Poderoso Chefão escrita por Sweet Lips


Capítulo 6
5º Capitulo - O Chefão tem Coração?(Part I)





5º Capitulo - O Chefão tem Coração?(Part I)

Renesmee Pov.

 Lambi meu lábio inferior enquanto ia abrindo lentamente sua camisa tendo a belíssima visão dos abdominais perfeitos de Jacob.Nossa como esse homem é apetitoso!Jacob olhava o percurso das minhas mãos com as sobrancelhas arqueadas provávelmente ainda não acreditando que eu tava fazendo aquilo.

 - Mas o que pensa que está fazendo,endoidou foi?_perguntou ele ainda mais aflito assim que abri o zíper da calça dele.Mordi meu lábio gemendo.

 - Sim,to doida de tesão por você._disse e comecei a beijar seu peito quente como sei lá o quê.Jacob agarrou meu pulsos e me tirou de cima dele.

 - Isso é só o alcóol falando,amanhã você estará sóbria e me culpará por isto._disse se levanto e abotoando a camisa.Bufei de raiva.

 - É,bela desculpa!Fica aí se armando de machão mas na hora do vamos ver dá pra trás!Você não vale nada Black!_provoquei sabendo perfeitamente que seu ego estaria fervendo de raiva.

 Jacob se virou pra mim lentamente com a cara trancada.

 - O que você disse?_perguntou ele rouco de raiva.Sorri desafiante.

 - Que.Você.Não.Vale.Nada...Black!_e tudo passou numa questão de segundos:mal eu tinha dito a frase,já Jacob tinha voado pra cima de mim,segurando meus pulsos e precionando seu corpo contra o meu na cama.Gemi vendo meu plano dar certo e agarrei seus cabelos com força.Jacob dava chupões violentos no meu pescoço enquanto suas mãos rudes passavam por cada parte no meu corpo.Desaboteei mais uma vez a sua camisa e senti a mão de Jacob no elástico da minha calcinha.Gemi com seu toque sentindo meu corpo todo queimar.Me enrosquei cada vez mais nele e frisei assim que ouvi o sorriso abafado de Jake na cavidade do meu pescoço.

 - Viu como eu tinha razão?Você é tão vagabunda quanto as outras..._aquilo foi como um murro pra mim,um buraco enorme se formou na minha barriga , reuni todas as minhas forças e tirei-o de cima de mim me levantando da cama.

 - Que foi,cansou antes de ter começado?_disse ele de deboche ainda deitado na cama,satisfeito consigo mesmo.Eu continuei de costas para ele,fechando o fecho do meu vestido,calada.

 - Perdi a vontade..._falei num fio de voz.

 - Se ofendeu foi?Ouvir a verdade custa né?_e outra gargalhada.Fechei meus olhos com força sentindo um enorme aperto no coração que chegava a sufocar.Raiva,ódio,desilusão,angústia sentia isso tudo naquela hora e pensei que ia explodir a qualquer momento.Sai daquele quarto batendo com a porta o mais forte que pude indo até o meu antigo quarto.Me atirei na cama deixando as lágrimas ensoparem o travesseiro.Como eu poderia gostar de um homem tão cruel assim?Enxuguei minhas lágrimas num movimento brusco e fui até ao closet abrindo a armário onde estavam os vestidos das antigas amantes de Jacob.

 Naquela hora olhando bem para eles já não me pareciam tão lindos e perfeitos,agora eu via as mulheres sujas e com falta de carácter que os vestiam e num ataque de raiva tirei-os do armário,rasgando-os um por um.

 - Vamos ver se eu sou mesmo igual ás outras sr Black!_falei com a raiva me possuindo cada vez mais assim que cada malha perfeita se desfazia.Agora só restavam tecidos sem uso espalhados no chão.Fui até a cama sentindo minha cabeça pesar e me deitei deixando meus olhos se fecharem.

 |...|

 - Menina Cullen,menina Cullen!_abri meus olhos que pareciam estar colados de cansaço e gemi vendo mais uma vez o rosto de Emily.

 - Hm...minha cabeça...que horas são?

 - Já passa do meio-dia senhora.O senhor Black me disse pra lhe dar isso.São coprimidos pra dor de cabeça._olhei para a mão de Emily que transportava uma caixa com coprimidos e um copo de água e por pouco eu não atirava aquilo tudo no chão.

 - Pois manda seu senhor colocar isso no cú!Eu já não aceito nada vindo dele!_me levantei cabaleando a principio e fui até o banheiro._E Emily venha arrumar isso por favor,já não suporto o cheiro de perfume vagabundo._disse apontando para os vestidos desfeitos.Emily me seguiu e um grito aterrador fugiu da sua boca que tapou com as mãos de seguida.

 - O senhor Black vai ficar furiosissímo!_disse ela já tremendo.Dei de ombros,enchendo a banheira.

 - To nem ai._disse indeferente,entrando na banheira.Suspirei assim que senti a água quente relaxando meus músculos.Apesar da dor de cabeça infernal,eu já me senti bem melhor hoje,sei lá talvez consciencia limpa como se este quarto tivesse sido completamente limpo.Sai do banheiro e coloquei o robe,visto que já tinha mais nada para vestir e fui até a sala principal.Jacob estava sentado na mesa,com ambas as mãos apoiando o queixo.Assim que me viu seu rosto endureceu ainda mais.Me sentei sem lhe dirigir uma palavra e servi o chá.Pelos vistos ele estava me esperando desde o café da manhã...idiota.

 - Fiquei preocupado com você ontem,parecia transtornada._começou ele.

 - Tava mas já não estou mais.Me passa o açucar por favor._Jacob me passou ainda avaliando a situação.

 - Porque está de robe ainda?_dei um gole demorado no chá.

 - Não tenho mais roupa no armário.Rasguei aqueles vestidos todos.

- Você o quê?_tal como Emily tinha dito.Jacob se levantou da mesa num ápcide batendo com as mãos na mesa.Olhei para ele.

 - Não quero vestir os meus vestidos que dava ás suas amantes...apesar de não acreditar eu volto a repetir:não sou igual a elas!Sou sua noiva e exigo que me trate como tal._falei num tom equilibrado.Já não tinha medo dele.

 - Isso não te dá direito de fazer o que bem entende!A maior parte daqueles vestidos são recordações de pessoas importantes pra mim!_minha cabeça ferveu.Me levantei da mesa também.

 - Pois já não são mais,fazem parte do passado,seu presente agora sou eu!_eu não acreditei que tinha dito aquilo mas disse.

 - Não sabe do que fala....ponha isso na sua cabeça de uma vez por todas:eu jamais me importarei com você.Está vendo aquilo?_e apontou para uma estante no canto da sala._Pra mim você é isso:uma mercadoria,uma peça de mobilia que apenas serve pra enfeitar.Não pense só porque estou sendo brando com você que pode se achar melhor que as outras que já passaram aqui._disse e saiu da sala simplesmente,batendo a porta com força fazendo com que um dos vasos caisse e quebrasse no chão.Eu fiquei paralizada por momentos e voltei a me sentar,acabando de beber o chá que entalava cada minuto na minha garganta.Já não me vinham lágrimas,talvez tenham secado todas ou simplesmente eu já sabia que estava me iludindo apenas fui teimosa e burra ao pensar que Jacob poderia sentir algo por mim.

 Sai da sala caminhando pelos corredores enquanto olhava para a magnifica aliança que estava na minha mão.Sem valor,sem significado emocional.Tirei-a com cuidado e atirei-a no chão.Fui para meu quarto,abrindo a janela e sentindo os raios solares penetrando minha pele.Era prisioneira dessa linda mansão e não tinha como fugir.Dava tudo para puder sair daqui.Meus pensamentos foram violentamente cortados por um grito pavoroso no fundo do corredor.Corri até lá sendo guiada por outros gritos que se seguiam.Dois capangas de Jacob estavam parados á frente da porta e assim que me viram,me barraram de imediato.

 - O que está acontecendo aqui?_perguntei aflita ainda ouvindo os gritos dentro da sala.

 - O sr Black disse para não deixar ninguém entrar,nem mesmo a senhora.Está resolvendo um assunto particular._disse um que provávelmente deveria ser Paul.

 - Que tipo de assunto é esse?_outro grito ainda mais horripilante.Engoli em seco._Por favor me deixem ver,eu prometo que não faço barulho,Jacob nem vai notar!_Paul abanou a cabeça negativamente.

 - Nem pensar,são ordens do chefe._esse era mesmo fiél.Olhei para o outro cara que parecia ser Seth,o mais novo deles.Me lembro dele por causa do dia em que fiz a macarronada pra eles,ele era o mais simpático e amigável deles todos.Me contou sua vida toda,que era orfão e que Jacob praticamente o adotou.

 - Seth por favor,lhe imploro,eu juro que não digo nada e mesmo que Jacob me apanhe eu direi que não tiveram nada haver com isto._implorei.Seth me olhou indeciso e depois para Paul que lhe lançou um olhar reprovatório.

 - Muito bem,mas só por 5 minutos...._disse ele,abrindo um pouco da porta para que eu pudesse ver.

 - Seu idiota,se o chefe descobre estamos ferrados!_mandei eles calarem e olhei para dentro da sala.Vi os outros capangas de Jacob todos alinhados na parede enquanto Jacob estava de pé á frente de um cara e uma moça.Os dois estavam tremendo feito varas verdes e estavam ensaguentados tanto nas roupas como na cara.Um deles era uma mulher ruiva,bonita que pelas roupas parecia ser uma prostituda e das baratas.O outro era um homem negro,também bastante desgrenhado como se viesse de um sitio não muito limpo.

 - Então seus bostas,já se decidiram?Vão falar onde está James ou não?_disse Jacob com aquela voz gélica que usa quando quer intimidar alguém e pelas caras deles,estava resultando.

 - Não sabemos de nada,sério..._disse a ruiva.A voz não tão litida porque estava tremendo horrores.Jacob foi lentamente até ela,acariciando o rosto dela com uma calma aterrorizante.E do nada,acertou um tapa fazendo-a cair aos seus pés.Meu coração se apertou ainda mais e minhas pernas falharam assim que via a cena.O outro cara tentava se afastar o máximo de Jacob temendo o que ele iria fazer com ele.Dois dos seus capangas o agarraram para que ele parasse de se mexer.

 - Se levante cadela!_mandou Jacob e a ruiva assim o fez com enorme esforço._Vou deixar que vá para que avise seu amante tudo o que eu acabei de dizer a ele.Sam._ordenou  com a mão estendida e então Sam entregou uma arma para ele.Arfei temendo o pior._E aqui vai a prova de que eu nunca brinco com coisa sérias._disse erguendo a arma para o moço que quase se borrava de medo.

 - Por favor não faça isso eu tenho mulher e dois filhos!_choramingou este tentando se libertar dos braços dos capangas sem sucesso.Jacob sorriu,frio,irreconhecível.

 - Então peça a Deus pra que ela seja melhor exemplo que você._foi tudo o que disse.Jacob primiu o gatilho e tudo se passou muito rápido.

 - JACOB NÃO!_gritei institivamente,entrando na sala e ficando á frente dele...mas já era tarde demais.Jacob já tinha primido o gatilho e uma dor seca e aterrorizante se possou na minha barriga.

 - RENESMEE!!!!!!!!!_o grito de Jacob fora a última coisa que ouvira antes de meus olhos se fecharem.

|Continua...|



Notas finais do capítulo

É isso ae...quero agradecer a polly_fic e Gomes por terem recomendado a fic,2 recomendações na mesma semana nossa foi demais pra mim!=D Espero que tenham gostado,sexta tem mais e até lá...comentem!!*__*