I Should Have Kissed You! escrita por Vanessa R


Capítulo 9
8º Capítulo: Saindo Pra Jantar!


Notas iniciais do capítulo

Povo lindooooooooooooo!!!! =D
Eu tou muito feliz hoje, sabe porquê?! Porque entrei no www.fanfiction.com.br pra ver como tava minha fic, e vejam o que encontro?! Muitos reviews dizendo o quanto tão gostando da minha fic e tal. Sério que faltou eu vomitar arco-iris.
Em principio, era pra postar esse capitulo só amanhã, porque hoje eu tinha que estudar pra teste de Matematica que tenho amanhã, mas só que fiquei tão feliz, que acabei por deixar pra hoje mesmo, já que muitas pessoas tão curiosas pra saber sobre o "jantar romântico" de Angel e Zayn.
E outra, esse não é o unico capitulo do jantar. Tive que dividir o jantar em dois capitulos porque senão, ficava muito grande.
PS: Minhas leitoras fantasmas, apareçam por favorrr!!! ♥




Dia Seguinte – Quarta- Feira!

Angel’s POV

Hoje o dia foi normal. Tive aulas na Royal Holloway University das 10h00 até ás 15h00. Eu queria que o tempo passsasse lento, muito lento, porque hoje á noite, teria aquele tal jantar com o Zayn. Porque é que eu tinha que jogar aquele jogo?!

Se eu não tivesse jogado, eu estaria agora fazendo outra coisa que não fosse me arrumar pro jantar com o Zayn. Mas pronto, o que passou, passou.

Por causa disso, passei o dia emburrada, não só pelo jantar, mas porque os rapazes ficavam sempre me zoando e me lembrando dessa porcaria de “jantar romântico”.

Me joguei na cama e encarei o teto, quando meu celular tocou. Peguei no celular que se encontrava em cima da escrivaninha e analisei o visor. Sorri antes de atender.

Filha. – ouvi a sua voz.

– Oi mãe.

Como você tá garota?

– Bem, e a senhora?

Eu estou ótima. – ela disse com a voz fraca. – Nem ligou pra sua mãe depois que chegou neh?!

Gargalhei alto e me ajeitei na cama.

– Num deu mãe. Esses dias tem estado uma corrida. Não só aqui em casa, mas também na faculdade.

Sei. – ela falou fingindo que tinha acreditado. – Mas não foi exactamente por isso que liguei.

Franzi a testa. Como assim?!

– O que foi então?!

– O Louis me mandou uma mensagem dizendo que você tá muito esquisitinha esses dias, e hoje mais do ontem. Ele acha que você já tá com saudades.
Louis. Sempre querendo envolver a nossa mãe nas coisas erradas.

– Estou mesmo. – menti.

É só por alguns meses minha filha. – ela falou. – Não se esqueça que no Natal vou pra lá e a gente vai se ver.

– É eu sei. – falei com a voz fraca.

Bom, agora vou ter que desligar, que vou sair com a mãe da Kath. A gente vai assistir uma peça de teatro.

– Ok mãe. Se cuida.

Eu te amo Angel. Fica bem.

– Eu tambem te amo mãe. Tchau.

Ela desligou o telefone me deixando sozinha novamente no meu quarto.

Eu tinha saudades dela, da Kath e de Califórnia, mas isso não era a razão da minha “esquisitisse”.

Abondenei meus pensamentos e me levantei da cama. Caminhei até meu closet e comecei a vasculhar as minhas roupas.

Eu queria vestir o mais cafona possivel, não do jeitinho formal que os rapazes disseram, mas quando me preparava para vestir uma roupa velha, Louis aparece no meu quarto do nada.

– Tá fazendo o quê aqui?! – perguntei encarando Louis

– Vim saber o que a rainha vai vestir. – ele falou se jogando num sofazinho que ficava ao lado da escrivaninha.

– Essa roupa. – falei mostrando a tal roupa pra ele.

Ele pegou na roupa, me encarou e jogou a roupa pro lado.

– Eii!! – gritei correndo pra direção em que ele tinha jogado a roupa.

– Você não vai vestir essa porcaria. – Louis falou levantando da minha cama.

Ele diregiu até o meu closet e começou a vasculhar, jogando um monte de roupas pro lado.

– Depois, quem vai arrumar essa bagunça toda é você, ok?! – eu falei e ele me ignorou.

– Prontooo!! – ele falou. – Achei a roupa perfeita.

Eu encarei o vestido que ele tinha na mão. Era bonito demais pra ir num jantar com aquele bocó.

– Sério?! – falei e Louis assentiu. – Que remédio neh?!

Ele riu pelo nariz e saiu do meu quarto.

Tomei um banho bemmmmmmmmmmmmm demorado.

Me arrumei toda e quando estava pronta desci.


Zayn’s POV

– O que você vai vestir?! – Liam perguntou entrando no meu quarto.

– A coisa mais feia possivel. – falei me jogando na cama.

– Nem pensar! – ele falou e abriu meu closet. – Esqueceu que é um jantar muito chique?! Tem que ir bem vestido meu filho.

– Mas o problema, é que eu não quero. – eu falei e levantei da cama.

– Castigo, lembra?! – Liam disse e eu assenti. – Vamos ver o que você tem aqui.

Ele começou a vasculhar o meu closet, e no final, acabei por vestir um fatinho basico.

– Ele não tá uma gracinha?! – Liam falou entrando na sala.

– Tá gato meu filho. – Louis falou. – Ela vai se apaixonar.

Eu cerrei os olhos encarando Louis e ele apenas riu.

– Angel vai demorar?! – perguntei me sentando no sofá.

– Você não é o unico que tem direito de se atrasar. – ouvi a voz de Angel.

Virei na direção da escada e lá estava ela.

Olhei pros rapazes e eles tavam como eu, babando (literalmente).

– Você... tá... LINDAAAA!!!! – Harry disse finalmente.

– Obrigada. – Angel respondeu toda convencida. – Vamo logo Zayn, que tou com fome.

Revirei os olhos e encarei Louis.

– Vamos! – falei e fui saindo seguido pelo Louis e Angel.


(...)


Chegando no tal restaurante, que era muito chique pro meu gosto, Angel e eu, saimos do carro.

– Comportem-se! – ouvi o maluco do Louis falar. – Nada de fazer coisas feias.

Angel riu de leve e eu apenas ignorei aquele comentário idiota.

Entramos e pedimos uma mesa, que ficava no fundo.

– Sério que a gente tá fazendo isso?! – Angel perguntou me encarando.

– Por incrivel que pareça sim. – falei encarando um dos garçons que vinha na nossa direção com uma garrafa de água na mão.

– Boa noite! – ele falou todo simpático enquanto servia água pra Angel.

– Boa noite. – respondemos em coro.

Ele colocou água no meu copo e colocou a garrafa de lado. Peguei no copo e bebi um pouco.

– O que o casal vai querer?! – ele perguntou nos encarando.

Eu engasguei com a água que eu havia acabado de beber e Angel quase que infartou.

Casalll??!! Como assim casal?! Porque casal, e não amigos?! Irmãos?! Conhecidos?! Inimigos?!

– A gente... não... é... um... casal... – Angel falou guaguejando.

– De qualquer forma, - o garçon falou. – quando decidirem é só chamar.

A gente assentiu e ele se afastou.

– Casal?! – Angel exclamou. – Tá pior que o Louis.

Eu ri de leve e encarei o menu.

– Então, vai pedir o quê bocó?! – Angel perguntou analisando o menu.

– Nada que seja da sua conta. – falei a encarando.

Ela colocou a lingua pra fora e encarou outra vez o menu.

– Deixa de ser grosso garoto. – ela falou.

Revirei os olhos e encarei o menu.

Uns minutos depois, a gente finalmente conseguiu escolher uma comida.

Angel no inicio ficou louca da vida, porque tudo que ela queria não tinha naquele restaurante porque, era um desses restaurantes bem chiques, que não servem quase nada de comida, e no final a conta vem altíssima.

– Da próxima, a gente janta no Nando’s. – ela falou encarando sua comida.

– Ahh, então haverá uma próxima?! – falei tentando irritá-la.

Ela me encarou cerrando os olhos e me deu um tapa na cabeça bem forte.

– Aiii!! – gritei um pouco alto e todo mundo, mas todo mundo mesmo que estava no restaurante, voltou a atenção pra gente.

– Liga não pessoal, ele é mesmo assim, exaltado. – Angel falou e ouvi pequenos risos. – Vê se controla garoto. – ela falou agora me encarando.

– Posso me controlar, se você deixar de me bater. – falei passando a mão na cabeça.

Ela revirou os olhos e pegou com o garfo, um pouco daquela substância que tinha no prato dela.

– Eu não acredito que vou comer isso. – ela falou antes de colocar o garfo na boca.

Ela começou a mastigar fazendo umas caretas super engraçadas e eu apenas ria alto da sua cara. E claro, todo mundo nos encarava enquanto isso.

De repente ela não aguentou, e cuspiu a comida no prato.

– Que falta de educação! – um senhor que estava do nosso lado falou.

Angel limpou a boca com o guardanapo e encarou o senhor.

– Não é falta de educação quando a comida é horrivel e a única solução que uma pessoa tem, é deitar tudo pra fora. – Angel respondeu séria. – Se o senhor não tem gosto, é o seu problema. – ela finalizou e o senhor ficou espantando com a sua ousadia.

Eu ri alto, mas mesmo muito alto, e as pessoas apenas nos encaravam e ás vezes sussuravam qualquer coisa uns aos outros.

– E você, para de rir. – Angel falou me chutando de novo na perna.

Continuamos o jantar “calmamente”. Angel encarava apenas a comida e bebia água, enquanto eu, comia (não muito), aquela substância que eu tinha no meu prato. Confesso tambem, que não gostei muito do sabor daquela coisa.

Depois, pagamos a conta, quer dizer, eu paguei a conta e levantamos rumo á porta de saida.

– Finalmente! – Angel falou caminhando até a porta. – Pensei que nunca mais ia sair daqui.

Eu ri pelo nariz e encarei a porta que de repente, se encheu de paparazzis.

– Pronto, fudeu. – Angel disse um pouco assustada encarando os paparazzis.

– Não preocupa. – eu falei e peguei na mão dela e saimos do restaurante.


Angel’s POV

– Não preocupa. – Zayn falou e em seguida pegou na minha mão me puxando pra fora do restaurante.

Confesso, que me senti segura, quando ele agarrou na minha mão e a gente simplesmente, saiu do restaurante como se fôssemos duas pessoas normais, com uma vida normal. Quer dizer, eu pelo menos tinha tudo normal, menos ele.

Passamos por aqueles paparazzis que estavam todos exaltados e eles apenas tiravam fotos e alguns até faziam perguntas.

– Zayn! Zayn! – gritou um deles. – Essa não é a irmã do Louis?!

– Vocês tão namorando?! – um deles perguntou.

– Mas ela não é menor de idade?! – outro perguntou. – Isso seria considerado pedofilia.

Fala sério cara, pedofilia?! Zayn tem 18 e eu 17. O que isso tinha de pedofilia?! E outra, eu ia fazer 18 no sábado.

– Então Zayn, você e a Beatriz separaram definitivamente neh?! – um outro atrevido perguntou.

Como assim: você e a Beatriz separaram definitivamente?! Zayn tinha namorada?!

– Vamos. – Zayn falou me despertando dos meus pensamentos.

Entramos num táxi e este arrancou rapidamente entre as ruas de Londres.

– Que sufoco. – ele falou risonho me encarando e parou de sorrir quando viu a minha cara de assustada. – Você tá bem?! – perguntou sério.

Não! Eu não tou nada bem! Fui obrigada a jantar com você, que não gosto nada, nada. No final do jantar, a gente encontra um bando de paparazzis na rua nos fotografando e fazendo perguntas estupidas. E pra variar, aquele lance de “você e a Beatriz separaram definitivamente”, mexeu comigo. Não sei porquê, mas mexeu.

– Tudo bem. – resolvi responder.

Ele se aproximou do motorista e sussurou qualquer coisa.

Minutos depois, a gente chegou num lugar, que era totalmente desconhecido pela minha pessoa.

– Tá querendo me sequestrar?! – falei encarando Zayn.

Ele revirou os olhos.

– Anda logo! – ele falou puxando pelo meu braço, pra fora do carro.

Um sorriso fez-se no meu rosto, ao lembrar, que no primeito dia que a gente se encontrou, usei essa frase.

Saí do táxi, encarei Zayn, e depois, o que estava á minha frente.

– O que é que a gente veio fazer aqui?! – perguntei encarando aquela sorveteria.

Sim! Uma sorveteria. A gente tava sendo perseguidos pelos paparazzis, e ele acha justo, a gente parar numa sorveteria.

– A gente veio surfar. – ele falou me encarando. – Dahhh!!! O que se faz numa sorveteria?!

– Logo agora seu bocó?! – falei o encarando. – Logo agora, que a gente tá sendo perseguidos pelos paparazzis?!

– Relaxa garota. – ele falou me puxando pelo braço. – Apenas, disfrute da noite.

Eu o encarei confusa e ele apenas sorriu.

Entramos na sorveteria e fomos rumo á caixa.

– Boa noite. – um dos funcionários falou. – O que desejam?! – perguntou nos encarando.

– Quero um sorvete de chocolate, - Zayn falou e em seguida me encarou. – e você?!

– O mesmo. – respondi.

O funcionário assentiu e começou a colocar os sorvetes no cone.

– Aqui tem. – ele falou nos entregando os tais sorvetes de chocolates que estavam em forma de flor no cone.
– Obrigada! – falei.

Nos afastamos até uma mesa.

– Muito bonito esse sorvete. – falei encarando o cone.

– Eh neh?! – ele falou dando uma dentada no seu. – Eu sabia que você ia gostar, por isso te trouxe aqui.

Eu o encarei assustada. Como assim?! É impressão minha, ou ele tá me tratando bem?! Tipo assim, era bastante estranho, porque desde que a gente se conheceu, a gente nunca se deu bem.

– Mas então, a gente não corre o risco de encontrar os paparazzis na rua quando sairmos daqui?! – perguntei preocupada.

– Nahh! – ele falou me encarando. – Eles provavelmente, devem ter decorado a placa do táxi que a gente tava e com certeza eles vão seguir aquele táxi, até o fim. E como o motorista conseguiu despist­á-los, eu disse pra ele nos trazer aqui, já que a senhora, não quis comer a sobremesa no restaurante.

Eu ri alto e o encarei.

– Claro que não ia comer. – falei. – O jantar já tava horrivel, agora, imagina a sobremesa?! Devia ser um horror tambem.

Ele riu alto e encarou seu sorvete.

– Posso te fazer uma pergunta?! – falei o encarando.

– Você já ta fazendo uma, ok?! – ele falou me fazendo rir.

– Porque você tá me tratando assim?! – perguntei na lata.

Eu estava confusa e curiosa. A minutos atrás a gente tava quase se pegando no restaurante e agora, ele tá bonzinho e até me trouxe pra esse lugar.

– Como assim?! – perguntou me encarando sério.

– Você tá me tratando “bem”, - falei fazendo aspas no bem. – e ainda me trouxe aqui pra comer sorvete. O Zayn que conheci, nunca na vida ia fazer uma coisa dessas comigo. – falei e ele riu alto, fazendo os funcionários da sorveteria nos encarar.

Eu nem liguei, por já tinha me acostumado. Hoje o que mais aconteceu, foram pessoas nos encarando.

– Relaxa garota. Só achei que fosse bom te dar um desconto sabe. Acho que a gente começou com o pé esquerdo. – ele falou com um sorriso no canto. – Talvez fosse bom, a gente começar tudo de novo.

Franzi a testa ainda confusa ao ouvir suas palavras. Muito estranho, mas muito estranhooo mesmo.

– Por mim tudo bem. – falei e estendi a mão pra ele. – Angel.

– Zayn. – ele falou apertando minha mão.



Notas finais do capítulo

Então?! Gostaram?! Eu pelo menos AMEi.
Achei muito fodaaa hehehe :p
Só pra relembrar, o jantar ainda não acabou, tem mais outro capitulo que devo postar amanhã ou no sábado que é a continuação.
Quero reviews lindas! :*
Tumblr One Direction: http://vansdirectionfever.tumblr.com