Love Of Friends, Love Of Lover.. escrita por Angelzinha, Angelzinha2


Capítulo 12
Capítulo 12- Pesadelo --'


Notas iniciais do capítulo

Yoooo meus amores!!! Nem demorei tanto assim neh?!/ Sorrisocaradepau
Só dois dias.. nem foi tanto assim u.u
Bom, chega de conversa e vamos lá! Boa leitura!!




"–Tadinha de mim..


–Não exagere, foi apenas um choque.- Ele disse se levantando.


–Porque não foi com você!- Eu disse levantando também. Fui em direção da porta, e ele segurou de leve meu braço.


–Sobre o que aconteceu ontem, me desculpe.-Ele disse meio sem graça.


–Tudo bem. Foi coisa do momento.- Eu disse um pouco constrangida.- Vamos descer? O choque me deu fome..- Eu disse colocando a mão na barriga e fazendo careta.


–Você é um caso perdido.- Ele disse com um sorriso de lado, e descemos."


 


................................................................................................................................................


O resto da tarde foi "normal". Assistimos um pouco de Tv, e depois a noite fomos jantar. Depois do jantar todos nós fomos para sala. Ficamos conversando durante um tempo, nossos pais perguntando o que a gente estava achando das férias e talz. Era umas 23:00 da noite todos foram dormir, menos Itachi que foi dar um rolê na cidadezinha.


Deitei, eu virava de um lado para o outro esperando o sono vir, mas o filho duma mosquita não vinha(?). Contei carneirinhos, cachorrinhos, gatinhos e um monte de inhos mas nada resolveu.


Esperei..


Esperei..


Esperei..


Esperei mais um pouco e nada..


Cadê o soninho?? Será que ele encontrou uma soninha?(?) Hum.. Com certeza não. Essa hipótese tah descartada. Se ele não vir logo juro que tah demitido! Mas como se demite o sono? Bom, desisto.. Vou é assaltar a geladeira e assistir alguma coisa que dá mais futuro!


Quando cheguei na cozinha, percebi que tinha uma pessoa perto da geladeira. Não consegui identificar quem era porque estava muito escuro. Aproximei aos pouquinhos, com um pouco de medo. Parei, e pensei.. E se for um cara mal que abusa de garotinhas inocentes e indefesas de cabelos rosas como eu? Tah parey, sei que não sou mais uma garotinha, muito menos indefesa, e taaaao inocente.. Não que eu nã seja inocente, mas é que.. Ah vocês entenderam!


Continuei andando com cuidado para não chamar atenção da pessoa. Quando eu estava bem próxima, pude ver melhor. Peraí.. Eu conheço esse perfume! E que perfume.. Foco Sakura! Foco! Eu também conheço esse cabelo, é inconfundível!..


–AAAAAAHÁÁÁÁ! ASSALTANDO A GELADEIRA NEH?- Eu disse(lê-se: berrei) atrás do "assaltante".


–Cof! Cof! Ficou doida?- Sasuke disse tossindo, pois se engasgou com a água que estava bebendo.- Que acordar todo mundo?- Xiii acho que ele ficou bravinho..


–Não, eu só queria te dar um sustinho. - Eu disse mordendo uma maçã.


–Hum. E o que você está fazendo aqui?


–É que eu fui dormir, aí o soninho não vinha, e eu queria demitir ele, mas não sei como fazer isso..- Eu disse a última parte olhando para o chão pensativa, tentando achar uma solução para meu problema.


–Hã?- Ele perguntou com uma sobrancelha levantada.


–Nada, esquece..


–Você realmente é doida.- Disse com um sorriso de lado.


–Hum. Ei, já que a gente não tah dormindo e sem sono, vamos assistir um filme?


–Não tem nada para fazer mesmo.


Fomos para a sala de estar, e ele escolheu um filme de terror. Apesar de eu não ter gostado, fomos assistir. Começamos assistir o filme, ele estava em um ponta do sofá e eu na outra. O filme tinha algumas cenas fortes, nessas horas me encolhia e ele percebeu isso.


–Tah com medo?- Ele me perguntou.


–Um pouco..


–Vem para cá.


–Não obrigado, sei me cuidar sozinha!


–Ta bom então.- Ele deu de ombros.


Mal passou um minuto, e na primeira cena de terror eu corri para o lado dele, e ele me abraçou protetoriamente(se é que existe essa palavra --').


................................................................................................................................................


Sasuke Pov's


O filme não chegou nem no meio, olhei para meu ombro e Sakura estava dormindo. Desliguei o filme, e subi carregando ela, afinal já tinha visto aquele filme várias vezes. Mas como sei que ela não gosta de filme de terror, achei que seria divertido vê-la com medo, ela fica tão bonitinha. Epa! O que eu toh dizendo? Não que eu não ache ela bonita, mas ela é muito... Irritante.. Irritantemente linda.


Coloquei-a na cama, e fiquei um tempo a observando. Ela parece um anjo dormindo. Mas só dormindo, porque acordada não tem nada de anjo. Maluca do jeito que é. Nunca vi uma garota tão sem noção, ainda mais com 17 anos, parece criança. Mas acho que é isso que a faz ficar tão.. Especial.


Não resisti, quando percebi já estava passando a mão no rosto dela. Ela se mexeu, achei que ela estava acordando e afastei minha mão rapidamente e ela sorriu. Isso mesmo que voce ouviu, ela SORRIU DORMINDO, é maluca mesmo. Mas foi um sorriso tão lindo, que acabei sorrindo também. Resolvi sair para não ter risco de acordá-la.


Deitei e fiquei pensando nela, no beijo. Não entendo porque estou me sentindo assim. Nunca senti desse jeito com nenhuma garota. É estranho, porque eu sempre a vi como uma amiga, ou até mesmo uma irmã que nunca tive, mas agora é diferente.


................................................................................................................................................


Sakura pov's


É muito bom passear com meu pônei, tomando sorvete no arco-íris. Não há coisa melhor! Mas.. Espera! Aquilo é um monstro? Aaaah não! Desde quando eu dei permissão para ter um monstro no meu sonho? E agora ele tah vindo na min ha direção. O que eu faço?


–Corre neh?- Meu pônei disse com expressão de "é óbvio!".


–Mas ele tah vindo muito rápido! Não vou conseguir fugir dele.. Você voa?


–Eu tenho asas?


–Não..


–Então como vou voar?


–Ah é. Que peninha..


O monstro já estava chegando onde eu estava, e ele era horrível! Espera, eu já vi ele em algum lugar. Ah, é do filme que o emo me fez assistir. Ele me paga!


–Olha, olha! O que temos aqui..- Ele disse com uma voz sinistra.


–Oi senhor monstrinho!- Eu disse com um sorriso amarelo.


–Monstrinho?? Se você não percebeu eu sou maior que você!


–Ah desculpa senhor monstro. Foi um prazer te conhecer, mas já estou de saída..- Eu disse me virando.


–Onde você pensa que vai?


–Para casa ora!


–Você não vai a lugar algum! Agora você é minha!


–AAAAAAAAAAAAAAAHHHH MANHÊÊÊ!-Desesperei-me(?). Mas deixa eu dar pelo menos um telefonema?


–Aqui não tem telefone.


–Então posso mandar um recado?


-Pode, mas anda logo porque não tenho o dia inteiro!- Ele disse cruzando os braços, e batendo o pé direito no chão.


–Eu quero dizer para minha mãe e para o meu pai que eu amo eles. Para o o chato do meu irmãozinho que ele é chato mas amo ele também. Pro mala do Itachi, que ele é um chato e galinha-gotas no monstro- Para os meus sogrinhos de mentirinha que eles são ótimas pessoas, apesar dos filhos que tem. E para o emo.. Bom, que ele é um chato, feio emo e irritante! Mas ele não tanto assim, chato e irritante até que pode ser mas feio. Não sei, toh meia em dúvida.. Aah, sei lá! Só diga a ele que apesar dele ser muito chato, eu até que gosto muito dele e..- Fui interrompida por uma boca enorme se abrindo. - AAAAAAAAAAAAAAAH ELE VAI ME COMER!


Eu fechei os olhos e quando abri já estava no meu quarto.


Ufa! quase que me comem.. Tentei dormir de novo, mas toda vez que eu fechava os olhos me lembrava daquele monstro querendo me comer. Me levantei e fui direto para o quarto do Sasuke. Abri a porta devagarzinho, e fechei de novo.


–Sasuke, Sasuke..- Eu disse o sacudindo de leve.


–Que foi? O que você tah fazendo aqui a essa hora?- Ele perguntou confuso.


–Eu tive um pesadelo e não toh conseguindo mais dormir..


–Tah, e você tah querendo dormir aqui?


–É, igual a gente fazia na casa da árvore, quando erámos criança..


–A gente cresceu. E a cama é pequena.


–Aaaah deixa de ser chato! Deixa vai..- Eu disse com a carinha do gato de botas do sherk.


–Tah, deita aí.- Ele disse dando espaço. Eu deitei e usei o braço dele como travesseiro.- Folgada.- Ele disse com um sorriso de lado.


–Não sou não!- Eu disse me acomodando e cai no sono.




Notas finais do capítulo

E aê, o que acharam?? Mereço reviews?? Recomendações???? *-*
Ps: Sei que já toh parecendo um disco furado com essa mesma conversa, mas será que poderiam dar uma passadinha na outra historia("A última missão) que toh postando pleaaaacee??? Quero MUITO a opinião de voces. Preciso saber se devo continuar ou parar de escrevê-la. POR FAVOR dê uma olhadinha nela *-*
Até o próximo(que eu não sei quando vai sair u.u)
Kisses ^.~



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Love Of Friends, Love Of Lover.." morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.