Caminho do ninja amador (nível II). Missão 04: hífen (parte III)
Postado por Letícia Silveira

Olá, pequenos gafanhotos!


Aqui estou eu, Letícia Silveira, com mais uma missão para vencermos juntos. Espero que todos tenham tido um ótimo ano e que o encerrem com altíssimas notas em Português! Aliás, mais importante do que isso, é que vocês encerrem com certo contentamento por terem aprendido ensinamentos com as nossas missões e que tenham crescido em suas escritas. E como foram de Natal e Ano-Novo?!

Aliás, quero comentar algumas coisas:  não se assustem porque, no momento, a Liga dos betas está com as inscrições suspensas, mas é só temporariamente, ok? A nossa querida Cyndi está de férias e por isso não tem como receber as inscrições,  mas avisaremos quando o processo se reestabelecer. E aqueles que quiserem contactar um beta para acompanhar suas histórias, antes de fazê-lo, leiam sobre o que um beta faz no seguinte link:
http://ligadosbetas.omeuforum.net/n81-betas-o-que-sao-e-o-que-fazem

Quando vocês acessarem os classificados da liga, não se esqueçam de atentar para a disponibilidade, o fandom e o gênero de que o beta gosta, isso costuma pesar na aceitação do processo: http://ligadosbetas.omeuforum.net/t9-classificados-lista-dos-beta-reader

Agora, sim, podemos ir à nossa missão. Vamos continuar com o nosso amigo hífen? Para alguns, ele pode até ser um inimigo, mas, lendo calmamente e prestando atenção, alcançaremos o calcanhar de aquiles desse gigante. Vamos à prova:

Caminho do Ninja Amador: Missão 05.
A formação do plural de compostos com hífen.

A nossa missão de hoje trata de como formamos o plural das palavras que possuem hífen. Afinal, são guardas-noturnos ou guarda-noturnos? Esse Português nos apronta cada uma, viu! Bem, para desfazer essas dúvidas, então, vamos à missão, ninjas noobs.


1. Os termos sem hífen atuam como substantivos simples (levam o "s" apenas no final).

Girassol, Girassói
Pontapé, pontapé
Infraestrutura, infraestrutura


2. Quando o primeiro elemento for um verbo ou for uma palavra invariável (que não possui plural) e se o segundo elemento for um substantivo (as coisas) ou um adjetivo (o que caracteriza as coisas); só o segundo termo ficará no plural.

Observação: lembrando que podemos ver quando é um substantivo ao pegar a palavra e colocar entre "o" ou  "a" e o verbo "é". Por exemplo, "o carro é", "a bomba é", "o caminhão é", "a pipa é", "o tamanduá é" e "a bandeira é". Assim, se a palavra conseguir encaixar no meio, ela é um substantivo. 

A) Verbo + Substantivo/Adjetivo = guarda-chuvas.

Relembrando que o verbo é uma ação e, quando está no seu infinitivo, termina em "R" (-AR, -ER, -IR).

Guarda-chuvas e guarda-roupas ("guarda" vem do verbo "guardar")
Beija-flores ("beija" vem do verbo "beijar")
Cata-ventos ("cata" vem do verbo "catar")
Vira-latas ("vira" vem do verbo "virar")


B) Palavra invariável + Substantivo/Adjetivo = abaixo-assinados.
Observação: Abaixo-assinados = "abaixo" é uma palavra invariável = não existe "eles estavam abaixos da escada".
Sempre-vivas (não existe "sempres"; então, é uma palavra invariável)
Ex-esposas (não existe "exes"; logo, é uma palavra invariável)


3. Quando o primeiro elemento for um uma palavra repetida ou for uma palavra onomatopaica, só o segundo termo ficará no plural.

A) Palavra repetida + Palavra repetida = quebra-quebras.


Corre-corre
Quebra-quebra
Blá-blá-blá
Tico-tico

Observação: quando a palavra repetida for um verbo, podemos colocar ambas as palavras no plural: corres-corres e quebras-quebras. É uma opção.

B) Palavra onomatopaica + Palavra onomatopaica = tique-taques.

O nome "onomatopaica" vem da figura de linguagem chamada Onomatopeia. Ela ocorre quando se nomeia algo a partir do som feito por esse objeto. Por exemplo, o relógio faz "tique-taque" e, daí, vem a palavra.

Tique-taque
Pingue-pongue
Toque-toque


4. Quando os dois elementos forem variáveis (substantivos, adjetivos e numerais), ambos os termos ficarão no plural.

A) Palavra variável + Palavra variável = guardas-noturnos.*
 
*Observação: aqui, "guarda" não vem de "guardar". Observe que antes guardava roupas (guarda-roupa) e "guardava" a chuva (guarda-chuva). Agora, "guarda" é o homem que cuida e "noturno" apenas está caracterizando-o.

Quartas-feira
Obras-prima
Gentis-homens


5. Quando os dois elementos forem ligados por preposição, só o primeiro termo ficará no plural.

Lembremos que preposição é um termo que liga duas palavras. São preposições: a (lembram que a preposição A com o artigo A forma a crase?), antesante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, por, sem, sob, sobre, trás.

A) Palavra + Preposição + Palavra = mulas-sem-cabeça.


s-de-moleque 
Pimentas-do-reino 
Bicos-de-papagaio*

*Aqui é a espécie da planta. A doença não possui hífen conforme vimos na primeira missão do hífen.

Observação: a preposição pode estar oculta em um termo composto. Por exemplo: cavalo-vapor (cavalo à vapor). O seu plural é cavalos-vapor como no caso com preposição.


6. Quando houver uma expressão substantivada, o termo será invariável.

Uma expressão substantivada seria, por exemplo, o louva-a-deus. O inseto "louva-a-deus" ganhou esse nome por parecer estar louvando a Deus, uma expressão que já se tornou um substantivo (no caso, o nome do animal). Assim, o plural de louva-a-deus são os louva-a-deus. Estranho, não é? 


7. Quando o primeiro elemento for um verbo e o segundo elemento for um advérbio*, ou for um substantivo no plural, ou for um outro verbo com significado contrário, o termo composto permanecerá invariável.

*O advérbio indica as circunstâncias em que ocorre a ação do verbo. É algo invariável sempre.

A) Verbo + Advérbio / Substantivo no plural = os bota-fora.

Aqui, apenas o artigo irá para o plural.

O saca-rolhas e os saca-rolhas
O louva-deus e os louva-deus
O salva-vidas e os salva-vidas


B) Verbo + Verbo com significado contrário = os perde-ganha.

Aqui, o artigo também será o único a ir para o plural.

O vai-volta e os vai-volta
O perde-ganha e os perde-ganha


8. Quando o primeiro elemento for grão, grã ou bel, apenas o segundo termo ficará no plural.

A) Grão, grã ou bel + Palavra = grão-duques.

O bel-prazer e os bel-prazeres
O grão-mestre e os grã-mestres
O grão-fino e os grã-finos


9. Quando o segundo elemento especificar a função ou o tipo do primeiro elemento ou for semelhante ao termo anterior, recomendamos* flexionar apenas o primeiro termo.

*Recomendamos apenas porque alguns autores apontam a flexão de ambos os termos: palavras-chaves, pombos-correios, decretos-leis, mangas-rosas...
Celso Cunha e Lindley Cintra, na Nova Gramática do Português Contemporâneo (Ed. João Sá da Costa, Lisboa, 14.ª ed., 1984, p. 188), consideram que o plural é navios-escola, porque "o segundo termo da composição é um substantivo que funciona como determinante específico". Já o dicionário Houaiss afirma, na definição da locução determinante específico, que este "tanto pode ser invariável como flexionar-se quanto ao número: aviões-tanques, operários-padrão".

A) Palavra + Palavra que especifica a função ou o tipo da primeira = palavras-chave.

Os pombos-correio (eles são pombos que servem como correio; então, há a especificação da função do pombo)
Os peixes-espada (aqui há a especificação do tipo de peixe; logo, só o primeiro termo possui "s")

B) Palavra + Palavra semelhante à primeira = decretos-lei.

Os decretos-lei (pois decretos já são decisões das autoridades, parecidos com as leis)


10. O caso dos adjetivos compostos*: normalmente, apenas o último elemento concorda com o substantivo a que se refere; os demais ficam no singular e na forma masculina.

*Caracterizam algo com mais de uma palavra. Por exemplo, abaixo, verde-claro está caracterizando os olhos.

A) Adjetivo composto = olhos verde-claros
 
Calças azul-escuras
Paredes verde-claras

B) Adjetivo composto vindo de um substantivo = camisa rosa-claro
 
Quando houver um adjetivo composto, originado a partir de um substantivo, ele ficará invariável, não flexionará nenhuma de suas partes. Por exemplo, "rosa", originalmente, veio da cor da flor; logo, vamos ao nosso truque: "a rosa é" = substantivo. Então, quando pegamos um substantivo para caracterizar algo, não o colocamos no plural, ele fica no singular e na forma masculina. Veja exemplos:

Telhados marrom-café ("O café é" = substantivo)
Camisas verde-água ("A água é" = substantivo)

Observação:
aqui vimos que os adjetivos compostos substantivados nunca vão para o plural. Vocês se surpreenderiam se eu dissesse que, mesmo quando não é um adjetivo composto, quando é apenas um substantivo adjetivado, ela também não irá para o plural, será invariável. Por exemplo, as camisas cinza foram lavadas ("a cinza é" = substantivo). Observei os carros amarelos ("o amarelo é" = não dá = não é substantivo) e as motos vinho ("o vinho é" = substantivo).

Exceções
(sim, eu também odeio essa palavrinha):
 
- adjetivos compostos sempre invariáveis, que nunca vão para o plural: azul-marinho, azul-celeste e ultravioleta.

- adjetivos compostos que flexionam os dois termos para o plural: surdo-mudo (os surdos-mudos) e pele vermelha (os peles-vermelhas).


*******

Aprovaram a matemática do Português? Mas aposto que não a fixaram ainda. Logo, vamos visualizar o resumo da nossa rápida missão:


                          Formação dos plurais dos compostos com hífen
O composto terá apenas o primeiro termo no plural:
1. Quando os dois elementos forem ligados por preposição.

Palavra + Preposição + Palavra = mulas-sem-cabeça.
2. Quando o segundo elemento especificar a função ou o tipo do primeiro elemento ou for semelhante ao termo anterior. (Esse é o caso em que recomendamos o uso apenas no primeiro termo.)

A) Palavra + Palavra que especifica a função ou o tipo da primeira = palavras-chave.

B) Palavra + Palavra semelhante à primeira = decretos-lei.
O composto terá apenas o segundo termo no plural:
1. Quando o primeiro elemento for um verbo ou for uma palavra invariável e se o segundo elemento for um substantivo ou um adjetivo.

A) Verbo + Substantivo/Adjetivo = guarda-chuvas.

B) Palavra invariável + Substantivo/Adjetivo = abaixo-assinados.
2. Quando o primeiro elemento for um uma palavra repetida ou for uma palavra onomatopaica.

A) Palavra repetida + Palavra repetida = quebra-quebras.

B) Palavra onomatopaica + Palavra onomatopaica = tique-taques.
3. Quando o primeiro elemento for grão, grã ou bel.

Grão, grã ou bel + Palavra = grão-duques.
4. No caso dos adjetivos compostos: normalmente, apenas o último elemento concorda com o substantivo a que se refere.

Adjetivo composto = olhos verde-claros
O composto será invariável:


Exemplos:
1. Quando houver uma expressão substantivada. Os louva-a-deus.
2. Nos adjetivos compostos que são formados a partir de substantivos. As roupas cinza-claro.

Adjetivo composto vindo de um substantivo = camisa rosa-claro

3. Quando o primeiro elemento for um verbo e o segundo elemento for um advérbio, for um substantivo no plural ou for um outro verbo com significado contrário. Os saca-rolhas

A) Verbo + Advérbio / Substantivo no plural = os bota-fora.
B) Verbo + Verbo com significado contrário = os perde-ganha.

Ambos os termos ficarão no plural:
1. Quando os dois elementos forem variáveis (substantivos, adjetivos e numerais), ambos os termos ficarão no plural.

Palavra variável + Palavra variável = guardas-noturnos.*

E então? O que acharam da missão de hoje? Espero que as dúvidas tenham sido esclarecidas e que os ninjas tenham tido um feliz Natal e um ótimo Ano-Novo. Beijos,

Letícia Silveira e Lady Salieri.


Comentários

Camila-chan

08/10/2015 às 23:54

Meninas? não têm algumas palavras que perderam o hífen e podem ser escritas separadas ao invés de junto? eu achei que tinha visto uma coisa assim quando mudou as normas.



alright bro

30/05/2013 às 13:48

amei



Luu Fernandes

12/04/2013 às 21:27

Mais uma aula vencida, com a graça dos deuses! >.< Nossa, e eu achando que hífen era o menor dos meus problemas, me enganei, gente '-' Mas essas aulas foram bem esclarecedoras, como a dos porquês, tenho certeza de que vou ficar voltando pra sanar dúvida até que o assunto esteja resolvido! Enfim, mais um desafio findado, gostaria de agradecer pelas aulas todas que fiz até hoje graças a vocês *_*

Até a próxima, Sayo!



Lucas C

02/03/2013 às 18:35

Meu Santo Cristo! Nunca achei que viria tanta matemática numa aula de português! As coisas estão um pouco confusas, mas estou aprendendo bastante com o Word me corrigindo ^.^ e é claro, a minha beta reader. 

Arrasaram garotas! Ops... Mestras!



Lady Salieri

05/01/2013 às 23:24

E sua dúvida não tem nada de noob, nunca se preocupe com isso. Como dissemos lááááá na primeira aula, não existe pergunta idiota, só idiota que não pergunta. Se você passassse pela aula e não manifestasse sua dúvida, eu juro que ia adivinhá-la e ia puxar seu pé de noite xD

o/



Lady Salieri

05/01/2013 às 23:22

Oláááá, Jpstrikex =)

Deixa que essa dúvida sua respondo eu ^^. Então, basicamente, Ano-Novo com hífen se refere à festividade da passagem de ano, ao passo que "Ano Novo" (que deveria estar escrito "ano novo" tudo em minuscula, foi mal por essa parte, vou corrigir, jáa!) sem hífen se refere a este novo ano que se inicia =) e que esperamos que seja próspero na vida de todo mundo, oba o/

E, no caso, sobre sua segunda dúvida, é "encontram-se ambas as formas"...  Afinal, estamos falando de duas formas, né? E está tudo no plural =D

Mais uma vez, obrigada por nos acompanhar sempre (eu não estou fazendo as aulas por enquanto, mas de estou de olho hehehe) e por nos ajudar =D. Isso é muito importante mesmo =D

Bjooo!

 



Tryckster

05/01/2013 às 11:37

Nossa, eu li o que eu acabei de enviar e, por incrível que pareça, estou com mais uma dúvida acerca dos hífens; no caso dessa passagem "[...] escreve-se "louva-deus" ou "louva-a-deus" porque, assim como ano-novo/ano novo, encontra-se ambas as formas no texto [...]" o certo é "encontra-se ambas as formas no texto" ou "encontram-se ambas as formas no texto"?

Eu sei que é uma dúvida muito noob, mas é que os exemplos de plural foram todos com "s" e, além disso, eu não tenho certeza sobre em qual categoria "-se" está enquadrado.

Byebye~



Tryckster

05/01/2013 às 11:30

Heey!

As festividades de Natal e Ano novo foram divertidas aqui, e por aí? ;3 (Aliás, no começo da aula, foi-se escrito "Ano-Novo" e, no fim da mesma, "Ano Novo". Qual seria o certo?)

Agora eu consegui finalmente aprender quando e onde a palavra ficará no plural! Ajudou muito! *---*

Só tenho uma dúvida (ou mais, porém no momento somente uma me incomoda, kkk), escreve-se "louva-deus" ou "louva-a-deus" porque, assim como ano-novo/ano novo, encontra-se ambas as formas no texto =z

Por fim, mas não menos importante, eu gostaria de falar que a aula foi ótima!! Obrigado mestras por sempre nos ensinar mais sobre esse monstro comedor de cérebros que é o português!