K-idol Project - Vida De Trainee escrita por Den Falk


Capítulo 16
Decisions


Notas iniciais do capítulo

Eu demoreeeeei~ Mas é porque tentei escrever outras fics minhas e travei. Lembrem-se que estou tocando 3 projetos diferentes aqui. Então me perdoem, ok?
Prometi musicas, mas elas ficaram pro próximo >
Espero que curtam



Eles teriam meio que uma missão impossível, mas Myun Myun parecia não se importar com isso. O rapaz caminhava sorridente ao lado de DooJoon que levava RyoWoon pendurada no seu ombro. A menina protestava, esperneava, batia no irmão e fazia cara chorosa pedindo socorro para qualquer um por quem eles passassem. Certa vez Seungho quase veio ajudá-la, mas ao primeiro olhar de “mantenham distância” de DooJoon ele riu e se afastou.


O líder do Beast parou logo na beirada da piscina e colocou a irmã de pé com cuidado. Myunghyun parou ao lado de sua noona e a olhou curioso observando a cara de medo dela, parecia que ela nunca entraria ali.


―Eu fico dentro da piscina, você a convence a entrar. – Doojoon falou de repente tirando o mais novo da analise que fazia de RyoWoon. Esse por sua vez apenas assentiu e viu Doojoon pular na água – Não enrole – o mais velho falou rindo e indo até seus amigos que brincavam na piscina.


Ryon olhou para os dois lados e sentou no chão abraçando os joelhos. Não que ela fosse medrosa, mas ela já tentou entrar nessa piscina assim que chegou e viu que ela era muito funda. Não havia uma parte mais rasa como nas piscinas que ela tentava nadar, então qualquer coisa que fizesse de errado ela podia...


―Eu estou com você. – Gwiyeoun murmurou a olhando da mesma altura ao se abaixar – Estou com você, noona. Não vai se afogar. Eu e o DooJoon hyung vamos te ensinar a nadar.


A mais velha apertou os olhos com um pouco de força e suspirou.


―Eu sou covarde demais.


―Não é. Vem comigo e senta na beirada pelo menos...


Ela o olhou com um pouco de receio e virou-se para a piscina novamente. Assentiu de leve e abaixou na beirada molhando a ponta dos pés antes de sentar. A menina riu ao sentir a água fria lhe tocando e o mais novo sorriu junto. Logo estavam sentados balançando os pés na água e rindo de Yoseob e Doojoon que brincavam na água pulando apoiados nos ombros dos outros e os afundando.


―Ya, Ryonnie. Até o baixinho consegue ficar na água! Vem comigo. – Doo chamou a irmã zombando de KiKwang e a fazendo rir e balançar a cabeça negativamente.


Myun Myun ouviu seu nome ser chamado por um momento e disse que logo voltaria, os gêmeos queriam mostrar-lhe algo. Assim que o rapper do C2M saiu Ryo pareceu com medo de cair na água, ela olhou para a piscina e apertou os olhos de novo com força. Ao abri-los ouviu uma voz a chamar e um rosto preocupado a encarando.


―Tudo bem, RyoWoon-ssi? – KiKwang perguntou a olhando e apoiando-se na beirada ao lado dela.


―Ah... Uhum... – a Yoon resmungou e virou o olhar.


―Não quer tentar entrar? – ele perguntou com um sorriso gentil nos lábios e ela negou com a cabeça. – Nem se eu te ajudar?


―Uh-uhn...


Ele assentiu e se afastou por um momento, mas logo em seguida voltou com Junhyung que sorria divertido. Cada um parou de um lado da menina e KiKwang apontou para ela.


―A gente vai fazer cadeirinha. Vem. – ele sorriu e ela o olhou desconfiada. Ao perceber o olhar da menina ele pigarreou e Junhyung o olhou confuso antes de entender que deveria se pronunciar.


―Ryon, apóia um braço no ombro de cada um de nós que vamos fazer um apoio pra você com os braços, vem.


A morena piscou um pouco antes de assimilar que eles parariam de brincar com os meninos para ficar a carregando pela piscina. Ela não queria atrapalhar, então olhou para seu irmão mais velho vendo se o mesmo lhe dava permissão. Doo percebeu o olhar da pequena e sorriu em sua direção balançando a cabeça em sinal positivo, mas antes que ela pudesse descer ali Joker já segurava um de seus braços passando pelo próprio ombro.


―Os oppas vão cuidar da Ryonnie~ - ele cantarolou e ela riu apoiando-se nos dois rapazes e descendo até a água.


Sentiria-se muito constrangida se fosse apenas KiKwang ali a ajudando como ele havia proposto, então em partes sentia-se grata por ter Junhyung ali, mas em outras partes ainda mais constrangida por ser exatamente Junhyung ali.


―Junnie oppa...


―Uh? – questionou a olhando e sorrindo.


―Para de me balançar! – ela falou em um tom alto e KiKwang riu.


Os dois a levaram para perto de seu irmão e depois de não muito tempo Myun Myun estava de volta à piscina a procurando não muito feliz com o que encontrou ali.

Não era bom para ele pensar que sua noona poderia gostar mais de qualquer um dos dois rapazes amigos dela do que dele. Não era agradável e ele sentia umas pontadas fortes que reconhecia como ciúmes. Mas não seria preciso aquilo tudo, não tratando-se de RyoWoon e não no momento atual deles.


Joker colocou a menina apenas apoiada a ele para KiKwang poder se defender das brincadeiras de Yoseob e a morena sentiu-se melhor do que antes. Apoiou as duas mãos nos ombros de Junhyung que a ergueu nas costas para levá-la de cavalinho pela piscina. Ryon olhou para o lado e viu MyungHyun parado na beira da piscina, olhou para o outro lado e se deparou com o sorriso de KiKwang que sempre a deixava sem ar, mas parecia que aquilo tudo não lhe causava mais dúvidas. Ela não queria mais sofrer por um amor que nem sequer havia sido percebido, fitou um pouco mais o seu dongsaeng sorrindo em sua direção.


―Myunghyun! – ela chamou acenando e se desequilibrando um pouco das costas de Junhyung que riu a segurando.

O seu dongsaeng pareceu surpreso por ouvi-la chamá-lo e por um segundo passaram-se mais pensamentos por sua cabeça do que haviam passado por todas as vezes que pensou nela. “Ela está me escolhendo?” era o que mais ecoava na mente do rapper do C2M que olhava confuso o lindo sorriso de sua noona direcionado a si.


―Junnie oppa, me leva lá! – ela pediu afobada e Junhyung riu.


―Mas e se você fugir da piscina? – ele perguntou brincando.


―Pare com isso, anda! Eu quero ir com o Myun Myun... – murmurou de bico e Doojoon a olhou sorrindo.


―Deixa minha irmã com o Myunghyun-ah, Junnie. Ele é mais confiável que você. – o Yoon mais velho se pronunciou fazendo o amigo rir e começar a se mover com Ryon até o mais novo dentre eles.


Ela havia descoberto uma coisa enquanto dormia nos ombros de MyungHyun... Ela sabia que agora não precisaria mais chorar por um rapaz que não a ama e nem percebe sua existência. Porque Ryon sabia que ele sempre estaria consigo...


“Estou com você, noona.”


Ela sorriu de novo. Já sabia e dali por diante sempre saberia... Seu coração agora era de Myunghyun.



–x-



Donghae parecia mais animado que de costume. Eles já estavam passeando pela manhã toda e naquele início de tarde ele não parava de dizer que tinha uma surpresa para SooYang.


―Oppa... – Sooyang murmurou o olhando enquanto se balançava lentamente no brinquedo do parquinho.


―Sim? – Ele perguntou enquanto observava algo na direção daquele bosque. Sooyang estava mais que curiosa, estava ficando maluca com aquilo.


―O que pretende? – o rapaz franziu o cenho com a pergunta e sorriu fraco aproximando-se dela – Oppa...


―Eu quero fazer algo importante, mas acho que esqueceram de chamar seus irmãos aqui. – ele riu fraco e a encarou com um olhar carinhoso. – Talvez eu possa adiantar as coisas...


A menina piscou um pouco sentindo seu rosto esquentar. Eles estavam tão perto e ela esperava tanto tempo por algum contato maior, um segundo passo nesses encontros com seu oppa... Ela esperava poder chamá-lo de seu, que ele fosse logo o seu namorado.


―Q-Que coisas? – murmurou sentindo a mão dele lhe tocar a face com cuidado.


O rapaz acariciou o rosto da menor sorrindo de leve ao ver o sorriso mais lindo de todos ser desenhado nos lábios daquela que ele tanto admirava.

Sooyang havia o roubado completamente para si. Ele se sentia privilegiado depois de conversar com alguns dos dongsaengs dela que lhe disseram sobre seu sorriso. Quem diria que algo tão belo é escondido com frequência? Donghae sorriu e beijou-lhe a face respirando o seu perfume.


―Oppa... – ela o chamou abrindo os olhos e ele a olhou – Eu...


Ela sabia o que sentia. Achou que nunca mais sentiria por alguém que não fosse SangHo, mas agora sentia... E mais forte do que já havia sentido. Ela amava DongHae e sabia que dali para frente iria se esforçar por ele, lidar melhor com as coisas e as pessoas por ele. Ele a inspirava, a dava forças e a fazia bem. Era mais do que ela merecia, do que podia esperar.


―Eu te amo. – ele disse antes que a mais nova pudesse dizer. Soo o fitou um tanto surpresa por ele tê-lo feito com toda convicção. – SooYang-ssi... Quer namorar comigo?



–x-



―Pig, para de olhar pra HyoYeon noona... – Leon murmurou e o seu gêmeo virou o rosto.


―Ya, me deixa, Hwasaeng! - YonYeon resmungou.


―Pig... To falando sério... Eu sei que tem um dos sunbaes que também gosta dela! Não quero ver meu irmão se magoando.


―Mas... – o gêmeo moreno murmurou – Ela também pode gostar de mim...


―Mas não do mesmo jeito que você gosta dela. E eu tenho certeza que você não tomaria atitude nenhuma quanto a ela... Você ficaria que nem...


―Que nem você quando tínhamos contato com a Zinger noona e você nem sequer teve coragem de se confessar pra ela...


Leon fitou o chão e Yonyeon fez o mesmo. Era por isso que os dois tinham chamado MyungHyun. Queriam falar para ele não deixar de tomar atitudes por medo, não queria que ele e RyoWoon passassem pelo que já acontecia com ambos. Era difícil lidar com sentimentos já que entendiam a pressão que era gostar de uma menina mais velha... Que tinha alguém mais velho que eles também interessado.


―Acha que devo desistir? – YonYeonie questionou em tom baixo.


―Acho que não deve pensar nisso agora...


―E se eu tentar e falhar?


―Eu vou estar aqui pra rir de você quando você chorar. – o gêmeo de cabelos claro riu e o outro o olhou ofendido. – Brincadeira Pig... Eu vou te apoiar independente do que acontecer. Irmãos são para isso, não? E gêmeos pra aturar tudo.



–x-



Joorin havia passado boa parte do seu dia interagindo com os outros grupos e se desviando de Yoseob. Havia algo que precisava decidir e se ficasse o vendo com freqüência iria ter problemas para conseguir.

Ela pensava tanto sobre o fato de ter que abandonar cada sentimento seu... Ela não podia gostar dele, mesmo que tivesse certeza disso desde seus 7 anos de idade. Era difícil pensar em abandonar um sentimento que vive consigo desde tanto tempo e ainda por cima abandonar sem nunca ter tido nada. Chegar a ponto de terminar algo que realmente nem começou um dia.

EunJung era a pessoa que mais entendia RyoWoon por isso. Ela sabia como era difícil amar alguém por muito tempo e essa pessoa não corresponder ou nem sequer perceber seus sentimentos. Era o mesmo barco que as duas estavam, mas que ela incentivava a saeng a sair.

Ela passou pela piscina e observou o pessoal lá dentro. Myunghyun e RyoWoon brincavam junto com Doojoon, o que a surpreendeu. Sua bebê havia superado o medo? E as dúvidas ao mesmo tempo? Estava na cara o modo como ela olhava para Gwiyeoun, estava na cara a sua alegria e... Estava na cara o descontentamento de Kikwang.

Joorin colocou-se a analisar o rapaz que olhava para o lado vazio da piscina um tanto sério. Então ele havia percebido e nunca tinha tido coragem de tomar alguma atitude. Talvez estivesse bem em sempre saber que existia alguém que gostava dele, mesmo que ele talvez não soubesse como corresponder. Yoseob e ele enfim não estavam em circunstâncias tão diferentes.


―Daesang!


E falando nele... EunJung o olhou sorrindo fraco e ele saiu da piscina indo até ela e a abraçando todo molhado.


―Daesang fora da piscina?


―Não quero ir agora. Quero ficar observando. – ela falou sorrindo de novo para Myunghyun que segurava RyoWoon a ensinando a nadar. – Fico feliz por eles estarem cada vez mais próximos.


Yoseob sorriu.


―Todos ficaram. Menos KiKwangie... Mas todos nós também o avisamos.


―Ele... – Joorin começou.


―Eu o entendo. – Seob comentou antes mesmo que ela terminasse a frase que havia começado.


―Entende é? – a menina bufou e virou-se afastando-se dali.


O seu amigo fitou o chão. Sabia que estava errado com aquilo tudo. Por mais que fossem promessas de infância ainda havia um peso nisso. Ele havia dado muitos sinais de que um dia as promessas se cumpririam, estava acostumado a receber os sentimentos de EunJung, mas quando começou a ter olhos para outra pessoa a culpa o tomou. Ele deveria apoiar sua amiga agora e arrumar uma forma de ser perdoado por tê-la magoado.


A menina andava pelo bosque emburrada, teria que dar um basta na confusão do seu coração. Seu celular tocou e ela viu que havia uma nova mensagem.


“Joorin, me liga.

HS”


Antes que ela pudesse ligar para Hyunsu seu celular tocou de novo e ela abriu a nova sms lendo com calma para saber se poderia acreditar naquilo.



“EunJung-ah... Estou sentindo sua falta.

Sei que está viajando,

mas poderíamos nos ver quando

você voltar?

Sandeul”


Um sorriso se desenhou em seus lábios... Ao menos teria ajuda para apagar sentimentos passados e dar lugar a algo novo.

Ficou tão feliz que quase esqueceu de ligar para Hyunsu, mas logo outra sms do amigo chegou e ela ligou para ele.



–x-


Kyahnna havia comido com Onew no almoço e agora caminhava com ele conversando um pouco. Poderia pedir mais alguma coisa? Ela estava ali, em um lugar lindo, descansando e se divertindo com seus amigos e se aproximando de alguém que ela nunca imaginou se aproximar, ainda por cima seu bias.


―Kyahn-ssi – ele chamou e ela sorriu o olhando – Acho que seu celular está tocando.


―Ah! – ela assustou-se e começou a fuçar a bolsa derrubando algumas coisas, atrapalhada como sempre. Atendeu o telefone e pediu um minuto a Onew afastando-se um pouco. – Certo... Mas tinha uma van te esperando, Hyun? – o rapaz na outra linha respondeu positivamente e passou a explicar a situação. – Ok, você avisou a Joorin também? ... Ta... Quanto tempo? Ok, eu peço pra alguém te receber.


Assim que desligou foi até Onew e explicou-lhe a situação despedindo-se dele e avisando que iria procurar as suas saengs.


―Espero poder dançar com você na festa que irão fazer. – ele comentou e ela sorriu assentindo e se afastando.


HyunSu havia ligado para ela e para Joorin porque, segundo ele, pela manhã apareceu uma van no colégio e o professor lhe trouxe uma autorização de saída a pedido de RyoWoon. Parece que na van estavam alguns meninos que ele deveria reconhecer, mas não se recordou por ser desligado dos grupos rookies e um lugar para ele. Segundo o motorista eles chegariam em vinte minutos.


A líder caminhou até a parte próxima da piscina onde as gêmeas estavam conversando animadamente com Joorin, parecia que as notícias eram boas. Assim que ela parou ao lado das meninas Ryon a olhou alegre.


―Hyunnie e Peniel oppa já estão chegando? – ela perguntou evidentemente animada.


―Ah... Acho que sim. Hyunsu disse 20 minutos. Vão recebê-los?


―De biquíni? – as três questionaram pasmas e Kyahn riu fraco.


―Ok, eu vou recebê-los. Mas não vou sozinha...


Joorin pareceu pensar por um momento e em seguida avistou sua unnie passando por ali com Sun também do 2Morrow.


―Aniela unnie! – a pequena chamou acenando e SooYeon foi até ela com o amigo – Vocês poderiam acompanhar a Kyahn até a entrada do clube? Alguns amigos nossos estão chegando e tudo mais.


Os dois concordaram e então eles se afastaram indo junto a Kyahn até a entrada.


―Como fazemos com o aniversário do Doo oppa, Niika?


―Eu tenho um plano, Nyang.


―E por que a animação, Ryon saeng? – Joorin perguntou.


―Aprendi a nadar!



–x-



Sua irmã havia a deixado um pouco, mas pelo menos ela pode se divertir com seu oppa e se preparar para a festa com antecedência. Iriam comemorar um bom número de aniversários e isso a animava. Poderia dançar livremente e se divertir com a irmã e os amigos.


―SungMin oppa vai me ver dançar. – ela murmurou feliz e abraçou o seu ursinho. Era só esperar o horário da festa chegar.


A pequena viu sua omma passando perto de onde estava e foi ao encontro dela.


―Kya omma. – ela chamou e Kyahnna a olhou sorrindo.


―Doll da omma. – ela sorriu e abraçou a pequena – Não a vi o dia todo.


A pequena sorriu.


―Passei a manhã com o oppa.


Aniela e Sun pararam chamando a atenção de Kyahn.


―Uma van chegou, Kyahn-ssi. – Sun comunicou a menina.


―Quem chegou, unni? – Doll parecia confusa e a loira sorriu.


―Hyunsu.


HweYoon soltou um gritinho de animação e soltou a mais velha correndo para o local onde a van parava. Assim que abriram a porta e começaram a descer ela se acanhou um pouco.

Antes de Hyunsu descer alguns outros rapazes saíram.


―Hello – Peniel cumprimentou e Aniela sorriu para ele lembrando do rapaz no jogo. Logo em seguida Minhyuk também desceu cumprimentando a garota.


―Vocês que não foram no futebol nem falaram com eles. – SooYeon riu da timidez das outras meninas enquanto Sun observava a todos.


Ilhoon e SungJae também desembarcaram sorrindo animados com o convite que RyoWoon e o sunbae deles havia feito. Não demorou muito até que o último rapaz descesse tirando o óculos escuro e rindo com o susto de ser abraçado pela pequena Chocolat.


―Hyunsu oppa! – ela berrou sorridente ao vê-lo. A pequena realmente havia acostumado com ele junto ao C2M. Era como se ele fosse parte da família Come to Me.


―Calma, pequenininha. – ele riu e afagou os cabelos da pequena tirando o capuz.


Doll o soltou meio saltitante e assim que ele levantou o olhar parou por um segundo. Sun o fitava e ele, sem saber o porque apenas retribui o olhar. Era curioso ser observado daquela forma por alguém desconhecido e de repente o outro virou o rosto.


―Olá, sou o Hyunsu – ele cumprimentou o que o olhava e a Aniela com um sorriso.


―Venham, meninos. Ryon ta animada por vocês virem. – Kyahn falou e começou a andar sendo acompanhada pelos meninos do BtoB, Aniela e HweYoon.


―Eu sou o SunHyun. – Sun cumprimentou sorrindo meio sem jeito. – Mas pode me chamar de Sun.


―Sunhyun, Hyunsu... Que curioso – Hyun comentou e o mais velho sorriu de forma mais confortável. – Prazer em conhecê-lo, Sun hyung.




Notas finais do capítulo

MyOn ta quase lá, os couples dos gêmeos estão meio que com problemas pra eu colocar certinho. Espero que a Yaya não se incomode com as mudanças ;--; Na verdade eu queria shippar o YonYeonie com a Doll, mas a Doll é do Minnie e tal kkk
DongYang é reaaaaaaaaaaaal~
Joorin ta decidindo a vida dela, mas JungWoon sempre vai ser mais lindo u_u (e KyYang pra Kyahn unnie ficar feliz).
Tem muuuuuuuuuuita coisa pra eu engatar nessa viagem, vou arrumar isso e fazer depois da viagem mais dois caps, a competição e depois segunda temporada ^^ Tenho planos novos e espero que não me deixem.
Obrigada a quem ainda acompanha... De verdade.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "K-idol Project - Vida De Trainee" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.