A New Life 2.0 escrita por L Angels


Capítulo 15
Capítulo 15 - Panteras, Pandas e Super Herois.


Notas iniciais do capítulo

Meus amores, cliquem nos links para ver as fantasias elas são lindas e ajuda bastante na hora de imaginar as cenas.




** PDV Sophi

 

 

 

O resto da semana se resumiu bastante em rodar pela cidade atrás das fantasias perfeitas, até a Angélica e o meu irmão foram convidados e estavam no meio, mas é claro que o Bernardo não tem a menor paciência pra isso. Depois de cinco minutos em uma loja ele já achava algum canto para sentar e nos esperar.

Deu um trabalhão achar as fantasias já que não estamos na época do halloween, mas no fim todos conseguiram suas respectivas fantasias, essa festa tem que ser muito boa para compensar todas as horas que eu gastei rodando por aí atrás de algo que preste.

No dia da festa a Manu, a Carol e até a Angélica vieram aqui em casa para todas se arrumarem juntas. Nem preciso dizer que meu quarto ficou uma zona, né? Era um tal de "Cadê meu brinco ?" de um lado, e um "Me empresta seu batom" do outro.

Mas no fim tudo deu certo, consegui me maquiar e maquiar todas as meninas a tempo, digamos que elas descobriram o meu talento e agora eu estou ferrada.

Eu estava de Rainha Sete Copas, o Bernardo estava de Pirata, e a Angélica também, a Manu era uma Alice ruiva o que ficou muito legal e a Carol estava de Branca de neve por muita insistência nossa! Essa era a fantasia ideal não importa o que ela falasse.



Looks :

Sophia - Rainha Sete Copas :

http://30.media.tumblr.com/tumblr_m2359jvKx01r4jv9oo1_500.jpg

Bernardo - Pirata :

http://28.media.tumblr.com/tumblr_m23554sAYg1r4jv9oo1_400.jpg

Angélica - Pirata :

http://27.media.tumblr.com/tumblr_m2354aKTiQ1r4jv9oo1_400.jpg

Carol - Branca de neve :

http://24.media.tumblr.com/tumblr_m2352xAPvk1r4jv9oo1_400.jpg

Manu - Alice :

http://24.media.tumblr.com/tumblr_m2351wLSo91r4jv9oo1_400.jpg

 

 

 

** PDV Cameron

 

 

 

A festa tinha começado á pouco tempo e a maioria dos convidados já tinham chego. É muito doido ver todas essas pessoas reunidas em um lugar só, juntas e se divertindo. Porque a maioria passou pela minha vida e deixou uma marquinha, fico feliz de poder retribuir de algum jeito.

E tenho que confessar que a galera realmente se dedicou nas fantasias, tinha uma melhor que a outra, tinham aquelas muito bem elaboradas e algumas outras muito estranhas.

O lugar que eu escolhi era uma das melhores boates da cidade, o dono é um amigo da família isso facilitou na hora de fechar a boate em pleno sábado a noite só para o meu aniversário.

Eu, o Zach, o Mike e o meu amigo Nathan, que chegou de viagem hoje justamente para poder vir na minha festa, estávamos na área vip botando o papo em dia e observando as pessoas lá em baixo na pista de dança.

Estava tudo indo muito bem até eu sentir alguém me puxando pela camisa, meu primeiro reflexo foi segurar o braço da pessoa, mas logo percebi que era a Selina, ela estava vestida de pantera cor de rosa.

Aquela fantasia estava tão colada que fiquei curioso pra saber como foi que ela conseguiu entrar ali dentro, até que era sexy, mas confesso que fiquei preocupado, será que ela estava conseguido respirar com aquilo?

 

— Parabéns gatinho! – Ela me deu um abraço.

— Obrigado! Mas precisava se sequestrar desse jeito? – Perguntei quando ela parou de me arrastar pra longe.

— Mas é claro! Eu precisava falar com você em particular. Você viu as pessoas que estão aqui? Porque você convidou tanta gente estranha? – Ela fez uma cara feia.

— Porque esses “estranhos” são meus amigos. E essa é a minha festa de aniversário talvez? – Respondi seco.

— Então você precisa de amigos novos isso sim! Quer dizer, o Zach ainda da pra aceitar, ele é insuportável mas é bonitinho. Agora aqueles dois? Sério Cameron? – Ela olhou para o Mike e para o Nathan.

— Eu não entendi, qual o problema deles? – Perguntei.

— Fala sério Cameron, eles nem são da nossa escola, está na cara que não tem dinheiro nenhum. Sem falar que são negros, tem coisa pior? O que é aquilo no cabelo dele? Dreads? Aposto que essa gente não lava essas coisas por dias. – Ela olhou com desprezo para o Nathan e meu sangue ferveu.

— Eu não posso acreditar no que eu acabei de ouvir. Me diz que você está brincando! – A encarei e ela continuou com o mesmo semblante.

— Ok... Escuta aqui. Você acabou de passar de todos os limites possíveis de uma vez só Selina! Eu já relevei muita coisa que você já fez, MUITA MESMO. Porque eu achava que você não podia ser tão ruim assim, mas depois disso não tem como te defender. Só me faz um favor e sai da minha festa agora. – Falei furioso.

— Você não pode expulsar a sua namorada da sua festa. – Ela disse indignada.

— Você não entendeu o que eu falei não é? Não quero namorar uma garota fútil, mimada e preconceituosa Selina... Acabou. – Tentei manter a calma.

— Você não pode terminar! Ninguém termina comigo! Você NÃO VAI terminar comigo. – Ela cruzou os braços.

— Tanto posso como acabei de fazer isso! Agora você que escolhe. Vai sair por bem ou por mal? Porque pra mim não faz diferença nenhuma. – Falei e ela bufou.

 

Por fim ela acabou saindo, mas eu botei um segurança na cola dela só para ter certeza de que ela iria sair sem causar nenhuma confusão.

Não acredito no que acabou de acontecer, eu achei que meus amigos pegavam muito pesado com ela, que ela só fez aquela sacanagem com a Sophia porque ela estava se sentindo ameaçada.

Mas isso? Não tolero nenhum tipo de preconceito, ainda mais com meus amigos, quem aquela garota pensa que é? Quer saber... Fico feliz em ter acabado logo com isso.

Voltei para onde os meninos estavam, parece que eles não tinham visto nada, até porque o Zach mesmo faz questão de fingir que a Selina não existe. Quer saber, é melhor assim mesmo, vou fingir que ela nunca existiu, não quero estragar a noite de ninguém.

 

— Caras eu vou me juntar com o povão, quero calor humano. Esse negócio de VIP não é comigo! – O Mike disse assim que eu cheguei.

— Opa eu vou junto! – O Nathan também se animou.

— Podem ir na frente, depois eu acho vocês. – O Zach falou enchendo a boca de salgadinhos.

— Divirtam-se. – Dei um tapinha nas costas do Nathan, e os dois saíram.

— Cadê a Selina? Eu a vi te arrastando. – O Zach perguntou ainda com a boca cheia.

— Mandei ela ir embora... Mas depois eu te explico, não se preocupa! Agora eu preciso de um favor. – Falei sério.

— Opa pode falar. Hoje é o seu aniversário, seu pedido é uma ordem... Dependendo do pedido é claro! – Ele falou me fazendo rir.

— Ótimo! É o seguinte...

 

 

** PDV Sophi

 

 

 

Finalmente chegamos no local da festa, passamos por uns seguranças fantasiados de FBI, demos o nosso nome na entrada para um outro segurança fantasiado de árabe e ganhamos pulseirinhas de identificação verde florescente.

Seguimos por um pequeno corredor, deixamos os presentes com uma garota vestida de dançarina do ventre, quer dizer, eles deixaram os presentes, eu só dei um dinheiro para o Bernardo e ele disse que ia inteirar no presente que ele estava pensando em dar.

Então estávamos livres para circular por aí, fiquei encantada com o lugar, nunca tinha entrado naquela boate antes, mas já tinha ouvido falar que era uma das melhores da cidade. Tinham pessoas fantasiadas de todas as coisas possíveis e com aquele tanto de fumaça e luzes piscando era quase impossível achar algum rosto conhecido.

Não demorou muito para o meu irmão e a Angélica nos abandonarem, então eu, a Manu e a Carol fomos até o bar pegar algo para beber quando vimos um panda e um super herói roxo vindo em nossa direção.

Depois de muito esforço, quando eles já estavam bem perto eu finalmente consegui identificar o panda, era o Mike! Agora o super herói eu não conheço mesmo.

 

— Oi Meninas!! – O Mike chegou nos cumprimentando.

— Oi Mike. – Fomos respondendo em quanto o cumprimentávamos.

— Gente esse é meu amigo Nathan! E Nathan essas são Carol, Sophia e Manuela! – O Mike nos apresentou ao super herói.

— Oi Nathan Prazer. - Nós falamos e o cumprimentamos com um beijo na bochecha.

— O prazer é todo meu! As amigas dos meus amigos são minhas amigas também. – Ele disse simpático.

— Gostei das fantasias! Vocês são corajosos. – Eu disse rindo.

— É... Eu devo estar muito sexy nessa malha roxa apertadinha e brilhante. – O Nathan disse sarcástico e todos riram.

— Eu não ia falar nada, mas isso esta muito engraçado mesmo! – A Manu disse e nós concordamos.

— Eu te falei Nathan, o lance é se vestir de panda! Quem não ama pandas? – O Mike disse se achando.

— Verdade! Pandas são irresistíveis. – A Carol disse ainda rindo.

 

Depois de um tempo conversando e rindo bastante a Carol acabou arrastando o Nathan para a pista de dança.

 

— Essa não perde tempo! – Falei rindo.

— Verdade! – Eles concordaram.

— Então... Qual das belas damas gostaria de dançar com esse humilde Panda? - O Mike virou pra mim e pra Manu.

 

A Manu me lançou um olhar do tipo “Tudo bem pra você se eu for?”, eu sorri e confirmei com a cabeça.

 

— Quero só ver se esse panda sabe dançar de verdade! – A Manu disse arrastando o Mike para o meio da pista de dança.

— É... Acho que sobrei! – Falei comigo mesma e fui dar uma volta por aí.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A New Life 2.0" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.