(Nem) Todo Mundo Odeia a Emily escrita por May_Mello


Capítulo 12
Todo mundo odeia se apaixonar.


Notas iniciais do capítulo

TCHARÃM! õ/
Aqui estou eu depois de décadas com um capítulo minúsculo.
*apanha muito e morre estribuchada*
Mas é que eu nem deveria estar postando, já que amanhã começa a minha semana de provas e tá tenso a bagaça. D:
Mesmo assim peço desculpas. :D *leva um chute no olho*
Ah, quero agradecer MUUUUUITOOO mesmo pelos reviews! Estava respondendo eles e quase não estava dando conta, de tanto que tinha. *-*
AAHHH! OBRIGADA!
'Estol felis. ~~damça~~
Então, né? O título do capítulo num é nada sugestivo, não é mesmo? HOHO'
Espero que gostem, xuxus ♥





“Sabe por quê? Porque... EU QUERO MORREEEEER!”


Queria ter um daqueles aparelhinhos de comunicação muito usado em espionagem pra saber o que Lukas está aprontando agora. Garota Alienada na escuta, câmbio. Ok, eu juro que parei de viajar.

Estou aqui, no meu quarto, sentada de frente pra o imenso espelho do closet; e quando não estou fazendo isso estou encostando a testa na porta da sacada pra tentar enxergar alguma coisa na casa dos Schultz. Ai, que aflição! Já estou começando a pensar que o Lukas me enganou. É, não dá pra alguém ser tão bom assim, e além do mais, ele é irmão de Thomas Schultz. Thomas Schultz, esse mesmo, o garoto que roubou o meu tênis! Arregalei meus olhos ainda olhando para o espelho. É isso, eles estão me enganando mais ainda! Só-

–Emily! – Ouvi alguém me chamar. Só pode ser o Lukas! Corri e abri a porta da minha sacada, dando de cara com um Lukas ofegante debruçado sobre o parapeito da sacada dele. – Eu procurei em todo lugar. Acredite, todo lugar, e não consegui encontrar nada.

Broxei. Pois é, acho que Lukas não é um traidor, mas isso não importa agora. Está tudo ferrado mesmo.

–Tudo bem, Lukas. Obrigada...Err... Obrigada por ajudar. – Me rebaixei total agora, mas tudo bem, ele até merece.

Fiquei olhando para ele e ele olhando para mim. Acho que estou em transe, pois todos os movimentos dele parecem estar em câmera lenta. Acho que ele está falando alguma coisa, mas não importa. Tudo o que eu posso pensar agora é como esse garoto pode ser tão lindo. Observei ele passar uma de suas mãos pelo seu cabelo negro enquanto sua boca ainda se movia, e...

–Lukas, onde é que está- – Thomas parou de falar assim que entrou no quarto e me viu, e eu parei de secar o irmão dele assim que esse “estraga prazeres” entrou no mesmo. Maldito Thomas Schultz!

–Err... Falo com você depois, Lukas. – Falei com o nariz empinado, e eu até tentei voltar para o meu quarto normalmente, mas pisei em um dos meus cadarços desamarrados e dei de cara com a outra metade da porta que ainda permanecia fechada.

Thomas riu muito. Vai rindo mesmo... Enquanto você ainda pode!

Beleza. Eu preciso de um novo plano e tenho um grande problema, no qual me recuso a pensar. Bati a porta sem nem olhar pra trás.

_X_

O amor. Ah, o amor... O amor é uma flor roxa que nasce no coração de quem é trouxa. Como diria House: “Você não pode viver sem amor? Bem, o oxigênio ainda é mais importante.” Eu nunca creditei em amor, mas... Um carneirinho, dois carneirinhos, três carneirinhos, quatro carneirinhos, cinco... Cinco horas da manhã e eu aqui sem conseguir dormir! Inferno! E pra completar, ao invés de estar pensando em um bom plano pra recuperar o meu tênis eu estou aqui, pesando no amor e no... Naquele garoto que tem um nome que lembra Will. Quem será, né?

Oiai. Suspirei de novo, me virando na cama pela milésima vez. Tenho que ir no treino das líderes de torcida amanhã. Espera aí. Hoje já é amanhã, isso quer dizer que... Ferrou! Eu preciso do meu tênis da sorte! Mas antes eu preciso dormir...

Fechei meus olhos e pus-me a pensar em doces. Impossível, esse “tic-tac” irritante do relógio dos Teletubbies é muito... Irritante! Me sentei na cama furiosamente, encarando o relógio. E acredite ou não, eu fiquei olhando para ele com meus olhos semicerrados até que o infeliz começou a tocar a música de abertura do programa infernal deles próprios, os Teletubbies! P****! Justo hoje que não precisava essa coisa desperta. Aliás, por que eu tenho um relógio dos Teletubbies? Ah, é porque eu achei bonito e comprei. NÃO! É por que eu ganhei da filha de um caroço de abacate da minha tia e minha mãe disse que se eu não cuidasse desse relógio ela iria me fazer rezar implorando pela minha vida debaixo de um outro relógio. Enfim, a falta de dormir danificou meu cérebro.

Desliguei o relógio e me joguei na cama. Eu vou só ficar aqui e... Morrer! É, morrer de vez! Minha vida é uma bosta misturada com farinha, roubaram meu tênis da sorte, eu tenho que fazer parte das líderes de torcida, e o que é mais doloroso: Eu tenho um relógio dos Teletubbies... Ok. Eu confesso. Isso não é o mais doloroso. O mais doloroso é saber que logo eu, uma descrente do amor, está apaixonada por um garoto com maquiagem que conheci não tem nem dois dias. Eu estou apaixonada pelo Lukas!

As pessoas dizem que a vida é passageira, mas a minha está sendo como aula de Matemática: demorando pra acabar. Sabe por quê? Porque... EU QUERO MORREEEEER!



Notas finais do capítulo

MWAHAHAHAHAHAHHA -q
Agora cêis sabem por quem a Emy está apaixonada.
E agora, José? Agora é que a confusão começa de vez. Não percam o próximo capítulo de... Os Mutantes, Caminhos do Coração. {?} -q
AHHHH! Deixem review e me façam ter um ataque cardíaco de felicidade. :D Aí eu morro rindo e pulando... Viu que feliz? *-*
Quero avisar que vai estar difícil de postar essa semana, porque como eu disse, é semana de prova, mas eu dou um jeito :D ... Ou não. '-'
Muitos Bjos&Qjos. :*
E obrigada por ler! o/