Os Loiros de Konoha escrita por Tina Granger


Capítulo 17
Capítulo 17


Notas iniciais do capítulo

vou desistir de tentar marcar capitulo... so digo que no proximo... vai ter uma coisa que todo dia quando o dia ta ruim pro naruto tem!



Os loiros de Konoha

- E voce tem que entender, Itachi, que as mulheres tem uma capacidade de se irritar facilmente, em especial em determinadas épocas do mês...

- Tipo depois de escutar tantas barbaridades! – Rin bateu no balcão, olhando fixamente para Naruto. – Sinceramente, você está de parabéns! Achou uma santa com alma de anjo para aturar voce!

Naruto e Itachi apenas trocaram um olhar, parecendo ter o mesmo pensamento relacionado a ela.

- Eu nunca disse que a minha Hinata-chan é menos que isso... – o loiro falou, depois suspirou, ficando deprimido. Como ele não havia conseguido encontrar a sua deusa, anjo, fada, sedução em forma feminina? Ele havia, com a permissão de Hiashi, olhado para todas as mulheres hyuuga... e Hinata não estava la! Alias, quando, brincando dissera  que muito provavelmente Hinata ainda estava por nascer... Hiashi lhe olhara de modo estranho.

- Ohayo Naruto! – o chamado entusiasmado fez o loiro saltar. Quando Inoichi começou a rir, Naruto teve certeza que o outro loiro não batia bem da cabeça.

- Voce ainda não foi desmembrado pelo Minato? – Chouza Achimicki pediu, sentando-se ao lado de Naruto, Inoichi voltou a ter um ataque de risos.

- Chouza... Minato nunca faria isso, não com a Kushina... Quer dizer a Pimenta Vermelha protegendo o Naruto dela.

Inoichi estendeu a mão para Itachi, que depois de encarar Naruto, que parecia mais deprimido, encarou o loiro.

- Esse é o meu padrinho e nenhum outro! O nome dele é M I N A T O – itachi soletrou bem as letras. – e não Naruto!

Inoichi sorriu e revirou os olhos.

- Está bem, está bem, geniozinho... Agora por falar em Pimenta Sangrenta, onde esta Kushina, Naruto?

- MINATO! – o berro de Itachi fez os homens rirem. Naruto revirou os olhos, enquanto pegava o garoto no colo, que ainda demonstrava raiva.

- Eu não sei onde ela está... E espero que se estiver com o bundao, que ele esteja apanhando!

- Bun... – Inoichi desatou a rir. – Deixa ele saber que voce o chamou assim!

- Pelo menos eu nunca fui confundido com garoto efeminado! E se quer saber mais...

- Quem confundiu Minato com um garoto... Kushina. – shikaku respondeu a própria pergunta. Chouza fez um sinal pedindo uma tigela.

- o que exatamente vocês querem?

- Não podemos simplesmente conversar com um amigo? – inoichi perguntou inocente... fazendo Naruto bufar.

- Itachi, essa resposta enganou voce? – Naruto perguntou para o menino, que negou com a cabeça. Então Naruto olhou triunfante para Inoichi. – bem, se essa resposta não engana nem uma criança de seis anos...

- Padrinho eu tenho cinco anos!

- Era a minha segunda alternativa. – Naruto falou, sem se importar com o protesto do menino. – Se, como eu ia dizendo, essa resposta não enganou nem uma criança de cinco anos, por que acha que ia me enganar?

- Por que você... é mais burro que o Itachi? – a pergunta de Inoichi foi seguida por uma gargalhada. Os amigos de Inoichi olharam-se surpresos.

Naruto fez um som parecido com um rugido. A única coisa que o impedia de pular no pescoço do outro, era Itachi em seu colo... mas isso não o impedia de mostrar um  determinado dedo, que se a mãe do pequeno tivesse visto...

Os loiros de Konoha

Os loiros de Konoha

- Hiashi-kun? Você tem certeza que está bem?

- Eu já tive minha alta... e não pretendo ficar mais um segundo nesse hospital. – hiashi respondeu, movendo devagar as muletas que o sustentavam. Ele queria ir até sua casa... Retomar sua rotina na medida do possível. Um meio sorriso amargo estava em seu rosto.

Ele havia perdido a razão que o estava fazendo rebelar-se contra as rígidas regras do clã Hyuuga. Quando Naruto, antes da sua missão de resgate pedira para procurar por Hinata dentro do clã, ele duvidara da sanidade mental do loiro, após a afirmação que nenhuma mulher do clã era Hinata... ao encontrar com Aya, ele dissera que a sua noiva era parecida com ela...

Aya Hyuuga era a noiva que sua família havia escolhido para ele casar. Agora, era quase fato esse acontecimento.

- Hiashi-kun? – quando o líder dos Hyuuga a olhou, a morena com cabelos meio azulados ficou ligeiramente vermelha. – Eu sabia sobre Akiko a muito tempo. Talvez ela, tenha...

- Aya, eu não quero conversar sobre esse assunto. – o tom não deixava duvidas que ele não queria conversar.

- Eu apenas espero que voce consiga amar as crianças que forem seus filhos, mesmo que não forem filhos de Akiko.

Aya marchou para a frente de Hiashi, carregando a pequena mala que continha os objetos do Hyuuga e os medicamentos que ele necessitava tomar para melhorar. Hiashi pensou, que era a melhor coisa que ela fazia, deixando-o sozinho, para pensar um pouco a respeito de tudo.

Mas qualquer intenção de continuar, naquele momento, evaporou-se, quando viu Naruto discutindo com Inoichi, Shikaku e Chouza...





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Os Loiros de Konoha" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.