A New Life 2.0 escrita por L Angels


Capítulo 13
Capítulo 13 - Rolando escada a baixo.


Notas iniciais do capítulo

Quem nunca?




** PDV Sophi

 

 

 

Como o Zach tinha se atrasado MUITO, nós acabamos perdendo a seção que iriamos ver então tínhamos que esperar a próxima, resolvemos dar uma volta no shopping.

O problema é que garotas juntas em um shopping sem nada para fazer é igual a ver vitrines, entrar nas lojas, experimentar sapatos. Depois de um tempo eu percebi que o Zach foi ficando para trás e aquilo me deixou um pouco incomodada.

Eu olhei para trás e vi que o Zach estava caminhando a uma certa distancia de nós e resolvi espera-lo enquanto as meninas continuaram andando sem rumo.

 

— Nós te abandonamos né? Desculpa. – Falei assim que ele se aproximou.

— Não entendo essa relação das garotas com o Shopping. – Ele disse rindo.

— Ninguém entende! Nossa... Olha só onde elas já estão, vai ser impossível as acompanhar nesse seu passo de tartaruga. – Brinquei.

— Não precisamos acompanha-las. Temos bastante tempo ainda - Ele deu de ombros.

 

O Zach estava certo, então ao invés de tentar acompanha-las nós ficamos conversando e zoando as pessoas esquisitas que passavam por nós, e olha que não foram poucas!

Estava procurando o próximo alvo de piadas quando vi um rosto familiar, era um garoto da nossa escola, ele era lindo de mais! Alto, branquinho, cabelo bem preto, olhos castanho escuro, um sorriso bem simpático com aquele furinho no queixo. 

Nós já tínhamos nos falado algumas vezes, mas nada além de um “oi, tudo bom?”. Ele estava um pouco longe ainda, mas estava vindo na nossa direção. Uma hora iriamos acabar cruzando o caminho, comecei a lançar aquele olhar tipo “Eai gato!” e ele devolveu o olhar.

 

— Oi... – Ele disse se aproximando.

— Oi. – Respondi meiga.

— Você é amiga da Carol né? Sophia se eu não me engano. – Ele disse simpático.

— Sim sou eu mesma... – Comecei a falar e o Zach me interrompeu.

— Sophia não vai me apresentar para o seu amigo? – O Zach disse colocando a mão na minha cintura.

— Como assim? Esse é o Logan você não lemb... – Eu falei meio perdida.

— Prazer cara! – O Zach me interrompeu mais uma vez.

 

Mas o que esse garoto pensa que está fazendo? O Zach conhece o Logan sim, e eu sei disso. O Logan olhou a mão do Zach na minha cintura e depois para o Zach.

Eu já estava ficando irritada com aquela situação, fiz um movimento brusco para que ele me soltasse e lancei um olhar tipo “Sai daqui agora”, mas o Zach deu uma piscadinha do tipo “Não saio mesmo”.

 

— Bom está na minha hora... Foi bom falar com vocês... - O Logan disse se afastando.

— Não acredito que ele foi embora! – O Zach começou a rir.

— Quem não está acreditando sou eu. Que brincadeira mais estúpida! Acabou com as minhas chances com o cara! – Disse irritada. 

— Foi mal... Prometo que não faço de novo. – Ele disse ainda rindo.

— Você é um idiota! Escuta o que eu to te dizendo, isso vai ter volta!! – Bufei.

 

Uns vinte minutos depois em uma loja de sapatos eu vejo o Zach puxando o maior papo com uma garota loiríssima turbinada, ela era muito bonita e de longe você podia ver que ela estava arrastando a maior aza para o Zach. Eu não estou acreditando... A vingança veio mais cedo do que eu esperava!

 

— Posso saber quem é a vadia Zachary?? – Apareci do nada no meio da conversa.

— Hã? O que? – Ele ficou confuso.

— Você está me traindo é isso mesmo? Ele te contou que tinha namorada colega? – Encarei a loira que estava assustada.

— Eh... Não! – Foi a única coisa que ela conseguiu responder.

— Mas você é um safado mesmo! Já não é a primeira vez. Vamos embora daqui antes que eu bata nos dois!! – Disse arrastando o Zach para fora da loja.

— O que você pensa que está fazendo Sophia? Ela era uma gata! – O Zach disse indignado.

— Aaaaaa... Viu como é bom? Agora estamos quites! Sem falar que você está no meio de um encontro ou algo do tipo! Larga de ser sem vergonha. – Dei um tapa nele.

— Ai!! Não posso fazer nada se a garota desapareceu. – Ele disse esfregando onde eu bati. 

 

 

[...]

 

 

Estávamos sentados todos na última fileira lá na sala do cinema. A ordem era a seguinte: Zach, Sabrina, três lugares vazios, depois a Julia e eu. Nem prestei muita atenção no filme porque eu e a Júlia ficamos conversando baixinho a maior parte do tempo.

De vez em quando eu dava uma olhada no casal para ver o que estava rolando, o problema é que nunca estava rolando nada!

Assim que o filme acabou nós fomos ao banheiro até porque é quase impossível você sair do cinema bonitinha do jeito que entrou.

 

— Eaí? Rolou alguma coisa Sah? - A Julia perguntou em quanto arrumava o cabelo. 

— Que nada! – Ela deu de ombros.

— O que? Por quê? – Perguntei confusa.

— Ah... Ele é um fofo, mas não bateu uma química sabe? – Ela falou sem dar a mínima. 

— Não entendo como pode não rolar uma química com um cara como o Zach. – Disse indignada.

— Ué... Normal, do mesmo jeito que não rola nada entre vocês. – Foi a vez da Júlia falar.

— Mas é diferente! – Me defendi.

— Não é não, você continua sendo uma garota e ele continua sendo um cara. – A Júlia falou e a Sabrina concordou.

— Ok então... – Dei de ombros e saímos.

 

O Zach já estava nos esperando no piso inferior e decidimos descer pela escada normal, era mais perto do que a escada rolante. Fui descendo a escada meio distraída e acabei escorregando e descendo o restante dos degraus de bunda.

Paguei o maior mico, as pessoas passavam me olhando e a Sabrina e a Julia riam muito enquanto me ajudavam a levantar. Eu também estava rindo até olhar pro Zach e perceber que ele estava fingindo que não nos conhecia.

 Se ele pensa que vai se safar está muito enganado, assim que eu me levantei são correndo em sua direção.

 

— Zachary David Porter não finja que não me conhece! - Pulei nas suas costas.

— O que você está fazendo sua maluca? – Ele perguntou me segurando. 

— Estou fazendo você aprender que não pode fugir de um mico quando está comigo! – Disse enquanto ele me colocava no chão devagar

— Você não tem vergonha não? – Ele disse olhando em volta.

— Eu não! – Dei de ombros e ele riu.

 

 

[...]

 

 

Estávamos todos voltando para casa a pé rindo das palhaçadas da Júlia e rindo também do meu tombo que eu tenho certeza que não vai ser esquecido tão facilmente.

O sol tinha acabado de se por quando chegamos perto do bairro das meninas.

 

— Bom... Nós ficamos por aqui! Até a próxima - A Sabrina se despediu.

— É... Boa noite para vocês! Nos vemos segunda! – A Julia também se despediu.

 

Foi então que eu percebi o quão longe eu ainda estava da minha casa e que eu teria que ir andando sozinha até lá.

 

— Porque eu tinha que morar tão longe? - Disse meio triste.

— Que foi? Ta com medo de ir pra casa sozinha? – O Zach brincou.

— Eu? É claro que não! Até segunda Zach. – Me despedi e saí andando.

— Espera aí! Eu te acompanho até a sua casa. – O Zach disse indo a trás de mim.

— Não mesmo! Depois você vai ter que voltar tudo de novo! – Reclamei.

— Se eu falei que vou, eu vou e pronto! – Ele disse sério e eu não protestei.

 

Na verdade eu estava até feliz de não ter que ir sozinha. Fomos conversando sobre coisas aleatórias e quando reparei já estávamos na minha rua.

 

— Só não conta pra ninguém sobre esse tombo! Por favor!! – Praticamente implorei.

— Relaxa, eu não vou contar! – Ele disse rindo.

— Seei... Isso não me passou muita credibilidade. – Reclamei.

— Ok Sophia, eu prometo que não vou contar. Ta bom assim? – Ele disse sério dessa vez.

— Agora sim! Bom... Acho que daqui não tem problema ir sozinha. – Já conseguia avistar minha casa.

— É acho que você consegue, vê se não cai nas escadas ok? – Ele disse e nós rimos.

— Tchau! Até segunda! – Dei um abraço rápido nele e saí andando.

— Espera! – O Zach me puxou pelo braço.

— O que foi? – Perguntei confusa.

 

Percebi que estávamos muito perto um do outro, uma distancia perigosa, o tipo de distância que você fica quando está prestes a beijar alguém. O Zach encarou meus lábios e eu comecei a ficar nervosa, não faz isso Zach...

 

— Obrigado por não me deixar sozinho hoje. - Ele falou com certa dificuldade.

— Não foi nada! Boa noite Zach! – Respondi dando alguns passos para trás.

— Boa noite! Até segunda. – Ele respirou fundo e deu meia volta.

 

Meu deus eu quase tive um enfarte agora. Que susto que o Zach me deu. Eu ache que ele ia... Isso não é nem um pouco certo...





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A New Life 2.0" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.