Malfeito Feito II escrita por Miller


Capítulo 11
A festa da Clair (pt. II) - Capítulo Dez.


Notas iniciais do capítulo

Obrigado à HermioneG pela recomendação *-*



Dorcas Meadowes

Assim que o carro deu partida ela começou a chorar.

Como uma coisa dessas poderia ter acontecido? Como que Remo poderia fazer uma coisa daquelas com ela?

Sua cabeça estava doendo tanto que ela nem viu que o carro havia parado.

– Hey, moço? – ela chamou o motorista enquanto franzia a testa. – Porque nós paramos de andar?

O lugar onde haviam parado era escuro, havia muitas árvores e a cara do motorista não era nenhum pouco confiável. E isso ela percebeu no exato momento em que o motorista virou para ela e ativou as travas do carro.

– Sabe que você ficou muito sexy de odalisca? – ele falou e passou a língua pelo lábio inferior.

Ah meu Deus, ela não podia acreditar em uma coisa dessas. Ela sentiu o coração acelerar e um calafrio perpassou por sua espinha.

– Me tira daqui – ela falou com a voz entrecortada.

O motorista apenas deu um sorriso maléfico.

– Acho que não gata.

Sirius Black

– Lene, porque você foi chamar a Dorcas? – ele perguntou para a namorada assim que viu Remo voltar para dentro da festa com uma cara nada boa.

– Porque ela é minha amiga Sirius, e eu não quero que ela vire uma daquelas que todo mundo sabe que é chifruda menos ela – Lene disse dando de ombros.

– Mas o Remo jamais seria capaz de trair a Dorcas – ele falou para a namorada que o fuzilou com os olhos.

– Mas foi exatamente o que ele fez – ela disse dando de ombros.

– Olha... Deixa para lá – ele falou. – Vou ir ali falar com o Remo e já volto – disse para Lene que assentiu.

Ele foi até onde Remo estava e viu que o amigo estava completamente encharcado.

– O que você andou fazendo lá fora cara? – ele perguntou.

– Ta chovendo – Remo respondeu secamente.

– Sério? Hoje mais cedo não estava assim – ele comentou franzindo a testa.

Remo apenas deu de ombros e foi em direção ao bar.

– Hey, cara – ele falou indo atrás do amigo. – Não fica assim...

– Não fica assim? – falou Remo. – Como que eu não vou ficar assim, quando a minha namorada me viu beijando outra, que aliás estava vestida exatamente igual à ela, e depois sai correndo e entra em um táxi sem nem me deixar explicar que foi tudo uma armação.

– Foi tudo uma armação? – ele perguntou.

Remo apenas lançou um olhar mortal para ele.

– Eu jamais faria uma coisa assim para Dorcas – Remo disse pegando mais uma cerveja com o barman. – Poxa, eu a amo!

Eles ficaram em silêncio por algum tempo até que ele viu a Vance se aproximar para falar com Remo.

– Oi Black – ela cumprimentou. – Remo.

Remo parecia estar prestes a pular em seu pescoço.

– Bom, Remo, eu vou nessa antes que a Lene pense que eu estou traindo ela com você. Vai saber? – ele disse pensando nos ciúmes da sua namorada.

– Ok – Remo falou antes de se virar para Vance. – Porque você fez aquilo? – foi a última coisa que ele ouviu antes de sair à procura de Lene.

Vance iria se dar mal dessa vez. Disso ele tinha certeza.

Eram raras às vezes em que Remo realmente ficava bravo com alguma coisa. E hoje ele estava realmente bravo.

Ele esticou o pescoço para ver se enxergava Lene em algum lugar, mas não a viu.

– Hey, Six! – ele ouviu James o chamar.

James estava abraçado em Lily e uma de suas mãos estava pousada na barriga dela.

– Hey, Jay! – ele cumprimentou. – Porque vocês não estão dançando?

– O bebê mexeu! – Lily deu um gritinho histérico enquanto passava a mão pela barriga.

– O be... O QUE? – ele gritou também. – Deixa eu ver!

Ele foi até onde Lily estava e tirou a mão de James de cima da barriga e pôs a sua.

– Nem adianta Six – James falou dando um muxoxo. – Ele não está a fim de mexer. Já faz mais de meia hora que eu estou com a mão na barriga da Lily e nem sinal de vida ele deu – concluiu irritado.

– Mexe plo tiu mexe bebeeeê – ele falou para a barriga de Lily.

Lily e James começaram a rir dele, mas ele não estava nem ai. Qual é? Ele estava tendo uma conversa séria com seu/sua – sei lá – afiliado (a).

– Ounti cuti-cuti – ele conversava até que ele sentiu algo se mexer. – Isso foi sua barriga Lily?

– Não Six, foi o bebê – ela falou.

– O QUE? - James gritou ficando vermelho. – Como assim foi o bebê?

– O que foi James? – Lily perguntou, assustada com a reação do namorado.

– Porque ele mexeu pro Sirius e para mim não? – James bufou.

– Porque eu sou o Sirius Black, O Cara! – ele falou passando novamente a mão na barriga de Lily e sentindo o bebê mexer de novo.

– Sai! – James falou, o tirando de perto da barriga da Lily e pondo a mão. – Oi bebê do papai...

Meia hora depois...

– James, sai dessa cara – ele falou depois de terem ficado milhões de anos esperando para ver se o bebê mexeria com James. – Ele não foi com a tua cara.

– Claro que ele foi com a minha cara! Eu sou o pai dele! – James falou fuzilando a barriga da namorada. – Eu sou o seu pai! – apontou para a barriga.

– James, amor, calma. Vai ver ele está dormindo – Lily disse acalmando James.

James pareceu aceitar essa desculpa e abraçou novamente Lily.

– Black, onde você... Ah Lily! – Lene que estava com uma cara nada boa enquanto se dirigia até onde ele estava, sorriu ao ver sua amiga. – Deixa eu tocar no bebê.

Lene tocou na barriga de Lily.

– Ele ta dormindo – disse James. – Não acho que ele vá mexer ag...

– MEXEU! – Lene falou, toda emocionada enquanto largava a barriga de Lily e abraçava Sirius.

– Eu não acredito! – James ficou irritado e foi em direção à saída.

Lily bufou.

– Não liguem – ela disse sorrindo. – É a gravidez que afeta os hormônios – revirou os olhos e foi atrás de James.

– Pobre James, deve ter ficado bem chateado – Lene disse. – Porque você demorou tanto?

– Ah, eu fui conversar com o Remo mas a Emmeline chegou e daí eu sai para te procurar mas não te achei. Ai eu encontrei James e Lily e fiquei conversando com eles – ele disse enquanto examinava o rosto da namorada. – Por quê? Pensou que eu estivesse fazendo alguma coisa errada é?

Lene arregalou os olhos e ficou vermelha. Era óbvio que todo aquele lance de ciúmes não havia passado. Mas era divertido vê-la fingindo que não sentia nada.

– Não, que isso – ela falou rindo fingidamente. – Eu só fiquei preocupada.

– Preocupada com o que eu pudesse estar fazendo? – ele completou fazendo-a olhar para ele furiosa.

– Claro que não! Eu confio em você – ela falou enquanto cruzava os braços.

– Sei... Então quer dizer que você não estava nem um pouco desconfiada? – ele perguntou.

– Não... Quer dizer, tem algum motivo para eu ficar desconfiada? – ela perguntou. E vendo que ele não a respondia arregalou os olhos. – Tem? Oh meu Deus! Tem!

Ela se enlouqueceu e ele não pode deixar de gargalhar da cena que ela estava fazendo.

– Não Lene, não é nada disso – ele disse depois que se recuperou um pouco. – Eu só queria ver sua reação.

Lene primeiramente ficou vermelha, depois roxa, depois azul, até que ficou pálida.

– Black. Você é um idiota – ela falou e deu as costas para ele.

– Hey! Não fica assim – ele disse e a pegou pelo braço enquanto tentava não rir. – Eu só estava brincando, amor. Não fica brava – ele falou enquanto fazia carinho no rosto dela.

Ela pareceu se amolecer e suspirou.

– Você não presta, sabia? – ela disse.

– Minha mãe me diz isso desde que eu nasci – falou ele e a beijou.

Lílian Evans

Ela ainda estava tentando dizer a James que ele não ficasse bravo por causa do bebê quando eles chegaram na casa dele.

– Isso acontece James, não tem nada a ver com você – ela continuava falando, mas James nem respondia de tão bravo que estava.

Eles entraram na casa e estava tudo escuro. Os pais de James deveriam estar dormindo.

Eles subiram até o quarto e ela tirou os sapatos que estavam tremendamente apertados.

Uff, ela estava ficando uma baleia mesmo. Desse jeito ela não entraria em vestido nenhum no casamento.

Vestido.

Ela ainda não tinha um vestido.

Só esse pensamento a fez ter dor de cabeça. Mas ela não queria pensar nisso agora.

– James? – ela chamou o namorado que estava tirando a maquiagem preta que ele havia passado para a festa.

– Hmmm? – ele respondeu.

– Você vai continuar desse jeito? – ela perguntou.

Daqui a algum tempo mais os beiços de James estariam encostando no chão de tão emburrado que ele estava.

– Se você estivesse no meu lugar você também estaria desse jeito – ele falou saindo da frente do espelho. – Um filho que não quer nem saber do pai!

Ela revirou os olhos. Às vezes James exagerava um pouco.

– Você vai mesmo seguir assim? – ela perguntou novamente.

James apenas deu de ombros.

– Você está parecendo uma criança sabia? – ela disse.

Novamente apenas deu de ombros.

– Ótimo! – ela se levantou e pos os sapatos apertados novamente. – To indo pra casa, ok? – ela foi em direção à porta.

– Não! Espera! Não fica assim – James saltou em sua frente, não a deixando chegar na saída. – Desculpa. Acho que eu só fiquei com um pouco de ciúmes – ele disse.

– Você não precisa ficar assim James – ela foi até ele e bagunçou seus cabelos. - Você sabe que a gente te ama.

E ela deu um beijinho nele.

Mas é óbvio que James não perdeu tempo e a agarrou. Afinal ele era James Potter.

– James, acho melhor não – ela falou empurrando ele que a encarou confuso. – eu estou gorda.

Ele apenas revirou os olhos.

– Sério! Minha barriga está enoorme olha – e apontou para a sua barriga.

– Lily – James chegou mais perto dela, sorrindo marotamente. – Sua barriga é, neste momento, a parte que menos me interessa no seu corpo.

Ela não pode deixar de rir.

– Como você é safado James!

– Eu sei!

Notas Finais do Capítulo:

Depois de quase ter um infarto quando eu descobri que uma tal de Nandittas (filhadeumap***) plagiou a minha fic eu consultei o suporte e eles excluíram essa maldita fanfic.

EU ODEIO que copiem qualquer mísero detalhe que seja das minhas histórias. Acho isso uma baita de uma falta de respeito.

Eu estou à quase um ano escrevendo fics aqui e me vem essa vadia e copia tudo?

Affe!

Se quiserem fazer alguma fic estilo as minhas, pede para eu ser Leitora Beta ou, sei lá, ser co-autora da fic.

Mas não copiem ok?

PS: Mais um capítulo! E o próximo é o casamento!

O capítulo do casamento está dividido em 3 partes e a primeira é a próxima! Então eu só irei postar depois de ter um número aceitável de reviews ok? Hohoho

* O que será que houve com a Dorcas? O.o






Notas finais do capítulo

Reviews? :3