Roller Coaster escrita por jgw22


Capítulo 11
Capítulo 11





ALICE’S POV

Acordei de manhã com o som ensurdecedor do meu despertador. Que ótimo. Segui para o banheiro no melhor estilo zumbi, fiz minha higiene e depois fui até a janela da varanda, constatando que o dia estava cinzento, com uma neblina que pairava por ali. Nossa, se já não bastasse ser segunda feira, ainda precisava estar frio. Escolhi uma roupa que não chamasse muita atenção para a aluna nova, sabendo que a roupa não faria a mínima diferença; seria um saco de qualquer jeito entrar no meio do ano letivo. (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=41413847) Desci para o café da manhã, Edgar estava à mesa, mas não deu 2 minutos e já se despedia de mim, saindo para o trabalho. Norma estava ao lado da mesa sem dar uma palavra, e eu também não fazia a mínima questão de conversar com ela, então ela só ficou quieta enquanto me observava comer.

Subi para meu quarto, escovei os dentes e peguei minha bolsa, jogando o celular e o iPod dentro dela. Saí de casa e fui caminhando até a escola, o trajeto devia ser de uns 15 minutos. No caminho, peguei meu iPod e comecei a navegar na internet. Entrei no Google e pesquisei por One Direction, para ver se encontrava novas músicas além das poucas que eu conhecia. Mas ao invés de músicas, o que achei foi encrenca: na primeira página de um site de fofocas, tinha a seguinte matéria: “Cantor de One Direction namorando?” e abaixo uma foto minha e de Zayn na lanchonete do clube, e outra nos jogos eletrônicos do shopping. Merda! Isso não podia ter acontecido, eu provavelmente já seria odiada por alguns naquela escola, mas no momento aquilo era o de menos. O que realmente estava me importando era a polêmica negativa que tinha sido atraída para cima dos garotos, especialmente de Zayn, e a culpa era toda minha.

Desliguei o iPod e o joguei com força para dentro da bolsa, finalmente entrando no pátio da escola. Segui para a secretaria e peguei meu horário. Nossa, beleza, minha primeira aula era de química, a pior matéria do mundo, a meu ver. Fui em direção a minha sala e me sentei em uma carteira qualquer. Quanto mais a sala começava a encher, mais eu sentia olhares sobre mim, e àquela altura, eu já não sabia mais se era apenas para a aluna nova ou para a suposta namorada de Zayn Malik. Finalmente a aula começou e os olhares diminuíram, ou pelo menos continuaram um pouco mais disfarçados. A Sra. Hitchcock aparentava ter uns 50 anos ou mais,  usava óculos de grau que sempre escorregava pelo dorso do nariz, tinha cabelos louros na altura dos ombros e um absurdo cheiro de nicotina impregnado nela. Tentei ao máximo prestar atenção na aula e fazer anotações, mas aquilo tudo parecia apenas se arrastar mais ainda.

Depois das aulas de física e inglês, igualmente arrastadas, fui para o refeitório, e almocei sozinha. Depois as outras aulas - de filosofia e história - passaram-se um pouco mais rápidas, e quando dei por mim, já estava andando de volta para casa.

Cheguei em casa e mandei um sms para Zayn, perguntando se ele já tinha visto as fofocas. Minutos depois ele me respondeu:

Vi sim, mas não se preocupe, isso não muda nada.

E você, como foi seu primeiro dia de aula? (:

Beijo.

Depois que li, digitei uma resposta rapidamente:

Tem certeza que isso não traz problemas pra vocês?

Foi normal :x haha.

XOXOX

Depois de um tempo no ócio total, fui resolver alguns exercícios de inglês que já tinha como dever de casa. Após ter terminado, desci até a cozinha e peguei um pacote de biscoitos para comer. Levei para o quarto e assim que cheguei, vi uma luz piscando no visor do meu celular, indicando uma chamada perdida, de Zayn. Depois de alguns segundos de dúvida no “ligo ou não ligo?” resolvi retornar a sua ligação.

- Hey Alice. – disse ele atendendo ao telefone.

- Oi Zayn, desculpa não atender antes, tudo certo?

- Por aqui tudo bem, acabamos de chegar em casa, estávamos na gravadora. E você, como foi o dia? – não pude deixar de sorrir pela ideia de receber uma ligação de Zayn só para perguntar como foi meu dia.

- Foi normal, eu acho. Nada de muito importante, acho que continuo sendo aquela garota sem amigas ou garotos a meus pés.  Só que agora além disso ainda sou a aluna nova. – falei num ar monótono.

- Ei, você tem amigas, a Jaz e a Bru são o que? E se você quiser, eu e os garotos nos jogamos a seus pés, é só dar um grito. – ele disse rindo do outro lado da linha.

- Idiota. – eu disse rindo também.

-Ah, magoei. – ouvi uma voz tentando parecer triste.

- Que peninha, Sr. Malik, estou morrendo de remorso. – falei sarcástica em meio a mais risadas.

- Pelo menos tentei ué. – disse ele com uma risada melodiosa. -Ah, o Niall tá perguntando se vocês não vão vim aqui hoje.

-Vocês? Acho que não é bem eu que ele quer aí, mas tudo bem. – eu falei irônica. – Mas acho que não vou não, mas falo pra Jaz que Niall que ver ela. – fiz uma voz maliciosa.

- Ah não! Venha junto. Por favooooor?? – falou ele prolongando a ultima palavra até eu ceder.

-Ah, tá bom Malik, daqui a meia hora estamos aí. – falei numa voz emburrada. – Mas eu preciso levar uma muda de roupa seca ou você não vai me molhar dessa vez?

- Hm, acho que hoje não precisa, vou tentar ser legal. – disse ele rindo.

- Tá, tchau, até daqui a pouco. Beijos. – me despedi e desliguei o telefone. Troquei de roupa (http://www.polyvore.com/16/set?id=41476533) e fui procurar Jazmin, que estava na cozinha com Norma. Depois de arrancar-lhe dos serviços domésticos e esperar ela arrumar-se, fomos para a casa dos garotos.

ZAYN’S POV

Avisei para os garotos que Alice e Jaz iriam chegar ali daqui a pouco, o que obrigou Harry a vestir uma bermuda e uma camiseta, pois estava totalmente nu, mesmo estando frio na rua. Ele era anormal, não havia outra explicação. Não sei por que motivo, mas Niall ficou bem estranho antes delas chegarem, e antes que pudéssemos começar a zoar dele, a campainha já tocara. Levantei-me e fui atender a porta.

- Hey garotas! – disse num sorriso dando um beijo na bochecha de Jaz, que estava mais a frente. Ela me cumprimentou e foi em direção à sala, provavelmente procurando por Niall. Olhei para Alice e constatei um enorme sorriso em seu rosto, e quando ia cumprimentar-lhe com um beijo na bochecha também, ela se aproximou e prendeu seus braços a volta de minha cintura. Retribui o abraço de uma forma protetora, querendo ou não, era sempre assim que eu começava a agir perto dela, queria protege-la, de tudo e todos.

Depois de incontáveis instantes, pois eu já tinha perdido a noção de espaço e tempo com o perfume dela, Alice desfez nosso abraço, segurou em meu pulso e puxou-me para a sala. Por dois segundos, senti sua mão escorregar até a palma da minha e entrelaçar nossos dedos, mas ela desfez o ato tão rápido como havia feito.

Nós ficamos apenas ali, durante mais ou menos uma hora, até que Jaz disse que iria ao banheiro e Niall deu uma fugidinha estratégica, dizendo ir pegar algo em seu quarto. Então eu, Alice, Harry, Liam e Louis ficamos ali por mais algum tempo, até percebemos que ambos estavam demorando demais. Liam sugeriu que eles pudessem ter saído pela porta dos fundos. Ficamos alguns minutos discutindo se era certo ou não irmos atrás dos dois e vermos o que estavam fazendo, mas por unanimidade, a curiosidade de todos falou mais alto e seguimos em silêncio até a porta dos fundos.