The Shield escrita por MariSpoladorMoreira, Sandy


Capítulo 38
Capítulo 37:Vaso...O quê?


Notas iniciais do capítulo

Olá meninas, como vão?
Obrigada pelos maravilhosos reviews, são nosso combustível! Bem vindas leitoras novas, esperamos que gostem ^^
Desculpe pelo atraso no post *foge das pedras*
Máh
*-*-*-*-*
Heey Grils. Chegamos tarde né? mis enfim o que imports é que o capítulo ficou pornto, saindo diredo do meu word! Esperamos que goste. Onrigada a todas vocês, pelo carinho dedicação, e cometários. Bem vindas as novas, e que apareçam as fantasas. Beijos meninas. Até sexta.
:**
Sandyy




Edward Pov.

Depois da descoberta fantástica que além de minha princesa, terei dois meninos, a vida ficou uma loucura. Lisa finalmente se animou com a gravidez, e está totalmente louca com a chegada dos irmãos. Bella ficou e está muito emocionada, sempre chorando, sempre sorrindo, num humor inconstante.

Minha mãe, Alice e Rosalie estavam enfurecidas, comprando coisas e mais coisas, descarregando ‘toneladas’ de acessórios, roupinhas e brinquedos para os bebês todos os dias. Levaram coisas para Lisa também, para que não houvesse ciúmes ou briga. Está tudo uma verdadeira bagunça!

- Amoor, venha aqui, por favor? – Bella chamou toda dengosa, parecendo uma gatinha rolando na cama.

- Olá querida, do que precisa? – falei indo ao seu encontro.

- Preciso do meu namorado lindo, e do corpo maravilhoso dele... – ela sorriu maliciosa.

- Seu desejo é uma ordem princesa... – sorri deitando suavemente sobre ela – E Lisa?

- Dormindo como um anjo... – ela sorriu – Logo essa posição será temporariamente descartada da nossa rotina... – ela falou vermelha.

- E é para isso que outras várias posições existem... Sem sexo não ficaremos... – ela corou mais e me beijou.

Sua camisola facilitou (e muito!) meu trabalho. Bastou uma puxada, e ela já estava nua, pronta para mim. Desci meus lábios até seus mamilos rijos, lambendo e chupando cada um deles com atenção especial, enquanto meus dedos trabalhavam freneticamente no clitóris excitado. As mãos de Bella se emaranhavam em meus cabelos com loucura, e pequenos gemidos deixavam sua boca, me causando arrepios.

- Pare... Pa.. Pare de torturar... – ela gemeu.

Contrariando seu pedido, desci meus lábios até sua intimidade, dando uma breve lambida, que fez com que Bella pulasse na cama, totalmente excitada.

- Por Deus Edward, agora! – ela gritou em meio a risinhos excitados.

Rapidamente me livrei da minha camiseta, com a ajuda de Bella, e joguei a calça e a boxer longe, penetrando seu corpo com avidez e cuidado ao mesmo tempo, enquanto a beijava quase que insanamente. Meus movimentos eram rápidos e fundos, mas nada que machucasse as crianças. Ambos gemíamos alto, perdidos em prazer...

- Vou... Agora. – ela falou mordendo meu pescoço, pouco antes de atingirmos um orgasmo enlouquecedor.

- Eu te amo - falei. Gostava de deixar isso bem claro, para que não houvessem inseguranças entre nós dois.

- Eu também te amo, demais...

Ficamos ainda boas horas nos divertindo, e só depois tomamos um banho juntos, e fomos dormir. No dia seguinte, levaríamos Lisa a um jogo, e Bella precisava muito descansar.

*-*-*-*

Final de liga dos campeões é sempre a mesma coisa, um jogo de noventa minutos mais prorrogação e por fim decisão nos pênaltis. Por fim? Perdemos. Estávamos indignados. Bando de jogadores filhos da puta. Sem mãe desgraçados. Ainda por cima estávamos em um engarrafamento para irmos para casa.

-Mamãe, vocês já escolheram o nome para meus irmãos?

-Ainda não florzinha.

-Eu acho que deveriam chamar Edward Junior um, e Edward Junior dois.- respondi

-Ount pap... Amorzinho! Que feios.

-Um tem sugestões?-perguntei a ela.

-Não, só curiosidade. Mamãe?

-Sim lisa?

-Posso pedir uma coisa?

-Claro bebê.

-Eu... ér posso escolher um nome? Quer dizer são dois né? Aí se vocês não se incomodarem, mais qualquer coisa também não tem problema, vocês podem escolher- ela estava corada. Aah minha bebê.

-Claro que pode amor. Já tem algum? – perguntei

-Não quando eu olhar para a carinha dele, vou pensar.

-Filha você é a bebê mais linda do mundo! –disse Bella virando para trás.

-Mãe! Bebê não né?!

-Filha...- repreendeu Bella.

-Tudo Bem, só entre agente tá? Perto do Anthony não!

-Ok.- Dei um fim na discussão.

-Amorzinho?

-Oi bebê.

-Affs.- ela resmungou pelo bebê-  Enfim você já cortou seu... Aí como é o nome mesmo?- ele se perguntou formando uma ruginha entre as sobrancelhas pensando, como se procurasse algo fundo em sua mente. – Ah claro, lembrei. Amorzinho você já cortou seu pênis?- nessa hora eu engasguei com a minha própria saliva, Bella me olhava com os olhos arregalados, e de repente começou a rir. Lágrimas saiam dos olhos de Bella, de tanto que a mesma ria.

-Bella! – reclamei. –Lisa de onde você tirou isso?- olhei atônito para ela.

-Ué, mamãe você não disse para ele?

-O quê?- perguntei alarmado.  

-Sobre?- Bella perguntou

-Sobre tampar a entrada para bebês.

-Mais como você chegou a essa conclusão?- perguntei.

-Ah, eu contei para as meninas da minha sala que teria dois irmãos de uma vez. Aí a Kelly disse que a mãe dela depois que teve a irmã delas esses dias atrás disse para o papai dela cortar sabe? Porque ela não iria entrar no hospital para tampar a entrada para bebês. Ai o papai dela cortou o pênis.Aí o Tony falou que não ia cortar o dele quanto tivesse mais velho, porque se não nunca mais ia fazer xixi. – ai meu deus, onde o mundo iria parar dessa forma?

-Lisa, essa palavra não deve ser dita, por uma mocinha. E o papai dela não cortou ô dito cujo. Ele só fez um piquezinho! Nada de mais isso se chama Vasectomia.- e Bella? Só ria.

-Vaso... De quem? – lisa perguntou. -Que seja! Eu quero que você tire esse vaso aí porque eu NÃO  quero mais irmãos! Já está de bom tamanho. A nossa casa não está mais cabendo de tantas coisa.  

-Realmente Bella nós devíamos nos mudar para uma casa maior, antes de você colocar os bebês no mundo.

-Mamãe? Como eles vão sir daí? Você vai fazer xixi?

-Não amorzinho. Eles vão abrir a barriga da mamãe. Você lembra quando mamãe te mostrou?

-Ah, é do mesmo jeito?

-Claro.

-Bem, nós bem que podíamos, ir casa do vovô, ele disse que iria fazer pizza pra mim.

-Vamos lá então- disse virando o carro em direção oposta.

-Edzinho, eu ainda não esqueci do vaso tá? Você tem que tirar antes da mamãe colocar os irmãos pra fora ok?

-Claro claro Lisa. Vou pensar na situação.

-Não você não tem que pensar, é fato. Né mamãe?- pronto lá vamos nós outra vez! Bem vindo à vida de pais.

*-*-*-*

Depois de lisa contar atentamente sobre a vasectomia para meu sogro, comer três pedaços de pizza, que ele mesmo preparou para ela, e de dançar, contar sobre o jogo, ela finalmente dormiu.

-Corta a entrada para bebês?- Charlie riu, enquanto eu colocava Lisa em sua cadeirinha.

-Pois é. Ela está cada vez mais esperta, está me enlouquecendo- ri junto com ele e Bella.

-Bem nós já vamos, amanhã Edward tem que ir trabalhar.

-Tudo bem. Eu busco Lisa,- disse Charlie.

-E Anthony – completei. – até depois.

*-*-*-*

-Amor, você não vai cortar seu pênis não né?- disse Bella rindo, enquanto estávamos deitados.

-Nem pense nisso.

-É melhor, se não terei que fazer uso de vliblarores. – abraçamos na cama e dormimos. Só mesmo a minha bebê para falar essas coisas.