The Shield escrita por MariSpoladorMoreira, Sandy


Capítulo 17
Capítulo 16: Um Mundo Recém Descoberto.


Notas iniciais do capítulo

Boa noite meninas!
Muito obrigada pelos reviews maravilhosos que vocês mandam! É o que nos dá força!
Esperamos que gostem! *eu e Sandyy corremos desesperadas das pedras.
Máh.

*-*-*-*

Oláá Meninas agradeço muito todos os comentários, espero q estejam gostando
Beiijos ;**
Sandyy

*Hey gente, fizemos para vocês um vídeo da fic!
Aqui está o link: http://www.youtube.com/watch?v=1FnP8hQ_PdQ
Esperamos a visita de vocês lá!




PDV Bella.

Depois de passar a noite com Edward eu percebi que o que eu sentia quando ele dava aquele sorriso torto, sentia seu perfume, escutava sua voz, era amor o mais puro sentimento que pode existir quando se é verdadeiro.

Agora depois de cinco anos, percebi que eu nada sentia por James, nada senti pelo Jacob. Era apenas uma ilusão como se houvesse uma venda em meus olhos.

Jacob viajara já há três dias, esperava somente ele voltar no domingo à noite para acabar com tudo e começar realmente a viver.

Ao lado do homem que eu verdadeiramente amo. Edward. O galinha, que chegou e refez o meu mundo me mostrando o lado bom e feliz da vida. O cara que encantou a minha filha e a fez sorrir... Brinca de boneca e de salão de beleza com ela. O ‘pai’ que a levou em um clássico de futebol, que a defendeu de uma briga e que lhe deu a torre Eiffel. E o mais importante o ‘pai’ que a ama.

Anda tudo corrido em relação ao meu trabalho. Alice me mandou o portfólio do seu trabalho, e não é porque ela é irmã de Edward, mas a garota leva jeito. Fiquei maravilhada com o resultado do que ela fez. Acho que nunca vou esquecer da reação dela quando soube que estava contratada...

Flashback Onn

- Alice? Pode entrar! – chamei-a depois de uma longa e cansativa reunião. Ela estava tremendo, era visível. – Pode se sentar. Quer tomar algo?

- Não, obrigada. – sorriu fracamente, tensa.

- Bom, eu vi várias vezes o trabalho que você me mandou. Sinceramente? Perfeito. Parabéns Alice, você é minha mais nova contratada. – sorri, seus olhos encheram d’água.

- Oh My God! – gritou e tampou a boca em seguida – Sério?

- Seriíssimo! – eu ri.

- Obrigada Bellinha! Muito, muito obrigada! – ela pulou em cima de mim – Te amo Bella!

- Hey, calma. Não se declare agora! – eu ri.

- Awn! Tenho tantas ideias, tantos planos e coisas para fazer...

Ela continuou falando sozinha, totalmente alheia a minha presença. Fiz uma boa escolha.

Flashback Off

Toc toc

Meu coração palpitou neste momento. Edward agora não precisava de autorização simplesmente entrava no meu quarto. Abri um perfeito sorriso em meus lábios. Agora sei por que havia tantas mulheres no seu pé: uma vez provando não haveria outro igual.

- Entre – disse empolgada.

- Amor, não sabia que estava tão empolgada para me receber.

- Jacob? O que você faz aqui?

- Resolvi tudo, então voltei mais cedo. Não é perfeito?

- Não. Quantas vezes já lhe pedir para não entrar em minha casa?

- Bella, em breve iremos nos casar, então não haverá barreiras entre nós.

- Não Jacob, não iremos mais nos casar.

- Como assim?

- Jacob, eu sei que você tem um trauma grande, mais eu não te amo. Nunca seríamos felizes assim.

- Bella, eu serei feliz por nós dois.

- Desculpe, eu não posso.

- Posso pelo menos passar a noite aqui? Já está tarde, quase meia noite. Não tocarei em você.

- Como amigos?- perguntei

- Sim.

-Tudo bem pode ficar. Mas dorme de roupa.

- Me responda uma coisa?

- Sim?

- Há alguém envolvido nisso?

- Isso diz respeito somente a mim.

- OK

Elisabeth PDV

Meu deusinho será que eu vou moler? Eu estava quente, e tlemendo.

- Mamãe?- chamei na potinha do quarto dela. Escutei um balulho.

- Lisinha, o papai voltou.

- O que você faz aqui seu monstlo?

- Fique quieta, melequenta. O que você quer?

- Preciso falar com a minha mamãe. Chama ela.

- Não vou. Para que você precisa dela?

- Eu estou passando mal.

- Espero que morra. – ele fechou a pota na minha calinha.

Só mês restava meu papai agola.

PDV Edward.

Ter Bella em meus braços foi uma sensação indescritível. Ela era maravilhosa, uma pessoa que viu meu valor, mesmo sabendo do meu passado obscuro. A faculdade ia ótima. Recebi as notas das provas feitas na noite em que eu e Bella nos amamos. E eu fechei todas.

Ontem levei Lisa na casa de meus pais.

Flash Back Onn

- Vamos? Pô favô Edzinho, agente tem estudado esse dias todos. Hoje eu tleinei duas horas. To cansadinha.

- E um pedaço de bolo da vovó Esme resolveria isso?

- Sim muitão.

- Tudo bem, mas é só um pedaço de bolo, não posso chegar atrasado à faculdade tenho prova hoje.

- Mais?

- É mais.

[***]

- Vovô! – gritou ela, ao ver meu pai parado ao lado da Mercedes.

- Olá netinha linda. – ele a pegou – Rose algo errado com meu bebê?

- Não sogrinho, resolvo isso quando Emmett resolver trazer a minhas ferramentas.

- Eu pensei que fosse seu bebê, como sou do Edinho mais da mamãe. – disse Lisa ao me pai. Agora quero ver sair disso. Ele ama mais o carro que agente. Ok, exagerei mais ele realmente ama o carro.

- Mais você é também.

- Tudo bem vovô. Oi tia Rose.

- Olá princesa.

- Olha só a menininha mais linda do tio Emmett.

- Titio. – ela era apaixonada por ele. – Onde tá o tio Jasper? E tia Alice?

- É agora só ouço ‘tio Jasper, tio Jazz’ – ele saiu revoltado.

[...]

- Isso tá uma delícia!

- Lisa, mastigue primeiro. – disse a ela.

- Então filho como vai à faculdade?- meu pai entrou na cozinha.

- Excelente. Fechei praticamente todas as provas.

- Parabéns! Sempre soube que seria assim Edward. – eu fiz festa internamente. Meu pai sentia orgulho de mim.

- NERD – gritou Emmett de algum lugar na mansão.

- Vai se foder – revidei.

- O que é isso Edward?- perguntou Lisa.

- Nada que você possa repetir Lisa.

- Emmett, deixe-o quieto. – disse meu pai – E Edward, isso é exemplo que dê a sua filha?

- Desculpe, é que eu nunca levei nada a sério e quando eu faço ganho apelidos.

- Eu sei filho, mas Emmett sempre será Emmett- disse ele.

Flash Back Off 

Eu estava animado, hoje eu fiz minha última prova. Amanhã sendo sábado nós íamos fazer piquenique no Green Park. Isso incluía Bella. Quando cheguei estava com muito sono. Deitei na cama de roupa e tudo.

Toc toc 

Meu deus se for Bella, estaria derrotado por que a mulher é fogosa.

- Edinho? – era a voz de Lisa.

- Amorzinho, você não deveria estar dormindo? – perguntei, quando abri.

- Develia, mais eu num tô legal não. E quando cheguei no quarto da mamãe, o Jacob disse que espelava que eu molesse.- isso me irritou quem ele é para dizer isso a ela? É só uma criança.

- Jacob? Mais ele não voltaria só domingo?   

- Bem eu num sei o que aconteceu. Posso entlar? To com muito flio. – depois me preocuparia com isso, Bella teria uma explicação. Resolvi cuidar da minha bebê.

- O quê você tá sentindo além do frio?

- Num sei. Meu copinho tá molinho. - coloquei a mão em sua testa ela estava com febre.

- O quê você comeu?

- Um pão com camalão.

- Deve ser intoxicação. Tem mais alguma coisa?

- Tem umas pintinhas englaçadinas em mim.

- Onde?-perguntei analisando-a.

- Edinho, não vou te mostlar.

-Me diz então.

-Pertinho do bumbum.

-Vamos ao seu quartinho, eu vou ligar para o vovô.

[***]

- Alô? Edward aconteceu alguma coisa?

- Bem não... É sim.

- Diz logo garoto, estou ficando preocupado.

- Bem é Lisa,

- O quê aconteceu?- ele me cortou

- Ela está com febre, e umas pintinhas engraçadinhas. Eu acho que é intoxicação, por que, ela comeu pão com camarão.

- Bem pode ser também alergia. Eu tenho que vê-la. Mas você tem remédio para baixar a febre?

- Tem, e um estomacal também.

- Bem dê nela um banho. E dê os dois remédios, não fará mal.

- Ok. Bem é só isso.

- Ok, vou voltar a dormir. Amanhã leve ela no meu hospital.

- Ok, desculpe e boa noite.

{...}

Passei a noite em claro com ela, depois do remédio e banho ela melhorou. Quando ela dormiu eu olhei as pintinhas ‘englaçadinhas’, elas na hora do banho estavam mais vermelhas, agora estavam quase sumindo.

Estava apertado, resolvi ir ao banheiro dela mesmo. Escutei a porta do quatro dela se abrir, deve ser Bella. Mas Lisa ainda dormia.

- Olá Lisinha, o papai veio brincar com você. Acorde garota. Até nisso parece com a sua mãe. Lerda, tão lerda que nunca percebeu isso tudo... E agora está suspirando e falando o nome do seu babá a noite toda, e você irá sofrer todas as consequências disso.