Opposite Attraction escrita por Giu, Bloody Mari


Capítulo 12
Capítulo 9





– Arrrghhh - Abri os olhos, já reclamando da maldita dor de cabeça de me dominava. Continuei deitada, queria dormir mais. O despertador continuava tocando, e taquei ele longe.


Percebi que vestia a mesma roupa que tinha usado para sair ontem com o Mike, tentei ganhar forças para me levantar e ir me trocar. Minha mãe não entenderia se me visse vestida assim para "dormir".


Levantei, lerdamente. A dor de cabeça aumentou mais. Me arrastei até o banheiro, e liguei a torneira da banheira, precisava relaxar, hoje ainda tinha aula.


Tirei a roupa e joguei alguns sais de banho relaxantes na banheira, me sentia muito cansada. Resultado da noite anterior, que havia bebido até o garoto dar um basta e me trazer em casa. Não me lembrava de nada que tinha acontecido na noite anterior, só sei que cheguei em casa, ja passava das três da manhã. Me joguei na cama de qualquer jeito e dormi.


Fiz um coque e entrei na banheira, algum tempo depois sai relutante, mas sabia que se ficasse mais me atrasaria. Fui pro closet e escolhi uma roupa qualquer, Alice já havia feito um planejamento de roupas para eu usar cada dia da semana, então ficava mais fácil.


Optei por uma calça jeans colada, e uma blusa estampada. Coloquei uma bota nova que estava doida para usar, e minha bolsa nova, que Alice ja reclamava por eu não estar usando. Como não estava me sentindo bem, enchi meu rosto de base e apenas passei um delineador nos olhos. Peguei meu rayban bem escuro, para tapar a cara de sono. E desci, passando rápido pela cozinha, dando um oi aos meus pais, e já saindo, ligando para a Alice.


( Roupa Ness)


– Renesmee. Espere. - Falou Emmett, atras de mim. Eu ja estava abrindo a porta.


– O que é? - Me virei, revirando os olhos, e olhando impaciente para ele. Que mantia uma expressão dura.


– Eu te levo hoje. Precisamos conversar. - Falou, e foi pegar as chaves do carro. Suspirei e fiquei esperando. Mandei uma mensagem para Alice, falando para ela não passar aqui.


Caminhei para a garagem junto com ele. Entrei no seu carro, ele entrou, e ligou o carro, logo saindo da garagem.


– Fala. O que voce quer conversar? - Falei, quando já estavamos no caminho.


– Ontem a noite, eu te vi chegando. As três da manhã. - Ele falou. - Levantei para ir na cozinha beber agua, e me assustei quando vi um carro parado em frente aqui em casa. Fiquei olhando pela janela, e um tempo depois você saiu do carro. Seu vestido todo torto e seu cabelo emaranhado. Nem quero saber o que voce fez com aquele menino. - Ele suspirou, e continou. Eu abaixei a cabeça, apenas ouvindo. Não me lembrava de nada. - Então, voce entrou em casa, fazendo um barulhão na porta, que fiquei com medo dos nossos pais acordarem. Você estava completamente bêbada, e se jogou no chào da sala. - O olhei espantada. Ele continou contando. - Ai eu te peguei e levei pro quarto, voce ja dormia.


– O - obrigada... - Murmurei. Ainde de cabeça baixa.


– Renesmee. Voce tem noçao da merda que daria para você? Cara, cadê a responsabilidade? - Ele começou a me dar bronca. - E aquele garoto era o Jacob? Ness, eu to muito preocupado com você.. Essa não é voce - Ele falou, tristemente.


– Eu estou tão cansada Emm. Eu to cansada daquela Renesmee. Ela morreu, agora eu sou outra. - Falei, sentindo as lágrimas começarem a escorrer. - E eu so queria o apoio do meu irmão... - acabei de falar, triste.


Ele parou o carro, o silêncio predominava. Vi que ele não tinha parado no estacionamento do colégio. Na verdade estavamos bem longe dali, no centro de Forks.


– Vem. Você precisa de uma café. - Ele murmurou, saindo do carro. Fui atras dele. Entramos no único café da cidade, sentei numa mesa e ele foi fazer o pedido. Logo voltou com dois copos de café na mão.


– Tome. Voce deve ta precisando. - Ele falou, dando um sorriso fraco.


– Obrigada. - Falei, bebendo. - Estou com tanta dor de cabeça..


– Ressaca.. - Ele falou, rindo pela primeira vez. - Aqui - Falou me entregando um comprimido, acredito ser uma aspirina.


– Brigada de novo Emm.. - Falei olhando para ele, e dando um sorriso.


– Sou seu irmão, e sempre que precisar estarei aqui para te ajudar. - Falou, fazendo meu sorriso aumentar. Acabei de tomar o café e saimos, acho que chegariamos atrasados.


Entramos no carro, e ele partiu para escola. Quando chegamos ele me entregou outro copo de café. Dizendo que eu ia precisar para aguentar o dia. Sorri agradecida e o abracei. Era bom ter o meu irmão de volta.


[...]


As primeiras aulas do dia passaram normalmente. Ja na primeira aula do dia fui mandada para Detençao por atraso. As segunda também foi desse professor, então nao entrei. Aproveitei para dormir um pouco. A terceira aula teve teste supresa, e eu tinha certeza que deveria ter ido mal, aula de inglês, e eu ainda não tinha nem abrido o livro que estavamos lendo.


Caminhei para o refeitório, que já estava lotando. Passei no meu armario para guardar minhas coisas, peguei meu celular para conferir, e tinha um nova mensagem, do Jacob.


De: Jake

Para: Ness


Saudades de você minha linda. Vamos nos ver depois da aula?

Beijos s2


Sorrindo pela mensagem fofa, respondi:


De: Ness


Para: Jake


Não sei se vai dar. Eu te ligo.

Bjs :)


Acho que ele ficaria desapontado..


– NESS! - Alguém gritou. Me virei para ver, era Angela, que acenava de uma mesa. - Senta aqui com a gente. - Sorri e fui ao seu encontro. As amigas, lideres de torcida estavam ali, e Alice também, que estava eufórica.


– Ei meninas, como vão? - Falei, me sentando.


– Ah Nessie, nao te encontrei ontem, então deixei para dar a noticia hoje.. - Angela falou, fazendo suspense. Rapidamente me liguei que se tratava do resultado das líderes.


– Fala Angie.. - Falei, ansiosa.


– Parabéns novas líderes - Ela falou sorrindo.


– Conseguimos? - Perguntou Alice, quase dando pulinhos.


– Siiiiim - Respondeu Jane, uma das meninas simpáticas que estava ali.


– AAAAAAH! - Alice gritou, e eu a acompanhei, animada


– Precisamos sair hoje para comemorar, topam? - Falei para as meninas. Elas toparam na hora, animadissimas.


Olhei de relance para o lado, e Rosalie me olhava com ódio, suas amiguinhas também me encaravam. Essa era a mesa que ela sentava, agora ela sentava em outra, onde estava Jacob, e alguns amigos seus. Dei um sorrisinho para ela, que me fuzilou com os olhos, mostrei o dedo do meio para ela, ainda com meu sorrisinho cinico.


Acho que foi demais para ela. Que se levantou, e marchou com sua bandeja até o lixo. Mas antes de chegar lá, escorregou numa poça de refrigerante derramado, caindo com tudo no chão, fazendo a comida que segurava sujar suas roupas.


A escola todo começou a rir, ela levantou, como se nada tivesse acontecido, empinou o nariz, e saiu do refeitório, ainda sendo zuada por todos, que riam do seu tombo.


– Tadinha.. - Comentou Alice.


– Tadinha? Ela merecia mais que isso. - Falei, e as meninas me olhavam rindo. - Aquela vadia.


– Hey Ness.. esta rolando um boato por ai que voce ficou com Mike Newton, é verdade? - Perguntou Renata, uma menina que estava na nossa mesa.


– Oh.. como as coisas se espalham - Falei, rindo sem me importar. - Sim, sai com ele ontem, porque?


Alice me olhava com espanto. As meninas riram.


– É por isso que a Jessica ta te olhando com ódio. - Falou uma menina.


– Huhuuum, ela é doida por ele.


– Sortuda ein.. Ele é um gatinho.


– Sou mais o Jacob. - Falou Angie, e rimos


E meu almoço passou assim, fofocando com as minhas novas amigas. Olhava de relance para Jacob, e sempre via ele me encarando.


[...]


O resto do dia passou depressa, e agora estava no vestiário das líderes, experimentando meu novo uniforme. Tinha acabado de ganhar uma bolsa com o casaco e duas blusas da Liga de futebol da escola, mais um saia, um short e dois tops das líderes. E ainda alguns acessórios, como pregadeiras pro cabelo, e meias.


Tinha amado isso, ser chefe das líderes era perfeito. Depois de experimentar tudo com a Alice, e claro, ter amado o presente, saí e fui encontrar com o Emm.


– Minha maninha é lider de torcida! - Ele falou, bagunçando meu cabelo.


– Emmett! - Falei, me esquivando dele e entrando no carro. Envergonhada.


Ele riu, e entrou no carro. Fomos para casa conversando, como velhos irmãos, ele me perguntando sobre a escola, sobre a torcida e era tão bom, eu sentia falta dele.


[...]


Assim que cheguei em casa deitei e dormi. Acordei com meu celular berrando. Puta por ter acordado, o peguei e atendi.


– Quem pertuba meu sono? - Falei com a voz roupa, sem nem abrir os olhos


Nessie. Eu vou passar ai para te buscar as 20hrs, ok? Esteja pronta. Marquei com as meninas lá em Seattle, então não atrase.- Falava Alice, rapidamente.


– Hmmm são que horas? - Perguntei, quase dormindo.


Sete. Voce tava dormindo?– Ela começou a gritar no telefone. - VAI LOGO SE ARRUMAR. SE VOCE SE ATRASAR VAI FICAR PARA TRAS!


– Huurg.. Ja vou.. Lice, voce pode passar meia hora mais tarde? - Falei desligando. Não queria ouvir o que ela falaria. Continuei deitada por uns cinco minutos, e me levantei. Tinha dormido com a roupa que tinha vindo do colégio.


Desci, e meus pais estavam sentados na mesa de jantar, Emm desceu quase junto comigo.


– Oi filha. Mamãe já ia te chamar. - Minha mãe falou, me convidando para sentar. - O jantar está saindo.


Era tradiçao sentarmos para jantar juntos, e depois da semana passada, eu estava tentando fazer tudo direitinho, para meu pai me perdoar.


– Não estou com fome. Mas tudo bem. - Falei sentando impaciente. Comi um pouco da salado que já estava na mesa. E falei que já estava satisfeita, aproveitei para perguntar como tinha sido o dis deles, não poderia deixar na cara que estava com pressa para sair.


Quando vi que ia me atrasar muito se continuasse ali, levantei e fui tomar meu banho.


[...]


Desci as escadas correndo, com o celular na mão, Alice buzinava loucamente em frente a casa. Dei boa noite aos meus pais e sai correndo.


Entrei no carro, esbaforida, tinha feito tudo correndo.


– Porra Alice, não sabe mais esperar?! - Reclamei quando me sentei.


– Vai dar nove horas Ness. - Ela falou.


– Hm.. - Fiquei quieta o resto do caminho. Tinha pego a primeira roupa que vi, nem vi se o vestido tinha caído bem em mim.


[...]


Alice parou o carro em frente a um barzinho badalado de Seattle. Nunca tinha vindo, mas ja tinha ouvido falar.


– Lice, como vamos entrar? Somos menores. - Falei.


– As meninas tem um conhecido. - Ela falou, e saiu do carro.


Segui ela e encontrei com as meninas, que estavam encostadas em dois carros perto da gente. Só tinha vindo oito, Angela, Jane que era a baixinha legal, Renata, uma morena alta, Chelsea e Maggie, duas ruivinhas, pareciam gêmeas, a não ser pelo tamanho da Maggie, que era pequenininha. Katy e Charlotte duas loiras magrérrimas, também parecidas, só que Mary tinha o cabelo mais puxado para o acobreado, e tinha Leah, uma morena, de cabelos negros compridos, parecia uma india.


– Ei, meninas. - Falei quando me aproximei. Elas sorriram para mim.


– Vamos logo. - Falou Kate.


Seguimos ela, que foi para a parte de trás do lugar, bateu em uma porta, e um homem alto e forte, mau-encarado abriu, e nos deixou entrar. Ela ficou por último, e agradaceu.


Passamos por um corredor feio e escuro e logo entramos no lugar, por uma portinha que ficava escondida em um canto. O lugar era escuro apenas com algumas lampadas vermelhas, verdes e azuis, um grande bar, cheio de gente sentada, e mais algumas mesas espalhadas pelo lugar. Numa parte mas alta parecia ter uma mesa de sinuca, e um Jukebox, de onde saia a música do lugar. Também tinha um palco, mas não estava tendo show.


Definitivamente não era um lugar que eu gosto de frequentar. Havia muita fumaça de cigarro no lugar, e cheiro forte alcool.


Sentamos numa mesa, em um canto, e pedimos uma dose de tequila para cada uma.


– UM BRINDE! - Falei enrguendo meu copo, quando o garçom chegou com as bebidas.


– UUUL! - Gritaram as meninas, brindamos e viramos tudo de uma vez. Foi engraçado as caretas, pelo gosto forte.


– Ei, que tal um jogo? - Propos Jane.


– Eu topo! Qual ? - Falei, ja animada.


– Que tal verdade ou consequencia? - Falou Angela.


– Aiii, sei não.. nunca dá certo - Falou Alice.


– Para de bobeira Lice, vamos jogar sim! - Falei.


– Aqui. - Falou Maggie tirando um batom da bolsa. - Esse lado pergunta, e esse responde, OK? - Ela disse, mostrando os dois lados do batom.


– Ei que tal acrescentar uma coisinha? - Falei, dando um sorrisinho. - Sempre que cair em você, tem que beber uma dose de vodka.


– Ótimo. Vamos começar.. - Falou Angela.


[...]


Já tinha passado um bom tempo de jogo, e eu tinha usado apenas a minha verdade. Seis meninas já tinham pagado a consequencia, e foi realmente hilário, Alice xavecou o cara, Angela teve que beijar um, a outra teve que arrancar a roupa..


E nesse momento já estavamos todas mal, das doses de vodka que bebíamos.


– Angela pergunta. Ness responde - Falou Charlotte. Rindo atoa de bêbada.


– hmmm, consequencia né? - Falou Angela


– Sim. Ja usei a verdade. - Falei.


– Então tá.. - Ela falou, me olhando com olhos afiados. - Te desafio a roubar o celular daquele cara ali. - Ela disse apontando para um cara sentado sozinho no bar.


– Fácil.


– Não Ness. Ta doida?! - Começou a falar Alice. - Angie, muda isso, pode dar merda para ela.


– Cala boca Alice. - Falei. - Eu vou.


– Não faz isso. - Ela murmurou, me segurando pelo braço e me olhando séria.


– Relaxa. - Falei dando um sorrisinho.


[ BAD REPUTATION - JOAN JETT]


Peguei meu batom vermelho, retoquei e me levantei. Marchando decidida até onde o cara estava. Sentei ao seu lado, que por sorte estava desocupado. Pedi um drink.


– Hey, sozinho? - Falei, sorrindo para o cara. Que por sinal era bonito.


– Sim, sim.. E voce gata? - Falou, piscando para mim.


– Não mais. - Respondi lhe dando um sorrisinho malicioso. Minha bebida chegou e virei rapidamente.


– Ta afim de ir para algum lugar mais reservado? - Ele perguntou.


– Vamos. - Falei me levantando. Ele andou na minha frente, passei pelas meninas e pisquei, elas olhavam curiosamente para o que eu estava fazendo.


Encurralei ele numa parede, e o agarrei, ele correspondeu ao beijo, passando a mão pela minha bunda, e me puxando. Desci as mãos até o bolso da sua calça, e sem que ele percebesse puxei o celular dali.


I don't give a damn 'bout my reputation

You're living in the past it's a new generation

A girl can do what she wants to do and that's

What I'm gonna do

An' I don't give a damn ' bout my bad reputation


Eu não to nem aí sobre a minha reputação

Você está vivendo no passado, está é a nova geração

Uma garota pode fazer o que ela quer fazer e isso

É o que vou fazer

E eu não to nem aí pra minha má reputação


Parei o beijo. E me afastei dele.


– Ops.. Tenho que ir. - Falei, dando um sorrisinho. - Bye. - Falei me afastando sorrindo. O cara ficou parado lá sem entender nada.


An' I don't give a damn 'bout my reputation

Never said I wanted to improve my station

An' I'm only doin' good

When I'm havin' fun

An' I don't have to please no one

An' I don't give a damn

'Bout my bad reputation



E eu não to nem aí pra minha reputação

Nunca disse que eu queria melhorar minha condição social

E eu apenas estou fazendo bem

Quando estou me divertindo

E eu não tenho que agradar ninguém

E eu não to nem aí

Sobre minha má reputação


Fui até a mesa onde as meninas esperavam ansiosas, tirei o celular de entre meus peitos, onde tinha escondido, e coloquei em cima da mesa.


As meninas começaram a rir.


– OMG Voce pegou mesmo? - Perguntou Mary, espantada.


– Peguei ué, não foi o meu desafio?


– Voce é doida Ness! - Falou Angie. - Parabéns, seu primeiro roubo.


Ri e agradeci de brincadeira.


– Bom, eu acho melhor irmos embora, com certeza ele vai dar falta do celular. - Falou Jane.


– Eu conheço um lugar bom aqui perto, topam? - Falou Kate


– Vambora. Afinal ainda temos a noite toda pela frente. HAHAHAH - Falei rindo.


An' I don't give a damn 'bout my reputation

Never said I wanted to improve my station

An' I'm only doin' good

When I'm havin' fun

An' I don't have to please no one

An' I don't give a damn

'Bout my bad reputation

Oh no, not me Oh no, not me

I don't give a damn

'Bout my reputation

I've never been afraid of any deviation

An' I don't really care If ya think I'm strange

I ain't gonna change

An' I'm never gonna care

'Bout my bad reputation


E eu não to nem aí pra minha reputação

Nunca disse que eu queria melhorar minha condição social

E eu apenas estou fazendo bem

Quando estou me divertindo

E eu não tenho que agradar ninguém

E eu não to nem aí

Sobre minha má reputação

Oh não, eu não. Oh não, eu não.

Eu não tô nem ai

Sobre minha reputação

Eu nunca tive medo de qualquer desvio

E eu realmente não ligo

Se você pensa que eu sou estranha

Eu não vou mudar

E nunca vou estar nem ai

Sobre minha má reputação


Vi que Alice estava quieta o tempo todo, quase emburrada. Levantamos e cada uma foi de volta pros carros onde vieram.


Assim que Alice entrou e ligou o carro, e já estava seguindo o carro da Kate, eu perguntei:


– Porque voce esta assim?


– Renesmee. Voce tem noçao do que fez? Voce ROUBOU. - Ela começou a disparar as palavras. - Sério, voce cada dia me supreende mais.


– Lizz, desculpe. Foi só uma brincadeira, nao vai se repetir. - Falei.


Bom, pelo menos eu espero que não se repita.


Pedal boys!


An' I don't give a damn

'Bout my reputation

The world's in trouble

There's no communication

An' everyone can say

What they want to say

It never gets better anyway

So why should I care

'Bout a bad reputation anyway

Oh no, not me

Oh no, not me


I don't give a damn 'bout my bad reputation

You're living in the past

It's a new generation

An' I only feel good

When I got no pain

An' that's how I'm gonna stay

An' I don't give a damn

'Bout my bad reputation



Pedalem garotos !



E eu não to nem aí

Sobre minha reputação

O mundo está em perigo

Não há comunicação

E todos podem dizer

O que eles querem dizer

Seja como for isso nunca vai melhorar

Então, por que eu deveria me importar

Sobre minha má reputação? tanto faz.

Oh não, eu não.

Oh não, eu não.


Eu não to nem aí sobre minha má reputação

Você está vivendo no passado

Essa é uma nova geração

E eu apenas me sinto bem

Quando eu não tenho dor

E é assim que eu vou ficar

E eu não to nem aí

Sobre minha má reputação





Notas finais do capítulo

Ai está mais um capítulo, postei hoje, mas to muito chateada, eu sei que é chato pedir comentários, mas eu sei que tem mais meninas lendo, e mesmo assim só 4 comentaram.
JackieDS obrigada pela recomendaçao! É por você que estou postando o capítulo hoje.
E ai o que acharam? Nessie agora tá roubando.. quem diria. hahahah
Não percam ná próxima semana, a continuaçao dessa história!
Beeeijos :*
Giu.