Meu, somente Meu Vizinho, Sasuke Uchiha. escrita por heyouitsady


Capítulo 5
Itachi.





Acordei, incrivelmente, na minha cama. Na verdade na cama da casa do Sasuke, mas nem me lembro de como vim pra cá, hn. Será que eu flutuo enquanto durmo? HAHA, sem viagens Sakura, talvez o Sasuke deve ter te carregado até aqui... AH TÁ, se foi ele eu saio correndo de calcinha e sutiã e pulo na piscina hoje.Levantei, abri as cortinas e que vista linda pra piscina! Fui até o banheiro, fiz minha higiene matinal e lembrei que hoje é domingo, aa neem, amanhã tem aula. Cryalot.
- Bom dia Itachi.- Falei enquanto entrava na cozinha.
- Bom dia... Sakura?- Olhou surpreso pra mim.- O que você tá fazendo aqui? Sasuke te chamou pra domir aqui? Quer dizer que ele não é gay? Vocês estão juntos a quanto tempo?
Não me deu tempo de responder a nenhuma pergunta, também nem poderia, de tantas que foram, não me lembro nem da última.
- Espera.-Disse.- Ah é, você e Konohamaru vieram ficar aqui enquantos nossos pais viajam né? É mesmo...- Pegou sua tigela de cereais.- Pena, então Sasuke deve ser mesmo gay.- Saiu andando.
Fiquei panguando na cozinha, como pode né? Sasuke fala tão pouco - dependendo da situação - e já Itachi de vez em quando é uma maritaca.
- Fala boiola!- Ouvi Itachi dizendo e logo depois Sasuke entrou na cozinha com cara emburrada.
- Por que ele já não foi embora de casa?- Perguntou mais pra ele mesmo.
- Quando ele sair, você vai sentir falta.- Falei.
- É, vou sentir falta de gente me chamando de boiola todo dia quando levanto. -Sentou na cadeira em frente a mim.
- Precisamos de gente pra nos dizer a verdade de vez em quando.- Sorri e sentei na cadeira.
- HAHA, você é hilária.- Disse ainda com cara emburrada.- Dormiu bem?
- Sim, obrigada, e você?
- Também.
- Cadê o Konohamaru?
- Saiu com a empregada pra passear na pracinha.
- Desse jeito ele vai querer ficar aqui e mudar de família.
- Só o Itachi já tá de bom tamanho, não preciso de outro irmão.
Dei uma risada e peguei o cereal, Sasuke pegou o leite, depois trocamos e assim começamos a tomar o café da manhã.
- Como cheguei ao meu quarto?- Perguntei.
- Hn?
- Eu lembro de ter dormido no sofá...
- Eu te levei.- Ok, esqueçam a parte da calcinha e sutiã, ninguém nunca leu aquilo, shh.
- Que isso. O que está acontecendo com você?
- Como assim?
- Sei lá, todo zeloso.
- Sempre fui assim, mas você implica tanto comigo que não sobra tempo pra isso.- Disse meio corado.
- Eu implico? Um tempo atrás levei uma sapatada na cara.
- Foi sem querer, não sabia que você estava lá.
- Sei , sei.
- E você vai lavar minha blusa.
- POR QUÊ?- Indignei, beijos.
- Porque você babou nela, nunca vi poça maior.
Calei, oxe, fiquei constrangida agora, Sasuke chato. Continuei comendo o cereal quieta.
- Parou de falar? Que milagre é esse?- Disse.
Sorri falso, agora que não falo o resto do dia.
- Que foi? Foi Tão ruim o que eu disse?- Disse olhando pra mim.
Ignorei, foi fatal, ele ficou me encarando enquanto eu terminava de comer o cereal.
- Não vai falar comigo?- Levantei e levei a tingela de cereal pra pia.- Vai ficar triste se não ouvir minha voz ein.- Disse todo se achando, tadinho, não deve gostar de se olhar no espelho.
Passei por ele que ainda estava sorrindo, passei o indicador de perto dos olhos até o final da bochecha, imitando uma lágrima escorrendo e fiz biquinho, dizendo que iria ficar triste sem falar com ele, irônicamente, claro. Saí de lá e fui pra sala, liguei a tv, nada de bom, fiquei mudando até que Sasuke se sentou do meu lado e tomou o controle da minha mão.
- Veremos o que eu quiser.- Disse me provocando pra ver se eu dizia alguma coisa.
Eu nem aí, fingi que não era comigo, Sasuke achou um canal de futebol e ficou lá assistindo, aposto que nem sabe que time tava jogando. Nem falei nada, pelo contrário, eu sabia o time que estava jogando e fiquei interessada em assistir.
- Você gosta de futebol Sakura? Nem pisca.
...
Mudou, pra luta livre. Tá, eu prefiro futebol do que ver dois homens se agarrando aê, mas não tendo nada pra ver, nem reclamo, deixa aí.Sasuke olhou pra mim de novo e mudou.Agora é política, OMG, vou desfarçar e sair.Bosejei, espreguicei e levantei, fui pro quarto acompanhada pelo olhar de Sasuke.
Dormi né, olhar pro teto é tão emocionante...Acordei com alguém pulando em cima de mim.
- Konohamaru! Que susto menino.- Sentei e ele se levantou.
- Foi legal demais a praça Sakura!  Por que a gente nunca foi lá?
- Sei lá, vai ver porque a gente nunca tem tempo. -Disse coçando os olhos.- Já comeu?
- Não.
- Vamos lá que eu faço alguma coisa.- Levantei com uma preguiça daqueeelas.
Fiz um sanduíche pra ele e pra mim, sentei no sofá e nem sinal do Sasuke.Foi só pensar que alguém puxa meu cabelo, olhei pra trás, abri a boca pra falar.
- S...- Parei, não vou voltar atrás.
- S...- Me incentivou a continuar.
Virei e continuei comendo e assistindo tv. Só que a anta desembestada continuou puxando meu cabelo e eu engoli o fôlego numa dessas, comecei a tossir tanto que não conseguia respirar.
- SAKURA, SAKURA!- Sasuke ficava pulando igual a uma gazela no mesmo lugar sem me ajudar, tentanto saber o que fazer.
- QUE QUE VOCÊ FEZ SASUKE! TÁ MATANDO A MINHA IRMÃ!- Konohamaru se revoltou, lindo sz'.
Eu lá morrendo asfixiada, roxa, e os dois discutindo, até que Itachi aparece e salva o dia com um pequeno, cofcof, tapão nas minhas costas, acho que desloquei alguma costela.Respirei fundo, coloquei a mão no peito, olhei pro Itachi que só estava sorrindo com as mãos no bolso.
- Valeu...- Falei ainda respirando devagar.- Se não fosse você... Eu estaria perdida.- Olhei pro Sasuke, sinta a indireta baby.
- Imagina, vem cá, vem tomar água.- Andou até a cozinha, ele tá estranho, mas daí? Ele sempre foi, segui ele e deixei o Sasuke com cara de tacho pra trás com Maru o encarando feio.
Itachi me deu água e ficou olhando pra mim.
- O que aconteceu?
- O corno do seu irmão, me deu um puxão no cabelo que me fez engolir o fôlego.
- Sabia, o Sasuke é um bicha mesmo.- Disse rindo e eu o acompanhei.- Você é muito bonita Sakura.
Parei de rir, an?
- An?
- Eu disse que você é muito bonita, pena que gosta do meu irmão.- Disse balançando a cabeça negativamente.
- Quem disse que eu gosto dele?- Pus as mãos na cintura.
- Não?- Deu um passo pra frente levantando uma sombrancelha.
- Não.- Respondi rápida. - Então não tem problema ficar comigo.- Veio até mim e pôs a mão na minha cintura.
Opa, opa, isso não é legal sabe. Tá, o Itachi é um gato, mas perae, eu conheço a fama que ele tem, e acreditem, não é nada bonita.
- Anm... Itachi, sacoé né?- Disse me desvencilhando dele.- Não daria muito certo.
- Por quê?
- Sabe, ficar com o irmão do meu melhor amigo.
- Sasuke é seu melhor amigo?- Disse levantando uma sombrancelha de novo.
- É... quer dizer, não. Espera.- Pensei.- Ele é sim, fazer o que né.
- Nossa, tudo bem. Mas mesmo assim, não vejo nada demais.
- Tá, conheço sua fama, quando melhorar, aí a gente conversa.- Fiz joinha e saí da cozinha, mas ouvi antes um " se eu melhorar né? "
- O que vocês estavam conversando?- Sasuke me perguntou me olhando curioso.
- Por que acha que estavamos conversando?
- Esse tempo todo pra beber água? Só se estivessem na estação de tratamento.- Disse ligando a tv.
- Tá Sasuke...papo a toa. - Desconversei.- Cadê o Maru?
- Tá lá em cima, PlayStation... Falou meu nome, finalmente.- Percebi o que ele tinha dito.
- Aé!
Ele sorriu, olhei pra ele e sorri de lado.
- Você gosta que eu diga seu nome né danajeeeenio.- Falei cutucando ele.
- Deixa de ser idiota Sakura.- Disse trocando de canal e virando o rosto vermelho. MORRI.
Fiquei rindo igual a uma hiena e ele lá todo paradão, só deu um mini sorriso. Ficamos assistindo tv.