The Shield escrita por MariSpoladorMoreira, Sandy


Capítulo 25
Capítulo 24: Meninos? Oi?


Notas iniciais do capítulo

Olá meninas. Bem obrigada por tudo. Bem vindas as novas leituras. Adorei os Comentários.
até domingo.
Beiijos ;**
Sandy
*-*-*-*

Hey meninas, tudo bem?!
Obrigada pelos reviews incríveis que vocês tem mandado, leio todos, e amo cada um deles, mas, não tenho tempo para responder :/
Bem vindas leitoras novas, e meninas, obrigada, a cada uma de vocês! Vocês são demais!
Esperamos que gostem ^^
Máh




Bella PDV

- Bella! Já acabamos a reunião. Obrigada por demorar.

- Desculpa gente. Coisinhas de ultima hora. - se tivesse coisinhas de ultima hora assim sempre eu seria o ser mais feliz do mundo...

- Tudo bem né Bella?

- O que Alice?- acho que a deixei falando sozinha.

- Disse que hoje eu irei sair ás dez. Vou encontrar com o Jazz tá? – ela parecia uma fadinha falando docemente.

- Claro. Pode ir tranquila.

(...)

Depois que Alice saiu fui até a minha sala, tinha uns desenhos inacabados, que seriam as peças para o inverno. Estava distraída até meu celular tocar em algum lugar da minha bolsa. Na pressa, atendi sem ver quem era.

- Alô! – praticamente gritei.

- Bella? Você estava correndo?

- Oh, Edward não tecnicamente. Só procurando o celular. - ele riu descaradamente.

- Imaginei que fosse isso. Chegou muito atrasada?- ele riu maliciosamente.

- Não. Só perdi uma reunião. Nada de importante

- Bella, é sério?- eu ri do desespero dele.

- Bem sobre a reunião sim. Mais Alice me substituiu com êxito.

- A baixinha é demais. Bem agente pode almoçar juntos?

- Não sei Edward... Alice saiu com o Jasper. Ainda tenho que buscar Lisa na escola. E também não há ninguém para tomar conta da loja.

- Bem, eu busco a Lisa, e comemos aí. Pode ser?- ai que lindo.

- Claro, vou esperar. Era só isso?

- Bem, não. É que Lisa comentou que o aniversário dela está perto. Bella vamos fazer a festa. Deixa... - sua foz era a mesma manhosa de Lisa.

- Edward... Não sei... Já está muito perto. E aqui com essas reformas, está uma loucura...

- Se você não se importar a minha mãe, Rose e Alice podem ser de grande ajuda. Assim não será tudo pra você resolver.

- Claro. Sendo assim podemos conversar. – sorri rodopiando na cadeira.

- Bella? É surpresa hein, ela vai adorar.

- Tenho certeza que sim, principalmente porque é o amorzinho dela que vai preparar... – falei.

- Será que sou o amorzinho da mãe dela também? – perguntou ele, safado.

- Quem sabe... – eu ri – Agora preciso trabalhar...

- É, eu também. Então, até logo Bella.

- Até. – falei baixinho, triste por desligar.

- E... Ah! Eu te amo. – falou, fiquei emocionada.

- Eu também querido...

(...)

Edward POV

-Papai! – ela já saiu da escola elétrica. -Não acledito! Você veio me buscar também!

- Vim sim lindinha.

- Ai que demais amorzinho.

- Vamos?

-Espere aí.

- Por quê?

- Os meninos ainda não despediram de mim. – meninos? Oi?

- Mas Lisa...

- Tchau Lisa - disse um dos menininhos de um trio.

- Tchau, Braddy

- Tchau, Lisinha

- Tchau, Tommy

- Tchau Lisabeth

- Tchau, Teddy

- Elisabeth Swan, que rapaziada é essa? – perguntei no carro.

- Ora papai, são meus amigos. – ela falou peralta.

- Pelo amor de Deus, você já vai matar seu velho pai?

- Você não é velho! – ela riu – Matar? Porque?

- Não quero você perto desses monstrinhos... – falei.

- Nada mais pode ser feito papai... – ela falou séria.

- Como assim? – perguntei impressionado com o palavreado da monstrinha quando queria.

E eu estava inutilmente discutindo com ela...

(...)

Eu ainda estava perplexo quando entramos na loja.

- O que foi aquilo? – perguntei novamente.

- Amorzinho, ele só me deu tchau!

- Lisa, eu vi nos olhos deles... Não quero você perto deles! – repeti.

- Mas Eddie...

- Nem vem. – falei – Sou seu pai, acho que ainda mando em você.

- Ou não... – ela disse rindo. Rindo da minha cara!

- Ora Lisa, escute aqui eu...

- Gente que caras são essas?

- Mamãe acredita que o Edward Cullen está com raiva de mim por causa dos meninos?

- Meninos? Aposto que aqueles lá já tem até... - eu iria dizer ‘pentelhos no saco’ mais não né?

- EDWARD! Não termina! – Bella gritou.

- Bem. Qual o evento para agente tá aqui hein?- perguntou Lisa.

- Nada filha só um almoço.

- Estava pensando aqui. Se eu não posso ter, irmãos meninos, nem um namorado- ela olhou para mim- Nem uma festa- agora ela olhou para Bella- Posso ter um cachorro?

- Filha agente mora em apartamento...

- E?

- Não temos espaço para um bichinho de estimação... – Bella falou rapidamente, fugindo do assunto.

O que foi difícil, porque Lisa era insistente quando queria algo.

(...)

-Bella preciso de sua opinião! -Alice entrou espevitada- Ué perdi alguma coisa?

- Oii, tia All.

- Lisa! – ela nos olhou com aquele olhar: Depois vocês me pagam.

Ou melhor: Quero saber de T-U-D-O.

Bella Pov

- Vocês estão namorando?- disse ela depois de Edward ir para o trabalho e Lisa com Ângela, minha secretária.

- Não.

- Noivos?- ia só piorar depois que ela viu nosso beijo de despedida.

- Não. – falei nervosa.

- Aff! Estão ficando?

- Não sei Alice. Ele não disse nada. Então estamos algo como ‘enrolados’. Satisfeita?

- Lógico que não! O que vocês fizeram? – ela sorriu maliciosa.

- Nada.

- Conte Bellita! – ela batia palmas histericamente.

- Nada que você precise saber, agora vamos trabalhar!

- Você me paga Isabella Swan. – falou ameaçadora.

Durante o resto do nosso trabalho, eu a via me fuzilando com os olhos. Era uma louca mesmo...

*2 semanas depois*

Depois de muita correria. Estava quase tudo pronto para festa surpresa da Lisa. Esme, Rose, Alice e eu trabalhamos muito, mas para a minha princesa valia a Pena. Tudo surpresa. Era difícil.

Ainda mais que eu a acordava cheia dos mimos. Ela não ia à escola. E hoje teria que agir como se esquecesse, inclusive Edward ia tentar enrolá-la.

Ele a levaria para um passeio, como se nada estivesse acontecendo. Tudo estaria acontecendo às escondidas, totalmente.

Organizamos o enorme salão de festas do nosso prédio, tudo do jeito que eram os sonhos dela. Arrumamos tudinho impecavelmente. Edward disse para a pequena que a levaríamos para jantar em comemoração, e ela acreditou. Ele daria banho nela, e a vestiria a altura da festa.

- Será que eles vão demorar? – Alice estava nervosa.

- Acredito que não, Edward disse que mandaria uma mensagem quando estivessem chegando.

- Oh, certo. – ela tentava, mas não parava quieta.

Meu celular vibrou uma única vez, e eu olhei rapidamente.

‘’Princesa chegando. Eddie.’’ Dizia a mensagem.

- Estão chegando! – falei.

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! – Alice deu um berro que assustou a todos.

- 3,2, 1! – falei, e a porta abriu.

- Parabéns pra você...! – entoamos todos juntos.

- CONTINUA –