A Little More: Oh Shit! escrita por LideColafati


Capítulo 15
But you can't blame me for hating it


Notas iniciais do capítulo

OMFG! PATRICK! O QUE ACONTECEU COM VOCÊ?



POV Sam

- Patrick... - Toquei seu rosto, mas ele estava desacordado.

Aquela tinha sido a gota d'água!

- BECKETT! - Gritei.

Todos pararam de lutar.

Beckett apareceu na porta da frente.

- O que houve, meu amor? - Falou, sorrindo.

- Por que...?

- Você é tão burra quanto os outros! Se me casasse com você, teria uma força totalmente poderosa junto a mim, fazendo com que os outros se rendessem por te amarem tanto!

- Como é que é? - Pete começou a ferver de raiva.

Brendon andou em sua direção.

- Melhor você não chamar ela de burra... - Disse ele, fechando os punhos.

- E quem poderia me impedir?

E estava sentada ao lado de Patrick, que voltou a respirar novamente, abrindo a boca, mostrando seus caninos.

Ele abriu seus lindos olhos verdes, que estavam meio avermelhados, mas continuavam verdes.

Ele sorriu e se levantou.

Beckett se assustou na hora.

- What The Fuck...? - Beckett disse, com os olhos arregalados.

- ELE PODE TE IMPEDIR! - Gerard gritou.

- Pode? - Joe virou pra Gerard.

- Pode. Ele já havia sido mordido por 3 ou 4 vampiras, Pete já tinha mordido ele pra tirar o veneno, mas sempre fica um pouco... E agora que ele foi mordido, ele está mais forte... Como a Sam... - Andy disse, observando o que iria acontecer.

Patrick sorriu de lado.

- E então, você não iam se casar? - Perguntou ele, arrumando o boné em sua cabeça. - Brendon, Gerard e Andy, tirem Sam daqui. Pete e Joe, vocês ficam.

- Mas e o James? - Perguntei.

- Vamos leva-lo... - Respondeu.

- Mas não vão mesmo... - Beckett disse, mostrando os caninos afiados.

Brendon andou em minha direção e me pegou no colo.

Entramos no carro e fomos direto pra um lugar conhecido... Minha antiga casa... Brendon deveria se lembrar de onde era.

Eu sempre deixei uma chave dentro do vaso na frente de casa, então, abrimos a porta e entramos.

- Temos quatro quartos... Teremos que dividir quando os meninos voltarem. - Falei.

- Ok... Onde podemos deixar as armas? - Andy perguntou.

- Tem uma portinha embaixo da escada, pode por lá por enquanto...

Saí da casa e ajudei Brendon a descarregar o carro.

- Pronto! - Falou ele, trancando o carro e entrando na casa.

- Eu vou me trocar... Já venho... - Falei, pegando minhas coisas indo em direção as escadas.

- Ok! - Disse ele.

- Hum... Não tem problema se eu ficar com o meu quarto, né?

- Claro que não! - Gerard disse.

- A casa é sua... Você que manda! - Disse Andy.

Brendon concordou com a cabeça.

Subi as escadas e entrei no meu quarto... Tudo ainda estava do mesmo jeito que a última vez que vim... Pra pegar minhas coisas...

Peguei um shorts e uma camiseta comum, troquei de roupa, e guardei o resto.

Fui até o antigo quarto de James, só pra me lembrar de como era quando ele estava comigo.

Peguei seu boneco de pelúcia do Bob Esponja e sorri, lembrando de quando dei esse boneco pra ele.

"- Parabéns James! - Falei, dando um forte abraço nele.

- Obrigado!

- Então, não vai querer o bolo?

- É óbvio que eu quero!

Ele estava sentado na mesa da cozinha. Fui até a geladeira e tirei o bolo de chocolate que eu havia comprado pra ele.

- Aqui está! - Falei, colocando o bolo na frente dele.

- Hey! Tá faltando as velas! - Disse ele

- Ops! Me esqueci das velas... E agora James? Como vamos cantar parabéns? - Falei.

Olhei pra porta da sala, onde Brendon apareceu com um pacote cheio de velas na mão.

- Faltando alguma coisa? - Perguntou Brendon, sorrindo.

- EBA! - gritou James.

Colocamos as velas no bolo e cantamos parabéns.

Depois de comermos o bolo, estava na hora de entregar o presente pra James.

- Qual é seu desenho preferido, James? - Perguntei.

- Hum... BOB ESPONJA!

- Sério? - Brendon perguntou.

- É sim!

- É um dos melhores desenhos, né?

- É O MELHOR!

- Hey, tenho que buscar uma coisa lá em cima! - Falei, correndo lá pro quarto.

Desci segurando um boneco de pelúcia do Bob Esponja.

- Feliz aniversário, James! - Falei, entregando o boneco pra ele.

James sorriu de orelha a orelha, me fazendo sorrir também..."

Coloquei o boneco de volta onde ele estava e desci.

Me sentei no sofá, com as pernas cruzadas.

- Eles vão trazer o James... - Gerard sentou ao meu lado.

Não pude me conter, e acabei chorando.

Abracei Gerard.

- Hey, calma... - Falou ele, passando a mão pelos meus cabelos.

- E se algum deles não voltar?

- Eles vão voltar!

- Como você sabe?

- Eles vão dar tudo pra ter você com eles...

Gerard respirou fundo.

- Esse pode ser o fim? - Perguntei.

- Não sei... Pode ser até um novo começo...



Notas finais do capítulo

REEEEEEEEEEEEVIEEEEEEEEEEEWS! *-*



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A Little More: Oh Shit!" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.