I Should Have Kissed You! escrita por Vanessa R


Capítulo 22
21º Capítulo: Discussões!


Notas iniciais do capítulo

Algumas acertaram, outras nem por isso, teve até pessoas que estiveram perto, mas enfim. Ta aí o capitulo e tudo o que aconteceu nesse desaparecimento do Harry e da Angel, e um pequeno barraco no final.
Tou triste, por isso não vou falar muito! Bjux ♥
PS: MUDEI O NOME DO MEU TWITTER: https://twitter.com/Vanessa_R_1D




Angel’s POV

– Oii. – a garota falou toda sorridente me encarando.

Caralho, fudeu agora.

– Hmm... oi. – falei tentando dar meu melhor sorriso, o que foi um fracasso claro, já que eu tava bastante assustada com o que podia estar a caminho.

Encarei Harry que ainda estava na mesa da garota e me encarava com uma cara de safadenho.

Meu pai, o que ele aprontou dessa vez? Espero que ele não foi dizer pra garota que eu disse alguma coisa sobre ela, e a garota veio agora tirar satisfações comigo. E se ela for dessas barraqueiras?! Meu deus, eu vou passar muita vergonha.

– Sou a Carla. – ela falou estendendo sua mão pra mim.

– P-prazer, sou A-angel. – falei guaguejando, apertando sua mão.

Ela sentou na minha frente e me encarou sorrindo. Só eu que notei que ela tá muito risonha comigo?!

– Comendo sorvete?! – perguntou.

Não sua idiota.

– Ahamm!! – respondi séria.

– É gostoso. – ela falou apontando pro meu sorvete. Claro que é gostoso garota, quem não acha sorvete gostoso?! – Bom, eu tava ali falando com o seu amigo e ele me falou uma coisa muito interessante. – ela falou e encarou Harry que fez um sinal de ok com a mão pra ela.

Coisa interessante?? Vindo do Harry?? AI MEU PAI, VEM MERDA AÍ COM CERTEZA. AGORA EU TOU MESMO FERRADA.

Balancei a cabeça afirmamente e peguei na minha cola pra beber um pouco, porque aquela conversa sobre sorvete gostoso e coisa interessante, tava me deixando com sede – e vontade de comer mais um sorvete diga-se de passagem.

– Ele me contou que você se interessou por mim. – ela falou com um sorriso maroto na cara.

Arregalei os olhos, e sem querer engasgei com o meu refri (claro neh?! quem ia fazer isso de propósito?!), e cuspi tudo em cima da mesa.

– Você tá bem?! – ela perguntou me encarando assustada. – Vá, toma isso. – ela falou me entregando um pedaço de papel pra limpar minha cara.

Peguei o papel com as mãos tremendo e tentei limpar o meu rosto.

De repente um silêncio se fez na sorveteria, como se todo mundo estivesse esperando uma resposta minha ou mesmo dela.

Coloquei o pedaço de papel de lado e a encarei séria.

– C-como... assim... interessada?! – perguntei depois de uns segundos.

Harry só podia estar maluco cara. Sério, na boa. Como é que ele podia fazer uma coisa dessas?! Comigo meu deus, comigo. A sua melhor amiga! Mas pensando bem, isso é o tipo de brincadeira que os melhores amigos costumam fazer, e eu já devia estar acostumada, porque na Califórnia eu tinha mais amigos do que amigas, mas isso não vem ao caso.

– Interessada ue! Ele falou que você adorou o meu cabelo e que me achou bastante bonita e interessante, e tava querendo meu número de telefone. – ela falou com malícia nos olhos.

Arregalei os olhos mais ainda e encarei Harry que estava rolando de tanto rir na poltrona da mesa onde a garota estava.

Gente eu JURO que depois que eu sair daqui, eu mato esse panaca e enterro ele lá pra China.

– Hmm... Carla certo?! – perguntei e ela assentiu risonha. – Bom eu nem sei como falar isso pra você.

– Pode falar, não tenha vergonha de mim. – ela falou sorrindo.

Garota, na boa, eu não tou com vergonha de você. Eu tou é muito PUTA. No bom sentido, claro. Não que ficar puta tenha algum bom sentido… Mas não era como se eu fosse andar quase pelada na rua e rodar a bolsinha. Estava ficando puta de ficar brava mesmo. Mas é claro que você já entendeu.

– Eu não sou lésbica. – falei por fim e o sorriso da cara dela desapareceu.

– V-você não é lésbica?! – ela perguntou triste.

– Não, eu não sou lésbica. – confirmei pra ela. – O Harry com certeza tava brincando com você, quando ele disse que eu tava interessada em você.

Ela torceu a boca meio pensativa e me encarou.

– Nem uma quedinha por mulheres?! – perguntou.

Sério cara, que conversa mais esquisita é essa?!

– Nenhuma. – falei balançando a cabeça negativamente.

Carla suspirou tristonha e levantou da mesa.

– Bom, uma pena que você não seja lésbica. – ela falou me encarando. – Eu pelo menos, adorei você, e achei você uma gracinha.

Sério?! Uma gracinha?!

– Bom, de qualquer maneira, - ela falou aproximando de mim. – você tem aqui o meu número, - ela falou escrevendo qualquer coisa num pedaço de papel. – e quando tiver uma decepção amorosa é só me ligar. – ela falou e me piscou o olho.

Dei um sorriso forçado e suspirei aliviada quando ela distanciou da minha mesa.


Harry’s POV

Eu quase me caguei de tanto rir. A Angel cuspindo a sua cola em cima da mesa, foi extremamente hilário, e a cara que ela fazia cada vez que Carla falava?! Hahahahah!! Muitoooo bommmmmm.

Vocês devem estar se perguntando o que aconteceu ali?! Bom, para os mais espertinhos, já devem saber que fui eu que falei pra garota ir falar com a Angel, e fazer toda aquela provocação pra ela. Sou um gênio eu sei. E é claro que a Carla não era lésbica, isso foi apenas uma brincadeira que eu queria fazer na Angel, pra ela ver, que eu não sou assim tão galinha, que vou logo pegando logo a primeira que aparecer. EU NÃO SOU DESSE TIPO OK?!

Quando Carla terminou de falar com a Angel, ela levantou da mesa, escreveu qualquer coisa num pedaço de papel e entregou a Angel que deu um sorriso bastante falso. Carla aproximou de mim e pegou na bolsa dela.

– Prontinho! – ela falou me encarando. – Não esquece de me ligar gato. – ela falou me piscando o olho e caminhando até a saída.

Levantei da mesa num pulo e fui me encontrar com Angel que estava me encarando bastante séria. A gente ficou se encarando por uns segundos, até que ela (pela minha surpresa) soltou uma gargalhada enorme, fazendo todo mundo nos encarar, e claro que eu não resisti.

– Que foi?! Achou engraçado?! – perguntei no meio dos risos me sentando á frente dela.

– Isso foi genial Harry, na boa. Você tem que me ensinar um dia. – ela falou ainda rindo, e limpando uma lágrima que estava caindo no rosto dela.

– Ohhh, não valeu. – falei me fazendo de bravo. – Eu pensei que você ia ficar toda chatiada e tal. – falei cruzando os braços.

Angel riu mais ainda e me encarou.

– Confesso que no inicio fiquei bem puta com você, mas depois vi que foi apenas uma brincadeira de MAU gosto diga-se de passagem, mas foi muito bem planeado. – ela falou e deu um gole na sua cola. – Se você não tivesse rido, eu podia pensar que era verdade mesmo.

– Você é muito burra mesmo. – falei dando um tapa na cabeça dela que fez bico. – Agora vamos dar uma volta outra vez pra gente ver se conseguimos voltar pro hotel logo que eu já tou cansadão. – falei já levantando e Angel fez o mesmo.

A gente nem andou muito, e a Angel já tinha encontrado o caminho de volta. Como?! Bom, ela reconheceu uma cabine telefónica onde ficava perto do restaurante que a gente tava hoje mais cedo. Coisas de mulheres, só podia. Eu nem pensava que existia isso aqui.


Niall’s POV

– Eu vou chamar a policia. – Louis falou pela milésima vez levantando do sofá.

– Tá maluco garoto, deixa disso. – Liam falou o encarando.

– Eu tambem acho que a gente devia chamar a policia. – Zayn falou pela primeira vez naquela noite, sobre o desaparecimento de Harry e Angel.

Todo mundo encarou Zayn de imediato.

– Que foi?! – ele perguntou nos encarando.

– Nada não. – falei e voltei minha atenção pro Louis. – Você já tentou chamar pelo celular da Angel?! – perguntei.

– Já, mas ela tambem não atende. – ele falou. – E eu tou ficando cada vez mais preocupado com esses dois. – ele falou caminhando até o sofá.

No inicio, confesso que apenas Louis estava preocupado com os dois, mas depois de passar das 9 da noite, todo mundo começou a suspeitar que algo de errado tinha passado com os dois.

Olivia tentava acalmar Louis, Zayn andava de um lado pro outro com um ar bastante irritado, Liam tentava tirar um cochilo, enquanto eu, comia um pedaço de muffin.

– E ae galera?! – Harry falou abrindo a porta do quarto.

Todos nós viramos o rosto para ele. Ele franziu a testa nos encarando e Angel apareceu logo a seguir por detrás dele.

– ANGEL! – Louis gritou correndo na direção de Angel e dando um super abraço nela. – Graças a deus. – ele falou ainda a abraçando.

– O que foi Louis?! Tá tudo bem com você?! – Angel perguntou retribuindo o abraço.

– Em pensei que algo de mal tinha acontecido com você. – Louis falou ainda abraçando Angel.

– Você fica preocupado apenas com ela neh Boo Bear?! – Harry falou fazendo bico.

Louis revirou os olhos e distanciou de Angel.

– Deixa de pensar besteira garoto. – Angel falou encarando Louis. – A gente se perdeu, só isso.

Louis e Zayn levantaram as duas sobrancelhas e encararam Angel.

– Só isso?! – disseram em coro e eu sem querer gargalhei alto.

– Eu não achei a mínima graça nisso. – Zayn falou me encarando.

– Nem eu! – Louis retorquiu.

– Claro que tem. – falei rindo. – Vocês os dois tão parecendo os pais dela, ou pior, os namorados dela, que ficaram super preocupados com ela, só porque ela sumiu com o Harry.

Zayn cerrou os dentes me encarando e encarou Harry.

– Você planejou isso certo?! – ele perguntou e Harry franziu a testa. – Você armou tudo isso pra poder ficar um bom tempo sozinho com ela não foi?! – ele falou quase gritando no coitado do Harry.

Todo mundo encarou Zayn confuso. O que havia dado no Zayn?! Ele parecia estar com bastante ciúmes, o que era muito estranho, porque ele e Angel não se dão.

Mas ele podia estar com ciumes do Harry?! Porque ele estava com a Angel, e como ele gosta do Harry e não se dá com a Angel, ele não quer que Harry fique amigo de Angel, certo?! Não?! Não, ok.

– Cê tá maluco garoto?! – Angel falou aproximando de Zayn que estava cara a cara com Harry. – Você não tem o direito de falar assim com ele.

– Primero, eu tenho o direito de falar com quem eu quiser e como eu quiser, e segundo, se enxerga garota, ele só tá se “perdendo” com você, - Zayn falou fazendo aspas no ar. – porque ele tá querendo dar uns pegas em você, e você não terá chances maiores com ele, além de curtição. – Zayn disse duma só vez quase perdendo o fôlego.

– Em primeiro lugar garotinho, se enxerga você. Como é que você ousa falar assim comigo e com o Harry?! Tava bebendo eh?! Ah não, é verdade, você é mesmo assim, groço com as pessoas. – Angel falou, quer dizer, gritou enquanto apontava o dedo pro Zayn. – E segundo, ele não se “perdeu” comigo, - Angel falou fazendo aspas no ar. – porque ele queria estar comigo a sós pra dar em cima de mim. Ao contrário de você, ele sabe respeitar as pessoas e espero que você aprenda isso um dia.

Todo mundo estava bastante sério e assustado encarando tudo aquilo. Eu pensei em acabar com aquela discussão, só que reparei que Louis, que é o irmão dela, e que tava do lado dela, não fez nada pra interromper, quem seria eu pra fazer alguma coisa?!

– Angel é melh... – Harry tentou falar mas Angel a interompeu.

– Deixa pra lá Harry. – ela falou ainda encarando Zayn e virou sua atenção pra Louis. – Louis desculpa por tudo isso. Eu vou dormir, porque certas pessoas estragaram meu dia. Amanhã a gente se fala. – ela falou dando um beijo na bochecha de Louis e outro no Harry. – Até amanhã pessoal. – ela falou fazendo um txau pra gente.

– Angel pera aí que eu vou com você. – Olivia falou acordando do transe e saindo correndo atrás de Angel.

Zayn nos encarou sério e saiu disparado pro banheiro, e se trancou lá dentro.

– Uauuu! – Louis falou levantando as duas sobrancelhas. – Tensooo!! – ele falou caminhando até o sofá.

– O que acabou de acontecer aqui?! – Liam perguntou parecendo bastante confuso com tudo o que havia passado.

– Você acabou de presenciar o senhor Malik ciumento em pessoa. – falei me jogando de costas na cama.

– Zayn com ciúmes?! – Harry perguntou levantando uma sobrancelha.

– Exactamente! – falei e Harry franziu a testa. – Então quer dizer que você não percebeu que Zayn tá gostando da Angel?! – perguntei e ele balançou a cabeça negativamente. – Nem vocês?! – perguntei encarando o resto do pessoal que balançou a cabeça negativamente tambem. – Um bando de retardados vocês ein?! Só eu pra perceber uma coisa dessas. – falei e Louis sorriu.

– Claro neh?! Esqueceu que você é o apaixonado do grupo?! – ele falou fazendo todo mundo rir.

– Talvez. – falei sorrindo encarando o teto.


Zayn’s POV

– ZAYN SE CONTROLA! SE CONTROLA GAROTO! – eu falava pra mim mesmo enquanto encarava o chão do banheiro.

MAS QUE PORRA FOI AQUELA QUE ACONTECEU Á BOCADO?! SERÁ QUE EU TOU FICANDO MALUCO?! PORQUE EU AGI DAQUELA MANEIRA?! COM CERTEZA, VOU AQUELA VODKA QUE EU BEBI COM OS GAROTOS ANTES DA GENTE VOLTAR PRO HOTEL, SÓ PODE!

Mas agora falando sério, eu fiquei surpreendido comigo mesmo depois daquele “pequeno” barraco que eu fiz com a Angel. Confesso que fiquei puto quando vi Angel e Harry entrando no nosso quarto sorrindo que nem crianças que acabaram de ganhar um monte de doces. Foi um momento que eu sinceramente não quero me recordar. Aquilo de alguma forma me afectou, mas como?!

Eu não gostava do Harry – deus me livre gostar de homem. Quer dizer, é claro que eu gosto dele, eu AMO ele mas só como amigo claro, tirando o facto da gente ter uma conexão muito boa, que fez com que as fãs criassem um nome carinhoso pra gente – ZARRY, que é a junção dos nossos nomes, mas isso não vem ao caso.

Bom, eu não gostava do Harry, e muito menos da Angel, então o que aconteceu pra eu agir daquela maneira?!

Zayn Lindo e Gostosão, vai dormir que você precisa de um belo sono de beleza, e deixa isso pra você pensar depois, não agora trancado num banheiro esperando todo mundo dormir pra você voltar pro quarto. Essa foi minha consciência falando comigo. Estúpido neh?! Sim, eu sei.

Levantei do chão devagar e coloquei a orelha na porta. Ao perceber que não havia nenhum barulho, peguei na maçaneta e girei lentamente pra não acordar os rapazes. Caminhei na ponta dos pés até a minha cama, que eu dividia com Liam, e me deitei rapidamente.

– Zayn?! – ouvi uma voz grossa me chamar.

Levantei da cama e encarei um ser que estava na cama que ficava do meu lado, sentado me encarando.

– Ainda acordado Harry?! – perguntei o encarando.

– Tava esperando você pra gente conversar sobre o que aconteceu a pouco tempo. – ele falou cansado.

– Olha Harry desculpa por tudo aquilo. Eu não sei o porquê, mas fiquei um pouco nervoso com o vosso sumiço, e acabei colocando a culpa em você. – falei com um ar triste.

Harry sorriu de lado olhando pra baixo e me encarou de novo.

– Eu já sei porque é que você ficou daquele jeito, mas não vou te contar agora, porque você tem que descobrir sozinho, mas ok, eu te desculpo. – ele falou sorrindo.

Assenti risonho olhando pra ele e caí de costas na cama sem fazer barulho pro Liam não acordar.



Notas finais do capítulo

Então, mereço reviews?! Recomendações?! =)
PS: Genteeee, eu tou quase chegando nos 400 reviews. Me ajudem por favor ♥♥♥
Meu Tumblr do 1D: http://vansdirectionfever.tumblr.com/
Meu Twitter pra quem quiser falar comigo(MUDEI O NOME): https://twitter.com/Vanessa_R_1D