Lua De Mel, Amor E Desejo Sem Fim...

Autor(es): Daiandra Castro


Sinopse

O Casamento aconteceu. Mas todos ficaram querendo mais...
Então, aqui está! A tão sonhada Lua de Mel entre Paulina e Carlos Daniel!
Venha, embarque nessa história carregada de detalhes que promete fazer você delirar entre as palavras!


Notas da história
Lembre-se: Plágio é crime!



(Cap. 52) Tomando o controle

A Agua estava em uma temperatura maravilhosa. Os beijos e carícias a deixavam mais quente ainda...
No momento em que estavam, Carlos Daniel não estava conseguindo segurar algumas palavras. Elas acabaram pulando de seus lábios.
–Eu não consigo ficar perto de você sabia? Te corpo me enlouquece...
Ele pensou que ao dizer isso, teria estragado tudo. Mas Paulina estava tão envolvida com ele que palavras de sua boca também saíram...
–Eu sei. E adoro saber que te enlouqueço... Paulina diz mordendo levemente o lóbulo da orelha do amado.
–Gosta de saber é?
–Adoro. Paulina cochicha bem próximo aos ouvidos do amado. E a maioria das vezes, faço de propósito...
–Nossa, você esta me deixando com medo de você...
–Medo?
–Um medo gostoso... Carlos Daniel se aproxima do ouvido da amada -quero ver do que você é capaz...
–Então verás!
Paulina vira Carlos Daniel contra a parede, tomando o controle da situação. Ele não pode negar que essas atitudes de Paulina o deixava mais excitado ainda. Ver aquela mulher que no começo era tão ingênua, tomando as rédeas de tudo, o fascinava.
Paulina não era mais dona de si. Seu corpo não pertencia mais a ela, ele agora era de Carlos Daniel, e ela estava disposta a fazer o possível para ama-lo da melhor maneira.
Com uma atitude inesperada, Paulina desceu as mãos pelo peito de Carlos Daniel. Com suas mãos embaixo da água, ela levemente puxou a sunga do amado, deixando seu sexo livre para ela toca-lo.
Carlos Daniel estava adorando vê-la daquela maneira, tomando conta de seu corpo.
Para não precisar olhar em seus olhos, Paulina, começou a beijar Carlos Daniel mais ainda, o deixando mais excitado. Paulina estava trazendo a mão para o pescoço de Carlos Daniel, e como num susto, ele pegou a mão da amada, e levou-a até seu sexo, mostrando-a como acaricia-lo e dar prazer a ele.
Paulina se assustou, mas não ficou intimidada, deixou a mão do amado guiar a sua pelo corpo dele nu. As sensações eram maravilhosas. Mesmo com a água que rodeava seus corpos, era impossível não sentir o órgão do marido quente, pedindo suas carícias, pedindo que sua mão o acalmasse.
Ela estava ficando tão excitada quanto ele, ela jamais imaginou fazer carícias daquela forma no marido, e o fato de fazê-las, deixava-a com mais vontade ainda de ama-lo.
Carlos Daniel não aguentava a maneira como a esposa o excitava. Logo tomou o controle da situação. Pegou as mãos de Paulina e as colocou rente ao corpo, deixando o seu corpo livre para ele. Ele com um simples toque, soltou a parte de baixo do biquíni da amada, deixando-a nua.
Aquela agua parecia estar enfeitiçada. O som das aguas caindo sobre as pedras, o canto dos pássaros, tudo os levava para outra atmosfera, cheia de encanto e magia.
Carlos Daniel virou o corpo de Paulina, deixando-a de costas para seu corpo e de frente para a parede de Pedras. Paulina ficou surpresa com a maneira que ele havia a posicionado. Era algo novo, diferente, mas ela queria experimentar tanto quanto ele.
Carlos Daniel encostou seu corpo no da amada, fazendo seu sexo tocar as nádegas da esposa. Paulina chegou trancar a respiração quando sentiu o sexo do marido toca-la daquela maneira. Ele estava firme, quente. Palpitava pedindo o corpo dela. Carlos Daniel acariciava suas coxas. Suas mãos deslizavam pelo corpo de Paulina, que cada vez mais queria senti-lo. As mãos de Paulina tocavam a parede, deixando o seu corpo livre para o esposo acaricia-lo, enchendo-a de amor.
As mãos de Carlos Daniel lentamente deslizavam no corpo da amada. Sua boca tocava suas costas e seu pescoço, deixando rastros de amor por onde seus lábios passavam.
Paulina jogou a cabeça para trás, recostando-a sobre o ombro do amado. Carlos Daniel abraçou o corpo da amada. Envolvendo-a completamente em seus braços, passando sensações de amor, desejo e proteção.
Carlos Daniel subiu suas mãos até tocarem os seios da amada. Paulina colocou as suas mãos sobre as dele, guiando-as de uma maneira forte e intensa.
Carlos Daniel virou a esposa novamente, trazendo-a de frente para ele. Seus olhares se cruzaram e ali permaneceram. Carlos Daniel deslizou as mãos pelos braços da amada e levemente os encostou na parede. Com seu corpo, ele pressionou o de Paulina, a fazendo fechar as mãos nas dele, deixando seus dedos entrelaçados. seus corpos estavam unidos um ao outro de uma forma marcante e apaixonada.
Aquele olhar não morria. E com ele pedidos de amor foram trocados.
–Eu te amo. Diz Paulina sussurrando.
–Eu te amo mais que tudo. Minha vida, minha Paulina.
Os lábios do casal apaixonado se encontraram, e um beijo que começou leve logo ficou intenso. Ali, um no corpo do outro, era o melhor lugar para estar.
Novamente eles estavam entregues a um amor sem fim, um desejo sem explicações. Era algo que surgia do além, de repente, se esperar, e Logo, os possuía por completo.





Todas as histórias são de responsabilidade de seus respectivos autores. Não nos responsabilizamos pelo material postado.
História arquivada em http://fanfiction.com.br/historia/379451/Lua_De_Mel_Amor_E_Desejo_Sem_Fim/