Just In One Direction escrita por CostaSalazar


Capítulo 154
Capítulo 154


Notas iniciais do capítulo

Não pudemos postar na segunda-feira, mas aqui está. :)




Depois de uma semana de trabalho para os que iam repetir exames, eram chegadas finalmente as merecidas férias. O que estava feito, feito estava. Não havia mais nada a fazer. Ou atrasavam cadeiras, ou continuavam o percurso normal. Mas para a saída dos resultados ainda faltava algum tempo, tempo esse que Louis e Lúcia não estavam dispostos a desperdiçar. Por isso, seguiram viagem para Paris. Nada como a cidade do amor para uma semana a sós.

-x-x-x-

Niall seguira o conselho de Mónica à risca. Estava entusiasmado para ver a reação da namorada quando ele lhe contasse da surpresa que lhe tinha vindo a preparar. Assim, naquela noite, apareceu na casa da loira.

- Niall! Que surpresa! – Finge Mónica, combinada com Niall, para que a prima não se apercebesse de nada. – Estava mesmo agora a sair.

- Olá Mónica! É pena… Pensava que íamos passar a noite a ver filmes, os três.

- Pois… Mas fica para a próxima. Tenho coisas marcadas com umas amigas do curso.

- Vai lá então. Boa noite.

Débora, à porta da sala, assistia à conversa.

- Então fofinho? Como estás? – Cumprimenta-o com um beijinho.

- Hum… Agora melhor.

Ela sorriu-lhe.

- Não estava nada à espera que cá viesses…

- Tinha saudades tuas.

- Aw! Que fofo!

Seguiram para a sala, onde ela se deitou sobre o colo dele, conversando sobre os exames e como estava aliviada por finalmente poder dizer que não tinha obrigações a cumprir.

- E por poderes estar mais tempo comigo…

Ela riu-se.

- Sim, também.

- Pois… E se fossemos para outro sítio passar umas ferizinhas? Assim só nós os dois… Era bom, não achas?

- E vamos para Portugal daqui a uns tempos. Ainda não combinei com o Zayn… Tenho de falar com ele sobre isso, aliás…

- Mas eu estava a dizer assim só nós os dois…

- Era. Era bom… Mas porque estás a falar nisso?

- É que eu não sei se vais gostar, mas eu tomei a liberdade de marcar uma viagem para duas pessoas para a Irlanda… - Diz-lhe ele mostrando os dois bilhetes de avião. - Será que estás interessada?

Ela levou as mãos à boca, num ato de surpresa.

- Isso… Isso é para nós os dois?

- Não sei… Que me dizes?

Ela abraçou-o.

- Clao, claro! Oh meu Deus! Amei! Amei mesmo! Obrigada.

- E assim aproveito para te apresentar, oficialmente, a minha namorada à minha família. Que me dizes?

- Vamos a Mullingar? Ow! Perfeito! Tão lindo!

- Gostaste mesmo?

- Estás a gozar? Claro que sim!

- Ainda bem… É que a viagem é já amanhã…

- Amanhã?!

- Yap!

- Ma… Ma… Mas eu não tenho nada pronto? Amanhã, amanhã, amanhã?

Ele riu-se da atrapalhação da namorada.

- Sim, amanhã. Achas mal?

- Não… Sim… Quer dizer, não sei. Tenho de me apressar…

- Então vamos lá por mãos à obra! Preparar tudo.

- Mas e a Mónica? Tenho de falar com a Mónica.

- Ela já sabe de tudo. Digamos que foi a minha cúmplice.

- Ai vocês estavam combinados… Pff… Já não se pode confiar em ninguém. – Brinca ela.

- Aw… Não digas isso… - Repreende-a docemente, abraçando-a pela cintura. – É só para teu bem.

Ela beijou-o e o clima começou a aquecer.

- E se… - Sugere ela, numa voz apagada, ao ouvido dele, beijando-lhe o pescoço.

- Mas não tens de preparar as coisas para amanhã?

- Temos tempo.- Afirma ela, tirando-lhe a camisola, conduzindo-o até ao quarto, fazendo sorrir maliciosamente.

-x-x-x-

Durante a excitante semana que Louis e Lúcia tiveram em Paris, o casal teve a oportunidade de fazer aquilo que toda a gente sonha fazer na cidade das luzes. Visitar a Torre Eiffel é obrigatório. Tiraram dezenas de fotos! De noite voltaram lá para jantar no restaurante. Comida tipicamente francesa para variar os hábitos. Andaram de barco pelo Sena, passearam às margens do mesmo rio, viram rapazes craques em parkour e lembraram-se de Josh. Noutros dias, visitaram o Louvre, a Catedral de Notre-Dame e tiraram mais umas quantas fotos debaixo do Arco do Triunfo. Mas a atração mais ansiada por ambos era a Disneyland. Por muito que já não se seja criança, lá dentro, com aquela magia envolvente, volta-se a esses tempos. Os dois pombinhos quiseram tirar fotos com muitas das personagens dos velhos tempos da infância, mas a que Lúcia mais queria era a Minnie. Com ela tirou várias fotos. E claro que teve de tirar uma com a Minnie e o Mickey. Depois as montanhas russas e a compra de algumas lembrancinhas que se não comprassem, morreriam ao chegar a Portugal.

Mas Disneyland à parte, o resto da estadia em Paris fora bastante adulta. Uma atêntica lua-de-mel antecipada. No hotel em que ficaram, tinham vista preveligiada sobre a cidade parisience. Era fantástico aquele clima romântico que lhes entrava, à noite, pela janela. Era impossível não se renderem ao amor, à sensualidade, ao corpo um do outro. No final daquela fantástica viagem, sentiam-se renovados e ainda mais apaixonados.

-x-x-x-

Niall e Débora estavam super entusiasmados para a viagem para a Irlanda. Mónica e Josh acompanharam-nos ao aeroporto. Agora eram só eles lá em Londres. Josh estava com ideias de se aproveitar disso para poder passar ainda mais tempo com ela. E ia começar logo nessa noite. Às oito da noite estava a tocar à campainha da casa da rapariga com uma boa comidinha e um excelente vinho. Naturalmente a morena não o mandou embora e, no fundo ficou feliz. Assim, pelo menos, não estava sozinha. Então comeram, beberam, ficaram alegres, puseram música, dançaram feitos louquinhos e adormeceram no sofá: ela no ombro dele. Uma noite muito divertida para ela, uma noite com grande significado para ele. Ao acordar a meio da noite, nem conseguia acreditar que a tinha a dormir coladinha a si. Tentou não se mover e voltar a dormir, sonhar com ela.

De manhã, a rapariga dos caracóis, abriu os olhos e sentiu uma dor no pescoço. Reparou depois em Josh. Olhou para ele a dormir. Era tão lindo… Ficou ali a apreciá-lo por momentos. Depois começou a tentar lembrar-se do que acontecera na noite anterior. Após se lembrar mais ou menos e de um sorriso ou outro devido às cenas tristes que tinham feito, levantou-se do sofá e foi tomar um banho. Quando chegou novamente à sala, já Josh lá não estava, mas no ar estava um cheirinho maravilhoso vindo da cozinha. Um grande pequeno-almoço estava na mesa.

- A sério? – Pergunta ela surpresa.

- Mónica! Então? Dormiste bem?

- Não muito. Tenho aqui o meu pescoço…

Ele riu-se.

- Panquecas, gostas? – Questiona o rapaz a pousar um prato na mesa.

- Sim.

E no desenrolar da refeição, em que falavam do acontecido na noite anterior e imaginavam o que tinha acontecido na Irlanda entre Niall e Débora, como sempre com muitos risos, houve um instante de silêncio que viriam a quebrar, ambos, ao mesmo tempo, ao chamarem pelo nome um do outro.

- Diz tu primeiro.

- Não, tu. Insisto. – Impõe Josh.

- Pronto. Eu só te quero agradecer pelos bons momentos que temos passado. Se não fosses tu… Bem, eu espero que saibas que és um grande amigo para mim. Eu sei que para ti eu significo algo mais, mas eu não me sinto preparada para olhar para alguém dessa forma. Mas peço-te para não te afastares de mim. Sem a tua amizade eu não seria o que sou. Tens-me ajudado imenso.

Josh não sabia o que dizer. Com aquilo, ele não podia dizer o que ia dizer, porque ele ia precisamente tentar mais uma vez. Engoliu em seco e sorriu-lhe.

- De nada Mónica. Podes contar comigo sempre. Tu sabes que sim.

- Ainda bem. E o que me ias dizer?

- Ah… Era só que as panquecas estão mesmo boas, não achas?

- Mesmo! Já vi que temos cozinheiro.

- Mas eu tenho de ir agora… É que tenho daqui a uma hora ensaio com a banda. E então…

- Vai lá. Não te prendas por mim.

- Depois logo eu telefono-te ou assim. – Despede-se ele com um beijo na testa da amiga.

No entanto, depois de ele ir embora, ela ficou a sentir-se culpada. Percebera que Josh tinha ido embora por ficar sem jeito, visto que o que ele queria dizer era outra coisa… e ela imaginava o que fosse. Ficou a pensar nisso…



Notas finais do capítulo

Próximo capítulo sexta-feira :)
Não se esqueçam que, caso a fic seja desativada pelo Nyah, podem ligar-se ao blog. Ainda só vai a cerca do capítulo 80 lá, mas vamos tentar despachar-nos para que, se tal acontecer, vocês possam continuar a acompanhar-nos. http://justinonedirectionfic.wordpress.com/
Obrigada por tudo.
Boas festas.
Beijinhos ♥



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Just In One Direction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.