The Shield escrita por MahSpoladorMoreira, Sandy


Capítulo 51
Capítulo 50: E Que Venha O Ano Novo!


Notas iniciais do capítulo

Boa noite meninas!
Agradecemos de todo o coração os reviews que recebemos! Muito obrigada!
Aproveitamos esse post para desejar um Feliz Ano Novo! Tudo de bom para cada uma de vocês, e um 2012 incrível!
Esperamos que gostem ^^
Beijos,
Dyy e Máh.




Bella Pov

Eu acordara com a casa ainda silenciosa naquela manhã. Deixei Edward dormindo e fui até o quarto de me pai. Ele estava acordado mexendo nos cabelos de Lisa idênticos aos nossos. Lisa dormia por cima do peito dele como costumava fazer com Edward porém quando dormimos os três na mesma cama ela coloca os pés em mim. Sorri olhando para os dois, e lembrando de nossa pequena família...

Meu pai ao perceber minha presença fez gestos para eu descer. Quando eu estava chegando à cozinha ele descia as escadas.

- Bom dia querida. -disse-me abraçando.

- Bom dia papai.

- Dormiu bem?

- Sim, os bebês dormiram durante quatro horas e quinze direto. – sorri lembrando a noite bem dormida –pelo menos um pouco- abraçada a Edward.

- Isso é bom, estão acostumando com a rotina. – ele sorriu acariciando meus cabelos um pouco bagunçados.

- Realmente... Quem não dormiu muito bem foi Edward. – eu ri.

- Oh, por quê? Estranhou a cama?

- Nada... Ele estava se roendo de ciúmes por Lisa preferir dormir com você do que com ele!

- Mentira?- ele gargalhou- Lisa irá sofrer quando tiver namorados...

- Nem sonhe com isso. Ele foi dormir de bico acredita?

- Ele ama vocês. Muito. Não mais que eu devo admitir. - disse ele com ciúmes também. Mereço homens assim? Apesar que acho difícil alguém amar mais nossa família do que Edward. Nossa pequena família... Linda. Doida, mas linda!

- Deus, o que será de mim se continuar tão gostosa?

- Hahaha. Muito engraçada você Isabella Swan.

- Papai... Vocês são possessivos demais. Como foi a noite da minha menina? – perguntei.

- Ela me ama. Nós vimos desenhos até as 23h30min. Depois agente desenhou e brincamos de casinha.

- Sério?

- Lógico, aprendi a fazer cupcakes para tomar com chá.

- E que horas dormiram?

- Não sei, porém passava das duas da manhã. - ele sorriu, eu fiquei imaginando a farra que eles tinham feito.

- Bom vou levar café para a minha princesa. – peguei uma bandeja e coloquei tudo que ela mais gostava desde cereal a panquecas com carinhas e muito chocolate. Afinal, era o último dia do ano!

Deixei a bandeja no criado mudo, e me deitei ao seu lado, beijando e acariciando seus cabelos macios...

- Princesa?

- Ainda não vovô tá cedo- ela disse se virando e tampando com o travesseiro, típico dela.

- Não é o vovô mas eu trouxe umas panquecas com chocolate... De dar água na boca. – sorri quando ela retirou o travesseiro lentamente do rosto, dando um sorriso sapeca.

- OMG mamãe, eu quero eu quero!

- Nem um bom dia?- ela veio até mim sorrindo, me beijou e abraçou.

- Bom dia mamãe. Eu te amo.

- Own amor, a mamãe também te ama viu? Muito, muito, muito, muito. Desculpa ela por ontem tá? Ela só tava um pouquinho cansada, mas já passou e eu prometo não gritar mais com você.

- Ok mamãe, eu sei que sou irresistível, - lá estava Lisa de volta- Mas eu ainda quero panquecas! Muitas!

- Mas eu trouxe para nós duas. – sorri.

- Três- um Edward com cara de sono e sem camisa adentrou o quarto. – Pensando o que? Eu também quero participar da farra! – sorri mais ainda.

Realmente virou uma farra. Papai teria que trocar o lençol, pois ele ficou sujo de tanto chocolate. Parecíamos três crianças... Parecíamos o trio de alguns meses antes...

(***)

- Mamãe eu tenho que ficar linda anda!

- Mas amor você é linda! – falei sorrindo.

- Tenho que ficar mais né?- ela fez a bela carinha de ‘óbvio’ que só ela sabe fazer. Estávamos todos vestidos de acordo com a nossa decoração. Branco, azul ou prata. Edward e meu pai ficaram de arrumar os gêmeos, enquanto Lisa e eu ficávamos prontas. Tomamos banho de banheira, com direito a sais e pétalas de rosas. Lisa estava linda, em seu cabelo lisíssimo fora difícil, mas consegui fazer alguns cachos. Como ela mesma disse: Sexy! (Lembrando da Mari agora//Dyy).

Fizemos um jantar simples, mas maravilhoso. Tudo bem feito e estávamos num clima aconchegante... Acho que todos estávamos fazendo o certo nos últimos minutos do ano. Charlie se retirou, disse que precisava refletir sozinho um pouco, para começar bem o novo ano... Rosalie e Emmett estavam afastados num canto, abraçados. Carlisle e Esme e Alice e Jasper faziam o mesmo. Eu, Edward, Lisa e os gêmeos estávamos juntinhos, conversando e brincando. Eu tinha em minha mente os pensamentos perfeitos para um excelente começo de ano. Eu só precisava de paz, amor, união, Edward e meus tesouros: Elisabeth, Thomas e Peter. E com eles, eu já seria a mulher mais feliz do universo!

Aguardávamos a tão esperada meia noite, todos ansiosos! Quando os sinos trilaram e fogos coloriam o céu Edward, eu, Lisa e os gêmeos nos abraçamos e aquela era nossa perfeita família. Unida, sempre.

Elisabeth Pov.

Meu Deusinho! É um ano novo inteirinho agora! Estou tão emocionada!

Principalmente porque eu voltei a conversar com a mamãe e ela me pediu desculpas! E tomamos banho juntas, e está tudo tão bem...

É o primeiro ano com os meus irmãozinhos, e eu estou muito feliz. Morro de ciúmes às vezes, mas farei o melhor para ser uma irmã mais velha excelente. Eu amo toda a minha família!

Papai, Mamãe, Thomas e Peter! Vovó Esme, vovô Carlisle, vovô Charlie, tia Alice, tio Emm, tia Rose e tio Jazz!

E tem o Anthony também... Acho que logo seremos namorados!

Edward Pov.

Minha família...

Acredito que se me perguntassem um ano antes, o que eu não viveria sem, eu responderia na hora: Sexo, bebida, festa, dinheiro e muitas mulheres.

E agora? Não vivo sem uma única mulher, uma garotinha e dois bebês. Simplesmente isso. Não preciso de mais nada.

Quando deu meia noite, apenas olhei e sorri para Bella calmamente, antes de nos abraçarmos, nós cinco. Ficamos alguns bons e perfeitos minutos juntos, comemorando, para só depois irmos até os outros, e trocarmos vários abraços. Esse era o começo de ano que eu sempre sonhei.

Esperamos todos se acalmarem para brindarmos, e depois de mais algumas horas, cada um foi para seu próprio quarto. Lisa resolvei que dormiria com Carlisle e Esme, e confesso me morder de ciúmes por isso.

Eu e Bella colocamos os gêmeos em suas ‘caminhas’ juntos, observando um pouco enquanto eles entravam num sono profundo depois de mamar bastante. Acho que eu nunca me recuperaria do ‘choque’ de ficar vendo os dois pequenos mamarem, era simplesmente perfeito!

Deitamos juntos, bem abraçados. Fiquei acariciando suas costas...

- Tudo passou tão rápido! Nove meses, um ano...

- Com certeza... Mas foi uma rapidez boa.

- Certamente... As vezes nem acredito que nossos meninos já nasceram!

- Nem eu. Foi tão surreal.

- Te amo. – ela falou baixinho, se aninhando em meu peito.

- Te amo mais minha princesa...

Comecei a cantarolar para ela uma música que eu amava, e logo ela ressonava tranquilamente. Resolvi fazer o mesmo, já que teríamos longos dias por vir, e possivelmente, uma longa noite com os gêmeos...