Palacio escrita por liane


Capítulo 33
Capítulo 33




Sakura estava fazendo gracinhas para Sasuke rir.

-Pare. -Diz Sasuke rindo

-Isso é engraçado? –Diz ela imitando uma galinha

Sasuke ria muito. Os dois estavam se divertindo bastante, Sai estava olhando na janela já soube que eles se entenderam, mas a dor em seu coração era imensa.

Hinata que já sabia dos sentimentos de Sai foi conversar com ele

-Seu coração está preenchido com apenas uma pessoa, deve se sentir preso e entendo como deve ser doloroso para você.

-Hinata, perdi todas as minhas emoções. Não consigo apagar ou esvaziar meu coração. –Diz Sai

-Pode ser difícil agora, você não pode controlar sua dor, mas com o tempo voará com o vento esse sentimento. –Diz ela

-Isso realmente acontecerá?

-Sim. –Ela o abraça e ele chora em seu ombro.

Depois vai ao quarto e fala ao espelho

-Se eu nunca poderei ter você... –Ele volta a chorar –Toda vez que penso em você sinto sede e apenas posso chorar totalmente sozinho.

Sakura estava completamente feliz e já tinha decidido que ficaria ao lado de Sasuke, Temari na escola ao saber disso foi ate Sakura e perguntou

-Vai desistir de sua liberdade agora?

-Não estou desistindo, apenas recomeçando. Quero aprender a viver no palácio, não fugir, mas encarar os problemas. E lutar ao lado de sasuke!

-Uau, totalmente romântico. –Diz tenten

-Igual a historia da cinderela. –Diz Ino

Shikamaru e seus amigos vão ate onde esta Temari e as meninas.

-Oi, problemática!

-Isso aqui é um parque de diversão?

-Mesmo quando me rejeita você continua linda.

-Ah, o que faço pra você sumi preguiçoso?

-Aceita sair comigo...

-Ta eu saio, que dia?

-Domingo no cinema as 14h ok?

-Ta bem, agora me deixa.

Ele e seus amigos saem

-Eu sei que você gosta dele Teamri por que não assume? –Diz Sakura

Temari fica vermelha

-Eu não gosto dele!

-Sei...

No palácio Sasuke estava indo para o conselho que decidiria se ele ou Sai seriam o príncipe herdeiro. Sakura entra e pergunta

-Você voltará apos o conselho certo?

-Pensa que deixarei a terra? Ainda se finge de corajosa, mas acabei de perceber que você é insegura. Não se preocupe não vamos nos separar, mesmo que seja fora do palácio continuarei a ser seu marido. –Ele sai em direção ao conselho e entrega a posição de príncipe herdeiro a Sai.

Quando fica só Sai e ele, ele diz

-Nunca foi meu desde o inicio essa posição, o que é seu pode levar eu já tenho o que é meu por direito. Sempre pensei em lhe devolver o trono que é seu por direito, mas você não tem o direito de ter Sakura.

-Falando em direitos, você também não o tem. –Sai diz fazendo Sasuke ri

-Ela já é minha, no direito e de fato. –Sai deixando ,o príncipe herdeiro, para trás

Quando chega no quarto de Sakura já é noite e ela se levanta preocupada quando vê Sasuke em seu quarto

-Então como foi? –Pergunta Sakura sonolenta preocupada.

-Eu renunciei ao trono. –Ele diz

-Veio tarde da noite só para me dizer isso? – Sakura diz, Sasuke pensa

-Eu senti saudades... Se não te visse agora temo que sufocaria.

Sakura fica muito feliz e olha para Sasuke

-Vamos, deite comigo assim me terá perto e não sufocará... –Ela sorri.

Ele então tira o terno e se deita ao lado dela.

-Seja sempre sincero comigo. –Pede Sakura

-Sim.

Sakura e Sasuke vão dormir.

No outro dia as manchetes só tinha a renuncia de Sasuke deixando Sai no trono.

-Sakura, você viu? –Diz Temari mostrando o jornal.

-Sim. –Diz ela despreocupada

-Então Sasuke realmente renunciou o trono? –Pergunta ela

-Sim. –Diz Sakura distraidamente

-Vocês vão sair do palácio?

-Temari eu quero te falar uma coisa, amanhã nos formaremos e depois disso não sei como ficará minha vida, mas você é uma grande amiga minha então tenho que te dar um conselho –Ela põe as mãos nos ombros de Temari –Deixe Shikamaru se aproximar de você, por mais que ele seja preguiçoso, ele te ama. Ele esta vindo pedir você em namoro, por favor aceite afinal você também o ama que eu sei.

Temari jamais esperava ouvir aquilo de Sakura, quando ia falar algo, Sakura da as costas e Temari ouve

-Ei, problemática... –Diz Shikamaru, ela se vira

-As aulas estão acabando e eu não quero perder o contato com você, sabe eu trouxe isso pra pedir... –Ele estende uma caixinha preta e diz –Quer namorar comigo?

Temari olha pra caixinha e a abre olha 2 alianças pratas.

-Eu posso ter um tempo para pensar? Amanhã te dou a resposta.

Temari realmente não sabia o que responder.

Sakura pergunta a Sasuke

-Nós iremos embora do palácio?

-Sim.

-Como nós vamos ficar, digo eu e você. -Sakura pergunta timidamente

-Sakura se for importante para você, quando sairmos do palácio eu te peço em casamento de novo. Ou para ficar ao meu lado como qualquer outra pessoa faria, apesar de que eu não sou uma pessoa que não liga para isso. Pretendo ficar com você, caso aceite ou não. –Ele sorri e a abraça ficando bem perto dela. –Caso aceite me poupará de um enorme problema com a policia, pois se você negar serei o único da realeza a ser indiciado por seqüestro de sua própria esposa. Depois de te ter em meus braços e das palavras de amor trocada entre nós não te deixarei mais sair de minha vida Srª Uchiha, como te disse em nossa 1ª noite como marido e mulher agora é tarde já somos um só. Você é minha mulher e não vou dividi-la com mais ninguém por isso não beije nunca mais outro na minha frente se não serei preso por homicídio. Claro que iremos brigar várias vezes, e eu vou te machucar, mas tentarei evitar...

Sakura estava já aos prantos de felicidade, a emoção em seu coração era tanta que não coube no seu seio e seu sorriso foi para os olhos.

-Então vamos ficar bem eu e você ficaremos muito bem. –Diz Sakura com uma voz melosa – Eu quero realizar seus sonhos, vamos morar em Kyoto? Lá você poderá fazer seus filmes e eu minha faculdade em designer.

-Sim, vamos depois da formatura então, agora vamos dormir que já está na hora. –Disse ele envolvendo-a nos braços e aspirando aquele cheiro de cerejeira que emanava de seus cabelos.

No outro dia na escola Shikamaru estava com olheiras, quase não dormira querendo saber a resposta de Temari. Ele vai ao seu armário fazer a limpeza e lá acha a caixinha. “Então ela não me quer” Ele pensa com um pesar no coração.

Ele vai a cerimônia de encerramento que particularmente achou tudo uma chatice, só queria voltar pra casa e ver as nuvens.

Assim que a cerimônia acabou Shikamaru estava saindo da escola, mas para ao ver que Temari estava no portão com um lenço no pescoço.

-Ei, Shikamaru... –Chama ela

Ele não gostou. “já não basta ter me dado o fora ainda quer me dizer o que?” Pensa ele

-Que é problemática...

-Você pode desamarrar esse lenço, eu não consigo esta muito forte.

Ele hesita por um momento, mas acaba cedendo e quando desata o nó aparece as alianças em um colar que ela estava usando

-Eu pensei ontem a noite e decidi que se um preguiçoso como você teve coragem de me fazer um pedido assim, seria muito simples eu recusar, mas então deixaria de ser sua problemática. Decidi que aceito ser sua namorada.

Ele a abraça suspendendo-a no ar em seguida a beijando docemente.

Sakura e Sasuke olhavam de longe.

-Ainda bem que esses dois se entenderam. –Disse Sakura.

-Sim...

-Então para onde vamos agora? –Pergunta Sakura

-Para longe de onde nos sufocam, finalmente consegui minha liberdade ao lado de quem tanto amo!

Eles partem para Kyoto, para uma nova vida longe do palácio, mas agora perto um do outro e esse é o final da caminhada de Sasuke no palácio como príncipe herdeiro. E inicio de sua vida como Sasuke Uchiha...

Eu não sei como tudo começou

Quando comecei a pensar em você

Os pensamentos apareceram ao redor da minha cabeça

Seguiram aumentando e me sinto um pouco surpreendida

Eu não sei ao certo o que acontece comigo,

mas sei que é algo diferente

Não é nada (é pouca coisa)

Essas palavras são estranhas para mim.

Isso é amor?

Se você também se sente assim, então é o início pra nós dois?

Meu coração continua a dizer que é amor

Quero gritar para o mundo inteiro ouvir

Por que demorei tanto para ouvir isso?

Nós finalmente encontramos...

Finalmente encontramos o amor

Fim...

Nota da autora:

Muito obrigada a todos que acompanharam minha fica ate o fim, eu amei escreve-la pra vocês e é uma pena que ela tenha que acabar, mas tudo que é bom dura pouco... L

Espero que todos tenham gostado do final.