Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 26
Capítulo 26


Notas iniciais do capítulo

Sorry loira xp i love you ♥




Quando estava a chegar à porta dele, já ao fim da tarde, não tinha a certeza de fazer ou não aquilo. O que lhe iria dizer ele? “Olha parabéns! Ainda bem para ti.” Não podia fazer mais nada. Mas por outro lado, já lá estava e precisava mesmo de dividir a sua felicidade com alguém. Depois de encher o peito com ar tocou à campainha.

- Kelly? Por Aqui?

- Olá Zayn! Olha, o Niall está em casa? Queria falar com ele…

- Entra! Eu vou chamá-lo.

- Niall! – Grita Zayn.

- Ah!? – Exclama uma voz vinda do corredor.

- Visita para ti. – Explica Zayn num tom de voz ainda elevado.

Niall chega à sala, sem camisola, a secar o cabelo com uma toalha. Ao ver Kelly surpreendeu-se e com um grande sorriso exclamou:

- Kelly!?

Ela riu-se da forma como Niall se apresentava perante ela.

- Oh! Desculpa receber-te assim, mas nunca pensei que fosse uma rapariga que me viesse visitar. Não costumo ter muitas visitas femininas. – Explica o rapaz um pouco envergonhado.

- Não faz mal. Só espero não estar a incomodar.

- Oh! Nada! Deixa-me só ir vestir qualquer coisa e venho já.

- Ok. Está à vontade.

Zayn foi ter com Niall ao quarto, deitando-se na sua cama com os seus telemóveis à sua beira.

- Bem, acho melhor ficar cá no quarto para falares com a loirinha, não?

- Faz como quiseres. – Responde-lhe Niall naturalmente vestindo uma t-shirt.

- Pois, pois. Eu vou ligar a umas pessoas a falar de sexta. Vou ver se falo outra vez com a Débora, só para confirmar.

- A ver se é sexta que sempre conheço a famosa Débora de que tanto tu e a Sofia falam! Passam a vida a falar dela e eu sinto-me à margem de cada vez que isso acontece.

Zayn riu-se e atirou-lhe a almofada em que estava deitado:

- Vai lá ter com a rapariga! Não se deixa uma menina à espera.

Niall deitou-lhe a língua de fora e saiu do quarto.

- Então Kelly? A que devo a hora desta visita? – Brinca o loiro.

- Precisava de contar uma coisa a alguém e acho que só tu me vais entender.

Niall estranhou. Não estava a perceber do que ela poderia estar a falar.

- Conta.

- Recebi uma proposta de um produtor musical!

Os olhos de Niall iluminaram-se:

- A sério? Bem! Grande novidade!

- Mesmo! Estou tão contente! A música é algo de que eu gosto mesmo muito.

- Parabéns Kelly! Eu… nem sei que te diga. Estou mesmo contente por ti!

- Obrigada Niall. Desculpa estar a incomodar-te para te contar isto mas foste a única pessoa que sabe do meu segredo de compor que realmente acreditou em mim mal me ouviu e por isso lembrei-me de ti para seres a primeira pessoa a saber.

- Até me sinto lisonjeado! – Goza ele pondo a mão no peito.

Ela riu-se:

- Lisonjeada sinto-me eu de te ter como amigo.

No momento a seguir a dizer isto Kelly corou.

- Oh! Não digas essas coisas que me deixas envergonhado.

Ela ficou sem palavras, não sabia mais o que dizer.

- Temos de festejar! – Exclama Niall de repente. – Uma noticia destas merece comemoração.

- Mas ó Niall, ninguém sabe. E eu também não quero que saibam. Eu não sei se vou tirar frutos disto. Pode ser que até nem dê em nada.

- E eu falei em contar alguma coisa a alguém?

Kelly ficou sem perceber.

- Está decidido! Vamos jantar fora. Agora vais para casa, preparas-te e eu vou-te buscar às oito horas.

- Mas…

- Nem mas, nem meio mas! Vai-te lá embora. Quero-te bem bonita! Hoje será uma noite especial. Eu pago-te o jantar. Tu mereces! – Diz-lhe Niall, acompanhando-a até à porta.

Despediu-se dela com dois beijinhos e fechou-lhe a porta.

Era tudo o que ela desejava. Ele era um rapaz muito especial.

Com um sorriso de orelha a orelha, Kelly entrou em casa e deu as boas noites a Danielle.

- Que queres hoje para jantar?

- Hoje não janto em casa. – Diz-lhe ela sem se desviar do seu percurso para o quarto, onde entrou dizendo para si mesma, encostada à porta, “Hoje é o melhor dia da minha vida!”.

Danielle bateu à porta, entrou e quis saber o que se estava a passar.

- Vou jantar fora… com um amigo.

- Um… amigo? E esse sorriso todo é só por causa de um “amigo”?

- E porque não?

- Mas pode-se ao menos saber quem é ele?

Kelly com um simples olhar e abanar de cabeça, sempre com aquele delicioso sorriso, não precisou de dizer mais uma palavra sequer.

- Não! Jura!

- Sim! Ele!

- O Niall?

Kelly explicou-lhe tudo. Desde o ter ido tocar para Piccadilly Square até ao convite dele.

- Ele é mesmo fofo!

- É não é? – Exclama Kelly com um olhar apaixonado.

- Estás mesmo caidinha!

O sorriso desapareceu por instantes.

- O problema é que estou, mas não sei lidar com isso. É óbvio que ele não quer nada comigo.

- Deixa de ser trenga! E por que não quereria? Vê lá é se te arranjas bem bonita. A ocasião merece tratamento especial.

Kelly recuperou o sorriso e o brilho dos olhos e continuou à procura da roupa para levar para o seu jantar com o seu príncipe loiro.

Pouco depois das oito, Niall estava à porta da loirinha.

- Estás gira! – Exclama ele quando ela abriu a porta.

- Obrigada! Tu também não ficas nada atrás!

- Obrigado!

Os dois riram-se.

- Vamos lá então? – Pergunta-lhe Niall. – A fome já aperta. Acredita que sim!

Kelly riu-se mais uma vez. Já conhecia a fome incurável dele.

Como não podia deixar de ser, Niall levou-a ao Nando’s.

- Aqui servem o melhor frango do mundo! Acredita!

- Eu sei. Eu conheço o Nando’s. Eu também adoro.

- A sério? Uma coisa que eu não sabia sobre ti. Parece que precisamos mesmo de nos conhecer melhor.

Ela sorriu. Era definitivamente isso que ela queria: conhecê-lo melhor. Aquelas palavras soaram como música aos ouvidos dela.



Notas finais do capítulo

;)



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Just In One Direction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.