Caminho do Ninja Amador (nível II). Missão 04: hífen (parte II)
Postado por Letícia Silveira

Olá, maravilhosos ninjas noobs!

Preparados para mais uma missão? Aqui é a Letícia Silveira quem vos fala, uma pessoa que está muito curiosa para ver se o mundo realmente acabará nesse mês. Eu, pelo menos, tive um ótimo ano. Comecei a ler as aulas de Português, comentei e acabei me tornando a pessoa que escreve as aulas! Parece loucura, mas é verdade: eu saí de onde vocês estão para ficar aqui. Por isso, comentários sempre serão importantes. Imagine se eu tivesse me rendido à preguiça e nunca tivesse conversado com a Lady Salieri! Eu teria perdido muita coisa. Muita coisa mesmo! Vocês não têm noção do poço de cultura que ela é!

Além disso, gostaria de convidá-los para acessar o portal da Liga dos Betas do Nyah. Nele, haverá postagens de alguns textos que procuram ensiná-los algumas coisas importantes no desenvolvimento de histórias. Acessem: ligadosbetas.omeuforum.net

E, claro, o convite sempre estará aberto àqueles que querem participar da Liga. Porém, agora não será mais se comunicando com a Cindy. Para facilitarmos o preenchimento da ficha, leiam: http://ligadosbetas.omeuforum.net/n100-avisos-para-os-candidatos-a-betas

Entretanto, por favor, eu lhes imploro, queridos ninjas, para que não pensem que beta-reader é apenas um corretor ortográfico. Para isso, existem o Word e corretores online. Para entenderem o que um beta faz (caso peça ajuda ou caso se inscreva para ser um beta), leiam: http://ligadosbetas.omeuforum.net/n81-betas-o-que-sao-e-o-que-fazem

Logo, se você precisa de um beta-reader, contactem alguém através dos classificados. Peço-lhes que leiam os fandons e os gêneros de que a pessoa gosta e que considerem a disponibilidade dela. Vejam: http://ligadosbetas.omeuforum.net/t9-classificados-lista-dos-beta-reader

Enfim, sem mais delongas, queria desejá-los um ótimo Natal e um feliz Ano Novo. Já que viajarei durante todo o Janeiro, espero que não chorem pela minha ausência. Uma vez que eu consegui escutar o cantar dos grilhos, de tão sem graça que foi a brincadeira; continuaremos, então, a missão sobre o hífen. Leiam-na calmamente, devagar, sem pressão alguma. Na correria, ninguém a fixa! Assim, a seguir, veremos quando juntamos as palavras e não usamos hífen (-).

Mas, porém, entretanto, contudo, todavia não podemos nos esquecer de revisar o que aprendemos na nossa última missão:


                                                 UTILIZAMOS O HÍFEN EM
Regra: Exemplo:
1. Palavras unidas para formar um novo significado. Guarda-chuva
Tio-avó
2. Palavras da botânica e da zoologia. Não-me-toques (planta)
Bem-te-vi
3. Compostos em que o primeiro termo é um numeral.  Segunda-feira
Primeira-dama
4. Compostos homogêneos (ou dois verbos, ou dois adjetivos). Verde-claro
Corre-corre
5. Compostos formados por dois substantivos, em que o segundo age como adjetivo. Tamanduá-bandeira
6. Compostos com apóstrofe. Cobra-d'água
7. Compostos formados por palavras repetidas. Blá-blá-blá
8. Advérbio "mal", antes de vogais, "L" ou "H": Mal-estar
9. Ênclise e mesóclise. Disse-lhe
10. Formações em que o termo seguintes inicia com "H" ou com a mesma vogal final do prefixo.  Anti-inflamatório
Anti-herói
11. Nomes geográficos com o prefixo "grã", "grão" ou um verbo. Grã-Bretanha
12. "Luso", "anglo", "latino" e "afro" ao funcionarem como adjetivos pátrios. Afro-americano
Latino-americano
13. Locuções consagradas. Cor-de-rosa
14. Sufixos de origem tupi-guarani que representam formas adjetivas. Capim-açu.
 
 
Caminho do Ninja Amador. Missão 04.
Meta 01: dominar o uso do hífen (parte II).


Então, agora, veremos o que mudou com a Reforma Ortográfica. Então, NÃO utilizamos o hífen quando:


1. A primeira palavra termina com uma vogal e começa com a consoante "R" ou "S":

(Lembrando que vogais são as letras A, E, I, O, U. As demais são consoantes.)
Sempre que isso ocorrer, duplicamos a consoante. Sabe a famosa "mini-saia"? Pois é! Não existe mais! Agora é "minissaia". Veja outros exemplos:

Microssistema
Antirreligioso
Infrassom


2. O prefixo termina com uma vogal e o termo seguinte inicia com outra vogal:
Infraestrutura
Autoescola
Autoestima
Autoajuda


3. Há os prefixos in- e des-, a segunda palavra perde o "H":

Aqui, o "H" apenas some para formar um termo diferente, quando diferem o significado. Por exemplo, homem e lobisomem. Há significados totalmentes diferentes; e, por isso, a segunda palavra não possui "H".
Podemos perceber que "des" e "in" são prefixos que, quando usados, demonstram o contrário da palavra original. Por exemplo, humano e inumano. São ideias (sem acento devida à mudança da Reforma) contrárias, ou seja, são antônimos.

Desumano
Desumidificar
Inumano


4.  Está presente o prefixo co- ou re-:

Isto independe da letra seguinte. Ou seja, a letra inicial do segundo termo pode ser "o" ou "e", e, mesmo assim, NÃO estará presente o hífen.

Cooperação
Coautor
Coexistir
Reescrever
Reler
Rever


5. Em palavras que, com o uso, adquiriram noção de composição:

Quando os verbos perdem a noção na palavra, une-se o conjunto. Por exemplo, "gira-sol". O verbo "girar" perdeu a noção assim como "parar" em "paraquedas".

Girassol
Paraquedas
Pontapé
Mandachuva
Madressilva


 A Academia Brasileira de Letras (ABL) não estabeleceu regras concretas, porém prometeu lançar um dicionário com a grafia estabelecida. Atualmente, muitos discordam da grafia da palavra "paraquedas"; entretanto, isto, a ABL esclareceu: paraquedas e seus derivados (paraquedista, paraquedismo e paraquedístico) não possuem hífen; todavia, os outros termos com o prefixos PARA- permaneceram com tal pontuação. Exemplos: para-choque e para-raio.


6. Em algumas palavras com o advérbio "bem":

Há apenas algumas exceções. No resto, o advérbio "bem" deve possuir hífen como em "bem-vindo" ou "bem-estar". Sim, permaneceram iguais.

Benquerido
Benfeitor
Benquerer
Benquisto
Benfeitoria
7. Em locuções como:
Fim de semana
Café com leite
Pão de mel

Apenas utilizamos hífen em expressões já consagradas de nossa língua (expressões já adaptadas para o nosso vocabulários):

Água-de-colônia
Mais-que-perfeito
À queima-roupa
Cor-de-rosa

***

Tia, surgiu uma dúvida aqui: tem diferença entre dor-de-cabeça e dor de cabeça?
 

 
Existem os dois, caro ninja noob. Dor de cabeça, sem o hífen, indica a dor física, medicinal. Com o hífen, significa "problema", sendo uma expressão popular e se enquadrando no quadro de locuções consagradas. Por exemplo:
 
 
A minha dor de cabeça não parece passar.
Ela é uma dor-de-cabeça na minha vida.
 
 
Por conseguinte, cuidem que "não" e "quase" não podem ser ligados por hífen. Ou seja:

Eles tinham um acordo de não agressão.
Isto é um quase delito.

Para finalizar, faremos apenas uma observação: quando formos escrever em uma folha, sempre indicaremos o hífen na linha de cima e na de baixo. Em outras palavras, ele se repetirá na linha de baixo caso a repartição de sílabas caia em cima do hífen. Por exemplo:

O diretor foi receber o ex-aluno.

 

 
Vamos, então, ao nosso super-resumo? Paciência, ninjas, temos tudo sobre o controle, não é?
 
                                                 UTILIZAMOS O HÍFEN EM
Regra: Exemplo:
1. Palavras unidas para formar um novo significado. Guarda-chuva
Tio-avó
2. Palavras da botânica e da zoologia. Não-me-toques (planta)
Bem-te-vi
3. Compostos em que o primeiro termo é um numeral.  Segunda-feira
Primeira-dama
4. Compostos homogêneos (ou dois verbos, ou dois adjetivos). Verde-claro
Corre-corre
5. Compostos formados por dois substantivos, em que o segundo age como adjetivo. Tamanduá-bandeira
6. Compostos com apóstrofe. Cobra-d'água
7. Compostos formados por palavras repetidas. Blá-blá-blá
8. Advérbio "mal", antes de vogais, "L" ou "H": Malfeito
9. Ênclise e mesóclise. Disse-lhe
10. Formações em que o termo seguintes inicia com "H" ou com a mesma vogal final do prefixo.  Anti-inflamatório
Anti-herói
11. Nomes geográficos com o prefixo "grã", "grão" ou um verbo. Grã-Bretanha
12. "Luso", "anglo", "latino" e "afro" ao funcionarem como adjetivos pátrios. Afro-americano
Latino-americano
13. Locuções consagradas. Cor-de-rosa
14. Sufixos de origem tupi-guarani que representam formas adjetivas. Capim-açu.
 
 
 
                                            NÃO UTILIZAMOS O HÍFEN EM
Regra: Exemplo:
1. A primeira palavra terminada em uma vogal e começada com a consoante "R" ou "S". Minissaia
Infrassom
2. Prefixo terminado em uma vogal, e o termo seguinte iniciado por outra vogal. Infraestrutura
3. Palavras que adquiriram noção de composição (normalmente, o verbo é o prefixo e ele perdeu a sua função). Girassol
Mandachuva
4. Locuções não-consagradas: Fim de semana
5. Algumas expressões com o advérbio "bem". Benfeitor
 
 
 
Prefixos sempre seguidos por hífen:
Obs.: (as regras não se aplicam a eles)
Exemplos:
Além Além-mar, além-túmulo
Aquém Aquém-mar, aquém-fronteiras
Bel Bel-prazer
Ex (= anterior) Ex-presidente, ex-esposa
Grã Grã-fino, grã-duquesa
Grão (= grande) Grão-duque, grão-mestre
Para (exceção: paraquedas) Para-raio, para-choque
Pós, pré e pró (quando tônicos) Pós-moderno, pré-nupcial e pró-governo
Recém Recém-chegado, recém-nascido
Sem Sem-número (= inúmeros), sem-terra
Sota, soto (= substituto) Sota-piloto, soto-mestre
Vice, vizo Vice-diretor, vizo-rei


Prefixos só seguidos por hífen se a palavra seguinte começar por "H" ou vogal igual à vogal final do prefixo:
Obs.: nos outros casos, a palavra virá unida (sem o uso do hífen).
Obs.2.: lembrando que o "R" e o "S", quando são a primeira letra da palavra seguinte, ao se juntarem, dobram de número. Formam dois esses e dois erres.
       Exemplo:
Letra A - "aero", "agro", "auto", "anfi", "anti", "arqui", "audio", "ante".
Aeroespacial
Agropecuária
Automóvel
Antiético
Arqui-inimigo
Audiovisual
Letra C - "cardio", "centro", "contra". Cardiopatia
Centroavante
Contracheque
Letra D - "des". Despreocupado
Letra E - "eletro", "estereo", "extra". Eletrodoméstico
Estereoquímico
Extraterrestre
Letra F - "foto". Fotossíntese
Letra H - "hidro". Hidrografia
Letra I - "intra", "infra". Intracelular
Infraestrutura
Letra M - "macro", "maxi", "micro", "mini", "mono", "morfo", "moto", "multi". Macroeconomia
Maxidesvalorização
Micro-ônibus
Minissaia
Monossílabo
Morfologia
Motociclismo
Multicolorido
Letra N - "neo", "neuro". Neologismo
Neurocirurgião
Letra O - "oni", "orto", Onipresente
Ortopedia
Letra P - "para", "pluri", "penta", "pneumo", "poli", "proto", "pseudo", "psico". Paramilitar
Pluricelular
Pentacampeão
Pneumologia
Polissíndeto
Protótipo
Pseudossábio
Psicossocial
Letra Q - "quadri". Quadrigêmeos
Letra R - "radio", "retro". Radioamador
Retrovisor
Letra S - "sacro", "semi", "sobre", "socio", "supra". Sacrossanto
Semiárido
Sobrecapa
Sociopolítico
Supracitado
Letra T - "tele", "termo", "tetra", "tri". Televisão
Termodinâmica
Tetracampeão
Tricampeão
Letra U - "ultra", "uni". Ultrassom
Unicelular
Letra Z - "zoo". Zootecnia


Prefixos com exceções: Exceção: (Incluem-se nas demais regras como a do agá e a das vogais.) Exemplo:
"Ad", "ab" e "od". Há hífen também quando o segundo termo inicia com B ou R. Ad-renal
Ab-rogar
"Sub" Há hífen também quando o segundo termo inicia com B ou R. Sub-base
Sub-região
"Circum" e "pan" Contém hífen apenas quando o termo seguinte é uma vogal ou é M ou N. Pan-americano
Circum-navegação
"Hiper", "super" e "inter" Também tem hífen quando o termo seguinte é iniciado por R. Hiper-radioativo
Inter-racial
"Afro", "luso", "anglo" e "latino" Nunca utiliza hífen a não ser que seja um adjetivo pártrio (de identidade, de um país). Afro-americano
Afrodescendente
Luso-brasileiro
Lusofobia
Anglo-saxão


***
Gostaram da missão curta de hoje? Afinal de contas, o hífen é maleável se estudado. O que acharam, por fim, da Reforma Ortográfica?  Aposto que alguns se surpreenderam com o micro-ondas. E, com muita honra por ter vencido mais uma árdua tarefa, encerro essa missão com um "até breve". Pois breve nos veremos, logo nos entreteremos. Abraços.

Letícia Silveira e Lady Salieri


Comentários

Camila-chan

07/10/2015 às 18:37

Acho o hífen tão difícil! tenho a sensação que vou precisar sempre olhar como é. afinal isso de exceção é um saco e sempre nos prega peças!! =/

acho que a mudança das normas do hífen só complicaram tudo!! =/

obrigado pelas aulas meninas! está muito boa! =D



Luu Fernandes

11/04/2013 às 22:04

Aula sempre ótima mestras! >.< Estou até orgulhosa de ter chegado até aqui!

Meu Português sem sombra de dúvidas está melhorando e é lindo perceber isso, muito obrigada mesmo pelo espaço e pelas aulas tão boas! :3

Ja ne! ♥



29/03/2013 às 21:07

Como sempre a aula foi otima. Com as mestras, tudo fica tão claro e óbvio.



Wercton Greyjoy

26/01/2013 às 17:12

Nossa, as pessoas que fazem esses tipos de regra precisam de pscologos hahahahaha. Estou sem fôlego. Pelo menos com essas aulas eu estou apredendo metade de tudo isso. Ufa! Excelênte aula, tias... ops, mestras! hahhahahhahha

Reet, as vezes eu me sinto tonto com as cores, mas olha, basta você selecionar as palavras e o fundo se tornará preto e as letras brancas :D

Abraços!



Lucas Carvalho

29/12/2012 às 20:18

Ótima explicação :D



Reet

13/12/2012 às 09:50

Muito boa! Mas poderia manerar no uso do verde e do vermelho? Eu sou daltônica e não enxergo nada ):



11/12/2012 às 18:35

Ooooi, mestras! :D

Como vão?

 

Vocês são EXCELENTES para explicar! O jeito tão descontraido deixa a aula mais fácil e gostosa de ler! Sou uma admiradora do trabalho que vocês estão exercendo.

O que mais me admira é fazer tudo isso com tanto cuidado, sem exigir nada em troca. Sacrificando tempo para nos dar dicas simples que fazem a maior diferença!

 

Peço que não parem de postar!

Beijooos

Anny ♥



Letícia Silveira

10/12/2012 às 20:17

Olá, queridos ninjas!

Jpstrikex, muito obrigada pelo elogio. E, consultando o dicionário Houaiss, respeitado na Língua Portuguesa, desumano existiria sim (fonte: http://200.241.192.6/cgi-bin/houaissnetb.dll/frame). Podemos olhar em outros locais online como o dicio.com.br (http://dicio.com.br/desumano), um ótimo local para se pesquisar palavras desconhecidas. E você sempre é o primeiro a comentar na aula, incrível a sua dedicação! Muito obrigada ♥

Midrox, cada um com a sua crença. xD Particularmente, fiquei com mais medo do ano passado do que esse. xD E que bom que você gostou da aula e ainda a entendeu. Muito obrigada ♥
 Agome, muito obrigada pelos elogios. Espero também que você continue acompanhando as aulas. ^^

Savon, muito obrigada pelo elogio; e, sim, nós trataremos de concordância verbal e nominal, mas será mais para frente. A coisa mais próxima que teremos disso será na próxima aula sobre concordância nominal de compostos com hífen. (: Já que seguimos uma planilha com aulas já planejadinhas, demorará um pouquinho para chegar a esse tópico. Mas as Dicas Curtas já adiantaram algumas concordâncias verbais (como o "fazem dez anos", que não existe), espero que estejam conferindo. Muito obrigada pela atenção, querido ninja.
Beijos a todos vocês, e espero que nos vejamos na próxima missão. ♥



Savon Laffithe

10/12/2012 às 17:13

Eu adorei todas as aulas que aqui foram colocadas, mas tem um porém; Erro de concordancia verbal, tem muitas pessoas escrevendo coisas legais só que sem sentido. Isso é uma opnião para uma das suas proximas aulas. Obrigado pela atenção. Ósculos, Savon Laffithe.



Agome_Higurashi

09/12/2012 às 20:08

MUITO OBRIGADA! 

Estou adorando ser discípula de grandes mestras como vocês >o

Agradeço novamente por compartilharem o conhecimento de vocês, ainda mais de uma maneira tão divertida e fácil de aprender! Tentarei não me atrasar para as próximas missões!

[Se o mundo acabar pelo menos estarei mais culta u.u (?)]