Roller Coaster escrita por jgw22


Capítulo 13
Capítulo 13





ALICE’S POV

Aquela semana passou bem rápido; aulas, deveres, casa dos garotos. Bem dizer se resumia só a isso. As encrencas com a imprensa pareceram amenizar-se após os garotos irem numa rádio e revelarem que todos, com exceção de Liam, estavam solteiros. Ah, Niall também não tinha dito estar solteiro, disse que estava em ‘processo de conquista’, o que deixou Jazmin com um sorriso no rosto pelo resto da semana. Embora os problemas com a mídia tivessem diminuído, em casa parecia que eles aumentavam cada vez mais. É, eu estava enganada, não seria apenas um mingau que nos uniria, e essa união, mais do que nunca parecia distante. Eu e Edgar brigávamos praticamente todas as noites, eu jogava verdades duras em sua cara, e ele não deixava por menos, dizia que eu era malcriada e necessitava de limites. Eu dizia que tinha sido muito bem educada, apenas por uma mãe que me deu amor por ela e por ele, e que nunca havia sentido falta da presença dele; por essas e outras, nem esforçava-me para chama-lo de pai mais, nem bem lhe dirigia a palavra.

Por essas e outras também, que hoje, sexta feira, eu estava dormindo na casa de Jaz. Edgar havia me posto de castigo como ‘lição para impor limites’, como se eu tivesse 4 anos. Não segui muito seus limites e quando estava trancada no quarto, pulei a varanda, agarrando-me ao galho da árvore bem próxima e seguindo para os fundos do jardim. Passamos a maior parte da madrugada conversando em seu quarto, ela havia colocado um colchão ao lado de sua cama para mim.

No dia seguinte, passei todo o tempo com Jazmin, sem nem encontrar Edgar pela casa; os garotos tinham um show próximo de Londres e voltariam apenas na madrugada de sábado para domingo. Quando precisava sair, sempre avisava a Sra. Gonzalez onde eu estaria, ela já estava se tornando a pessoa mais afetiva naquela casa comigo, depois de Jazmin. E naquele sábado não foi diferente, eu e Jaz fomos falar com sua mãe e a avisamos que estaríamos no parque, junto com Bruna. Subi rapidamente para meu quarto para trocar de roupa sem ser percebida por Edgar, o que felizmente não aconteceu (http://www.polyvore.com/10/set?id=41446462). Depois eu e Jaz preparamos lanches e colocamos numa cesta e fomos ao encontro de Bru, que surpreendentemente havia ficado em Londres longe de Liam.

Passamos boa parte da tarde de sábado no parque, juntamente com nosso piquenique. Rimos, nos divertimos, desabafamos um pouco, até jogamos vôlei com uma bola que Bru havia levado. Ela realmente adorava aquilo, mas como vôlei definitivamente não era pra mim, logo sentei e fiquei observando enquanto as duas jogavam. Fiquei ali com o olhar perdido ao longe, sem nenhum pensamento específico na cabeça. Algum tempo depois, ela e Jazmin vieram sentar-se a meu lado, ambas com expressões questionadoras.

- O que deu em vocês? – perguntei meio assustada com a cara das duas.

- Vai, desembucha logo, fala o que tava pensando. – disse Bru de uma forma amável e delicada.

- Hãm? Três opções pra ti Bruna: 1° tu tá bêbada, 2° tinha algo no teu sanduiche, ou 3° a Jazmin te acertou uma bolada bem forte na cabeça. Eu hein!

- Não é nada disso não, ok Sra. Malik? – disse ela e eu imediatamente lancei um olhar desprezível pra ela. – Você tava toda aérea aí, com o olhar longe e pensando em sei lá o que.

-Ah, para com isso tá Bruna, eu não tava pensando em nada, só tinha me desligado um pouco de tudo, sei lá. Ah!!!! Para com isso! –falei gritando.

- Hmm, tem certeza que sua mente não vagou para o rosto de um cara com pele morena e topete castanho? – dessa vez quem falou foi Jazmin, com uma voz inteiramente maliciosa.

- Ah não! Você também não né Jazmin! Parem com isso vocês duas, ok? Vamos explicar pela milésima vez: eu e o Zayn somos apenas amigos. A-MI-GOS. Entenderam? E não quero que ninguém mais toque nesse assunto, por favor né?? – falei mais irritada do que esperava. Tirei o boné e deitei minha cabeça na grama, brincando com os dedos com algumas folhas por ali. Ficamos mais um tempo naquele parque jogando conversa fora. Até que Bruna levantou de repente, gritando eufórica.

-Tive uma ideia! Muito boa por sinal, vocês não vão conseguir negar. – disse ela rindo satisfeita.

- Olha, vindo da sua boca eu tenho medo, mas né. – disse num biquinho.

- Ah, para com isso. É o seguinte: os garotos chegam nessa madrugada não é? Então, eu tenho a chave da casa deles. Que tal se nós fossemos esperar eles na casa? Nós poderíamos dormir lá. – disse ela com a expectativa tomando conta de sua voz.

- Hm, até que não é má ideia. – disse Jazmin.

- Então, vamos Alice??? – Bru me olhou com uma cara de criança quando quer chocolate.

- Ahh, tá bom, vamos! – eu disse rendida.

Saímos do parque e fomos para a minha casa. Enchi uma mochila com um pijama, uma muda de roupa para o outro dia e minha escova de dente. Saí correndo de casa para o carro de Bru e Jaz vinha atrás de mim. Fomos para a casa de Bruna e ela também pegou as coisas de que precisaria. Passamos no mercado e compramos mil tipos diferentes de guloseimas, sabendo que se não comêssemos antes dos garotos chegassem, Niall não ia nos deixar ver nem a cor de nenhuma delas.

Depois seguimos com o carro pelas ruas e logo paramos na frente da casa dos garotos, saímos do carro pegando as sacolas de compras. Paramos em frente à porta e Bru mexeu em sua bolsa, tirou de lá uma chave e sorriu para nós. Abriu e porta e nós entramos na casa silenciosa.



Notas finais do capítulo

Curiosas? Tá legal??? Estão gostando??? Deixem comentários aqui ou no twitter (: @july_wolff