Opposite Attraction escrita por Giu, Bloody Mari


Capítulo 4
Capítulo 3


Notas iniciais do capítulo

Desculpem não ter postado ontem, mas como vocês sabem o Nyah ficou fora de ar, eu nem sei quando voltou, mas a noite eu nao poderia postar mesmo. Para recompensar, um capítulo cheio de Jake&Nessie, espero que gostem. Bjs, Giu.




Capítulo 3

Acordei animada, fiz a mesma rotina dos outros dias, vesti um suéter vermelho e minha calça jeans. Calcei meu all star de sempre, e desci para tomar café.

Hoje foi mais animado, papai e mamãe estavam bem humorados, sinal de que a noite passada, quando fui dormir e eles ainda não haviam chegado tinha sido boa. O Emmett era sempre Emmett, animado, rindo, fazendo piadas. Eu aproveitei e entrei no clima da casa, não queria estar infeliz. Quando terminei subi para pegar minha mochila, Emm iria me dar uma carona. Antes de sair do quarto fui até o banheiro e passei uma maquiagem leve, blush e um gloss. Queria estar bonita. Meu cabelo estava bonito, liso com cachos nas pontas.

[...]

Cheguei no colégio e fui direto pro meu armário, como de costume encontrando Alice lá. Ela estava lá, pegando seus cadernos e parecia quicar de felicidade.

– Oi Lice – Falei, chegando perto dela. – Tudo bem?

– Nesssieeeeee!! Ainda bem que voce chegou, já tava indo na sua casa te buscar. Tudo bem? Ta tudo maravilhosamente bem. Estou muito, mas muito bem! – Ela foi falando rapidamente que chegava ser difícil de entender.

– Calma Alice! Respira. – Falei rindo da animação dela.

– Ai amiga, hoje temos uma festa para ir. Tipo, VIP mesmo.. Foi até difícil conseguir, se não fosse pelo Jazz...

– Jazz? – Perguntei confusa.

– Hello-ou Jasper. Meu amorzinho... – Ela falou melosamente.

– Voce ta namorando ele? Desde quando? – Perguntei, ainda confusa.

– Ainda não estou namorando, estamos quase... talvez hoje ele me peça – Ela falou, animada. – Mas voltando ao assunto, voce vai ter que ir comigo nessa festa hoje. Vai ser numa boate lá em Seattle.

– Boate? Ta doida Alice?! Eu sou menor de idade.

– Deixa de ser boba, já falei que somos Vips. Voce vai entrar sem problemas.

– Sei não.. – Falei receosa.

– Por favooooor Ness, diz que sim, preciso que você vá comigo. Por favoooooooor – Ela começou a implorar, me abraçando.

– Ta booom – Falei.

– Obaaaa então vai lá para casa depois da escola, ai voce se arrumar lá comigo, ok? – Ela falou batendo palmas e dando pulinhos. As pessoas passavam achando que ela era louca.

– ok. – Essas festas da Alice.. Estava meio apreensiva, não sabai de deveria ter aceitado. A última não deu certo.

Fomos para aula, a apresentação seria depois do almoço. Fiquei ansiosa o tempo todo, ainda não tinha visto Jacob pelos corredores.

As três primeiras aulas do dia passaram tranquilamente, e qunado tocou o sinal no almoço, fui separar algumas coisas do trabalho que precisava entrega-lo.

– Vamos Ness? – Chamou Alice.

– Vai indo, te encontro lá. – Falei e ela saiu da sala, me deixando lá. Separei o que eu ia precisar, e fui até o meu armário guardar os materiais lá. Quando já tinha separado tudo e estava fechando o armário, vi Jacob andando na minha direção. O corredor estava vazio, todos estavam no refeitório nesse horário.

– Renesmee. – Ele falou me fazendo arrepiar. Estavamos próximos.

– é..e..r.. oi – Respondi, sem jeito.

– Trouxe as coisas pro trabalho? – Ele perguntou.

– Sim, está tudo aqui. Abri minha bolsa e entreguei a folha do que ele tinha que falar.

– Valeu. Nos encontramos na próxima aula – Ele disse sorrindo. Olhei para ele, e não conseguia desviar meus olhos dos deles. Ficamos um tempo assim, eu encarava ele, aquele sorriso dele e ele se aproximava mais de mim, olhando fundo nos meus olhos. Não sabia o que deu em mim, mas não desviar meus olhos dos deles.

Senti ele se aproximando mais de mim, conseguia sentir seu calor. Percebi que fechei os olhos, não sabia direito o que estava acontecendo. Senti quando os lábios dele tocaram os meus, e eu abri os meus dando passagem para sua língua, que se enroscou na minha, nossos lábios se moviam em sicronia, ficamos um tempo assim, na minha mente não vinha nada, estava em branco. Foi quando ele começou a se afastar de mim e abri meus olhos. Ele me olhava sem expressão e eu não sabia o que fazer.

– Me desculpe – Falei, sem saber direiro o que havia acontecido e sai correndo de lá, indo direto pro banheiro, onde me joguei no chão, e ai comecei a perceber o que havia acontecido, chorei um pouco, sem acreditar na besteira que tinha feito. Quando bateu o sinal me levantei e lavei meu rosto, ainda tinha a apresentação.

Fui para a sala e me sentei no lugar de sempre, esperando a aula começar. Vi ele entrar abraçado com Rosalie, e aquilo doeu no meu coração, saber o que tinha acabado de acontecer, e agora ele estava ali com ela. Mas é claro, eu nunca poderia esperar que ele quisesse algo comigo, tendo Rosalie ali, eu não era absolutamente nada. Ela era linda, popular, todos os garotos queriam ela. E eu era apenas uma nerd.

– Bom alunos, tenho uma boa noticia para vocês. O trabalho que pedi para hoje será apresentado na segunda feira, pois hoje terei que dar uma matéria.

Todos comemoraram, fizeram a algazarra de sempre, e eu fiquei na minha, esperando apenas que o dia acabasse bem depressa.

Quando a última aula acabou, Alice veio me encontrar, eu tinha esquecido que iria para a casa dela. Não estava mais animada. As imagens e sensações do beijo não paravam de me atordoar, e eu não conseguia parar de pensar em outra coisa que não fosse nele.

– Vamos passar lá em casa primeiro? Tenho que deixar essas coisas lá. – Perguntei a ela, quando estavamos caminhando para seu carro.

– Ok Nessie.

[..]

Fui rapidamente no meu quarto, deixei meus matérias lá, peguei uma nécessaire colocando minhas coisas nela, peguei duas peças de roupa e um pijama e fui no banheiro, tomar um banho rápido, para esquecer tudo. Resolvi que me animaria, e não deixaria o que aocnteceu estragar o dia da minha amiga. Quando acabei coloquei um moletom e desci. Parei na sala para telefonar para minha mãe a avisar que não durmiria em casa.

– Alô?

– Oi mãe, sou eu.

– Oi filha. Aconteceu alguma coisa?

– Não só queria avisar que vou dormir na casa da Alice, tá?

– Claro filha, hoje é sexta pode sair.

– Ta bom mãe – Eu ri – Beijos.

– Beijos querida, se cuida. – Ela respondeu e desligou.

Peguei minha bolsa e fui pro carro, onde Alice esperava.

– Prontinho, vamos. – Falei enquanto entrava.

– Você ta estranha Nessie, aconteceu alguma coisa? – Ela perguntou. Com certeza reparando que eu tentava parecer animada, mas meus olhos demonstravam o oposto.

– Não Lice.. não aconteceu nada. – Falei virando o rosto para janela, e deixando algumas lagrimas caírem.

– Hm – Ela resmungou desconfiada.

Quando chegamos na casa dela, fomos direto pro quarto, ela tomou um banho e depois deitamos e colocamos um filme, só começaríamos a nos arrumar as 8hrs. Eu estava mais feliz, não queria pensar em Jacob essa noite.

Quando o filme acabou fomos nos arrumar, primeiro ela tomou banho, depois eu fui. Enquanto ela secava o cabelo eu fiz o mesmo, deixando ele lisinho, estava muito bonito.

– Vem, vou te maquiar. – Ela disse me colocando sentada na cadeirinha em frente sua penteadeira. – Como você quer a maquiagem?

– Faz alguma coisa diferente, não quero nada muito garotinha.

– Hmm ok. – Ela falou franzindo a testa.

[...]


– Prontinho. Dê uma olhada. – Abri meus olhos e virei pro espelho, me espantei com a Renesmee que estava ali, eu nunca tinha me sentindo tão bonita, meus olhos estavam com uma sombra preta esfumaçada, com os cantos puxados pro marrom, minhas bochechas estavam levemente bronzeadas, meus cílios pareciam de boneca, e minha boca estava linda com o batom cor de cereja, e gloss.

Quase uma hora sentada, no final valeu a pena. Eu estava muito bonita.

– OMG Lice. Eu estou... – Falei, sem conseguir completar a frase.

– Divina. – Ela completou. – É eu sei, eu arraso. – Falou rindo. Ri junto com ela.

– Agora vai se arrumar, menina. Seu Jasper te espera lá.

– OMGGG, é mesmo. Aiii meu deus, o que eu vistooo?? – Ela começou a andar de um lado pro outro do quarto, desesperada.

– Fica caaalma, voce vai ficar linda. – Falei, acalmando-a. Continuei sentada, esperando ela se maquiar. Colocaria o vestido depois.

[...]

– Nessie, vai se vestir. To quase pronta. – Alice falou, uns vinte minutos depois.

–Ok. Voce vai ter que me emprestar a roupa.

– Claro. Perae – Ela falou, correndo no seu closet, voltando de lá com vestidinho preto curto demais. – Toma. – Ela falou jogando para mim. – Espero que você não esteja com uma calcinha de ursinho! – Ela gritou quando eu estava caminhando pro banheiro.

– Érr.. nãao – Menti, correndo pro banheiro. Nunca mais eu usaria uma calcinha daquelas, as minhas são tão confortáveis..

Entrei no banheiro, com ela reclamando na porta. Coloquei o vestido, que ficou justo e curto e me olhei no espelho. Não conseguia mais ver a Nessie de sempre ali. Eu estava diferente. Agora faltava ganhar coragem, para sair daqui assim. Eu parecia um Rosalie, não uma Nerd. Será que vestida assim, o Jacob gostaria de mim? Pensando nisso, ganhei forças e sai do banheiro, com a Alice me olhando espantada.

– Ness... você esta muito diferente. – Ela falou, espantada. Nunca ninguém me viu vestida assim, nem com uma maquiagem tão.. sexy.

– Obrigada. – Falei, abaixando a cabeça.

– Agora vaaamos! Se anima, calça esse sapato. – Ela disse, me apontando um salto que estava em cima da cama.

Alice vestia preto também, a maquiagem mais leve, e um cintinho rosa.


– Hoje vamos arrasar! ULLL – Alice gritou, dando pulinhos.

– É.. tomara que sim – Falei, meio apreensiva.

– Agora vamos. O Jasper vai passar aqui já já...

– O queeeeee? – Perguntei, já nervosa. Como assim? A gente ia com Jasper Hale? Não creeeio.

– Ih para de palhaçada Renesmee.

Resmunguei, e Alice revirou os olhos, me puxando para descermos logo. Ficamos sentadas na sala dela, esperando ele ligar. Uns 10 minutos depois ele ligou, avisando que já estava lá na frente. Alice morava praticamente sozinha, seus pais estavam sempre viajando a trabalho, e os empregados só ficavam até as seis horas, depois disso a casa era só dela.

Ela fechou tudo, e fomos até a frente da casa, onde um carro volvo preto esperava. Quando Alice se aproximou, o garoto loiro abriu o vidro, e deu um sorriso. Depois destravou as portas, e Alice entrou no banco da frente.

– Entra ai Nessie. – Ela disse, me indicando a porta traseira.

Abri a porta e entrei em silencio, com vergonha. Ouvi os dois se cumprimentarem, e ele dar um selinho nela.

– Essa é minha amiga, Renesmee. – Ela falou, me indicando. – E esse é Jasper, Renesmee. – Ela disse me apresentando ele.

– Eu pensei que você fosse trazer aquela sua amiga, a CDF... – Ele comentou, me encarando. Fiquei chateada, por ser chamada assim.

– É ela. – Alice falou.

– Ah.. ér... desculpa – Ele falou sem graça. – Nem parece.

– Obrigada – Falei sem jeito.

– Então, vamos? – Ele falou, dando um sorriso para mim.

– Claro. – Falei, dando um sorrisinho. Ele ligou o carro, e Alice foi logo colocando uma musica animada. Diferente de mim, ela parecia bem a vontade ali com ele.

O caminho até Seattle é longo. Eu tive bastante tempo para pensar. Estava decidida, hoje eu iria me divertir, e não iria pensar nele, nem no que havia acontecido. Queria esquecer todos os problemas e apenas curtir. Deixar de lado, pelo menos uma vez, essa Renesmee sem amigos, anti-social, inteligente. Hoje eu seria outra. Com certeza.


Chegamos no lugar, e estava lotado, havia uma fila imensa, porém passamos direto por ela. O lugar era grande, e parecia ser dividido em duas áreas, em uma tinha a imensa pista de dança, e na outra um bar, tinha uma escada, e em cima um espécie de sacada, onde tinham um sofás, e parecia ser a área vip, e fomos direto para lá. Quando estava subindo, vi que Rosalie estava ali, e não estava sozinha, suas amiguinhas Tanya, Jessica e Lauren também estavam lá, e o... Jacob.

– é..errr Lice, vou descer tá? Vou lá no bar – Inventei uma desculpa, para não ter que ficar no mesmo lugar que eles.

– Ta bom, só não se perde. – Dei meia volta e desci as escadas, percebi que o Jacob me olhava, parecia espantado comigo ali. Fui direto pro bar, pedi qualquer coisa alcoólica. Ia beber pela primeira vez na minha vida. Talvez assim eu conseguise parar de pensar nele.

– Qual é gatinha...– Ouvi uma voz conhecida falar, se sentando no banco ao meu lado. Me virei para olhar, e cheguei a me assustar quando vi o Emm, e ele também se assustou. – Renesmee?! – Ele quase berrou.

– Oi Emm – Falei rindo da reação dele.

– O que você faz aqui? Nem te reconheci. – Ele falou, constrangido.

– Vim com a Lice. – Falei.

– Nossos pais sabem? E essa roupa? Nunca te vi assim! – Ele disse, nervoso.

– Ué ta com ciúmes maninho?! Só vim por causa da Alice.

– Ah ok. Mas toma cuidado tá?! E não faça nenhuma besteira. – Ele falou preocupado.

– Pode deixar. – Falei sorrindo para ele.

– To indo. Se depois quiser carona me procura.

– Ok – Vi ele saindo, e indo para o tumulto, com certeza atras de uma garota.

Meu drink chegou, e bebi rapidamente, sentindo um gosto forte de álcool, mas não era ruim. Pedi mais um.

– Oi gata – Chegou alguém, sentando do meu lado. – Posso te pagar uma bebida?

Me virei para ver quem era, era o mesmo garoto da outra festa, que tentou me agarrar.

– Não, obrigada. – Falei e sai rapidamente de lá, indo em direção do banheiro.

Entrei no banheiro, e me olhei no espelho, respirando fundo. Depois entrei numa cabine, e afundei meu rosto nas minhas mãos, fiquei algum tempo assim. Calma Renesmee, Calma Renesmee. Ficava pensando. Quando me senti mais calma, sai, pronta para curtir, e esquecer de todos os problemas, não estava mais nem ai.

Sai do banheiro, indo direto ao bar, pedi uma bebida qualquer, de preferência com bastante álcool, quando o barmen me entregou fui para a pista, onde tocava uma musica animada, eu dançava ela sozinha, animada, tentando esquecer meus problemas, e bebia minha bebida rapidamente, seguido de vários outros copos.

Eu dançava animadamente uma musica, quando apareceu um garoto muito bonitnho, e puxou assunto comigo.

– Ness – Falei quando ele perguntou meu nome.

– Hm.. O meu é Josh. – Ele respondeu sorrindo.

Estavamos encostados na bancada do bar, eu estava esperando meu próximo drink

– E ai Ness, tem quantos anos? – Ele perguntou.

– 16, e você? – Respondi, sorrindo. Ele era legal e bonitinho. Claro, nem se compara com o Jacob, mas eu estava me divertindo.

– Eu tenho 22. Faço faculdade aqui em Seattle. – Ele respondeu sorrindo.

– Hmm.. – Falei. Universitario.. legal. Eu estava me sentindo meio tonta, mas não liguei. Dei uma olhada para a área VIP, Alice estava sentada lá abraçada a Jasper, os dois traziam um sorriso no rosto. Ele deve ter pedido ela em namoro. Vi que Rosalie olhava com desprezo para os dois. E Jacob, ele parecia alheio ali, ele olhava para onde eu estava. Desviei os olhos, e me concentrei no menino, que conversava comigo

– Que tal irmos para um lugar mais reservado? – Falei. Ele arqueou uma sobrancelha, mas assentiu. Ele me levou para uma parede mais escura do lugar, e foi me agarrando. Eu tonta, não percebi direito o que estava fazendo, ele me beijou, e eu retribui, sem me importar de quem era. Ele puxou minhas pernas, prendendo em volta dele, e me imprensando na parede. Eu não tinha muita experiência, mas sabia que ele tinha segundas intenções com aquilo. E eu não ligava.

– Renesmee! – Ouvi alguém gritar, e me afastei rapidamente de perto do garoto, olhando pro lado e vendo Alice olhando apavorada para mim.

– O que foi? – Perguntei, senti minha voz meio arrastada. Concertei meu vestido que subiu. E ajeitei meus cabelos.

– Vamos embora. Agora. – Ela falou, me puxando para a saída. Não sei qual foi a do garoto, mas larguei ele lá, e segui ela.

Fomos até onde Jasper esperava, e Alice estava um pouco irritada.

– Achou ela? – Ele perguntou.

– Achei, estava se agarrando com um garoto ali. – Alice falou irritada, e Jasper me olhou espantado.

– Parece que ela não é tão santa assim... – Ele disse rindo.

– Ela ta bêbada. – Alice afirmou. Querendo manter minha boa reputação.

– Então, vamos embora? – Ele perguntou, parecia chateado.

– Vamos né.

– Não precisa, eu vou de tâxi, podem ir se divertir. – Falei, dando um sorriso malicioso para Alice.

– Sei não.. Melhor levarmos ela, né Jasper?

– Espera ai Alice. – Jasper falou, pensativo. Entao ele subiu para a área vip, e desceu alguns minutos depois, acompanhado de Jacob.

– Ele vai levá-la. – Jasper disse.

– Pode deixar que eu levo ela, quando ela quiser ir – Jacob falou, me fazendo arrepiar e Alice arqueoou uma sobrancelha, mas assentiu. Ela sabia que eu gostaria de ficar sozinha com ele.

– Então vem, vamos Jazz. – Alice falou, dando a mãos para ele, e saindo da boate.

– Vou comprar uma água para você. – Jacob falou. – Senta lá.

Subi para a sacada, esperando ele voltar. Percebi que Rosalie tinha ido embora, e suas amigas também. Eu ainda me sentia tonta, mas conseguia raciocinar. Sabia que deveria me afastar dele. Decidi descer e ir para a pista que bombava no momento. Não ia ficar esperando ele.

Entrei no meio do povo, e voltei a dançar animadamente. Tocou umas três musicas, até eu ir no bar pedir mais um drink e voltar para a pista. Dancei bastante, esqueci até que estava com Jacob. Até o momento que alguém me puxou de lá, para um canto onde não tinha ninguém.

– Renesmee, você é louca? Como some assim?! Seu irmão me mataria sabia? – Jacob falou, sua voz transmitia irritação e preocupação. Dei um sorrisinho malicioso para ele. Estavamos num canto, ele tinha me tirado da pista.

Tentei me desvencilhar dele, e voltar para onde eu estava. Mas ele me prendeu na parede. Encarei ele, já irritada com ele me prendendo, e ele me encarou de volta. Quando percebi estava de olhos fechados, beijando ele, nossa bocas se moldando perfeitamente. Mas esse beijo não foi parecido com o de cedo. Este foi mais ardente. Coloquei minhas mãos em sua nuca, e a outra segurando em seus cabelos, o puxando para mais perto de mim. As mãos dele passavam por mim, e ele me puxou para mais perto, sem nunca deixar de me beijar, segurou na minha cintura, me levantando, para ficar na sua altura. Alguns minutos depois nos separamos, para poder respirar. E em vez dele me soltar, ele me prendeu em si, beijando meu pescoço, eu continuei de olhos fechados, apenas curtindo o momento.

Ele voltou a me encarar, e eu olhava nos seus olhos. Dei um sorriso. Tinha medo dele me largar ali agora que eu tinha amolecido novamente, todos os esforços que tive hoje para esquece-lo não valiam mas a pena quando ele retribui o sorriso.

– Renesmee... – Ele sussurrou, passando a mão no meu rosto. Eu me sentia muito feliz ali. Ele falou meu nome de uma forma tão especial, parecia ter sentimentos.

– O QUE ESTA ACONTECENDO AQUI?! – Uma vez gritou, e eu conhecia muito bem essa voz, e ela não parecia nem um pouco feliz.



Notas finais do capítulo

N/A.: Acho que vou levar facadas kkkkk dumaaaal, mas amahã tem mais!
E ai, o que voces acharam? A Renesmee está começando a se animar né? Mas ela AINDA não virou uma BadGirl tá? E quem será o misterioso ou misteriosa que pegou os dois no flagra? Façam suas apostas!
E novamente vou agradecer a voces cinco que são as unicas que comentam, muito obrigada, isso me dá forças para escrever mais! Beijos, Giu.