O Pedido escrita por Laarc


Capítulo 11
A história do pesadelo


Notas iniciais do capítulo

narração
"diálogo"
'pensamento'




Garfield realmente sonhou naquela noite. Mas apesar do desejo da empata, seus sonhos não foram nada bons.

Ele estava cercado de árvores e um pouco mais a frente, um rio. Uma paisagem muito familiar.

'Onde eu estou? Aqui parece... África? É... acho que a aldeia ficava aqui pert-'

Pânico.

Pavor absoluto.

'Minhas mãos... mas o quê?' Seu coração batia rápido, sua respiração estava muito irregular... ele correu para o rio e congelou ao ver seu reflexo.

Normal. Cabelos loiros, olhos azuis, sem orelhas pontudas e sem caninos afiados e proeminentes. E principalmente "Eu não sou mais verde!"

Durante muito tempo, Garfield desejou a normalidade mais do que tudo na vida. E agora que a tinha, ele não a queria mais.

"O QUE QUE HOUVE COMIGO?" Gritou para ninguém em especial, a plenos pulmões.

Ele só não esperava ouvir uma resposta.

"Você tem certeza que quer saber?" A voz era muito grave, quase um rugido. Selvagem. Assustadora. E Garfield viu sair do meio das árvores...

A Fera.

Gigantesca, poderosa e... bem... verde.

"Não... não p-pode ser... você não pode estar aí... e e-eu estar aqui! Você é uma... uma p-parte de mim!" Ele tremia tanto que até gaguejava.

"Você está correto, Garfield Logan. A Fera é realmente uma parte de você, e por isso, vocês não podem existir separadamente." respondia a criatura.

"Então por que você está aí e eu estou assim, normal?"

Ela rodeou vagarosamente o rapaz "Porque, rapaz, eu não sou a Fera. Sou apenas a personificação do seu lado animal. Como a Fera é sua transformação mais forte, ela foi a escolhida para representar seus... instintos."

"Okay. Acho que isso eu entendi. Agora, mais uma vez, por que diabos eu estou desse jeito?"

"Isso, Garfield, foi uma decisão sua, e sua apenas. Você escolheu não dar ouvidos ao seu lado animal, você o rejeitou."

Essa ele definitivamente não entendeu. "O quê? Como assim eu estou rejeitando meu lado animal? Isso não faz o menor sentido!"

O gigante se aproximou do loiro, sentou-se e encarou os olhos do jovem. "Você, Garfield, recebeu uma dádiva! Você foi salvo da morte certa, se tornou mais rápido, mais forte e mais capaz do que qualquer humano jamais foi! Você tem o melhor que o reino animal pôde te oferecer, mas a única coisa que VOCÊ pôde nos oferecer, você nos negou!"

Ele estava chocado "E o que vocês querem?"

"Há anos você procura incessantemente pela nossa fêmea, nossa ideal, SUA companheira. E quando finalmente a encontra e tem a oportunidade de fazê-la sua, você a rejeita! E AINDA POR CIMA TEM A AUDÁCIA DE TRAÍ-LA!" A criatura estava furiosa. Suas poderosas garras destruíam as árvores e seus rugidos espantavam pássaros e outros animais. "Você deixou a imundice humana dominar sua mente e o seu coração... avareza, cobiça, luxúria! É só isso que te interessa! Sempre quer mais e mais, consumir, gastar, gozar! Mais, mais e mais! Você está tão inebriado por essa falsa felicidade que não consegue enxergar o que está diante dos seus olhos! Não percebe que está enganando a si mesmo!"

Garfield estava tremendo. "F-Foram vocês, não é? V-Vocês... como...?

A Fera se afastou do jovem loiro "O seu vigor, tanto admirado pelas humanas, é mais uma das dádivas concedidas pelo seu lado animal." A criatura suspirou fundo antes de continuar "Garfield Logan, o animal dentro de você nunca poderá aceitar outra fêmea. Ela é a única capaz de saciar o nosso desejo. Ela foi e será a única capaz de nos aceitar por completo, homem e animal."

"NÃO! Você está errado! A Ravena é só uma amiga... e eu só dormi com ela porque ELA pediu! Foi só uma noite! Isso não p-"

"Uma noite foi o bastante, rapaz! Aceite o seu destino! O humano corruptível e ganancioso dentro de você pode não estar satisfeito com a ideia de possuir apenas uma mulher, mas o seu lado animal é puro e sabe muito bem o que quer. Você sabe que estou falando a verdade... você sabe que está apaixon-"

Garfield sacudia a cabeça tentando negar tudo o que escutava. "Não... tudo isso é um grande mal entendido... eu não estou... eu não POSSO me apaixonar... de novo não... da última vez que eu me dediquei a alguém, que eu... amei alguém... eu só... só..."

A Fera entendia a agonia do rapaz. O medo de ser traído e rejeitado novamente. Apesar da sua voz ser grave e forte, tentou falar o mais suavemente possível "Meu jovem, estou te dando um conselho e um alerta. O seu lado animal é poderoso, e da mesma forma que você o está ignorando, ele pode muito bem escolher te ignorar. E saiba que se isso acontecer, as consequências serão de responsabilidade sua, e sua apenas..."

Ele acordou.

Suor escorria pelo seu rosto. Seu rosto!

'Meu rosto!' Saiu correndo para encontrar o espelho mais próximo. 'Tomara que eu ainda seja verde, tomara que eu ainda seja verde!'

"Eu... …. EU SOU VERDE!"

E sentiu a primeira pontada do que seria uma colossal dor de cabeça.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "O Pedido" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.