O Jogo da Mentira escrita por LuanRicardo2012


Capítulo 12
Capítulo 11 - Veneno de rato.


Notas iniciais do capítulo

Bom gente, estamos nos momentos finais da história. Faltam depois desse dois ou três capítulos.
Se quiserem mandem recomendação ok? Obrigado.




- Tom você não devia ter falado daquele jeito com Alice. Ela ficou bem ruim quando você disse, que até chorou. – Disse Travis, os dois estavam dançando na festa.

  - A vei, mas isso é sério. Você sabe se a Ahsley apareceu?

  - Não sei não. Acho que devemos levar isso mais a sério, mas não ficar jogando na cara dos outros que não se pode confiar igual você fez com todos nós.

  - Me sinto culpado, por dizer aquilo com Alice. Acho que eu amo ela, mas tenho medo de dizer. Eu nunca fui um garoto que pega pra namorar um, dois meses. Eu só aproveito e jogo fora, sabe como é né? Mas com Alice foi bem diferente.

   - Fala com ela. Seu eu fosse você faria isso.

   - Eu vou, mas Travis faz um favor pra mim? Vai no quarto dela e olha se ela está melhor?

   - Ta, só porque você é meu amigo.

   - Eu vou te esperar, aqui na porta do auditório.

   - Ok.

   - Ah Travis, olha também se tem novidades da Ahsley.

   - Ta, mas me espera na porta ok? Não quero ficar te cassando pela festa.

   - Pode deixar. – Mark saiu, e Tom ficou ali na porta o esperando.

  Tom pode avistar Travis entrando no dormitório feminino.

     -------------//-------------------

   Dentro do dormitório, Travis estava passando em frente os quartos, o de Ahsley era a primeira porta, e o atraiu bem, pois de lá dentro vinha uma conversa, e o que era aquilo? Espera era a voz de Ahsley mesmo que Travis estava ouvindo? E o que era aquelas vozes? Gemidos? Travis ficou com muito medo, subiu um arrepio em todo seu corpo, não sabia se ia até o quarto de Alice, pois ali estava mais interessante. Sabia que havia alguma coisa acontecendo. Travis se dentro do quarto de Ahsley abaixou apoiando-se nos joelhos, e tentou olhar dentro do buraco da fechadura, mas estava muito embaçada a visão, então colocou o ouvido direito contra a porta para tentar ouvir o que ela estava conversando e com quem.

  -------------//--------------

   Na porta do auditório estava Tom, sentado esperando. Depois um tempo, chegou Bonnie correndo, estava saindo do dormitório feminino. Veio em direção a Tom falando de longe:

   - Tom, pelo amor de Deus, temos que sair daqui, é ele, ele vai te pegar e depois vai pegar todo o resto da lista.

    - O que você está falando?

    - O Travis, ele está matando pessoas, Ahsley, Mark, Fabrício, Jason, Samanta e Gabriella. Você é o próximo. Eu não estou brincando.

    - Porque o Travis? Eu não estou te entendendo Bonnie.

    - Olha, se eu fosse você não esperaria ele chegar, ele vai te matar, como fez com os outros.

    - Cadê Alice? – Perguntou Tom preocupado, os olhos de Bonnie estavam cheios de água.

    - Alice está na capela escondida. Eu e ela escutamos uma conversa vindo do quarto de Ahsley. Ele está lá dentro, não estou brincando temos que sair daqui.

    - Vamos no Sr. Drake.

    - Não você está doido, ele vai saber sobre toda a lista, escuta o que eu estou te falando, vamos a gente tem que ir para a capela abandonada.

    - Ta bom. Eu vou no dormitório feminino ver o que está acontecendo.

    - Não, não vá Tom. – Disse Bonnie puxando o braço dele.

    - Bonnie, se isso é verdade, porque ninguém ainda viu o sangue no banheiro?

    - Não há mais sangue lá, alguém limpou, não sei quando nem como, mas temos que sair daqui.

    - Ta bom, eu vou, com você. Isso está começando a fazer sentido, por isso ele estava distante de nós todos nós. Mas e o Brian?

    - Nem sinal do Brian, não sei, onde ele está.

    - Nossa, mas como você soube que era Travis?

    - Eu já te falei, eu e Alice ouvimos uma conversa muito sinistra vindo do quarto de Ahsley.

    - Com quem ele estava conversando?

    - Com alguma garota, deve de ser as últimas da lista, antes de você. Agora vamos.

    Bonnie e Tom correram e entraram na capela abandonada. 

    -----------------//-----------------------

    No quarto de Ahsley:

    - Suas vagabundas, agora engulam essa porra de rémedio, vai ajudar á vocês sararem.

    - O que é isso? Hann? Ahsley? - Dizia sonolento, querendo ficar acordada Gabriella.

    - Coma isso e beba a água. Isso irá fazer vocês sararem e ficarem acordadas.

    - Tá bom. - Bem devagar, Gabriella, abriu a boca e Ahsley tacou o comprimido e a água dentro da boca dela, logo depois foi Samanta. As duas desmaiaram completamente, ficando roxas. Em cima da cabeçeira da cama podia-se ler um potinho com vários comprimidos escrito ' Veneno De Rato'.



Notas finais do capítulo

Bom gente, momentos decisivos. Nos próximos e últimos capítulos, você caro leitor saberá quem são os outros assassinos, o motivo de tudo isso, e se algum deles sairá vivo dessa. Na minha opinião, se você prestar bem atenção, saberá quem são os assassinos.