I Dreamt That Somebody Loved Me escrita por makkori


Capítulo 1
Único




Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/107290/chapter/1

Eles eram amigos. Iam ao cinema, bebiam e riam juntos. Sabiam onde o outro morava, o telefone, data de nascimento, idade e sobrenome. De fato, amigos. Não grandes amigos, muito menos de infância. Também não podia dizer que eram apenas conhecidos, porque na verdade eram mais do que isso.  A definição era apenas essa palavra.

Amigos.

E por estarem nessa condição de amigos, eles se comunicavam. Não regularmente, como Shou gostaria, mas em intervalos de tempo suficientes para fazer as verduras em sua geladeira estragarem.  Ou qualquer metáfora que abrangia o mesmo valor temporal.

Enfim, quando essa data chegasse e os telefonemas fossem feitos e os convites lançados, Shou ficaria extremamente muito contente e vestiria sua melhor roupa e arrumaria seu cabelo com todo o esmero ao seu alcance. Porque ele simplesmente queria agradar seu amigo.

E no meio da conversa depois de algumas cervejas e outras risadas idiotas,  Shou realmente se esforçava para parecer uma pessoa interessante mesmo não precisando, pois obviamente para todos menos para ele mesmo ele era interessante e bonito e meio fanho, não que esse último fator fosse  um defeito na opinião de seu apenas-amigo-Saga, era só engraçado às vezes, dependendo do  que ele falasse.

No meio do papo e da consequente proximidade, o sempre pensamento chegou de novo na cabeça de Saga.  O mesmo que sempre vem quando estão ali, se olhando e olhando e olhando bem nos olhos com sinceridade. Como amigos.

E é por serem amigos que ele novamente ignorou o pensamento que era só ele se aproximar mais alguns centímetros do outro e então e então! E então escondeu a ideia inusitada e se jogou no encosto da cadeira enquanto Shou pensava em coisas idiotas e fora de questão para o momento. Era a solidão. Era só isso. Tinha que ser. Eram e são e serão amigos sempre.

Foi no meio da madrugada que eles se despediram e sorriram e ficaram tristes pela manhã estar chegando e depois aparecer um novo dia normal e tedioso e serem os amigos não frequentes.

Pronunciaram um tchau e outro até mais e num ato impetuoso de uma mente  não pensante, Shou soltou uma exclamação e Saga, percebendo o ato e secretamente esperando esperançosamente uma única reação mais do que deveria, parou na trajetória.

- Ah, até... Até outro dia.

-... Até mais, Shou.

E cada um seguiu seu rumo nas ruas frias e escuras e amarelamente iluminadas pelos postes.

Como no início, eram amigos e isso apenas. Mas tanto Shou quanto Saga sabiam.

Sabiam que a iniciativa necessária era o gatilho que não seria puxado por nenhuma das duas bocas.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Curto, enrolado, estranho. Basicamente o de sempre. E Morrisey passa sua melancolia por osmose através da sonorização de sua genialidade. Nonsensenonsensenonsense.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Dreamt That Somebody Loved Me" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.