Opposite Attraction escrita por Giu, Bloody Mari


Capítulo 36
Bônus 01


Notas iniciais do capítulo

5 anos depois....




Como tudo mudou. É o que penso quando olho minha vida atualmente. Último ano na faculdade de medicina na Universidade de Nova York, morando em um apartamento aconchegante no Campus com meu namorado. A vida não podia estar mais perfeita.

É claro que para chegar a tudo isso, eu tive que crescer. Amadureci e criei prioridades na minha vida. Dei valor ao que era importante, e larguei as coisas que eu  me arrependo amargamente de ter cometido.

Digo com convicção, que meu último ano do colegial foi maravilhoso, continuei sendo quem fui minha vida inteira, só que com algumas mudanças – que foram positivas em minha vida. Meu boletim era orgulho dos meus pais. Na escola todos gostavam de mim – com algumas exceções é claro – e eu fui capitã do time de torcida, junto com minhas duas melhores amigas, Rosalie e Alice.

É espantoso quando digo que Rose é minha melhor amiga. Mas é a verdade, além de ser minha cunhada, é uma das pessoas que eu mais confio no mundo. Nós duas nos arrependemos dos erros do passado, e temos amargas recordações de coisas que fizemos contra a outra. Mas isso tudo é passado, e hoje vivemos em harmonia.

Agora na faculdade, os últimos três anos foram tão bons quanto o último do colegial. É claro que a minha independência  era ainda maior, e a responsabilidade também. Fazia estágio em uma empresa grande de Nova Iorque, e com o que ganhava dava para pagar as contas do apartamento, com a ajuda de Jacob. Esses três anos foram decisivos nas nossas vidas, morar junto foi uma decisão conjunta, e tínhamos o pesar de dar errado. Mas pelo contrário, deu tudo mais do que certo, e podíamos dizer que estávamos muito felizes juntos.

Não era mais o mesmo drama de quando eu tinha 17 anos. É claro que como qualquer casal nós tínhamos nossas brigas, mas não conseguíamos ficar mais do que algumas horas sem se falar, e logo fazíamos as pazes. Acontecia sempre, mas nunca se tornou algo insuportável, era até legal, porque a hora da reconciliação era deliciosa.

Eu sabia que em pouco tempo a faculdade acabaria, e mais uma vez nós avançaríamos para mais uma fase de nossas vidas. E estávamos preparados para isso. Mas eu não gosto de pensar no futuro, prefiro viver cada dia como se fosse o último, tendo o amor da minha vida e meus amigos sempre pertos.

Emmett morava num apartamento perto do nosso Campus, que ele havia se mudado a um ano, quando terminou a faculdade de direito. Agora se empenhava em conseguir um bom emprego numa empresa de prestigio, e com a dedicação que ele tem, eu tenho certeza que conseguirá. Quando ele se mudou, Rosalie foi também, mesmo que ainda falte um ano para ela terminar sua faculdade de Artes Plásticas. Alice, minha outra melhor amiga, e namorada do irmão de Rosalie, Jasper, morava no mesmo prédio que eu, um andar abaixo, dividindo também, com seu respectivo namorado.

- Amor está pronta? – Jacob perguntou da sala, me tirando dos meus denaveios.

- Quase. Espera um pouco! – Gritei do quarto, e voltei a fazer o que estava fazendo. Acabei de passar o batom, dei mais um ajeitada no cabelo, calcei meu salto, peguei a bolsa e saí do quarto. Ele esperava impaciente na nossa minúscula sala de estar.

- Pronto. – Avisei dando um sorriso doce que logo foi retribuído.

Estávamos um pouco atrasados para o encontro que havíamos combinado com nossos amigos hoje à noite. Mas não era tão longe e logo chegamos lá. O bar estava cheio por ser uma sexta, lotado por universitários e pessoas que acabaram de sair dos trabalhos e ainda usavam terno. O ar lá dentro era denso por causa da fumaça de cigarro, e tocava uma música da máquina que tinha lá. Nossa mesa já estava reservada na parte superior, com Alice e Jasper nos esperando.

- Oi gente. – Cumprimentei-os. –Cadê Rosalie e Emmett?

- Ainda não chegaram. Sabe como é.. Emmett sai tarde do trabalho hoje. – Alice falou. Nos sentamos e pedimos bebidas para cada um.

Uns vinte minutos depois Rosalie chegou acompanhada por Emmett, e eles se juntaram a nós. Pedimos mais uma rodada de bebida e as horas foram passando enquanto bebíamos, riamos e conversávamos.  Já era bem tarde, e estávamos alegres, para variar. Mas não éramos os únicos. O bar todo já deveria estar bêbado, e já tinham pessoas se arriscando a subir no palco precário montado lá, e cantar no karaokê.

Era hilário as pessoas cantando mal e errando as músicas completamente.

- Sabe, eu acho que a Nessie deveria ir lá cantar. – Optou Alice quando uma mulher que havia acabado de cantar descia do palco, agora subia um homem que mal se aguentava em pé, e já dava para ver que seria um desastre ele cantando Beatles.

- Não começa. – Falei lançando um olhar mortal para ela.

- Concordo com Alice! – Rosalie falou, colando mais pilha.

- É, vai lá Nessie! – Disse Emmett.

- Não mesmo. – Falei lançando um olhar que poderia matar os três. Jacob soltou uma gargalhada, mas não falou nada.

Talvez pelo meu olhar, eles pararam, e ficamos prestando atenção no desastre que era o homem cantando. Quando ele acabou, se jogando em cima das pessoas que estavam ali na frente, um cara, que deveria trabalhar no bar, subiu no palco.

- Então, quem vai se o próximo a se aventurar? – Perguntou com um sorriso amistoso.

Antes que eu pudesse sequer respirar ouvi Jacob gritar.

- Ela! – Disse, apontando para mim, e alguns rosto que prestavam atenção se viraram para a gente. Fechei os olhos e respirei fundo, morrendo de vergonha e com vontade de matá-lo.

- Vai lá Nessie!!!!!  - Botou pilha Alice.

- Nessie! Nessie! Nessie!!! – Emmett começou a puxar coro, e logo quase o bar todo estava gritando o meu nome. Eu deveria estar vermelha que nem um pimentão, e Rosalie começou a me puxar para fora da cadeira. Relutante eu me levantei e me dirigi ao palco.

- Vamos escolher uma música bem legal para você. – O homem disse, e me entregou o microfone.

Fiquei parada lá, com vários olhares em mim, com o rosto focado na pequena tela que tinha na minha frente para ver a letra. Então a música começou, e sem esforços eu reconheci.

Bad Reputation. Dei um sorriso espontâneo, e olhei para meus amigos na mesa, especialmente para Jacob, e me veio lembranças de tudo que fiz quando tinha 17 anos e queria conquistá-lo. Fui uma má garota, e tive uma má reputação. Essa música descrevia essa fase da minha vida com toda certeza.

-Eu não to nem aí sobre a minha reputação. Você está vivendo no passado, está é a nova geração. Uma garota pode fazer o que ela quer fazer e isso. – Comecei a cantar música, acompanhando a letra que aparecia na tela.

Mas eu sabia essa música muito bem. Soltei o microfone da base, e comecei a dançar pelo pequeno palco. Aumentando a voz e cantando a música mais alto. As pessoas do bar pareciam se animar com isso, e me acompanhavam.

- E eu não to nem aí pra minha reputação. Nunca disse que eu queria melhorar minha condição social. E eu apenas estou fazendo bem. Quando estou me divertindo E eu não tenho que agradar ninguém.

Não sei se era a bebida mas eu me empolguei, minha cabeça e de um lado pro outro, e eu gritava, mas todos pareciam gostar.

- Oh não, eu não. Oh não, eu não. – Cantava sensualmente, enquando mexia o corpo e agachava, quase indo ao chão.

Quando a música acabou, todos aplaudiam, assobiavam e gritavam, e eu fiz uma reverencia e sai d palco, voltando para nossa mesa meio desnorteada.

- O que foi isso?! – As meninas falaram juntas quando cheguei a mesa, e eu ri.

- Relembrar os velhos tempos não faz mal não é mesmo? – Falei, e todos riram.

Sentei ao lado de Jacob e me aconcheguei nele, ele me deu um beijo e sussurrou no meu ouvido.

- Sabia que eu amava essa Nessie má? 



Notas finais do capítulo

Oieee gente, lembram de mim? hahahahah
É, ta fazendo um mês que O.A. acabou e por isso me empenhei em escrever esse bonus para vocês, e num surto de criatividade, escrevi em três horas. Me desculpem se tiver com muitos erros ou fora de contexto, mas tava ansiosa para postar e nem mostrei a Mari.
Bom, antes que algumas de vocês me perguntem, eu parei de escrever Negação ao Prazer. Sei lá porque, no começo tava cheia de ideias, mas parece que acabaram, e tava chato de escrever. Além de que não tinha quase nenhum incentivo, e isso é muito ruim. Pensei varias vezes e decidi que era melhor excluir do que demorar séculos para postar um capítulo.
Mas a boa noticia é que trarei mais um bonus em O.A., assim que entrar de férias. E provavelmente começarei uma nova fic Beward, que já to fazendo um rascunho dela. Mas to pensando que só vou postar, se eu postar, quando ela já tiver terminada, o que pode demorar. Pelo menos a metade pronta.. É muito ruim perder inspiração e ficar devendo capítulos a vocês.
Mas então, digam o que acharam do capítulo, se tem algo que deveria ter sido melhorado, etc. E se tiverem alguma duvida é só me perguntarem. E para quem tava com saudades da nossa Nessie má que não aparece a muito tempo ai está, um pouquinho dela para vocês. Obrigada por lerem minha história, sou muito grata pelo reconhecimento de vocês, é por isso que escrevo, por vocês!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Opposite Attraction" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.