I Should Have Kissed You! escrita por Vanessa R


Capítulo 32
31º Capítulo: Kath e Harry!


Notas iniciais do capítulo

Título do capítulo nada criativo, mas tudo bem kkkk
ESSE CAPITULO VAI TER SECSU ;)
*LEIAM AS NOTAS FINAIS POR FAVOR!




Semanas depois – 15 de Dezembro, Quinta-Feira!


Angel’s POV

– Cheguei pessoal. – falei fechando a porta de casa e jogando as chaves em cima da mesinha que fica junto da porta.

O motivo de eu tar assim, super animada, é que finalmente eu tou de FÉRIASSSS!!! EBAAAAAA, finalmente neh? Já não tava conseguindo aturar aqueles professores super chatos da escola. Biologia podia parecer muito legal, mas tem muita coisa cara. Eu tou é com medo de me foder toda, e depois ter que desistir, mas isso não vem ao caso agora, porque vou ter um tempinho pra pensar sobre o assunto e relaxar um pouco minha mente. Outro motivo pra eu tar dessa maneira, é que minha mãezinha chega amanhã de Califórnia. Isso mesmo, ela vem passar o natal com a gente que nem os pais dos garotos.

Se eu tou preocupada porque a mãe do Zayn vem passar o natal com a gente, e eu e Zayn VAMOS buscar ela em Bradford, no sábado? Quê isso gente, magina. Eu tou SUPERRRRRRRR normal.

Depois de dar uma vista de olhos na cozinha e de não ter encontrado nenhum ser e de ter pego um copo de água, fui pra sala de estar, onde encontrei um anjinho super perfeito dormindo no sofá, embrulhado num cobertor.

Eu, que sou super delicada, fui logo me jogando em cima dele, e ele nem sequer pestanejou. Só podia ser o Zayn claro -_- Me ajeitei no sofá e encarei aquela carinha de garoto inocente (coisa que ele NÃO é).

No dia 5 de Dezembro fez 1 mês desde que a gente tá junto. Todo mundo da casa (e outros), falavam que a gente era bem diferente deles. TRADUÇÃO: A gente não é muito melado, a gente não tem essas coisinhas de ciumes (tirando alguns ataquizinhos do Zayn), nada muito exagerado, ou seja, era tudo PERFEITO, e eles estranhavam isso, porque eles eram totalmente o oposto da gente, e vou até falar que desde que a gente começou a namorar, a gente NUNCA brigou. Briga séria mesmo nunca, mas tem aquelas coisinhas neh, meio bobas, mas isso é normal num relacionamento.

Eu e Zayn queriamos manter o nosso namoro, pelo menos nos primeiros meses, em segredo, só que um certo garoto que não consegue guardar muito bem segredos, foi logo contando pra todo mundo. Niall Horan, o causador das minhas perseguições hoje em dia.

Ele ficou tao feliz com o nosso namoro, que foi logo twittando isso pra todo mundo e até postou uma foto de Zayn e eu abraçadinhos. Se eu matei o cara? Tava quase, só não matei porque a namoradinha dele tava por perto, mas isso não me impediu de deixar minha marca nele.

Aproximei de Zayn de forma cautelosa, e dei um beijo na bochecha dele.

– X-xoo... x-xooo. – Zayn falou fazendo movimentos com a mão como se quisesse espantar uma mosca.

Dei outro beijo nele mas agora no pescoço, fazendo ele se arrepiar todo.

– M-me dei...xaa... – Zayn falou com a voz sonolenta, enquanto se virava pro outro lado puxando o corbertor.

Hoje era um desses tipicos dias de Dezembro em Londres. Pessoas cobertas até a cabeça com milhares de camadas de roupas na tentativa de esquentar os seus corpos. Eu que sempre fui a que *nunca sentia frio*, tava vestido com uma roupa bem quentinha, imagina o resto do pessoal.

– Tira logo essa bunda gostosa do sofá. – falei dando um tapa na bunda de Zayn, fazendo ele se contorcer.

– Quantas horas são? – Zayn perguntou se virando pra mim.

– Quase 8 horas da noite. – falei encarando meu celular.

Zayn deu uma espreguiçada um tanto maravilhosa e me encarou.

– Você tem o dom de me irritar sabia? – Zayn falou me fazendo rir.

– Geralmente quem implica gosta neh? – falei encarando ele sorrindo.

– Ownnnnnnnn, mas ela é tão lindaaa. – Zayn falou todo fofo levantando do sofá, ficando sentando e me abraçando por trás. – Linda e minha. – ele falou e pude perceber malicia nas suas palavras.

Quando ia me virar pra ficar de frente pra ele, ele me puxou me colocando deitada sobre o sofá e ficando sobre mim, e começou a me encher de cócegas.

– Pára caralho. – falei entre risos. – Tu é muito malvado sabia?

– Malvado é pouco, eu sou mesmo MAU e eu mordo tambem? Rawr! – Zayn falou todo sedutor e começou a dar pequenas mordidinhas no meu pescoço, boca e orelha.

Eu comecei a rir que nem uma maluca, enquanto tentava fazer ele parar.

– Mais respeito aí casalsinho. – ouvi uma voz com um sotaque bem sexy, falar por trás da gente.

Empurrei Zayn pra longe e me virei para o individuo que tava nos encarando.

– E ae Nialler? – falei encarando Niall que segurava numa caixa cheia de pringles. – Oba, comidaaaa. – falei levantando do sofá e indo na direção de Niall quase correndo.

– Nananinanão. – Niall falou colocando a caixa de pringles no ar, e como eu sou baixinha, quer dizer, mais baixa que ele, não conseguia alcançá-lo.

– Isso é maldade. – falei já derrotada caminhando até o sofá e me jogando em cima de Zayn que me deu um beijo na testa.

– Tu não vai comer nada disso agora, porque a gente vai sair pra jantar. – Niall falou colocando um pringles inteiro dentro da boca.

– A gente vai pro Nando’s? – perguntei entrelaçando meus dedos nos cabelos de Zayn. Detalhe: apenas eu podia fazer isso sem me machucar!

– Pizza hut. – ele falou todo contente colocando uma mão cheia de pringles na boca, quase engasgando.

– Eba. – falei toda contente enquanto dava palminhas de alegria.

– Ah não Niall. – Zayn falou fazendo bico, e me abraçando. – A gente não vai comer agora, preciso aproveitar um pouco a minha namorada. – ele disse me dando um beijo no pescoço.

– Deixa de coisas que eu tou com fome Zaza. – falei levantando do sofá. – Depois a gente aproveita. – falei encarando Zayn e ele me matou com os olhos.

– Sim Zaz, depois você pode matar ela se quiser, mas agora é hora da COMIDA. – Niall disse todo alegrinho me dando um hi five.

Zayn deu um sorriso falso e sarcástico pra ele, e levantou do sofá.

– Que remédio neh? Eu tambem tou com fome. – Zayn falou fazendo Niall sorrir.

– Então bora vestir pra gente não chegar atrasado. – falei e fomos quase correndo pra cima.


Harry’s POV

A gente tinha ido jantar na pizza hut pela insistência de Niall. Ele adorava Nando’s mas de vez enquanto ele escolhe outros lugares, e dessa vez a escolhida foi pizza hut, não só porque ele adora a pizza de lá como tambem porque sua namorada pediu. Homem apaixonado é assim mesmo galera.

Depois do jantar, todo mundo foi pra cama dormir – eu acho. Eu não tava com sono, por isso, decidi ficar na sala de estar vendo TV mesmo. Eram quase meia noite, quando senti passos na escada, e voltei minha cabeça rapidamente para a pessoa que descia.

– Ainda acordado? – Kath perguntou enquanto descia o ultimo degrau da escada.

Eu tava paralisado, não conseguia falar, mas tambem não era pra menos. Kath usava uma camisola bem curtinha, que deixava uma parte da sua calcinha á mostra, deixando suas pernas e sua bunda bem redonda tambem.

– Hello Harry? – Kath disse já perto de mim enquanto abanava a mão á frente da minha cara pra ver se me acordava do transe.

– Eh... o-oi. – falei balançando a cabeça e me concentrando nos olhos dela que estavam mais brilhantes do que nunca.

– Tu viajou longe ein garoto. – ela falou se jogando no sofá do meu lado.

– Tá fazendo o quê aqui? – perguntei enquanto encarava a TV.

– Tou com insonia. – ela falou com uma carinha triste. – E decidi vim ver TV pra não ficar aborrecida lá no quarto, enquanto a Angel dorme que nem um anjo.

– Bom Kath, eu sei de algo mais legal que a gente pode fazer. – falei levantando e subindo a sobrancelha encarando Kath que riu.

– Seu safado. – ela falou com malicia nos olhos e aproximou de mim me dando um selinho.

QUE PORRA É ESSA, vocês devem estar se perguntando! Bom eu acho que não falei que eu e Kath tamos ficando neh? E que Liam e Megan tambem? Kkkkk desculpa não ter falado nada antes, mas tudo bem neh? :)

– Eiiii. – falei quando Kath se afastou de mim. – Só um selinho? – perguntei fazendo bico.

– Você só merece isso. – ela falou rindo, encarando a TV.

– Nananinanão senhora. – eu falei e me aproximei dela, entrelaçando meus dedos em seu cabelo e colando minha boca na dela.

Passei a ponta da minha língua em seus lábios e em seguida mordi de uma forma sedutora e bem devagar o seu lábio inferior. Kath sorriu com malicia e rapidamente se sentou em meu colo. Sinceramente, Kath só queria me provocar, claro. Ela tava apenas de calcinha e sentando no meu colo (detalhe: eu tava apenas de boxer), ela só queria me deixar doido.

Coloquei minhas mãos em sua perna e apertei com vontade. Kath olhou pra mim sorrindo de lado e de uma forma sedutora mordeu os lábios me deixando louco, e eu (do jeito que sou), não resisti e a beijei.

O beijo foi bastante intenso e como sempre, eu tentava explorar cada vez mais sua boca, só que de repente, tive uma vontade enorme de beijá-la mais, não só na sua boca, mas em outros lugares. Desci os beijos para seu queixo até seu pescoço. Bem devagar rocei meus lábios pelo mesmo e senti sua pele fria se arrepiar sobre minha boca. Dei um sorriso de lado ao ver o que eu poderia provocar nela.

Dei vários beijos no pescoço dela de uma forma carinhosa, mas também de forma sedutora. Kath jogou um pouco a cabeça pra trás, fechou os olhos e sorriu como estivesse adorando aquilo. Subi os beijos até chegar perto da sua orelha e mordi levemente o que a fez se arrepiar mais uma vez. Kath de repente me olhou com seus lindos olhos verdes e sorriu.

– Quer levar isso lá pra cima? – ela perguntou mordendo os lábios.

Eu que não sou bobo nem nada, fui logo afirmando com a cabeça. Ela levantou rapidamente, pegou na minha mão e me puxou até meu quarto sem fazer barulho. Quando a gente chegou, ela foi logo se jogando na cama e de uma forma sedutora, me chamou pra ir ter com ela.

Caminhei lentamente até minha cama e fiquei por cima dela. Passei com minha mão levemente por sua barriga até chegar em seu peito direito e apertei lentamente, fazendo ela se contorcer um pouco. Me excitei, e fui logo tirando sua camisa jogando ela pro lado. Apertei mais uma vez seus seios e comecei a beijar seu corpo. Comecei no meio de seu decote e fui descendo até sua barriga. Kath se arrepiou toda e começou a passar sua unha lentamente pelas minhas costas. Eu entendi isso como uma mensagem que já tava na hora da ação, por isso, desci mais um pouco e tirei sua calcinha com a boca de uma forma sexy fazendo ela rir. Como era a primeira vez que Kath e eu faziamos sexo juntos, decidi ser mais legal, por isso, fui logo partindo pra ação.

Tirei minha calça um pouco nas pressas e abri um pouco suas pernas pra que eu conseguisse encaixar melhor. Kath segurou minha nuca e fechou os olhos enquanto sorria de lado. Segurei sua perna direita e a penetrei com toda vontade o que fez ela dar um grito bem alto, fazendo eu tapar a boca dela imediatamente antes que alguém da casa conseguisse ouvir.

Aumentei a velocidade fazendo Kath cravar suas unhas nas minhas costas. Eu me senti feliz, no poder sabe? É muito bom fazer uma garota gemer que nem Kath gemia e saber que você tá fazendo ela gemer de PRAZER.

Kath me segurou pelos cabelos me puxando pra um beijo cheio de desejo. Ela mordeu meu lábio inferior puxando pra si mesmo e soltou quando precisou gemer. Diminui os movimentos entrando devagar e ela me olhou cerrando os olhos. Levantei a sobrancelha como se dissesse: então você quer mais rápido né? Ela assentiu com um sorriso esbanjando malicia, me fazendo penetrá-la mais rápido do que antes fazendo ela soltar gemidos mais alto. Ela ficou rebolando lentamente sobre mim, me deixando muito excitado de forma que já não consegui mais parar com os movimentos rápidos e agora eu sabia que eu não iria parar até chegar ao orgasmo.

Voltei a beijá-la pra abafar alguns dos seus gemidos que ousavam em sair muito altos e então senti que eu já tava chegando ao ápice e pelo visto ela também. Kath segurou bem forte em meu braço e com movimentos lentos eu continuei penetrando ela até a gente gozar.

Quando cheguei no ápice, continuei com os movimentos que iam perdendo a velocidade até me sentir completamente exausto.

Me joguei do lado dela e senti que nossa respiração tava muito ofegante. Kath aproximou de mim, se aninhando no meu peito e em seguida puxei o cobertor pra nos cobrir e depois caimos no sono.



Notas finais do capítulo

Eu tou me sentindo, uma SAFADA depois de ter escrito o capitulo de hoje. Eu sou muito pura pra escrever essas coisas, por isso, que eu falei pra minha amgia escrever essa parte, só que não deu pra ela escrever, por isso, tinha que ser eu mesma, por isso que demorei, e tambem porque tou com alguns problemas aqui em casa, mas enfim, GOSTARAM?! Mereço reviews?! E quem vai me deixar uma recomendação?!
E obrigada iAngel, ThaynaSwift & ThePatyG pelas recomendaçõs ♥♥♥
Meu twitter pra quem quiser falar comigo (@Vanessa_R_1D) e meu tumblr do One Direction (http://vansdirectionfever.tumblr.com)
PERGUNTA DE HOJE:
- Bromance preferido dos minos, e porquê se por acaso tiver alguma razão ♥
PS: So pra falar que copiaram a capa da minha fic e o nome, mas graças a deus não foi a historia! Se encontrarem algo parecido me avisem gente ;)
XOXO ♥