A New Life 2.0 escrita por L Angels


Capítulo 23
Capítulo 23 - Colocando as cartas na mesa.


Notas iniciais do capítulo

Algumas coisas precisam ser compartilhadas.




** PDV Cameron

 

 

 

— Então quer dizer que você e a Sophia já se acertaram? O que estavam fazend... - O Zach começou a falar.

— Cara me desculpa, sério. Eu juro que não sabia que você estava afim da Sophia. Porque não me contou? Você sabe que eu ia ficar na minha. – O interrompi.

— Não ia não Cameron. Não sei como não percebi antes, mas aquele jeito que vocês dois se tratavam... Estava tão na cara que uma hora ou outra isso ia acabar acontecendo. – O Zach riu.

— Mas eu não queria ter roubado a sua garota! Me sinto mal por isso. – Confessei.

— A Sophia nunca foi minha garota. Ela nunca gostou de mim desse jeito. – O Zach deu de ombros.

— Mesmo assim foi mal cara. De verdade... – Me desculpei.

— Relaxa Cameron... Eu meio que parti pra outra. Eu e a Manu ficamos ontem... – O Zach corou.

— O que? Com a Manu? Como? Quando? – Fiquei confuso.

— É uma longa história cara... – O Zach riu.

— Então faz um resumo! – Eu falei e ele se rendeu.

 

Ele me contou tudo o que tinha acontecido lá na casa da Manu, no começo me senti culpado porque é obvio que ele ficou bem mal por causa de mim e da Sophia, mas depois as coisas se acertaram e eu até brinquei falando que ele me devia uma.

 

— Mas Zach você jura que gosta mesmo dela né? Você não está usando ela para esquecer a Sophia ou algo do tipo? Porque agora você sabe que a Manu sempre gostou você, isso seria muito vacilo. – Tive que perguntar.

— Cameron você me conhece, eu nunca faria isso! Ainda mais com a Manu que é uma garota incrível. Eu gosto mesmo dela, meio que sempre gostei dela, mas achava que ela nunca sentiria o mesmo por mim. - O Zach deu um sorriso meio bobo.

— Acho bom mesmo. Se não vou ser obrigado a te dar umas porradas! – Falei sério, mas ri da cara idiota dele.

— Mas e você? Esse lance com a Sophia é sério mesmo? – Ele me encarou.

— Então cara... – Respirei fundo.

— Olha aí outra longa história. Agora é sua vez de fazer um resumo. – Ele riu.

— No começo eu ficava muito frustrado quando ela me provocava daquele jeito, eu achava que ela tirava o pior de mim sabe? Mas depois eu fui percebendo que na verdade eu até que gostava quando ela me provocava, era meio sexy... – Comecei a falar.

— Hum... – O Zach preferiu não se manifestar.

— Mas na minha festa quando finalmente tive a oportunidade de ficarmos sozinhos sem toda aquela barreira que ela sempre fez quando eu chegava perto. E nossa... Foi perfeito Zach, foi alí que eu gamei de vez. – Acho que foi minha vez de dar um sorriso bobo.

— Se o Mike nos escutasse falando essas coisas agora... – O Zach disse rindo.

— Ele iria tirar a maior onda dos babacas apaixonados aqui. - Falei rindo também.

— Pois é... Ele provavelmente viria com todo aquele discurso de seguir o lema do “pega mas não se apega!” Não sei como ele consegue isso. – O Zach disse e eu concordei.

— Eu só quero ver como vai ser quando ele encontrar a garota certa. Esse discurso todo vai por água a baixo rapidinho! – Falei.

— Essa eu quero ver! Vai ser difícil alguma garota domar o Mike. – O Zach falou e nós rimos.

— Cameron... – Ele ficou sério do nada.

— Que foi? – Perguntei preocupado.

— E a Selina? Quer dizer... Eu sei que vocês terminaram graças a deus. Para falar a verdade eu preciso dizer que sempre odiei ela, não que eu já não tenha dito isso milhares de vezes, mas é sempre deixar bem claro que você estava maluco quando resolveu namorar com ela. – O Zach disse aquilo com um prazer enorme.

— Ok Zach, eu já entendi essa parte, vai direto ao ponto. – Bufei.

— Enfim... O que eu queria dizer é que você não acha que aparecer com uma garota agora pode ser meio perigoso? Com certeza ela vai... – O Zach começou a falar.

— É eu sei, ela vai surtar e querer acabar com a Sophia! Vou dar um tempo até a poeira baixar sabe... Até porque a Sophia é meio difícil e eu sinto que ainda vou ter um pouco de trabalho para amolecer aquele coraçãozinho de pedra completamente. – O interrompi.

— Entendi! Bom... Pode deixar que o seu segredo está bem guardado comigo! – O Zach prometeu.

— Obrigado cara. Você é de mais. – Agradeci.

 

 

 

** PDV Sophi

 

 

 

— Isso é muita doidera, eu e o Zach, você e o Cameron. Nós temos que contar isso para a Carol! - A Manu falou animada.

— Verdade, você sabe onde ela está? – Perguntei.

— Ela disse que ia na biblioteca dormir um pouco! – A Manu falou e nós rimos.

— É uma boa estratégia. – Tive que concordar.

— Vamos logo, eu preciso contar isso pra Carol, ela não vai acreditar que você e o Cameron... Isso é sensacional, somos as melhores conselheiras amorosas do mundo. – A Manu começou a me puxar.

— Você acha mesmo que ela vai se surpreender com isso? Espera até ela ouvir sobre você e o Zach, isso sim é uma baita surpresa... – Entrei na onda.

— Idiota! – Ela me deu um tapa.

— Nem começa viu. – Devolvi o tapa.

— Vocês ainda vão acabar se matando. - O Cameron surgiu com o Zach.

— Isso aqui é muito amor e carinho... - A Manu falou e eu ri.

— Poxa eu queria um pouco carinho também. - O Zach fez um drama.

— Não seja por isso. - Falei dando um baita tapa no braço dele.

— Ai!! Não era desse carinho que eu tava falando. – O Zach reclamou.

— Na próxima vez seja mais específico cara... – O Cameron falou e nós rimos.

— Onde vocês estão indo? – O Zach perguntou esfregando onde eu bati.

— Na biblioteca encontrar a Carol. – A Manu falou.

— A Carolina? Na biblioteca? O que ela está fazendo lá? – O Cameron perguntou desconfiado.

— Digamos que ela achou o lugar perfeito para uma soneca! – Respondi rindo.

— Ok, agora faz sentido. – Ele também riu.

— Não sei como não pensei nisso antes... – O Zach disse pensativo e nós rimos.

— Bom, vamos lá, até mais. – A Manu mandou um beijinho pro Zach e começou a me arrastar.

 

 

[...]

 

 

Quando finalmente conseguimos achar a Carol, o final da ultima aula tocou, não tivemos tempo de contar nada para ela, então resolvemos ir em uma lanchonete depois da aula para conversamos melhor.

 

— Sophia e Cameron tudo bem, eu já esperava por isso... Mas você e o Zach? Só pode ser brincadeira né? Isso é muito para a minha cabeça. - A Carol disse tomando um gole do seu refrigerante.

— Haha! Eu não te falei?  – Ri da cara da Manu.

— Pois é... acontece. Parece que nós pegamos a banda completa... – A Manu riu.

— Me inclua fora dessa! Eu sou a forever alone do grupo. – A Carol reclamou.

— Fica quieta Carol, você acha mesmo que nós não sabemos que você ficou com o Mike na festa do Cameron? - Falei e ela até se engasgou com o refrigerante.

— Eu... Não... Mas que merda! Vocês viram aquilo? – A Carol disse sem poder negar.

— Bom, a não ser que tivesse outro cara de panda naquela festa. – Provoquei.

— Ah Carol, o Mike é mó gatinho. – A Manu começou a falar.

— Sem falar que ele é muito engraçado! Me acabo de rir com ele. – Completei.

— É... Vocês só esqueceram de uma coisa, que ele é um baita galinha. Superem isso, foram só uns beijos e nada mais.  - A Carol disse seca.

— Mas você gostou? - Perguntei.

— Não vou ficar com ele de novo, esqueçam essa história. Vamos embora? - Ela foi se levantando.

— Ok, vamos... Mas não pense que nós engolimos essa sua historinha viu? – A Manu falou e a Carol revirou os olhos.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A New Life 2.0" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.