A Última Missão escrita por Angelzinha, Angelzinha2


Capítulo 8
Capítulo 8


Notas iniciais do capítulo

Yoo amores^^
Aqui está mais um capitulo =)
Espero que gostem.. boa leitura!
Ps: Por favor, leiam as notas finais.




          Capitulo anterior:

"-O que voce vai fa- Nem deu tempo de Sakura terminar sua pergunta. Só viu Sasuke desviar o caminho. O carro foi jogado no lado esquerdo da beira da estrada. Tudo o que se via era pinheiros sendo bruscamente arrancados pela frente do carro. Sakura se assusstou muito no começo, mas logo entendeu o que Sasuke pretendia, e se sentiu mais aliviada quando olhou para trás e não viu nenhum sinal de carro os seguindo.

-Acho que despistamos eles.- Sakura disse nervosa mas aliviada.

-Parece que sim. Mas vamos ficar por aqui mesmo até amanha. É arriscado voltar agora.- Sakura apenas asssentiu e ficou quieta.

         Sasuke estacionou o carro debaixo de uma árvore. Lá não havia mais pinheiros, mas muitas árvores de direntes tipos. Desceram para ver melhor o lugar. Estavam andando lado a lado, quando derepente Sakura parou bruscamente, e colocou a mão na frente de Sasuke, o impedindo de passar.

-O que foi?- Perguntou confuso."

......................................................................................................................................................

-Olhe..- Sakura disse apontando um pequeno pássaro azul, que por pouco Sasuke não pisara.

-É apenas um pássaro.- Sasuke deu de ombros com indiferença, o que irritou Sakura.

-Como apenas um pássaro?!- O fitou incrédula com as mãos na cintura.- Ele é um ser vivo! E todo ser vivo é importante, independente do que seja, pessoa animal ou planta, todos tem o direito de viver!- Sakura disse se abaixando, e pegando o pequenino no chão.- Voce está machucado..- Disse olhando a asa que sangrava.- Vou cuidar de voce.- Disse se abaixando novamente. Deixou o pássaro no chão, com cuidado para não machucá-lo ainda mais. Abriu sua bolsa, e retirou uma caixinha branca, com uma cruz vermelha na tampa, era sua caixinha de primeiro socorros e como um boa médica, a carregava onde quer que fosse.

         Sua caixinha não era muito grande, mas havia de tudo um pouco. Tinha materiais para curativos desde gases, á agulha e linha de dar ponto. Tinha também analgésicos, outros medicamentos, algumas pequenas bisnagas de pomadas, e uma tesourinha metálica. Tudo era muito bem organizado, assim economizaria espaço.

         Tirou de dentro um pequeno vidro de remédio, pingou sobre a asa machucada do pássaro, depois começou a fazer um curativo meio frouxo para não apertá-lo, e para que ficasse na asa apenas durante o tempo de curá-lo, depois se soltaria sozinho. Sasuke a observava discretamente, encostado em uma árvore de braços cruzados. Ele não entendia porque ela dava tanta importancia a um simples pássaro. Mas mesmo sendo um pássaro, ela se dedicava no tratamento da ave. Ele percebeu como ela fazia movimentos habilidosos e com muita delicadeza e.. carinho? ela tinha uma expressão suave, e as vezes sorria. Sasuke achou interessante, e sem se dar conta, deixou um pequeno e discreto sorriso de canto escapar. Depois de Sakura ter feito o curativo, pingou uma gota de outro tipo de remédio no bico do passarinho.

-Pronto amiguinho! Agora onde é que vou te deixar?- Perguntou olhando em volta, em busca de algum vestígio do pássaro. Até que viu um ninho no alto de uma árvore, com dois pequenos pássaros quase identicos ao que ela achou. Sem hesitar, foi em direção da ávore, que estava a alguns passos. Subiu com cuidado para não se desiquilibrar, e nem machucar o passarinho. Conseguiu alcançar o ninho, colocou o pequeno bichinho dentro, o que pareceu bem satisfeito, pois começou a "brincar" com os outros dois, que ela semelhança Sakura deduziu serem seus irmãos.

         Olhou para baixo, e se arrependeu amargamente, pois se lembrou que desde pequena tem um certo medo de altura. Sentiu um pouco de tontura, um friozinho na barriga, e as pernas tremerem. Se apoiou em um galho que estava do seu lado, e fechou fortemente os olhos, para ver se passava o mau estar. Quando se sentiu melhor, resolveu continuar seu percurso . "Não olhe para baixo! Não olhe para baixo!", ela dizia para si mesma em pensamento. Desceu um pouco, resolveu olhar para baixo de novo para ver se faltava muito para chegar no chão. Ainda faltava aproximadamente dois a três metros. Se virou novamente para frente, pois a tontura insistia em voltar. Começou a descer novamente, colocou um pé no galho de baixo, quando foi colocar o outro, o galho quebrou e ela se segurou no de cima, mas ele também não era firme e quebrou.

         Na hora bateu o desespero, e ela fechou os olhos, e espero o chão. Mas isso não aconteceu. Sentiu braços fortes a aparar. Se assustou, mas não teve coragem de abrir os olhos. Sentiu um perfume inebriante. Abriu os olhos, e a primeira coisa que viu foi olhos ônix inexprecivos a fitando. Sem entender o porque, sentiu seu rosto esquentar, e sua respiração ficar descompensada. Talvez por estar sentindo braços fortes a segurarem, ou o corpo definido da pessoa, ou talvez a proximidade de seus rostos.

-Deveria ter mais cuidado.- A voz grave a despertou de seus desvaneios. Sasuke a colocou no chão, e começou a andar, Sakura o seguiu.

 

Continua~~     



Notas finais do capítulo

O que acharam?
Espero que tenham gostado..
Bom, essa tah sendo sem dúvida alguma a fic que mais me decepcionou. O porque? Bem, uma fic que já tenha 7 capitulos e apenas 13 reviews não deve ser tão boa. Me dediquei muito a essa fic, mas pelo visto o resultado não foi o que eu esperava. Toh pensando até em desistir de postá-la, ainda toh postando porque tem algumas(poucas) pessoas comentando, e não é justo com elas eu ficar sem postar por pessoas que não tem coragem nem de deixar sua opinião neh?!
Gente, escrever uma fic não é muito simples. Exige criatividade, inspiração, paciencia e tempo. Coisas que não toh tendo mais pela falta de review. Quem escreve, sabe o quanto um review faz a diferença. Então espero que quem não comenta(não só nas minhas fics, mas todas as outras), passe a ter consciencia de que os dedos não vão cair se deixarem um comentário.
Espero que me entendam.
Kisses ^.~
Ps: O próximo só sairá com no mínimo 5 reviews. Pensem bem, quanto mais cedo voce comentar, mais cedo o próximo capitulo sairá^^