Change Of Heart escrita por My206Bones


Capítulo 9
Nothing to do


Notas iniciais do capítulo

Ummm milhaaooo de desculpas por ter parado.. Muita falta de responsabilidade, eu sei.. só que eu coemecei o colegial e é estudo integral, portanto, eu chego em casa acabada, tomo banho como e durmo. Por isso, me restam os finais de semana e finalmenteee eu tomei vergonha na cara de continuar essa história.. Obrigada pela leitura, a gente se vê lá em baixo :)



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/204207/chapter/9

Os dias foram se passando normalmente.

No primeiro, todos vieram me visitar; eu permaneci bem e fiquei assistindo jogo o dia inteiro. Mesmo quando o Philadelphia Flyers ganhou, eu me animei tanto. Nada era tão divertido sem a Bones ao meu lado. E ela continuava em coma.

No segundo, só o Sweets veio me visitar, por que todos estavam ocupados em algum caso novo, onde a agente Perrota foi encarregada de me substituir. Um grupo de adolescente havia achado um adolescente morto no meio da floresta, enquanto faziam um piquenique. Ela já está se encarregando da investigação. Depois, fiquei assistindo TV novamente, e o médico me deixou dar uma andada, fui até a janela do quarto do hospital e vi o movimento dos 4 andares abaixo. Estava de noite e todas as luzes de Washington estavam acesas. A Bones gostaria de ver isso se ela estivesse acordada.

No terceiro, a agente Perrota veio me visitar, e trouxe as novas informações do caso, a principal suspeita era a mãe, que havia matado o filho devido a um ciúmes enlouquecido da relação que ele tinha com o pai, já que eram separados e ele passava somente o final de semana com ela e toda hora comentava do pai. O que é uma coisa natural, já que eles passam muito tempo juntos. Depois, liguei a TV e fui assistir ao noticiário, que já dava informações sensacionalistas sobre o caso de Perrota. Por que isso sempre acontece? Por que a mídia tem tanto prazer em anunciar a desgraça e ainda fazer alarde sobre as coisas que acontecem? Logo depois do intervalo, eu estava prestes a mudar de canal, quando o jornal voltou, e eu ouvi anunciarem as notícias do caso da “famosa escritora e antropóloga do Instituro Jeffersonian, Temperance Brennan”, e senti meus olhos se encherem dágua. Acho que dessa vez não foi mais uma daquelas mudanças hormonais devido à cirurgia. Eu estava chorando de verdade, e era justamente por ouvir o que Havaí acontecido, porém sob um ângulo diferente, sobre quem observava de fora.

A moça do jornal anunciou que a equipe fazia de tudo para identificar o assassino. Foi aí que eu me lembrei do Hodgins, e percebi que eu havia realmente sido muito grosso com ele. Na próxima visita iria pedir desculpas. Virei para o lado e adormeci.

No quarto dia eu já não aguentava mais comer aquela droga de comida sem sal do hospital e quase dei um tiro na cabeça da moça quando ela veio me trazer mais purê de batata, por que ela achou que eu havia gostado. Que falta que minha arma faz. Logo de manhã o médico me disse que eu poderia ir até o quarto da Bones ver como ela estava. E era isso que eu iria fazer assim que ele acabasse de me falar que se eu continuar com o meu bom comportamento e recuperação, dali a dois dias eu já teria alta.

Me levantei lentamente e fui me dirigindo à porta com o número 405. Quando abri senti meu coração apertar. Ela estava lá, deitada numa cama, inerte. Branca como eu nunca havia visto antes, seu rosto parecia estar sem o menor brilho, sem a menor vida. Seus cabelos estavam bagunçados e opacos, parecia até que estava morta e comecei a chorar pela milésima vez ao vê-la assim. Tudo era minha culpa. Me sentei no sofá e olhei para aquele aparelho que mede a frequência cardíaca. Fiquei uns dez minutos apenas ouvindo o mesmo som. Um pouco espaçado. Os mesmos bips.

De repente, meu coração quase deu um pulo do peito quando eu havia percebido:  o barulho ficado mais rápido e estava voltando ao normal.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

E aíí?? O que acharam desse capítulo?? O próximo já está pronto.. Já estou trabalhando no outro, ok? Quem puder deixar uma review eu ficaria muito agradecida :)
Hunger Kisses :**