O Jogo da Mentira escrita por LuanRicardo2012


Capítulo 8
Capítulo 7 - Os primeiros da lista.


Notas iniciais do capítulo

Bom gente, aqui nesse capítulo, vocês iram ler as primeiras mortes. Um baile surpresa também, como eu disse irá acontecer. Dedico para os novos leitores.




Os alunos acordaram assustados essa manhã do dia 28, a escola estava rodeada de folhetos. Havia em todas as paredes. Tom saiu do quarto, no começo achou que havia passado das limites e contaria toda aquela mentira para a escola. Mas depois pensou nas conseqüências e se ele fosse expulso outra vez de mais algum colégio, seu pai o ‘’comeria vivo’’.

   Tom avistou Travis no meio de um grupinho, olhando também os papéis como se não tivesse nenhuma culpa. Logo ele viu Tom, os dois se olharam com um pouco de medo e arrependimento.

   A escola inteira havia virado um caos, caso se você estivesse lá e passasse nos corredores ouviria todo mundo falando sobre isso. Mesmo assim as aulas aconteceram normalmente, mas no meio da aula, um pouco depois do recrio, a diretora passou nas salas de todos os alunos que cujos nomes estavam nos papéis. Tom, Alice, Travis e todo o resto se encaminharam para a diretoria principal.

Ficaram de pé, a diretora estava com um papel na mão.

   - Jason, Fabrício, Ahsley, Mark, Samanta, Gabirella, Tom, Travis, Bruno, Giselle, Bonnie, Alice. Todos vocês estão aqui. Quero saber agora se vocês tem alguma ligação com esse papel, ou sabem quem foi que fez essa barbaridade na escola? Falem agora, ou então depois será pior se eu descobrir. Estou avisando, falem agora ou então serão expulsos se eu descobrir mais tarde.

   - Não senhora, eu fiquei assustado igual os outros alunos ficaram, eu não tenho ligação nehuma. – Disse Bonnie.

   - É Bonnie, você uma das alunas mais inteligentes não iria fazer isso. Quero que dê um passo a frente alguém com alguma ligação sobre isso.

   - Eu não tenho nada com isso, e eu não vi minhas amigas Samanta e Giselle fazerem isso também – Disse Gabriella, uma patricinha com mechas rosas no cabelo.

   - É, também, acho que não seja vocês, sem querer ofender mais vocês três estão juntas desde a primeira série, e nunca aprontaram nada na escola.

   ( Não ouve resposta)

   - Bem – continuou a diretora, se ninguém de vocês tem ligação com isso, podem ir para as salas.

    - Não, eu fiz isso junto com meus amigos Travis, Alice e o resto da turma, tenho ligação e não quero ser expulsos muito menos perder o baile surpresa – Por um momento, Tom pensou que estava pensando alto e falando mesmo aquilo. Mas não havia dito nada. Todos iam caminhando para fora da secretaria quando a diretora, levantou-se:

   - Esperem, quer que fiquem e ouvem o que eu quero dizer, a escola inteira via escutar, vou ligar o rádio-controle e dar um aviso, ok? – A diretora ligou o rádio-controle que dava em todas as salas, na escola. E disse:

   - Alunos, quero todos vocês, sem exceção, agora no auditório principal, agora, espero que nenhum de vocês estejam fazendo testes, e os professores também podem vir, é agora. Estou encaminhando para lá e quero todos vocês lá em dez minutos. Obrigado, a direção. – A diretora desligou o rádio-controle e dessa vez virou-se para os alunos. – Vocês já podem vir comigo para o auditório.

   A diretora trancou a diretoria e seguiu até lá, em oito minutos, todos os alunos e professores estavam no auditório. A diretora estava no palco, lá em cima, o resto todos sentados em cadeiras aconchegantes, os professores, e até mesmo Tom, Gabriella e o resto do pessoal que cujo um assassino mataria um por um.

   - Parem de falar, todos.

   ( Calaram-se na mesma hora)

  - Primeiramente, vou falar sobre os papéis pregados essa manhã. Quero que todos esqueçam aquilo, já providenciei pessoas para rançarei um por um. Isso foi só alguém fazendo uma brincadeira de mau gosto, e assim que descobrirmos essa pessoa não estará mais na escola Light Night. Então não quero ouvir ninguém mais falando sobre isso. Segundamente é que hoje não haverá mais aula, - Ouve gritos de alegria – os professores iram ficar de férias prêmio, iram para a cidade ver as famílias, vocês também, mas não hoje e sim amanhã cedo. Hoje, aqui no auditório haverá um baile surpresa, que já não é mais surpresa – A diretora riu, os outros também – Todos os professores, eu e o resto dos ajudantes da escola iramos arrumar aqui, haverá um som, para todos dançarem, quero todos já arrumando para o baile, vão para os dormitórios e passem maquiagem e façam o quiserem, o limpador da biblioteca Sr. Drake irá distribuir máscaras, de vários personagens, sem escolhas as máscaras são unissex, mas quem não quiser colocar não será obrigado. Sr. Drake será o responsável por toda a escola hoje, pois eu também terei que ir à cidade hoje. Qualquer coisa pergunte a ele que estará na minha sala de direção. Podem ir para seus quartos se arrumarem, quando for oito horas de hoje, dia 28, vocês podem vir e aproveitar a festa que acaba ás uma da manhã. Obrigado. Agora se retirem do auditório. – Ouve uma gritaria e em cinco minutos apenas os professores, os ajudantes e a diretora estavam no auditório arrumando o baile.

   - Ei, Alice, tudo deu certo como a gente esperava. – Disse Tom, agora o grupo estava reunido, andando para os dormitórios.

   - É, ainda bem, fiquei vermelha na hora que eu estava na diretoria, pts nunca mais faço isso.

    - Mas teve bom que assustamos os alunos né. Hihi – Disse Mark.

    - Bom gente acho que vamos parar por aqui, nunca mais falamos nisso, finge que ninguém daqui sabe. – Alarmou Travis.

   - Ok, - Falou Mark, e o resto da turma concordou.

      -------//// -----------

   Passaram-se horas e horas. No dormitório feminino estava uma bagunça, as garotas saiam e voltavam outra vez para o banheiro e os quartos. No masculino estava mais calmo, mas uma bagunça também.

   Até que chegaram oito horas da noite, como o povo daquela escola era muito adiantado já não havia mais ninguém nos dormitórios.

   A festa começou muito animada, cheia de músicas remixes, e batidas eletrônicas. Todos estavam dançando, alguns sentados em mesas, a diretora e os professores não estavam mais ali. Apenas o Sr.Drake na diretoria. Eles haviam retirados todas as cadeiras do auditório (que de fato não eram pregadas no chão).  Nesse momento tocava a música Like a G6, que todos devem de conhecer né?

  Em uma das mesas, o grupo outra vez estava reunido. Alice, Tom, Travis, Mark, Bonnie, Ahsley e Brian.

  - Gente, vocês acham que alguém sabe que foi a gente que tramou tudo aquilo? – Perguntou Bonnie.

  - Para Bonnie, não vamos falar nesse assunto. – Disse Alice.

  - É mesmo gente será que alguém viu ou sabe e vai contar? – Dessa vez foi Mark.

  - Nossa, mas Mark e Bonnie estão numa preocupação, vamos esquecer esse assunto. – Disse Ahsley.

  - Ainda bem que ao menos o meu nome não estava na lista, - Disse Brian e saiu, entrou no meio da multidão, nínguem ligou para onde ele estava indo, porque aliás niguem ligava direito para ele, depois que ele rompeu o namororo com Ahsley, que partiu pra cima de Mark.

  - Concordo amor, mas isso é sério, mesmo sendo o tão sério, eu juro que não tocarei nesse assunto – Falou Mark, e beijou Ahsley.

  - Quer dançar Alice? – Perguntou Tom.

  - Hum, sim. – Ela disse e se levantou, Tom foi á frente levando-a para a pista.

  - Eu vou procurar uma gata gostosa. – Disse Travis se retirando.

  - E eu vou deixá-los á sós. – Bonnie também se levantou e foi para o meio da pista, deixando Mark e Ahsley sozinhos na mesa.

  - Amor, queria te dizer uma coisa. – Falou Ahsley.

  - Pode falar, gata. – Falou o negro.

  - No ouvido ok? Bem baixinho.

  - Melhor ainda. – Ahsley foi até o ouvido dele :

  - Vamos para o meu quarto, lá a gente pode fazer aquilo, enquanto é tempo.

  - Hum, lógico, uma trepadinha rápida sempre é bom. – Disse Mark e se levantou com Ahsley, encaminhando para o dormitório feminino.

     -----------//---------------

   Um pouco longe dali, dentro da capela abandonada, dois caras loiros e de olhos azuis, irmãos gêmeos, Jason e Fabrício, cujos eram os primeiros nomes na lista do tal ‘assassino’. Estavam numa conversa muito rígida.

   - Olha irmão, aconteça o que acontecer, eu sei, sei que aquele grupo se encontra a noite nessa capela. Desde o começo do ano. Eu na maioria das vezes vi, e tenho quase certeza que foram eles que tramaram tudo. – Falou Jason, o maior deles e mais magro.

  - Eu também sempre despistei daquele grupinho infernal. Sempre. – Falou o outro, Fabrico, cujo tinha uma pinta preta grande do lado da boca.

  - Vamos, no Sr. Drake, agora? Vamos contar tudo que sabemos, e quem sabe ganhamos até uma graninha? ( Jason e Fabrício só pensavam em dinheiro.)

  - O que estamos esperando? – Fabrício e Jason correram até a porta da capela, mas assim que saíram deram de cara com o assassino que de fato ninguém sabia, nem mesmo eles.

  - Oi, porque não está no baile? – Falou Jason.

  - Hahahah, você quer mesmo saber porque eu não estou? – Disse o assassino.

  - Não, não queremo...- Jason iria terminar a frase quando um arame farpado atingiu o corpo dos dois de uma vez só, amarrando os dois juntos, ( havia mais alguém ali), logo depois o primeiro assassino pegou uma caneta pontuda de seu bolso e com toda a força enfiou na bochecha de Jason que não conseguia mais falar, foi muito rápido em questões de segundos, depois o assassino retirou a caneta e enfiou no pescoço de Fabrício, fazendo-o parar de respirar. O segundo assassino que os amarrou dessa vez tirou uma faca do bolso de trás e enfiou três vezes no peito de cada um. Logo depois os dois assassinos jogaram o corpo amarrado de costas um para o outro de Jason e Fabrício na floresta que saiu rolando ladeira abaixo.

  - Eles não poderiam contar.

  - Não mesmo. – Hahaha – Ouve risos altos.

  - Quem são os próximos da lista mesmo? 

  - Ah, você sabe quem, agora as coisas começam a piorar,aqueles idiotas. Nunca se esqueça: evitar suspeitas, manipular os amigos e eliminar os inimigos que dessa vez será os nossos amigos. Hahaha. -Essas últimas palavras soaram bruscamente. Eles estavam a caminho do dormitório feminino.



Notas finais do capítulo

Bom, quem vocês acham que são os assassinos? Gostaram? O que ficou ruim? Reviews? =D Próximo capítulo em poucos dias...