas as leitoras que nos têm apoiado nos últimos tempos. Muito Obrigada :D




- Já estás à muito tempo à minha espera? - Pergunta Liam ainda um pouco ofegante.

Raquel dá-lhe um beijo na cara e sorri.

- Não, cheguei à pouco também. Mas os senhores é que deviam chegar primeiro...

- Estive com a Danielle e nem me apercebi das horas.

- Ah...

- Isso são ciúmes?

- Não!

- Pois claro...

- Parvo.

- Tonta.

- Já tinha saudades tuas... - Admite Raquel um pouco envergonhada.

- É normal, eu deixo as pessoas assim.

- Eu estava à espera de um "Eu também tive saudades tuas aboborazinha.", mas tudo bem...

- Eu também tive saudades tuas aboborazinha! – Diz-lhe Liam numa doce voz que a fez derreter. Ela não se conteve e beijou-o.

- Ei, pára! - Pede-lhe ele, delicadamente.

- Porquê? – Pergunta ela visivelmente magoada por aquele gesto de Liam.

- Eu não quero que vejam...

- Porquê?! Não queres que a tua amiguinha Danielle veja não é?

- Nós tínhamos combinado que era uma cena só nossa.

Raquel ficou realmente ferida com aquilo. Ela gostava realmente dele e pensava, pelas conversas que eles tinham todos os dias, que ele já estava disposto a algo mais com ela. Não conseguiu mais ficar ali à sua beira. Pegou nas suas coisas e foi-se embora.

Harry e Sofia estavam a sair da sua aula de Ciência Política e iam ambos no corredor a trocar umas ideias acerca da aula.

- Olha, se estiveres com o Niall diz-lhe que queria falaz com ele. Há bués que não falamos! – Pede Sofia.

- Eu vou almoçar com ele agora. Aliás… Não queres vir? Combinamos almoçar os rapazes todos cá hoje. Ninguém tinha vontade de cozinhar.

- Tipo, não quero atrapalhar… Vocês combinaram entre vocês, só rapazes.

- Até parece… Não sejas estúpida, és nossa amiga!

- Oh! Obrigada! Que fofinho que foste agora!

- Pois, não fiques mal habituada, mas é! Isto é só uma vez por ano.

Quando chegaram ao refeitório, já estavam todos os outros rapazes sentados numa mesa à conversa.

- Hey pessoal! O rapaz dos caracóis já chegou! – Intromete-se o Harry convencido, sentando-se à mesa.

- Aleluia! Estava a ver que ia morrer de fome! – Exclama Niall enquanto ia comendo pão.

Sofia ri-se.

- Pois sim Niall, até parece que não estás a comer… Só mesmo tu.

- Sofia! Nem te tinha visto… - Exclama Liam.

- Convidei-a para almoçar connosco. – Informa Harry com um grande sorriso.

- E fizeste muito bem. – Acrescenta Niall arranjando um espaço entre ele e Zayn para que Sofia se sentasse à sua beira, convidando-a por gestos a sentar-se. – Já há bué que não falo com esta menina.

- Ya! Senta-te aqui. – Insiste Zayn.

- Obrigadinha, meninos. Eu, realmente, tenho os amigos rapazes mais fofos do mundo! – Engraxa Sofia.

- Pff… Exato… Isso é porque não sabes o que eles dizem de ti pelas costas. – Adverte-a Louis.

Sofia arreguilou os olhos:

- O que é que vocês andam a falar de mim pelas costas?

- Ahe! Não dês ouvidos ao Louis. Ele está a pegar contigo. – Explica Niall.

- Hum… - Desconfia a rapariga.

- A sério! – Reafirma Harry.

- Achas que alguma vez íamos falar mal de ti? Nem temos razões para isso! – Interfere Liam.

- Ou não… - Opina Zayn com um sorriso malandro.

- Pois sim… Vamos mas é comer! – Remata ela o assunto.

- Agora sim, alguém que fale a mesma língua que eu! – Acrescenta o loiro.

Todos se dirigiram aos tabuleiros para seguirem na fila da comida.

O almoço ia-se desenrolando quando algo inesperado aconteceu. Zayn, sempre muito brincalhão, numa de pegar com a miúda dos caracóis, deixa a mão deslizar para baixo da mesa, onde a conduz até à perna da morena. Com tal repentino gesto, tão inesperado, ela assustou-se e acabou por cuspir o que tinha na boca que de imediato viria a cair na sopa de Harry. A rapariga ficou super corada enquanto Zayn se ria como um louco, sendo acompanhado por todos os outros. Só Harry ficou com cara de estúpido a olhar para a sopa e para Sofia que se tentava desculpar, muito envergonhada:

- Desculpa… Eu…

- A rapariga engasgou-se Harry. Acontece! – Interrompe-a Zayn, olhando-a.

- Pois… Pois. Eu… engasguei-me.

- Não faz mal. Não te preocupes. Eu vou buscar outra sopa para ti Harreh. – Diz Louis entre risos.

- Nããã… Não é preciso. Agora perdi a fome. Mas não te preocupes Sofia… É na boa. – Tranquiliza-a o rapaz.

Sofia continuava vermelha como um tomate enquanto Zayn tentava ainda conter os risos. Cada vez que ela lhe punha os olhos em cima, estes brilhavam como lâminas apontadas a ele. Ficou furiosíssima com ele, mas tinha de se controlar ali perante os outros.

Dali a bocado, apareceu a melhor amiga de Liam.

- Então pessoal? Tudo bem?

- Olá menina, por aqui? – Interroga Zayn.

- Pois é. Vim roubar-vos o Liam por uns instantes, isto é, se vocês deixarem…

- É todo teu! – Acrescenta o caracolinhos do grupo.

Liam sorridente, abandonou a mesa e dirigiu-se com Danielle para o exterior do refeitório.

Depois de mais uns minutos de conversa, Zayn retirou-se por ter compromissos inadiáveis com uma pessoa importante, o que gerou os comentários dos outros. Era inevitável. Sofia não podia negar que se sentia um pouco desconfortável, mas não deixava de também fazer o seu comentariozinho. Já Louis e Harry acabaram por também eles se retirarem, deixando Sofia sozinha com Niall. Harry sabia que ela queria falar com ele.

- Pois é loiro… Já há algum tempo que ando a querer falar contigo.

- Ora diz-me lá Su.

- Tu é que me tens de dizer…

- Ah? Eu?

- Sim.

- Como assim?

- Dé-bo-ra.

- O que tem a Débora?

- Ela nada. Agora tu…

- Não estou a entender a onde queres chegar.

- Estás, estás Niall. Eu conheço-te! Os teus olhos brilharam só de eu falar o nome dela.

Niall riu-se.

- Andas a imaginar coisas!

- Niall…

- Diz Sofia.

- Admite lá que a loira anda a deixar-te maluquinho! – Insiste a morena escangalhando-lhe o penteado.

Ele voltou a rir-se e olhou para a amiga que o olhava com um sorriso, em silêncio, esperando uma resposta dele. Niall voltou a rir-se e finalmente admitiu:

- Pronto, ok, ok. Tenho de admitir que ela de alguma forma mexe comigo. Mas não lhe contes nada! Por favor!

- AAAAAh! Eu sabia! Fazeis um casal tão fofinho! – Exclama Sofia um pouco histérica batendo palmas sem fazer muito barulho.

- Ela detesta-me!

- Óh! Isso passa-lhe!

- Ahm… Não me parece.

- Eu conheço a minha loira. Tudo lhe passa. E ainda para mais ela tem um coração de manteiga. Quando te conhecer melhor vai perceber que és o rapaz mais fofo deste mundo! Não é à toa que és o meu grande amigo Niall Horan. Gostava tanto de vos ver juntos!

Niall sorriu.

- Não lhe digas nada, por favor! – Pede mais uma vez o rapaz.

- Não te preocupes. Comigo o teu segredo está bem guardado… Ai! Gosto tanto! Tu e a Débora, a Débora e tu… Mais perfeito não podia ser!

- Pois sim… Sonhemos.

- Niall! Que desmancha-prazeres!

O rapaz levantou-se e convidou-a a levantar-se também.

- Vamos é dar uma volta pela cidade, respirar um pouco de ar fresco. Que dizes?

- Perfeito!





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Just In One Direction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.