Você Me Pertence

Autor(es): fanfic_twilight


Sinopse

Bella sempre foi apaixonada por seu amigo Edward mais ele namorava a garota mais popular da escola... bella sabe que é impossivel existir algo entre ela e Edward mais um acontecimento pode mudar tudo (A sinopse ta horrivel mais eu prometo que a fic ta melhor)


Notas da história
esses personagens não me pertencem....a historia sim!

Índice

(Cap. 1) Prólogo
(Cap. 2) Primeiro Dia de Aula
(Cap. 3) Ciúmes
(Cap. 4) Festa
(Cap. 5) Acordando Para Realidade
(Cap. 6) Seguindo Em Frente
(Cap. 7) Desmaio
(Cap. 8) surpresas
(Cap. 9) confusão
(Cap. 10) Provocaçoes
(Cap. 11) Descobertas
(Cap. 12) segunda chance?
(Cap. 13) Ameaças
(Cap. 14) Preparativos
(Cap. 15) Casamento
(Cap. 16) Lua-de -Mel
(Cap. 17) Volta pra casa
(Cap. 18) desentendimentos
(Cap. 19) Medo...
(Cap. 20) Menina
(Cap. 21) Compras
(Cap. 22) Visita
(Cap. 23) trabalhando
(Cap. 24) Brigas...
(Cap. 25) Boate
(Cap. 26) Traição ?( parte 1)
(Cap. 27) Traição? (parte 2)
(Cap. 28) Reconciliação
(Cap. 29) Casa Nova
(Cap. 30) Baile
(Cap. 31) Dor
(Cap. 32) Voltando
(Cap. 33) Hospital
(Cap. 34) Primeiro dia em casa
(Cap. 35) Todos merecem um segunda chance
(Cap. 36) Cara a cara
(Cap. 37) Almoço em familia
(Cap. 38) Outro susto
(Cap. 39) Festa surpresa
(Cap. 40) Desentendimento
(Cap. 41) Desconfianças
(Cap. 42) Conflitos
(Cap. 43) Compras com Alice
(Cap. 44) Aniversário de casamento
(Cap. 45) Medo
(Cap. 46) Tempo
(Cap. 47) Fim


(Cap. 1) Prólogo

Notas do capítulo
Essa é minha primeira fanfic espero que gostem!

Bella POV

Eu estava sozinha naquele banheiro trancada com a pessoa que mais me odiava no mundo,eu disse para o Edward que eu não queria vir,nossa filha estava perto de nascer e eu queria ter ficado em casa,mais ele não queria que eu perdesse o baile de formatura! E eu estava qui presa com tânia me olhando mortalmente.

– Tânia por favor me deixe sair?

–Não isabella você vai pagar por ter tirado o Edward de mim! Falou ela me olhando furiosa

– o Edward vai perceber que eu não voltei e virá atrás de mim .

–Pode até ser ...mais antes você e esse seu bebê bastardo vão me pagar.

Coloquei a mão sobre minha barriga protetoramente ,tânia avançou em cima de mim , me jogou no chão e começou a chutar minha barriga ,comecei a sentir dores fotes e tudo ficou escuro...

Notas finais do capítulo
Reviews?




(Cap. 2) Primeiro Dia de Aula

Notas do capítulo
espero que gostem! boa leitura....

Hoje é o primeiro Dia de Aula, e eu estou super ansiosa pra ir porque eu vou ver Edward o meu melhor Amigo e vizinho por quem eu estou apaixonada,Edward tem dois irmãos Alice que também é minha melhor amiga e Emmet .Edward estava viajando e voltou o ontem estou louca pra ver ele.

– Bom Dia mãe ? falei ao entrar na cozinha

– Bom Dia minha fiha ,está animada hoje hein! Tudo isso é por causa da escola é?

– È sim mãe ! - respondi ,minha mãe desconfiava do meu amor platônico por Edward.

Depois de tomar café fui pra escola ,eu já estava super atrasada,quando eu cheguei lá ,eu o vi ,estava enconstado no seu carro,lindo como da ultima vez que o vi,ele sorriu pra mim quando eu desci do carro e fui em direção a ele.

– Bella que saudade –falou ele me abraçando

– Eu também senti sua falta Edward,e como foi a viagem?

– foi otima ele respondeu.

–Ei eu também estou aqui ,falou Alice! –Eu sei Alice ,mais você também estava aqui durante o mês -edward começou a rir e Alice fez um biquinho.

– Eu sei mais eu sou carente – ela respondeu

– Tudo bem! Eu falei e a abracei - tudo aconteceu muito rapido enquanto eu soltava a Alice eu vi a Tânia se beijando com o Edward,meu coração perdeu uma batida naquele instante,eu não acreditava no que eu estava vendo,Edward meu Edward estava de rolo com a Tânia.

– A Bella eu não te contei a novidade - falou ele- eu e a Tânia estamos namorando-eu quase sai correndo de lá naquele momento

– Namorando?desde quando? Perguntei - Tânia me olhava com cara de deboche .

– Alguns dias depois que eu fui pra Londres eu encontrei a Tânia lá e nos apaixonamos – ele olhou pra ela com um olhar que eu daria tudo que fosse pra mim.

–Como Assim Edward? – perguntou a Alice – ta namorando essa daí –não tinha outras vadias por la não.

Tânia colocou mão no peito como se tivesse ofendida pelo que Edward falou

–Alice eu não vou permitir que você fale assim da minha namorada ,Vamos meu amor pra aula,- aquilo me partiu o coração ver Edward sair abraçado com aquela garota,eu não aceitava ele me pertencia ou pelo menos eu queria que ele me pertencesse.

–Alice você ouviu eles estão namorando. – falei

– Eu ouvi sim ! bella não fique assim um dia meu irmão vai ter ver de outra forma ,e eu espero que você já esteja em outra pra ele sentir na pele quando isso acontecer.

Na hora do almoço edward não se sentou na nossa mesa ele sentou com Tânia e os amigos dos dois.

– Por que o Edward ta sentado ali? -perguntou o emmet sentando na mesa com sua namorada rosalie.

Ele agora esta namorando a Tânia respondeu o Jasper irmão da rosalie, – não sei o que o edward vê nessa garota ,é a maior piranha.

Jasper meu amorzinho – respondeu a Alice ­– O Edward caiu do Berço quando era bebê,por isso que ele é assim .

todos riram , menos eu e a Rosalie,que pareceu não gostar dos comentário feitos sobre sua amiga.

– Ah por favor ,a tânia é adoravel linda ,rica e popular é claro que isso um dia iria acabar acontecedo - falou a rose

– E por que você não se senta ali com eles? rosalie -disse Alice – se gosta tanto assim dela

– Emmet olha como sua irmã me trata?

–Alice por favor! – falou o Emmet.

–Tudo bem.Olha eu tive uma ideia eu vou fazer uma festa pra comemorar o inicio das aulas ,la na minha casa o que acham?

– Boa ideia Meu amor! Falou o jasper

– eu também gostei Alice,Falou a Rose

– E você Bella vai não vai? –perguntou a Alice

– Eu não sei Alice Não estou com animo pra festa!

Eu não queria ir a nenhuma festa ,principalmente ver edward com aquela garota, se agarrando por ai,mais Alice era minha Amiga e se eu não fosse ela não iria me perdoar. Na hora de ir embora Edward veio falar comigo.

–BELLA ! ele gritou.

– Oi Edward -respondi- eu queria pedir desculpa por mais cedo ,eu sai e deixei você lá,é que eu me irritei com a Alice ,eu tô muito apaixonado pela tânia e não queria que a Alice ficasse assim,por isso vim pedir a sua ajuda.

–Minha ajuda ? -perguntei

– È ,você e a Alice são muito amigas ,e eu queria que você falasse com ela sobre Tânia,Ela sempre te ouvi,por favor Bella faz isso por mim?

Eu não acreditava no que estava ouvindo,Edward me pedindo pra ajudar ele a fazer Alice gostar de tânia ,mais como eu podia negar isso a ele ,com ele me olhando desse jeito.

– Tudo Bem Edward eu vou falar com ela.

Edward me agradeçeu e me deu um beijo na bochecha.

– Muito obrigado Bella ,é por isso que eu te amo.- ele falou e aquilo fez meu coração doer,ele não sabia o quanto eu queria que essas palavras fossem verdadeiras .

Notas finais do capítulo
reviews?




(Cap. 3) Ciúmes

Notas do capítulo
aqui mais um capitulo da fic ! espero que gostem.. me descupem pelos erros ....

Bella POV

Quando cheguei em casa fui direto para o meu quarto,eu não acreditava que o Edward estava namorando aquela garota,resolvi ir na casa dele conversar com Alice sobre o que ele me pediu,ao chegar em frente a casa deles eu bati na porta e Edward abriu.

– Bella? – perguntou ele surpreso afinal agente tinha acabado de se ver na escola

– Eu vim falar com Alice ,ela está? – perguntei

– Está sim Bella ,la no quarto dela pode subir. – falou ele

– Bella ? não se esquece do que eu te pedi .

– Tudo bem Edward eu vou falar com ela – ele sorriu pra mim e disse – Obrigado

Eu subi as escadas,quando cheguei em frente ao quarto da Alice bati na porta ela abriu .

– Bellinha que surpresa você numca vem aqui,sempre sou eu que tenho que ir na sua casa ,aconteceu alguma coisa ? por que você está com essa carinha? – perguntou ela

– Ai alice , eu tenho que te contar uma coisa

– Bella você está me deixando preocupada fala logo de uma vez .

– O Eward me pediu pra falar com você sobre a Tânia – falei ,Alice me olhou furiosa

– O que exatamente o Edward te pediu pra me dizer?

– Ele quer que eu te convença a gostar dela por que ele está muito apaixonado por ela,

Falei , só então eu percebi que estava chorando, passei o dia enteiro segurando essas lágrimas , e agora elas não paravam de cair .

– Bella não chora – falou a Alice me abraçando – Ele não merece suas lágrimas. amiga você tem que esquecer o Edward , eu não quero te ver sofrendo por ele .

– Você não sabe o quanto eu queria arrancar esse amor de dentro do meu peito Alice,daria tudo pra não está apaixonada pelo seu irmão – falei aos prantos.

– Olha já sei, por que você não me ajuda com os preparativos da minha festa? assim você se distrai e tira um pouco aquele estupido da cabeça.

– È uma boa ideia Alice ,Mais pode ficar pra outra hora? Eu tenho que ir ,daqui a pouco meus pais chegam do trabalho e eu tenho fazer o jantar – Falei enchugando as lágrimas.

– Tudo bem! Mais me promete que não vai mais chorar?

– Vou tentar –respondi

Ao chegar em casa fui direto para a cozinha fazer o jantar,quando estava quase pronto meus pais chegaram

– Bella ? –chamou meu Pai

– Estou na cozinha Pai - respondi

– Como foi o seu primeiro dia de aula? – perguntou ele ao entrar na cozinha

– Foi bom ,onde está a Mamãe? – perguntei tentando fugir do assunto Escola

– Foi direto tomar banho pra vim te ajudar com o jantar

O jantar foi tranquilo ,quando terminamos eu inventei uma dor de cabeça e fui para o meu quarto tentar dormir.Acordei cedo no outro dia,mais sem nehuma vontade de ir a escola ,fui fazer minha higiene pessoal,depois me vesti e por ultimo desci pra tomar café onde meus pais já me esperavam

– Dormiu bem filha ? – perguntou minha mãe me observando

– Dormi - respondi

– Onde está aquela animação de ontem pra ir a escola, perguntou ela chamando a atenção do meu pai para mim

– Aconteceu alguma coisa bella? Perguntou meu pai

– Não ,eu só estou com dor de cabeça só isso, eu não estou com fome eu já vou indo

– Bela você não pode sair sem comer - disse minha mãe

– Eu como alguma coisa lá ,não se preocupe mamãe

Ainda bem que trouxeram meu carro do mecânico ontem, e não tive que esperar Alice pra pegar uma carona,cheguei na escola e estava meio vazia os alunos ainda esvam chegando .depois de um tempo a escola foi enchendo de alunos e eu senti um perfume perto de mim,eu conhecia esse perfume era ele , eu podeira reconhece –lo em qualquer lugar e me virei pra falar com ele .

– Edward!

– Bella você falou com a Alice?

– Falei – respondi – Ela não gosta de Tânia e nada que eu disser vai mudar isso,mais a Alice não vai distratar ela Edward eu a conheço bem.

– Eu sei ,mais eu queria que ela desse uma chance a Tânia ,elas seriam grandes Amigas se alice desse uma chance a ela, mais ela é tão cabeça dura eu não entendo por que ela não gosta de Tânia.

Sentio meu coração se despedaçar ao ver o jeito que ele falava dela ,como eu queria que ele fosse meu , que me amasse ,mais esse amor por Edward estava me fazendo mal ,ele numca iria me amar .

– Eu tenho que ir – falei

– Obrigado Bella, eu não sei o que seria de mim se não fosse você.

Quando estava indo pra Aula encontrei com Tânia ,Que me olhou com desprezo e começou a rir com as amigas, eu a ingnorei e fui pra minha Aula.

– Nossa Bella você nem foi na minha casa me ajudar com a lista de convidados – falou a Alice assim que eu sentei na cardeira ao lado dela

– Desculpa estava com dor de cabeça e fui dormir .

– Tudo bem você me ajuda hoje.

O resto do dia passou tranquilo ,Edward mais uma vez se sentou na mesa com Tânia e eu me sentei com Alice ,Jasper ,Emmet , e Rosalie que estava louoca para sentar com Tânia, mais Emmet não quis então ela ficou na Nossa mesa mesmo com a cara emburrada,depois da escola fui ajudar Alice a fazer os convites da Festa que seria daqui a Duas semanas .

********

Amanhã é a festa da Alice ,e ela está louca com os preparativos ,os pais dela viajaram hoje e a casa vai ficar por conta deles amanhã durante a festa ,na verdade eu não estava muito afim de ir ,mais sabe com é né! Alice numca me deixaria faltar nessa festa . e aqui estou eu com a Alice resolvendo as coisas da festa.

– Alice você ainda não escolheu o que vai servi ?

– Não Bella ,eu tô super nervosa por que é a primeira festa do ano e tem que ser perfeita ,por isso que eu ainda não escolhi

– Mais são adolescente Alice! Não precisa de tanto,sua festa vai está perfeita .

­ – Tomara Bella!olha por que agente não vai ver se as bebidas já foram entregue em casa

– Alice! O Jasper te ligou faz dez minutos falando que tinham ido entregar na sua casa.

– È verdade Bella , está vendo como eu estou?

Alice era umna figura., toda nervosa por causa de uma festa pra adolescentes,com muito esforço eu consegui convercer ela a ir para casa,mais ela não me deixou ir pra minha e me obrigou ir para casa dela pra ficar batendo papo

– Bellinha - falou o Emmet quando me viu

– Oi Emmet

– E ai bellinha amanhã ,vai trazer o namoradinho pra gente conhecer

– Você está namorando Bella? – peguntou o Edward um pouco rude

– Não ,isso é palhaçada do Emmet –falei

– Palhaçada ! a bellinha está fazendo o maior sucesso Edward ,meus amigos querem que eu peça o telefone dela pra eles.

– Serio emmet? –perguntou a Alice

– É sim Alice o ....

Edward não deixou o Emmet terminar de falar e se intrometeu

– Emmet por favor ,para de querer jogar seus amiguinhos idiotas para cima da Bella ela merece coisa melhor do que esses garotos que só querem brincar com ela.

– Edward não precisa ficar com ciúmes ,falou o Emmet rindo..

– Eu não estou com ciúmes , a Bella é minha amiga e eu só quero que ela seja feliz

– Obrigado a preocupação Edward mais os amigos do Emmet não tem nehuma chance comigo - falei

– Agora eu fiquei ofendido .- disse o Emmet rindo

– Chega vocês dois com isso, eu trouxe a bella aqui pra me ajudar com a festa e vocês estão tomando o tempo dela - falou Alice me puchando em direção ao quarto dela.

Ao chegar em casa fui direro para o meu quarto ,tomei banho vesti um baby doll e fui dormir amanhã seria a festa da Alice ,como eu queria arrumar uma desculpa para não ir,eu não queria ter que ver aquela Tânia agarrada ao Edward , eu estava tão cansada que acabei adormecendo. Acordei com meu celular tocando era Alice ,droga eram 06:oo hrs da manhã ,hoje o Dia promete .

Notas finais do capítulo
espero que tenham gostado ¬_¬Reviews ?




(Cap. 4) Festa

Notas do capítulo
Mais um capitulo para vocês,espero que gostem ! peço descupa pelos erros!

Hoje é o dia da festa da Alice ,ela já me ligou várias vezes disse que quer que eu vá a um lugar com ela,eu não queria sair de casa hoje mais a Alice numca aceita não como resposta.

– Bella a Alice está la em baixo te esperando - falou minha mãe entrando no meu quarto

– Eu já estou descendo mãe - falei,Alice não desistia mesmo acabei descendo ,ela estava lá senta no sofá me esperando.

– Bella eu estou te ligando a horas eu pedi pra você me ajudar não lembra?

– Não ,eu não me esqueci! E o que eu vou fazer?

– Nada! hoje você so vai se divertir nós vamos fazer compras e ir ao salão de beleza.

– Ah não Alice ,você disse que eu ia te ajudar na festa – falei irritada ela sabia que eu odiava fazer compras

– Bella não seja chata, hoje tem uma festa e você tem que está arrazando

Não adiantava ir contra Alice mesmo então eu acabei aceitando ir,Alice comprou quase a loja inteira,depois da manhã inteira entrando e saindo de lojas nos fomos almoçar na praça de alimentaçao ,depois do almoço Alice me arrastou para um salão de beleza ,onde acabou me convencendo a mudar o visual e cortar meu cabelo .

– Bellinha você vai arrazar ,hoje na festa todos os garotos vão ficar loucos por você.

–Alice eu só cortei o cabelo

Chegamos em casa já era noite Alice me deixou na porta de casa e foi embora,corri para o meu quarto já estava quase na hora da festa.Alice escolheu um vestido lindo para mim usar ele era preto e tomara que caia e batia na minha cocha,pra falar a verdade ficou perfeito em mim,a cor preto contrastou bem com a minha pele branca , deixei meu cabelo solto, fiz uma maquiagem leve. Na casa da Alice já tinha muitas pessoas quando eu cheguei mais a primeira pessoa que eu vi foi o Edward estava lindo e quando me viu sorriu e veio na minha direção,eu numca tinha visto ele me olhar daquele jeito ,como se me desejasse,mais eu não podia me iludir Edward amava Tânia.

– Nossa bella você está linda ­– falou ele

– Obrigado Edward ­ – não me agradeça eu só falei a verdade

– Quer beber alguma coisa? Perguntou ele me intregando um copo de cerveja.

– Quero sim! Respondi

– E Tânia não vem perguntei?

– Vem ! eu tenho até que te agradecer se não fosse por você ter falado com a Alice ,talvez ela não estivesse tentando ser amiga da Tânia.

– O Que? Perguntei ,Como assim a Alice e a Tânia estava virando amigas,mais ela não me falou nada

– È Bella se não fosse você eu não sei o que seria de mim – eu não acreditava no que eu estava ouvindo como Alice pode fazer isso comigo eu estava me sentindo traida por ela,eu sei eu não tenho esse direito ,afinal de contas elas eram cunhadas.

– Ed meu amor estava te procurando – falou a Tânia agarrando o Edward.

– Oi meu amor - repondeu ele e logo em seguida deu um beijo nela,eu não suportei ver aquilo e sai ,fui procurar Alice,ela não estava em lugar nenhum da casa e então resolvi ir até o quarto dela e bati na porta.

– Alice você está ai? Perguntei e ela logo veio abrir a porta .

– Me desculpa a demora bella mais é que eu estou em duvida sobre qual brinco eu coloco .

– Alice coloca qualquer um ­ – falei irritada

– Nossa bella como você está linda ,viu esse vestido ficou perfeito em você. Que cara é essa posso saber? –perguntou ela.

– Alice você e a Tânia agora são amiguinhas? - perguntei seria.

– Credo Bella quem falou um absurdo desse? Deus me livre eu amiga daquele filhote de cruz credo .

– O Edward me contou que vocês estão tentando ser amigas .

– Ah isso! Bella acontece que eu estou fingindo aguentar aquela garota por que o papai ameaçou tirar meus cartoes de credito se eu a tratasse mal bella é só por isso,mais eu não estou ficando amiga dela só estou suportando ela é bem diferente.

– Mesmo? Perguntei.

– Bellinha do meu coração você sabe que é a cunhada dos meus sonhos não sabe? – perguntou a Alice sorrindo

– E o que adianta ser a Cunhada dos seus sonhos se eu não sou a garota dos sonhos do seu irmão. – respondi amargamente.

– Chega de assunto triste,hoje é dia de se divertir então tira essa cara de azedo e vamos para a festa.

Depois da nossa conversa nós decemos para festa e a Alice desapareceu com o Jasper que chamou ela ,estava distraida quando senti uma pessoa atrás de mim.

– Oi - falou um rapaz moreno ele era lindo e forte.

– Oi - respondi

– Eu me chamo jacob falou ele - sou amigo do Emmet ,eu não queria te incomodar mais você estava tão linda aqui e sozinha que eu resolvi vim me apresentar

– Muito prazer jacob eu sou ...

– Bella - respondeu ele , eu fique i surpresa como ele sabia o meu nome.

– Já faz um tempo que eu tô pedindo o seu telefone para o Emmet mais ele não quer me dá sabia.

– E de onde voce me conhece? Perguntei

– Da escola – respondeu ele

– E como eu numca tinha te visto lá?

– Você não deve prestar muita atenção - falou ele sorrindo

Jacob era muito engraçado nós conversamos a noite quaze toda ,ele era muito divertido .

– Então Bella vai ou não aceitar dançar comigo ? eu estou pedindo a horas

– Você é muito insistente Jacob – falei sorrindo,naquele momento eu vi Edward que estava do outro lado com Tânia, ele parecia estar chateado com alguma coisa ,ele estava olhando na minha direção enquanto ela tentava chamar a atenção dele,naquele momento os dois começaram a discutir e Tânia saiu pra fora da casa e Edward foi atrás dela,depois de alguns instantes o Edward voltou e subiu as escadas sozinho ,o que será que aconteceu? Será que eles brigaram e ela foi embora? Eu tenho que falar com o Edward.

– Jacob! Eu tenho que ir,será que agente pode se falar amanha na escola? Perguntei.

– Tudo bem Bella! Falou o Jacob me dando um beijo na bochecha . ao me despedir dele, eu subi para o quarto do Edward entrei sem bater ele estava lá deitado na cama com a camisa com uns botoes desabotoados.

– Edward? – chamei

– Bella o que faz aqui ? – ele perguntou

– Me desculpa eu não queria incomodar eu só queira perguntar se você estava bem ,eu vi Tânia ir embora,vocês brigaram?.

– Brigamos bella – respondeu ele de cabeça baixa

– Não fica assim você vai ver que as coisas vão se resolver .- falei ,dar conselho para o Edward sobre a Tânia me doia ,mais eu o amava o suficiente pra me contentar com a felicidade dele.

– O que aconteceu por que vocês brigaram? – perguntei me sentando na cama .

– Nós brigamos por sua causa Bella – eu não acreditava no que o Edward estava falando .como brigaram por minha causa?.

– Na verdade eu não gostei de te ver com o Jacob , ela pensou que eu estava com ciúmes de você e nós brigamos -falou ele

– E por que você não gostou de me ver com o Jacob ? -perguntei

– Por que ... –falou ele se aproximando de mim – eu nã sei Bella ,eu conheço jacob ele só está querendo se aproveitar de você –falou ele.

– E eu não sei por que, mais me encomodou ver você tão perto dele ,sei que eu não tenho esse direito nós somos só amigos mais eu me preocupo por você... Edward estava perigosamente perto de mim .os lábios dele roçaram suavimente nos meus ,abri minha boca quando senti sua lingua pedindo passagem e edward aprofundou o beijo, era melhor sensação do mundo está ali nos braços do homem que eu amo, como eu imaginei esse dia e nada se comparava a esse momento ,o beijo começou a ficar urgente e quando dei por mim estava deitada na cama com edward sobre mim,edward começou a fazer caricias ousadas enquanto beijava o meu pescoço ,ele começou a baixar a alça do meu vestido eu sabia que isso não poderia continuar era errado ele era comprometido eu tinha que fazer o Edward parar mais eu não conseguia , não tinha forças para faze-lo parar.

Notas finais do capítulo
espero que tenham gostado... Reviews?vlw beeijnhos até o proximo capitulo...




(Cap. 5) Acordando Para Realidade

Notas do capítulo
Mais um capitulo para vocês...

espeo que gostem e desculpem pelos erros

Pov Bella

Edward não parava de me beijar e de passar a mão pelo meu corpo,eu estava enlouquecendo.

– Bella você esta linda hoje - falou ele entre beijos

Edward olhou nos meus olhos eu me senti a mulher mais amada do mundo naquele momento ,não tinha como fugir eu estava presa naquele olhar ele me olhava com desejo ,então começou a tirar o meu vestido eu não consegui resistir e deixei, edward me despiu e ficou me olhando com luxuria eu o ajudei a tirar sua roupa ele era perfeito ,esse momento só aumetou mais ainda o meu amor por ele ,pela primeira vez me senti completa nós no encaixavamos perfeitamente,parecia que ele tinha sido feito só pra mim eu agora pertencia de corpo e alma a Edward Cullen.

********

Acordei percebendo que estava em um lugar diferente do meu quarto ai meu Deus! Eu estava no quarto do Edward então não tinha sido um sonho,então eu me virei e vi o Edward dormindo estava tão lindo que não tive coragem de acorda-lo ,eu decidi tomar um banho e me vestir já que eu ainda estava sem roupa,quando eu ia chegando no banheiro ele me chamou

– Bella? Eu numca fiquei tão nervoasa na minha vida paralisei na hora como eu ia encarar ele, estava mais vermelha do que um tomate,todas as lembranças da noite anterior vieram na minha mente como um filme então eu me virei, ele me olhava confuso eu não estava entendendo por que o Edward estava me olhando assim .

– Droga! Bella me deasculpe ,eu não sei nem como te olhar eu..

O que? Ele estava me pedindo desculpas mais por que? Tudo que aconteceu entre agente foi tão lindo

– Por que você está me pedindo desculpas Edward? –perguntei ainda enrolada em um lençol, ele fez o mesmo que eu se enrolou no edredon e levantou e veio até mim parando na minha frente .

– Bella me perdoa ,eu fui um estupido ,eu não tinha o direito de fazer isso com você,olha foi um terrivel erro ,eu estou me sentindo tão mal você é minha amiga isso não podeira ter acontecido.

Ele começou a falar e as lagrimas começaram a descer pelo meu rosto descontroladamente,ele estava dizendo que foi um erro que aconteceu entre agente ,não era assim que eu imaginava que seria pela manhã por que ele estava fazendo isso comigo,ontem parecia que ele me amava e agora isso ,me trata como um nada uma coisa sem importância, eu não conseguia falar nada ,só conseguia chorar .

– Bella pelo amor de Deuss não chora ,eu sei que fui um canalha eu não podeia ter deixado as coisas terem chegado a tal ponto...

– Por que você está dizendo isso ,por que está dizendo que foi um erro? – perguntei entre lágrimas.

– Bella eu tenho namorada não poderia ter feito isso com ela também,foi um momento de fraqueza eu estava carente tinha acabado de brigar com a Tânia e você apareceu... eu sou um idiota .

Não conseguia mais ficar ali e escutar que a noite mais linda da minha vida tinha sido um momento de carência dele,ele não tinha idéia do que estava fazendo com meu coração já tão cansado de sofrer ,eu não consegui pensar em mais nada ,coloquei meu vestido as pressas enquanto edward ficava repitindos as desculpas e eu não aguentei e sai correndo de lá descalça .

– Bella espera vamos terminar de conversar por favor! - pediu ele

– Não tenho mais nada pra falar com você ,Numca mais – falei e desci as escadas correndo,por sorte não tinha ninguém acordado ainda. Cheguei em casa e corri direto para o meu quarto , meus pais ainda não tinha levantado e talvez não tenham percebido que eu não tinha dormido em casa.assim que entrei no meu quarto corri para o banheiro tomar banho e tirar o cheiro dele do meu corpo ,sai do banho coloquei um baby doll e deitei na minha cama , ele não tinha o direito de brincar comigo dessa forma com os meus sentimentos,ele me destuiu por dentro quando falou aquelas malditas palavras,como eu queria arranca-lo de dentro de mim,e parar de sentir essa dor insuportável,um tempo depois de chegar minha mãe foi até o meu quarto e eu fingi está dormindo não queria que ela me visse nesse estado mais não adiantou muito ela começou a me chamar.

– Bella! Acorda você tem aula hoje esqueceu?

– Mãe eu não estou me sentindo bem ,eu não posso ficar em casa hoje?

– Você bebeu ontem na festa? e falando nisso que horas você chegou te esperei até tarde e como você não chegava eu fui dormir

– Não mãe eu não bebi,mais estou cansada ajudei a Alice com a limpeza por isso que cheguei muito tarde.

– Tudo Bem você pode ficar ! mais só hoje hein..

– obrigada mãe.

– De nada minha filha – falou ela dando um beijo no rosto.

Depois que meus pais foram trabalhar eu me levantei e tranquei as portas não queria ver ningém hoje.

Pov Edward

Eu tinha sido um idiota com a Bella,tratei ela muito mal depois do que aconteceu entre agente,eu sei que nós não deveriamos ter transado,mais por mais que eu devesse estar arrependido eu não conseguia ,eu sei que foi muito errado, eu não deveria ter deixado as coisas chegarem a tal ponto,mais eu simplismente não conseguia parar,Bella me deixava sempre querendo mais , ela deve estar com muita raiva de mim ,deve ter achado que eu a usei ,mais eu não a usei eu realmete gostei de estar com ela ,mais eu tinha uma namorada linda e que eu amava e por isso não deveria ter acontecido algo assim tão forte entre eu e a Bella,

– Alice você viu se a Bella já chegou ? -perguntei

– Não ela ainda não chegou o que eu estou achando super estranho ,ela numca se atrasa.

Eu esperei até a hora do almoço concerteza a Bella vai estar lá, mais para a minha decepção ela não estava, Bella não tinha vindo a escola e tudo por minha culpa.

– Ed meu amor! Será que agente pode conversar? - perguntou a Tânia

– Que foi Tânia eu não estou com paciência para brigar hoje – falei aborrecido.

– Ai Ed eu so queria te pedir desculpas por ontem,eu sei que eu fui uma idiota e imatura não deveria ter ficado com ciúmes daquela garota,mais você sabe que eu sou assim por que eu te amo não sabe?

– Perguntou ela – Tudo bem tânia eu já esqueci aquilo – falei então a beijei.

Quando sai da escola resolvi passar na casa dela, quem me atendeu foi seu pai o Charlie

– Oi Charlie a Bella está ai? – perguntei

– Está sim Edward mais ela está doente e disse que não quer receber ninguém.

– Eu só quero falar com ela é rapido prometo não demorar .

– Tudo bem vou perguntar a ela ,por que você não entra e espera aqui na sala – falou o Charlie eu então subiu as escadas um tempo depois o Charlie voltou.

– Sinto muito Edward ela disse que não quer ver ninguém

– Tudo Bem eu falo com ela na escola.

Falei e depois fui embora,quando cheguei em casa fui procurar a Alice,e pedir pra ela ligar pra Bella,talvez ela atenda ,eu sabia que ela não estava doente ela só não queria falar comigo.

– Alice me faz um favor ?

– O que você quer hein?eu não vou convidar a sua mocréia pra jantar aqui nem adianta pedir.

– Não é isso! É que a Bella está doente e ela não quer ver ninguém, só que eu estou preocupado, por que você não liga pra ela ,talvez ela te atenda.

– A Bellinha está doente?eu vou ligar agora – Alice pegou o telefone e discou o numero do celular da Bella esperou um tempo e nada .

– Ela não está atendendo ,vou ligar pra casa dela - falou ela dixando o numero da casa da Bella.

– Alô? –falou a Alice – oi senhora Swan ,é que o Edward me falou que a Bella estava doente e eu fiquei preocupada será que eu posso falar com ela? Tudo bem então ,muito obrigado e desculpe estar encomodando é que eu fiquei preocupada,tudo bem ! beijo e a Alice desligou.

– E ai Alice? –perguntei

– Ela me disse que a Bella estava doente e que tinha tomado um medicamento e tinha acabado de dormir ,e que amanha ela iria pra escola pra eu não me preocupar que ela estava bem.

– Bom Ed agora eu vou subir tomar um banho que eu vou sair com o Jasper a noite. Falou ela subindo as escadas,eu sabia que a Bella não estava doente ela não queria falar com ninguém,então resolvi esperar até amanha,no outro dia ela também não apareceu na escola Alice ligou para a Mãe dela e ela falou a mesma coida que ela não estava melhor por isso não tinha ido a escola, a semana passou e nada da Bella, Alice conseguiu falar com ela,a dois dias foi até a casa dela e a Bella a recebeu ,perguntei para ela como a Bella estava e ela me respondeu que estava melhor e que logo iria voltar a escola ,Bella não tinha contado a Alice o que tinha acontecido entre nós porque a Alice estava agindo normal comigo ,se ela soubesse era capaz de me matar.Eu tinha até perdido as esperanças de ver Bella novamente quando a propria apareceu no estacionamento da escola ela estava linda e não estava sozinha , estava com aquele Jacob o amigo do Emmet, me encomadava muito vê-lo perto dela, me dava vontade de ir até la e quebrar a cara de mauricinho dele , mais eu não tinha esse direito .resolvi tentar falar com a Bella mais quando eu ia me aproximando ela se virou para o outro lado e foi embora com aquele idiota.

Notas finais do capítulo
espero que vocês tenham gostado...

beeijos e até o proximo capitulo

Reviews?




(Cap. 6) Seguindo Em Frente

Notas do capítulo
Ta ai mais um capitulo para vocês...

e brigadinha pelos Reviews..

e mais uma vez desculpas pelos ,meus erros de portugês ,eu não tenho muito tempo de postar então não da para corrigir tudo...

Beijos e Boa leitura

Pov Bella

Depois do que aconteceu entre mim e o Edward,que eu não vou a escola simplesmente eu não tenho força para levantar ,ele me ligou inúrmeras vezes durante a semana mais eu não atendi,até com Alice eu não quis falar,ela iria ficar me perguntando o que aconteceu e eu não estava bem, para ainda ficar inventando desculpas, tês dias depois do acontecido eu resolvi receber a Alice ,ela não tinha culpa do que o irmão dela tinha me feito,nós conversamos e eu falei que não estava bem mais não contei o motivo ela entendeu e não ficou insistindo! Hoje era sexta feira e eu ainda estava aqui ,nessa cama deitada sem vontade de viver,então minha mãe bateu na porta.

– Bella tem um garoto querendo falar com você, ele disse que era amigo da escola, você quer receber ele? – minha mãe sabia que algo tinha acontecido, eu numca tinha ficado tanto tempo doente de cama,mais ela sempre me deu muito espaço e disse que ia esperar eu estar pronta para voltar a escola.

– Quem é? Perguntei afinal poderia ser Edward mentindo pra que eu o recebesse

– Um tal de Jacob?ele é seu namorado filha? Você esta assim por causa dele ? – perguntou ela

– Claro que não mãe ,jacob é um amigo e eu estou doente e não triste – menti. – pode deixar ele subir mamãe.

Minha mãe saiu me deixando sozinha ,alguns minutos depois o Jacob apareceu na porta do meu quarto.

– Bella? Posso entrar? Perguntou ele.

– Claro jacob – respondi me sentando na cama.

– Me desculpa ter vindo até aui na sua casa ,mais eu estava preocupado com você,agente ficou de se ver na escola na segunda e você não apareceu mais,então o Emmet me falou que você estava doente e não queria ver ninguém . – Falou ele

– Eu estou melhor jacob obrigado por se preocupar comigo – falei.

– Bella aconteceu alguma coisa? Você parece triste,seja qual for o motivo de você estar aqui trancada nesse quarto não vale a pena Bella.

– Aquilo que jacob me falou ,despertou mais uma vez a mesma dor que eu senti quando o Edward me falou aquelas coisas horriveis então eu começei a chorar ,o jacob me abraçou.

– Bella quem te deixou assim? O que aconteceu pra você estar desse jeito? Se você quizer me contar eu vou ouvir mais se não eu vou ficar do seu lado da mesma forma.

– Jacob estava sendo tão carinhoso comigo e eu sentia que podia confiar nele,então acabei contando que eu amava o Edward e que ele tinha me machucado muito ,mais não contei o que ele fez nem o que houve entre agente ainda não estava preparada,jacob também não insistiu.

– Você não pode ficar assim por causa dele Bela ,não pode deixar de viver por causa dele. – falou o Jacob,eu sabia que ele tinha razão mais eu não tinha vontade de seguir em frente eu só queria morrer. – Eu sei Jacob ,mais eu não consigo – respondi.

– Bella você tem que ser forte e tentar tirar o Edward da sua cabeça,olha se levanta dessa cama vai tomar um banho come alguma coisa depois vamos dar um passeio,concerteza vai ajudar.

– Não eu não estou com vontade de sair . –repondi

– Tudo bem , - falou ele

– Você quer parar de sofrer? – perguntou ele serio

– Claro que eu quero ,é tudo que eu mais quero ,queria arancar esse sentimento de dentro de mim.

– Mais você tem que ter força de vontade,se não,você não vai conseguiir seguir em frente,Bella você tem que querer esquecer ele para parar de sofrer ,esse vai ser o primeiro passo e o segundo é encara-lo,tem que fazer ele parar de te afetar tanto.

– Jacob tinha razão,mais eu não tinha forças para isso,não era forte eu era insignificante.

– Eu já estou indo embora e você pensa no que agente conversou ,depois você me liga para me dizer o que decidiu. Ele deu um beijo na minha cabeça e foi embora.naquele dia eu não quis comer,chorei a noite inteira mais percebi que Jacob tinha razão,eu tinha que esquecer o Edward , esse amor estava me fazendo mal.então eu resolvi ligar para o Jacob e contei o que eu tinha decidido,eu poderia até não conseguir mais eu tinha que tentar esquecer o Edward,na segunda resolvi voltar para escola e o Jacob se ofereceu para me levar no seu carro e eu acabei aceitando, nem Alice sabia que eu iria voltar hoje,quando la me viu ficou pulando e veio me abraçar,foi quanto eu o vi ,estava encostado no seu carro e o nossos olhares se cruzaram,eu não conseguia odia-lo apesar de tudo o que aconteceu eu continuava o amando,eu vi quando o Edward estava vindo em minha direçaõ então resolvi puxar o Jacob e sair dali.

– O Que aconteceu Bella? –perguntou ele confuso.

– O Edward estava vindo falar comigo,eu ainda não estou pronta para essa conversa.

O restante do ia foi tranquilo,agradeci ao Jacob por ter ido até minha casa e me aberto os olhos e me dado forças para seguir em frente ,Durante o Almoço o Edward foi até a nossa mesa eu pensei que sairia correndo dali mas eu percebi que conseguia controlar a minha dor.

– Bella será que eu posso falar com você um minuto ? – perguntou ele

– E você já não está falando? - falei ironicamente.

– Sozinhos Bella! – respondeu ele.

– E o que você quer sozinho com a Bella Edward? – perguntou o Emmet

– Eu só queria conversar então Bella?

– Tudo Bem! Respondi seca – eu sabia que eu teria que enfrentar esse momento então por que ficar adiando o inevitável?, me levantei e sai com o Edward,ele parou em um corredor onde não tinha ninguém.

– Bella me perdoa ,eu fui um estúpido ,não tinha o direito de te tratar daquela forma,olha eu não deveria ter te falado aquelas coisas,o que aconteceu entre agente foi incrivel mas...

– Por favor não repita isso... - falei - não diga o que você ia falar ,não acha que já me machucou demais Edward? Eu só quero esquecer o que aconteceu entre nós, e se você ficar o tempo inteiro falando nisso,eu não vou conseguir ,você quer o meu Perdão pelas coisas que você me falou,eu não tenho que te perdoar por que você me falou o que sentia Edward , eu só quero esquecer que você existe então não fale mais comigo por favor!

Ele ficou estático quando terminei de falar não deixei que ele falasse nada e sai o deixando sozinho então voltei até a mesa.

– O que o Edward quer com você Bella? – perguntou a Alice

– Queria falar algumas coisas sobre Tânia - respondi ,por baixo da mesa Jacob segurou minhas mãos,como uma pessoa que você mal conhece te trata assim tão bem como Jacob faz,eu não entendia mais eu já adorava ele, não conseguia imaginar minha vida sem ele ,se não fosse por ele ter conversado comigo talvez eu ainda estivesse naquele quarto deitada na minha cama.

Os dias se passaram e Edward não voltou a falar comigo,percebi que as vezes ele me olhava triste mais eu não tinha que me proteger eu não podia deixar ele brincar com os meus sentimentos, Jacob e eu estavamos cada dia mais unidos ,ele era incrivel e me fazia muito bem ele e Alice eram as pessaos mais importantes na minha vida claro que depois do Edward ,por que mesmo depois do que aconteceu eu não conseguia esquece- lo só aprendi a controlar minha dor.

– Ai Bella por que você não me conta por que não está falando com o Edward? – perguntou Alice pela décima vez hoje.

– Alice eu já falei,eu cansei de sofrer pelo Edward e só quero tentar esquecer ele ,se agente continuasse amigo isso não aconteceria .

– Mais ele está sofrendo,você não está vendo, é injusto Bella,ele não tem culpa se você é apaixonda por ele,você sabe que ele te adora e está sentindo sua falta.

– Eu sei Alice mais eu não aguento mais sofrer por causa do seu irmão,e ele tem aquela namorada aguada dele por que ele não se diverte com ela

Eu não julgava a Alice, ela não tinha culpa e nem sabia o que tinha acontecido entre o Edward e eu.

– Tudo bem Bella ,eu não vou me meter,Então você vai hoje na boate com agente não vai? – perguntou ela toda empolgada.

– Ai Alice eu não estou afim de festa ok? – Respondi

– Mais Bellinha todo mundo vai e não vai ter graça se você não for.

Falou ela fazendo biquinho, – Tudo bem Alice, eu vou ,mais não vou demorar.

– Não importa, depois que você estiver lá ,eu te convenço a ficar mais tempo.

– Alice por favor se você ficar falando essas coisas eu desisto de ir .

– Não Bellinha eu prometo ficar caladinha.

Eu comcei a rir a Alice era muito engraçada,as vezes eu tinha um pouco dE inveja dela ,eu queria ser feliz que nem ela,ela tinha muita sorte de ter o Jasper ele era simplismente louco por ela, como eu queria que o Edward pelo menos me amasse um pouco .

Notas finais do capítulo
Espero que tenham gostado...

Reviews?


Beijosss e até o Próximo capitulo.




(Cap. 7) Desmaio

Notas do capítulo
pessoal mais um cap. pra vocês..


boa Leitura

Não sei como, mais Alice conseguiu me convencer a ir a essa boate em seattle,não tinha idéia de como ela pretendia entrar, por que nós tinhamos 17 anos e acho que não é permitido entrar em lugar desses com essa idade, Alice ainda me fez mentir para o meu Pai,dizendo que iamos ao cinema, aqui estava eu, tentando encontrar uma roupa decente para ir a esse bendito lugar.

– Belinha ? – chamou Alice da Porta do meu quarto.

– Oi Alice entra - respondi

– Eu vim aqui te ajudar,a se vestir por que você não pode dar bandeira para onde agente vai.

– Alice eu te conheco não precisa ficar inventando coisas ,o que você quer me falar ?

– oedwardvaicomatânia – falou ela de uma vez, e eu não entendi nada.

– Fala devagar Alice, assim eu não consigo entender. – falei

– O Edward vai com a Tânia – falou ela séria. E então começou a tagalerar.

– Bella me desculpa ,mais ele descobriu os nossos planos então me ameaçou e me fez convidar a Tânia , você está brava comigo?

– Eu não acredito ,que depois de ter que aguentar olhar para a cara desses dois o dia inteiro ,eu ainda vou ter que ficar la com eles. – falei

– Eu não tive escolha – falou ela

– Tudo bem ,você não pode ficar excluindo seu irmão das coisas por minha causa . – falei

– Você ainda vai? –perguntou Alice

– Vou sim,mais me ajuda a encontrar uma roupa por que eu não estou gostando de nenhuma.

Alice me ajudou a escolher uma roupa e me maquiou ,então nós saimos e fomos até a casa dela esperar os meninos ,o Edward foi o primeiro que desceu, ele veio falar comigo .

– Oi Bella!

– Oi – respondi.

– Você está linda – falou ele.

– Obrigada – respondi e sai de lá antes que eu acabasse me esquecendo de tudo que ele me fez e dando o braço a torcer, eu amava o Edward mais que tudo na minha vida,mais eu não podia deixar ele continuar pisando no meu coração. Edward não se aproximou mais de mim ,depois que eu sai o deixando sozinho,um tempo depois o Jacob chegou e eu fui com ele no carro enquanto a Alice ia com o Jasper e o Emmet com a Rosalie ,o Edward foi buscar a Tânia na casa dela.

– Você está bem Bella? – perguntou o Jake

– Jake eu não estou doente pra ficarem perguntando o tempo inteiro se eu estou bem! – falei irritada.

– Desculpa é que você esta tão calada que sei lá ,você sabe o Edward vai com a Tânia e você vai ser obrigada a suportar,se você quizer agente não vai.

– Não Jake ! eu quero ir ,eu quero esquecer o Edward mais me esconder não é a solução - respondi

Quando chegamos na boate todos já estavam lá,e Emmet como sempre tinha que vim com as dele.

– Nossa Jacob pensei que tinha sequestrado a Bella – Todos começaram a rir menos o Edward e a Tânia.

– Claro que não Emmet,eu não sequestraria a Bella contra vontade dela – respondeu ele.

– Então vocês estão namorando? – perguntou a Tânia com aquela voz irritante dela

– Não – respondeu o Jacob – somos amigos!

– Tá bom gente vamos deixar de papo furado e vamos entrar logo. ­– falou a Alice.

– Mais e como nois duas vamos entrar? por que temos 17 anos Alice. – perguntei

– Belinha não se preocupa com isso, que o Emmet conhece o segurança que fica na entrada.

– Por que agente não para com esse papinho chato e entra logo – falou a rose mau humorada.

– É pessoal vamos logo! – falou a Tânia pendurada no pescoço do Edward.

O Emmet conseguiu nos fazer entrar,sobre a promessa que não tomariamos bebidas Alcoólicas.foi uma péssima ideia ter vindo junto com eles,o Edward e a Tânia ficaram o tempo todo agarrados ,a Rosali soltando piadas para mim eu estava me sentindo um lixo.

– Bella vamos dançar – me chamou Jacob pela milésima vez.

– Eu não estou com ânimo – respondi ,mais o jacob não quis me ouvir e me puxou para a pista de dança onde a Alice estava com o Jasper , e eu acabei me rendendo, a musica era mito agitada e eu acabei me contagiando e dançando com o jacob ,eu percebi que o Edward estava me olhando quando a Tânia o deu um tapa no braço e eles sairam,eu não me deixei abalar por isso e continuei dançando,depois de um tempo na pista eu resolvi e no banheiro.

– Jake eu vou ao banheiro e volto logo tá?

– Tô esperando Bella – respondeu ele.

Ao chegar no banheiro vi que a Tânia estava retocando a maquiagem,eu juro que se ela não tivesse me visto eu teria voltado,mais como ela me viu eu não agiria dessa forma tão covarde.

– Oi mosquinha morta ,ainda bem que você está aqui eu queria mesmo falar com você.

– o Que você quer? -perguntei

– Eu quero que você fique bem longe do meu namorado! Você pensa que me engana? Eu sei que você é caidinha por ele. Se eu sonhar que você está de gracinha com o Edward pode se preparar por que vai sofrer as consequências .

– E você não confia no namorado que tem? – perguntei.

– Bella eu sei que o Edward nunca te olharia como mulher , você é insignificante para qualquer homem,mais eu não gosto de saber que tem uma vagabunda apaixonada pelo meu namorado.

Ela terminou de falar e saiu, como eu odiava a Tânia,será que o Edward contou alguma coisa para ela,eu não entendia por que ela estava agindo assim ,eu e o edward mal nos falavámos.

***************

Hoje fazia um mês que eu e o Edward não nos falavamos, na verdade eu sentia muita falta dele,afinal sempre fomos amigos,eu tinha o Jake que era muito especial para mim mais não era o Edward,durante esse mês nós nos falamos pouco e eu estava com muita saudades de conversar com ele,de ouvir sua risada,passei a mão no meu rosto e percebi que estava chorando,limpei minhas lágrimas e fui tomar banho para ir a escola.

– Bom dia mãe ! e tchau estou indo pra escola. – falei ao passar pela cozinha e v ê-la sozinha , meu pai tinha viajado a trabalho e só voltaria daqui a uma semana.

– Bella volte aqui – falou minha mãe.

– Pode sentar ai mocinha e tomar seu café! Você não vai a escola sem comer nada pode passar mal.

– Eu como alguma coisa mais tarde, na escola mãe ,estou sem fome.

– Bella você não tem se alimentado direito a alguns dias você vai ficar doente. – falou ela

– Tudo bem ,falei tomando um pouco de suco,mais o meu estômago embrulhou e eu parei

– Tchau mãe – falei e sai correndo antes que ela me fizesse voltar.

Cheguei na escola e vi alice estava com o Jasper abraçada, encostada no banco do seu carro,estacionei e fui até eles.

– Bom dia casal – falei

– Bom dia Bella – respondeu o jasper,Alice ficou calada eu sabia que ela estava chateada comigo por não ter ido ao shopping ontem com ela ,mais eu não me importei ia passar logo mesmo.

– Bella tem gente que não está muito satisfeito com você – falou o Jasper.

– Alice me desculpa por ter te dado o bolo,acontece que eu adormeci ontem a tarde e só acordei de madruga para comer e depois cai no sono denovo, não foi por qu eu quis .

– Bella agente combinou a dias ,vocêsempre está dormindo eu hei ! isso não é normal.

– Alice tinha razão eu vivia dormindo,a maioria das vezes minha mãe me acordava para ir a escola se não eu passava a manhã inteira dormindo.

– Eu estava cansada Alice por isso dormir! – respondi

– Tá bom Bella ,vamos pra aula daqui a pouco agente vai chegar atrasada.

Eu não estava me sentindo muito bem ,estava um puco enjoada,mais fui pra aula mesmo assim,hoje minha aula era com a Tânia,ela passava aula inteira soltando piadas ,como eu odiava essa garota, eu não conseguia prestar atêncão na aula,minha cabeça estava muito tonta e a vontade de vomitar não passou eu resolvi pedir ao professor pra me retirar que eu não estava me sentindo bem.

– Professor eu posso me retirar um minuto ,não estou me sentindo bem.

– O que você tem Bella? está pálida – falou Alice

Eu me levantei pra sair da sala ,mais todo ficou preto e eu não vi mais nada.

Acordei sentindo que estava deitada em um lugar macio,e ao abrir os olhos percebi que estava na infermaria da escola.

– Bella você acordou – falou Alice – eu fiquei tão preocupada ,eu já vou ligar pra sua mãe vir te buscar.

– Quando Alice terminou de falar eu sair correndo cambaleando para o banheiro e lá eu vomitei tudo o que eu não tinha comido no café da manhã , Alice e a infermeira correram para o banheiro para me ajudar ,eu me levantei meio tonta e lavei minha boca derrepente minha barriga começou a roncar de fome .

– Bella você ainda está se sentindo mal ? – perguntou Alice.

– Eu estou melhor depois que vomitei –respondi

– A infermeira veio até mim com um equipamento de medir pressão .

– Querida sente- se aqui ,que eu vou verifiacar se sua pressão voltouo ao normal.

– Normal? Perguntei

– É Bella você teve uma queda de pressão por isso desmaiou.

– Ah respondi! Eu acho que eu deveria mesmo ter tomado café,antes de sair de casa .

– Bella ,sua pressão está um pouco baixa ainda , eu aconselho que faça alguma refeição , e vá para casa descansar se sentir mal denovo vá ao médico.

– Bellinha eu te levo pra casa. –Falou Alice.

– Claro que não Alice ,eu posso dirigi – respondi

– Bella deixa de ser orgulhosa ,eu não vou deixar você dirigir assim.

Alice me levou para casa e ficou me fazendo companhia enquanto minha mãe não chegava ,ela estava com medo de me deixar sozinha,comi quase a comida da cozinha inteira quando cheguei em casa, Alice ficou chocada, depois que comi mais do que eu suportava corri para o banheiro e coloquei tudo para fora.

– Bellinha você não deveria ter comido tanto

– Eu estava com fome Alice – respondi

– Eu hein! Está parecendo uma grávida ,comendo de tudo e depois vomi tando. – falou ela rindo.

– Alice estava falando brincando,mais eu congelei quando ela disse a palavra grávida,mais isso não é possivel eu e o Edward só transamos uma vez e minha mestruação nem estava atrasada tanto tempo era só uma semana mais isso é normal!

– Alice você fala cada besteira –falei desconversando.

Quando terminei de falar minha mãe entrou em casa com um perfume tão enjoado,que eu não consegui correr para o banheiro e acabei vomitando na pia da cozinha mesmo, mais eu não entendia por que eu estava achando tão enjoado um perfume que minha mãe usou a vida inteira.

Ai meu Deus eu não posso estar gravida!

Notas finais do capítulo
Espero que tenham gostado!


Review?


Beeijos' e até amanhã




(Cap. 8) surpresas

Notas do capítulo
mais um capitulo pra vocês !

espero que gostem

– Bella você está bem ? – perguntou minha mãe , eu não podia dizer que estava enjoada com o perfume dela o que ela iria pensar de mim, então eu menti.

– Estou bem ! acho que comi alguma coisa estragada na escola – falei ,Alice me olhou desconfiada, eu sabia que ela iria me perguntar o que estava acontecendo.

– Talvez seja melhor você descansar Bella ,quem sabe o mal estar não passa. – falou a Alice.

– É mesmo filha ,vá descansar qualquer coisa eu te levo ao médico.

– Não! – gritei

– Nossa filha não precisa ficar assim só por que eu falei de te levar ao médico.

– Não se preocupe Renné se a Bella não melhorar eu chamo meu pai para dar uma olhada nela,eu sei que a Bella odeia hospital. - falou a Alice .

– Eu estou bem – falei subindo as escadas com Alice em meu encalço.

– Bella o que está acontecendo? Você esta me escondendo alguma coisa ?

– Claro que não Alice ! – respondi

– Tem certeza Bella! Olha eu vou ficar muito magoada se eu descobrir que você mentiu pra mim – falou ela.

– Alice eu não estou mentindo – falei ,eu odiava mentir para Alice mais eu não tinha escolha ,eu não conseguiria falar o que aconteceu entre mim e Edward para ela eu sei que ela ficaria com raiva dele e eu não tinha esse direito.

–Tudo bem eu acredito em você ,agora eu tenho que ir , meus pais vão fazer um jantar para os pais da Tânia e exigem minha presença,vou ajudar minha mãe.

Alice foi embora me deixando sozinha e com minha cabeça a mil,eu não podia estar grávida do Edward ,ele era comprometido e eu só tinha 17 anos.

Na manhã seguinte eu estava me sentindo melhor,consegui tomar café da manhã e não senti nemhuma vertigem ,e nem fiquei enjoada,talvez eu tivesse comido algo estragado mesmo.fui pra aula de biologia, toda animada Edward estaria lá e sem Tânia,ao entrar na sala vi que só tinha um lugar vago e era ao lado de Edward, então eu fui me sentar .

– Bom Dia ! – falou Edward

– Bom Dia – respondi

Agradeci mentalmente quando o professor entrou na sala e o Edward voltou a atenção dele para a aula,quando o sinal tocou sai rápido da sala mais o Edward veio atrás de mim e segurou o meu braço.

– Bella será que agente pode conversar?

– Edward e não quero problemas pra mim ok!

– Problemas como assim ? – perguntou ele confuso

– Sua namorada não quer que eu fale com você.

– como assim a Tânia não quer que você fale comigo?

– Você é surdo Edward ela me pediu ou melhor exigiu que eu não me aproximasse de você. Edward ficou surpreso com o que eu falei certamente ele não acreditava que a namorada perfeita dele tinha coragem pra me pedir uma coisa dessa.

– Tânia não tem o direito de escolher de quem eu posso ser amigo ou não. – falou ele.

– Nós não somos mais amigos Edward – falei

– Bella eu te adoro e sinto a sua falta,agente não pode deixar que uma estupidez acabe com a nossa amizade.

– Eu não quero ser sua amiga! - falei e sai de lá o deixando sozinho,mais o Edward foi mais rapido e segurou o meu braço.

– Você está namorando o Jacob? – perguntou ele

– isso não é da sua conta – respondi

– Ele falou que você eram só amigos mais eu acho que ele esta se aproveitando de você,Bella você tem que se afastar dele por que....

– Se aproveitando de mim – comecei a rir amargamente – que eu saiba só existe uma pessoa aqui que me usou e se aproveitou de mim e foi você! agora me deixa em paz, eu não quero nada de você nem sua amizade.

Pov Edward.

Eu não entendia a Bella ,eu sei que eu errei com ela,mais a essa altura eu pensei que ela já teria me perdoado,eu não sei por que mais ver ela perto daquele jacob me deixava com muita raiva,eu não queria ele perto dela.

– Oi Meu amor – falou Tânia me abraçando

– Tânia por que você disse pra bella pra ela ficar longe de mim? –perguntei

– Ah Edward eu não falei assim,eu só disse pra ela que tinha um pouco de ciúmes de vocês por serem tão amigos, essas fofoqueira aumentou.

– Em primeiro lugar a Bella não é fofoqueira em segundo você sabe muito bem que agente não está se falando direito ,então por que você foi falar isso com ela?

– Ai Edward não fica falando alto as pessoas estão olhando, e eu não fui falar com ela só comentei quando agente estava no banheiro da boate.

Quando terminou as aulas eu fui até o estacionamento para ir embora quando vi a Bella e o Jacob se abraçando antes dela entrar no carro e ir embora,naquele momento o meu sangue ferveu minha vontade era de ir até lá e quebrar a cara daquele idiota por estar abraçando a minha Bella.,perai minha não a Bella,eu não estava entendendo o que estava acontecendo comigo eu estou com ciúmes da Bella?mais isso deve ser normal ,ela é minha amiga e eu me preocupo com ela.resolvi entrar no meu carro e ir embora antes que eu fosse até la e quebrasse a cara daquele garoto.

Pov Bella

– Bella agente tem que fazer esse trabalho hoje você esta adiando a dias. Falou a Alice no telefone.

– Eu não quero ir até sua casa Alice por que agente não pode fazer aqui?

– Por que não Bella! É melhor você vir pra cá em 10 minutos senão eu vou ligar pra sua mãe dizendo que não está fazendo os trabalhos e só pensa em namorar.

Alice era uma figura mesmo ,inventava cada uma pra gente fazer as vontades dela,não tinha sentido discutir com Alice mesmo resolvi aceitar.

– Tudo bem eu já estou indo – respondi dez minutos depois estava na casa da Alice fazendo a trabalho.

– Está vendo! Agente já esta quase acabando – falou a Alice

– Você sempre tem razão Alice –falei - nossa todo esse trabalho está me dando fome .

– Você tem razão Bella , vou preparar um lanche pra gente – falou a Alice

– Eu vou com você – falei,então segui Alice ,mais quando estava chegando no fina da escada eu senti uma tontura muito forte e toda minha vista escureceu e eu não vi mais nada.

Pov Edward

Hoje não era o meu dia ,já tinha discutido com a Tânia várias vezes por que ela queria que eu fosse viajar com ela e eu não estava afim ,então eu resolvi ir pra casa ,quando estava chegando na porta eu escutei gritos era a voz da Alice pedindo socorro.

– Me ajuda aqui alguém – chorava a Alice ,eu corri pra dentro de casa e vi a Bella caida no chão com Alice chorando do lado dela.

– O Que aconteceu Alice? –perguntei

– Edward me ajuda a Bella passou mal e desmaiou,ela caiu da escada.

Eu corri até la e peguei a bella nos braços – Vamos levá- la para o hospital de lá agente liga para os pais dela. – falei, coloquei bella no carro junto com Alice e acelerei o carro ,nós chegamos rápido ao hospital eu tirei ela nos braços e entrei no hospital , rapidamente as infermeiras pegaram uma maca e me mandaram deita-la em cima .

– O que aconteceu? – perguntou a infermeira verificando o pulso da Bella .

– Ela desmaiou e caiu da escada – falou Alice chorando

– A senhora pode chamar o doutor Cullen ? eu sou filho dele .

– Claro – respondeu ela em menos de um minuto o meu pai chegou a emergência .

– Edward ,Alice o que fazem aqui? – foi então que ele viu a Bella desmaiada na maca muito palida.

– Meu Deus ! O que aconteceu com ela? – a infermeira informou meu pai e eles levaram a Bella,ele pediu pra gente esperar na recepção e ligar para os pais da Bella,mais Alice e eu preferimos receber alguma noticia primeiro. Meia hora depois meu pai veio falar com agente.

– Pai e a Bella como está? – perguntou Alice antes de mim

– Ela está bem e foi só um desmaio,ela está acordada e...

– Agente pode ver ela? –perguntei

– Na vedade eu vou falar com ela primeiro,daqui a pouco eu deixo você entrarem. Falou ele nos deixando sozinhos.

Pov Bella

Acordei muito desorientada,aonde eu estava?ai meu Deus eu estava em um hospital Alice deve ter me trazido quando eu desmaiei,derrepente o pai da Alice entrou na sala .

– Como se sente Bella? – perguntou ele

– Um pouco dolorida – respondi

– Nós temos que conversar – falou ele sério

– Doutor Cullen o senhor está me assustando eu estou com alguma doença? –perguntei

–Bella você está grávida.

Continua.....

Notas finais do capítulo
Beijinhos e até o próximo cap.





(Cap. 9) confusão

Notas do capítulo
mais um capitulo pra vocês...

espero que gostem!

Boa leitura....

Grávida? – Perguntei ao Doutor Cullen

– isso mesmo Bella,quando você chegou ao hospital nos fizemos vários exames para nos certificar que você estava bem então seu exame estava com uma alteração hormonal e nos fizemos um exame especializado Beta HCG e deu positivo.

– Mais não pode ter sido um engano doutor? Sei lá exames também erram.

– Bella nós fizemos uma ultrasonografia para saber se estava bem com o bebê, afinal você caiu da escada e está no começo da gravidez e pode ter causado algum dano ao feto.e você está de aproximadamente seis semanas - falou ele me entregando um papel onde tinha uma foto escura que eu não estava entendendo nada.

– O que é isso? – perguntei

– Esse manchinha aqui Bella é o seu filho – falou ele me mostrando uma manchinha na foto, eu não consegui me conter e comecei a chorar,eu não sabia se era de alegria por que eu estava carregando o filho do Edward no meu ventre ou se de tristeza por saber que ele numca que iria querer saber desse filho.

– Bella nós temos que conversar sobre outras coisas .

– O senhor contou a Alice? Perguntei

– Não nem Alice nem Edward sabem de nada, eu falei que você estava acordada, mais que eu iria conversar com você primeiro.eu não conseguia parar de chorar,estava sem rumo como eu iria criar essa criança sozinha,meus pais iriam me matar!

– Bella você precisa ficar calma isso vai fazer mal ao bebê e também gostaria de falar com você sobre esses desmaios.

– O Que foi doutor eu estou doente? – perguntei

– Não exatamente! Você está com a pressão muito baixa ,que é um problema que acontece durante a grávidez,muitas mulheres sofrem problemas de pressão quando estão grávidas, é mais normal a pressão alta , mais a pressão baixa é igualmente perigosa, você precisa se cuidar ter certos cuidados por isso mandei chamar seus pais até aqui e contar...

– Não – gritei

– Por favor doutor Cullen não conta pros meus pais,deixa que eu falo com eles, por favor doutor Cullen! – pedi.

– Tudo bem! Se você me prometer se cuidar ,tomar todos os medicamentos e começar seu pré –natal ,Bella você não tem que enfrentar essa situação sozinha,seu namorado também tem que arcar com as responsabilidades dele .

– Eu não tenho namorado – respondi de cabeça baixa

– Mais e o Pai do seu filho?

– Eu não vou contar a ele! Ele não vai querer o meu filho mesmo - respondi

– Eu vou dizer pra Alice que ela pode entrar ela está muito preocupada com você.

– Doutor Cullen? Por favor não conte nada a ninguém,nem a Alice.

– Não se preocupe Bella,isso é assunto seu. – respondeu ele saindo do quarto.

Alice entrou no quarto acompanhada pelo Edward, Carlisle saiu e levou o exame com ele.

– Bella você esta bem?quase que você me mata do coração! – falou Alice

– Como você está se sentindo?- perguntou o Edward

– Eu estou bem – respondi

– Bella você nos deu um susto danado,o papai já te deu o resultado dos exames?

– Sim Alice ele disse que eu estou com fraqueza ,vai me passar umas vitaminas e eu vou pra casa – menti

– Você tem que se alimetar direito Bella – falou o Edward

– Eu vou me alimentar melhor ,não se preocupem – respondi,Edward nem imaginava que eu carregava um filho dele,e se depender de mim ele não vai saber .uma infermeira entrou no quarto .

– Boa tarde Isabella vamos tirar a pressão? – falou ela

– Você está com a pressão Baixa denovo Bella ? –perguntou Alice

– È Alice ,eu não me alimentei direito e por isso minha pressão baixou – respondi.

– Bom sua pressão voltou ao normal, você já pode ir antes vá até o consultorio do doutor Cullen.

– Tudo Bem – respondi me levantando , ao chegar a sala do Carlisle eu pedi a Alice para entrar sozinha,Carlisle me passou alguns rémedios e umas vitaminas e me indicou uma obstetra eu sai de lá e fui direto pra minha casa .passei a noite inteira chorando eu não sabia o que iria fazer da minha vida,eu decidi não contar a ninguém sobre minha gravidez. graças aos rémedios que o Carlisle me passou meus enjôos diminuiram bastante,eu não tive mais tonturas e como tinnha prometido a ele, na semana seguinte eu procurei uma obstreta e comecei o meu pré-natal ,eu não tive coragem de contar para Alice. eu estava entrando no segundo mês de gestação e minha barriga tinha começado a aparecer, mais ainda era muito pouco nada que fizesse as pessoas desconfiarem da minha gravidez.

– Bella ? - falou Alice deitada na minha cama enquanto eu tentava vestir uma calça qu não queria fechar de jeito nemhum.

– O Que foi Alice? – perguntei do meu Closed

–Por que você ta demorando tanto ? agente vai perder a sessão ! – falou ela irritada.

– Eu já estou indo – respondi secando a barriga e fechando a calça.

– Vamos – falei ao entrar no quarto e ver Alice com um papel na mão.

– Você está grávida? – perguntou ela chocada.

– Onde você encontrou isso? – perguntei

– Aqui no seu criado mudo,eu estava procurando sua agenda telefonica quando eu vi esse papel, mais não fuga da resposta Bella, você está grávida? – eu não tinha como mentir Alice leu o meu exame então eu desabei a chorar.

– Estou Alice!

– Ai meu Deus, Bella como você fica grávida e não me conta ,eu pensei que nós fossemos amigas,mais eu to vendo que não.

– Alice me perdoa ,não ter te contado é que eu fiquei com vergonha !

– Vergonha de que? Bella você vai ter um bebê é a coisa mais linda que pode acontecer na vida de uma mulher.

– Quem é o Pai do seu filho? – perguntou ela, eu não tinha como mentir mais para Alice e em tão reslvi contar logo a verdade pra ela.

– Alice o filho que eu estou esperando é... do Edward . – falei

– O Que? Como assim do Edward Bella...vocês tranzaram?

– Sim Alice ,na festa que você deu na sua casa , eu passei a noite com o seu irmão . – acabei contando tudo pra Alice,eu me senti aliviada por dividir com alguém tudo que eu estava sentindo.

– Bella eu não acredito que o Edward foi tão estupido com você! Mais mesmo assim você tem que contar pra que ele vai ser pai.

– Alice eu não consegui contar pros meus pais você acha que eu contaria pro Edward, não! ele numca vai saber que esse filho é dele. –falei

– Me desculpa bella,mais esse bebê é meu sobrinho e meu irmão vai ficar sabendo dele.

– Alice por favor ,não conta a ele eu te imploro – pedi

– Bella eu não vou contar,mais você vai,você não pode se responsabilizar sozinha por uma criança ,ela tem pai e ele tem a obrigação de te ajudar, me promete que vai pensar sobre contar para o Edward?

– Tudo Bem ! eu vou pensar – respondi.

– Alice , amanhã eu vou fazer uma ultrason você não quer me acompanhar?,vai ser cedinho vou chegar atrasada na aula mais se você quizer ir comigo.

– Claro que eu quero,ver o meu sobrinho ou sobrinha eu nem acredito que eu vou ser tia.

– Fala baixo você quer que meus pais escutem?

– você não vai esconder pra sempre

– Eu sei , agora vamos pro cinema antes que eu desista -Alice falou o caminho inteiro sobre o sobrinho ou sobrinha dizendo que iria comprar vários presentes e muitas roupas pra ele,ela ficou toda empolgada com a idéia de ser tia. na manhã seguinte nós duas fomos ao consultorio da doutora Kate ela estava acompanhando minha gravidez juntamente com Carlisle, ele ficou surpreso ao me ver com Alice .

– Bella eu fico feliz que tenha contado a alguém , mais eu acho que já esta na hora de você falar com seus pais. – falou o Pai da Alice

– Eu sei Carlisle,eu juro que estou reunindo coragem pra falar – respondi

– Tudo Bem ! vamos fazer a ultrason ,pra você voltar a escola. – eu me deitei na cama e o carlisle passou um gel na minha barriga enquanto a doutora Kate, escrevia alguma coisa no computador ,Alice estava bem ao meu lado, segurando minha mão, carlisle começou a fazer há ultrason me mostrando meu bebê.

– Como você vê bella é muito pequeno e ainda está em fase de desenvolvimento , não dá pra ve muita coisa mais o que importa é que seu filho ou filha está se desenvolvendo bem – derepente comecei a ouvir um barulho muito estranho.

– O Que é isso carlisle? - perguntei

– Esse Bella é o coraçãozinho do seu filho. – respondeu ele, naquele momento eu e Alice começamos a chorar que nem duas bobas,eu estava ouvindo o som mais importante da minha vida ,o coração do meu filho com o homem que eu amava,como eu queria que o Edwarsd estivesse aqui comigo.

Depois da ultrasonografia eu e Alice fomos pra escola,ela estava que nem uma boba,falando do sobrinho.

– Alice cala boca ,alguém pode ouvir ! - falei

– Tá bom Bella ,nossa como você é chata - falou ela rindo, nós fomos pra sala de Aula e já estavamos perto de ir embora e eu fui até o banheiro ,estava super apertada,quando cheguei lá vi que tânia estava dentro eu não iria dar o gostinho a ela e ir embora então eu entrei no banheiro,Ela bateu em mim de proposito derrubando a minha bolsa e fazendo com que tudo caisse no chão eu me abaixei pra pegar quando eu vi que minha ultrason tinha caido da minha bolsa mais ela foi mais rapida e pegou .

– Me devolve isso Tânia – falei enquanto ela começava a ler me exame.

– Eu não acredito! Que a coisinha mais puritana da cidade está grávida!

– Você não sabe de nada – falei puxando o meu exame das mãos dela.

– O que foi bella ninguém saiba que você é uma vadia?e quem é o pai do seu filho hein! O Jacob.

– Não é da sua conta falei e sai dali o mais rápido possivel.

Pov Edward

Eu estava esperando Tânia encostado no meu carro pra gente ir embora ,quando vejo a bella passar correndo ,ela entrou no carro e saiu cantando pneu.

– Oi Amor - falou a Tânia

– Eu não sei o que deu na Bella, ela saiu feito uma louca daqui – falei.

– Eu sei – respondeu ela

– O Que foi então? – perguntei.

– Ela está grávida – falou a Tânia.

– Que brincadeira de mal gosto Tânia, você sabe muito bem que isso não é verdade.

– Não é brincadeira Edward! Eu vi um exame dela no banheiro e ela não gostou nadinha ficou super chateada por eu ter visto, e advinha quem é o Pai? – Meu deus a Bella está grávida será que é meu? Mais se fosse ela teria me falado não teria?

– Do jacob - Tânia falou, naquele momento eu vi vermelho a bella e o jacob ,eu não conseguia aceitar,ela era minha ele não tinha o direito de ter tocado nela e ainda deixar ela grávida !

– Tem certeza Tânia ? – perguntei

– Tenho sim! ela ficou calada quando eu perguntei, e você sabe se não fosse ela teria negado.

Meu mundo tinha desabado sobre minha cabeça por isso a Bella estava passando mal esses dias ,mesmo sendo tão Obvio eu não conseguia aceitar isso. sai de lá,com muita raiva entrei no carro e nem me lembrei que a Tânia ia comigo eu só queria ficar sozinho.passei a noite inteira em claro Jacob ia me pagar por ter feito isso eu não conseguia entender meus sentimentos em relação a Bella eu estava confuso e precisava entender o que estava acontecendo comigo então eu decidi, amanhã a segunda coisa que eu vou fazer é terminar com a Tânia,eu estou muito confuso com relação aos meus sentimentos e so estando sozinho que eu vou conseguir colocar meus pensamentos em ordem, mais a primeira coisa que eu vou fazer amanhã é resolver as coisas com Jacob. Ao chegar na escola eu fui procurar o Jacob, ele estava sentado com uns amigos e eu fui até lá.

– Jacob será que podemos conversar? – perguntei.

– Claro aconteceu alguma coisa? – perguntou ele

– Aconteceu – falei, eu não consegui me controlar e dei um murro na cara dele fazendo ele ir ao chão ,Jacob se levantou rapidamente e também veio pra cima de mim,nós ficamos brigando , no meio da escola chamando a atenção de todos pra gente quando eu vi que algumas pessoas me seguraram e outras seguraram ele.

– Você está ficando louco Cullen? Por que me atacou desse jeito? – perguntou o infeliz.

– Você ainda me pergunta seu idiota ,por que você fez isso com a Bella?

– Do que você está falando? – perguntou ele se fazendo de inocente.

– Não se faça de idiota ,eu sei muito bem que você engravidou a Bella.

Continua...............

Notas finais do capítulo
gente muito obrigado pelos reviews e agente até amanhã ...


não esqueçam de comentar hein!

beeijos'




(Cap. 10) Provocaçoes

Notas do capítulo
mais um capitulo pra vocês...

gente muito obrigada pellos reiews eu não tenho muito tempo pra responder mais eu fico muito feliz...

beeijos'

Pov Edward

Eu não estava entendendo a atitude do Jacob ele estava se fazendo de desentendido.

– Edward você está ficando louco – respondeu ele

– Não se faça de desentendido Jacob,que eu sei a Bella falou pra Tânia – quando eu terminei de falar o Idiota começou a rir.

– A Bella falou pra Tânia? Falou ele entre risadas , os garotos me seguraram quando eu ia avançar em cima dele denovo,mais dessa vez foi Emmet que se meteu.

– Edward o que está acontecendo aqui? – perguntou ele.

– Nada Emmet seu irmãozinho acha que eu engravidei a Bella - respondeu Jacob sarcástico.

– Mais quer saber de uma coisa Edward? Se eu engravidei ou não a Bella não é da sua conta – falou ele saindo e me deixando lá.depois que o Jacob saiu, os meninos me soltaram e o Emmet começou o sermão.

– Você está ficando louco Edward? Brigando na escola? Você queria que o diretor te pegasse?

– Eu só estava defendendo a Bella!

– Essa historia de grávidez pode ser mentira – falou ele

– Mais a Tânia viu o exame e disse que a Bella confirmou – rebati.

– Edward e se for verdade por que você está se metendo nisso?por que você acha que brigando com ele vai está defendendo ela?

Eu não tinha resposta para o que o Emmet estava me perguntando,por que eu me importava tanto.

Pov Bella

Quando eu cheguei na escola vi que todo mundo estava me olhando estranho ,será que a Tânia contou pra todo mundo que eu estava grávida?

– Bella agente pode conversar? – perguntou o Jacob,ele estava com a boca cortada.

– O que aconteceu com sua boca? – perguntei

– Eu vou explicar mais primeiro você via me explicar outra coisa. – falou ele serio.

– o que aconteceu Jacob você está me deixando assustada – falei

– Você está grávida? – perguntou ele a queima roupa.

– Quem te falou isso? – perguntei

– A mesma pessoa que me fez isso – falou ele apontando pra sua boca – Edward.

– O Que? –perguntei desesperada – Edward? Como assim.

– Não sei parece que aquela namoradinha dele falou isso pra ele,e ele me bateu sabe por quê? – perguntou ele,eu sabia a resposta mais mesmo assim fiquei calada.

– Por que ela falou que eu era o Pai! Bella você está grávida? – perguntou ele novamente.

– Estou! Respondi- Jacob abaixou os olhos e então me olhou tristemente.

– Eu não queria ouvir isso Bella,Mais eu sabia que essa seria sua resposta,quem é o Pa i do seu filho,e por que estão dizendo que sou eu? .

– Eu não sei por que estão dizendo isso,a Tânia acha que você é o Pai por que agente vive junto,então ela deve ter contado isso ao Edward,Jacob me perdoa,eu não tive tempo de desmentir eu vou falar pra ela que você não é o Pai,não se preocupe.

– Você não me respondeu quem é o Pai Bella – falou ele .

– Será que agente poderia conversar em outro lugar – perguntei.

Ele não respondeu e me levou a uma sala de aula vazia e então ficou parado esperando minha explicação .

– O Pai do meu filho é o Edward – respondi

– O que? Como assim Bella?

– È ele Jacob,nós trasamos na festa da Alice e eu engravidei é isso!

– E por que você não contou pra ele? Bella ele veio me bater por ter te engravidado você não imagina por que ele fez isso.

– Não Jacob! O Edward quer que agente volte a ser como era antes,ele acha que me defendendo vai mudar alguma coisa.

– Você tem que contar a ele!

– Eu não vou contar! E pode deixar que eu vou dizer pra todo mundo que você não é o pai do meu filho não se preocupe.

– E você vai dizer que é quem? – perguntou ele.

– Eu não sei – respondi

– Não precisa dizer nada Bella,não precisa negar que eu sou o Pai do seu filho é só ficar calada e ninguém vai te encher com isso.

– Obrigada jake,você é um anjo na minha vida.

– Eu te adoro Bella,e você agora está precisando de mim ,não é pra isso que servem os amigos? –

Depois da briga do Edward e o Jacob as coisas ficaram pior pra mim,o Edward gritou pra escola inteira que eu estava grávida a sorte é que não tinha chegado nos ouvidos do diretor por que na certa ele iriam mandar chamar meus pais, essa foi a pior semana da minha vida, tânia se ocupou de fazer minha vida um inferno,me chingando de vadia e coisas piores,as meninas me olhavam torto ,a minha sorte eram meus amigos que me defendiam jake ,Alice ,Emmet e Jasper estava me dando muito apoio,se não fosse por eles não sei se suportaria essas humilhaçoes.

– Bella eu sei que você não quer contar ao meu irmão do Bebê ,mais você deveria ele também tem o direito de saber – falo Alice no carro a caminho da escola.

– Alice para de insistir nisso quando chegar a hora eu vou contar – menti.

– Tudo bem ,eu não vou mais te pressionar com isso.

– Que bom. –respondi

Nós chegamos a escola e eu vi Tânia cochichando com umas meninas,concerteza falavam de mim, eu passei por elas e então começaram a rir .

– Olha só como ela está gorda - falavam elas – Deus me livre além de vagabunda ainda é gorda.

Alice ia responder as provocaçoes mais eu a segurei, – deixa Alice não vale a pena.- falei e então nós fomos pra Aula ,durante todo o dia Tânia ficava com piadas sempre que me via,eu não estava mais suportando,quando estava na hora de ir embora ,ela estava encostada no carro de uma amiga do lado do meu e então começou a provocação.

– Olha só meninas,coitadinho do bastardinho que ela carrega na barriga, vai nascer e nem sabe quem é o Pai- falou ela e então começou a rir,naquele momento meu sangue ferveu ,ela podia me chamar de tudo,mais não falar do meu filho que nem tinha nascido ainda,furiosa eu me virei em direção a ela.

– Meu filho não é um bastardo Tânia,ele tem Pai,e você deveria me agradecer por ficar calada e não dizer quem é o Pai dele.

Elas começaram a rir – Bella pelo amor de Deus assume logo que você não sabe quem é o pai dessa coisa que você chama de filho.

– Sabe quem é o Pai do meu filho Tânia ? – perguntei ela me olhava com olhar de deboche. – é o Edward – falei, Taânia tirou a cara de arrogância e então ficou estática.

– Dedixa de ser mentirosa – retrucou ela

– Não é mentira ,Edward Cullen é o Pai do meu filho – falei mais uma vez ,mais me arrependi assim que senti aquele cheiro atrás de mim,eu me virei sabendo que ele estaria lá.

– O Quê? – perguntou ele ,me olhando surpreso,eu não aguentei vê- lo me olhar e sai correndo dali o mais rápido que eu consegui.

Pov Edward

Depois da minha conversa com o Emmet ,eu fiquei me perguntando por que eu me importava tanto que a Bella estivesse grá via do Jacob, e percebi que aquilo me feria de uma forma que eu não sabia explicar,eu não conseguia mais ficar com a Tânia ,tentei conversar com ela várias vezes mais ela sempre encontrava uma desculpa e saia,eu fui cego e não percebi antes que eu numca a amei de verdade,era só empolgação,não sei atração a mulher que eu amava era outra e eu sabia muito bem quem era,eu sentia falta de estar com ela,de conversar de rir com as coisas bobas que ela falava com eu fui tão burro, eu amava a Bella e estraguei tudo agora ela está grávida de outro e eu a perdi.mais nã oimporta eu vou contar pra ela o que eu sinto mesmo que ela ame outro,hoje eu fui pra escola decidido a contar pra bella o meus sentimentos por ela mesmo que ela me rejeite,infelizmente não tive nehuma aula com ela, ojeito seria esperar a hora de ir embora já que ela não sai de perto daqueles amigos dela,quando já estava na hora de ir embora eu vi Bella estava a uns metros de mim conversando com a Tânia ,resolvi me aproximar essa era a hora de falar com ela pois ela não estava nem com a Alice,quando estava chegando perto ouvi que a Tânia estava a destratando ,Olha só meninas,coitadinho do bastardinho que ela carrega na barriga, vai nascer e nem sabe quem é o Pai –falou a Tânia ,eu não acreditava que ela estava sendo tão cruel,essa não era a Tânia que eu conhecia. – Meu filho não é um bastardo Tânia,ele tem Pai,e você deveria me agradecer por ficar calada e não dizer quem é o Pai dele –respondeu a Bella Elas começaram a rir – Bella pelo amor de Deus assume logo que você não sabe quem é o pai dessa coisa que você chama de filho –falou a Tânia – Sabe quem é o Pai do meu filho Tânia ? – perguntou a Bella– é o Edward – A Bella falou,Tânia me viu e ficou estática.

– Deixa de ser mentirosa – falou ela

– Não é mentira ,Edward Cullen é o Pai do meu filho – repetiu a Bella mais uma vez ,eu não acreditava no que estava ouvindo eu era o Pai do filho dela,a Bella percebeu minha presença e se virou quando me viu ficou assustada

– O que?-perguntei

Então a Bella saiu correndo e eu fui atrás dela.

Continua....

Notas finais do capítulo
Reviews?

até amanhã




(Cap. 11) Descobertas

Notas do capítulo
Bom pessoal ! aqui mais um capitulo pra vcs espero que gostem n_n

Bom eu gostaria de agaradecer a Thais1_6
pela recomendação...muito obrigado flor' beeijos'
e claro por todos os Reviews...

Boa leitura....

Pov Edward

Eu sai correndo atrás da Bella e segurei o seu braço antes que ela entrasse no carro.

– Bella agente pode conversar? – perguntei

– O que você quer Edward,eu quero ir pra minha casa. – respondeu ela olhando para o outro lado.

– É verdade o que você falou? Eu sou o Pai do seu filho? –perguntei., a Bella ficou em silêncio e então me respondeu.

– È sim Edward,você é o pai do filho que eu estou esperando ,mais não prescisa se preocupar eu não vou te imcomodar com isso – falou ela, eu não acreditava que eu ia ser pai ,então o Jacob não era o Pai,eu ia ter um filho com a Bella ,involuntariamente um sorriso se formou nos meus lábios.

– Bella você não sabe como eu estou feliz- falei

– Edward por favor ,não finja que gostou de saber disso,por que você ia querer ter um filho comigo,hein? Uma garota que você foi pra cama por que estava carente? – falou ela,nesse momento percebi como eu tinha magoado ela,como eu fui duro naquele momento,eu prescisava contar pra ela que a amava e que eu ria ficar com ela e com meu filho.

– Bella eu estou apaixonado por você – falei – eu sei que eu fui idiota mais eu percebi que eu te amo e quero ficar com você ...e com nosso filho

– E quando você descobriu isso ? quando soube que meu filho era seu? Por favor Edward eu não presciso da sua pena ,posso cuidar do meu filho sozinha- falou ela saindo .

– Bella me escuta ,por favor – falei mais ela já tinha ido embora

– Edward? - chamou Tânia- eu espero que você tenha falado umas verdades pra sua amiguinha por que você viu como ela é mentirosa,nossa inventando coisas ao seu respeito,mais não se presocupe meu amor ,eu confio em você. – falou ela.

– Quer saber de uma coisa Tânia ? – perguntei

– Claro meu amor – respondeu ela me abraçando,eu tireis os seus braços de cima de mim e ela ficou um pouco surpresa com minha reação,por que eu numca a tinha rejeitado.

– esse filho que a Bella está esperando é meu – falei,eu vi seu rosto ficar em choque.

– O que? – perguntou ela – você me traiu com aquela garota Edward? eu não acredito nisso.

– È isso mesmo Tânia não me faça repetir – derrepente ela voltou a si, falou.

– Edward não importa ,eu te amo e estou disposta a passar por cima disso se for em nome do nosso amor.

– Não existe Amor, eu não te amo, e acho melhor agente terminar por aqui.

– Você só está fazendo isso por causa daquele bastardinho que aquela vadia tá carregando,Edwad ele pode até nem ser seu ,e você ai sacrificando nosso amor .

– CALA BOCA TÂNIA – gritei – não fala assim da Bella nem do nosso filho, eu sei que ele é meu. –respondi.

– Mais ela pode ter ido pra cama com qualquer um - falou ela

– Está tudo acabado entre agente ,e é melhor você ficar quieta e não distratar a Bella com estava fazendo hoje ,senão eu não respondo por mim –falei e fui embora ,eu prescisava falar com a Bella.

Pov Bella

Sai da escola desorientada,sem saber o que fazer Edward já sabia que era o pai do meu filho ,e confesso que ele teve uma reação diferente daqui eu imaginei que ele teria,ele queria assumir o filho,mais eu não quero que ele fique comigo por isso, eu amo o Edward mais do que tudo mais eu não suportaria viver sabendo que ele estava comigo por obrigação.desde minha conversa com Edward que eu estou sentindo algumas cólicas ,eu tenho que me acalmar pelo meu filho,quando cheguei em casa fui para o meu quarto e fiquei deita na minha cama pensando nas coisas que aconteceram na minha vida,meu telefone não parava de tocar e eu vi que era o Edward ligando,mais eu não queria falar com ele agora,fiquei tanto tempo quieta que acabei adormecendo,acordei com minha mãe me chamando.

– Bella acorda – falava ela

– O que aconteceu ? –perguntei

– Seu Pai quer falar com você - percebi que minha mãe estava diferente.

– o que houve? – perguntei

– È melhor você descer estamos na sala te esperando –eu desci e vi que meu pai estava andando de um lado pro outro na sala.

– O que aconteceu ? – perguntei

– Bella você ... – falou meu pai me olhando furioso ,dentro de mim eu já sabia o que ele iria me perguntar.

– Bella você está grávida? – meu pai estava roxo ,eu sabia que ele estava com muita raiva,e queria muito que minha respota fosse não ,mais eu não podia mais esconder então resolvi contar.

– Sim –respondi , eu vi quando meu pai avançou pra cima de mim,eu sabia que ia levar um tapa na cara ,mais minha mãe foi pra minha frente e então ele parou.

– Está ficando louco Charlie,você não escutou o que ela acabou de falar? -falou minha mãe

– Claro que eu escutei –respondeu ele me olhando mortalmente

–Você não pode bater nela ,ela está grávida pelo amor de Deus! – falou mais uma vez minha mãe.

– Você está defendendo ela Renné? – perguntou ele.

– Não ,claro que não , a Bella cometeu um erro,mais não é por isso que nós vamos bater na nossa filha Charlie – depois que minha mãe falou isso meu pai saiu da sala e foi para o escritorio dele e se trancou lá.minha mãe me olhou e então eu comecei a chorar.

– Meu pai me odeia- falei aos prantos

– Claro que não Bella, ele está com raiva ,você é a nossa única filha e nós dois esperavamos mais de você. – falou ela

– Me perdoa mãe ,eu não queria,eu sei que eu tenho culpa,mais aconteceu .

– Eu estou muito decepcionada Bella ,eu sempre conversei com você sobre sexo,sobre usar camisinha e você aparece grávida ,simplismente eu não consigo acreditar.

– Quem é o Pai? – perguntou meu pai seriamente de volta a sala ,eu tinha certeza que meu pai iria querer matar o edward então eu decidi não contar enquanto ele não ficasse mais calmo.

– Responda Bella? Qual o nome do desgraçado que fez isso com você . –eu me levantei,estava começando a sentir aquelas cólicas denovo só que agora estavam mais forte,eu coloquei a mão na minha barriga como forma de proteção e meu Pai me olhou com ódio.

– RESPONDA QUEM FOI O INFELIZ QUE FEZ ISSO COM VOCÊ? – gritou ele

– Charlie por favor ,se acalme ,você está assustando nossa filha –falou minha mãe

– Eu não vou contar enquanto o senhor não se acalmar – respondi,minhas cólicas estavam aumentando –pai por favor me deixa ir pro quarto ,eu não estou me sentindo bem ,depois agente conversa . –falei

– Bella Você não vai sair daqui enquanto não disser o nome do pai desse filho que você está esperando. – falou ele

– Eu não vou dizer , ai ,ai – eu estava sentindo muita dor

– Charlie você não está vendo que ela não está bem – falou minha mãe vindo me ajudar.

– Mãe eu estou com muita dor na barriga,falei entre lágrimas.

– Não pense que me engana com esse teatro Bella – falou meu pai

– Eu não estou mentindo pai ,Ai Ai mãe eu vou perder o meu filho,e então tudo ficou escuro.

Pov Alice

hoje eu passei em frente a uma loja de bebês enão resisti tive que entrar,acabei comprando um sapatinho super lindo branco para o meu sobrinho ou sobrinha,eu não via a hora que ele nascesse,estou louca para enche-lo de presentes e mimos,resolvi guarda –los na caixa ,vai que minha mãe entre no quarto que desculpa eu vou dar.meu telefone começou a tocar era o numero do meu pai.

– Alô? Pai? – falei ao atender

– Alice eu sou enfermeira ,do hospital o doutor Carlisle,me pediu pra te ligar e avisar que sua amiga isabella Swan,deu entrada nos hospital,ela estava desmaidada e com ameaça de aborto.

– Ai meu Deus ,a Bella? E como ela está? – perguntei me levantando e pegando a chave do meu carro.

– Seu pai está cuidando dela ,eu ainda não sei ,ele só pediu que desse o recado.

– Tudo bem ,obrigado eu estou indo para o hospital agora .

– De nada ,senhorita – falou ela ao desligar.

– Meu deus o que será que aconteceu com a Bella,ai Deus não permita que ela perca o bebê.desci as escada correndo e acabei esbarrando no Edward.

– Alice, me impresta eu telefone pra ligar pra Bella ,ela não atende no meu.

– Edward a Bella está no hospital ,parece que ela teve um desmaio e estava com ameaça de aborto ,eu não sei ,eu estou indo pra la agora.

– Eu vou com voce Alice a Bella não pode perder esse bebê. – falou o Edward na verdade eu não estava entendo tanta preocupação dele afinal ele não sabia que o bebê era filho dele.

Pov Edward

Eu não acreditava no que a Alice me contou ,Bella no Hospital, e o meu filho correndo risco de vida,alice dirigia muito rápido e nós chegamos logo ao hospital ,de longe eu vi meu pai convesando com os pais da Bella, quando chegamos até eles Alice foi logo perguntando se a Bella estava bem.

– Como a Bella está papai?

– Está melhor Alice,ela foi medicada ,teve uma queda de pressão ,devido ao estresse.

– E o ...eu me calei não sabia se os pais da Bella ,já estavam sabendo da grávidez.

– O Bebê está bem Edward –respondeu meu pai,foi só um susto a Bella agora pescisa de repouso e de calma ela não pode ter Emoçoes fortes a grávidez dela é um pouco frágio por ainda está no começo e ela está sofrendo muita pressão por tudo.ela está acordada só vim ter certeza de que você charlie não vai estressa-la com perguntas.

– Eu só quero saber o nome do Pai,não é pedir muito –falou o Charlie.

– Mais ela ainda não está pronta pra falar ,voce deveria deixa- la, quando ela se sentir pronta vai dizer .

– Quando? Depois que a criança nascer? Não carlisle esse desgraçado não vai fugir da responsabilidade .

– Não se preocupe Charlie,eu não sou um canalha vou assumir Bella e o meu filho – respondi, todos olharam pra mim Alice não ficou muito surpresa ,mais os outos me olharam confusos.

– Do que você está falando Edward ? –perguntou meu pai.

– Eu sou o pai do filho da Bella.

Notas finais do capítulo
gente espero que tenham gostado..e peço que vocês ignorem os erros por que eu não tive muito tempo de escrever hj ,então Sorry...
beijos a todos e Reviews?

até amanhã eu axo ♥




(Cap. 12) segunda chance?

Notas do capítulo
mais um capitulo pra vcs
espero que gostem as coisas estão começando a se ajeitar...

beijos' e até o proximo...

Pov Edward

– É isso mesmo que vocês ouviram, eu sou o pai do filho da Bella – falei vi charlie me olhar furiosamente.

– Seu desgraçado,com você pode eu confiava em você,eu vou quebrar sua cara seu moleque,- falou ele vindo em minha direção,mais meu pai ficou na minha frente.

– Charlie por favor se acalme – falou ele

– É Charlie se acalme ,você está em um hospital – falou Renné

– Pare de defender seu filho Carlisle se fosse com sua filha você estaria igual a mim. –falou ele.

– Gente por favor vocês falam como se fosse o fim do mundo,ela só estar grávida,não prescisa de tanta confusão por isso,vocês acham que brigando o tempo vai voltar e as coisas vão mudar? – falou Alice

– Filha por favor – falou meu Pai.

– Eu não vou te dar uma boa lição seu moleque por que estamos dentro de um hospital,mais você não pense que vai se safar dessa.

– Não se preocupe eu não pretendo fugir das minhas responsabilidades – falei.

– Eu não posso ver minha filha carlisle? – perguntou a Renné

– Claro Renné,Bella já está bem,ela estar de observação ,daqui a pouco eu vou dar alta ela ,por favor procure não estressar ela.

– Não se preocupe,eu só quero vê – la.

Renné entou no quarto e eu fiquei na sala de espera com Meu pai ,Alice e o Charlie ,que agora resolveu parar de me encarar,eu sabia a raiva que ele estava de mim,mais o meu medo era que ele fizesse alguma coisa com a Bella ou não me deixasse vê-la, afinal ela ainda é de menor.

Pov Bella

Meu Deus como minha vida mudou de uma hora pra outra,antes eu era só uma garotinha apaixonada pelo melhor amigo e agora eu estava grávida dele,sozinha e sem rumo,eu sabia que meu pai estava com ódio de mim,e se ele me expulsasse de casa,pra onde eu iria com o meu filho? Eu jamais abriria mão dele,é a coisa mais valiosa que eu tenho,era um pedaço de Edward dentro de mim.minha mãe me tirou dos meus desvaneios.

– Bella? Minha filha como você estar? Quase me mata do coração. – falou minha mãe.

– Mãe você está com muita raiva de mim? – perguntei

– Claro que não Minha filha,eu sou sua mãe como eu poderia te odiar?

– Por que eu te decepcionei você não esperava isso de mim ,eu sei- falei

– Eu me decepicionei Bella ,você sempre foi tão responsável,mais isso não quer dizer que eu nem o seu pai te odiamos ,ele está magoado com você ,mais vai passar ,minha filha como isso aconteceu pensei que o Edward tinha namorada,por que não me contou que estavam juntos? – falou ela,eu não tinha idéia de como minha mãe tinha descoberto que o edward era o Pai do meu filho,mais eu não tinha mais como mentir e decidi contar a verdae pra ela, eu comecei a chorar,minha mãe também iria me chamar de vadia como a Tânia fez ,mais eu tinha que contar a verdade pra ela.

– Eu e o Edward não somos namorados – falei

– Como não Bella,você está grávida dele – falou ela séria

– Foi um momento de carencia do Edward mãe e comigo foi por amor ,mais ele tinha descutido com a namorada e eu fui conversar com ele,ele estava carente e aconteceu -falei eu já estava chorando que nem uma louca.

– Eu não acredito que aquele cretino te usou dessa forma – falou o meu Pai parado na porta ,eu vou mata-lo agora mesmo ,- falou ele saindo então eu gritei.

– Não Pai, por favor – ele parou e me olhou

– O Que? Bella esse garoto te usou te deixou grávida e tem uma namorada,como você quer que eu reaja,que eu solte fogos de artificios e chore de alegria que vou ser avô?

– Eu estou pedindo ,não faz nada com ele –pedi chorando,meu pai me olhou e então saiu.

– Se acalme Bella,seu pai só está com raiva ,ele não vai fazer nada com o Edward . – falou minha mãe.umas horas depois o Carlisle me deu alta e me pediu repouso por uns dias,eu prometi me comportar ,meu pai não fez nada contra o Edward o que me deixou muito aliviada,minha mãe me falou que ele esteve no Hospital mais meu pai não deixou ele entrar pra falar comigo,eu passei uma semana em casa de repouso,a única pessoa que podia entrar aqui era Alice,pois meu pai a adorava e não conseguia dizer não a ela,eu estava de castigo e não podia receber visitas,Edward me ligou varias vezes nos primeiros dias mais meu pai falou pra ele parar de ligar que ele não queria que eu falasse com ele,por um lado eu gostei,não estava pronta pra falar com ele.a semana passou rápido , hoje já era sabado e na segunda eu iria voltar a escola,hoje meu pai estava muito estranho,graças a Deus ele estava muito mais calmo e não demostrava mais raiva de mim,eu sabia que ele ainda estava magoado,mais pelo menos tinha parado de praguejar o tempo todo.

– Bella – falou ele ao entrar no meu quarto.

– oi – respondi enquanto lia um e-mail da Alice contando que tinha comprado um presente pro bebê.

– Hoje vai ter um jantar aqui –falou ele

– Jantar? e você não quer que eu desça é isso? – perguntei magoada ,será que Charlie estava com vergonha de mim.

– Não! Você vai descer sim, Carlisle e Esme vão vim conversar comigo e sua mãe sobre esse filho que você está esperando.quero que você fique aqui enquanto agente conversa e depois eu mando você descer.

– Pai o que vocês irão conversar? Olha eu não quero nada do Edward,ele pode seguir com a vida dele,não quero ele perto desse bebê por obrigação – falei.

– Eu não vou deixar você criar esse filho sozinha enquanto ela tem um pai ,mesmo que ele seja um moleque irresponsável e um canalha que não sabe tratar uma mulher . – Droga minha mãe tinha contado pra ele,as coisas que o Edward me falou,era tudo que eu não queria. Não quero que o meu pai brigue com o Edward.

Pov Edward

Ao chegar em casa do hospital,meu pai quase arrancou minha cabeça e chamoou minha mãe e contou tudo pra ela,agora eu estava aqui sentado no sofá que nem uma criança ouvindo sermão.

– Edward como você ficou tão irresponsável assim? –perguntou meu pai

– Pai você ficar gritando não vai mudar as coisas – falei

– Edward você traiu sua namorada ,se aproveitou da Bella e nem se quer se usou camisinha , o que você tem na cabeça? – perguntou meu pai furioso.

– Quando eu transei com a Bella eu achei que tinha sido por carência,eu tinha brigado com a Tânia e eu não consegui resistir,eu sei que foi errado e que eu falei coisas horriveis pra ela,mais eu descobri que eu estou apaixonado por ela e eu vou assumir meu filho e se ela me quizer também vou ficar com ela. – respondi

– Mais isso não muda o fato de que você transformou completamente a vida dessa menina ,ela agora vai ter outras responsabilidades,não vai poder sair pra festas da faculdade por que vai ter que ficar em casa cuidando de um filho,e se ela for pra faculdade,pelo amor de Deus Edward ela só tem 17 anos. – falou minha mãe.

– Mãe eu sei que eu errei tá bom! –respondi

– E como você vai sustentar esse filho se você ainda nem terminou a escola? – perguntou ela.

– Eu arrumo um emprego – falei

Depois de ouvi tanto sermão do meu pai,resolvi e pro meu quarto ligar pra Bella,mais ninguém atendia,passei quase a semana inteira ligando pra ela e batendo na porta,no horario que o Charlie não estava é claro,mais a mãe da Bella disse que ela não poderia falar comigo,o Charlie não me queria perto dela,eu fui pra casa arrasado nem vontade de ir pra escola eu tinha,claro que eu perguntava dela a Alice ,que passava quase todas as tardes lá, mais eu só queria a opotunidade de me desculpar por ter sido tão idiota com ela,e dizer que a amava e que queria cuidar dela de do nosso filho,mais infelizmente eu não tinha como,na escola era um verdadeiro inferno.Tânia ficava o tempo todo atrás de mim pedindo pra voltar e dizendo que me amava,e que me perdoava,graças a Deus hoje é sabádo e eu não tinha que ver ela,quando eu desci as escadas pra tomar café ,eu ouvi uma voz muito familiar era o Charlie ele estava conversando com meu pai .

– Eu gostaria que você fosse lá na minha casa hoje a noite Carlisle,quero conversar sobre nossos filhos.

– Claro Charlie,eu concordo plenamente,eu estava esperando que você viesse mesmo. – falou meu pai.

– Eu sei que eu demorei ,mais acontece que eu não queria fazer uma besteira,eu estava com muita raiva do seu filho e eu não sei se poderia me controlar ao olhar na cara dele,eu não vou dizer que estou satisfeito com a situação,mais tenho que me aostumar com a idéia de que vou ser avô - falou ele

– Minha filha está grávida ,e ela não vai passar por isso sozinha , eu quero que o Edward assuma essa criança,quero que ele se case com a minha filha- falou ele.

– Casar ? não acha que ainda são muito novos,ainda são duas crianças Charlie,tem tanto pra viverem –falou meu Pai.

– Seu filho tem muito pra viver carlisle,minha filha é uma adolescente e já vai ser mãe,e ela não vai enfrentar isso sozinha,eles não foram crianças para fazerem esse filho ,por que vão ser pra arcar com as consequencias dos proprios atos.

– Eu entendo sua posição,mais acho que isso deve ser uma decisão deles,Edward vai dar toda assistência a Bella ,mais eu não vou obriga- lo a casar.

– Mais eu vou – falou o Charlie,isso ia acabar dando em briga,então eu resolvi me intrometer.

– Não se preocupe Charlie,eu disse que iria assumir Bella e o filho que ela espera,eu não vou me acovardar. – falei

– Que bom que você pensa assim Edward,pelo menos agora eu posso ter um pouquinho de respeito por você,assim você estará agindo como homem, e não como o garoto irresponsável que levou minha filha pra cama só por diversão. – falou ele.Charlie foi embora e marcou o jantar as sete da noite, até que enfim eu veria Bella,e agente poderia se acertar de uma vez,eu sei que eu só tenho 18 anos,mais eu amo a Bella,e quero ficar perto dela ,nem que pra isso agente tenha que se casar.

Pov Bella

Já era sete e meia da noite,eu não estava com muita vontade de descer,mais meu pai já tinha mandado minha mãe me chamar,disse que queria falar comigo,quando eu comecei a descer as escadas e ouvi as vozes deles conversando,mais ao chegar na sala meu coração desparou,ele estava aqui,mais o que o Edward estava fazendo aqui,será que meu pai resolveu fazer as pazes com ele,eu não prescisei pensar muito já que meu pai me mandou sentar,eu vi que o Edward não parava de me olhar.

– Bella querida como você está? – perguntou Esme me abraçando

– Bem Esme –respondi

– Esta cuidando bem do meu netinho? – perguntou ela,meu rosto ficou vermelho na mesma hora.

– Ele está Ótimo – respondi

– Que bom ,que está se cuidando Bella,é muito importante você seguir a risca as recomendaçoes médicas,principalmente agora no começo da grávidez – falou carlisle.

– Bom vamos falar do que nos trouxe ate aqui- falou meu pai.

– O que aconteceu Pai? – perguntei

– Bella eu quero que você e o Edward se casem,afinal você está grávida e eu conversei com ele e ele concordou .

– O Que? – perguntei incrédula,meu pai quer que eu me case com o Edward?

– Mais Bella vocês não são obrigados a casarem ,por causa do bebê,por que não adianta se casar sem amor,se você acha que não vai dar certo é melhor pensar bem agora,pra mais tarde vocês não se arrependerem pois quem vai sofrer não vai ser vocês ,e sim essa criança. – falou o Carlisle,meu olhos enxeram de lágrimas e eu as engoli,não daria o gostinho de chorar na frente do Edward.

– Bella eu não estou te dando uma opção,você vai se casar com o pai do seu filho e pronto –falou meu pai.

– Não – respondi ,o Edward me olhou chocado,ele não esperava uma rejeição da miha parte.- não quero me casar com o Edward,eu não quero me casar com ninguém só por que eu estou grávida. –falei e subi para o meu quarto.alguns minutos depois ,alguém bateu na minha porta,eu sabia que era minha mãe então a mandei entrar.

– Bella agente pode conversar? – perguntou o Edward

– Como meu pai deixou você subir ?- perguntei

– Ele não queria me deixar vim,mais ai ele falou que agente não poderia fazer nada ,que já não tivessemos feito,então me deixou vim conversar com você.

– O que você quer Edward? – perguntei

– Por que você concordou nessa historia de casamento? Você tem namorada ,ela não vai gostar disso - falei.

– Bella eu te amo – meu coração bateu muito forte nesse momento,por que ele estava fazendo isso comigo.

– talvez eu tenha percebido tarde demais,mais eu te amo ,e quero ficar com você,- ele segurou minha mão e me olhou nos olhos - me dá uma chance Bella de provar que eu te amo,casa comigo? – perguntou ele,eu comecei a chorar ele parecia tão sincero,eu queria tanto que fosse verdade.

– Edward não brinca comigo desse jeito,eu não sei se dessa vez eu posso sobreviver – falei

– Eu sei que fui um estupido com você,mais eu só estava tentando provar pra mim mesmo que o que aconteceu entre agente foi por carência,eu fui egoista só pensei em mim,não vi que estava te machucando Bella,me dá uma chance de te provar que eu te amo de verdade, casa comigo ? falou ele, naquele momento ele me olhando daquele jeito eu vi que estava perdida eu amava ele com todas as minhas forças ,Edward me beijou dessa vez não foi um beijo cheio de desejo ,dessa vez foi intenso eu me senti amada,foi a melhor sensação do mundo está mais uma vez sentindo sua boca na minha,suas mãos me puxando de encontro a ele,parecia que nossas vidas dependia desse momento,esse era para ter sido o nosso primeiro beijo.

.

Continua .................

Notas finais do capítulo
beeijos e até amanhã...
não esqueçam dos Reviews!


n_n




(Cap. 13) Ameaças

Notas do capítulo
Mais um cap pra vocês...
Boa leitura

Pov Bella

Eu não podia estar mais feliz o Edward disse que me amava,e eu resolvi dar uma chance a ele,afinal eu também era louca por ele,e ele era o pai do meu filho,depois da gente ter conversado nós resolvemos descer afinal nossos pais ainda estavam lá embaixo,Edward me olhou e segurou minha mão então nós descemos as escadas em silêncio,mais os olhos dele não me deixaram nem por um minuto.

– Vejo que se entenderam – falou meu Pai olhando para nossas mãos entrelaçadas

– Na verdade Charlie eu Bella não conversamos direito,mais resolvemos nos dar uma chance,Eu amo sua filha. – falou Edward

–Senten-se falou minha mãe,Carlisle nos olhava estranho parecia não estar muito satisfeito com a situação .

– Bom Carlisle uma coisa eu tenho que admitir apesar do seu filho ser um tremendo canalha ele está sendo muito mais responsável do que eu imaginei.

– Meu filho é um Homem Charlie – respondeu Carlisle seco

– Bom vamos ao que interessa ,eu quero que os dois casem o mais rápido possivel,não quero que a Bella esteja com a barriga grande e como ela estar de dois meses,o melhor seria se eles s e o casamento fosse mês que vêm – falou meu Pai.

– Por mim tudo bem – falou o Edward

– A mãe do Edward estava calada ,não falou nada sobre o casamento,mais eu me surpreendi ao ouvi o Carlisle.

– Charlie me desculpe ,eu sei o quanto é duro ver uma filha adolescente grávida ,e acredite você tem todo o direito de estar com raiva do meu filho,mais eu não acho certo eles se casarem agora,são muito novos e imaturos,se eles se amam podem começar divagar,namorando se verem que tem maturidade o suficiente para assumir um compromisso como esse, tudo bem,mais não casar por causa de uma gravidez.

– Eu acho que o seu filho pulou a parte do divagar e resolveu ir para parte que acontece depois do casamento- falou meu pai furioso – seu filho é de maior e minha filha de menor se você não concordar ou ele eu entro na justiça e eles concerteza vão obrigar o seu filho a assumir minha filha. – falou ele,isso estava ficando ridiculo,meu Pai e o Carlisle brigando por uma coisa que eu e o Edward temos que decidir.

– Charlie por favor como você acha que o Edward vai sustentar sua filha? Ele é apenas um estudante – falou o Pai do Edward.

– Que arrume um emprego – falou meu pai.

– Eu não vou permitir que meu filho pare de estudar ,agora quando ele ainda está começando a vida. – falou Carlisle.

– Pai... para ,eu já sou grandinho e posso responder eu mesmo ao Charlie – falou o Erdward.

– Eu vou me casar com a Bella ,primeiro por que a amo,segundo por que vamos ter um filho e quero que ele cresça perto de mim,quero poder ajudar a Bella a cuidar dele,essa é uma responsabilidade minha e dela e não só dela. –falou o Edward.

– Tem certeza meu filho? – perguntou o Carlisle –Edward essa é uma descisão muito séria não é uma coisa que se pode voltar atrás facilmente.- completou ele.

– Pai eu tenho certeza eu não sei se a Bella tem . Bella você quer se casar comigo? –perguntou ele me olhando.

– Sim ,respondi eu sei que não era nada como eu sonhei,sonhei que o meu noivado seria lindo e magico ,mais de certa forma estava sendo,eu amava Edward mais do que tudo ,e o que eu mais queria era ficar ao lado dele pra sempre.Edward se aproximou de mim e me deu um selinho,claro que eu fiquei vermelha de vergonha,afinal agente estava na frente dos pais dele e dos meus , e charlie não nos deixou esquecer isso ,pigarreando .

– Bom Bella sua mãe e a Esme vão cuidar de tudo,como sabem tem que ser pra logo ,não quero minha filha entrando na igreja de barriga,e...

– Na igreja? – falou Esme pela primeira vez.

– Sim algum problema? –perguntou Charlie

– Não é que você falou, que queria que fosse rápido e na igreja pode demorar um pouco,- falou a Esme.

– Bom eu gostaria de falar uma coisa – falou o Carlisle depois de um tempo calado.

– Pode falar.- respondeu meu Pai.

– Quero que o Edward e a Bella morem na minha casa,assim o Edward não prescisaria largar a escola pra cuidar da Bella e da criança,eu me responsabilizarei Financeiramente até que meu filho se forme pra poder sustentar a mulher e o Filho. – falou ele.

– Pai não prescisa,eu vou arumar um emprego –falou o Edward.

– Por mim tudo bem,contanto que a Bella aceite ir morar na sua casa – respondeu Charlie.

– Edward essa é a condição ,para que eu não ,me oponha a esse casamento – falou ele

– Bella você tem algum problema de ir morar na minha casa? – perguntou o Edward.

– Claro que não Edward ,eu também posso arrumar um emprego pra ajudar com as despesas.

– Claro que não Bella, você só vai cuidar da sua saúde e da do meu neto – falou o Carlisle.

– Então nós já estamos conversados ,vou deixar que fiquem sozinhos um tempo – falou meu pai,e todos se levantara pra ir embora ,Esme veio até mim me deu um beijo.

– Bella não se preocupe eu sua mãe e a Alice vamos fazer esse o casamento rápido mais lindo do mundo –falou ela me abraçando.

– Eu acredito em vocês ,mais por favor não exagerem –respondi,então ela começou a rir ,bom eu posso tentar me controlar ,mais não prometo nada pela Alice,ela é incontrolável.-falou ela e então saiu acompanhada do Carlisle.Meu pai ficou parado na porta com minha mãe.

– Filha eu vou estar no meu quarto ,qual quer coisa é só me chamar – falou ela subindo.

– Tudo bem Mãe. – respondi.

– E você Edward não pense que só por que a Bella está grávida alguma coisas muda, as regras continuam as mesma. Falou isso e saiu, deixando eu e o Edward sozinhos.

– Edward você tem certeza? de quer mesmo casar comigo? – perguntei

– Claro Bella,se eu não te amasse ,mesmo você estando grávida ,eu não me casaria com você Bella, nós dois seriamos infelizes,mais eu te amo muito e quero ficar ao seu lado,eu só lamento ter demorado tanto pra perceber. –falou ele.

– Pior seria se você numca tivesse se dado conta disso – falei e ele me abraçou,sentir o corpo do Edward tão proximo ao meu ,era a melhor sensação do mundo,eu me sentia protegida , e completa e eu estava muito feliz,nós ficamos horas conversando ,estar com ele sentindo seus beijos provocantes ,e sua mão acariciando minha barriga ,nós estavamos na nossa propria bolha e eu não via a hora de pertenccer completamente a ele, Meu pai claro não jogou fora a chance de ser desagradavel com o Edward dizendo que era muito tarde que era melhor ele ir embora ,por que eu tinha que descansar pra aula no outro dia.nós nos despidimos com um beijos e o Edwar foi embora dizendo que me amava .

Acordei super bem disposta pela manhã,me levantei tomei meu banho,me vesti e fui para cozinha tomar café,minha mãe estava servindo meu pai enquanto eles conversavam amenidades.

– Bella Minha filha,hoje eu e a Esme vamos até a igreja,marcar seu casamento. –falou minha mãe.

– Já ? – perguntei

– Claro Bella nóas prescisamos saber se vai ter com ele marcar po mês que vem . –falou ela

– Tudo bem mãe- falei enquanto tomava um copo de suco ,derrepente ouvi uma buzina lá fora.

– Eu não marquei ,pra Alice vir me buscar hoje –falei.

– Bom então eu vou indo –falei dando um beijo na minha mãe e um no meu Pai.eu tive uma grande surpresa ao ver que quem me esperava no carro era Edward e não Alice,eu abri a porta do carro e entrei.

– Cadê a Alice? – perguntei confusa.

– Na escola ,por que você não gostou que eu tenha vindo? – perguntou ele

– Claro que eu gostei, só fiquei surpresa,- falei- você acha boa ideia agente ir junto pra escola,todo mundo vai ficar falando de você, você sabe por eu estar grávida- falei.

– Bella,agente vai se casar,eu não quero saber se as pessoas vão nos olhar torto,eu te amo e não vou ficar longe de você por nada, e se eu ver alguém com gracinha eu quebro a cara dele. –falou o Edward eu fiquei muito feliz com a resposta dele,isso demostrava que ele estava comigo pra valer não importando o que os outros falassem,ao chegar na escola o Edward estacionou ao lado do carro da Alice,ela estava lá abraçada ao Jasper,quando agente desceu,eu não tive tempo nem de colocar o pé fora do carro e Alice pulou em cima de mim,.

– AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAh Bellinha você vai ser minha cunhada,e nós vamos morar juntas AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA eu nem acredito – falou ela pulando

– Alice para de escandalo – falei segurando ela pelos braços,o jasper começou a rir e abraçou a namorada.

– Desculpe bella é que eu fiquei empolgada – falou ela fazendo cara de ofendida.

– Tudo bem Alice,também não prescisa ficar magoada.

– Então vocês vão se casar? – perguntou o Jasper

– Sim – respondeu o Edward me abraçando

– Parabéns ,eu fico muito feliz – falou ele

– A Bella vai ser minha cunhada eu nem acredito –falou a Alice toda empolgada de novo.

– Então é verdade? –perguntou a rosalie que chegava com o Emmet – você vão se casar? E você vai assumir o filho dos outros Edward? – perguntou ela.

– Rosalie por favor – repreendeu o Emmet

– Vou me casar sim com a Bella,e pra sua informação esse filho é meu –responde o Edward.

– Seu? Hahahahhaha por favor não me diga que você acredita nisso? –falou ela debochada.

– Emmet por favor contenha sua namorada ,antes que eu perca minha paciência.

–Rosalie para por favor,não quero que se meta nisso .- falou ele

– Tudo bem ,meu amor – respondeu ela,então o Emmet olhou pra mim sorrindo.

– Então eu vou ser titio cunhadinha? – perguntou ele.

– È vai sim – respondi,então ele veio ,me abraçar,ele me deu um abraço tão forte que eu fiquei sem respirar,ainda bem que o Edward fez ele me soltar.

– Emmet solta ela ,você quer matar meu filho ? –falou o Edward.e então me abraçou quando o Emmet me soltou ,e me deu um selinho.

– Edward? – todos nós olhamos e vimos a Tânia nos olhar furiosamente

– vocês estão juntos? – perguntou ela

– Sim,vamos nos casasr – falou ele

– Tânia me olhou mortalmente e entã olhou para o Edward.

– Que bom Edward,fico feliz que tudo deu certo pra você,na verde estava te procurando pra pedir desculpas pelo jeito como me comportei esses dias,eu estava fora de mim,apesar de te amar eu fico feliz que você,esteja bem . –falou ela sinica,eu não acreditava nessa bondade dela,alguma coisa tem ai.

– Tudo Bem Tânia, esquece tudo que aconteceu,não tem nenhuma importancia –falou ele. – e então até mais – falou ela indo embora.

– Eu odeio essa garota –falou Alice

– Você é muito implicante Alice,você não viu a humildade da Tânia,ela ama o Edward e mesmo assim,está feliz que ele esteja feliz com outra,quem você acha que faria isso? –perguntou a Rose.

– Ela é que não é - respondeu o Emmet e todos riram.

– Você são cegos,que não enchergam a pessoa maravilhosa que a Tânia é.

– Rosalie por favor- Falou o Edward

– É melhor agente ir pra sala – falei

Edwar foi me deixar na porta da sala,e nos despedimos com um beijo,minha vida não podeira estár melhor,vou ser mãe,e vou me casar com o homem dos meus sonhos,nada poderia acabar com essa felicidade que eu estava sentindo sai da minha aula e fui direto para o refeitorio encontrar com meus amigos e meu Noivo no refeitorio da escola,mais quando estava chegando perto, senti alguém me puxando e me jogando de uma vez na parede.

– Quero que você fique Longe do meu Edward – falou aquela louca.

– Tânia,não seja patética por favor – falei,eu ia saindo quando ela me empurrou de volta.

– Escuta bem Bella,eu quero que você dê um fim a essa historia de casamento com o Edward senão o seu filhinho bastardo vai pagar – falou ela,naqule momento eu senti um frio na espinha , alguma coisa me dizia que ela não estava brincando,Tânia estava me ameaçamdo,e eu fiquei sem reação,eu não iria terminar com o Edward não iria ceder as chantagens dela,não acreditava que ela fosse fazer mal ao meu filho,Tânia também não era assim,ela deve ter feito isso pra mim assustar mais eu não cairia no jogo dela.

Notas finais do capítulo
Reviews?

Beijos e até amanhã




(Cap. 14) Preparativos

Notas do capítulo
Bom pessoal mais um cap. pra vocês...

bom me desculpem qual quer erro, hoje eu não estava muito bem
e acabei escrevendo rápido e menos ,mais eu prometo compensar no proximo...
beeijos e boa leitura =D

Resolvi não contar a Edward sobre a Tânia,eu sabia que ela estava fazendo isso querendo me intimidar,mais ela não iria consegui,por que eu não vou deixar o Edward,eu cheguei a mesa do refeitorio onde estava todos os meus amigos e fui recebida com um caloroso beijo do Edward.

– Você demorou ... – falou ele

– È que eu fui ao banheiro – menti,mais eu não queria aborrecer ele com isso.

– Não sabia que estavam juntos – falou o Jacob ao sentar do meu lado na mesa,e percebi que estava olhando para mão do Edward que estava em ima da minha perna direita.Jacob me deu um beijo na bochecha e o Edward ficou com cara de poucos amigos.

– Fico feliz que tudo tenha se resolvido Bella.- falou o Jacob

– Na verdade ,Jacob eu te devo um pedido de desculpas,eu te agredi e você nem tinha ideia do que estava acontecendo- falou o Edward.

– Tudo bem Edward é melhor esquecer isso – falou o Jacob.

O nosso Almoço foi tranquilo,o Edward estava todo carinhoso, me beijando e falando que me amava no meu ouvido,parecia que eu estava vivendo um sonho,terminei minhas aulas primeiro do que o Edward eu fui esperar o ele no carro,quando eu ia entrar Tânia segurou meu braço com muita força.

– Me solta Tânia – falei

– Você já pensou como vai terminar com o Edward ?– perguntou ela

– Você está ficando louca se acha que eu vou terminar com o Edward- respondi,- agora me solta- falei puxando o meu braço,olhei pro meu braço e percebi que tinha ficado a marca,concerteza iria ficar roxo.

– Bella não pense que eu estou brincando- falou ela- eu quero você e esse bastardo londge do meu Edward,entendeu?

– Meu filho não é bastardo Tânia ele é filho do Edward,nós nos amamos e vamos nos casar –falei,então ela começou a rir,

– hahaahhahahaha Eu não sabia que você era tão boba Bella, o Edward não te ama, o único motivo pelo qual ele vai se casar com você é esse filho,ele só vai casar por obrigação .

– Isso não é verdade –falei.

– Então por que ele só terminou comigo quando soube que você estava grávida?se ele te amava por que não quis ficar com você antes Bella?

– Eu não quero falar com voê ,vai embora –falei.

– Ele vai se casar com você, vocês vão se separar logo ,por que casamento sem amor não dura e ele vai voltar pra mim – falou ela ,então eu entrei no carro e fechei a porta,vi quando a Tânia foi embora,então eu comecei a chorar,eu não sabia o que pensar,eu queria acreditar que o Edward me amava,mais por que ele demorou tanto pra descobrir isso.depois de algum tempo dentro do carro chorando eu ouvi quando a porta foi aberta,eu não olhei mais sabia que era ele.

– Bella? O que aconteceu por que você está chorando? – perguntou ele tentando levantar minha cabeça.

– Me deixa Edward –falei entre lágrimas,eu não queria chorar na frente dele ,mais eu não conseguia parar ,doia pensar que o Edward está comigo só pelo bebê.

– Bella pelo amor de Deus me fala o que aconteceu? –falou ele

–Edward,você está comigo só pelo nosso filho?por favor me responda a verdade. –pedi

– Claro que não Bella,eu estou com você por que eu te amo,de onde você tirou isso?eu pensei que agente já tinha passado por isso,eu sei que oque eu fiz com você não tem perdão,mais Bella por favor acredita em mim eu...- derrepente o Edward se calou,eu olhei pra ele ,pra ver por que ele tinha se calado,Edward segurou meu braço e olhou.

– O que aconteceu com o seu braço? – perguntou ele,eu fiquei sem saber o que fazer ,mais eu não tinha como mentir.

– Er...foi...

– Quem fez isso com você Bella? me fala agora – falou o Edwar autoritário.

– Foi a Tânia – respondi baixando a cabeça.

– A Tânia? Mais por que ela fez isso?- perguntou ele analisando o meu braço

– Foi ela que me falou que você não me amava,ela disse que você só estava comigo pelo bebê que eu estou esperando,- falei chorando – que você ia me deixar e .... – Edward abriu a porta do carro saiu.

– Edward aonde você vai? –perguntei correndo atrás dele.

– Eu vou falar com a Tânia

– Não por favor ,não vai atrás dela - quando eu falei isso ele se virou pra mim.

– Bella olha o que ela fez com você – falou ele segurando o meu braço, e então começou a andar denovo,ele estava indo em direção a sala da Tânia.nós chegamos e ela estava na frente comversando com Victória ,uma amiga dela ,as duas riam debochadamente.

– Tânia será que dá pra gente conversar? –perguntou ele

– Claro Ed – respondeu ela

– Eu quero que você fique londe da Bella –falou ele

– Edward eu não sei do que você está falando,eu nem falei com ela hoje,eu estava aqui o tempo inteiro, pode perguntar a Victória.

– Por favor Tânia! Eu vi o que você fez no braço da Bella,escuta uma coisa ,e vê se você coloca na sua cabeça ,eu AMO a Bella e vou me casar com ela,e e você chegar perto dela mais uma vez você vai se ver comigo ,falou ele,saindo de lá e não deixando ela responder,Tânia me olhou mortalmente,Edward pegou na minha mão e fomos embora.

– Bella por que você não acredita que eu te amo? – perguntou ele,enquanto dirigia até minha casa.

– Eu acredito Edward, mais é que eu fiquei insegura,a Tânia é tão linda por que você iria me amar e a ela não?

– Bella você é muito mais linda do que a Tânia,eu confundi as coisas,pensei que a amava,mais agora eu vejo que eu numca nem seque gostei da Tânia de verdade,o que eu senti por ela não chega aos pés do que eu sinto por você. - falou ele

– Nós chegamos até minha casa e o Edward parou o carro,você quer entrar ? –perguntei.

– Não Bella,meu pai quer falar comigo,antes de sair da sala ele me ligou e pediu que eu fosse pra casa .mais eu prometo que eu venho mais tarde –falou ele.

– Tudo Bem ,então eu já vou – falei.

– ele me beijou com tanta intensidade,parecia que queria me provar que me amava.eu correspondi da mesma forma ,demostrando todo amor que eu sentia por ele nesse beijo.

– Eu te amo – ele falou,meu coração perdeu uma batida quando ele me falou isso me olhando nos olhos.

– eu também te amo Edward –falei e ele me beijou outra vez.

Depois que nos despedimos eu entrei em casa minha mãe estava na cozinha falando ao Telefone,eu fui até lá e lhe dar um beijo.

– Oi Mãe – falei

– Oi minha filha – respondeu ela

– Eu estou falando com a Esme ,estamos resolvendo algumas coisas do casamento,falou minha mãe.nós marcamos seu casamento ,e o padre concordou que fosse na casa dos cullen.

– Na casa dos cullen? – perguntei.

– É sim ,meu amor...bom Esme depois eu te ligo pra gente conversar depois ..claro.. beijos –então minha mãe desligou.

– Nós marcamos seu casamento pra daqui a quatro semanas nós temos que ir ver o seu vestido amanhã ,Alice conhece um estilista e ele vai fazer seu vestido,o Alice que escolheu, ela me disse que é lindo..e na proxima semana você já vai prova-lo. – falou minha mãe.

– Parece que quem vai casar são vocês e não eu –falei

– Filhinha por favor,eu sei que você não se importa muito com essas coisas então agente está reslovendo tudo,e a Alice me ligou uns minutos antes de você chegar,ela vai vir te pegar pra vocês comprarem seu enxoval.

Quando minha mãe terminou de falar ,Alice entrou –Você não cansa não Alice?agente passou o dia inteiro na escola e você ainda quer andar mais?- perguntei.

– Ah Bella ,deixa de ser chata,vai tomar um banho e se trocar,agente não vai ter tempo durante o mês pra comprar seu enxoval,então é melhor comprar logo.- falou ela,Alice e eu fomos fazer compras ,ao chegarmos no shopping ,alice me arrastou a uma loja de langerie.

– Alice eu não vou entrar ai! Tá doida –falei.

– Bella para de drama ,tá bom,você vai se casar,vai prescisar de umas langeries diferentes e sensuais. –falou ela.

– Não Alice eu já tenho um monte – falei

– Eu não quero saber Bella ,você vai entrar e comprar sim,afinal você não quer deixar meu irmão babando por você na sua noite de nupcias ?

– Alice você é tão chata –reclamei,Alice me fez levar quase a loja inteira ,ela disse que eu prescisaria na lua de mel,esses dias antes do casamento estavam muito agitado ,minha mãe e a Esme não saiam do telefone por nada, Alice estava que nem uma louca ,pra que tudo saisse perfeito,eu fui provar meu vestido algumas vezes ,ele estava lindo,Edward e eu estavamos muito felizes,eu não acreditava que em poucos dias eu pertenceria a ele totalmente,nós iriamos passar uma semana em Paris ,eu estava super ansiosa,infelizmente era só uma semana por causa das aulas ... eu estava super nervosa meu casamento já é amanhã,Alice ,minha mãe e a Esme não me deixaram fazer nada ,meu vestido foi um pouco alargado graças a minha barriga de três meses,que já estava aparecendo,Edward estava extremamente carinhoso e atencioso comigo passava horas alisando minha barriga e dava beijos,ele estava aqui no meu quarto me ajudando a guardar as coisas que eu levaria pra casa dele, estava super ansiosa,afinal amanhã eu seria oficialmente de Edward e nada nem ninguém vai separar agente.

Notas finais do capítulo
Proximo Capitulo vai ser o casamento o/
eu queria agradecer todos os Reviews



reviews?


Beeijos e até amanhã!




(Cap. 15) Casamento

Notas do capítulo
Ta ai mais um capitulo para vocês espero que gostem

eu queria agradescer todos os reviews!
meninas vocês são demais

beeijos'

e até amanhã

Pov Bella

Hoje era o meu casamento e eu não conseguia esconder o meu nervosismo,estava muito agitada,minha mãe me olhava enquanto prepara o nosso café a manhã,Alice iria aparecer logo pra me buscar para o meu dia de noiva,eu não queria ir,só queria que chegasse logo a hora do meu casamento para que eu fosse oficialmente esposa do Edward.

– Bella por que você não fica mais calma? – perguntou minha mãe.

– Como a senhora quer que eu fique mais calma? Hoje é o meu casamento e se eu cair na frente de todo mundo? E se o Edward desistir de se casasr comigo?e se der tudo errado? E se....

– Bella minha filha nada vai dar errado,hoje é o seu dia o Edward te ama e não vai desistir de se casar – falou ela se sentando na minha frente.

– Ai mãe é que eu estou insegura! Ansiosa e muito nervosa. – falei

– Nervosa por que? Perguntou ela. – Com a noite de nupcias não é, por que você já esta grávida.

– Mãe por favor – falei corando

– A Bella o que foi? E eu estou mentido? – falou ela sorrindo

A campainha tocou, eu tinha certeza que era a Alice,minha mãe foi abrir,e a minha futura cunhada entrou pulando na cozinha.

–Bellinha você está pronta para o seu dia de noiva? –perguntou ela pulando

– Estou Alice – respondi

– Então vamos – falou ela me puxando,eu dei um beijo na minha mãe e fui embora com a Alice,nós fomos até um spa onde passamos a manhã inteira foi muito relaxante eu até consegui me acalmar com as massagens e banhos relaxantes ,depois do almoço nós fomos para casa da Alice onde seria meu casamento,ela não me deixou entrar pela frente da casa para que eu não visse a decoração,e também disse que o Edward não iria me ver até a hora do casamento o que eu não gostei nada,Alice me maquiou e arrumou meu cabelo,ela foi se arrumar e pediu pra mim espera- la pra me ajudar a colocar o vestido.

– Alice voltou alguns minutos depois , eu não tinha palavras para descrever como Alice estava linda, ela logo veio me ajudar a me vesti quando eu estava pronta minha mãe entrou no quarto com meu Pai.

– Minha filha como você está linda- falou minha mãe

– È mesmo Bella você está linda – falou meu pai.

– Obrigado , e vocêsé que estão lindos – falei.

– Ah minha filha nem acredito que você já vai se casar, tão novinha – falou minha mãe

– È mesmo Bella,você deveria ter pensado um pouco na vida, talvez não tivesse que está aqui pronta pra se casar aos 17 anos – falou ele.

– Eu sei,mais eu estou muito feliz- respondi

– Bom filha termine de se arrumar que eu vou estar aqui te esperando,não demore seu noivo já está impaciente lá em baixo – falou meu Pai.

Alice terminou de me arrumar e então me entregou o meu buquê,eu estava muito nervosa ,teria que ter muito cuidado pra não cair,quando eu visse o Edward.

– Vamos Bella? – perguntou Alice meu coraçaõ quase saia pela boca,eu respirei fundo e sai do quarto,meu pai estava me esperando me deu o braço e nós fomos,ao chegar ao jardim eu paralisei ao ver como tudo estava perfeito Alice ,minha mãe e a Esme fizeram um ótimo trabalho,tudo estava muito lindo,decorado com flores um cenário que parecia um sonho,eu já estava com vontade de chorar,mais eu segurei minhas lágrimas,Alice então começou a andar na minha frente e a marcha nupcial começou a tocar,nesse momento nossos olhares se encontraram e eu não conseguia ver mais nada só edward no altar esperando por mim,de braços dados com meu pai eu caminhei até ele que me esperava com lágrimas nos olhos,finalmente cheguei até ele,nossos olhares não se desconectaram nem por um segundo.

– Cuide bem da minha menina – falou meu pai.

– Cuidarei –respondeu ele sem desviar os olhos dos meus.

A cerimônia foi linda na hora dos votos eu quase não conseguia falar de tão emocionada,.

– Não consegui controlar minhas lágrimas quando o Edward colocava a Aliança na minha mão,e nem quando o Padre disse.

– Eu os declaro marido e mulher – esse foi o dia mais feliz da minha vida,Edward me beijou com paixão e então minha mãe veio me abraçar.

– Parabéns minha filha ,espero que você seja muito feliz - falou ela me abraçando

Edward e eu recebemos abraços e beijos de todos os convidados,eu não estava me contendo de tanta felicidade,os meus amigos da escola estavam presentes,Edward não me soltava pra nada.

– Está feliz senhora Cullen? – perguntou ele

– Muito –respondi e então ele me beijou.

– você está linda sabia? –falou ele

– Você que está Edward –falei

– Alice como sempre veio atrapalhar o meu momento com o Edward,nós estavamos grudados na pista de dança,ela veio me chamar.

– Bella tá na hora de você se trocar – falou ela

– Não dá pra ser outra hora? –perguntei

– Não tem que ser agora -

– Mais eu não quero ir –respondi

– Bella por favor ,você deveia vir comigo,poxa! Eu escolhi o seu vestido com tanto carinho.

– Alice ,deixa a Bella ela não quer ir – falou o Edward,Alice então fez um biquinho de que estava magoada.

– Tá bom Alice ,vamos logo trocar esse bendito vestido –falei – eu já volto meu Amor ,me espera tá bom .

– Tá! Eu vou ficar aqui te esperando.

Eu fui com a Alice e ao chegar no quarto notei que minha mãe e a Esme estavam lá.

– Mãe – falei abraçando ela

– Minha filha você gostou do seu casamento?

– Claro eu amei,está tudo tão lindo,vocês são incriveis –falei abraçando a minha Sogra.

– Bella você e o Edward já vão viajar daqui a pouco,eu espero que sua lua de mel seja linda,e que você e o meu filho sejam muito felizes juntos –falou ela.

– Obrigado Esme – respondi e abracei ela novamente ,elas me ajudaram a tirar o vestido e colocar outro ,depois de me trocar eu desci acompanhada da minha mãe eu vi o Edward conversando como Pai dele e me aproximei Edward me abraçou.

– Bella está na hora de jogar o buquê,senão você e o Edward vão perder o Voô falou minha mãe,Alice chamou todas as mulherers solteiras para a pista de dança que estava vazia.

– Bellinha joga na minha direção – falou Alice,então eu joguei ,mais pra minha surpresa o Buquê caiu nos braços da Rosalie e ela saiu correndo abraçar o Emmet.

– Olha meu amor parece que nós vamos ser os Proximos a se casar – falou ela o Emmet sorriu e lhe deu um beijo,eu não entendia como o Emmet que é tão legal foi se apaixonar pela rose que é o oposto dele,mais eu via no olhar dele o quanto ele era apaixonado por ela e torcia muito para que desse certo, o Emmet veio falar comigo.

– Que isso cunhadinha você mal se casou com meu irmão e já está me arrumando problema – falou ele rindo.

– Desculpe não foi minha intensão eu ia jogar pra Alice – falei.

– Meu amor agente tem que ir – falou o Edeward no meu ouvido,eu fui me despedi dos meus amigos,a Alice do Jacob e do Emmet,e também dos meus Pais,minha mãe de um abraço em mim e outro no Edward e meu pai também só que acompanhado de um sermão para o Edward.

– Cuide bem da minha filha Edward, se eu souber que você está fazendo ela sofrer,eu vou fazer com você o que tive vontade quando soube que tinha engravidado minha filha – falou ele

– Pai! Por favor – falei.

Ele me deu um abraço ,muito apertado,depois eu me despedi dos meus sogros e então parti para minha lua de mel.

************

Tinhamos acabado de chegar em Paris ,eu estava exausta da viagem Edward pegou um taxi ,para nos levar para o Hotel,na verdade eu estava muito nervosa de ter que ficar sozinha com o Edwad,eu sei que era tolo esse meu medo ,afinal eu estava grávida dele,mais eu não conseguia controlar minha ansieadade. Edward guardou nossas malas e veio até mim.

– Está tão calada aconteceu alguma coisa?

– Não ,eu estou bem – falei

Ele me beijou me beijou com intensidade e depois parou ,será que ele percebeu o meu nevorsismo.

– Quer comer alguma coisa Bella? Afinal agente passou tanto tempo no Avião.

– Não ! estou bem - falei

Ele então voltou a me beijar – Não prescisa ficar nervosa Bella – falou ele, eu queria ficar calma,mais meu coração estava a mil – você não estava assim na primeira vez – falou ele enquanto destribuia beijos pelo meu ombro.ele começou a abrir o meu vestido,quando vi eu estava só de langerie, Edward me olhava com amor e desejo,eu resolvi esquecer os meus medos e inseguranças ,eu estava ali com o homem que eu amava não deveria ficar pensando besteiras ...

Edward começou a tirou a parte de cima da minha langerie,e ficou me olhando eu fiquei vermelha de vergonha e então ele começou a acariciar o meu seio esquerdo – Não tenha vergonha de mim meu amor – falou ele e então começou a beijar o meu colo descendo pra o vão dos meus seios ,eu já estava ficando louca com as caricias dele,então comecei a gemer seu nome ,ele então começou a descer beijos por todo meu corpo,eu estava só de calcinha enquanto ele estava completamente vestido,eu o empurrei na cama e fique por cima ,Edward ficou supreso com minha atitude. – Você está muito vestido – falei,então tirei sua camisa dando beijos e mordidas pelo seu peito,Edward tirou a calça ficando só de boxer preta ,naquele momento eu não lembrava de mais nada ,só exitia eu e ele,Edward tirou completamente a pouca roupa que restava em mim e começou a me acariciar mais ousadamente,eu já tinha perdido todos os meus sentidos ,eu também queria propocionar a ele o prazer que ele estava me dando ,eu gemia o nome dele enquanto ele me beijava,esse era o melhor momento da minha vida ,Edward mais uma vez me fez mulher, nós nos completavámos,nesse momento eu tive certeza do amor dele por mim,Edward era intenso mais muito carinhoso,todo instante ele dizia que me amava,eu não conseguia falar uma palavra coerente,só sabia gemer o nome dele.depois de termos feito amor ele me levou para o banheiro nos braços,onde ele tinha preparado um banho pra gente,ele me colocou dentro da banheira e depois entrou sentando atrás de mim e me encostando no seu peito,eu fechei os olhos aproveitando o momento.

– Você dormiu meu Amor?- perguntou ele

– Não –respondi

– È que você estava tão calada que eu pensei que tinha dormido.

– Eu estava pensando em como você me faz feliz – falei, Edward sorriu no meu ouvido e eu me arrepiei,isso não passou despercebido por que ele começou a acariciar o meu braço.

– Que bom que eu te faço feliz,você também está me fazendo feliz ,eu prometo Bella ,que eu vou fazer de tudo pra te fazer a mulher mais feliz do mundo.

– Eu te amo Edward – falei

– Eu também te amo meu amor ,e também amo o nosso filho que está aqui – falou ele acariciando minha barriga.Edward me amou mais uma vez ,só que sessa vez na banheira,depois ele me levou para o nosso quarto onde continuamos onde tinhamos parado no banheiro,passamos a nossa primeira noite como marido e mulher nos amando e fazendo planos para o fulturo com nosso filho que estava a caminho.

Notas finais do capítulo
Reviews?

Gente vou fazer o possivel pra postar amanhã =D

beeijos'




(Cap. 16) Lua-de -Mel

Notas do capítulo
Mais um capitulo pra vocês


Espero que gostem =D

Beeijos'

Pov Bella

Acordei pela manhã abraçada a Edward ele dormia profundamente e eu não tive coragem de acorda-lo,me levantei devagar,apara não acorda-lo estava tão lindo dormindo,peguei um roupão e vesti,afinal eu estava sem roupa,e fui até o banheiro tomar banho,tirei me roupão e liguei o chuveiro,comecei a tomar meu banho lembrando da nossa noite maravilhosa,não acho que exista alguém mais feliz do que eu nesse momento,de repente senti duas mãos me abraçando eu tomei um susto,mais ao me virar vi que era Edward.

– Desculpe ter te assustado – falou ele ,e então olhou para o meu corpo e mordeu os lábios,eu fiquei como sempre corei de vergonha,afinal não estava acostumada com esse tipo de intimidade.

– Bella,você ainda está com vergonha de mim? – perguntou ele

– É que é tudo novo pra mim Edward eu tenho que me acostumar primeiro – respondi.

– Tudo Bem! Eu vou te deixar tomar banho sozinha – falou ele

– Não Edward pode ficar –falei

– Tem certeza ? eu não quero te deixar constrangida,apesar de não entender o por que de você ter vergonha de ficar sem roupa na minha frente.

– Mais eu tenho,por que agente não toma banho antes que eu comece a pensar nisso e não consiga ficar aqui –falei

– Tudo bem – falou ele entrando embaixo do chuveiro,eu não pude deixar de olhar pro corpo do Edward ,era perfeito,não tinha nada fora do lugar,ele começou a rir ao ver que eu estava analisando o corpo dele.

– O que foi? –perguntei envergonhada.

– Nada,é só que você pode me olhar e eu não posso te olhar?

Eu fiquei sem saber o que responder ,e então o Edward me puxou para de baixo do chuveiro com ele,ele começou a me beijar e então foi descendo beijos para o meu pescoço e subiu pra minha orelha e falou com um susurro.

– Não se preocupe meu amor você não tem que ter vergonha do seu corpo ,por que você é linda,e além do mais não prescisa se esconder de mim, por que você não tem nada que eu ainda não tenha visto – falou ele aquelas palavras me deixaram arrepiada,Edward sabia muito bem como enlouquecer uma mulher,naquele momento eu me esqueci completamente de da vergonha e me entreguei a ele de corpo e alma.

– Bella meu amor! Vamos logo,daqui a pouco não vai dar tempo de ver nada na cidade,fala pra Alice que vocês se falam quando agente voltar – falou ele,depois do nosso ‘’banho’’ Alice ligou pra mim querendo saber como eu estava,Edward não gostou muito por que agente ia sair pra conhece a cidade,e ele estava a meia hora esperando que eu desligasse o telefone.

– Espera amor ,eu já estou indo –falei.

– Alice,depois eu te ligo é que seu irmão está querendo passear pela cidade.

– Tudo Bem Bella ,mais você não me escapa hein!eu quero saber de tudo,como foi a sua noite de Nupcias de tudinho com riqueza de detalhes,eu fiquei vermelha na hora,Alice era impossivel é claro que eu não iria contar nada disso pra ela, mais se eu não prometesse ela não iria me deixar desligar.

– Claro Alice! Quando eu voltar eu conto...tchau depois agente se fala.

– Tchau bellinha e aproveita sua lua- de- Mel.

– Pode deixar – respondi desligando o telefone em seguida .

– Vamos senhora? – perguntou ele

– Claro –respondi. Edward me levou a lugares lindos,nós passamos o dia inteiro andando e conhecendo Paris,eu estava maravilhada com tudo,voltamos para o Hotel já era noite e eu estava Exausta de tanto andar.

– Meu amor por que você não vai tomando banho enquanto eu peço o nosso jantar? –falou ele.

– Ai.... eu vou mesmo!,pensei que agente ia jantar fora- falei

– È agente ia,mais nós andamos tanto é melhor você descansar,está grávida e acho que já abusamos demais por hoje,amanhã agente passa mais tempo no quarto e a noite vou te levar a um lugar incrivel – falou ele

– Tá bom! – respondi,eu tomei meu banho ,me vesti e fui até a sala ,Edward estava atendendo a porta ,percebi que era o nosso jantar,ele deu gorgeta para o Rapaz e veio até mim

– Nosso jantar chegou - falou ele,

– Eu vou colocar a mesa – falei,Edward foi tomar Banho enquanto eu servia o nosso jantar,depois do banho ele veio até mim me deu um beijo no pescoço e se sentou .Nosso jantar foi tranquilo,nós fizemos planos para o futuro e até tivemos um pequena discursão ,por que eu disse que nosso filho seria menino e se chamaria Edward ele falou que seria menina e que se fosse menino não me deixaria colocar o nome dele .

– É claro que é menino Edward – falei.

– Bella vai ser MENINA – falou ele.

– Você vai ver ver se não é um Edward jr. Falei acariciando minha barriga que já estava crescidinha.

– Tá bom , já escolheu o nome de menino,mais e se for uma menina? –perguntou ele.

– Eu não sei – falei ,eu tenho tanta certeza que é um menino que eu ainda não pensei em um nome de menina. – respondi

– Então é melhor você começar Bella ,por que eu tenho certeza que é um menina - falou ele.

Nossa semana em Paris foi incrivel,Edward me levou a lugares incriveis,foram concerteza os melhores dias da minha vida,minha lua-de-mel foi inesquecivel,eu não queria ir embora mais ,infelismente nós teriamos que voltar,hoje era o nosso ultimo dia em Paris e Edward iria me levar a um restaurante pra gente se despedir,eu estava terminando de me vestir e o Edward já tinha entrado no quarto umas 10 vezes perguntando se eu estava pronta.

– Já meu amor? –perguntou ele impaciente

– Calma Edward estou quase pronta,eu estou me arrumando sem ajuda da sua irmã, por isso que eu estou demorando. – falei

– Mais é que já estamos atrasados ,eu não quero perder a nossa reserva

– terminei vamos logo senhor impaciente. – ele começou a rir

– Você está linda – falou ele

– Você também – respondi

Edwadr Já tinha chamado um taxi para nos levar ao restaurante,ao chegarmos no restaurante, e fiquei completamente boquiaberta com lugar ,eu numca que viria em um lugar como esse,era um restaurante muito luxuoso e se chamava Alain Ducasse.

– Edward o lugar é lindo ,mais deve ser carissimo – falei

– Bella ,pra você nada é caro e por favor não estrague o nosso jantar falando em dinheiro,eu estou planejando te trazer aqui desde que agente escolheu onde iria passar a nossa Lua-de-Mel – falou ele ,então nós entramos no Local,eu fiquei completamente deslumbrada era ainda mais bonito e sofisticado por dentro,Edward foi até a recepcionista.

– Comment puis-je vous aider monsieur? – falou a mulher eu não entendi nada do que ela f alou e então Edward respondeu.

– J'ai une réservation au nom d'Edward Cullen pour deux personnes – falou Edward a mulher digitou algo no computador e então olhou para o Edward sorrindo.

– Suivez-moi s'il vous plaît – falou a mulher,ela nos levou até uma mesa,afastada das outras,certamente Edward Pediu uma mesa mais reservada,ele agradesceu a mulher que respondeu e saiu nos deixando sozinhos,Edward puxou a cadeira pra mim se senter e sentou logo em seguida,assim que nós sentamos chegou um homem muito elegante ,conceerteza deveria ser o Garçon.

– salut, je suis pieri et ou sevir le soir où je peux les aider

Ele entregou um cardapio para mim e outro a Edward,eu deixei Edward fazer meu pedido,afinal eu não conhceia muito da comida fancesa e ele conhecia bem.nosso jantar não demorou muito e logo foi servido

– O que você está achando do restaurante ?- perguntou Edward.

– Estou adorando, aqui é lindo a comida maravilhosa como eu não iria gostar? – respondi

– Que bom ,meu amor ,fico muito feliz que você tenha gostado, na verdade eu tenho um presentinho pra você. –falou ele

– Pra mim? O que é? – perguntei,Edward tirou a mão do bolso e me entregou, uma caixinha

– Eu fiquei muito surpresa eu não imaginava que o Edward fosse me dar um presente,eu abri a caixinha e vi que era uma pulseira,ela era linda e muito delicada.

– Gostou? – perguntou ele

– Adorei meu amor é lindo,muito obrigado – respondi dando um beijo.

– Edward eu não queria voltar agora – falei

– Eu também não ,mais o que podemos fazer,nós estudamos e temos que voltar,mais se dependesse de mim ,ficariamos aqui mais tempo.

Depois do jantar nós fomos direto para o hotel,arruamar nossas coisas afinal ,viajariamos pela manhã e tudo tinha que estar pronto ,o Edward começou a mecher na minha mala e encontou uma camisola que a Alice tinha me dado de presente,eu não tinha colocado ela nas minhas roupas por que sabia ,que não teria coragem de vesti- la ,porquer que era muito pequena .

– Bella você não me mostrou essa – falou ele sorrindo

– Ai eu não acredito que a Alice colocou isso na minha mala –falei mais vermelha que um tomate.

– Amor veste pra mim vai? –pediu ele com uma cara de pidão.

– claro que não Edward,eu não vesti isso nem sozinha no quarto pra provar,você acha que eu vou vestir pra você ver –repondi

– Bella ,deixa de besteira, você não tem que ter vergonha de nada ,você sabe muito bem,eu já vi você sem nada,o que custa vestir essa camisola pra mim ver?

– Edward é muito provocante – falei

– Ele veio até mim ,eu sabia que ele iria usar seu poder desedução pra tentar me persuadir a vestir a roupa e eu estava quase caindo.

– Meu amor ! por favor é rapido é sé pra mim ver – falou ele no meu ouvido me causando arrepios por todo o meu corpo.

– Tudo bem ,mais é bem rapidinho – falei,peguei a camisola da mão dele e então fui para o banheiro,depois de vestir a camisola eu fiquei completamente sem coragem de sair do banheiro.

– Bella que demora meu amor –falou o Edward na porta do banheiro

– Eu não estou com coragem de sair ,estou ridicula – falei

– Abri essa porta que eu estou louco pra te ver – falou ele

– Eu reuni toda a minha coragem e abri a porta,Edward me olhou cheio de luxúria ,eu estava me sentindo ridiciula, eu ia correr de volta pra o banheiro tirar esse roupa mais o Edward segurou minha mão.

– Você está linda – falou ele sem tirar os olhos de mim

– Não estou nada – falei – estou ridicula

– Vem cá – ele me puxou e me jogou na cama,eu vou te provar que como você está atraente com essa roupa.

***

Acordei pela manhã com o corpo de Edward agarrado ao meu,eu ia me levantar mais não conseguia tirar o peso dele de cima de mim,nós tinhamos tido uma noite incrivel,infelizmente iriamos embora hoje,resolvi acordar o Edward senão nós perderiamos o Nosso Voô.

– Edward? Meu amor acorda – falei

– Só mais um pouquinho – respondeu ele ,Edward parecia até criança as vezes.

– Amor nós vamos perder o Avião – falei então ele abriu um olho e me abraçou mais forte.

–Agente pega outro.

– Edward levanta dessa cama,se agente perder esse avião seu pai vai te matar,temos que chegar cedo em casa nós temos aula amanhã.- falei me levantando.depois de passar quase meia hora tentando convence- lo a sair da cama,nós fomos tomar banho,tomamos café rapido e fomos direto para o Aeroporto,eu estava muito feliz em ter que voltar pra casa ,mais muito triste por deixar esse lugar tão lindo.

– Eu gostei tanto daqui ,que me dá uma tristeza ir embora – falei

– Não se preocupe meu amor ,eu te prometo que agente depois vai voltar aqui de novo.-falou o Robert ,Nós pegamos o Avião rumo a nossa casa,eu estava morrendo de saudade dos meus Pais e dos meus amigos não via a hora de vê- los novamente.

Notas finais do capítulo
Tradução

Comment puis-je vous aider monsieur?

(Como posso ajuda-lo senhor?)

J'ai une réservation au nom d'Edward Cullen pour deux personnes

(tenho uma reserve no nome de Edward Cullen,mesa para dois)

Suivez-moi s'il vous plaît

(siga-me por favor)

salut, je suis pieri et ou sevir le soir où je peux les aider

(Boa noite...eu sou pierre e vou servi-los


Gente até amanhã

beeijos'

REVIEWS?




(Cap. 17) Volta pra casa

Notas do capítulo
Mais um capitulo pra vcs

espero que gostem e boa leitura...

Pov Bella

Nossa viajem estava sendo tranquila,faltava pouco pra gente chegar em casa,mais o que estava me incomodando era uma das comissarias que não tirava os olhos do Edward,ele apertava minha mão por que sabia que eu estava irritada.

– Bella não prescisa ficar com ciúmes,você sabe que eu te amo – falou o Edward tentando me acalmar.

– Eu sei que você me ama,mais ela não,e eu não estou com ciúmes –falei

– Tá bom, então tira essa cara por favor?- pediu ele,eu não resisti e dei um sorriso, Edward sabia exatamente como me amolecer,eu resolvi deixar essa oferecida de lado ,eu comecei a cochilar estava quase dormindo, quando senti um perfume barato de vagabunda e abri os olhos a ofereicda estava com o Decote na cara do Edward ,perguntando se ele prescisava de algo.

– Então você não quer nada mesmo? - perguntava ela

– Não Obrigada – falou o Edward todo educado

– Tem certeza? –peguntou a vagabunda ,eu não me aguentei quando ela piscou o Olho pra o Edward.

– Você não está vendo que ele não quer nada – respondi,me alterando

– Bella fique calma! O Bebê – falou o Edward

– Senhorita se contenha por favor,eu estou fazendo o meu trabalho – falou ela

– Eu não sabia que vocês trabalhavam se oferecendo pra homens casados- falei.

– O que? Não, eu não estava me oferecendo pra ninguém –falou ela

– Não ,e você estava fazendo o Que? quando estava esfregando esse decote vulgar no rosto do meu marido – falei.

– Marido? Vocês são casados – falou ela surpresa.

– Bella meu amor,deixa isso pra lá ,você não pode ficar tendo estresse – falou o Edward.

– Sim nós somos casados não está vendo – mostrei a Aliança.

– Me desculpe senhora eu não tinha a intenção de ...

– Quando eu descer desse avião ,eu vou fazer uma reclamação e falar que as comissárias não respeitam os passageiros e ficam dando em cima de homens casados –falei

– Senhora me Perdoe ,por favor ,eu estou tão constrangida,eu vou perder meu emprego se a senhora fizer isso,eu juro que não voltará a acontecer.

– Não se preocupe nós não vamos fazer nenhuma reclamação,pode voltar ao seu trabalho - falou o Edward,eu olhei incrédula pra ele,ele estava defendendo aquela mulher?eu fechei a cara pra ele,eu não sabia por que estava agindo dessa forma ,eu nunca fui assim,mais é que me subiu uma raiva quando eu vi aquela mulher dando em cima do Edward que eu não consegui me controlar.

– Bella não prescisava de tanto –falou ele,eu senti meus olhos se encherem de lágrimas,eu não sabia porque estava chorando daquela forma ,mais eu estava com os sentimentos a flor da pele.

– Desculpe eu não sabia que você queria ficar com ela –falei entre lágrimas

– Você está chorando ?

– Não – menti,mais Edward pegou meu rosto em suas mão e me fez

– Meu amor por que você está chorando? – falou ele secando minhas lágrimas .

– Por nada- respondi

– Bella é claro que eu não queria ficar com ela,eu só intervi por que você estava deixando a mulher apavorada,ela não tinha que ficar se oferecendo no trabalho,mais agente não podia tirar o emprego dela, ela deve prescisar.

– Edward me desculpa é que eu fiquei com muito ciúmes quando vi ela dando em cima de você,e eu fiquei louca.

– Tudo Bem meu amor,só não quero que você fique nervosa sem motivo ,por causa do bebê.- falou ele.

– Eu vou tentar me controlar eu prometo – falei.

Depois da minha crise de ciúmes,o Edward evitou até falar com as comissárias com medo que eu fizesse outra cena de ciúmes,nós chegamos e ao descer do Avião nós vimos nossa familia nos esperando no aeroporto,eu corri em direção a minha mãe.eu estava com tanta saudade dela.

– Mãe –falei a abraçando

– Oi minha filha,você está tão linda – falou ela

– Obrigada –respondi ,soltei a minha mãe e fui abraçar a Alice que estava abraçando o Edward.

– Bellinha depois você me conta como foi sua lua -de -mel hein? –falou Alice me abraçando.

– Alice por favor não seja inconvevniente – falou a Esme

– Eu nunca sou inconveniente não é Bella? –perguntou ela.

– È sim –respondi

– E por que meu pai não veio?- perguntei ao notar que minha mãe tinha vindo sozinha.

– Ele estava trabalhando Bella ,então eu vim de carro com a Esme.

– Edward eu trouxe uma coisa pra você – faloou Alice

– O que ? –perguntou ele,Alice entregou a ele a chave do Volvo.

– O seu carro! Assim você não tem que ir de carona com agente –falou ela

– Obrigada Alice , e meu Pai e o Emmet?- perguntou o Edward

– Seu pai teve uma cirúrgia importante e não pode vir e o Emmet ficou com a Rose lá em casa,por que ela não quis vir,e não deixou ele vir sozinho.

– Filha não esqueça de ir lá em pra ver seu pai – falou miha mãe me abraçando.

– Eu vou mamãe,estoou morrendo de saudades dele.- falei

– Tá bom então até mais tarde, a Esme vai me deixar em casa- falou ela

– tudo bem mãe – depois de me despedi da minha mãe,nós fomos embora ,a viagem foi curta logo chegamos a casa do Edward onde agora seria minha casa também.

– Chegamos meu amor – falou Edward ,descemos do carro e fui ajudar o Edward com as malas.

– Bella deixa que eu levo –falou ele

– Não meu amor eu te ajudo –falei, o Edward não me deixou ajuda-lo a levar as malas,ao entrar na casa percebi que a Esme não tinha chegado com a Alice.

– Cunhadinha -falou o Emmet me abraçando de surpresa.

– Oi Emmet – respondi

– E Então como foi a Lua -de- Mel? – perguntou ele sorrindo maliciosamente.

– Foi incrivel – respondi,e então eu vi a Rose sentada no sofá.

– Oi Rosalie – falei

– Oi Bella – respondeu ela e então chamou o Emmet.

– Amorzinho vem pra cá,você tá perdendo o filme

– Já tô indo Ursinha – respondeu ele, o Edward entrou na sala,abraçou o Emmet e subiu com as malas ,eu obviamente fui atrás dele,não ia ficar na sala com o Emmet e a Rose. Alice e a Esme chegaram alguns minutos depois da gente,então eu resolvi descer,e o Edward foi tomar banho.

– Bella vem aqui ,me conta tudo menina – falou Alice me puxando para a cozinha,onde Esme estava.

– Alice por favor! –falei

– Bellinha deixa de besteira,que minha mãe também quer saber né mãe?- falou a louca da minha cunhada.

– Eu não Alice ,não me meta nas suas coisas – falou a Esme

– Alice eu...

– Bella me conta vai ,você usou aquela camisola francesa que eu te dei? -perguntou ela,senti meu rosto ficar quente na mesma hora.

– Usei – falei

– AAAAAAAAAAAAAAAh e ai o que o Edward achou ?

– Alice você está deixando ela sem graça – falou a Esme

– Ele gostou, tá bom,está satisfeita? –peguntei

– Não me dá mais detalhes,e a noite de núpcias? Ai Bella vcê não está falando nada.

– Foi incrivel Alice,O Edward é foi super carinhoso comigo,foi a melhor noite da minha vida – falei

– AAAAAAAAAAAAAAAAAAh olha mãe que romântico .

– Você usou aquela camisola na noite de Núpcias?

– Não! Na verdade o Edward encontrou nas minhas roupas,eu nem sbia que estava na minha mala ,ele pediu pra mim vestir.- será que Alice não iria parar nunca com as perguntas eu prescisava arranjar uma desculpa rápido pra sair dali.

– Ele pediu pra você colocar?está vendo Bella eu te disse que meu irmão iria ficar louco quando você vestisse aquela camisola.

–Eu queria ficar aqui contando mais coisas,mais eu vou até minha casa ver o meu Pai Alice,vou ver se o Edward saiu do banho –falei me levantando.

– Tudo Bem Bella,agente vai ter tempo pra conversar -falou ela,eu subi as escadas e fui em direção ao quarto do Edward ou melhor o nosso quarto,com o nosso casamento mudaram completamente o Quarto dele para que ficasse confortavel pra nós dois,esse quarto me trazia lembranças boas e ruins ,boas por que foi aqui que nós passamos a nossa primeira noite juntos,e ruins por quer também foi aqui que o Edward me machucou muito,mais tudo isso estava no passado agora nós iriamos ser felizes, e esquecer as coisas ruins que aconteceram,Quando entrei no quarto Edward estava terminando de se trocar.

– Ficou com saudades de mim? – perguntou ele

– Fiquei , e também estou fugindo da sua irmã- falei

– Por que?

– Ela quer saber como foi a nossa Lua -de -mel – falei e Edward começou a rir.

– Não adianta fugir ,ela não vai esquecer mesmo – falou ele – é melhor você encarar logo e responder o que ela quer saber.

Edward e eu fomos até minha casa,meu pai me abraçou e disse que estava morrendo de saudade,ele até foi mais gentil com o Edward o que me deixou surpresa,nós não demoramos lá,eu estava cansada e queria dormir voltamos pra casa.

– Bella você não vai dormir sem jantar,assim minha mãe vai pensar que não quer comer a comida dela.

– Claro que não é isso Edward – falei deitada na cama

– Então levanta daí,e vamos jantar que a minha mãe está colocando a mesa – falou ele

– Tudo bem – levantei ,eu só vou pra não fazer desfeita com a sua mãe ,por que eu não estou com fome - falei,o Edward pegou na minha mão e nós decemos,estava passando um jogo de basquete na televisão e o Edward sentou pra assistir com o Emmet,que estava assistindo com a Rose,e eu fui para cozinha ajudar a Esme .

– Pescisam de ajuda? – perguntei

– Não se preocupe querida e eu a Alice ,já estamos terminando –falou a Esme.

– Eu ajudo vocês- falei,nós três ficamos conversando na cozinha enquanto terminavamos o jantar,eu não estava com fome ,mais depois de sentir o cheiro da comida da Esme eu fiquei com água na boca.

– Esme isso deve está delicioso,só o cheiro está me dando água na boca – falei.

–Eu vou pôr a mesa Bella,se quizer esperar na sala –falou ela.

– Não! eu posso ajudar vocês – falei

– Tudo bem – respondeu ela ,de repente senti duas mão abraçamdo minha cintura ,Edward me agarrou por trás e me deu um beijo no pescoço.

– Está fazendo o que meu amor? –perguntou ele, sem me soltar

– Ajudando sua mãe a a Alice com o jantar – respondi, Edward me soltou .

– Eu estou com fome ,esse jantar não vai sair não –perguntou ele sentando no banco e me puxando pra sentar no colo dele.

– Vai sim meu filho,agente ia colocar a mesa – respondeu ela

– Tudo bem,eu vou esperar na sala com o Emm - Edward se levantou me deu um selinho e foi pra sala.nós colocamos a mesa e quando iamos nos sentar pra jantar o Carlisle chegou,ele abraçou o Edward e depois me abraçou,então carlisle se juntou a nós no jantar .

– Então meu filho como foi a viagem? - perguntou ele

– Foi maravilhosa Pai – respondeu ele

– E você gostou Bella? –adorei,Paris é incrivel,eu fiquei fascinada.

–Nós conversamos sobre a nossa viagem e sobre o Bebê,eu estava muito a vontade na casa dos Cullen,a única coisa que me incomodava era os olhares que a Rose me dava ,eu percebi que ela ficou desconfortavel quando falavamios do Bebê,mais deve ser por que ela não gosta muito de mim, o Emmet ficava fazendo piadinhas de dublo sentido o tempo inteiro,mais eu resolvi não dar atenção senão seria pior.depois do jantar Edward e eu fomos pra o nosso quarto. Edward se deitou na cama e ligou a tv e eu fui me trocar,coloquei um baby doll rosa curtinho.

– Deita aqui meu amor- me chamou Edward, eu fui até a cama e me deitei ao lado dele.

– Você estava tão calada no jantar o que aconteceu?- perguntou ele.

– Nada...é que a Rosalie ela me olha de um jeito estranho,eu não sei por que ela me odeia ,eu nunca fiz nada pra ela Edward.

– Mais ela não te odeia, é só que ela agi assim por causa da tânia,você sabe elas são muito amigas eu acho que ela pensa que não se aproximando de você está sendo fiel a ela.

– Eu gosto tanto do Emmet,eu sei que ele ama muito ela e é dificil pra ele ver que ela não suporta os amigos dele,a única coisa que eu admiro nela é o amor dela por ele,por que apesar dela odiar se sentar com agente no almoço ela senta pelo Emmet.

– Ela não é uma pessoa ruim Bella,a rose vai parar com isso ela só prescisa se acostumar com a ideia de que eu numca mais vou voltar pra amiga dela,agora vamos parar de falar da Rose.

– E agente vai falar de que? – perguntei

– De nada ,nós vamos fazer uma coisa mais interessante do que falar dela -falou ele ficando por cima de mim,eu sabia onde isso ia acabar.

****

Acodei pela manhã e me levantei me cobri com o lençol afinal eu estava pelada,ollhei pra cama e vi que tinha descoberto o Edward que dormia profundamente sem nenhuma roupa,eu não resisti e me abaixei para beija-lo,primeiro eu dei um selinho,mais ai o Edward começou a corresponder o meu beijo,ele aprofundou o Beijo e me jogo de volta na cama,Edward começou a ficar empolgado demais e eu tive que para-lo.

– Edward nós temos aula ,é melhor agente parar por aqui,se não vamos nos atrasar – falei enquanto ele dava mordidas no meu pescoço.

– È rapidinho amor,vai você me deixou com vontade.

– Não já são 6:30 se agente continuar aqui vamos perder as primeiras aulas.- Edward parou de me beijar e levantou indo em direção ao banheiro,e eu fui atrás.

– Está chateado comigo? –perguntei, ele entrou embaixo do chuveiro.

– Claro que não! você tem razão,eu não quero dar motivos pro meu Pai ficar falando,agora vem tomar banho comigo –falou ele me puxando para o chuveiro,depois do banho nós decemos pra tomar café e encontramos todos a mesa.

– Bom Dia – falei

– Bom dia – responderam

– Pensei que não iam pra escola – falou Alice

– Claro que não iriamos faltar Alice –respondeu o Edward sentando na mesa.O Emmet começou a rir o Edward olhou pra ele e depois parou de dar atenção.

– Bella - falou o Emmet- você e o Edward poderiam fazer menos barulho a noite,sabe a pessoa do quarto ao lado gosta de durmir durante a noite e não ficar ouvindo as pesoas se divertindo enquanto eu fico sozinho. –falou ele,eu tinha certeza que eu devia está muito vermelha por que todos olharam pra mim e começaram a rir.

– Emmet para com isso –falou a Esme

– Mais Mãe e eu estou mentindo ? – falou ele,eu fiquei morrendo de vergonha,não sabia onde enfiar minha cara o Edward me olhou e depois sorriu.

– Bella por favor não leve em conta o que o Emmet fala –falou Esme

– Estão vendo como são as coisas eu não posso dormir pra ficar ouvindo os outros transarem e a Bella que não deve levar em conta – falou ele sério.

– Emmet para com isso você está deixando a Bella envergonhada – falou o Edward – meu amor isso é mentira dele ele dormi no fim do corredor bem longe do nosso quarto- falou o Edward.

– Pra vocês verem como vocês transam alto – falou ele rindo pra mim

– Emmet é melhor você parar com essa brincadeira- falou a Esme.

– Tá bom! não é verdade Bellinha ,eu não ouvi nada ,mais a Alice sim deve ter ouvido – falou ele brincando.

– Depois do Episodio do café da manhã nós fomos para a escola,eu não sei porque mais eu estava nervosa ,era besteira eu sei que nada tinha mudado, mais eu sabia que a Tânia deveria está furiosa por eu não ter aceitado as chantagens dela,espero que ela tenha superado isso.

Notas finais do capítulo
amores eu não sei se vai dá pra postar amanhã

mais eu vou fazer o possivel

beeijos' e REVIEWS?




(Cap. 18) desentendimentos

Notas do capítulo
mais um capitulo ....


Boa leitura pessaol!


POV Bella

Edward e eu tinhamos acabado de chegar na escola,ele estacionou o carro e nós decemos,fui recebida com um abraço do Jacob assim coloquei meus pés no chão.

– Bella que saudade – falou meu amigo ainda abraçado a mim

– Tá acho que você já pode soltar minha mulher – falou o Edward me puxando,o Jacob me soltou e nem se quer olhou para o Edward.

– E Então se divertiu na viagem? – perguntou ele

– Sim,foi incrivel

– Amor é melhor agente ir pra aula,se não vamos chegar atrasados - falou o Edward,eu sabia que ele estava fazendo isso com ciúmes do Jacob,Edward estava segurando minha mão,como se para que o Jacob soubesse que eu estava comprometida.

– Tudo Bem Bella,é melhor você ir pra aula mesmo,depois agente conversa mais ,na hora do almoço – falou o Jacob então me deu um beijo na bochecha e foi embora.

– Cara folgado,fica te beijando na minha frente – falou o Edward

– Ele é meu amigo Edward,e estava disposto a dizer pra todo mundo que era pai do nosso filho só pra que ninguém ficasse me chamando de vadia pela Escola. – falei

– Bella eu sou o pai dessa criança,e você deveria ter vindo contar a mim que estava grávida e não pra ele – falou Edward com a cara emburrada.

– Mais quem contou pra ele e pra escola toda foi você – falei irritada, Edward se calou e então me olhou arrependido.

– Eu sei meu amor eu sei que não é desculpa mais eu fiquei com tanto ciúmes quando a Tânia me falou que você estava grávida do Jacob ,que eu não consegui me controlar – falou ele

– isso é passado Edward ,não vamos ficar remoendo coisas,pra machucar agente -falei,Edward me deixou na minha sala e foi pra dele ,a aula foi tranquila fora a Alice que ficava o tempo inteiro fazendo perguntas embaraçosas, o professor até chamou nossa atenção,o sinal tocou e pra minha infelicidade a minha proxima aula também era com Alice e ela foi o caminho inteiro falando e falando,quando estava me aproximando da sala vi Edward conversando com a Tânia,eu paralisei.

– O Que houve Bella? você está pálida –falou a Alice,mais eu não consegui enxergar nada ,só o Edward e a Tânia ,então Alice seguiu o meu olhar e os viu.

– Bella ,fica calma,eles estão só conversando - falou ela – eu vou a té lá.

– Não Alice! Deixa eles, o Edward ainda ama a Tânia,eu sabia que ele só casou comigo por causa do nosso filho – falei chorando ,eu sai dali correndo ,eu não acreditava que o Edward tinha mentido pra mim,Alice veio correndo atrás de mim.

– Bella espera ,vai falar com ele –gritou ela

– Eu quero ficar sozinha Alice,por favor me deixa – pedi,eu fui embora pra casa dos cullen,eu não podia ir pra casa dos meus pais,meu pai iria ficar com muita raiva do Edward,ao chegar na casa dos Cullen notei que não tinha ninguém e corri pro quarto do Edward onde agora era nosso ,me deitei na cama e chorei,depois de tanto chorar meus olhos foram ficando pesados e acabei adormecendo.

POV Edward

E estava saindo da minha sala ,quando a Tânia me puxou pelo braço,o que essa garota queria agora?será que ela não desiste?

– Edward será que agente pode conversasr?

– Fala o que você quer ,que eu tenho que ir pra aula

– Edward eu não estou suportando mais,eu te amo,meu amor volta pra mim,eu te espero,eu espero o seu filho nascer ,pra você se separar daquela garota,por favor meu amor – falou ela

– Tânia vê se entende,eu amo a Bella,o que existia entre agente acabou,numca mais vai existir algo entre nós

– Você está confuso,acha que tem que ficar com ela por causa do filho,mais não tem ,você pode tentar ser feliz de verdade meu amor. –falou a louca

– Tânia eu vou falar de uma vez por todas pra ver se você entende eu AMO a Bella e é com ela que eu quero passar o resto da minha vida,e não se preocupe com a minha felicidade eu numca fui tão feliz em toda minha vida como eu estou agora - falei,eu vi o rosto dela se tranformar em uma mascara de Òdio.

– Edward se você não....

– Edward ,Edward – berrava a minha irmã.

– Se a calma Alice o que aconteceu? – perguntei,todos que estava no corredor ficaram olhando a Alice.

– A Bella... ela

– Fala Alice o que aconteceu com ela? –perguntei deseperado.

– Ela viu você conversando com a Tânia e foi embora chorando – falou a Alice.

– E por que você deixou ela ir embora? – perguntei

– Não deu tempo de impedir então eu vim te chamar – falou ela

– Bom Edward espero que você consiga resolver as coisas com a sua mulherzinha – falou a Tânia sorrindo.

– Eu vou atrás dela ,não deve está longe,eu estou com a chave do carro.

– Me liga pra dizer alguma coisa , - falou Alice,eu sai da escola o mais rapido que pude,enquanto dirigia olhava pelas ruas pra ver se não encontrava a Bella,e nada ,resolvi e em casa pra ver se ela tinha ido lá,ao chegar vi minha mãe sentada no sofá lendo um livro.

– O que está fazendo em casa a essa hora Edward ? –perguntou ela.

– Mãe a Bella veio em casa? –perguntei

– Não ,por que ?

– Ela me viu conversando com a Tânia e intepretou mal,Alice disse que ela foi embora chorando,eu procurei ela na cidade inteira e não encontrei ,será que ela foi para casa dos pais dela? –perguntei

– Eu não sei meu filho,por que você não liga pra ela? Boa ideia mãe eu estava tão desesperado que nem pensei nisso,eu tirei o telefone do meu bolso e liguei pra ela ,o telefone só fazia chamar e depois caia.

– Se acalme Edward ela vai aparecer,só quer ficar um pouco sozinha,por que você não vai tomar um banho e espera ,ela vai ter que vim pra casa ,afinal as coisas dela estão todas aqui –falou minha mãe.

– Você tem razão eu vou esperar um pouco,se ela não voltar eu vou até a casa dos pais dela,vou pro meu quarto – falei e então subi ,ao abrir a porta do meu quarto eu tive uma surpresa Bella estava deitada na nossa cama dormindo eu senti meu coração se acalmar quando vi que ela estava bem,me sentei na cama e dei um beijo na sua boca.

– Meu amor você me deu um susto – falei pra ela,eu sabia que ela não estava escutando,eu resolvi esperar que ela acordasse ,não ia emcomoda-la ,desci pra contar a minha mãe que ela estava no quarto dormindo e voltei me sentei em uma cadeira de frente a nossa cama e fiquei esperando ela acordar.

Não sei quanto tempo fiquei ali vendo ela dormir,Bella abriu os olhos e vi que eles estavam inchados provavelmente de tanto chorar ,ela ainda não tinha me visto então eu resolvi falar.

– Bella nós podemos conversar? –perguntei,ela me olhou magoada e então se levantou

– Não prescisa me explicar nada Edward – falou ela falou ela se levantando da cama- eu vou pra casa da minha mãe – falou, eu fui pra frente da porta.

– Me escuta por favor- pedi

– Eu não quero escutar me deixa sair - faou ela alterada

– Bella não existe nada entre mim e a Tânia,por que você não confia em mim?por que não acredita no meu amor por você?eu sei que fui um idiota com você ,mais eu acho que mereço um voto de confiança – falei ela me olhou e então começou a falar.

– Como eu vou acreditar que você me ama?,eu sou tão ridicula e sem graça,a Tânia é linda e você era louco por ela e eu vi como você estavam conversando,Edward eu te amo, mais eu não quero que fique comigo por obrigação – falou ela.

– Bella coloca na sua cabeça que EU TE AMO ,você é linda muito mais que a Tânia ,o que eu senti por ela não chega aos pés do que eu sinto por você ,- eu me aproximei dela e então peguei a sua mão e coloquei em cima do meu peito.

– Você está sentindo meu coração bater Bella? Perguntei segurando a sua mão no lado esquerdo do meu peito.

– Sim – ela respondeu baixinho

– Ele bate por você,e acredite ele nunca bateu assim pra ninguém –falei,ela começou a chorar e eu sequei as suas lágrimas .

– Eu te amo ,sua boba insegura,eu não te trocaria por ninguém,você estando grávida ou não.

– Eu também te amo Edward – falou ela então selei nossos lábios com um beijo.

Bella e eu resolvemos ficar em casa,depois de toda aquela confusão,eu contei pra ela o que estava conversando com a Tânia e ela ficou furiosa ,nós dois tomamos banho juntos e depois decemos pra almoçar.

– Vejo que o casal se entendeu – falou minha mãe,Bella corou quando minha mãe falou

– É mãe a sua nora é um pouco dificil –falei

– Eu fiquei com ciúmes ,Esme ,se o Edward não andasse por ai de papinho com as Ex dele isso não teria acontecido. – falou ela

– Mais o que eu podia fazer ,ela que veio falar comigo – falei

– Edward tem que aprender a falar não de vez em quando – falou minha mãe e você Bella ,tem que aprender a enfrentar as coisas com mais maturidade,não pode fugir sempre que tiver uma raiva do Edward ou uma crise de ciúmes .

– Mãe eu sei falar não.por que se eu só falasse sim,teria voltado com a Tânia e deixado a Bella -falei e a Bella me beliscou – Ai amor isso dói – falei.

– E foi pra doer mesmo –falou a minha Bella – Eu sei Esme você tem razão,Edward e eu conversamos e de agora em diante vou escutar primeiro pra depois chegar a uma conclusão – falou ela.

Depois do Almoço eu e a Bella fomos ver um filme na sala eu deitei minha cabeça em seu colo,e ficamos lá vendo o filme quando estava quase acabando a Alice entrou feito uma louca acompanhada do Jasper.

– Bella! Ai graças a Deus que você está bem e... Edward?fizeram as pazes? perguntou a baixinha.

– Fizemos Alice seu irmão me explicou tudo –falou a minha espozinha

– Nossa Edward eu pedi pra você me ligar quando encontrasse a Bella – falou ela

– Eu me esqueci Alice ,fique ocupado e nem me lembrei. – respondi

– Estou vendo a sua ocupação,deitado ai no sofá vendo um filme ,enquanto eu estava que nem uma louca lá na escola.

– Desculpa eu ter saido daquela forma alice ,mais eu queria ficar sozinha -falou a Bella

– Tudo Bem eu entendo! Bom já que tudo se resolveu eu vou indo -falou a anã.- vamos meu amor pro meu quarto ? –falou Alice puxando o Jasper.

– O que? –perguntei

– Que foi Edward ? por que a surpresa? – falou o Jasper

– Como assim a surpresa? Você vai pro quarto da minha irmã e quer que eu ache isso legal – falei irritado,eu me levantei do sofá e fui até eles.

– Edward por favor não vá fazer esse papelão – falou a Alice

– Meu amor deixa eles – falou a Bella

– De jeito nenhum você não vai ficar dentro de um quarto trancado com a minha irmã – falei.

– Nós só vamos conversar Edward ,nós não vamos transar -falou Alice.

– E se agente fosse você não tinha o direito de falar nada ,afinal ,você engravidou uma garota de 17 anos a mesma idade da sua irmã ,mais não se preocupe ,eu sou responsável agente usa camisinha – falou o Jasper,eu ia matar ele falando daquele jeito da minha irmã! Mais a Bella veio pra minha frente.

– Meu amor deixa eles ,por favor ,depois vocês conversam. – eles aproveitaram a minha distração e sairam de fininho, mais isso não ia ficar assim eu ia conversar com o meu pai sobre Alice.

– Edward eu não acredito que você é tão ciumento com a sua irmã – falou a Bella.

– Bella eu sempre apoiei o namoro da Alice com o Jasper,por que ele é meu amigo e sei que ele ama ela de verdade,mais a Alice é muito nova,pra ter esse tipo de relação .eu tenho vontade de matar ele – falei.

– Edward você está sendo hipócrita,eu tenho 17 anos e Alice também,e eu estou grávida e casada -falou ela.

– Eu sei ,mais a Alice é tão menina ainda Bella – falei ,eu sei que a Bella não entendia ,mais era diferente , eu ia contar para o nosso Pai.eu ia até o quarto da Alice mais a Bella não deixou ,ficou me distraindo e eu acabei não indo,meia hora depois os dois desceram rindo,eu me segurei pra não quebrar a cara do Jasper.

– Eu já vou Alice ,eu venho a noite pra gente sair – falou o Traidor e depois beijou a minha irmã.

– Tchau Bella e Tchau Edward falou ele saindo,Alice fechou a porta e já ia subir quando eu a chamei.

– Alice eu vou contar pro nosso Pai ,que anda ficando trancada fazendo não sei o que com seu namorado no quarto. –falei

– Agente estava fazendo um trabalho Edward da escola,eu iria fazer aqui ,mais você a Bella estavam vendo tv e eu não quis atrapalhar – falou ela,eu não conversei mais com a Alice, e a Bella tentou de todas as formas me convencer de não contar para o meu Pai ,mais eu estava decidido Carlisle iria ficar sabendo disso,na hora do jantar todos estavam a mesa e Alice estava com a cara fechada,era a hora perfeita então eu puxei o assunto com o meu pai.

– Pai você sabia que agora a Alice traz o Jasper pra casa e os dois ficam horas no quarto dela? – perguntei,meu pai olhou pra Alice que me fuzilava com os olhos.

– Isso é verdade Alice ? –perguntou ele.

– Não –respondeu ela – nós tinhamos um trabalho pra entregar amanhã ,e viemos fazer aqui,mais quando agente chegou o Edward e a Bella estavam vendo tv na sala e eu não quis atrapalha-los e nós fomos fazer o trabalho no meu quarto - falou ela.

– Alice depois conversamos só nós dois – falou meu Pai.

– Mais você não contou o resto Alice – falei

– Que resto? –perguntou Carlisle

– Edward por que você não se mete na sua vida ? – falou a ela irritada.

– Minha filha você quer conversasr comigo sozinha na sala ? – perguntou minha mãe

– Não Mãe! O Edward é um idiota –falou ela

– Alice eu só estou preocupado com você ta bom,eu não sou vilão nessa historia,o Jasper foi desrespeitoso com você – falei.

– Ele ficou com raiva da forma como você se comportou quando eu chamei ele pra ir pro meu quarto.

– E prescisava jogar na minha cara,que você era mulher dele – gritei,Meu pai olhou pra minha irmã ,e ela saiu correndo da mesa,minha mãe se levantou e foi atrás dela.meu pai me olhou com reprovação e também saiu da mesa .

– Edward você não deveria ter dito nada a eles ,isso é coisa da Alice- eu não respondi,não queria brigar com a Bella.

– Espera que eu estou confuso -falou o Emmet – o Jazz transou com a nossa irmã? – perguntou o Emmet - ele disse isso na sua cara e você não quebrou a cara dele?

– Emmet por favor ,olha vocês dois ,são dois idiotas –falou a Bella se levantando da mesa,. Eu fui atrás dos meus pais ,pra ver o que eles estava falando com a Alice.

Alice fala com agente – falou minha mãe ,Alice estava chorando sentada no sofá, isso é verdade Alice ? –perguntou minha mãe. E então ela respondeu - é sim,o Edward é um idiota ,não tinha que ter falado desse jeito – falou ela chorando,meu pai se abaixou e ficou a altura dela , -Alice eu queria muito que isso não tivesse acontecido ,você ainda é nova e olha só o que aconteceu com seu irmão e a Bella casados e com um filho a caminho,eu não quero que isso aconteça com você minha filha, -você não me odeia? Perguntou ela - meu pai olhou pra minha mãe e respondeu - claro que não, e não fique com raiva do seu irmão ,apesar dele não ter o direito de ter falado assim sobre você ,ele só está preocupado. – mais papai o Jasper está vindo me buscar pra gente ir ao cinema, você vai deixar eu ir? –perguntou ela secando as lagrimas. – vou Alice ,eu não vou proibir você de vê-lo eu sei que você o ama,não vou dizer que estou satisfeito com isso,e nem estou satisfeito com o Jasper,mais não se pode mudar o passado só quero que você tenha responsabilidade – falou ele.droga! meu Pai era muito calmo,eu daria umas tapas no Jasper. Eu resolvi sair dali ,senão eu ia acabar me metendo e falar tudo o que meu pai deveria ter falado. Fui para o meu quarto tenho certeza que a Bella estava com raiva de mim.

– Meu amor? – chamei ela

– O que você quer? – falou ela seca

– Bella você está chateada comigo por que?

– Não se faça de inocente ,você não tinha que ter falado nada com o seu Pai.

– Eu só estou preocupado com a minha irmã – falei

– Eu sei,você não quer que ela acabe igual a mim né? grávida – falou ela e então saiu do quarto .

– Bella onde voce vai? Perguntei

– Pra casa da minha mãe ,e não venha atrás de mim,eu quero ficar sozinha.eu não fui atrás dela ,eu ia esperar eu ela voltasse e com mais calma agente ia conversar,eu fiquei na sala esperando ela chegar e vi o momento em que a Alice saia com o Jasper do escritorio do meu Pai,Eles sairam e Alice estirou a lingua pra mim.

– Edwad será que agente pode conversasr? –falou meu Pai,eu me levantei e fui até ele.

– Edward você não tinha o direito de expor sua irmã daquela forma – falou ele.

– Eu só estou cuidando dela

– Alice já é bem grandinha e sabe se cuidar e se ela prescisar de ajuda ela vai pedir.

– Pai você apoia isso,e se o Jasper só estiver usando ela? –falei.

– Edward você se lembra o que você fez com a Bella? Você acha que sua atitude de dormir com ela e no outro dia tratar ela como um lixo é coisa de homem? – meu pai tinha razão eu fui um canalha com a Bella.

– Tudo Bem Pai ,eu não vou mais me meter na vida da Alice,se você me der licença eu vou buscar a Bella na casa dos pais dela. – falei

– Tudo Bem ,mais eu quero que amanhã você peça desculpas a sua irmã

– Amanhã? Alice não vai dormir em casa? –perguntei;

– É claro que vai Edward , eu também não sou tão bom assim – falou ele .

Estacionei em frente a casa dos meus sogros e vi que o carro da Bella estava lá,desci do carro e bati na porta ,a Renné me atendeu.

– Edward?

– Eu vim buscar a Bella ,estava ficando tarde e eu fiquei preocupado dela voltar dirigindo sozinha - falei.

– Claro entra Edward - falou minha sogra,quando a Bella me viu ela fechou a cara.

– Eu vim te buscar amor – falei

– Não prescisava eu vim de carro

– Eu sei,mais estava tarde e não queria que voltasse sozinha .

– Tudo bem ,mãe eu vou deixar o meu carro aqui,amanhã eu pego –falou ela se levantando,se despediu dos pais dela e então me chamou.

– Vamos ? –falou ela ,quando chegamos no carro eu resolvi me desculpar com ela.

– Bella me desculpa por favor ,eu sei que você está irritada por eu ter falado pro meu pai sobre a Alice.

– Estou mesmo,você foi um idiota com ela,não podia ter feito isso.

– Eu só estava tentando cuidar da minha irmã, será que você não pode entender isso? – perguntei

– Eu entendo o seu ciúmes dela ,mais não prescisava ter feito aquilo tudo.

– Eu vou pedir desculpas a ela ,eu prometo – falei

–Eu acho bom mesmo – respondeu ela

– Ainda está com raiva de mim? – perguntei.

– Eu não consigo ter raiva de você Edward ,você sabe disso – respondeu ela sorrindo.

Continua.........

Notas finais do capítulo
É isso ai pessoal espero que vcs tenha gostado
Não esqueçam dos Reviews

Beeijos e até amanhã




(Cap. 19) Medo...

Notas do capítulo
mais um capitulo pra vocês ...está pequeno eu não tive muito tempo pra escrever hoje,mais eu prometo compensar depois ...

Beeijos' e boa leitura

POV Bella

Acordei pela manhã e percebi que a cama estava vazia,Edward não estava do meu lado me levantei pra procura –lo e escutei o barulho do chuveiro ele estava no banho,abri a porta e ele estava de costas para a porta e nem percebeu minha presença.

– Por que não me acordou? Eu queria tomar banho com você – falei e então ele se virou pra mim e sorriu.

– Você está ficando muito mal acostumada,tomando banho todo dia comigo – falou ele.

– Me desculpe eu não sabia que você não gostava de tomar banho comigo falei me fingindo de ofendida.

– È claro que eu gosto meu amor – falou Edward me puxando de encontro a ele – Edward eu estou vestida – falei quando ele me jogou embaixo do chuveiro.

– Eu posso resolver isso – então ele tirou a camisa dele que eu estava vestindo,Edward e eu demoramos mais do que o normal no banho ele ficava me provocando o tempo inteiro com caricias ousadas e depois vinha com a desculpa de que agente tinha aula.Quando saimos do banho nos vestimos e descemos pra tomar café,Todos já estavam na mesa.

– Bellinha você resolveu libertar meu o Edward ,pensei que você não ia deixar ele sair do quarto - falou o Emmet com as brincadeirinhas dele de sempre.

– Edward ,não se esqueça de se desculpar com a Alice – falei

– Alice Er.. eu... er.. – então eu apertei a mão dele.

– Alice me desculpa por ontem, eu sei que fui um idiota ,e não deveria ter falado desse jeito para o nosso Pai,mais eu estava com raiva e não consegui me controlar – falou ele,a Alice olhou pra Edward e então sorriu

– Tudo Bem , eu te desculpo,eu sei que você não é assim por que quer você nasceu assim –falou a minha cunhada e então o Emmet começou a rir.

– Como assim eu nasci assim?- perguntou Edward.

– Idiota! Edward você nasceu assim não pode evitar,mais eu já esqueci isso não vamos ficar remoendo coisas que não tem mais importancia. – falou ela e então levantou – Eu já estou indo pra escola ,falou ela e então foi embora.

– Bella ,não se esqueça que hoje depois da aula você tem consulta – falou Carlisle.

– Não se preocupe pai eu levo ela - falou o Edward,depois do café nós fomos pra escola e como de costume Edward foi me deixar na porta da minha sala, na hora do almoço eu fiquei surpresa com o Edward que se desculpou com o Jasper,,que aceitou as desculpas de bom grado e também se desculpou por seu comportamento,depois disso nós voltamos pra nossas aulas ,pra miha infelicidade a minha aula de historia era com a Tânia,durante toda a aula ela me jogava olhares mortais eu evitei olhar na cara dela e até me esqueci da presença dela na sala,quando o sinal tocou eu me levantei pra ir embora então meus livros cairam no chão,me abaixei pra pegar e quando me levantei vi que não tinha mais ninguém na sala, só eu e a Tânia que me olhava sorrindo debochadamente eu resolvi sair dali antes que ela começasse com as provocaçoes dela.

– Eu te avisei Bella,pra você se afastar do Edward,agora eu vou pegar pesado com você - falou ela então eu olhei pra ela.

– Por que você não deixa de ser louca? o Edward é meu marido e nós nos amamos É melhor você desistir dele de uma vez Tânia – respondi.

– Eu te falei que você e seu filhinho iam pagar por terem tirado o Edward de mim,esse filho não vai nascer por quer eu não vou deixar – Tânia estava se aproximando de mim,eu não sei por que mais alguma coisa dentro de mim me avisava pra sair adali,mais eu estava paralisada não conseguia mecher minhas pernas.

– Você é louca – falei

– Louca é você que acha que vai ficar com o Edward,quando ele ver que não existe mais bebê,ele vai te deixar e voltar pra mim – falou a louca

– Eu vou embora , você está ficando louca- falei então a Tânia me empurrou eu cai no chão eu me virei assustada e vi quando a Tânia levantou o Pé pra pisar na minha barriga eu a empurrei me levantei e sai correndo dali,eu não conseguia parar de chorar.ela queria me fazer perder o Bebê,eu estava muito assustada não conseguia enxergar nada por causa das lágrimas nos meus olhos as pessoas estavam me olhando como seu fosse uma louca então de repente eu bati em algo e cai no chão,escutei uma voz conhecida me chamando.

– Bella o aconteceu? -falou a Alice assustada,eu só sabia chorar então a Alice me ajudou a levantar.

– o que aconteceu? Por que está chorando? – perguntava ela,eu não conseguia responder,Alice me levou até uma sala vazia.

– Bella fica aqui que eu vou chamar o Edward – isso me tirou do topor eu não queria ficar sozinha,tinha medo que a Tânia fizesse algo com o meu filho.

– Não! Alice por favor não me deixa sozinha – falei aos prantos

– Tudo Bem se acalma – falou ela então o Jasper entrou na sala.

– O que aconteceu Alice por que a Bella está chorando? – perguntou ele.

– Eu não sei ,ela está assustada,Jasper pega um pouco de agua pra ela e chama o Edward por favor? – pediu Alice.

– Claro – respondeu ele saindo

– Bella me conta porque você está assim tão nervosa? ,está tremendo e está palida,eu vou mandar o Edward te levar ao médico.Alice estava abraçada comigo .

– Foi a Tânia Alice – falei

– O que ela fez com você ? – perguntou ela e quando eu ia responder o Edward entou correndo acompanhado do Jasper e do Emmet,eu corri e abracei ele e desabei em lágrimas denovo.

– Meu amor o houve? - perguntou ele – Edward me abraça por favor – pedi e então ele me apertou forte, com Edward do meu lado eu me sentia mas protegida,eu sabia que ele não iria deixar a Tânia fazer mal nem a mim nem ao nosso filho.

– Bella você está me assustando pelo amor de Deus me diz o que aconteceu. – pediiu ele

– Foi a Tânia – respondi,Edward me soltou ,segurou o meu rosto e olhou nos meus olhos. –Bella não importa a o que ela disse ,você sabe que eu nunca vou te deixar por ela ,então não dê ouvidos as coisas que ela fala – disse ele.

– Ela queria matar nosso Bebê Edward – falei entre lágrimas- ela ia matar ele, eu fiquei com tanto medo – falei abraçando ele denovo.

– O que você está falando Bella? – perguntou ele seriamente.

– Tânia me encurralou na sala de aula e me derrubou no chão ,ela ia pisar na minha barriga,mais eu consegui empurra-la e sair correndo, então eu encontrei Alice,ela falou que se não existisse bebê vocês iriam ficar juntos – falei chorando.

– Edward não falou nada,todos ficaram em silêncio ,eu só escutava o coração do Edward batendo muito rápido e os meus soluços.

– Eu vou leva- la para o meu pai te examinar ,pra ver se está tudo bem. –falou ele me puxando,eu não consegui mover meus pés.Edward viu que eu não conseguia sair do lugar e então me colocou no braço,eu coloquei o meu rosto no vão do seu pescoço,Edward me carregou pra fora da escola e pediu pra Alice abrir a porta do carro,ele me colocou sentada no banco do carona,eu pensei que ele iria dar a volta e entrar no carro ,mais ele não entrou então eu levantei a cabeça para ver onde ele estava,Edward estava indo em direção a Tânia ,que estava acompanhada de suas amigas rindo,ela estava encostada em um carro perto do Volvo do Edward ,eu vi quando ele agarrou o Braço dela e começou a gritar.

– Escuta aqui Tânia eu vou falar pela ultima vez fique longe da minha mulher e do meu filho,eu juro que eu acabo com a sua vida ,se eu souber que você pelo menos olhou feio pra ela. – falou Edward segurando o Braço dela.

– Edward você está me machucando ,a Bella está ficando louca eu estava o tempo inteiro com as minhas amigas – falou ela.

– Eu te avisei Tânia,não se faça de desentendida e não pense que isso vai ficar assim –Edward segurou a Tânia pelo rosto com força,eu nunca tinha visto ele tão furioso daquela forma.- está avisada Tânia. -Alice olhava o Edward surpresa,- Você está louco Edward ,ela é mulher você quase bateu nela – falou Alice quando Edward chegou até o carro. – Ela se livrou de levar uma surra Alice ,se ela encostar o dedo em Bella denovo, eu juro que mato essa desgraçada – falou ele entrando no carro.

– Edward por favor ,deixa isso pra lá, eu tenho medo do que ela possa fazer – falei.

– Não me peça isso Bella ,e não se preocupe Tânia não vai encostar em você nunca mais, eu não vou permitir.Alice eu vou levar a Bella ao médico. – Edward me levou até o Hospital,quando chegamos lá ,carlisle ficou surpreso.

– Edward o que fazem aqui? A consulta é daqui a duas horas – falou ele.

– Pai na verdade a Bella passou por muito estresse e eu fiquei preocupado com ela,Edward contou ao Pai dele o que tinha acontecido e Carlisle me levou pra uma sala onde ele tirou minha pressão.

– Sua pressão está um pouco Baixa Bella,você prescisa descansar um pouco que ela volta ao normal,nós vamos fazer uma ultrason pra ver se está tudo bem com o meu netinho . – falou ele

– Tudo Bem –respondi

– Está mais calma meu amor? –perguntou o Edward

– Estou,eu tive tanto medo de perder nosso filho,será que ele está bem? – perguntei já me alterando.

– Calma meu amor,Nosso filho está bem – falou ele acariciando minha barriga. – Carlisle voltou a sala .

– Edward eu vou até a escola falar com o diretor sobre isso pessoalmente,quero que essa aluna seja punida pelo que fez a Bella.

– Tudo bem pai! Eu só quero que a Tânia não se aproxime mais dela – falou o Edward.

– Então vamos fazer a ultrason? –falou o meu sogro.

Nós fomos até uma sala onde tinha vários equipamentos,carlisle mandou eu levatar a minha blusa e me deitar,ele passou o gel na minha barriga e então começou a fazer o exame ,no começo não deu para ver nada,mais depois ele começou a me mostrar a cabecinha dele e o corpinho meu filho já estava quase todo formado,quando Carlisle colocou o Coracãozinho dele pra gente escutar,fez com que eu e o Edward nós chorassemos emocionados.

– Bom meu netinho está cheio de saúde como podem ver –falou ele todo Orgulhoso.

– Meu filho está bem mesmo? – perguntei

– Está sim Bella ,ele está em formação ainda ,mais está se formando bem,o coração dele é forte. Ele é muito saudavel. – falou Carlisle.

– Dá pra ver o sexo Pai?

– Ainda não. O sexo só vai dar pra ver quando estiver de 16 a 20 semanas falou Carlisle.

– Que pena eu queria esfregar na cara da Bella que vai ser uma menininha -falou meu marido.

– Vai ser um menino eu tenho certeza – falei.

– Bom Bella vá para casa ,e fique de repouso um pouco,evite ter aborrecimentos desnecesários . –falou Carlisle.

– Pode deixar Pai,eu vou tomar conta dela direitinho,vamos meu amor?

Eu me levantei da maca e limpei minha barriga e nós fomos embora,Edward cumpriu o que falou,ao chegar em casa ele preparou um lanche pra mim enquanto eu tomava um banho, e ficou me enchendo de mimos a tarde inteira . nós ficamos deitados na nossa cama agarradinhos fazendo planos para o futuro.

Notas finais do capítulo
a TÂnia está começando a aprontar...
isso é só o começo =/

beeijos e até amanhã n.n

Reviews?




(Cap. 20) Menina

Notas do capítulo
mais um capitulo

Beeijos'

POV Bella

Depois do Episódio da Tânia eu fiquei com medo de voltar a escola, tinha medo do que a Tânia podesse fazer comigo e com meu filho ,eu sabia que ela não estava de brincadeira ,e tinha medo do que poderia acontecer.Carlisle iria a escola pra conversar com o diretor e meu pai também,ele ficou uma fera quando soube e até chamou os Pais da Tânia na delegacia,onde eles ainda iriam pra conversarem,eu estava aqui deitada na cama sem nenhuma vontade de me levantar para ir a escola

– Bella meu amor levanta dessa cama,tem que tomar banho pra ir a escola – falou Edward mais uma vez essa manhã.

– Eu não quero ir Edward,eu estou com medo – falei acariciando meu bebê.Edward se sentou na cama.

– Eu não vou deixar nada de mal te acontecer Bella,eu vou falar com o diretor pra mudar meus horarios,para que nós dois ficarmos juntos,eu não vou te deixar sozinha nem um minuto, eu prometo. - falou ele.Edward levantou da cama e então me estendeu a mão,eu a peguei e ele me levou até a porta do banheiro.

– Tudo Bem Edward eu vou –falei

– Então ,toma banho eu vou estar te esperando na cozinha – falou ele me dando um selinho.Tomei meu banho e depois que me vesti desci pra tomar café,,todos estavam na mesa.

– Bom Dia – falei

– Bom Dia Bella como você está querida?- perguntou Esme

– Estou Bem –respondi

– Não se preocupe Bella ,eu vou falar com o diretor e vou exigir que ele tome um atitude séria,isso não pode voltar a acontecer.

– E não vai Pai,se a Tânia encostar na Bella eu juro que mato ela – falou o Edward.

– Isso é culpa sua Edward quem mandou namorar a louca - falou o Emmet.

– Bella eu prometo que não vou deixar aquela louca se aproximar de você e da minha sobrinha - falou Alice.

– Até você Alice ,está dizendo que é uma menina?meu Bebê é um menino e vai ser a cara do pai – falei.

– Bella não deseje isso para o meu sobrinho, ele vai ser lindo por que vai parecere com tio aqui- falou o Emmet.

– Minha filha vai parecer com a mãe dela isso sim,Deus me livre de parecer com você Emmet.- falou o Edward sorrindo.

Depois do café da manhã nós fomos pra escola,eu na verdade estava apavorada,Edward pecebeu e me abraçou mais forte,nós fomos direto pra aula,ele entrou comigo apesar de não ter mudado o hórario ainda.

– Senhor Edward Cullen?o que faz aqui? - perguntou a professoara de matematica.

– Estou acompanhando a minha mulher na aula – respondeu ele.

– Sinto muito não é permitido acompanhantes,por favor se retire – faou ela.

– Eu vou mudar meu hórario professora ,por isso comecei a assistir as aulas no novo hórario hoje.

– Você por acaso já mudou?- perguntou ela irritada.

– Ainda não – respondeu ele

–Então se retire por favor – falou a professora impaciente.

Edward se levantou e então pegou minha mão ,vamos Bella –falou ele.

– Eu acho que isabella Swan tem aula comigo

– E nós estamos saindo da sua Aula ,temos algumas coisas para resolver na sala do diretor - a professora não respondeu ,simplesmente começou a aula.

– Edward não prescisa mudar seu horario – falei.

– Eu não vou te deixar sozinha Bella, e vamos aproveitar pra falar com o diretor – falou Edward ,Nós fomos até a sala do diretor e escutamos uma gritaria lá dentro eu conhecia aquela voz,era Meu pai.

– EU QUERO AQUELA GAROTA FORA DESSA ESCOLA – ele gritava.

– Senhor Swan por favor se acalme – falou o Diretor,Edward abriu a porta da sala e nós entramos ,Charlie olhoou pra mim e então se acalmou mais.

– Bella minha filha como você está? –falou ele vindo em minha direção

– Estou Bem pai.

– Por favor alguém pode me explicar o que aconteceu? O senhor Swan só sabe gritar o tempo inteiro e eu não entendi nada.

– Acontece senhor diretor que a aluna Tânia denali agrediu a minha esposa grávida ontem,ela quase pisou na barriga da Bella e ela está grávida de três meses.

– Espera ,vocês dois são casados,Edward Cullen,mais na ficha da Isabella ainda consta o nome Swan. – falou ele.

– Isso não importa ,será que o senhor não escutou o que o Edward acabou de falar. –falou meu Pai.

– Escutei claro,isso é muito grave,uma adolescente grávida ,nós temos que fazer uma palestra na escola ,para combater a grávidez na adolescência,isso acontece quando os jovens são mal informados ,não sabem como se prevenir – falou o Diretor

– Eu não estou falando disso,a Tânia agrediu a minha mulher e o senhor fica ai falando de prevenção.

– Claro eu ouvi,mais como isso aconteceu? - perguntou ele,depois que eu contei detalhadamente o ocorrido com tânia ele mandou chamar ela,antes dela chegar Carlisle chegou para conversar com o diretor,ele escutou as reclamaçoes de todos os lados,e concordou em mudar os hórarios do Edward , Depois de alguns minutos de conversa Tânia entou na sala.

– Senhorita Tânia,é verdade que você agrediu a Isabella Swan? Ou melhor Isabella Cullen. – perguntou ele.

– Como?eu não estou entendendo essa pergunta – falou ela

– Não se faça de tonta garota – falou meu Pai

– Me desculpe chefe Swan mais eu não tenho ideia do que estão falando.

– Tânia não se faça de idiota –falou Edward.

– Então você não agrediu a Isabella? –perguntou mais uma vez o diretor

– Claro que não, eu estava o tempo inteiro com as minhas amigas se vocês não acreditam podem ir até lá e perguntar a elas,eu não sei por que a Bella está inventando essas coisas de mim,talvez seja ciúmes já que Edward e eu fomos namorados. – falou a Sínica

– Você está dizendo que a minha filha está mentindo? –perguntou Charlie

– Senhor,eu não estou dizendo isso,só estou dizendo que eu não fiz nada contra ela,ela deve ter imaginado coisas,e o Edward veio até mim ontem quase me bateu e eu não entendi nada. – completou ela.

– Tânia por favor assume logo -falou o Edward.

– Isabella você confirma que a Senhorita Denali agrediu você?

– Sim – respondi

– Bom como vocês estão vendo,eu não posso fazer nada, senhorita denali nega que fez algo contra a Isabella,como eu posso castiga- la se eu não tenho provas de que ela realmente fez algo.

– Mais é muita hipocrisia da sua Parte – falou o Charlie

– o senhor não vai tomar nenhuma atitude? –perguntou Carlisle

– Me desculpem mais eu estou de mãos atadas – falou ele.

– Se por acaso acontecer alguma coisa com o minha nora e com o meu neto,essa escola vai ser processada,por que o diretor não tomou uma atitude, quando nós procuramos uma dele – falou Carlisle

– Eu já fiz algo,o Edward vai poder assistir as aulas com a esposa como ele queria,e eu prometo que apartir de agora a senhorita denali vai ser bem vigiada,se for provado que ela fez qualquer tipo de agressaão a Isabella eu irei tomar as providências cabiveis. – concluiu ele.

Nós saimos da sala Edward estava com muita raiva,e meu pai também ,ele ainda iria conversar com os pais da Tânia sobre o assunto ,Tânia não voltou nem a olhar na minha direção,por um lado eu estava mais tranquila,mais por outro algo me dizia que ela não tinha desistido de me separar do Edward.

Hoje eu faço cinco meses de grávidez ,Carlisle marcou uma ultrason pra ver o sexo do Bebê,já que no mês passado ele resolveu fechar as pernas e não dava pra ver de jeito nenhum,eu estava sentada na sala esperando Edward para agente ir até o hospital.

– Vamos Edward – falei ao ver ele na escada.

– Nossa bella você está apressada –falou ele

– Claro estou curiosa pra saber o sexo do nosso Bebê.

– Bella você sempre fala que quer um menino, e se for uma menina você vai ficar triste? –perguntou ele – Eu estou perguntando isso por que pra mim não importa se é menina ou menino eu vou amar do mesmo jeito.

– Claro que não Edward ,se o nosso Bebê for um menina eu vou ficar feliz do mesmo jeito,e eu até já pensei em um nome sabia – falei.

– Sério? Qual? –perguntou ele

– Rennesme, o que você acha? – perguntei

– È lindo – falou ele – então vamos?

– Vamos

Nós chegamos ao hospital e fomos diretio procurar o Carlisle que estava atentendo uma criança.

– E ai estão prontos pra saber o sexo? –perguntou ele

– Estamos – respondemos juntos

– Edward segurou minha mão e fomos até a sala de ultrasonografia,eu me deitei na maca e levantei minha blusa,o Carlisle passou o Gel na minha barriga e eu me mostrou o meu Bebê,ele já estava completamente formado,ele nos mostrou os bracinhos, nosso bebê estava com o dedo na boca,eu já estava me desfazendo em lágrimas por está vendo o meu Bebê ali ,não via a hora de tê-lo em meus braços.

– Bom vamos ver se conseguimos ver o sexo? - perguntou o Carlisle

– Vamos – respondi, Edward segurou minha mão e sorriu.

– Vocês estão vendo isso aqui – falou Carlisle apontando para uma manchinha.

– Sim – respondemos

– isso está mostrando que vocês serão pais de um menininha – falou ele, Edward olhou pra mim e começou a rir.e as lágrimas estavam descendo dos olhos dele.

– O senhor tem certeza Pai? –perguntou ele

– Tenho Sim Edward eu vou ser avô de uma garotinha – falou ele sorrindo.

– Está vendo meu Amor eu te disse – falou ele sorrindo e então me beijou

– Eu fiquei muito feliz com a noticia,e Edward nem se fala ,na mesma hora ligou pra casa e contou a todo mundo que ia ter uma menininha.

Edward e eu fomos pra casa depois do exame ,nós combinamos de começar a fazer o enxoval da nossa filha o mais rápido possivel,Alice vai ficar louca pra ir ao shopping comprar roupinhas pra ela,ao chegarmos em casa ,fui recebida por um abraço da Alice.

– Bella parabéns ,eu estou tão feliz ,eu vou ser tia de uma menina AAAAAAAAAAAA eu nem acredito eu vou comprar roupas ,sapatos e muitas coisas pra ela ,e falando nisso nós temos que ir ao shpping comprar o enxoval dela ,a minha está quase nascendo e ainda não tem o enxoval. E..

– Alice deixa a Bella respirar – falou minha sogra que empurrou Alice pra lado e me abraçou.

– Parabéns querida,e você também meu filho falou ela abraçando o Edward depois de me soltar,depois que todos nos deram os parabéns eu e o Edward fomos a casa dos meus pais contar a novidade,minha mãe ficou louca de felicidade,meu pai que já tinha superado a historia da grávidez também ficou muito feliz. Nós voltamos pra casa e eu fui tomar um banho ,quando eu sai do banheiro vi que o Edward não estava no quarto ,eu desci para procura-lo e então vi Alice lendo um livro.

– Alice você viu o Edward? – perguntei

– Ele saiu Bella ,ele não te contou pra onde iria? – perguntou ela.

– Não – respondi

– Bella quando nós vamos no shopping comprar umas roupinhas pra minha sobrinha que daqui a pouco nasce e vai andar pelada - falou Alice.

– Não sei Alice ,pode ser qualquer dia – falei.

– Ótimo! Nós vamos amanhã quando sairmos da escola – falou ela

Não tinha sentido descutir com a Alice mesmo então eu confirmei e ia subir as escadas quando ela me chamou.

– Bella ?podemos conversar? – perguntou ela

– Claro – respondi,então eu fui e me sentei do lado dela

– Você acha que a Tânia ,desistiu do Edward ? – perguntou ela

– Eu não sei Alice,mais pra falar a verdade eu não confio nela

– Bella eu também não confio ,por isso eu estou te perguntando isso,quero que você tenha cuidado ,- falou ela.

– Não se preocupe Alice eu vou me cuidar – falei dando um beijo na bochecha dela,bom eu vou subir estou cansada . – falei, umas horas depois o Edward entrou no quarto ,eu estava deitada na cama vendo TV .

– Meu Amor agente pode conversar?- eu sorri pra ele e respondi .

– Claro – falei.

– Você ficou feliz de verdade quando soube que nosso Bebê era uma menina e não um menino como você queria?

– Sim,Edward é claro que eu estou feliz,eu falei que eu queria um menino mas isso não quer dizer que por nossa filha ser uma menina eu vou ama-la menos,eu amo minha filha Edward e eu nunca na minha vida fui tão feliz como eu estou sendo .

– Eu trouxe uma coisinha pra ela – falou ele ,e então me mostrou um pacotinho que ele estava segurando na mão esquerda atrás do corpo eu segurei e então abri, era um vestidinho rosa ,muito lindo, o Edward era um homem maravilhoso, ele foi comprar uma roupinha pra nossa filha eu dei um beijo nele.

– Meu amor você é perfeito – falei.

– Você que é perfeita,está me fazendo o homem mais feliz do mundo –falou o Edward e mais uma vez selou nossos lábios.

Continua....

Notas finais do capítulo
Espero que tenham gostado....

amanhã te mais ♥


Beeijos'

REVIEWS?




(Cap. 21) Compras

Notas do capítulo
Mais um capitulo pra vocês ...


Beeijos ♥

Pov Bella

– Depois do almoço Alice saiu me arrastando pra fazer compras,eu sabia que tinha que comprar o enxoval da miha filha ou melhor da renesme esse foi o nome escolhido por mim com total aprovação do Edward,minha mãe e a Esme ficaram muito felizes de eu ter me inspirado nos nomes delas,claro que se fosse um menino iria se chamar Edward mais sendo uma menina nunca que eu colocaria meu nome,Edward até tentou me convencer a colocar o nome da nossa filha Isabella mais eu não aceitei.e aqui estava eu no carro com Alice indo pra uma loja de bebês,na verdade eu queria que o Edward fosse comigo ,mais ele falou que tinha um trabalho da escola pra fazer ,e nós combinamos que viriamos outro dia, juntos.

– Bella por que você está tão calada? – perguntou Alice.

– È que eu queria que o Edward tivesse vindo também –falei então Renesme mecheu dentro da minha barriga como se também quizesse que o Pai tivesse aqui com agente.

– Mais ele teve que fazer um trabalho da escola ,e não se precupe,não vai dar pra gente compar tudo hoje e vocês vão poder vir depois.

– Eu sei – falei

– Bella eu estou tão feliz vendo você e meu irmão juntos,eu nunca imaginei que um dia nós iriamos virar cunhadas. – falou Alice

– Eu sei Alice, nem eu nunca imaginei que o Edward se apaixonaria por mim,que me veria como mulher e não como amiga.

– Mais aconteceu né ,foi tudo ao contrario, vocês começaram do final ,mais pelo menos deu certo.- falou ela.

Nós chegamos no Shopping e fomos direto pra uma loja de bebê,eu fiquei encantada com tudo que tinha ,minha vontade era comprar tudo,mais eu não podia.não tinha dinheiro pra comprar muita coisa.eu escolhi algumas roupinhas linda ,claro de acordo com o dinheiro que eu tinha ,eu não pedi dinheiro ao Edward, peguei minhas economias depois de escolher algumas roupas fui procurar Alice que estava por ai dentro da loja,ela estava olhando uns vestidinhos .

– Alice – chamei

– Oi Bella ,estava te procurando ,olha só as coisinhas que eu escolhi – falou ela me mostrando um monte de vestidos,sapatinhos ,macacãozinhos,entre outras coisas.

– Alice ,isso é muita coisa pra um bebê,ela vai crescer e a maioria dessas roupinhas nem vai usar – falei.

– Mais Bella,minha sobrinha tem que ter opçoes – falou ela como se isso fosse óbvio.

– Mais agente ainda tem que ver as coisas do quarto ,meu dinheiro não vai dar. – falei

– Ai Bella me desculpa ,o Edward mandou eu te dar esse cartão de crédito,ele mesmo ia te dar mais ficou com medo de você não aceitar então pediu pra mim te dar ,já que ele sabe que eu sempre consigo tudo que eu quero – falou ela me entregando o Cartão.

– Alice por favor ,eu não vou aceitar,não quero que o Edward pense que quero gastar o dinheiro dele.

– Bella por favor ! o que é o Edward é seu, vocês são casados,e ele disse que você podia compra o que quisesse . – falou ela

– Está bem,mais os moveis do quarto eu pago – falei.

– Er... Bella acontece que eu e o Edward que vamos decorar o Quarto,você só vai ver quando voltar da maternidade – falou ela.

– Como assim Alice ? – falei irritada

– Acontece que eu convenci o Edward que seria legal fazermos uma surpresa pra você.

– Claro,isso não poderia ser idéia dele,só você é cruel assim – falei.

– Bella ele ficou super emplogado com isso,eu sei que se você pedir ele vai desistir,mais pensa bem, ele quer isso – falou Alice tentando me convencer a não pedir ao Edward pra deixar essa historia de surpresa boba pra lá.

– Tudo Bem Alice – falei

– Eu acho que essas roupinhas dá pra começar afinal ,o Edward e você ainda vão comprar algumas coisas – falou a Alice.

– Roupinhas ? isso daí vai encher o meu Closed. – falei

Depois de terminar de escolher ,nós fomos pagar,e fomos embora, ou melhor eu queria ir embora mais Alice me levou até uma loja de grávidas,eu não queria ir ,mais ela falou que eu já estava prescisando trocar minhas roupas,que não dava mais ficar usando roupas largas e eu acabei indo.

– Alice agente já escolheu muita coisa – falei

– Não Bella ,sua barriga ainda vai crescer mais,então agente tem que se preparar – falou ela, resultado Alice me fez comprar roupas ,sapatos ,bolsas,e até joias, me dizendo que eu prescisava de novos acessórios pra combinar com as roupas novas,nós compramos tantas coisas que algumas vendedoras nos ajudaram a levar as compras para o carro.

– Alice,o Edward vai me matar eu gastei todo o dinheiro dele – falei

– Relaxa Bella,ele vai me agradecer,por ter te ajudado a ficar mais linda pra ele .- falou ela sorrindo.

Assim que chegamos em casa, Alice foi chamar o Emmet e o Edward pra carregar as nossas compras,na verdade eu tive medo da reação do Edward ao ver as a quantidade de coisas que nós compramos ,mais Edward não falou nada, ele me recebeu com um beijo.

– Como foi nas compras meu amor ? – perguntou ele enquanto nós tomavamos um banho de banheira.

– Foram ótimas,tirando que sua irmã,me fez comprar quase a loja inteira,eu devo ter gastado todo o seu dinheiro – falei.

– Não tem problema Bella.o meu dinheiro também é seu ,você não prescisa ter vergonha de usar – falou ele

– Mais eu não quero que você pense que eu sou interessada no seu dinheiro Edward,e você também não trabalha não quero dar gastos ao seu Pai,já basta agente morar aqui.

– Eu não trabalho ,por que meu pai não deixa ,Bella você está encomodada de morar aqui na casas dos meus pais? – perguntou ele.

– Não é que eu não quero atrapalhar seus pais Edward

– Por que se você ,não quizer morar aqui,posso alugar um lugar pra gente morar- falou o Edward

– Claro que não Edward eu me sinto muito a vontade aqui,e agente não teria como manter uma casa agora.- falei

Nós saimos do banho e eu fui me vesti,acabei escolhendo uma roupa que eu e a Alice compramos, era um vestidinho ,larguinho de alças e uma sapatilha muito confortavel,minha barriga ainda não estava enorme ,mais já estava grande e certas roupas eram desconforveis eu teria que agradecer a Alice depois ,por que eu realmente estava precisando de umas roupas mais confortaveis por causa da grávidez.nós decemos pra jantar ,eu fui até a cozinha ajudar a Esme e o Edward ficou atendendo o telefone .

– Posso ajudar – perguntei, Esme estava sozinha na cozinha,Alice tinha ido jantar na casa do Jasper e não tinha ninguém pra ajudar a Esme.

– Claro querida,eu estou precisando mesmo de ajuda,você pode ver se a lazanha está pronta? –perguntou ela.

– Claro – respondi indo em direção ao forno.

– Eu adoro cozinhar,acho que vou passar a te ajudar mais na cozinha – falei.

– Eu adoraria –falou ela – Bella você deveria convidar seus Pais pra Almoçarem aqui no Domingo,pra comemorar que vamos ter uma netinha –falou a Esme.

– Eu não quero imcomodar vocês Esme – respondi.

– Não é imcomodo querida,eu adoraria recebe-los –falou ela

– Então eu vou convidar,bom mais eu posso fazer um pedido? – perguntei.

– Pode – falou ela sorrindo

– Eu posso,fazer o Almoço? – perguntei

– Por que você acha que sua mãe ,não vai gostar da minha comida? – perguntou ela

– Claro que não!eu gosto de cozinhar e faz tempo que eu não faço nada na cozinha eu queria preparar algo para o Edward. – falei timidamente.

– Bella você pode fazer sim,se você deixar eu te ajudar – falou ela sorrindo

Quando eu terminei de ajudar a Esme ,fui encontar o Edward na sala e ele ainda estava falando no telefone,eu fui até ele e o abraçei por traz .

– Tudo bem eu te ligo depois – falou ele,e então desligou

– Quem era? –perguntei

– Era um amigo da escola , o Ben ele me convidou pra uma festa na casa dele – falou o Edward.

– E quando é ? – perguntei.

– Sábado – respondeu

– E você vai? – perguntei.

– Bella o Ben é meu amigo e eu não posso fazer uma desfeita com ele,mais eu volto logo eu prometo

– E você não vai me levar? – perguntei ,com os olhos cheios de lágrimas

– È uma festa de homens Bella, e além disso você está gravida,não é um ambiente bom pra você.

– Eu não acredito nisso Edward,você vai me deixar em casa sozinha ,pra ir a uma festa,e ainda menti pra mim dizendo que é uma festa só pra homens,por que você não fala logo que não quer me levar – falei

– Bella é claro que isso não é verdade,eu só te falei o que ele disse.

– E qual é a festa de homem que não tem pelo menos uma vagabunda – falei.

– Meu amor,eu não vou demorar lá,eu só vou..

– Se você for,pode esquecer que eu existo, - falei e então subi as escadas direto para o nosso quarto,eu sabia que não era pra tanto,se eu pedisse pra ele não ir talvez ele não fosse, mais eu estava morrendo de ciúmes do Edward,eu sei o que essas festas tem,e sozinho é que ele não vai , Edward começou a bater na porta pois eu tinha trancado de chave.

– Bella abri a porta,vamos jantar depois agente conversa – falou ele.

– Eu não estou com fome – falei.

– Se você não concorda eu não vou a essa festa,mais por favor abri a porta. – pedia ele.

– Edward eu não quero jantar,me deixa sozinha – pedi, Edward ficou em silêncio e não voltou a me chamar ,ele deve ter entendido que eu não vou descer de jeito nenhum ,depois de algúm tempo me levantei e abri a porta,vesti uma camisola e me deitei eu não demorou muito e eu cai na inconsciência.acordei com minha barriga roncando,percebi que Edward estava dormindo ao meu lado,me levantei e resolvi e até a cozinha ,eu não tinha jantado e estava com muita fome,fui até acozinha e fiz um sanduiche pra mim,então escutei a voz do Edward me chamando.

– Bella? nós podemos conversar?- peguntou Edward,eu olhei no relogio eram 2:30 da manhã

– Edward é de madrugada por que você não vai dormir- respondi friamente

– Você está grávida não pode dormir se jantar,eu não tive coragem de te acordar.

– Não presisa se preocupar eu sei me cuidar- falei.

– Bella eu sei que você está chateada comigo,olha eu não vou a essa festa se você não quer ,só não quero brigar com você . – falou ele

– Eu não quero que você faça as coisas só por que eu não gosto –falei

– Mais se você não quer que eu vá ,eu não vou,você é mais importante pra mim ,do que qualquer coisa – falou ele e então segurou minha mão.

– Edward eu sei que eu sou uma idiota,mais eu fiquei com ciúmes,você lá nessa festa sozinho ,e as mulheres iam ficar dando em cima de você.

– Bella eu te amo,eu jamais te faria sofrer .

– È mais eu estou feia e gorda ,e lá vai ter mulheres lindas eu fico insegura Edward.

– Meu amor ,não existe mulher mais linda no mundo do que você e esta barriga te torna ainda mais linda – falou ele enquanto acariciava a minha barriga e nossa filha chutou minha barriga como se reconhecesse o toque do Pai,Edward sorriu ao ver quer ela se mecheu.

– Parece que alguém acordou – falou ele

– Edward você acordou ela,agora ela não vai me deixar dormir,vai ficar me chutando até amanhecer o dia. – falei, Edward começou a rir.depois de conversarmos nós fomos para o nosso quarto,deitamos agarradinhos na cama e nossa filha não parava de me chutar,parecia que ela queria que eu me levantasse, Edward então começou a cantarolar uma musica muito calma então eu acabei adormecendo,enquanto ele cantava passando a mão na minha barriga.

Notas finais do capítulo
Espero que vcs tenham gostado...= D

Amanhã te mais

REVIEWS





(Cap. 22) Visita

Notas do capítulo
Bom pessoal ta ai mais uma capituo pra vocês


beeijos' e boa Leitura

Pov Bella

Acordei cedo e depois de tomar banho e me vestir e preparar um café da manhã para o Edward,ele ainda estava dormindo quando sai do quarto,cheguei na cozinha e vi que Esme já estava lá preparando o café da manhã.

– Bom Dia Esme – falei

– Bom dia querida ,dormiu bem? – perguntou ela

– Sim – respondi

– Bella ,eu não quero ser intrometida ,mais eu fiquei preocupada com você ontem,você não pode ficar sem se alimentar –

– Você não é intrometida Esme,eu sei disso ,mais é que eu fiquei com tanta raiva que perdi a fome – falei

– Você e o Edward não podem continuar assim,brigando por qualquer coisa,isso não faz bem ao Bebê.

– Eu sei,acontece que eu não sei o que está acontecendo comigo,eu estou com os sentimentos bagunçados,uma coisinha pequena vira uma tempestade eu não sei mais o que fazer pra controlar o meu Gênio. – falei

– Bella essas mudanças de humor e reações exageradas são coisas da grávidez,são os hormônios ,isso é normal,o Edward tem que aprender a lidar com isso – disse minha sogra docemente.

– Mais ele tem muita paciência comigo Esme,sempre me pede desculpas,mesmo eu tendo exagerado nas coisas,eu sei que eu tive uma reação exagerada ontem,mais eu fiquei com tanto ciúmes quando ele falou que iria a uma festa sozinho, e na casa do Ben que é o maior galinha da escola.

– E por que você não vai com ele a essa festa?

– Ele disse que não poderia me levar,por que era uma festa só pra homens ,falei

– O Edward agora é casado,se ele vai fazer um programa tem que encaixar a vida dele de casado e não agir como um homem solteiro. – falou ela.

– Mais eu não quero que ele pense que eu quero controlar a vida dele,por que eu não quero

– Não se trata disso ,vocês são um casal,isso não quer dizer que ele nunca pode sair com os amigos,mais agora é diferente se você deixar o Edward livre pra ir aonde quizer e chegar a hora que quizer ele vai se acostumar assim,ele agora tem que ser responsável,Não se trata de controlar a vida dele e sim de participar e concordar ou não com uma determinada situação – falou a Esme.

– Esme você é incrivel,eu fico muito grata pelos conselhos,você e o Carlisle estão juntos a tanto tempo,eu quero ser assim com o Edward também,- falei e ela sorriu pra mim.

– E vai ser querida ! vocês vão formar uma linda famila e serão muito felizes – falou ela me abraçando.nós terminamos de fazer o café da manhã e fomos servir na mesa,a espera dos outos,Carlisle e o edward foram os primeiros a descer,Edward veio até mim e me deu um beijo de bom dia.

– Senti sua falta na nossa cama – falou ele no meu ouvido,fazendo com que eu me arrepiasse com sua voz ainda rouca por ter acabado de acordar.

– Eu vim ajudar sua mãe com o café da manhã – respondi

– Nós tomamos café e fomos pra escola hoje, Alice e o Emmet foram com agente no carro,Alice não parava de falar,sobre as compras que nós fizemos e de como as roupas eram lindas e que nós deviamos ir denovo qualquer dia.graças aos céus nós chegamos na escola e Alice teve que ir direto pra aula por que estava atrasada ,eu amo a Alice mais as vezes ela me tira do sério .

– E como está a Nessie? – perguntou o Jacob se refirindo a minha filha com um apelido tosco que ele inventou.

– Renesmee,Jacob esse é o nome da minha filha e ela está ótima – respondi,Edward ficou rindo ele sabia como me irritava ver Jacob chamando minha filha de Nessie mais não falava nada.

– Bella por favor esse nome que você escolheu é muito grande ,a coitadinha vai demorar séculos pra aprender a falar o próprio nome –falou ele sorrindo.

– Só se ela fosse sua filha Jacob – falei, o Edward deu uma gargalhada e o Jacob olhou pra mim.

– Você tá me chamando de que? – perguntou ele.

– Já chega de briguinhas ,deixa a minha mulher Jacob ,nossa filha se chama renesmee e não Nessie- falou o Edward .

– Sei – falou ele e então saiu.

Na hora do almoço Jacob continuou com as brincadeiras chamando minha filha de Nessie,e então todo mundo ficou chamando minha filha assim.Todos adoraram o apelido que o Jacob inventou o que me deixou muito irritada ,só o Edward que não chamava ela por esse nome.

– Bella você não esta com medo do parto? – perguntou Alice

– Eu ainda não pensei nisso – respondi.

– È verdade Bella,deus me livre ser mulher só pelos grios delas na hora do parto agente ver que doi pra caramba. – falou Emmet.

– Nossa vocês querem me assustar? – perguntei

– Não prescisa ter medo meu amor,eu vou estar lá com você – falou Edward.

– Mesmo? – perguntei.

– Mesmo,eu te prometo que não vou te deixar nem um minuto,quando nossa filha for nascer . – falou ele, Edward era maravilhoso,será que ele teria coragem de ficar comigo nesse momento?eu o amava cada dia mais,não conseguia imaginar minha vida sem ele.

– Você é louco Edward eu que não gostaria de ver uma coisa dessas – falou Emmet com cara de medo.

– Pois eu concordo com o Edward,eu também ficarei com a Alice quando formos ter um filho. – falou o jasper.

– Ai meu Amor você é perfeito – falou Alice

– Emmet onde está a Rose? – perguntou Alice

– Ela me disse que não estava se sentindo bem e não veio a escola hoje,eu vou na casa dela quando terminar as aulas.

– Emmet eu não sei o que você vê na Rose de bom,a menina é chata,orgulhosa,metida e ainda odeia todos os seus amigos me responde por que você gosta dela?- perguntou Alice,eu confesso que achei que ela foi dura com ele,vi os olhos do Emmet ficarem tristes de repente,isso era uma coisa muito dificl de acontecer já que ele é a alegria em pessoa.

– Alice,eu sei que ela não é simpatica com vocês,mais eu a amo muito,ela não é má pessoa,ela só é amiga da Tânia e por isso ela é assim com vocês,principalmente com a Bella,mais ela não seria capaz de fazer mal a você Bella como a tânia tentou,por trás daquela capa dela existe uma pessoa frágil e maravilhosa – falou ele

– Nossa ,eu não consigo nem imaginar isso – completou Alice.

Depois da aula o Edward deixou o Emmet na casa da Rose e fomos para casa,ele disse que voltaria de taxi,ao chegarmos em casa encontramos Esme ao telefone,ela falava animadamente e então desligou.

– Oi Mãe - falou o Edward ,Alice foi até ela e lhe deu um beijo.

– Advinhem crianças ,quem vem passar uns tempos aqui – falou a Esme toda animada.

– Quem ? – perguntou Alice

– A Kate – falou ela toda empolgada,percebi o rosto do Edward se fechar e então ele olhou pra mim como se isso significasse algo.

– Por quê? –perguntou Alice.

– Parece que ela,está fazendo um curso de enfermeira e o Carlisle conseguiu um Estágio pra ela aqui. – falou ela como se essa fosse a melhor noticia do mundo.

– E quando ela chega ? – peruntou Edward

– Amanhã,não é ótimo? Alice você me ajuda a arrumar o quarto de hópedes de frente pro quarto da Bella e do Edward? – perguntou ela.

– Na verdade Mãe,esse quarto é da Nessie ,eu e o edward escolhemos,será que não pode coloca-la em outro?

– Claro,tem razão ,ela e Alice subiram e eu percebi que o Edward estava tenso.

– O que houve Edward ? por que você ficou tão sério de repente?tem algo a ver com a chegada dessa garota? E quem é ela? – perguntei.

È sobrinha da minha mãe – falou ele

– E Por que você ficou tão tenso quando soube que essa garota viria?

– Bella eu e a Kate já namoramos- falou ele

– Oque? Sua mãe vai colocar uma ex sua dentro de casa? – perguntei indignada

– Meu amor,não existe motivo pra você ter ciúmes,o que houve entre mim e ela ,já faz muito tempo,eu só não quero que você fique com ciúmes enquanto ela estiver aqui. – falou ele.

– Ela é bonita?

– Bella ,esquece isso ,vamos ver um filme – falou ele tentando me distrair

– Ela é bonita Edward? – perguntei mais uma vez

– È sim meu amor ,mais você é muito mais- falou Edward,eu resolvi esquecer isso,não importa se essa garota é linda ou não o Edward é meu,e me ama,eu não presciso me preocupar com isso.acordei cedo no outor dia ,me levantei ,tomei banho,escolhi uma roupa confortavel e então percebi que o Edward me observava deitado na cama.

– Você não vai levantar? – perguntei

– Claro que vou ,será que eu não posso olhar a minha esposa um pouco? perguntou ele .

– Sempre que quizer – respondi,então Edward levantou e veio até mim,me deu um beijo e foi tomar banho,eu desci pra tomar café e encontrei a Esme conversando com o Carlisle sobre a vinda daquela garota a tal kate.

– Eu não sei Esme,talvez seja melhor a Kate ,alugar um apartamento ,do que ficar na nossa casa.

– Claro que não ,ela é minha sobrinha ,eu não posso simplesmente mandar ela alugar um lugar pra ficar,tendo a nossa casa que é enorme pra ela ficar.

– Eu não sei se é uma boa idéia isso,você sabe que ela e o Edward já namoraram,não quero que a Bella se sinta desconfortavel com a situação.

– Meu amor a Bella é um doce ,ela sabe que o Edward ama ela,não tem necessidade de ter ciúmes da Kate,e que eu me lembre ela tem namorado também – falou ela ,então eu entrei na cozinha e dei bom dia,Alice veio atrás de mim e sentou na mesa.

– Bella,você sabe que a Kate namorou o Edward,ela é sobrinha da Esme e não podemos deixa-la na rua,Mais se em algun momento a presença dela lhe encomodar ,não deixe de nos falar que resolveremos isso – falou Carlisle.

– Não se preocupem com isso ,eu não vou ter um ataque de ciúmes,eu sei que ela é sobrinha de vocês,e essa casa é de vocês não tenho direito de escolher que fica ou não aqui.

– Essa casa também é sua Bella,afinal de contas você também é uma Cullen agora – falou Carlisle

– Carlisle você fala como se não quizesse que a Kate na nossa casa,por favor a Bella entende a situação não há necessidade de tanto alarde – falou a Esme ,eu percebi que ela estava ficando irritada com o carlisle.

– Eu só quero evitar estresse para a Bella Esme – falou ele.

– Mais por que a Bella ficaria estressada com a Presença da minha sobrinha aqui?

– Esme a Bella está grávida ,eu não quero que nada complique a grávidez dela e você sabe muito bem que tem riscos – falou ele

– Carlisle não se preocupe,se por acaso eu me sentir mal ,eu te falo,essa garota é sobrinha da Esme e eu não tenho nenhum motivo pra não querer que ela fique aqui – falei,eu não queria ser motivos de brigas entre eles,mais é claro que eu não concordava que essa garota ficasse aqui,mais o que eu poderia fazer,essa casa não era minha.

– Obrigada Bella,você é incrivel –falou ela sorrindo pra mim.

– E por que a minha esposa é incrivel ,posso saber?- perguntou Edward ao entrar na cozinha .

– Ela aceitou que a Kate viesse morar uns tempos aqui,meu filho realmente sua mulher é incrivel – falou ela mais uma vez.

– Não é nada Esme,essa casa é sua e você quem decide quem fica ou não aqui. – falei

– Mais se você não tivesse concordado,Carlisle não deixaria ela ficar Bella ,é por isso que eu estou te agradecendo.

Nós fomos pra escola,pra dizer a verdade não estava nenhum pouco satisfeita com a chegada dessa fulana,tinha medo de que ela quizesse tirar o Edward de mim,mais eu confiava em Edward eiria tentar relevar a situação por Esme,mais não seria nada agradável,conviver com uma Ex de Edward o dia inteiro,o Dia passou rápido e nós logo voltamos pra casa ,eu não estava nem um pouco afim de ir pra casa,eu sabia que aquela garota estaria lá ,e na verdade tinha medo de conhece-la e ver que ela é mais linda do que a Tânia.nós chegamos em casa Edward pegou a minha mochila e a dele e fomos pra dentro de casa com Alice em nosso encalço,ao entrar Esme veio falar com agente.

– Oi Meninos,que bom que chegaram ,Bella querida depois você pode me ajudar com o jantar?eu estou tentando fazer um dos pratos que você me ensinou mais eu não estou me saindo Bem – falou ela.

– Claro ,eu só vou tomar um banho e já desço – falei

Ah esperem eu vou chamar a Kate,ela está na cozinha tentando me ajudar ,mais ela não sabe nada de cozinha.

– Kate ,querida a Alice o Edward e a Bella chegaram –falou ela indo em direção a cozinha,senti Edward segurar mina mão ,e então ela apareceu,como eu imaginei ela era linda,era loira tinha os olhos verdes e estava usando um minúsculo short ,quando ela nos viu me olhou da cabeça aos pés e então veio até nós ,passou por Alice e Abraçou o Edward ,que não soltou minha mão.

– Edward que saudade,nossa você me esqueceu mesmo né! Nunca nem me ligou –falou ela sem solta-lo então eu puxei Edward pra mim e ela o soltou e foi falar com Alice que a olhava com cara de poucos amigos.Alice,como você está linda,Nossa não cresceu nadinha hein? – falou ela e Alice deu um sorriso falso.

– Kate essa é minha mulher Bella – falou Edward me apresentando a ‘’prima dele’’

– Nossa ,eu só estou acreditando por que estou vendo hein! Edward o garanhão casado e com uma mulher grávida .muito prazer isabella – falou ela.

– Bella – a corrigi – claro me desculpe,então Bella você foi espertinha ,engravidou logo de cara pra amarrar o Edward.Alice olhou pra ela e respondeu.

– A minha amiga não é dessa qualidade não Kate,a grávidez foi um acidente,nenhum dos dois planejou e se casaram por amor não foi Edward?

– Claro ,eu e Bella nos casamos por que nos amamos,e agora nós vamos ter uma familia – falou ele passando a mão na minha barriga.

– Nossa! Eu estou muito impressionada,nunca imaginei que o Edward iria se contentar só com uma mulher – falou ela sarcasticamente,eu não gostei dela e não é por que ela namorou o Edward e sim por que ela era debochada e muito dissimulada.

– Bom Kate depois nós conversamos mais ,eu vou subir vou tomar banho,vamos meu amor? – perguntou ele,ela ficou olhando pra mim e pra minha barriga e então respondeu.

– Claro Edward ,fique avontade a casa é sua ,eu vou ajudar a tia Esme com o Jantar enquanto a Bella não chega,- falou ela.

Continua....

Notas finais do capítulo
até amanhã..

REVIEWS?




(Cap. 23) trabalhando

Notas do capítulo
Descupem pela demora meninas eu estava um pouco sem tempo pra postar.
então tá ai mais um capitulo pra vocês...
e mais uma vez obrigada a todos os reviews fico muito feliz a o ler cada um beeijos e mandem sujestoes sempre que eu estou aceitando...
Beeijos e boa leitura..

Pov Bella

Fazia uma semana que a prima do Edward tinha chegado e pra falar a verdade eu odiava aquela garota,não gostava do jeito como ela olhava pro Edward,ele dizia que era por que eu estava com ciúmes e por isso estava vendo coisas onde não existiam,mais Alice me falou que também tinha percebido e que era pra mim ficar de olho ,é claro que eu ficaria de olho nela o Edward me pertence e a mais ninguém e eu não vou deixar ninguém tomar ele de mim.

– Posso saber em que você está pensando? – perguntou Edward,eu estava abraçada com ele ,na nossa cama.

– È besteira Edward – respondi olhado pra ele,e dando um selinho.

– Você está pensando na Kate de novo Bella? – perguntou ele franzindo a testa, - Claro que não Edward ,será que eu não posso ficar pensativa? – respondi.

– Claro que pode Bella,só não quero que fique pensando besteira. – falou ele.

– Eu não estou pensando nada – falei.

– Bella eu queria falar com você...sobre uma coisa – falou Edward ele parecia que estava nervoso com alguma coisa. – Edward,não me assusta fala logo ,o que houve?

– Calma meu Amor,é so uma coisa,é .. eu vou trabalhar - falou ele.



– Como trabalhar Edward em que? - perguntei

– Bella ,eu falei para o meu Pai ,que eu queria trabalhar,que não me sentia bem,eu vou ser pai,tenho obrigaçoes não dar simplesmente pra ficar em casa a tarde inteira sem fazer nada, e então ele aceitou com a condição de que fosse só na parte da tarde.

– Tá e posso saber onde você vai trabalhar? – perguntei,alguma coisa me dizia que eu não iria gostar do que ele ia responder.

– No hospital,eu vou auxiliar as pessoas nos exames. – respondeu ele e eu me sentei na cama ,eu estava com ódio do Edward parecia que ele queria ficar perto daquela vadia da prima dele,Edward nunca pensou em trabalhar no hospital e agora do nada vai trabalhar la perto daquela garota.

– Eu não acredito nisso Edward,como trabalhar no hospital você não é médico ,tudo isso é pra ficar perto da sua priminha? – perguntei alterada.

– Claro que não Bella, isso é por nós dois,eu não quero morar na casa dos meus pais pra sempre,quero construir uma vida com você e pra isso eu presciso trabalhar. – falou ele agritando,Edward nunca tinha levantado a voz pra mim,e isso me deixou sem reação.

– Você está gitando comigo por causa daquela vadia? - perguntei.

– Não Bella estou assim por causa dos seus ciúmes e me desculpe ter gritado ,eu fiquei nervoso,não deveria ter gritado com você – falou ele .

– Tudo Bem! Eu sei que eu sou uma estúpida ,mais é que você sabe o que eu penso da Kate,e saber que você vai passar a tarde inteira com ela me deixa com muita raiva Edward.

– Bella,não há motivos pra esse ciúmes ,o que aconteceu entre mim e a Kate é passado,você é a única mulher que eu amo e quero pra mim,eu presciso trabalhar ,entenda por favor.

– Tudo Bem,você tem razão – falei, por dentro eu estava morrendo de raiva mais Edward tinha razão ,não podiamos ficar dependendo do pai dele pra sempre.

– E é só um estágio Bella, eu vou ficar em experiência por três meses,antes de me contratarem.

– E o que você vai fazer lá? – perguntei

– Vou ficar no laboratório,e pra mim isso é muito importante você sabe que eu quero fazer medicina .

– Você começa quando? – perguntei – Segunda quando sair da escola . –respondeu ele.

Eu ainda não tinha engolido muito bem o fato de que Edward ia passar a tarde inteira perto da Kate, mais eu resolvi relevar ,pra evitar mais brigas entre agente,estavamos na escola e hoje eu iria voltar pra casa com Alice ,por que ele iria direto para o hospital.

– Amor será que dá pra você tirar essa carinha ? – falou Edward no meu ouvido,nós estavamos no estacionamento,e ele estava indo pra hospital,todos começaram a rir.

– Que isso Bella,o Edward só vai trabalhar ele não vai ,para um bordel – falou o Jacob .

– Quer calar a boca – falei,causando mais risos de todo mundo.

– Bella ,se despeça logo do Edward que eu quero ir embora – falou Alice.

– Eu te amo,vou chegar em casa logo – falou ele então me beijou.

– Eu também te amo – falei

– Nossa que melação – falou o Emmet

Edward entrou dentro do carro e foi embora,e eu olhei pra ele, e então entrei no carro de Alice. – Bella por favor,não é pra tanto, - falou Alice – Eu sei Alice,não me incomoda ele trabalhar e sim onde está trabalhando –falei ,ela não me respondeu,devia pensar a mesma coisa que eu,eu cheguei na casa dos Cullen e fui direto para o meu Quarto,tomei um banho e fiquei vendo televisão,Esme veio falar comigo.

– Bella você está bem? -perguntou Esme

– Estou sim ! – respondi

– É que você não saiu do quarto desde que chegou da escola ,está sentindo alguma coisa querida ? –perguntou minha sogra.

– Não Esme,estou bem, é só que é estranho esta sozinha sem o Edward- falei.

– Ah claro ,está com saudade do marido – falou ela sorrindo,- você vai se acostumar logo Bella,por que você não vai até a casa da sua mãe? Assim o tempo passa mais rápido do que ficar aqui trancada – falou ela.

– Tem razão ,eu vou mesmo – respoondi,então me levantei peguei a chave do meu carro ,que fazia muito tempo que eu não usava ,me despedi de Esme e fui .cheguei na casa dos meus Pais e fui recebida pela minha mãe.

– Bella,que surpresa você nunca mais tinha vindo aqui,pensei que tinha esquecido que tinha mãe – falou ela.

– Mãe deixa de drama que ,eu vim aqui antes de ontem – falei ,entrando dentro de casa.

– Aconteceu alguma coisa? – perguntou ela .

– Não ,é que o Edward está trabalhando e aquela casa estava muito chata,nem Alice estava lá ,então a Esme me deu a Ideia de visitar você – falei.

– Então você só lembra da sua mãe quando está com tédio ?- perguntou ela sorrindo.

– Claro que não ,é que eu gosto de vim aqui com o Edward,pra ver se ele e o Papai ,ficam amigos de uma vez, se eu vier a tarde o papai não vai estár e ele não vai querer voltar denovo a noite – falei

– O Edward trabalhando? E o Carlisle deixou,achei que a condição pra ele aceitar casamento fosse o Edward não trabalhar – falou ela .

– O Edward convenceu ele,e agora ele trabalha no laborátorio do hospital durante a tarde.

– E você não gostou disso não é? – perguntou ela

– Não! Aquela prima dele trabalha lá também,da qui a pouco vai começar a pegar carona com ele. – falei

– Mais Bella,ela não trabalha o dia todo?

– Trabalha,as vezes até faz plantão e vira a noite lá – respondi.

– Minha filha você não deve ficar brigando com o Edward sem motivo por causa dela,isso só vai fazer vocês se afastarem até o momento que ele não vai aguentar as brigas pelo mesmo motivo,não destrua seu casamento – falou minha mãe.

– Eu sei,mais acontece que eu não consigo me controlar o ciúmes me descontrola. – falei.

– Mais se sempre que ele chegar em casa ,você recebê-lo com perguntas e crises de ciúmes ele vai ficar sem vontade de voltar pra casa pra não ter que ouvir sempre as mesmas coisas,Bella você tem que controlar esse ciúmes,minha filha vocês ainda são jovens e estão com uma filha a caminho tem que pensar no bem dessa criança e não em futilidades – falou minha mãe. Ela tinha razão não iria deixar que a Kate estragasse o meu casamento,eu e o Edward nos amavamos e isso é o que importa, eu fui embora pra casa ,muito mais tranquila depois de ouvir os conselhos da minha mãe,hoje quando Edward chegasse eu não iria ficar com a cara emburrada por saber que ele passou a tarde perto daquela garota eu não iria dar gosto a ela.cheguei em casa e Alice estava na sala no telefone quando me viu,ela desligou.

– Bella,você demorou na casa da sua mãe,pensei que iria jantar lá ,já são 7:oo da noite – falou Alice.

– Acontece que eu me empolguei e esqueci da hora,e quando eu resolvi ir embora meu pai chegou então só agora foi que eu consegui sair de lá – falei.

– O Edward já está chegando,ele ligou pra casa perguntando por você,disse que tentou falar com você pelo celular e não tinha conseguido.

– Ah é que eu esqueci em casa – respondi. – por que não mandou ele ligar na casa dos meus pais .

– Eu mandei ,mais ele disse que não queria encomodar sua mãe,que falava com você quando chegasse em casa.

– Bom eu vou tomar banho,ele já deve mesmo está chegando – falei e subi para o meu quarto,entrei no banheiro ,tomei meu banho calmamente,terminei meu banho escolhi um vestidinho ,deixei meus cabelos soltos e desci pra sala pra ver se o Edward tinha chegado.

– Bella,como foi a visita a Rennê ?- perguntou a Esme.

– Foi ótima ,minha mãe mandou um beijo pra senhora ,disse que qualquer dia vem fazer uma visita. – falei.

– Que bom! Eu estou esperando mesmo a visita dela, já que quase nunca vem aqui –falou ela,naquele momento Edward entrou dentro de casa eu abri um sorriso involuntário quando o vi, mais ao ver quem estava ao lado dele ,esse sorriso morreu,mais eu não iria dar gostinho a Kate de me ver com ciúmes,então fui até o Edward que me abraçou e me deu um beijo de tirar o folêgo.

– Senti sua falta – falou ele

– Eu também meu amor – respondi e então olhei pra kate que estava parada ao nosso lado ,me olhando com um sorriso falso nos lábios.

– Nossa o amor é lindo –falou ela

– È mesmo Kate, e por falar nisso e seu namorado quando vem te visitar? – perguntou Alice que estava sentada no sofá.

– Meu namorado? Eu não contei a vocês,nós terminamos antes de eu vir pra cá,ele não queria que eu viesse,tinha ciúmes do Edward ,mais eu nunca que iria perder a oportunidade de trabalhar com uma coisa que eu amo,por alguém que diz que me ama mas não confia em mim – falou ela,eu tinha certeza que ela estava soltando indiretas ,ela sabia que eu não gostava dela,eu disfarçava na frente da Esme,mais quando estavamos sem a presença dela não fazia questão de ser educada com ela.

– Meu amor! Você deve estar cansado,por que não sobe e toma um banho pra gente jantar? – falei

– Boa idea ,você me acompanha? – perguntou Edward.

– Na verdade eu já tomei banho,quando cheguei da casa dos meus pais – falei,mais eu te faço companhia ,eu fico no quarto te esperando - falei

– Onde está o seu pai Edward,posso saber?

– Ele já deve estar chegando,o diretor do hospital o chamou na sala dele. – respondeu Edward

– Apesar da idéia da Bella ,ter sido direcionada ao Edward,eu tanbém vou tomar um banho pra descer pra jantar,apesar de tercomido umas besteiras na lanchonete com o Edward eu estou morrendo de fome. – falou ela, eu tinha certeza que ela disse isso pra me irritar e ela conseguiu,mais eu não demontrei a raiva que eu senti ao saber que ele tinha ido comer com ela.

– Mais já faz muito tempo Kate,nós fomos lanchar era cinco da tarde - falou Edward .

– Nossa é verdade,nem tinha percebido,por isso que eu estou com tanta fome.

– Bom e vão tomar banho vocês dois que assim que Carlisle chegar ,nós vamos jantar – falou a Esme,então eu e o Edward subimos em direção ao nosso quarto,eu estava me roendo de ciúmes por saber ,que os dois tinham ficado um tempo sozinhos no hospital,mais eu não iria pedir explicaçoes a ele.

– Bella, você ficou chateada por a Kate ter pego uma carona comigo?ela iria vir com meu pai,mais acontece que o diretor chamo ele e ela me disse que estava cansada e não tive como negar – falou ele.

– Eu não estou pedindo explicação Edward ,eu decidi que vou confiar em você,e deixar de ser insegura –falei, Edward me olhou como se não acreditasse,e então sorriu.

– Fico muito feliz! – falou ele então me abraçou.

Edward foi tomar banho e eu fiquei esperando ele sair ,sentada na cama, sentindo minha filha mecher,ela estava inquieta hoje,Edward saiu do banho e assim que ele se vestiu nós decemos,todos já estava na mesa nos esperando.

– Nossa vocês demoraram – falou o Emmet.

– Então meu filho,como foi seu primeiro dia? – perguntou Esme.

– Foi produtivo ,na verdade não fiz muita coisa ,só observar e levar coleta de sangue para o laboratório. – falou ele.

– Você só vai observar mesmo Edward nos primeiros dias,ele não vão te mandar fazer um exame,não podem cometer erros,tem, que aprender primeiro - falou Carlisle.

– E então Bella como foi a sua tarde sem o Edward?você está tão acostumada a ficar com ele o dia inteiro ,não sentiu falta? – perguntou a Kate.

– Claro que eu senti falta ,mais eu vou me acostumar. –falei

Depois do jantar todos foram pra sala conversar,kate estava com uma minisaia quase mostrando tudo,e ela fez questão de sentar na frente do Edward,eu já estava no meu limite, por isso resolvi chamar ele pra dar uma volta.nós fomos até andar um pouco pela cidade e só voltamos quando já era tarde o suficiente pra ir dormir, eu não queria ter que aguentar aquela garota mais que o necessário.mas ao chegarmos em casa todos ainda estavam na sala conversando e rindo ,eu fingi que estava cansada pra não ter que ficar com eles,na verdade eu estava pensando em arrumar um emprego e junto com o salário do Edward alugar uma casa pra gente morar,eu não queria ter que olhar pra cara dessa menina todos os dias,mas eu não iria falar isso prar o Edward,iria esperar até amanhã e então eu falaria com ele.

– Esté cedo você já vão dormir? – perguntou Esme

– A Bella está cansada mãe, e vamos acordar cedo pra ir a escola .

– Até amanhã gente – falei

– Então .. boa noite pra vocês – falou Carlisle

Nós fomos para o nosso quarto ,eu fui até o banheiro ,vesti um baby doll,Edward já estava sentado na cama ,procurando o que ver na televisão,então eu me sentei no colo dele,e comecei a beija-lo,Edward correspondia com a mesma intensidade que eu,eu comecei a puxar a camisa dele pra tentar tirar ela.eu então passei a beijar e a morder o pescoço dele o Edward aproveitou que eu tinha parado de beija- lo e então falou.

– Bella você me disse que estava cansada – falou ele

– Eu menti,queria ficar sozinha com você – falei e então tirei a camisa dele.Edward começou a sorrir, e me fez levantar do colo dele ,na hora eu senti um choque pensei que ele estava me rejeitando,mais ele tirou o a sua calça ficando só de boxer e então ,me puxou pra si e voltou a me beijar com volúpia,suas mãos passeavam famintas pelo meu corpo ,era um pouco desconfortavel está dessa forma com ele por causa da minha barriga que estava grande ,mais eu não tinha vontade de parar,Edward era muito cuidadoso comigo, e me fazia sentir a mulher mais feliz do mundo quando estavamos nos amando,ele me fazia sentir sensações nunca sentidas antes...

Acordei com beijos pelo meu pescoço,e então eu abri os olhos.

– Que jeito gostoso de acordar – falei.

– Bom Dia meu amor – falou Edward

– Bom dia - respondi então me sentei na cama ,eu olhei a hora e vi que já estava tarde.

– Edward nós estamos atrasados,por que não me acordou logo – falei ,correndo para o banheiro.

– È que você estava tão linda dormindo que eu não tive coragem de te acordar.

Nós fomos pra escola assim que terminamos de nos vestir ,Edward queria que eu tomasse café antes de ir ,mais estava muito tarde ,então eu prometi a ele que comeria algo na escola,na hora do intervalo Edward me falou que iria embora, por que tinham ligado pra ele do hospital dizendo que estava prescisando dele, ele foi e pediu pra Alice me levar pra casa na hora da saida.eu voltei pra sala sozinha e vi que e Tânia estava cochichando com umas amigas quando eu passei,ela não tinha mais me incomodado depois de ter me atacado na escola,mais eu não confiava nela ,entã aprecei o passo, eu escutei todas rindo e Tânia começou a falar alto.

– Olha só parece uma baleia ,com essa barriga deviam proibir a entrada de pessoas tão gordas na escola - falou ela então todas começaram a rir ,eu andei mais rápido e entrei na sala,eu estava com muita fome,deve ter sido por que não tinha tomado café ,faltava pouco pra hora do almoço,alguns minutos se passaram eu comecei a me sentir umas tonturas, eu resolvi pedir ao professor pra me liberar,não estava me sentindo bem, iria chamar a Alice pra me levar pra casa. Quando eu me levantei senti uma vontade de vomitar enorme e minha cabeça começou a rodar, eu me segurie na carteira.

– Isabella você está se sentindo mal? – perguntou o professor

– Eu.. estou um pouco ... de repente tudo ficou escuro.

POV Edward.

Hoje era o meu segundo dia de trabalho, eu estava gostando ,mais o que me incomodava era que Kate ficava o tempo inteiro nos meus pés ,ela vinha o tempo todo até o laboratório, se a Bella descobrisse isso ela me mataria,resolvi aproveitar que estar um pouco vazio aqui e ligei pra ela,mais uma vez o celular dela só fazia chamar, ela deve está na aula.

– Com licensa aqui é o laboratório? – perguntou uma senhora

– Sim em que posso Ajuda-la.

– Eu queria pegar o resultado do meu exame.

– Claro ,qual o seu nome? Quando a mulher ia responder ,Alice apareceu gritando.

– Edward eu nunca imaginei isso de você,sua mulher grávida chega desmaida no hospital e você nem pra ver se ela e sua filha estão bem – falou Alice aos berros.

– Do que você está falando Alice ?O que aconteceu com a Bella? – perguntei e fui até onde ela estava,nem me importei com a mulher que estava esperando.

– Edward,o meu pai mandou a Kate te chamar,não se faça de desentendido .

– A kate não veio até mim,me fala pelo amor de Deus, onde a Bella está? Ela está bem?

– Ela está sendo atendida pelo nosso pai, ela desmaiou na sala ,chamaram a ambulânica e então foram até minha sala me avisar,eu não deixei Alice terminar fui procuar por Bella na Emergência do hospital.

– Edward,espera pelo amor de Deus – falou Alice,mais eu já tinha ido ,cheguei na emergência e ninguém me deixou entrar,então a Kate saiu de dentro eu fui até ela.

– Kate,onde está a Bella? Perguntei

– Está na segunda sala Edward,ela está bem foi so uma fraquesa ,parece que ela não se alimentou ainda hoje,estão providênicando isso ,.

– Chama meu pai pra mim,não querem me deixar entrar, eu estou preocupado com a Bella,e ...

– Edward eu não posso fazer nada – falou ela – agora se me der licença tenho que ir ver outros pacientes – completou ela ,saindo e me deixando sozinho.

– Edward? – chamou meu pai.

– Pai,eu posso ver a Bella, ela está bem? E a minha filha?- perguntei de uma só vez.

– se acalme,ela está bem,ela não tomou café da manhã hoje, e foi uma fraqueza,isso não pode voltar acontecer,Bella está grávida não pode ser displicente com a alimentação,ela está tomando soro,e mandei providênciar algo pra ela comer,assim que terminar vai ficar de observação algumas horas e então vai poder ir pra casa. – falou meu pai

Eu posso vê- la? - perguntei

– Pode – falou ele,daqui a pouco eu volto pra ver como ela está

Eu entrei no quarto e a vi,meu coração se acalmou ao ver que ela estava bem,ela levantou os olhos e então sorriu pra mim.

– Edward,me desculpa te preocupar ,eu estou bem ,foi só uma tontura – falou ela, eu fui até a Bella e dei um beijo na testa dela.

– Você me assustou – falei

– Eu não queria ,juro – respondeu a Bella.

– Bella ,você tem que se cuidar ,me prometeu que iria comer alguma coisa na escola antes do Almoço e não comeu.

– Eu me esqueci, isso não vai mais acontecer .

– Não vai mesmo ,por que eu não vou deixar – falei então a beijei.

– Oi, vocês não podem ficar se beijando no hospital,isso é desrespeitoso com os pacientes – falou a Kate ao entrar no quarto.

– Não estou vendo nenhum paciente aqui que não seja eu,e eu estou amando o beijo não estou achando nenhum pouco de falta de respeito – falou a Bella.

– Eu vim tirar sua pressão ,o Tio Carlisle me falou que você tem pressão baixa. – falou a Kate ela se aproximou da Bella com o medidor de pressão e fez a avaliação, - está normal Bella - falou ela.

– Eu ainda não tomei o rémedio Kate,eu sempre tomo depois do almoço,mais eu ainda não almoçei – falou a Bella

– Não se preocupe,estão trazendo seu almoço e logo eu vou trazer seu comprimido – falou a Kate e saiu do Quarto.

– Eu estou com muito sono Edward- falou Bella

–Pode descansar meu amor,eu estou aqui – falei e alguns minutos depois a Bella caiu na incosciência.

Continua ....

Notas finais do capítulo
espero que tenham gostado...
Reviews?
Amanhã te mais....
Beijos
♥♥♥♥♥♥♥♥




(Cap. 24) Brigas...

Notas do capítulo
Mais uma capitulo...
Beeijos e boa leitura

POV Edward

Já fazia um tempo que a Bella estava dormindo os pais dela vieram vê-la mais como ela não estava acordada eles foram falar com meu pai,eu estava aqui, olhando ela dormir.

– Edward,a Bella ainda está dormindo? – perguntou meu pai,ao entrar no quarto.

– Está sim,eu acho que ela deve estar exausta,está tão quieta,geralmente ela se mexe muito quando está dormindo – falei.

– A Kate tirou a Pressão dela? – perguntou ele.- Na verdade,ela tirou disse que estava normal,a Bella falou que ainda não tinha tomado o medicamento ,e a kate disse que iriam trazer pra ela assim que ela almoçasse,mais ninguém trouxe. – falei,o meu pai imediatamente colocou um equipamento de medir a pressão na bella e ligou um monitor,que assim que foi ligado começou a apitar.

– Droga – falou meu pai,então ele imediatamente pegou uma seringa em um vidro de rémedio e aplicou no soro da Bella.

– Pai ,o que foi a Bella está bem? – perguntei,ele não me respondeu ficou olhando o monitor que diminuiu o barulho.- Pai me responda o que a Bella tem?

– Se acalme Edward! Bella está bem – respondeu ele – ela já vai acordar

– Então por que o senhor ficou tão alterado? – perguntei

– Bella estava com a pressão arterial muito baixa,ela não tomou o rémedio hoje, isso é perigoso pra criança se ela continuar assim temo que não vai chegar aos nove meses.- aquilo foi como um choque pra mim,como assim não vai chegar aos nove meses?Bella e nossa filha corriam risco de vida?

– Por que, ela pode perder o bebê? – perguntei e então olhei pra minha mulher que estava deitada dormindo tranquilamente.

– Edward,a gravidez dela está se mostrando muito complicada e cada minuto que o Bebê passa na barriga dela com ela sofrendo problemas de pressão ,o bebê também sofre,pressão alta ou baixa na gravidez é muito perigoso ,tanto pra criança como para a mãe,se continuar assim teremos que fazer uma cesariana de urgência,mais nesse momento seria um aborto ela está com apenas 5 meses a criança não resistiria,teriamos que fazer de tudo pra segurar até pelo mesnos os sete meses. – disse meu pai,naquele momento eu senti medo de perder a Bella e nossa renesmee. – Edward,fique tranquilo nós vamos fazer o possivel para que isso não aconteça,vamos cuidar dela – terminou ele.

– Eu confio em você - falei.

– Obrigado ,meu filho – Meu pai me abraçou ,e naquele mesmo instante Kate entrou no quarto.

–Desculpem ,eu não queria atrapalhar – falou ela

– Não está ,atrapalhando,eu queria falar com você,por que não me disse que a Bella estava com a pressão baixa?você podeira ter matado minha neta Kate. – falou meu pai

– O que? tio quando eu tirei a pressão dela estava normal – falou ela

– E por que você não aplicou o remédio no soro dela?você sabia que ela não tinha tomado a dosagem hoje.

– Me perdoa tio,acontece que eu sou nova e ainda estou meio atrapalhada – falou ela.

– Eu não admito erros Kate,você entrou aqui graças ao meu nome,espero que você tenha muito cuidado no que faz,por que eu não vou me responsábilizar pelos seus erros – falou meu pai e a Kate abaixou a cabeça.

– Me perdoe tio Carlisle,isso não vai mais acontecer – falou ela e então saiu.

– Pai você foi muito duro com ela,ela não fez por que quis ,deve ter tanta coisa na cabeça que se esqueceu.

– Eu não posso admitir erros,ela podeia ter matado sua filha,ela tem a obrigação de cuidar de cada paciente que mandarem,não pode ser desplicente dessa forma com nenhum,agora eu tenho que ir ver outro paciente,depois eu volto pra ver a Bella –falou ele saindo e me deixando sozinho.

Pov Bella

Abri os olhos e notei que ainda estava no hospital,olhei para o meu braço e vi que não estavam mais de soro,eu ia me levantar quando uma mão me segurou,eu olhei e vi que era Edward.

– Meu amor,é melhor você ficar quietinha – falou ele.

– Eu quero ir pra casa Edward – falei

– Não se preocupe,agente vai daqui a pouco,como você está se sentindo?

– Bem – respondi.

– Eu vou chamar os seus pais,estão aqui faz horas esperando você acordar – falou ele sorrindo,Edward foi até a porta e saiu ,pouco depois voltou acompanhado pelos meus pais.

– Filha você está bem? perguntou minha mãe,ao chegar perto de mim.

– Estou mãe, foi só um mal está ,não prescisa se preocupar – falei.

– Você tem que parar de nos dar susto Bella – falou meu pai.

–È mesmo , meu amor – falou Edward ,sentando na cama perto de mim,eu me sentei e ao lado dele.

– Desculpa eu sei que eu dou muito trabalho a vocês – falei

– Claro que não minha filha,só queremos que você se cuide mais – falou minha mãe. – Carlisle entrou acompanhado de uma enfermeira,eu estranhei ,onde estava kate?ela que tinha me atendido.

– E como está a minha paciente preferida? – perguntou Carlisle.

– Estou bem,e morrendo de vontade de ir embora desse hospital – falei sorrindo.

– Então ,eu trago boas noticias,você está de alta,pode ir pra casa,só quero que descanse por hoje ,Bella e não se esqueça de comer hein! – falou meu sogro todo brincalhão.

– Pode deixar,que eu vou me cuidar diretinho – respondi.

Nós ficamos um tempo ainda no hospital, Edward foi resolver algumas coisas e assinar alguns papeis e eu fiquei com meus pais,depois nós fomos embora,no caminho pra casa perguntei ao Edward por que a Kate não tinha ido até o quarto com o Calisle e sim outra enfermeira e ele me contou o que tinha acontecido e que ela tinha pedido permissão para ir embora mais cedo,eu não podia dizer que não tinha ficado feliz que Carlisle tivesse chamado a atenção dela, por que eu adorei,mais é claro que não iria dizer isso ao Edward,ao chegar em casa fui recebida com abraços e muitas perguntas,o Edward queria que eu fosse me deitar ,mais eu me recusei preferi ficar sentada na sala conversando com Alice.

– Bella você deveria ter visto a cara dela quando ela entrou – falou Alice se referindo a Kate – Meu Pai esta muito encrencado,minha mãe está muito chateada com ele.

– Ai Alice ,seus Pais vão brigar por minha causa – falei

– Claro que não,ela que está fazendo inferno,se fosse tão adoravel quanto minha mãe acha ela teria ficado calada e não iria fazer fofoca assim que chegasse em casa.

– È verdade Alice – respondi, a campainha tocou e Alice levantou pra atender,eu fiquei sentada vendo televisão e comendo o biscoito que a Esme me deu,agora ela resolveu me encher de comia salgada. – Bella voê tem visita – falou Alice ,então eu me virei para ver quem era . o Jacob estava parado na sala me olhando.

– Jacob ,que bom que você veio – falei eu ia me levantar mais ele me segurou.

– Bella pode ficar ai quieta – falou ele, eu voltei a me sentar – Tudo bem – respondi.

– Como você está? – perguntou ele.

– Bem Jacob,todo mundo agora resolveu me encher de cuidados eu não posso nem levantar – falei sorrindo.

– Só estamos preocupados com você – falou Alice

– Eu estou bem,eu já falei.

– Eu vim aqui por que estava preocupado com você,liguei pro Emmet mas ele disse ,que estava na casa da namorada dele,então eu resolvi vir,espero que não cause problemas – falou ele.

– Claro que não,Jacob – falei

– Eu estava pensando agente deveria de marcar de sair todo mundo,o que você acham? Claro que depois que a Bella se recuperar né? - sugeriu Alice

– Eu não estou doente – respondi amuada,e os dois começaram a rir.

– Perdi alguma coisa? – perguntou o jasper parado nos olhando.

– Não Jazz! Estavamos ,falando de marcar de sair qualquer dia desses,afinal nunca mais saimos entre amigos – respondeu Alice ,indo até ele e dando um selinho.

– È uma ótima idéia ,mais eu tenho que convidar alguém pra ir comigo,não vou sair sozinho com três casais –falou o jacob.

– Eu posso chamar a minha prima,então você não vai ser o único que vai está sozinho – falou Alice, eu já ia dizer pra não chamar ,mais no mesmo instante a lambisgóia entrou na sala.

– Me chamar pra quê? – perguntou ela

– È que estavamos combinando de sair juntos qualquer dia desses,e como você ainda não saiu pra conhecer a cidade ,pensei em te convidar – falou Alice.

– Claro que eu vou sim,estou prescisando mesmo relaxar – falou ela

– Eu nem olhei na direção dela,continuei conversando com meus amigos ,ela foi procurar a Esme e nos deixou sozinhos.

– E onde está o Edward? – perguntou o Jazz

– Foi no hospital ,terminar o turno dele,só chega a noite – falei

– Não sei como ele foi - disse o Jasper

– Ele não queria ir,mais eu pedi pra ele ir,hoje é o segundo dia ele não pode ficar faltando assim - respondi.

Nós ficamos conversando a tarde inteira,Jacob foi embora por que disse que estava ficando tarde,Edward chegou em casa por volta das sete da noite veio acompanhado do Carlisle ,que foi recebido com uma cara feia pela Esme ,ele ingnorou e subiu pra tomar banho, ela foi atrás deles eu sabia que iam brigar,por causa da Kate,ela não tinha o direito de fazer os dois terem uma briga ,eles eram tão unidos, durante esses meses a primeira discurssão que eu ouvi entre Carlisle e Esme foi por causa da Kate quando ele não queria aceitar a vinda dela pra qui ,e agora ela resolveu fazer com que os dois brigassem mais uma vez.

– Alguns minutos depois Esme desceu e foi direto pra cozinha,depois ela voltou e nos chamos pra jantar, eu me levantei com ajuda do Edward que estava estremamtente cuidadoso comigo e fomos em direção a sala de jantar,Esme se sentou e kate se sentou ao lado dela ,Carlisle entrou na sala de jantar e sentou no seu lugar de sempre.

– Carlisle você deve um pedido de desculpas a Kate,por te-la tratado mal,hoje– falou a Esme.

– Esme por favor ,não comece,eu não tratei a kate mal, só chamei a atenção dela ,ela cometeu um erro que poderia ter tido consequencias graves,não me arrependo e chamaria de novo se necessário.

– Por que você trata minha sobrinha assim ,posso saber? – perguntou ela se alterando

– Eu trato sua sobrinha muito bem Esme,acontece que no trabalho eu sou superior a ela,e como tal chamei atenção dela pra que o erro que ela cometeu não voltasse a acontecer,se fosse qualquer outro médico teria feito o mesmo ou pior teria falado com o diretor do hospital,você por acaso iria bater na porta dele e perguntar o por que dele ter chamado a atenção dela? – falou me sogro, eu nunca tinha visto o Carlisle tão irriado na minha vida

– Não estou falando disso so estou dizen....

– CHEGA ... eu não quero ouvi mais nada Esme. – gritou ele ,aquela atitude dele me surpreendeu, Esme ficou estática ela não esperava que eel reagisse daquela forma,Carlisle saiu da mesa sem nem encostar no prato.

– Tia a senhora não deveria ter falado com ele,eu não queria causar problemas – falou Kate olhando pra Esme.

– Kate está tudo Bem,eu não gosto da atitude dele com você,eu vou falar com ele - e então a Esme se levantou e foi atrás do Carlisle ,eu fiquei muito chateada com a situação se eu não tivesse sido displicente pela manhã tudo isso não teria acontecido.Carlisle e Esme não voltaram a sair do quarto,Edward queria conversar com o Pai dele,mais eu não deixei que ele o chamasse eles podeiram estar conversando e não era bom atrapalhar,nós estavamos deitados na nossa cama,Edward estava conversando com a nossa Filha que não para de chutar.

– Edward deixa ela quieta...se não ela vai ficar mexendo a noite inteira e eu que vou ficar sem dormir – falei.

– Me deixa conversar com ela,depois eu canto e ela dorme – falou ele sorrindo,ele estava deitado com o rosto na minha barriga,ficava sentindo os chutes que ela dava enquanto ele conversava com ela,de uma coisa eu tinha certeza renesmee seria louca pelo pai por que não podia escutar a voz dele que começava a me chutar como se fosse uma bola de futebol.

– Meu amor o papai está louco pra pegar você nos braços e te levar pra passear - falava ele passando a mão na minha barriga,nessa hora ela deu um chute tão forte que chegou a doer,Edward viu quando eu me encolhi e se levantou na mesma hora.

– Ta sentindo alguma coisa Bella? – perguntou ele

– Não foi que ela chutou um pouco forte - falei – mais já passou

– Eu vou cantar pra ver se ela se acalma, - falou Edward e então ele começou a cantar,renesmee ficou calminha na mesma hora, aquela musica estava me dando sono,mais eu não queria dormir tinhas outros planos pra essa noite.

– Edward, ela já está quietinha – falei

– Mais você ainda não dormiu – falou ele.

– E que disse que eu quero dormir,- respondi e ele veio na minha direção e me beijou com desejo ,foi só o que bastou pra me deixar louca por ele,eu começei a levantar a camisa dele, e morder a peito enquanto minhas mãos passeavam pelo seu corpo perfeito ,quanado eu cheguei no short e ia tira-lo Edward segurou minha mão e parou de me beijar.

– O que foi Edward? perguntei

– Bella é melhor você dormir –falou ele

– O que? mais eu não estou com sono – falei ,voltando a beijar ele,mais Edward era mais forte que eu e me empurrou delicadamente.

– È melhor nãom Bella – falou ele,eu me senti um lixo ,Edward não queria fazer amor comigo,eu deveria está muito gorda e feia por isso ele não sentia desejo por mim,involuntariamente começei a chorar por causa da rejeição.

– Bella por que você está chorando? Perguntou ele.

– Nada – respondi ,ficando de costa e me deitando

– Bella ,não pense besteiras ,eu não vou fazer amor com você por que não estou com vontade ou pior por que eu não te desejo é por que você prescisa ter repouso,você não escutou o que o meu pai falou? – perguntou ele.

– Então você quer? - perguntei

– É claro que sim!mais você tem que ter repouso,nós temos a vida inteira pra isso –falou ele me beijando.

– Mais eu estou com desejo de você – falei

– Eu sou seu,mais hoje é melhor a senhora se comportar por que eu não tenho muito autocontrole então por isso fique quietinha.- falou ele.Edward me abraçou e assim adormecemos,no outro dia ele não queria me deixar ir a escola,mais o Carlisle disse que não havia problema de eu ir tomando todos os cuidados,então o Edward acabou concordando em me deixar ir,nós estavamos no carro em direção a escola e então resolvi que estava na hora de falar sobre arrumar um emprego com ele.

– Edward ,eu queria te dizer uma coisa que eu decidi

– O que?

– Eu também vou procurar um emprego ,quero te ajudar a juntar dinheiro pra comprar a nossa casa .

Continua....

Notas finais do capítulo
REVIEWS?




(Cap. 25) Boate

Notas do capítulo
Oi pessoal como eu falei trago pra vocês mais um capitulo
Espero que vocês curtam
Beeijos'

Pov Bella

– De jeito nenhum Bella,você não vai trabalhar – falou o Edward.

– Mais Edward,eu quero te ajudar ,pra gente poder comprar uma casa e sair da casa dos seus pais – falei

– Está fora de cogitação,Bella você está grávida e sabe como sua saúde anda frágil,você não vai e ponto final.

– Mais eu não estou pedindo permissão,estou te avisando, isso é uma decisão minha e você tem que respeitar. - falei ele me encarou e depois voltou a olhar a estrada,eu sabia que ele tinha ficado chateado comigo mais eu não suportava ficar na mesma casa que a Kate e tinha que sair de lá,eu tinha um dinheiro no banco e arrumando um trabalho dá até pra dar entrada em uma casa pra gente morar,mesmo que ele não concorde eu vou arrumar um emprego.Edward ficou calado pelo resto da viagem até a escola,eu também não falei com ele,nós fomos direto pra sala em silêncio mais eu não iria dar o braço a torcer.

– Bella, eu não quero ficar brigado com você,eu sei que fui rude no carro,mais quero que entenda que não há necessidade de você trabalhar nesse estado,olha se você quizer depois que a Renesmee nascer você trabalha,mais não agora.

– Edward,por favor,eu só quero te ajudar – falei,e então o profesor entrou na sala e nós encerramos o assunto,ele não tocou mais no assunto comigo durante as aulas,estava na hora do almoço e estavamos indo em direção ao refeitório, Edward não estava segurando na minha mão como sempre fazia e isso chamou a etenção da Tânia que ficou nos observando, eu notei que a Rose estava conversando com ela,eu sei que ela é namorada do Emmet mais eu não confiava muito nela ela deveria passar informações sobre tudo o que acontece na nossa casa ,já que ela vive lá,nós chegamos na mesa onde estavam todos o nossos amigos.

– Oi gente – falei

– Oi – responderam

– Vocês brigaram? – perguntou o Emmet

– Não – respondeu o Edward rudemente

– È que você estão, sei lá ,estranhos,não estão sorrindo e melosos como sempre – falou mais uma vez o Emmet ,Edward lançou um olhar assasino e ele se calou .

– Deixa de ser curioso Emmet – falou o Jazz

– Então Bella e Edward nós estavamos marcando um dia pra sairmos e escolhemos amanhã a noite ,já que hoje agente tem uns compromissos o que você acham? – perguntou Alice nos olhando, eu fiquei calada o Edward estava com raiva de mim ,ele não iria querer sair comigo .

– Então Edward não vai dizer nada? – perguntou o Jazz

– Edward por favor ,desde que você e a Bella se casaram que agente nunca mais saiu em grupo ,será que dá pra tirar essa cara de limão azedo? – falou Alice

– Por mim ,tudo Bem – falou ele- eu vou no banheiro – disse isso e então saiu.

– O que ele tem? - perguntou Alice

– Está com raiva por que eu falei que vou trabalhar – respondi

– Você vai trabalhar? – perguntaram todos juntos e então eu vi quando a Rosalie sentou ao lado do Emmet.

– Vou – respondi

– E por que Bella? Está faltando alguma coisa pra você? – perguntou Alice mais uma vez.

– Não Alice,eu não tenho do que reclamar,é que eu quero comprar uma casa e só o Edward trabalhando não vai dar - falei

– E por que você quer sair lá de casa? Aconteceu alguma coisa que te incomodou?

– Não Alice,é que eu não suporto viver no mesmo teto que a sua prima, e ela é sobrinha da Esme e sei o quanto ela gosta dela,por isso que eu quero sair da sua casa,e mesmo assim eu e o Edward temos que ter nosso proprio lugar eu não quero morar na sua casa pra sempre. – falei

– Eu te entendo ,e se prescisar de dinheiro pra ajudar na compra da casa ,é só pedir – falou ela.

– Não se preocupe o Edward e eu vamos nos virar – falei e então vi quando o Edward estava vindo,ele veio e sentou ao meu lado.

– Edward se prescisar de ajuda pra encontrar um emprego pra Bella,eu tenho uma amiga ,que está prescisando de uma recepconista para um escritorio de contabilidade - falou a Rose e todo mundo olhou pra ela,ela não queria me ajudar ,só queria causar briga.

– Muito obrigado Rose,mais a Bella prescisa do aval médico para trabalhar – falou ele sorrindo.

– Mais eu não vejo motivo para que o médico ,não me deixe trabalhar – falei

– Bella é melhor irmos pra aula ,o sinal já tocou – falou Edward.

O Edward melhorou até o humor depois da ida ao banheiro, eu tinha certeza que ele ,estava aprontando alguma ,mais eu deixei passar, ele passou o restante da aula mais leve e quando terminou ele me deixou em casa e me deu um beijo antes de ir, e agora eu estava aqui mais uma vez deitada nessa cama sozinha ,eu prescisava mesmo trabalhar para ocupar a minha mente.não sei como mais eu acabei adormecendo,acordei com beijos do Edward,ele ficou beijando meu pescoço,colo e foi descendo então parou,só essas simples caricias me deixaram com desejo dele.

– Parou por que? – perguntei

– Por que eu queria te acorar e já consegui – falou ele se levantando,mais eu fui mais rápida e coloquei minhas pernas em volta da cintura dele e o puxei,eu peguei ele desprevenido então ele caiu em cima de mim,Edward colocou as mãos na cama para sustentar o peso por causa da minha barriga.

– Eu quero mais – falei ,e então o beijei,eu estava louca de desejo por ele ,eu não tinha me esquecido que ele tinha me rejeitado ontem com a desculpa de que eu prescisava repousar,hoje ele não me escapava ,Mais ele percebeu as minhas intenções e saiu de cima de mim aquilo me deixou muito chateada.

– Que droga Edward o que foi agora? – perguntei

– Nós temos que descer pra jantar – falou ele

– Mais eu estou sem fome ,eu quero você e não jantar – falei.

– Mais você tem que se alimentar nas horas certas,então é melhor a senhora Cullen sairdessa cama agora e ir jantar – falou ele , eu me levantei de má vontade e fui jantar,ao chegar na cozinha notei que todos já estavam na mesa a minha espera ,Edward se sentou ao meu lado.Esme e Carlisle aparentemente tinham feito as pazes por que estava se falando normalmente,todos conversvam amenidades.

– Pai,eu queria que o senhor me respondesse uma pergunta – falou Edward

– Claro meu filho ,pode falar

– A Bella quer trabalhar,o senhor acha que ela pode trabalhar normalmente com uma grávidez complicada como a dela? – perguntou ele,eu sabia que Edward estava tramando alguma coisa,ele concerteza contava com a ajuda do Carlisle.

– Bella você quer trabalhar? – perguntou Esme

– Quero – respondi

– Por que?

– Acontece que eu quero ajudar o Edward Esme,nó vamos ter uma filha e eu também quero comprar miha propria casa,não quero encomoda-los pra sempre – falei

– Querida você não encomoda,eu adoro que vocês morem aqui – falou ela.

– Bella,eu como médico não recomendo que você trabalhe ,mais isso é uma decisão sua – falou Carlisle.

****

Eu estava no meu quarto terminando de me arrumar hoje nós iriamos a uma boate,Edward só concordou em ir por que eu prometi que viriamos cedo pra casa,ele já estava la em baixo esperando e Alice estava aqui me maquiando.

– Tá bom Alice,você já me maquiou muito eu vou ficar parecendo uma mascarada - falei

– Assim você me ofende Bella – resmungou ela

– Você sabe que eu não gosto dessas coisas – falei

– Tá bom para de reclamar ,eu terminei,você está linda

– Graças a Deus - falei ,eu escolhi um vestido tomara que caia azul,e uma sapatilha eu não queria me maquiar mais a Alice me obrigou,eu desci as escadas o Edward estava sentado no sofá me esperando ao lado do Emmet e da kate que infelizmente também iria com agente.

– Você está linda – falou ele .

– Obrigada – respondi.

– Vamos logo ,que eu ainda vou pegar a Rose – falou o Emmet,o Jacob iria de moto e a Kate como não tinha com quem ir ,foi com a Alice e o jasper no carro dele,é claro que eu não iria convida-la para ir comigo e o Edward no carro,nós fomos para a boate,ao chegar lá nós fomos para uma mesa,eu estava me sentindo um pouco deslocada afinal o que uma grávida ia estar fazendo em lugar desses.

– Você quer beber alguma coisa Bella? – perguntou o Edward

– Não meu amor,eu anda não quero nada – respondi, o Emmet e a Rose mal chegaram e logo desapareceram na pista de dança,o Jacob foi logo atrás dançar também só restou eu o Edward a Alice o Jasper e a Kate ,que não saia da nossa mesa por nada.

– Então Kate você está gostando de morar aqui? – pergunou o Jazz

– Estou sim! Nem sinto falta de casa,aqui estou perto de tudo que eu mais desejo – falou ela e então olhou para o Edward, me subiu um ódio que me deu vontade de pular em cima do pescoço dela.

– Eu acho que vou dançar – falou ela ,e saiu rebolando em direção a pista de dança.

– Vamos dançar meu amor? – perguntou Edward

– Ah não ,eu vou me sentir estranha lá, e eu não gosto de dançar – falei.

Eu estava morrendo de vontade de ir embora,a kate ficava dançando e não tirava os olhos do Edward,eu estava ficando cansada disso.ela parou de dançar e sumiu na mutidão.

– Então Bella,você já escolheu os padrinhos da Nessie?

– Perguntou o Emmet

– Ainda não ,e minha filha se chama renesmee – falei

– Tá bem ,desculpa mais nessie é menor . – completou ele.depois que a Kate desapareceu na boate a noite ficou até mais bonita,e eu até tinha me esquecido dela,está com meus amigos tirando a Rose é claro que me odiava, estava sendo maravilhoso,mais como alegria de pobre dura pouco a lambisgóia resolveu aparecer.

– Gente vocês não tem ideia do drink que eu achei uma delicia,eu pedi uma dose pra gente por minha conta - falou ela

– Se é por sua conta eu aceito – falou o Emmet, que levou um beliscão da Rose.então um garçon apareceu com uma bandeja cheia de taças, a Kate pegou duas.

– Bella sinto muito mais você não pode beber – falou ela e então entregou uma das taças ao Edward,que recebeu.

– Tudo bem eu não ia querer mesmo – respondi,todos tomaram suas bebidas.

– Nossa é bom mesmo –falou a Rose

– È sim – falou o Jacob

– Eu não gostei muito ,tem um gosto estranho – falou o Edward

– Claro que não Edward, é sua boca - falou o Jazz rindo

Logo todos esqueceram drink maravilhoso da Kate e começaram a converar sobre outras coisas a Kate resolveu sair mais uma vez e é claro eu amei, sem a presença dela o ambiente fica mais leve.

– Você está sentindo alguma coisa Edward? – perguntei,ele estava quieto e estava meio pálido.

– Eu estou um pouco enjoado, deve ter sido aquela bebida,eu disse que estava com um gosto ruim.

– È melhor agente ir embora – falei

– É mesmo,eu vou ao banheiro e quando eu voltar nós vamos – falou ele, ele se levantou e desapareceu no meio das pessoas.

– Jacob o que você achou da minha priminha ? – perguntou o Emmet

– Ela é muito bonita – respondeu o Jacob

– Não parece que você achou isso,já que não fez companhia a ela nem um minuto ,tanto que ela desapareceu e não voltou mais – falou o Emmet

– Emmet pode ter certeza não é a minha companhia que ela quer – falouo o Jacob.

O Edward estava demorando muito ,já fazia meia hora que ele tinha ido ao banheiro e ainda não tinha voltado,eu estava preocupada será que ele passou mal?

–Alice eu vou procurar Edward ele está demorando muito estou preocupada – falei

– Bella deixa que os meninos vão,você não vai entrar no banheiro dos homens vai?

– Não – respondi

Os meninos foram atrás dele e voltaram uns minutos depois.

– Edward não está no banheiro – falou o Jazz

– O que? Como assim?mais ele me disse que ia no banheiro – falei já ficando desesperada.

– Calma Bella nós vamos encontrar ele – falou o Jacob

– Deixem de ser ridiculos o Edward é adulto,ele vai aparecer – falou a Rose.Nós procuramos ele por toda a Boate e nada,eu já tinha começado a chorar com medo do que teria acontecido com ele.nós resolvemos ir até o estacionamento,Alice disse que ele poderia ter ido pra lá se por acaso tivesse sentido mal,mais para o meu desespero nem ele nem o carro estavam lá,eu já tinha perdido a minha calma e chorava que nem uma louca

– Calma Bella,vamos encontra-lo. – falou Alice me tranquilizando

– Alice e se aconteceu alguma coisa com ele – falei aos prantos

– È melhor leva-la pra casa Alice,agente fica aqui procurando ele

– Tem razão – falou ela

– Não , eu vou com vocês – falei

– Não Bella,você vai pra casa se acalmar,Rosalie eu te deixo em casa se você quizer – falou Alice

– Tá bom –falou ela entrando no carro do Jazz, ela me levou até o carro e me fez entrar, eu sentei no banco de trás ,já que a Rosalie sentou na frente e então Alice deu partida no carro do Jazper,ela deixou Rosalie em casa e acelerou para nossa casa, eu não sabia mais o que pensar, estava muiot angustiada ,renesmee não parava de mecher dentro de mim ,parecia que estava sentindo que estava acontecendo alguma coisa,nós chegamos em casa logo.

– Bella, vou pegar um copo de aguá para você se acalmar,depois vc se deita e para esperarmos uma noticia – falou ela,ao entrar na caragem, meu coração se acalmou o carro dele estava lá estacionado na vaga dele.

– Alice olha – falei mostrando a ela ,então ela sorriu.

– Viu? Seu marido é um idiota ele veio pra casa ,e te deixou lá angustiada. – falou ela

– Não importa Alice,eu tive tanto medo quando eu vi ,que ele tinha desaparecido ,que eu não consigo nem sentir raiva só alivio. –falei

– Eu vou ligar para os meninos para avisar – faloou ela

– Tá ,eu vou no meu quarto falar com ele.- eu subi as escadas em direção ao meu quarto,abri a porta e olhei dentro eu percebi que estava vazio,eu entrei e fui até o banheiro e nada,voltei paa o quarto e vi Alice parada na porta.

– Cadê ele? – perguntou

– Não está aqui – falei,então desci as escadas e fui procurar pela casa,eu olhei a casa inteira e nada do Edward,eu estava ficando nervosa de novo,eu voltei a subir as escadas e então eu estaquei,eu estava de frente ao quarto da Kate, e era um único quarto com as luzes acezas ,mais o Edward não estaria ali,mais mesmo assim alguma coisa me pedia pra abrir aquela porta , – O que houve Bella?por que está aqui? Você não acha que meu irmão está aqui acha?- perguntou Alice, eu coloquei a mão na maçaneta da porta e girei devagar,ao ver dentro do quarto, eu senti uma dor enorme no meu peito,eu não conseguia acreditar,era a pior cena que eu já vi na minha vida,doeu mais do quer ter sido rejeitada por ele ,depois da nossa primeira noite juntos,ele estava lá deitado na cama com ela, abraçados ,eu senti meu coração rasgado em mil pedaços.

Continua...

Notas finais do capítulo
Bom e ai o que acharam?
Alguém ai quer matar a Kate?
Bom espero vcs la nos REVIEWS
beeijos e até amanhã...




(Cap. 26) Traição ?( parte 1)

Notas do capítulo
Bom pessoal é o seguinte não deu para mim postar ontem .... perdão
o caputulo foi dividido em duas partes por isso está tão pequeno, eu não tive tempo de escrever ,mais pra não deixar você na mão eu resolvi escrever uma parte do capitulo...está meio pequeno eu sei... mais amanhã te mais e prometo que vai está maior..
Beeijos'

Pov Bella

Eu ainda não estava acreditando no que tinha visto,as lágrimas caiam do meu rosto,coloquei a mão em cima do meu coração para ver se aplacava a dor que eu estava sentindo,eu sabia que Alice estava atrás de mim ela se aproximou de mim e então entrou no quarto,eu queria sair dali,queria fugir e nunca mais voltar ,mais eu não conseguia mover os meus pés, Alice entrou no quarto eu continuei lá para olhando eles abraçados,eu voltei a realidade quando ouvi o grito da Kate ,Alice a puxou de cima da cama pelos cabelos e a jogou no chão,eu sabia que ele iria acordar com o grito dela então eu sai de lá corri sem saber pra onde iria,mais eu não queria ver a cara do Edward nunca mais na minha vida,eu peguei a chave do meu carro e então comecei a dirigir pela cidade,sem rumo,e com o coração despedaçado,como ele pode fazer isso comigo?as lágrimas caiam sem permissão,depois e muito tempo só dando voltas pela cidade resolvi ir ao único lugar que eu tinha ,a casa da minha mãe, eu bati na porta e uns minutos depois ela abriu,estava de hobby deveria está dormindo,ela me olhou assustada, e eu me agarrei a ela e começei a chorar desesperada,ela não falou nada me levou até o sofá onde eu chorei aos prantos toda a minha dor,eu não sei como nem em que momento mais eu adormeci.

Acordei pela manhã e pensei que eu tivesse tido apenas um terrivel pesadelo,que eu iria acordar e tudo iria ser como antes,Edward ia está do meu lado quando eu acordasse e diria que me amava enquanto agente tomava banho juntos,mais quando eu abri os olhos percebi que ,tudo era realidade, Edward tinha me traido com ela e que nunca mais nós seriamos uma familia,todos os nossos planos foram apenas mentiras,as lágrimas já tinha começado a cair mais uma vez e eu me encolhi na minha cama, então minha mãe entrou no quarto,foi ai que eu percebi que estava soluçando detanto chorar.

– Bella você quer me contar o que aconteceu? – perguntou minha mãe.

– Eu não quero falar sobre isso – falei.

– Bella eu sou sua mãe e estou preocupada com você,é melhor você me contar o que houve,seu pai está querendo ir até a casa do seu marido e descobrir por ele mesmo. – falou ela.

– Mãe ,eu não consigo agora – respondi

– Tudo Bem,então venha tomar café,quando você quizer me contar,eu vou escutar,e o Carlisle ligou ontem a noite,perguntando se você estava aqui,eu falei que sim e que tinha dormido,ele não quis me contar o que tinha acontecido – falou ela

– Por que falou que eu estava aqui? – perguntei

– Bella,ele estava desesperado

– Mais eu não quero ver ninguém dessa familia nunca mais – falei entre lágrimas,- Mãe me ajuda eu quero ir embora,eu não vou conseguir ter que ver o Edward todos os dias, por favor – falei chorando desesperada.

– O que o Edward te fez Bella – perguntou ela séria.

– Ele me traiu,eu peguei ele na cama com a Kate – falei as berros,- mãe me ajuda ta doendo tanto, -minha mãe me abraçou.

– Minha filha,eu não acredito que ele te fez isso, eu sempre confiei tanto nele.

– Mãe,eu quero ir embora,não posso mais ver ele. – falei chorando

– Bella,você tem que se acalmar,e não pode ir embora está grávida dele,você queira ou não renesmee é filha dele,e agora é melhor agente descer pra você comer alguma coisa.- falou ela

– Eu não quero,estou sem fome- falei

– Você não pode ficar sem comer ,pense na sua filha - falou ela,minha mãe me obrigou a comer ,eu não tinha vontade de viver,não queria sair do quarto ,só queria desaparecer,eu ficava vendo aquela cena na minha mente o tempo inteiro.

– Bella,telefone é a Alice – falou minha mãe.

– Eu não quero falar – respondi e me virei para o outro lado., - Alice ,é melhor você dar um tempo a ela,... na medida do possivel ... tá bom...eu não acho boa idéia não quero que minha filha fique pior do que já está..eu sei Alice,ela prescisa de um tempo..até. – então minha mãe desligou .

– Seu marido está desesperado pra falar com você,ele não veio aqui ,por que o Carlisle não deixou. – falou Ela.

– Eu não quero vê-lo,se ele vier não quero que deixem ele subir pra falar comigo. – a única coisa que me fazia respirar e ter forças pra tentar viver era a minha filha,parecia que sabia tudo que eu estava passando não parava de mexer dentro de mim ,eu tentaria ser forte por ela.

Pov Alice

Eu nunca tive tanta raiva de uma pessoa como eu tive do Edward hoje ,como ele pode ser tão canalha trair a Bella assim? Dentro da propria casa,mais a Kate também levou ,eu sei que estraguei minhas unhas mais valeu a pena , eu dei uma surra naquela vadia que nunca mais ela vai esquecer ,foi presciso o Jazz ,Emmet e meu pai pra me tirar de cima dela,esperava que todas as marcas que eu deixei na cara de vadia dela nunca mais saissem,agora ela estava aqui em me olhando assustada.

– Tá bom podem me soltar – falei então o Emmet e o Jazz me soltaram,meu pai estava olhando para o Edward deitado na cama dormindo profundamente,eu não entendia como ele não acordou com todo barulho que a desgraçada fez, ela acordou até meus pais.

– O que aconteceu aqui?por que o Edward está deitado na cama da Kate? – perguntou meu pai

– E não é obvio ?seu filho canalha resolveu trair a Bella ,dentro da propria casa com essa vadia – falei,minha mãe levou a mão a boca em forma de surpresa.

– E onde está a Bella? – perguntou o Jacob

– Eu não sei,quando eu vi eles ali deitados eu avançei nela e não vi pra onde a Bella foi. – respondi

– Kate, você e o Edward transaram? – perguntou meu pai

– Sim tio,aconteceu nós tentamos resistir mais foi mais forte do que nós – respondeu ela a minha vontade era de agarra-la pelos cabelos e joga- la pela janela.

– Kate,como você pode?eu te aceitei na minha casa,confiei em você ,eu não posso acreditar que você teve coragem pra isso - falçou minha mãe.

– Mais eu tive,eu sempre amei o Edward e parece que ele também, me quer – falou ela.

– A Bella está esperando uma filha dele,como você destroi uma familia desse jeito,

– Eu não me importo com a bastardinha,a Bella pode ficar com ela,eu convenço ao Edward a deixar ela pra lá. – minha mãe teve uma atitude que eu nunca imaginei que ela faria, ela foi até a Kate e deu uma bofetada no rosto dela,a Kate colocou a mão no rosto que tinha ficado vermelho vivo.

– Tia ,a senhora me bateu?

– Bati, e quero você fora da minha casa,eu não quero ver sua cara Kate,VÁ EMBORA - gritou ela

– Isso não vai mudar o que houve entre mim e o Edward – falou ela

– Não , mais eu não quero te ver,saia daqui Kate – minha mãe pegou ela pelos braços e começou a empurra-la para fora .

– Espere Esme – falou meu Pai ,minha mãe olhou pra ele surpresa – quero perguntar uma coisa a ela,por que o Edward não acorda,eu já tentei de tudo e nada o que ele tem?

– Nada..er.. ele bebeu muito deve ter apagado – falou ela nervosamente.

– kate, eu sou médico não me trate com um moleque,você drogou ele para que pensasse que tinha dormido com você?

– Eu não presciso disso,tio nós passamos a noite juntos e quer saber a ideia foi dele . –falou Kate.

– Pai eu vou quebrar a cara dela denovo – falei

– Eu vou fazer exames nele para comprovar se ele engeriu alguma droga que deixou ele assim apagado,se eu descobrir e se por acaso for algum tipo de substância usada em paciêntes no Hospital,quero que fique sabendo Kate, você nunca mais vai trabalhar em nenhum hospital pelo resto da sua vida.

– Mais é claro que o exame vai acusar algo, Edward bebeu bastante,eu não presciso provar nada,quando ele acordar vocês vão ver que eu não estou mentindo – falou a vagabunda.

– Vá embora,Kate não querlo vê- la nem mais um minuto – a Kate saiu e então disse – depois eu volto pra buscar as minhas coisas ,vou para um hotel.

– Não nos importa pra onde você vai –falei

Logo depois dela ir embora,meu pai fez de tudo pra acordar Edward, ele tinha quase certeza de que o Edward estava drogado, eu liguei várias vezes para o celular da Bella ,mais ela não atendia então meu pai ligou para casa dos pais dela, a Rennê atendeu o telefone e contou que a Bella tinha chegado lá ,chorando muito e que ela tinha acabado adormecendo,eu fiquei de ligar pela manhã pra falar com ela.

Continua...

Notas finais do capítulo
Bom é isso ai Reviews?
amanhã tem mais..
beeijos'




(Cap. 27) Traição? (parte 2)

Notas do capítulo
Como prometido tá ai o capitulo
Beeijos e boa leitura

Pov Edward

Acordei com uma dor de cabeça horrivel,eu não conseguia nem abrir os olhos, então eu comei a procurar a Bella na cama com minhas mãos ao notar que a cama estava vazia eu abri meus olhos e percebi que não estava no meu quarto,o que eu estava fazendo no quarto da Kate? Eu me levantei e então vi meu pai parado na porta me olhando.

It Will Rain– Pensei que não iria acordar nunca – falou ele

– O que aconteceu?o que eu estou fazendo aqui? – perguntei

– Esperava que você me respondesse já que sua mulher te pegou na cama com a sua prima

– O QUE? – falei aos Berros – isso é algum tipo de brincadeira ? onde está a Bella? – perguntei incrédulo.

– Você não se lembra de nada do que aconteceu ontem Edward? – perguntou meu pai.

– Lembro,nós estavamos em uma boate e eu me senti um pouco tonto, a Kate me levou pra o meu carro e disse que iria buscar a Bella, é a ultima coisa que eu me lembro , onde está a Bella quero falar com ela. – falei indo em direção a porta do quarto,meu pai me impediu de passar.

– Você não escutou o que eu falei ,sua mulher te viu na cama com a Kate e acha que você a traiu,ela está na casa dos Pais dela ,e está mal Edward,espero que você esteja feliz com isso – falou ele

– Pai ,eu não tive nada com a Kate,pode chamar ela que ela te fala.

– Sua mãe a expulsou daqui – falouo ele.

– Expulsou?como assim,mais isso é apenas um mal entendido ,nós vamos esclarescer isso olha...

– Edward, ela assumiu ,ela disse que vocês dormiram juntos ,sua mãe ficou com muita raiva e a colocou para fora de casa. – eu não estava acreditando no que meu pai tinha me dito,Kate mentiu dizendo que tinhamos ficado juntos,a Bella estava pensando que eu trai ela, eu prescisava falar com a Bella ,explicar, com a Kate depois eu resolvia. –pai eu presciso falar com a Bella,dizer que era tudo mentira.

– E você acha que ela vai acreditar Edward?ninguém contou pra ela ,ela viu com os proprios olhos, - falou ele

– Onde está Alice?- perguntei

– Lá embaixo – eu não esperei meu pai terminar de falar e desci as escadas correndo,todos me olharam torto,eu sabia que ninguém acreditaria em mim, mais eu prescisava falar com a Bella, explicar que tudo é uma mentira da Kate.

– Alice,por favor liga pra casa da Rennê,pede pra falar com a Bella,eu presciso me explicar.

– Edward, por que eu faria isso? O que você fez com ela foi uma corvardia ,como teve coragem de trair a sua mulher grávida dentro da própria casa ? – perguntou Alice.

– Eu não,trai ela,eu não sei o que a Kate fez pra que todos acreditassem nisso,mais eu nunca transei com ela ,nem quando agente namorava – falei,- eu só quero minha mulher devolta,eu presciso Alice por favor – só então eu percebi que estava chorando,eu estava com medo de perder a Bella por causa de uma mentira da Kate.

– Você tem certeza? Não teve nada com ela meu filho ? – perguntou minha mãe.

– Não,Mãe eu amo a Bella,e ela é a única mulher que eu amo,e a única que eu desejo, eu nunca trairia ela,eu não sei como fui parar ali no quarto dela, mais eu juro pela minha filha eu não encostei um dedo nela – falei,então eu vi Alice pegar o telefone então discou o número do telefone da Rennê.

– Alô – falou Alice – oi Rennê a Bella já acodou? ... e será que eu posso falar com ela?... a tudo bem ,mais ela está bem Rennê?....então depois eu ligo – eu olhei para Alice e apontei para mim sinalizando que eu queria falar com a Bella,Alice me pediu pra esperar. – Rennê o Edward está que nem um desesperado ele quer falar com ela ,ele disse que vai até ai ver se conseguia conversar com ela.... mais eles prescisam conversar,o Edward não foi até ai ainda por que o meu pai não deixou, mais não vamos conseguir segura-lo por muito tempo, ele está desesperado...tudo Bem Rennê ,até depois – falou ela e então desligou.

– Então Alice o que a Rennê disse? – perguntei

– A Bella não quer falar com ninguém, ela disse que ela está mais ou menos ,mais pela voz da Bella e deve estar horrivel e ..

– Você ouviu, ela ? – perguntei

– Sim! Ela disse que não queria falar- respondeu ela

– Eu vou atrás dela - falei

– Edward dá um tempo a ela,deixa que ela esfrie a cabeça primeiro ,depois você vai expilcar alguma coisa pra ela – falou Alice.

– Não estou falando da Bella,vou atrás da kate, e faze-la engolir as palavras dela com minhas própriaas mãos, ela vai pagar por ter destruido minha vida – falei e então quando ia sair a porta de abriu, eu olhei e então a vi ,Kate estava sorrindo eu avancei sobre ela e a empurre contra parede,eu não via nada na minha frente só tinha vontade de matar essa desgraçada.

– Ai Edward,tudo isso é saudade ? – falou ela sorrindo eu apertei o braço dela.

– Edward você está ficando louco solte ela – falou meu pai,eu a soltei a fuzilando com os olhos

– O que está fazendo aqui Kate? – perguntou minha mãe

– Vim ,buscar minhas coisas – falou ela , me olhando

– Você é doente garota,tem agum problema por que você fingiu que agente tinhamos dormido juntos? Falei

– Edward,não estava nos nossos planos que a Bella nos pegasse,por favor não prescisa ficar fingindo que não se lembra na frente da sua familia, eu já contei . – falou ela então eu a peguei pelos braços e comecei a sacudi-la

– Está ficando louca eu nunca tive nada com você,eu quero que você fale a verdade pra minha familia – falei parando de sacudi-la

– a Verdade? Tudo Bem .. eu encontrei o Edward na porta do Banheiro e ele me disse que não estava se sentindo bem eu o levei para o carro e disse que iria chamar a Bella, mais ai o Edward me agarrou, e nós acabamos aqui na minha cama. – falou ela

– Para com isso Kate,a troco de quê quer destruir minha vida? – perguntei a ela.

– Eu não quero destruir sua vida Edward, quero ficar com você – falou ela sorrindo.

– Eu sou casado e amo minha mulher – respondi

– Não vai ser casado por muito tempo,com o que a Bella viu ontem – falou ela sorrindo, eu não aguentei e lhei dei uma bofetada que ela caiu no chão e começou a sangar na sua boca.

– Edward se contenha,não pode bate nela ela é mulher – falou meu pai

–Pra mim não passa de uma maldita mentirosa,se não quer que eu mate ela então a tire daqui – falei e então corri para o meu Quarto,eu peguei o telefone e disquei o numero da Rennê,chamou umas duas vezes e então o telefone foi atendido pela mãe da Bella.

– Alô – falou ela

– Rennê,sou eu o Edward,por favor me deixa falar com a Bella – falei

– Desculpe Edward,a Bella não quer falar com você, e vou te dizer uma coisa o que você fez com a minha filha foi covardia,se queria só brincar com ela era melhor nem ter aceitado se casar com ela, agora minha filha está sofrendo por sua causa – falou ela num folêgo só.

– eu não ..

– Desculpe Edward, estou ocupada – então ela desligou ,eu me deitei na nossa cama e peguei o travesseiro dela e comecei a sentir o seu cheiro,as lágrimas começaram a cair mais uma vez ,eu tinha que trazer minha mulher de volta,tinha que fazer ela acreditar em mim ,se não eu morreria.passei a manhã inteira dentro do quarto sem vontade pra nada,minha mãe veio me chamar para almoçar mais eu não quis,não tinha fome,meu pai abriu a porta do meu quarto e entrou.

– Edward,podemos conversar ? – perguntou ele

– O que foi,a kate agora inventou o que? – falei de má vontade

– Olhe pra mim – falou ele,aquilo me intrigou por que ele queria que eu o olhasse .

– Você realmente não teve nada com a Kate? – perguntou ele

– Pai,eu não tive nada com ela,se eu tivesse tido teria me lembrado ,por que eu só me lembraria até a parte que ela me deixou no carro e foi procurar a Bella?- eu não tive nada com aquela mulher – falei

– Eu acredito em você – falou ele,aquilo me surpreendeu,ele acreditava em mim?

– Sério? então me ajuda a trazer a Bella de volta – pedi

– Eu na verdade, acho que posso te ajudar – falou meu pai,imediatamente eu me sentei na cama – Como? - perguntei

– Eu tenho quase certeza que a Kate te drogou – falou ele,nesse momento tudo fez sentido eu me lembrei da bebida que ela nos ofereceu e de como a minha estava com um gosto estranho, então contei ao meu pai,ele concordou comigo que talvez tenha sido nessa bebida que ela colocou algo.

– Edward,nós podemos ir até o hospital fazer um exame toxicologico , você não comeu nada o dia inteiro e isso de certa forma é bom, a substância está forte ainda no seu organismo, se você tiver sido realmente drogado o exame vai acusar.

– Pai,por que você chegou a essa conclusão?- perguntei

– Ontem na hora que a Bella te viu,Alice deu uma surra na Kate o barulho acordou sua mãe e eu, e você que estava no quarto com elas nem se mecheu, eu também passei a noite inteira tentando te acordar,se eu provar isso a kate vai ser demitida por que concerteza deve ter pegado algum calmante forte no hospital e colocado na sua bebida,se isso realmente aconteceu eu vou denuncia-la para o concelho de ética. – falou ele

– Não me importo se ela vai ser demitida ou não ,só quero que a Bella me perdoe e volte para casa.

Nós fomos até o hospital e eu fiz o exame,que só sairia com vinte e quatro horas,eu quis ir embora dali logo,eu não queria ver a cara dela ,teria coragem de quebra-la , ao chegar em casa fui para o meu quarto tomei um banho e me deitei mais uma vez abraçado ao travesseiro dela,não vi a hora passar,minha mãe foi várias vezes no meu quarto tentou conversar comigo mais eu não tinha animo para nada.a noite chegou e com ela trouxe mais solidão,me sentia perdido sozinho deitado na nossa cama,eu daria tudo para que ela tivesse aqui comigo,minha mãe entrou no quarto com uma bandeja de comida e sentou na minha cama.

– Você prescisa comer Edward – falou ela

– Estou sem fome

– Meu filho ,assim vai ficar doente,olha eu sei que tudo isso é minha culpa ,seu pai não fala ,mais, me olha como se me culpasse.- falou ela

– Você não tem culpa da sua sobrinha ser uma louca – falei

– Mais foi eu que aceitei ela dentro de casa,È minha culpa sim

– Se culpar não vai mudar o que aconteceu – falei

– Meu filho ,o que eu mais quero é que você e a Bella se acertem - falou ela saindo e me deixando sozinho,a minha noite foi angustiante ,queria que chegasse logo amanhã e saber o resultado para mim poder procurar a Bella e pedir perdão por ter sido tão burro, eu estava morrendo de saudades dela,de dormir abraçado com ela, de sentir nossa filha mexer,sentia saudades do sorriso, não suportava mais saber que ela deveria me odiar pelo que ela acha que eu fiz, eu peguei o telefonte e disquei o numero de celular dela, tinha esperanças que ela atendesse mais só chamou e então caiu,então resolvi ligar para a mãe dela que atendeu o telefone no segundo toque.

– Alô – falou ela

– Rennê, sou eu e a Bella ela como ela está? – perguntei

– Edward, para de ligar a Bella,não quer saber de você,não se preocupe a noite eu vou ai tirar as coisas dela, - falou e então desligou o telefone.

Eu passei a manhã inteira,impassiente, pedindo a Deus que chegasse logo a tarde, eu fui em direção ao hospital ,direto na sala do meu pai, quando entei ele estava com um papel na mão.

– Seu exame Edward – falou ele

– Você leu?

– estava te esperando - respondeu meu pai,ele se levantou e me entregou o exame,eu comecei a ler e então cheguei a parte mais importante eu estava realmente Drogado esse papel provava que eu fui vitima de um golpe , a Kate tinha mentido eu não tinha tido nada com ela,eu abraçei meu pai que ficou muito feliz com o resultado,nós fomos procurar a Kate em busca de explicações,ao chegar lá vi que ela estava atentendo um paciente e quando me viu sorriu,

– Edward? que surpresa, pensei que fosse demorar mais pra voltar a trabalhar – falou ela

– Eu não vim a tabalho, queremos conversar com você – falei

–você e quem ?– perguntou ela

– Sim , eu meu pai – respondi , ela tirou o sorriso do rosto e então uniu as sombrancelhas.

– Edward, por favor aceita logo que você traiu a sua esposinha comigo,e saiba que você me bater não vai mudar nada.

– Você me drogou? – eu vi ela ficar pálida,ela não esperava por isso

– Por favor, você quer acreditar nisso ,você quem sabe – falou ela

– Eu tenho provas – falei

– Provas? Você é muito engraçado Edward, entenda de uma vez ,você dormiu comigo.talvez não se lembre ou não quer lembrar mais essa é a verdade .

– verdade kate – falou Meu pai- Então por que no exame toxicólogico do Edward deu que ele tinha consumido uma alta dose de calmante ? – perguntou ele.

– Sei lá,ele pode ter se drogado na festa mais eu não droguei ele,nós ficamos sim juntos – insistiu ela.

– kate por favor ! fale a verdade no exame do Edward deu que ele consumiu alta dose de clonazepam e você como infermeira te acesso a esse tipo de medicamento,eu vou denuncia-la ao conselho de ética e você nunca mais vai trabalhar em nenhum hospital na sua vida – falou meu pai

– Não tio por favor, se o senhor for falar isso eles vão me demitir, por favor.

– Então você admite que me drogou ?

– Sim,eu droguei , eu tive muita raiva de te ver com a Bella,queria você pra mim Edward por isso eu fiz isso, mais por favor tio Carlisle não me entregue ao conselho.

– Kate depois nós vamos conversar,agora eu tenho que ver uns pacientes - falou meu pai, e eu iria atrás da minha mulher iria trazer ela de volta pra mim,eu corri para o meu carro e dirigi até a casa dos pais dela,ao chegar lá fui em direção a porta,por dentro eu estava morrendo de medo de ser rejeitado por ela,e se ela não me quizesse mais,eu me enchi de coragem e bati na porta.

Continua....

Notas finais do capítulo
REVIEWS?
Até amanhã




(Cap. 28) Reconciliação

Notas do capítulo
Pessoal mais um capitulo da fic..
Beeijos'

Pov Bella

Já fazia dois dias que eu não via o Edward,ele tinha ligado algumas vezes querendo falar comigo ,mais minha mãe não me passou a ligação e pra falar a verdade não estava pronta para falar com ele agora,nesses dois dias eu não quis nem falar com Alice ,eu sei que ela não tem culpa e ela é minha melhor amiga, mais ela me lembra o Edward e tudo o que eu mais quero parar de sentir a dor que estou sentindo agora,o Jacob foi o único que eu quis ver,ele é a pessoa mais incrivel que eu conheço,ficou conversando comigo e me escutando ,e me dando forças,mais agora que eu estava sozinha me sentia péssima, sem vontade pra nada nem para sair do quarto,minha mãe iria hoje na casa dos pais do Edward buscar minhas roupas,eu estava usando algumas coisas que esqueci aqui,mais quase não serviam eu engordei por causa da grávidez,eu então comecei ouvir uns barulhos lá em baixo ,uma gritaria, era meu pai discutindo com alguém ,eu me levantei ele estava brigando com a minha mãe? Mais ele nunca foi tão grosso com ela, fui até a escada ver por que eles estava brigando então o vi, ele estava parado segurando a porta naquele momento ele me olhou e então eu corri de volta para o quarto.

– Bella - gritou ele ,eu entrei no quarto e comecei a chorar,por que ele simplesmente não me deixa em paz,ou será que ele acha que eu vou aceita-lo de volta depois do que ele me fez,apesar de amar o Edward com toda minha alma eu não podeia aceitar uma traição,eu nunca perdoaria ele por tudo que ele me fez passar.

– Bella – falou ele na porta do meu quarto – Nós temos que conversar por favor – pediu ele me olhando tristemente.

– Seu insolente,saia da minha casa agora antes que eu te bata seu moleque- falou meu pai empurrando Edward.

– Pai,deixa ele, eu quero ouvir – falei,meu pai me olhou perplexo e então disse – Bella depois de tudo que ele te fez,você ainda quer conversar com ele?

– Sim,por favor não faça nada ao Edward – pedi, ele então soltou Edward olhou pra ele e disse – Eu vou estar la embaixo se eu ouvi qualquer coisa eu venho aqui e quebro sua cara ,que é o que eu deveria ter feito ,no dia que eu descobri que você tinha engravidado minha filha,se eu tivesse feito talvez hoje ela não estivesse sofrendo assim – falou ele

– Não se preocupe, nós não vamos brigar – falou Edward

– Vamos lá para baixo Charlie – falou minha mãe levando ele.

– Bella meu amor nós prescisamos conversar houve um ..

– Não me chame assim,você perdeu esse direito quando foi pra cama com a sua priminha – falei.

– Bella você tem que me escutar,as coisas não aconteceram assim- falou ele

– E como foi ?me diz por que eu não entendo como teve coragem de fazer isso comigo ,eu estava deseperada te procurando e onde você estava?na cama com outra do lado do nosso quarto – falei já chorando

– Bella foi tudo uma amarção da Kate,eu nunca tive nada com ela –falou ele,

– Edward por favor,não torne tudo pior ainda,você acha que eu vou acreditar nessa mentira – falei

– Bella ,eu juro ,olha meu pai fez uns exames em mim que comprovam que eu estava dopado,a kate me drogou e me levou pro quarto dela para que você pensasse que eu tinha te traido,meu amor eu nunca faria isso com você,eu estou morrendo Bella,quero você devolta,você e Renesmee são tudo pra mim,eu jamas te trocaria por mulher nenhuma -falou ele e uma lágrima desceu no rosto dele,eu não podia negar que ele parecia sincero,mais como eu poderia acreditar se eu mesma vi com meus proprios olhos eles juntos.

– Por favor Edward vai embora, eu não quero ouvir mais mentiras – falei.

– Bella,por favor acredita em mim,eu te amo, eu nunca fui para cama o a Kate,ela me enganou me deu aquela bebida e depois eu comecei a me sentir mal,eu fui ao banheiro e então fiquei com umas tonturas eu encontrei ela e ela me levou para o carro e me disse que iria te buscar,então depois disso eu não me lembro de mais nada ,meu pai desconfiou que eu estava drogado e me pediu pra fazer o exame – ele me entregou um papel e eu peguei – depois que saiu o resultado meu pai ameaçou a Kate e ela confessou que tinha me drogado e que não houve nada entre nós. – falou ele,Edward chorava, eu peguei o papel e acomecei a ler,lá estava escrito que continha alta dosagem de Clonazepan no sangue dele, eu olhei para Edward que estava chorando.

– Você não me traiu? – perguntei entre lágrimas

– Nunca,meu amor- eu pulei nos braços dele e então o beijei com paixão,eu estava completamente aliviada, eu tirei um peso do meu coração,nosso beijo era cheio de saudade apesar de só estarmos separados a dois dias ,para mim era com se fosse uma eternidade,de repente eu me senti completa denovo.

– Volta pra casa comigo,eu estou ficando louco sem você – falou ele

– Não – falei me separando dele ,Edward me olhou tristemente

– Bella eu sei que fui um burro por ter confiado na kate,mais pelo amor de Deus volta pra mim,eu não aguento ficar longe de você – falou ele

– Eu sei Edward,eu também me sinto assim,mais eu não vou ficar na mesma casa que ela,não depois do que ela fez com agente,nós quase nos separamos por causa dela,eu não suportaria – falei

– Ela não está la,minha mãe a colocou pra fora de casa,eu também não iria querer morar na mesma casa que ela – falou ele.

– Sua mãe,colocou ela pra fora?- perguntei incrédula

– Sim – respondeu ele

– Bella ,você vai voltar pra casa? - perguntou ele,a verdade e que eu não queria morar na casa dos pais do Edward,eu queria minha casa onde eu podesse fazer o que quizesse e ter minha privacidade.

– Eu volto com uma condição – falei

– Qualquer uma – respondeu Edward

– Que você concorde que eu arrume um emprego,eu não quero mais morar na casa dos seus pais ,quero um lugar só nosso – falei

– Bella,não prescisa você trabalhar,eu juro nós vamos comprar nossa casa –falou ele.

– Mais eu quero te ajudar ,assim é mais rápido – falei

– Tudo Bem,se essa é sua condição,eu só quero ter você devolta

– Eu juro que se eu ver essa garota eu mato ela,como ela teve coragem de fazer isso com agente ,eu nunca fiz nada com ela - falei

– Inveja meu amor da nossa felicidade,mais eu quero esquecer que ela existe e só pensar em você e na nossa filha. – Depois de conversarmos decidimos que tinhamos que falar com meus pais e contar o que houve,eu sabia que o meu pais estava com muita raiva do Edward tanto que não acreditou quando nós contamos,ele e minha mãe ficaram meio relutantes e só acreditaram quando Edward falou que carlisle que tinha descoberto.

– Bella você tem certeza que vai voltar pra la – perguntou minha mãe

– Sim,eu queria ter um lugar só meu ,mais o Edwar concordou que eu trabalhasse então assim que eu receber eu vou procurar uma casa pra alugar,pelo menos vai ser um lugar só nosso – falei

– Minha filha,qualquer coisa você sabe que pode vir até mim,Bella eu só quero a sua felicidade – falou ela

– Eu sei mãe, e agradeço, a senhora sabe que aminha felicidade está agora na sala me esperando – falei e então minha mãe sorriu – Eu fico feliz que tenha sido tudo uma mentira daquela garota,eu sei o quanto você estava sofrendo com tudo isso – minha mãe me abraçou , então eu fui até o meu pai e lhe dei um beijo.

– Cuide da minha filha Edward,se ela aparecer aqui naquele estado que ela veio mais uma vez ,eu não vou querer saber se você tem culpa ou não ,vai me pagar –falou charlie.

– Pode deixar,agora eu vou está atento- respondeu Edward,nós fomos ra casa dele em silêncio ,Edward não soltou miha mão nem para dirigir,eu estava feliz de voltar pra ele,mais aquela casa nunca mais seria a mesma,eu não queria voltar pra la ,mais eu queria o Edward e esse era o único jeito.

– O que foi meu amor?está tão quieta - falou ele

– Eu não queria voltar para sua casa, sei lá ,quando eu entrar vou lembrar da cena que eu vi – falei,nós estavamos estacionados em frente a casa dos Cullen

– Bella,eu vou fazer o possivel,pra comprar a nossa casa,não vamos ficar aqui por muito tempo eu te prometo – falou ele e então segurou minha mão.aos entrarmos na casa eu fui recebida com um abraço da Alice.

– Bella eu não acredito que o Edward te trouxe de volta,estava tão preocupada com você – falou ela.

– Obrigada Alice,agora eu estou bem,já que tudo foi esclarecido – falei

– Meu Pai ligou,e contou tudo – falou ela.

– Bella,eu estou com tanta vergonha de você,eu sei que tudo foi minha culpa se eu tivesse ouvido o Carlisle e não tivesse aceitado a Kate aqui ,nada disso teria acontecido – falou ela

– Ninguém teve culpa Esme – falei

– Eu estou feliz que tenham voltado – falou ela

– Eu também,mãe – falou Edward me beijando

Edward e eu fomos para o nosso quarto,ao chegar lá Edward me jogou na cama e começou a me beijar,eu não poderia negar que estava adorando estava sentindo muita falta dele e de seus beijos e do toque das suas mãos no meu corpo.

– Estou com tanta saudade de você Bella – falou ele,enquanto dava mordidas no meu pescoço

– Eu também meu amor – falei com a respiração acelerada devido as cáricias ousadas que estava recebendo dele.Edward me deitou na cama e então tirou a camisa então se deitou por cima demim,era um pouco imcomodo por causa da minha barriga,mais ele não estava colocando o seu peso em cima de mim,Edward se sentou e me colocou no seu colo e começou a abaixar a alça da minha blusa enquanto dava beijos por todo o meu colo, e eu segurava seus cabelos então puxei seu cabelo para que ele me beijasse,Edward prontamente me obedeceu ele colou sua boca na minha ,nós estavamos com fome um do outro, Edward tirou minha blusa me deixando apenas de short e sutiã,ele ainda estava muito vestido eu interrompi o nosso beijo para abrir a calça dele ,ele me colocou no chão e então terminou de tirar ficando só de boxer ele me olhou sorrindo então voltou a me beijar me deitou na cama mais uma vez e então tirou me short me deixando só de calçinha ele começou a dar beijos na minha coxa,Edward começou a me acariciar intimamente nesse instante eu me esqueci que estava na casa dos meus sogros e que todos estava acordados e soltei um gemido um pouco mais alto,Edward sorriu.

– Eu quero você Bella – falou ele

– Sou sua – respondi,Edward se sentou e começou a tirar minha calcinha a porta do nosso quarto se abriu.

– Bellinha ai meu Deus – falou Emmet ,eu soltei um grito sem querer e então ,eu fiquei morrendo de vergonha concerteza deveria está muito vermelha

– Droga Emmet ,não sabe bater na porta? – perguntou Edwatd ,me intregando um cobertor.

– Desculpa pessoal,eu estou saindo podem continuar com a brincadeirinha de vocês,eu só vim dar as boas vindas a Bella – falou ele e então fechou a porta.

– Ai que vergonha Edward,seu irmão quase me viu completamente pelada – falei

– Eu me esqueci de trancar a porta ,me desculpe Bella –falou ele

–Com que cara e u vou olhar para o Emmet agora? – perguntei aborrecida

– Com a única que você tem,Bella nós somos casados não é nenhum espanto que agente faça sexo.

– Eu sei ,mais ele pegar agente quase fazendo é – falei então me levantei da cama.

– Aonde você vai? – perguntou ele me olhando

– Tomar banho,e descer – falei

– Mais e eu,vou ficar na mão ? – perguntou ele

– Edward,agora não tem mais clima,mais tarde agente continua – falei e então entrei no banheiro.

Eu não falei nada, mais era por isso que eu queria uma casa só minha,a falta de privacidade na casa do Edward era grande,nós não podiamos discutir que todo mundo sabia,eu sei que o Edward está trabalhando para isso, tudo que eu mais queria era que nós tivessemos nosso lugar,depois do flagra do Emmet ,tomei meu banho e desci Alice tinha saido com o Jazz e a Esme estava na sala conversando com o Carlisle e o Emmet estava jogando video Game.

– OI Bella e ai já acabou tão rapido a brincadeirinha de vocês? – perguntou ele sorrindo sacana.

– Muito engraçadinho você – respondi

– Bella, fico feliz que você e o Edward tenham feito as pazes – falou Carlisle

– Obrigado Carlisle – falei

– Eles estavam selando a reconciliação deles agora pouco pai – falou o idiota do Emmet.

– Emmet,deixe de ser incoveniente – falou minha sogra

– Mais o que foi que eu fiz? – perguntou ele,Edward também desceu e ficou na sala com agente.

– Eu denunciei a Kate pra a diretoria do hospital,ela pediiu por tudo que eles não denunciasse ao conselho de ética e eles aceitaram, mais demitiram ela por justa causa – falou Carlisle

– Será que ela vai ficar por aqui? – perguntou o Emmet

– Não ,eu liguei para minha irmã e contei o que a kate fez ,ela disse que iria mandar ela voltar e se ela se negasse iria vir buscar ela aqui – falou a Esme.

Se passaram duas semanas desde o dia que eu voltei para casa dos Cullen,eu estava tentando arranjar um emprego mais estava dificil, ninguém queria empregar uma grávida,eu passava a maior parte da tarde sozinha de uns dias pra cá a Esme e a Alice saiam todo dia a tarde,e passavam a tarde toda fora e eu para não ficar completamente só, ia para casa da minha mãe,meu casamento vai as mil maravilhas,Edward continua atencioso e muito carinhoso comigo,hoje a noite nós sairiamos para jantar, ele me comprou um vestido lindo disse que me levaria a um lugar especial,como sempre Alice e Esme não estavam ,e eu como estava com preguiça de ir até a casa da minha mãe,passei a tarde inteira aqui deitada vendo televisão,eram umas quatro da tarde quando Alice voltou sozinha do passeio com a Esme,ela disse que iria me ajudar a me vestir para jantar com o Edward,como não tinha sentido discutir acabei aceitando e aqui estava eu sendo maquiada pela Alice.

– Falta muito ? – perguntei impaciente.

– Calma Bella , estou quase acabando – falou ela,vinte minutos depois ... – Terminei – falou Alice.

– Pensei que iria perder o jantar – falei sorrindo

– Mal agradecida – falou ela me estirando a lingua

– Bom eu já vou o seu irmão deve está me esperando a um tempão –falei,eu desci as escadas Edward estava lindo me esperando nós fomos no carro dele,eu estava achando diferente o caminho por onde estavamos indo,por aqui não tinha nenhum restaurante.

– Para onde vamos? – perguntei curiosa

– Calma quando chegar você vai ver – respondeu ele sorrindo,uns minutos depois Edward estacionou o carro em frente a uma casa.

– Vamos jantar com algum amigo seu? – perguntei

– Não ,só eu e você – ele respondeu

– Então o que estamos fazendo aqui? – perguntei,Edward abriu a porta do carro e saiu em direção a minha porta ele abriu e então eu sai ,não tinha idéia do que iriamos fazer ali, mais eu estava com Edward e nada mais importa .

– Pode entrar senhora Cullen – falou ele.

– você pegou essa casa com alguem? Perguntei

– Mais ou menos isso , e então você gosta? – perguntou ele

– Sim,é linda – respondi,e era a mais pura verdade, a casa era linda muito bem decorada com moveis lindos eu fiquei encantada.

– Vou te levar ,ao nosso jantar, - falou Edward.ele me levou até a sala de jantar, e eu fiquei abismada com a decoração,tudo estava lindo muito bem decorado,Edward puxou a cadeira para que eu sentasse ,então nós começamos a conversar, o jantar estava uma delicia,tudo estava perfeito.nós terminamos de jantar e então Edward me convidou para conhecer a casa e eu prontamente aceitei,ele me mostrou cada cômodo da casa,só faltava os quartos.

– Vem meu amor,quero que você veja como essa casa também élinda em cima - falou ele,nós subimos e ao chegar lá Edward me chamou.

– Bella, quero te mostrar um lugar especial nessa casa – falou ele.

– O que?- perguntei,Edward segurou minha mão e me guiou até uma porta,então ele abriu a porta e eu fiquei em choque ao ver o que tinha atrás da porta,era um quartinho de bebê ,era lindo totalmente decorado.esse concerteza seria o quarto perfeito para Renesmee,

– O que achou?

– È tudo muito lindo .concerteza esse bebê que vai dormir aqui vai ter muita sorte o quarto é lindo a casa é toda linda – falei

– Quer saber de uma coisa ? – perguntou ele

– Claro – respodni

–Essa casa ... é sua .

Continua..............

Notas finais do capítulo
prontinho pessoal espero que tenham gostado,
perdão pelos erros
Beeijos e não se esqueçam dos REVIEWS...
Beeijos




(Cap. 29) Casa Nova

Notas do capítulo
Bom galera eu sei que demorei mais eu estou de volta
Espero que gostem do capitulo!

Pov Bella

– Com assim essa casa é minha?- perguntei surpresa

– È isso mesmo ,essa casa é sua ou melhor nossa – falou ele

– Edward com que dinheiro você comprou essa casa ?

– Na verdade foi um presente dos meus pais – respondeu ele

– Nós não podemos aceitar,essa casa de ve ter custado uma fortuna ,eu não quero que pensem que estou enteressada no dinheiro deles. – falei

– Assim você está ofendendo meus pais Bella eles deram a casa por que quizeram ,eu não pedi nada a eles,você acha mesmo que eles iriam pensar isso de você?

– Edward, é que .. – eu tentei falar mais ele não me deixou continuar

– Você não gostou é isso? por que se for agente pode mudar algumas coisas. – falou ele

– Não ,é perfeita ,mais é que eu fico com vergonha de receber um presente tão caro – falei olhando pra ele ,então ele sorriu.

– Eles viram que agente estava prescisando de um pouco de privacidade por isso nos deram a casa,a minha mãe a Alice passaram dias decorando ,elas vão ficar muito tristes se você não quizer aceitar .

– Tudo bem ,meu amor eu não vou fazer essa disfeita – respondi

– Então vamos conhecer o resto da casa? – perguntou ele intusiasmado

– Ainda tem mais? – perguntei

– Claro ,onde você acha que nós vamos dormir?

Edward me levou até uma porta em frente ao quarto da nossa filha ,e então abriu ,o quarto era enorme muito maior que o nosso na casa dele,eu entrei e para ver melhor e a cama era enorme eu fui até o closed e abri era enorme Alice concerteza que deve ter escolhido essa casa ,eu fui até uma porta que tinha dentro do quarto e ao abri-la percebi que era um banheiro, tinha uma banheira dentro,eu fiquei tão absorta olhando tudo que nem notei a presença do Edward perto de mim e acabei levando um susto quando ele falou.

– Eu adorei esse banheiro ,na veradade essa banheira era bem pequena eu mandei colocar uma grande pra gente tomar banho juntinho - falou ele no meu ouvido me deixando arrepiada o que não passou despercebido por ele que acariciou meu braço.

– Eu adorei tudo Edward, é perfeito para nós três – falei acariciando a minha barriga.

– Que bom que você gostou ,nós podemos nos mudar para qui quando você quizer – falou ele

– Serio?

– È sim ,eu cuidei de tudo,minha mãe e Alice decoraram a casa inteira,e eu até já fui ao mercado e fiz as compras da casa – falou ele .

– Meu amor,você é perfeito – falei dando um selinho nele.

– È só isso que eu ganho por escolher essa casa linda pra você e ainda te livrar de ter um closed do tamanho da metade da casa? –falou ele fingindo estar indignado.

– Me desculpe senhor meu marido, eu vou agradeçer direito – falei e então o beijei,com paixão, o nosso beijo foi ficando urgente e então o Edward começou a me levar em direção ao Quarto ele me deitou na cama destribuindo beijos por todo o meu corpo e então começou a tirar a minha roupa ...

*****

Acodei com as caricias do Edward – Eu quero dormir – falei me virando para o outro lado – Bella já são 8:00 hrs da manhã - falou ele,eu abri meus olhos assustada e me sentei – O que? Já amaheceu o dia? – perguntei olhando em direção a janela,que estava aberta.

– Sim,meu amor e nós percdemos a aula,acabamos dormindo demais – falou ele sorrindo – Isso é tudo culpa sua – falou ele eu o olhei em choque

– Por que é mina culpa? Você acordou primeiro por que não me chamou logo? – falei irritada.

– A culpa é sua que não me deixou dormir a noite – falou ele sorrindo

– Você não parecia que queria dormir – falei e então me levantei e me cobri com o lençol, pois ainda estava sem roupa.

– Bella para que isso, até parece que eu nunca te vi sem roupa – falou ele ,me fazendo corar na hora.- você não prescisa ter vergonha de mim – falou Edward se aproximando e puxando meu lençol mais eu o segurei – Mais eu tenho – respondi.

– Mais quando agente faz amor ,você não se importa de ficar sem roupa na minha frente e nem quando tomamos banho juntos – falou ele

– Mais é diferente ,Edward eu não me sinto confortavel em ficar sem roupa na sua frente, por que eu estou horrivel com essa barriga – falei e baixei a cabeça.

– È claro que não meu amor, sua barriga de grávida te deixa ainda mais linda,Bella é a nossa filha que você está carregando,cada dia que passa você fica mais linda ainda, - falou ele segurando o meu rosto

– Seu mentiroso – falei sorrindo

– E quando foi que eu menti para você? – perguntou ele levantando a sobrançelha .

– Nunca – respondi

– Então, deixa de besteira e vamos tomar nosso banho para ir embora se não vão pensar que agente não volta mais – falando isso Edward me puxou para o banheiro e ao chegar na porta tirou o lençol que cobria meu corpo e nós entramos juntos dentro da banheira,Edward me deitou no seu peito e ficamos trocando beijos e caricias durante o nosso banho,assim que terminamos nosso banho e nos vestirmos com a mesma roupa de ontem por que não tinhamos nenhuma roupa aqui, fomos até a cozinha comer alguma coisa.

– Ainda Bem, que eu fiz compras se não iriamos voltar para casa com a mesma roupa e com fome – falou ele e sorrindo

– Edward é melhor nos irmos já são 10:00 hrs daqui pouco você vai ter que r para o hospital - falei indo até a pia lavar a louça que nós usamos ,Edward e eu fomos embora e ao chegarmos na casa dos pais deles trocamos e roupas e descemos, Esme estava no jardim com carlisle nós fomos até lá agradescer o presente .

– Bom Dia – falaram os dois sorrindo para mim e Edward.

– Bom dia – respondemos juntos

– Eu vim agradescer o presente de vocês ,a casa é muito linda ,claro que não prescisavam ter se imcomodado com isso ,mais eu adorei de verdade a casa é linda – falei

– Que bom que gostou Bella,é o minimo que agente pode fazer depois do que aconteceu com a Kate,assim com uma casa só de vocês ,isso nunca mais vai se repetir – falou a Esme

– Bom e também você e o Edward prescisam de privacidade e uma Casa onde tem o Emmet ninguém tem privacidade – falou ele sorrindo .

– Muito obrigada de verdade – falei.

– E Então? Quando vão se mudar? – Perguntou a Esme.

– Na segunda Mãe, é o tempo pra arrumar nossas coisas lá,hoje é sexta feira então vamos passar o fim de semana aqui ,e na segunda quando tiver tudo pronto nós nos mudamos – falou Edward.

– Edward,mais eu espero que seja depois da escola,não pense que só por que vai sair da qui,que vai relaxar dos estudos,você e Bella não deveriam ter faltado hoje – falou Carlisle repreendendo o Edward.

– Eu sei Pai,acontece que nós perdemos a hora – respondeu Edward.

– Carlisle pare de pegar no pé dele, Edward é responsável,ele sabe que tem que estudar,tem uma filha e uma mulher para cuidar – falou a Esme.

– Eu estou indo, vou para o hospital mais cedo hoje, já que eu não fui para escola assim eu volto mais cedo a noite – falou Edward,eu acompanhei ele até a porta onde se despediu de mim com um beijo,almoçei com a Esme e o Carlisle ,ela falava animadamente de tudo que ela tinha escolhido para a decoração da casa e que o quarto da Rennesme o Edward escolheu com a ajuda da Alice,eu não via a hora de ir para minha casa,onde só seria Edward e eu e em breve também a nossa filha ,Eu gostava da casa da Esme,mais não era minha e o único lugar que eu me sentia dona era o meu quarto mais eu não iria ficar o dia todo trancada lá dentro,depois do Almoço ajudei a Esme com a louça e depois fui ler um livro no meu quarto,eu estava totalmente absorta na historia quando Alice entrou voando dentro do quarto,esse era mais um dos motivos que eu queria uma casa.

– Bellinha me conta,o que você achou da sua casa? e por que você não foi a escola hoje? Humm você e o Edward já até fizeram uma festinha particular né?

– Alice,será que dá para perguntar uma coisa de cada vez?e sim eu amei a casa é linda e perfeita, e eu acabei perdendo a hora por isso não fui pra escola,e não fizemos nenhuma festa !

– Não e como vocês perderam a hora? – perguntou ela me olhando sarcasticamente.

– Nós inauguramos a nossa cama,pode? – perguntei

– Claro que pode – falou ela sorrindo.

– Eu não sabia que vocêr queria se livrar tanto de mim , está tão animada com a idéia de que eu vou embora da sua casa – falei me fingindo de ofendida.

– Claro que não Bella,nem acredito que você pensa isso de mim,é mais eu deveria está acostumada né? Você sempre me exclui da sua vida – falou ela fechando a cara.

– Alice eu estou brincando,é claro que eu nunca te exclui de onde você tirou isso?

– Bella primeiro voce transou com meu irmão,e não me contou eu só fiquei sabendo por que você engravidou coisa que você também não me contou eu descobri sozinha e agora quando aconteceu aquilo com a Kate você não quis falar comigo, -falou ela magoada

– Alice, me desculpa eu sei que o que você fala é verdade,mais que o fato de você ser irmã do Edward influenciou um pouco nisso tudo. – falei.

– Eu sei Bella, é por isso que eu não fiquei chateada com você e claro que me deixou um pouco magoada,mais é passado é melhor deixar isso pra lá, então me fala você gostou do quarto da Ness... Renesmee - falou ela quando eu fiz cara feia quando ia chamar minha filha de Nessie.

– Eu amei, ficou tão lindo ,você e o Edward escolheram muito bem – falei

– O Edward praticamente não me deixou escolher nada,ele que escolheu quase tudo – falou ela como se não tivesse gostado disso. – Ah Bella e o seu closed? Muito pequeno né? eu falei para o Edward que mulher gosta de espaço ainda mais você que vão ter que dividir, eu até imagino o que você passar , por que o Closed do Edward aqui é um cubiculo – falou ela

– Eu acho que o tamanho está bom Alice – falei, Nós passamos a tarde quase inteira conversando ,quando já estava escurecendo o Jacob chegou acompanhado do Emmet e nós descemos para fazer companhia a eles.

– Bellinha que milagre você por aqui? Passou a noite fora com o marido,tava batizando a casa nova – falou ele sorrindo safado eu fiquei vermelha pelo comentário dele – Ficou vermelha então eu tenho razão – completou ele.

– Deixa a Bella Emmet – falou o Jacob

– Oi Jake ! - falei ,dando um beijo no seu rosto

– Não foi a escola hoje,senti sua falta – falou ele sorrindo

– Dormi demais – respondi

– Estão vendo ela dormiu demais por que passou a noite acordada,fazendo coisas impróprias para menores – falou mais uma vez o Emmet.

– Emmet, você quer parar de constranger a Bella – falou o Jake era por isso que eu o adorava,ele era incrivel e em pouco tempo conquistou a minha amizade.nós ficamos conversando o resto da tarde,depois de um tempo a Rose chegou e o Jazz também,é claro que o Clima ficou um pouco pesado,claro que a Rose não ficou conversando comigo animadamente, Mais até que ela estava educada não ficou de cara feia para ninguém durante toda a tarde,talvez o Emmet tenha falado alguma coisa com ela,mais ela estava mais amigavel,o Emmet até parecia mais feliz.nós estavamos tão concentrados na nossa conversa que não vimos a hora passar,Edward chegou em casa e ao nos ver deu boa noite e subiu sem falar mais nada.

– Eu acho que ele não gostou muit o de te ver aqui Bella- falou a Rosalie sorrindo sarcasticamente.

– Eu vou até lá falar com ele – falei e me levantei indo em direção ao nosso quarto,ao chegar lá vi que Edward estava tomando banho e que a porta do banheiro estava fechada e isso era mal sinal por que ele nunca trancava a porta quando estava no banho.

– Edward – chamei batendo na porta, ele não respondeu então eu resolvi esperar ele sair do banho então me sentei na cama.alguns minutos depois ele saiu enrolado em uma toalha da cintura para baixo.

– O que aconteceu? por que você está assim? – perguntei

– Não aconteceu nada – falou ele e então virou as costas e foi procurar uma roupa para vestir no Closed,eu me levantei e fui até ele,e fiquei na sua frente.

– Bella quer da licença? Eu quero pegar uma roupa para mim –falou ele seco

– Por que você está falando assim,comigo?- perguntei

– Eu estou normal ,por que você não volta pra o seu amiguinho,ele pode ficar com raiva por você está aqui e ir embora – falou ele e então me empurrou deliacadamente para o lado e pegou uma roupa.

– Você está com ciúmes do Jacob? – perguntei

– Claro que não Bella – falou ele

– Então por que está agindo assim? – perguntei confusa – Não vai me responder? – òtimo, eu vou voltar pra sala – falei eu estava indo em direção a porta ele segurou meu braço.

– Você não vai a lugar nenhum – falou ele me olhando com irritação

– E por que não? Meus amigos estão lá em baixo e lá eu estou sendo mais bem tratada- falei

– Então o Jacob te trata melhor do que eu,por que você não casou com ele,ele já não tinha dito que a Rennesme era filha dele,então era só não ter me contado – falou ele,as plavras dele me feriram Edward percebeu isso no meu rosto e então tentou remédiar.

– Droga ,Bella eu não quis dizer isso,olha – ele tentou me tocar e eu me afastei.

– Então é isso Edward, até que em fim você resolveu assumi, que só se casou comigo por que eu estava grávida.

– Bella é claro que não

– Não se preocupe eu não vou ser um peso pra você,eu te falei desde o começo que não prescisava se casar comigo por causa da grávidez eu poderia muito bem me virar,mais não se preocupe ela ainda não nasceu você ainda pode voltar atrás na idéia de ser pai.- falei e fui em direção a porta.

– Bella por favor me escuta eu me expressei mal – falou ele segurando minha mão.

– Eu só quero ficar um pouco sozinha Edward,não vou embora de casa,depois agente conversa – falei e sai, ele não tentou mais impedir

– Eu fui até a varanda e fiquei lá pensando no que Edward tinha me falado,eu sei que ele estava com ciúmes ,mais o que ele falou me machucou então eu senti algo quente pelo meu rosto e notei que estava chorando.

– Bella? Você está Bem? – perguntou o Jacob

– Estou – menti secando as lágrimas

– O que houve ? – perguntou ele, eu acabei contando ao Jacob ele me ouviu calado .

– Bella o Edward não falou isso de coração,só estava com ciúmes ele não quis dizer isso ,ele te ama e também ama a Nessie,acredite em mim, ninguém consegue passar tanto tempo fingindo que ama uma pessoa por seis meses passando quase vinte quatro horas com ela – falou ele sorrindo .

– Eu não sei Jake, é que o Edward mesmo estando com raiva ele não podia ficar jogando essas coisas na minha cara,então quer dizer que se e u não estivesse grávida ele não teria se apaixonado por mim? Eu entendo o fato de que agente não teria prescisado se casar ,afinal não teria um pessoa inocente no meio da historia,mais mesmo assim ,quer dizer que ele não me ama com ele fala.

– Ele só estava com raiva – falou ele e então deu um beijo na minhá testa,nesse exato memento eu vi os pés do Edward ,eu levantei a cabeça e vi que ele estava com os punhos serrados.

– Será que eu posso Conversar com a MINHA mulher um minuto Jacob? – falou ele olhando para o Jacob mortalmente.

– Claro, eu já estou indo embora vou me despedir do Emmet – falou ele- Se cuida Bella – concluiu ele e foi entrou dentro de casa.

– Será que nós podemos ir até o nosso quarto? – perguntou ele.

– Eu pedi para me deixar sozinha - falei

– Mais pelo que eu vi, Você não estava – falou ele.

– Tudo Bem, vamos conversar logo ,- falei isso e entrei dentro de casa indo em direção ao nosso quarto, Edward trancou a porta ao entrar no quarto e então sentou na cama.

– Me desculpa Bella, eu sei que sou um estupido, a verdade é que eu não mereço você,sempre estou te magoando de alguma forma,mais - Edward levantou veio até mim e segurou o meu rosto entre as mãos. – Quero que saiba ,que você e a renesmee são as pessoas mais importantes da minha vida,eu sei o que eu falei,mais acontece que eu estava com ciúmes,eu sei que não tenho motivo da sua parte para isso,mais você gosta tanto dele e eu sei que ele senti algo por você e eu não consigo me controlar, tenho medo de perder você.

– Edward,você não vai me perder,Eu te amo, e eu e o Jake somos amigos é assim que eu o vejo e é assim que ele me ver – falei.

– Mais é que ver vocês seis ali juntos pareciam casais eu fiquei com vontade de matar o Jake ,então eu subi – falou ele

– Edward,não existe motivo para isso,por favor voce sabe que eu jamais te trairia.

– Eu sei Bella,eu sou um idiota,me desculpa por favor, eu não quis falar aquilo.

– Tudo bem,vamos esqueçer isso – falei

****

Hoje nós estavamos nos mudando ,tinhamos acabado de voltar da escola e o Edward estava colocando as nossas coisas no carro, Edward teve que dar algumas viagens de carro até a nossa casa para levar tudo ,por fim ele veio me buscar.

– Vamos meu amor,para nossa casa? – falou ele me abraçando

– Vamos – respondi

– Bellinha e agora quem eu vou envergonhar? – falou o Emmet.

– Ninguém – respondi

– Não se preocupe ...ainda vou te ver na escola e quando sentir saudade eu vou até a casa de vocês – falou ele sorrindo.

– Bella eu vou morrer de saudade - falou Alice

– Alice deixa de drama ,agente vai morar logo ali,você pode ir lá sempre que quizer – falei abraçanndo ela.

– Eu estou muito feliz por vocês ,espero que esa casa traga muitas alegrias ,e momentos bons – falou a Esme

– qualquer dia desses vamos até lá hein...passar o domingo - falou o Carlisle sorrindo.

– Eu vou esperar mesmo – falei ,depois das despedidas que parecia até que nós iriamos nos mudar para o outro lado do mundo ,nós fomos embora chegamos a nossa casa Edward levou todas as nossas bagagens para o nosso quarto e eu fui arrumar,com ajuda dele nós terminamos rápido,depois eu fui tomar banho ,Edward resolveu se juntar a mim,assim que sai do banho fui até a cozinha preparar o nosso jantar.

– Bella é melhor agente pedir alguma coisa,é nossa primeira noite na nossa casa,não é justo você cozinhar – falou ele

– Na verdade é nossa segunda noite, - falei sorrindo – e eu não me importo,na verdade eu até quero cozinhar,apartir de hoje eu vou cozinhar pra você todos os dias.

– E eu vou adorar, então já que você vai cozinhar eu posso te ajudar?

– Claro – respondi.nossa ‘’primeira noite’’ na nossa casa foi incrivel,quando terminamos de jantar lavamos a louça suja juntos Edwad me ajudou a arrumar a cozinha e depois fomos ver um filme,eu achei estranho por que estava muito silêncioso,meus Pais me ligaram e prometeram uma visita,não cabia em mim tanta felicidade, eu tinha certeza que daqui para frente as coisas vão ser diferentes.Edward estava extremamente carinhoso hoje,ele me levou para o nosso quarto nos braços e mais uma vez me fez sua,nós estavamos no nosso proprio mundinho,nada nem ninguém iria conseguir destrui-lo.

Continua...

Notas finais do capítulo
REVIEWS ?
Volto amanhã se der
Beeijos':b




(Cap. 30) Baile

Notas do capítulo
Pessoal ta ai mais um capitulo...
Gostaria de pedir desculpas pelos erros ,mais eu não tive tempo de concertar então ingnorem que o proximo sai melhor
Beeijos'
e as coisas estão ficando feia hein...
Boa leiutura

Pov Bella

Hoje resolvi acordar mais cedo,afinal de contas não teriamos mais Esmee para preparar o nosso café da manhã,era somente eu e o Edward,eu me levantei ,tomei banho e me vesti para a escola e fui até a cozinha eu fiz panquecas por que sei que o Edward adora ,coloquei a mesa a espera dele,eu ia subir para acorda-lo mais ao me virar vi que ele estava parado me olhando,Edward estava sem camisa e com o cabelo molhado concerteza tinha acabado de sair do banho.

– Bom Dia – falou ele vindo na minha direção e dando um beijo.

– Bom dia,eu já ia te chamar para tomar café – falei.

– Não prescisava acordar tão cedo Bella,nós podemos comer em um café aqui perto antes de ir para escola – falou ele se sentando.

– Nós não temos tanto dinheiro assim,para ficar fazendo refeiçoes fora de casa todo dia, e também eu não me importo de cozinhar eu gosto – falei

– Tudo Bem meu amor eu sei que você gosta,e a verdade é que temos que economizar mesmo,agora é só o meu salário para nos mater,mais não quero que fique assim também achando que não podemos fazer nada,o meu salário da pra gente viver bem – falou ele

– Mais nós não podemos gastar a toa – falei, assim que terminamos de tomar café , eu retirei a mesa e coloquei tudo na pia, lavaria quando voltasse, Edward terminou de se vestir e nós fomos para Escola,ao chegar lá fomos até os nossos amigos que estavam sentados em um banquinho em frente a escola.

– Bom dia Casal – falou Emmet sorrindo, abraçado a Rosalie que não se deu o trabalho nem de olhar pra gente.

– Então, e como esta a casa nova? – perguntou Alice

– Em clima de lua de mel concerteza – falou o Emmet

Todos começaram a rir, – Eu acho que está na hora de vocês começarem a pegar no pé de outra pessoa,por que comigo e com o Edward não tem mais graça – falei, o Emmet me olhou e então respondeu - Mais Bellinha ninguém fez uma coisa tão escandalosa quanto vocês, afinal você tem 17 anos e já esta gravida e ainda é casada,me diz quem compete com vocês? ,perguntou ele como se isso fosse obvio.

– Por que você não cresce Emmet – falou a Rosalie

– Mais ursinha,você nunca tinha reclamado do meu tamanho,será que você poderia deixar pra conversar sobre isso quando estiver só nós dois? – perguntou ele, a Rosalie revirou os olhos fazendo todo mundo rir.

– Rosalie se você procura alguém maduro é melhor você terminar com ele ,por que ele nunca vai virar adulto – falou Alice, Rosalie agarrou o Emmet pelo pescoço,e ele começou a rir.

– Alice ,a Rosalie não vive sem mim – falou ele sorrindo.

– Tá bom vamos parar de conversar besteira e ir para sala de aula – falou Jazz.

**** Dois Meses depois ****

Hoje eu estava completando 8 meses de gravidez,Minha vida com Edward não podeira ser mais perfeita,Claro que nós tinhamos desentendimentos como qualquer casal, mais logo faziamos as pazes, Eu estava em casa sozinha esperando Edward voltar do trabalho, hoje ele estava demorando mais do que o normal ,eu já estava ficando preocupada, Edward sempre chegava na hora ,não gostava de me deixar sozinha , eu já estava com a barriga enorme,e a Renesmee estava muito grande o que me deixava com um pouco de falta de ar quando ia dormir,Renesmee era muito inquieta dentro de mim e muitas vezes eu sentia dor quando ela resolvia chutar ,por esses motivos a minha mãe sempre vinha passar a tarde comigo,mais ela já tinha ido embora,o jantar estava pronto só faltava o Edward,ele cheou em casa já eram nove da noite e veio me comprimentar ,eu estava sentada no sofá vendo televisão.

– Oi Meu amor – falou Edward me dando um selinho

– Oi – respondi

– E como está a nossa pequena? – perguntou ele

– Calminha,hoje ela até que resolveu ficar quientinha – repsondi

– Eu tenho um presente pra você – falou o Edward

– Pra mim? Mais o meu aniversário é só mês que vem – falei

– Mais é um presente de 8 meses de gravidez – respondeu ele sorrindo,Edward me entregou um pacote branco ,eu coloquei em cima do sofá e abri, era um vestido lindo era preto, – Obrigado meu amor,é muito lindo – respondi

– É para você usar no Baile – falou ele

– Edward,você sabe muito bem, que eu não vou parao Baile.- falei

– Mais por que ?

– Edward, eu estou com essa barriga enorme ,eu mal aguento ir para escola você acha que eu vou conseguir ir a uma festa?sem falar que todo mundo vai ficar me olhando ,eu não vou – falei

– Meu amor, ninguém vai ficar te olhando, eu não quero que você perca isso, é muito importante – falou ele.

– Mais eu não quero ir – falei

– Pelo menos, promete que vai pensar?- falou ele com aquela carinha de cachorrinho abandonado ,ele deve ter aprendido com Alice só pode.

– Está bem, eu vou pensar,afinal é só sexta – falei

– Obrigada Meu amor - falou ele me beijando em seguida

*****

Hoje nós tivemos que faltar aula ,pois eu tinha consulta com Carlisle,nos mandaram entrar assim que chegamos ao hospital.

– Bom dia – falou Meu sogro

– Bom dia – respondemos juntos

– Bella, você poderia se deitar aqui na maca? – perguntou Carlisle,com ajuda do Edwars eu subi na maca ,levantei minha blusa e Carlisle passou o gel pela minha barriga e então começou a ultrasonografia,eu sempre me emocionava de ver a minha filha,não via a hora de segura-la em meus braços,Carlisle parou o exame e então me entrgou o papel toalha para que eu tirasse o gel da minha barriga,com a ajuda do Edward eu consegui me sentar

–E então?minha filha esta bem?- perguntei.

– Está otima ,o peso e o tamanho correspondem com a idade gestacional mais tem uma coisa .

– O que pai ,minha filha tem algum problema?- perguntou Edward assustado

– Não – repondeu ele

– E o que é então? – perguntei

– Bom ,Renesmee não virou ainda – falou Carlisle.

– Não virou como assim? – perguntou Edward

– Meu filho ,você quer estudar medicina deveria saber disso – falou o pai de Edward.

– Eu sei o que você está falando pai,eu estou perguntando por que ela não virou ainda ,o senhor acha que da tempo dela virar daqui para a hora do nascimento?- perguntou Edward.

– Para falar a verdade eu não sei,Bella está com a gravidez avançada o Bebê era para está pelo menos atravessada na barriga,mais ela está com a cabeça no estômago de Bella,por isso sente tanta falta de ar, se ela não virar teremos que fazer uma cesáriana - falou carlisle.

– Mais eu queria que minha filha nascesse de parto normal – falei.

– Eu sei Bella,mais assim não tem condições,nós temos que fazer o que for mais seguro para você e o Bebê – falou Carlisle.

Nós saimos do consultorio de Carlisle e o Edward me deixou na casa da minha mãe e foi trabalhar prometendo vir me buscar a noite.

– Bella e como está minha netinha?- perguntou minha perguntou meu pai,eu não esperava que ele iria aceitar tão facil a minha grávidez ,mais Charlie parecia empolgado com a ideia der ser avô.

– Está bem – respondi

– Filha olha o que eu trouxe para você – falou minha mãe vindo com um pedaço de pudim .

– Mãe ,a senhora sabe que estou evitando comer essas coisas, eu quero voltar para o meu peso logo e não ficar uma baleia pra sempre – falei

– Pare de besteira,você quase não engordou nessa gravidez,minha netinha deve ser um palito,por que a mãe se nega a comer – falouo ela de cara feia me estendendo o pudim,eu acabei aceitando,passei a tarde inteira com meus pais,e quando já estava de noite Edward foi me buscar.

– E então? Já pensou?- perguntou ele sorrindo enquanto tirava a camisa para entrar no banho.

– Edward eu não quero ir,vou me sentir mal lá se eu for – respondi, indo atrás dele que tinha entrado no banheiro.

– Por que vai se sentir mal,posso saber? – perguntou ele me olhando sério

–Por que eu vou sera garota mais gorda da festa – falei

– Pra mim vai ser a mais linda,Por favor Bella eu não te peço muita coisa,custauma vez você fazer uma coisa por mim?- perguntou ele

– Aaaah ! tudo Bem,eu vou ! mais vai ser rápido nós não vamos demorar – falei

– Como você quizer meu amor – falou ele.

A semana passou voando ,hoje era o dia do bendito Baile,é claro que eu estava de cara feia ,tinha esperança que o Edward mudasse de ideia e me deixasse ficar em casa,mais eu sabia que isso não aconteceria,eu entendia ele, não queria ir sozinho e pra falar a verdade é dar muita bandeira deixar um homem como ele dando sopa por ai,eu iria e depois fingiria que estava cansada e concerteza ele me traria de volta,estava no meu quarto deitada,já passava das nove da manhã,mais estava tão bom nos braços dele que eu não tive coragem de me levantar,e amis ainda por que não tinha aula por causa dos preparativos para o Baile.

– Bom dia preguiçosa ,Não vai levantar não? – falou ele ,dando beijos na minha nuca.

– Eu já não estou com vontade de sair dessa cama e você ainda provoca – falei .Edward começou a rir, o que me causou arrepios pelo meu corpo e não passou despercebido pelo Edward.

– O que foi amor? – perguntou ele segurando o riso.

– Nada – respondi

– Então tá – falou ele, e começou a acariciar o meu braço,me deixando arrepiada de novo, a verdade é que eu estava com vontade de fazer amor com ele, mais ele se negava dizia que era pra não machucar o bebê, e isso me deixava muito irritada.

– Edward se você não vai até o fim, então não provoca – falei

– E quem disse que eu não vou até o fim?- falou ele,Edward começou a beijar meu pescoço,enquanto passava as mão pelo meu corpo, eu estava de costas pra ele,ele puxou o meu rosto para um beijo ardente.

– Eu te amo Bella – falou ele com uma intessidade tão grande que parecia uma despedida.

– Eu também te amo – falei, Edward se levantou e por um momento pensei que ele tinha desistido,ele me olhou e sorriu,,Edward tirou a minha camisola me deixando apennas de calcinha, é claro que eu corei,eu tinha medo de que o Edward não me desejasse mais por causa do meu corpo,ele me olhou nos olhos e sorriu. Então começou a destribuir beijos pelo meu corpo,eu estava alucinada com as caricias dele, afinal de contas fazia semanas que não tinhamos nenhuma relação sexual,isso claro por causa dele que tinha medo de machucar a nossa filha.

– Edward por favor eu presciso de você – falie como um susurro.

– Calma meu amor – ele respondeu, ele me torturou de todas formas possiveis antes de me fazer sua mulher,essa foi a melhor sensação do mundo,sentir Edward dentro de mim,enquanto falava coisas desconexas no meu ouvido,era um pocu desconfortavel por causa da gravidez mais eu não me importava só queria estar com ele,Edward e eu nos encaixavamos como se fossemos feitos um para o outro,ele me amou com uma intensidade tão forte parecia que nunca mais iriamos fazer amor,apesar de ter sido muito delicado comigo,nós dois passamos a manhçã inteira deitados agarradinhos, ninguém lembrava de comer e eu não estava me importando nem um pouco.

– Bella ,já são 11:00 da manhã – falou ele se levantando

– Ah não Edward fica aqui comigo,nós podemos pedir algo para o almoço – falei o segurando.

– Meu amor, você prescisa comer,não comeu nada desde ontem, então deixa de manha e levanta dessa cama pra tomar um banho .- falouo ele sentado.

– Edward por favor – pedi.

– Bella você já teve o que queria, então levanta daí – falou ele sorrindo

– Ah é? Então você não queria?- perguntei

– Claro que eu queria,mais eu conseguiria me controlar se você colaborasse.

– Eu não fiz nada, e eu quero você denovo por que não volta pra cama? – perguntei quando ele estava em pé ao lado da cama totalmente pelado.

– Acho que nós já abusamos demais por hoje – falou ele.

– Seu chato – falei e levantando e me enrolando com o lençol da cama.

– Mimada – respondeu ele.

Pov Rosalie.

Eu não acredito ,a tânia é uma chata as vezes minha cabeça esta a mil com as coisas que tem acontecido comigo e ela ainda quer me falar dos problemas dela,concerteza é mais uma vez sobre o Edward o que já está me enchendo,eu estava parada na porta da casa dela esperando ela vir abri.

– Rosalie que bom que você veio – falou ela sorrindo ,e então me deu passagem para entrar.

– È melhor ser rápido hein, eu quero me arrumar para o baile de hoje a noite – falei.

– Não se preocupe é rapidinho

– Então fala – disse bruscamente, eu adorava a Tânia ela era a minha melhor amiga,mais essa obsessão por Edwarde estava nos afastando .

– Presciso da sua ajuda, é sobre o Edward – falou ela, é caro que eu sabia.

– Tânia ,por que você não esquece ele,ele esta casado com a sem graça da Bella,va ser pai e é completamente apaixondado por ela – falei,por um momento vi a ira nosolhos dela,mais logo ela se acalmou.

– Eu sei, e essa é minha ultima cartada – falou a Tânia

– Como assim?

– Quero que me ajude a ficar sozinha com a Bella hoje no Baile – falou ele sorrindo

– Pra que? – perguntei

– Quero falr com ela,sei la oferecer dinheiro pra ela deixar ele,eu sei que sem ela no caminho o Edward vai pedir pra voltar pra mim.- falou a Tânia

– Tânia,me desculpe você éminha amiga,eu te adoro mais não posso fazer isso.

– Por que?

– Você não se lembra da ultima vez que ficou sozinha com ela?tentou matar o filho que ela espera,se algo acontecer com ela o Emmet vai me culpar pro resto da vida e você sabe que le adora ela – falei

–Eu não vou fazer nada rose ,só quero conversar , e nunca tentei nada contra ela ,é mentira – falou ela.

– Tânia ela ta esperando uma criança, é um ser inocente você me promete que não vai tentar nada contera a Bella e enm contra a Renesmee? – perguntei

– Renesmee é ? você também já se apegou a essa bastarda?

– È so um bebê e você sabe que eu adoro criançasé o meu sonho ter um filho e você sabe que eu não posso engravidar – falei

– Isso não é motivo pra gostar de uma pirralha destruidora de relacionamentos.

– Tânia por favor!

– Então Rose,vai me ajudar ou não? – perguntou ela.

– Tá bom,mais vai ser rápido hein!

Pov Bella

Eu estava terminando de me maquiar e o Edwrd estava me esperando na sala,nós iriamos ao Baile daqui a pouco ,terminei de me arrumar e desci as escadas, ele estava me esperando sentado no sofé quando me viu abriu o sorriso que eu mais amo no mundo.

– Você está linda – falou ele

– Obrigada,você também – respondi

Ao chegarmos no Baile, fomos direto na mesa onde estava nossos amigos ,o Emmet estava sentado ao lado da Rosalie,Alice eo Jazz ainda não tinham chegado e o Jake estava dançando com uma menina da escola , E dward e eu nos sentamos e ficamos jogando conversa fora,deois que Alice chegou a Rosalie puxou o Emmet para pista de dança, e ficamos nós seis o Jake tinha se sentado com a garota descobri que ela se chamava Leah,a feasta estava incrivel Alice também já tinha ido dançar somente eu e o Edward que não ,eu sentia que estava estragando a noite dele, ele não podeira se divertir por que eu estava com a barriga enorme e mal me aguentava em pé olhe lá ficar dançando,nós estavamos rindo de uma piada idiota do Jake, quando o Emmet voltou Acompanhado da Rosalie, que sem quere derramou cerveja no meu vestido.

– Me desculpe Bella, foi sem querer, eu tropecei.

– Sem problemas eu vou no banheiro - falei

– Ah tá quer que eu te acompanhe meu amor? – perguntou Edward

– Não eu venho logo – repondi e sai da mesa em direção ao banheiro feminino.

– Aah Bella – chamouo a rosalie, eu a olhei surpresa ela nunca agiu assim comigo ,não estava entendendo a sua atitude.

– vai no banheiro de serviço,no feminino está enorme a fila, eu acabei de vir de lá – falou ela com uma cerveja fechada nas mão e então foi embora, eu então fui em direção ao banheiro de serviço, estranhei o fato de nã obter ninguém,mais tudo bem deve ser por que todo mundo está no outro, eu peguei um pedaço de papel e começei a passar no meu vestido que estava todo sujo de cerveja então escutei uma voz atrás de mim, e eu me virei para ver quem era.

– Oi Bella,será que podemos ter uma conversinha ?- perguntou a Tânia,alguma coisa dentro de mim ,me alertava pra que eu corresse e fugisse dali, mais como se ela tivesse lendo meus pensamentos foi até a porta fechou.

– Não pense em fugir a Rosalie está la fora – falou ela.

– O que você quer ?– perguntei

– O Edward, é claro – repondeu ela sorrindo

– Tânia deixa de ser doente, o Edward está comiog por que ele me ama – falei.

– Mais quando você e esse maldito bebê ,morrerem o Edward vai voltar pra mim – falou ela,eu estava perdida

Tânia por favor ,me dexa sair – pedi

Eu estava sozinha naquele banheiro trancada com a pessoa que mais me odiava no mundo,eu disse para o Edward que eu não queria vir,nossa filha estava perto de nascer e eu queria ter ficado em casa,mais ele não queria que eu perdesse o baile! E eu estava qui presa com tânia me olhando mortalmente.

– Tânia por favor me deixe sair?

–Não isabella você vai pagar por ter tirado o Edward de mim! Falou ela me olhando furiosa

– o Edward vai perceber que eu não voltei e virá atrás de mim .

–Pode até ser ...mais antes você e esse seu bebê bastardo vão me pagar.

Coloquei a mão sobre minha barriga protetoramente ,tânia avançou em cima de mim , me jogou no chão e começou a chutar minha barriga ,comecei a sentir dores fotes e tudo ficou escuro...

Pov Rosalie

– Eu fiz o que combinei com a Tânia, e agora estava aqui vigiando para que ningué entrasse nesse banheiro, quando escutei um grito,imediatamente abri a porta e entrei,vi uma cena que não esperava ver nunca na minha vida,Bella estava jogada no chão desmaida e a Tania dando murros na barriga dela.

– Morre seu bebe desgraçado eu te odeio e odeio a vadia da sua mãe ,ela segurou a cabeça da Bella e bateu varias vez no chão e então eu vi o sangue ,Bella estava perdendo o Bebê,desesperada eu voei em cima da tânia tentando fazer com que ela soltasse a Bella.

– Tânia para ,você vai matar ela – falei tentando puxa-la,mais ela tinha muita força e me jogou no chão,eu me levantei ,tinha que pedir ajuda antes que fosse tarde demais, sai correndo atrás do Edward e eu vi ele conversando com o Emmet.

– Edward, Edward – berrei

– Agora não Rosalie, estou procurando a Bella ,ela saiu naquela hora pra ir ao banheiro e não sei onde ela está – falou ele

– Eu sei Edward a Tânia está com ela no banheiro de serviço vocês tem que correr a Bella está perdendo o Bebê – falei aos prantos, eu sabia que o Emmet iria ficar com muita raiva de mim quando descobrisse que eu ajudei a Tânia, o Edward saiu correndo desesperado em direção do banheiro eu e o Emmet fomos atrás.

Notas finais do capítulo
E ai?
REVIEWS?
amovcs e até amanhã




(Cap. 31) Dor

Notas do capítulo
Gente mais um capitulo pra vocês
Beeijos'

Pov Edward

Já fazia um tempo que a Bella tinha saido para ir ao banheiro e até agora não tinha voltado eu estava preocupado algo estava errado eu estava com um presentimento ruim,eu queria ir procurar ela mais o Emmet tinha me convencido de que mulher demora mesmo no banheiro e que nem fazia muito tempo que ela tinha ido, eu não estava mais aguentando esperar.

– Emmet eu vou procura-la, Bella está com a aquela Barriga enorme e eu tenho medo que ela se sinta mal ,as vezes ela sente falta de ar, você espera aqui, para o caso de ela aparecer – falei

– Está bem Edward vai lá – falou ele,então eu comecei a ouvir os gritos da Rosalie, eu não estava com tempo para isso.

– Edward,Edward – falava ela entre lágrimas a Rose estava desesperada concerteza era alguma coisa envolvendo Tânia e eu não tinha paciencia para isso.

Agora não Rosalie, estou procurando a Bella ,ela saiu naquela hora pra ir ao banheiro e não sei onde ela está – falei , ela me olhou e então disse – Eu sei Edward a Tânia está com ela no banheiro de serviço vocês tem que correr a Bella está perdendo o Bebê – Ela falava aos berros eu não pensei em mais nada sai correndo eu nem vi se o Emmet veio atrás de mim, eu só pensava em salvar a Bella e nossa filha, eu não acredito que a Tânia seja capaz de tanto,eu cheguei a porta do banheiro que estava aberta e entrei pensei em encontrar a Tânia,lá mais a única coisa que eu vi foi a mulher que eu amo caida no chão ensanguentada eu corrir para cima dela .

–BELLA, meu amor acorda,pelo amor de Deus – eu estava agarrado ao corpo dela chorando.

– Edward,nós temos que levar ela para o hospital – falou o Emmet – Eu já chamei os paramédicos eles já estão chegando .

– Edward ela vai ficar bem –falou a rosalie chorando.

– O que está acontecendo aqui ?– falou Alice entrando no banheiro ela se abaixou perto da Bella como eu.

– Ai meu Deus ,Bella o que aconteceu com ela Edward? – perguntou ela chorando ,eu não tinha forças para responder eu só sabia chorar perto dela e de nossa filha.eu nem vi quando os paramedicos chegaram o Emmet me tirou de cima dela para eles fazerem o trabalho deles,eu corri em direção a ambulancia que a Bella estava.

– Eu vou com vocês – falei

– Me desculpe senhor, não pode – falaram

– Ela é minha mulher – por que eu não posso ? - falei,eu ainda não tinha notado mais todos estava no lado de fora da escola nos olhando.

– Edwar vamos no meu carro,nós vamos seguindo eles – falou Emmet e me levou até seu carro ,Alice também foi com Jasper ,ela disse que ligaria para os pais da Bella enquanto a Rosalie ligava para minha mãe,eu fui todo percurso chorando e pedindo a Deus que não levasse minha mulher e minha filha por que eu morreria sem elas.nós chegamos ao hospital,eu desci e corri desesperado a tempo de ver eles tirando a Bella da ambulânica e levando para dentro do Hospital, então eu vi meu pai parado esperando,eu corri até ele.

– Pai, por favor salva elas ,não deixa elas morrerem – pedi aos prantos.

– Se alcalme meu filho eu vou fazer o possivel – falou ele e então levou a Bella lá para dentro, eu estava de cabeça baixa quando senti os braços da minha mãe ao meu redor.

– Eu sinto muito meu filho,não chore assim Edward a Bella e sua filha vão ficar bem – falou ela me abraçando .

– Estou com medo mãe,medo de perder-las – falei abraçado a ela.os pais de Bella chegaram uns minutos depois Renné tambem estava inconsolável e o Charlie estava dando forças pra ela,já fazia duas horas que meu pai tinha entrado com ela e nenhuma noticia e isso era desesperador,eu estava surpreso com a Rosalie que não parava de chorar, ela estava mais deseperada do que Alice que é melhor amiga da Bella.

– Rose ,como você soube onde a Bella estava? – perguntou Alice,eu a olhei ela de repente ficou nervosa e olhou para mim.

– Me perdoa Edward ,eu não sabia – falava ela

– Não sabia o que? – perguntei

– Que a Tânia iria fazer isso, ela me pediu pra ajuda-la a ficar sozinha com a Bella,mais ela disse que só queria conversar então eu concordei – ela parou surpresa ao notar que o Emmet tinha soltado ela.

– Continue! – falei

– Eu concordei e então atrai Bella até o banheiro e fiquei vigiando para ver se ninguém vinha ,mais ai eu comecei a ouvir gritos e eu entrei e vi que a tânia estava dando socos na barriga da Bella ,eu tentei tira-la de cima mais não consegui então fui atrás de você – falou ela chorando.

– Você é a culpada por a Bella está aqui - falei me levantando e indo em direção a ela, -Por que você fez isso ,o que a Bella te fez me responde ? – gritei .minha mãe veio até mim ,meu Filho se acalme brigar agora não resolve nada ,depois vocês conversam – falou ela e me levou de volta para o meu lugar.

– Como você pode Rose? Eu sempre achei que você por dentro tinha alguma coisa de boa, nem que fosse só o seu amor por mim – falou o meu irmão se levantando e saindo de perto dela ,ela foi atrás.

– Emmet eu não sabia que..

– COMO NÃO SABIA PORRA,SERÁ QUE VOCÊ NÃO VIU O QUE SUA AMIGUINHA FEZ COM A BELLA ANTES? Falou ele aos gritos a essa altura todo mundo nos olhava.

– Eu nunca quis fazer mal a Bella e você sabe Emmet, eu nunca faria mal a uma criança.- ela falou entre lágriamas.

– È por isso que você é seca,Deus não iria fazer uma pessoa ruim que nem voce ser mãe – falou ele, a Rose soluçava de chorar e todos olhavam para eles sem coragem de interromper.- Eu suportei o jeito que você tratava os meus amigos ,a minha familia ,sabe por que? por amor a você e olha como você me paga a Bella a minha amiga ,a mulher do meu irmão está agora entre a vida e a morte por sua causa.

– Emmet ,eu não quis. Olha me perdoa eu ..

– CALA BOCA – gritou ele

– Meu filho , estamos em um hospital, pare com isso depois vocês conversam a Bella é o que importa agora – falou a minha mãe.

– Tem razão mãe, vá embora Rose – falou ele.

– Tudo Bem, me liga pra me dar alguma noticia da Bella e pra gente conversar – falou ela secando as lágrimas.

– Eu mandei você sair da minha Vida, acabou ,nosso namoro acabou – Ao dizer isso uma lágrima desceu do rosto dele.

– Emmet não ,por favor,vamos conversar,Eu te amo,não faz isso eu morro sem você – pedia ela

– Vá embora,não quero mais te ver – falou ele

– Rose é melhor você ir, o Emmet está de cabeça quente depois vocês conversam .- Rosalie assentiu e foi embora,ninguém falou nada, eu não estava com cabeça para pensar nisso agora,só queria que a Bella e minha filha estivesem bem,quase três horas depois de desespero meu pai apareceu, ele não estava com uma cara muito boa o que me deixou angustiado.

– Pai e a Bella ? – perguntei

– Minha filha está bem? – pergutou o charlie.

Bom,Bella chegou aqui em um estado grave, nós tentamos de tudo para evitar retirar a criança .por que ela ainda é prematura para um parto mais ela estava com os batimentos cardiacos muito fracos devido ao estado de saúde de Bella,então nós realizamos uma cesariana.

– Minha filha nasceu? – perguntei

– Sim – ele respondeu

– E como ela está Carlisle? - perguntou minha mãe

– Regular – respondeu ele

– Como assim pai?

– Por sorte a maioria das pancadas que a Bella recebeu na Barriga foram na parte de baixo e felizmente a renesmee não tinha virado ainda e não atingiu a cabeça dela,nós realizamos todos os tipos de exames na criança por isso demorei tanto,ela está bem,está na incubadora onde vai permanescer por 48 horas – falou ele – Parabéns meu filho ela é linda – falou ele sorrindo.

– E a Bella?- perguntei,Meu pai suspirou e me olhou com compaixão.

– O que houve com a minha filha? – pergutou Renné

– Bella sofreu muitas lesões na cabeça ,por sorte não sofreu nenhum trauma sério na cabeça, ela vai ficar boa se acordar! – falou ele

– Como assim se acordar?

– Bella está em coma Edward,só depende dela a recuperação,nós só podemos pedir a Deus para que ela reaja – falou ele ,eu fiquei sem chão,as lágrimas começaram a jorra mais uma vez ,minha mãe e Alice me abraçaram e eu desabei a chorar,meu pai me abraçou.

– Tem que ser forte Edward,sua filha prescisa de você – falou ele., Renné e Charlie só faziam chorar.

– Eu juro que se eu pegar essa Tânia ,eu a mato com minhas proprias mãos – falou o Charlie.

– Eu posso Vê- la – perguntei

– Ainda não ,ela está sendo examinada e ainda vai ser levada para a UTI assim que der eu deixo você e os pais dela entrarem para vê-la.

– Carlisle por favor,salva a minha filha, não deixe ela morrer a Renesmee prescisa dela e nós também – falou Renné aos prantos.

– Eu vou fazer o que estiver ao meu alcançe ,mais agora é pedir a Deus – falou Meu pai – Edward você pode ir ver a Renesmee na incubadora ,por enquanto só podem entrar duas pessoas então você decide quem vai com você – falou meu pai.

– A Renné. Depois o Charlie e minha mãe vão – falei secando as lágrimas dos meus olhos.

– Tudo Bem o Charlie pode ir com vocês depois sua mãe entra – falou meu pai,nós fomos até uma salinha e vestimos uma roupa e colocamos uma mascara.meu pai nos levou até a UTI Neonatal ,meu pai me levou até uma incubadora onde tinha uma pessoinha deitada dentro, quando eu a vi eu chorei mais ainda,minha filha minha Renesmee, como eu queria poder segura-la nos braços,eu coloquiei minha mão dentro de uma abertura que tinha para poder tocar ela e sentir a pele dela. Os pais de Bella estavam tão emocionados quanto eu.

–Ela se parece com você Edward - falou Charlie sorrindo

– É mesmo ,olha só como os cabelos dela são arrepiados como o seu e da mesma cor – falou ela sorrindo.

– Ela é linda meu filho – falou meu pai.

– É sim ,muito linda ,mais quando é que eu vou poder segurar ela ? - perguntei.

– Assim que ela sair da incubadora – respondeu meu pai – Bom vocês já viram então a gora é melhor deixarmos os outros verem também – falou meu pai,eu me neguei a sair do lado da minha filha então meu pai permitiu que minha mãe e Alice entrasse depois que os pais da Bella sairam,minha mãe e Alice ficaram encantadas com a minha filha.

– Ela é tão linda Edward,a Bella vai ficar louca quando ela ver ela – falou Alice,isso me deixou triste minha Bella não tinha visto nossa filha ainda.

– Meu amor,você está dormindo e conversando com os anjinhos, pede para o papai do céu trazer sua mamãe de volta . – falei e as lágrimas desceram mais uma vez pelo meu rosto.

– Meu filho tenha fé em Deus,a Bella vai se recuperar – falou minha mãe,- é melhor agente ir Alice o Emmet e o Jazz também querem ver ela. Todos vieram ver minha filha e então meu pai me pediu para deixar ela ,eu não queria sair de perto dela mais não era permitido ficar mais dentro da sala,e eu voltei para a sala de espera onde estava todos.

– Bom é melhor vocês irem para casa,não vão poder ver Bella hoje e ficar aqui não adianta nada – falou ele.

– Eu não vou sair daqui sem minha filha e minha mulher – falei

– Edward eu vou permitir que você e os pais da Bella a vejam hoje ,mais é rapido a UTI não pode ficar com muita gente então só podem ficar um pouco,os outros podem vir amanhã que eu deixo entrar para verem ela, não está no horario de visitas,você só vai entrar por que é o marido dela e a Renné e o Charlie por que são os pais – falou ele.todos foram embora desejando melhoras para Bella eu fiquei com os pais da Bella.

– Assim que eu ver nossa filha ,vou até a casa dessa assasina e vou prende-la - falou o Charlie

– Ela tem que ser internada,é uma louca – falou Renné

– Podem entrar – falou meu pai,nós chegamos até uma porta com o nome UTI escrito e entramos dentro tinha vários quartos meu pai nos levou até o segundo quarto e nós entramos a primeira coisa que eu vi foi Bella ela estava deitada na cama, eu me aproximei dela e toquei o seu rosto ,ela estava toda entubada respirava com ajuda de aparelhos,eu segurei sua mão e beijei, Renné começou a chorar mais uma vez e Charlie a confortava, o rosto dela estava com marcas vermelhas.

– Meu amor, eu presciso de você,nossa filha prescisa ,Bella você tem que acordar,não faz isso comigo, meu amor eu vou morrer sem você – falei com as lágrimas descendo pelo meu rosto, renné acariciava os cabelos dela abraçada a Charlie e eu chorava agarrado a mão dela.Meu pai logo nos pediu para que saisse-mos disse que,não era permitido visita a essa hora e que já estava quebrando uma regra por estarmos ali .nós saimos do quarto eu estava arrazado hoje era para ser o dia mais feliz da minha vida,minha filha tinha nascido mais não. era o dia mais angustiante que eu já tive, Charlie foi embora com Renné e disse que iria atrás de Tânia assim que a deixasse em casa, eu me neguei a sair do hospital,passei a noite inteira sentado na sala de espera,meu pai sempre que podia vinha me pedir para ir embora dizendo que não adiantava nada ficar ali esperando,mais eu não iria conseguir ir para casa e encontra- la vazia sem Bella eu enlouqueceria,o dia amanheceu e meu pai me trouxe um pouco de café eu não aceitei.

– Edward,acabou meu plantão, tenho que ir embora não posso ficar aqui, Mais a tarde eu volto. – falou ele

– E a Bella e a Renesmee? – perguntei

– Eu só acompanho o caso da Renesmee ,eu não posso fazer nada ,isso é com os pedriatas, e Bella está em boas mãos,Você vai ficar aqui? - perguntou ele

– Sim – falei

– Mais meu filho você tem que comer alguma coisa, e ir tomar um banho depois você volta Edward.

– Eu vou ficar aqui – respondi

– Tudo Bem, eu já vou - falou meu pai e foi embora.

Mais ou menos as 10:00 da manhã o Jacob chegou ao hospital

– Edward,como a Bella está? eu fiquei sabendo disso hoje de manhã quando falei com o Emmet.

– Está em coma Jacob,eu não sei mais o que fazer ,estou me sentindo um nada, eu queria que tudo isso fosse um pesadelo e que eu acordasse e tudo seria como antes Bella ainda estaria grávida e eu não iria aceitar ir a esse Baile. – falei

– Não foi sua culpa,ninguem tem culpa da Tânia ser louca – falou ele

– Eu preferia está no lugar dela,Nossa filha é tão fragil e prescisa dela,não é justo isso está acontecendo com ela – falei

– E a Nessie como ela é? – perguntou o Jacob

– é linda tão pequena – falei

– Bom Dia ,senhor Edward Cullen – falou um homem pela roupa deveria ser o médico da Bella.

– Aconteceu alguma coisa com a minha mulher ? – perguntei deseperado

– Tudo na mesma – falou ele – eu vim até aqui para saber se você não quer ver ela – perguntou ele

– Quero sim – respondi

– E seu amigo?

– Você quer vê-la Jacob? – perguntei

– Claro

– Nós entramos no quarto onde Bella estava e percebi que ela não estava mais intubada.

– Por que tiraram os tubos ,isso não pode prejudicar ela? – perguntei

– A senhor Cullen ,ela está respirando sem ajuda de aparelhos e isso é muito bom – falou ele.

–Então ela está reagindo? – perguntou Jacob

– É muito cedo para qualquer coisa,mais isso é um bom sinal – completou o Médico.

– Nós ficamos um tempo com ela até que o Médico me pediu para sair então eu e o Jacob saimos da sala ,imediatamente eu liguei para meus pais e contei que Bella respirava sozinha e depois liguei para os pais dela,eles ficaram de vir a tarde ver ela,depois eu consegui entrar para ver minha filha,segundo a médica ela estava reagindo muito bem e que amanhã concerteza ela sairia da incubadora e iria para o berçário ,ela deveria ficar com a Bella,mais com ela naquele estado não poderia.finalmente eu resolvi ir até em casa trocar de roupa comer alguma coisa e depois voltei para o hospital ,minha familia já estava la e já até tinham ido visitar a Bella e Renesmee e já estavam até indo embora, a mãe de Bella estava com ela e eu fiquei esperando que ela saisse...

Hoje fazia dois dias que a Bella estava em coma , eu não saia desse hospital,só ia em casa para comer e tomar banho e depois voltava ,eu estava um pouco animado minha filha iria sair da incubadora e eu poderia pega-la nos braços pela primeira vez, eu estava ansioso para que isso acontecesse.

– Edward pode me acompanhar – falou a pediatra,eu fui junto com meu pai e Alice até a Uti neonatal a pediatra abriu a incubadora e tirou minha filha de dentro então ela colocou ela nos meus braços ,foi a melhor sensação do mundo poder segurar ela que era tão pequenininha e fragil eu então percebi que estava chorando de felicidade por ter minha filha em meus braços e de tristeza por Bella não esta aqui comigo ,desfrutando esse momento, senti uma luz encomodar meus olhos quando olhei era Alice que tinha tirado uma foto minha e da Renesmee.

– Desculpe, eu queria resistrar o momento – falou ela.

– Tudo Bem – respondi

– Ela ainda vai ter que ficar aqui por mais ou menos dois dias antes de receber alta, se tudo correr bem .e você pode levar ela para usa familia ver la na sala de espera,claro que não pode demorar ela prescisa de cuidados e ser levada para o Berçário.

– Eu não vou demorar – respondi – eu fui até a sala de espera om minha filha nos braços todos ficaram me olhando e eu fui em direção da minha mãe que estava acompanhada dos Pais da Bella.

– Oi vovôs? - falei parando perto deles

– Own minha netinha está tão linda - falou minha mãe

– É verdade Esme a Bella vai ficar louca quando ver ela,parece tanto com o Pai – falou ela sorrindo.Todos nós ficamos paparicando ela até que a levaram para dar mamar e depois para o berçário ,eu so podeira vê-la a noite.como eu queria que minha mulher acordasse e conhecesse a nosa filha ,Deus por favor me devolve ela, eu não estou suportando mais ,eu presciso da Bella como presciso de ar,até quando eu vou sentir essa dor.

Continuaaa...................

Notas finais do capítulo
e ai o que acharam?
REVIEWS?




(Cap. 32) Voltando

Notas do capítulo
Pessoal mais um capitulo para vocês ... espero que curtam amanhã te mais Beeijos'

Pov Edward

Hoje fazia uma semana que a Bella estava no hospital ,Renesmee logo teria alta eu não sabia o que fazer como eu cuidaria dela sozinho e ainda viria para o hospital ficar com a Bella?minha mãe tinha dito que me ajudaria, que cuidaria dela enquanto a Bella não ficasse boa,eu estava chegando ao hospital para mais um dia de sofrimento ver minha mulher deitada naquela cama desacordada e nossa filha sozinha em um bersário,eu fui direto para o quarto de Bella mais ao chegar lá eu vi uma correria ,eram infermeiros entrando na UTI não sei por que mais eu tive um mal presentimento como se isso fosse algo com a Bella, eu corrir mais uma das infermeiras ficou na minha frente.

– Me descupe senhor mais não pode passar – falou ela

– eu vim visitar minha mulher, por que não posso passar? – perguntei

– Como se chama sua esposa?

– Isabella Cullen – respondi

– Me desculpe mais não pode ir até o quarto dela ela está sendo examinada – falou ela

– todas aquelas pessoas foram para o quarto dela?

– Sim senhor

– Eu quero saber o que houve com ela,chama meu pai eu sou filho do Carlisle,chama ele ,que ele vai me deixar passar – falei já entrando em desespero.

– Senhor se acalme eu não posso deixar o senhor passar ,aguarde alguns instantes que logo traremos informaçoes – falou ela ,eu estava de mãos atadas,não podia fazer nada eu era um inutil vendo Bella definhar a cada dia e não fazer nada,tudo era minha culpa ,e Tânia estava desaparecida Charlie estava fazendo de tudo para localizar ela e até agora sem sucesso,resolvi ligar para minha mãe que em alguns minutos chegou acompanhada de Alice.

– O que houve Edward? – perguntou ela se sentando ao meu lado.

– Não sei,aconteceu algo com a Bella e não me deixam entrar para ver ela - falei

–Tenha calma meu filho ,não adianta se desesperar – falou ela,ninguém vinha nos dizer nada ,eu estava angustiado com medo de perder a Bella, os pais dela tinha acabado de chegar Alice ligou para eles contando o que tinha acontecido estavam tão angustiados quanto eu,de repente meu pai apareceu ele saiu pela porta da UTI e veio até nós eu o olhei com lágrima nos olhos meu coração estava apertado com muito medo.

– Pai, o que aconteceu? O que houve com a Bella ,por que toda aquela correria para o quarto dela? – perguntei

– Se acalmem por favor – pediu ele – Bella... ela...

– O que aconteceu Carlisle fale por favor – pediu Renné chorando

– Bella acordou – eu não acreditei no que meu pai falou,ela acordou, as lágrimas de felicidade escaparam dos meus olhos eu então sorri,uma coisa que quase não fazia desde o que houve com ela.

– Acordou?Sério? – perguntei

– Eu não mentiria com uma coisa tão séria – falou ele

– Nossa filha acordou Charlie - falou renné chorando.

– Então por que essa correria toda Pai – perguntou Alice

– Ela acordou e estava sozinha no quarto, então viu que estava sem a Renesmee na barriga,e claro entrou em pânico e começou a gritar ela ficou desesperada quase que a cedavamos o que não seria bom por que tinhamos que fazer exames nela,mais ai eu consegui fazer ela se acalmar e contei que a Nessie tinha nascido que era linda e perfeita então ela se acalmou pediu para ver a Filha e o Edward,eu prometi que assim que fizesemos os exames ela poderia vê-los e então ela está te esperando Edward ,não para de te chamar desde que acordou – as palavras do meu pai aqueceram meu coração que estava completamente gelado esses dias eu sorri.

– Posso entrar? – peguntei

– Pode,depois que você ver ela os outros também poderão,mais não a canse - pediu ele.

– E como ela está? A saude ela sofreu algum dano? – perguntou o Charlie

– Não,ela está bem,só disse que está um pouco dolorida,afinal ela levou uma surra da Tânia e ainda tem a cesáriana ela não se locomoveu depois da cirurgia e vai sentir um pouco de dor nos proximos dias ,mais o que importa é que ela está bem.

– Pai eu posso levar nossa filha para ela conhecer?

– è melhor você entrar primeiro,a Renesmee está no banho eu já procurei saber,quando ela estiver pronta para mamar eu mando uma enfermeira te chamar.

– Tudo bem – eu fui em direção ao quarto dela ,estava ansioso para ve-la acordada e não dormindo como tenho visto durante todos esses dias,segurei a marçaneta da porta e girei,quando abri a porta a vi estava deitada com os olhos fechados ,eu senti medo ,de que ela tivesse dormido e não poder ver os olhos dela abertos,estava com tanta saudade de ver ela sorrindo e de ver ela me olhar,eu me aproximei da cama e a chamei.

– Bella? – imediatamente ela abriu os olhos e sorriu ao me ver,eu comecei a chorar como uma mantega derretida ,estava muito chorão esses dias mais também o medo de perder ela estava me deixado assim.

– Não chore – falou ela ,eu sorri ao ouvi o som da sua voz.

– Bella meu amor,nunca mais faça isso comigo – falei me agarrando a ela com cuidado para não machuca-la,Bella passou o braço ao redor do meu corpo.

– Me desculpe Edward,não era assim que eu planejava que iria ser o nascimento da nossa filha – falou ela que estava com a voz um pouco fraquinha.

– Não importa meu amor, só o que me importa é que você e ela estão bem – falei

– E como ela é? o Carlisle me disse que ela é linda e que se parece com você – falou ela secando uma lágrima que caia no meu rosto.

– È linda mesmo! Tão pequena -falei – eu quase enlouqueci Bella pensando que ia te perder – falei acariciando o rosto dela.

– Você não vai se livrar de mim tão cedo – respondeu ela sorrindo.

– E nem quero – respondi e fiz uma coisa que estava com muita vontade de fazer a dias, eu selei nossos lábios como um beijo.

– Bom Desculpem atrapalhar,mais tem maisgente ai que também quer ver a Bella – falou meu pai, eu a soltei e nós sorrimos.

– Pode deixar eles entrarem - falou ela

– tudo Bem,e você Edward tem que ir buscar uma coisinha ali – falou meu pai,eu sabia que se referia a nossa pequena.

– Não meu amor,fica comigo eles vão trazer nossa filha logo – falou ela

– Eu volto antes ,prometo – falei, então a beijei mais uma vez

Pov Bella

Abri meus olhos e a claridade me imcomodou então começei a olhar o lugar onde eu estava e percebi que era um hospital só então me veio a mente o que tinha acontecido a Tânia tinha me agredido e batido na minha barriga ,automaticamente eu coloquei a mão na minha barriga e a senti vazia,eu me desesperei eu tinha pedido minha filha por culpa dela, eu tentei me levantar senti dores pelo meu corpo mais não me importei,eu começei a chorar e uma coisa começou a apitar muito alto ,eu não queria saber de nada eu queria minha filha de volta na minha barriga eu não aceitava ter perdido ela, então de repente muitas pessoas entraram no quarto tentando me segurar.

– ME SOLTA.. EU QUERO MINHA FILHA .... POR FAVOR AAAHH EU QUERO SAIR DA QUI - eu tentava me soltar,sentia uns puxoes na minha barriga ,parecia alogo se abrindo mais eu não conseguia me acalmar. – EDWARD,POR FAVOR TRAZ ELE ..EU QUERO O EDWARD..

– Bella se acalme por favor – pediu o Carlisle

– Não eu quero minha filha – falei aos prantos

– Me escuta ,sua filha está bem – falou ,foi com um choque eu o olhei chorando

– O que?

– Presciso que se acalme,você foi operada e vai acabar abrindo a cirurgia – falou ele

– E minha filha o que aconteceu ?

– Sua filha está bem,você chegou aqui no hospital desmaiada e nós realizamos uma cesáriana sua filha está bem .

– Mais ainda não estava no tempo – falei

– Mais foi necessário para salva-la

– E o Edward? eu quero ver ele – pedi

– Ele está la fora, não avisei a ele que você acordou

– Como assim acordei,quantos horas faz que eu estou desacordada?

– fazem sete dias Bella.

– Como assim?

– você entrou em coma sofreu muitas pancadas na cabeça,mais eu te explico depois agora vamos fazer alguns exames e depois do exame você vai poder ver sua filha e o Edward,eu concordei, eles me colocarm em uma maca e me levaram para uma sala onde eu fiz vários exames,

– Você sente alguma dor Bella? – perguntou Carlisle.

– Estou sentindo um pouco de dor na minha barriga – respondi

– Eu vou aplicar um medicamento na sua veia para diminuir as dores – falou ele e então me levaram de volta ao quarto.

– Como ela é? – perguntei

– Só vou dizer uma coisa, é a cara do pai – ele respondeu eu sorri ,minha filhinha parecia com o Edward?então ela concerteza é muito linda,eu quero ver ela ,por favor Carlisle.

– Tenha um pouco de calma que eu vou ver isso,agora eu vou la fora contar ao Edward a novidade ele deve está surtando.

– Ele pode entrar?eu queria ver ele - pedi

– Pode sim,espere um minutinho

– tudo bem – eu fechei meus olhos e fiquei imaginado o rostinho da minha filha,nesse momento eu escutei a porta se abri,mais eu não abri meus olhos concerteza era o Carlisle que tinha vindo falr alguma coisa.

– Bella? – abri meus olhos automaticamente ao ouvir a voz dele,eu o olhei e vi que estava chorando.

– Não chore – pedi com a voz um pouco fraca

– Bella meu amor,nunca mais faça isso comigo – falou Edward abraçado a mim

– Me desculpe Edward,não era assim que eu planejava que iria ser o nascimento da nossa filha – falei

Não importa meu amor, só o que me importa é que você e ela estão bem – falou Edward

E como ela é? o Carlisle me disse que ela é linda e que se parece com você – falei enquanto secava uma lagrima de caia no rosto dele

– È linda mesmo! Tão pequena - falou ele- eu quase enlouqueci Bella pensando que ia te perder.

– Você não vai se livrar de mim tão cedo – falei sorrindo

– E nem quero – respondeu ele,então Edward me beijou um beijo cheio de saudade,eu correspondi da mesma forma,então escutei a voz do Carlisle.

Bom Desculpem atrapalhar,mais tem mais tem gente ai que também quer ver a Bella – falou ele,

– Pode deixar eles entrarem - Respondi

– Tudo Bem,e você Edward tem que ir buscar uma coisinha ali

– Não meu amor,fica comigo eles vão trazer nossa filha logo – eu disse

– Eu volto antes ,prometo – Edward falou e então me beijou mais uma vez.Edward saiu me deixando sozinha com o Carlisle.

– Quando eu vou sair daqui?- perguntei

– Vamos com calma Bella,primeiro você tem que sair da UTI passar um tempinho em observação antes de falar em alta, afinal você passou muito tempo em coma – respondeu ele

– Minha filha – chamou minha mãe da porta do quarto eu sorri para ela e ela se aproximou junto do meu pai,os dois choravam e me abraçaram,eu senti uma dorzinha devido ao aperto dos dois.

– Vamos com calma no abraço que a Bella ainda está em recuperação – falou o Carlisle.

– Desculpe filha,eu estaou com tanta saudade – falou ela .

– Mãe eu estou bem – falei

– Minha filha ,não se preocupe que nós vamos pegar a Tânia – falou Charlie.

– Como assim? Ela está solta? Ela quase matou minha filha ,pai e se ela fizer algum mal, a minha renesmee? – falei já entrando em pânico.

– Minha filha ela não vai chegar perto de você – falou ele

– Podemos entrar? – perguntaram Alice e Esme na porta do quarto.

– Claro – respondi

– Bella que susto nos deu hein –falou Alice

– È Bella quase nos matou do coração - falou minha sogra

– Vocês acharam mesmo que eu iria deixar o meu Edward e a minha filhinha? De jeito nenhum - falei e todos riram.

– Licença agente pode entrar? Eu lhei para o Edward parado na porta e eu vi que ele segurava um pacotinho cor de rosa nos braços ,meu sorriso se abriu automaticamente e ele se aproximou com nossa filha nos braços,Edward pediu para que eu estendesse as mãos para segura-la e então ele a colocou nos meus braços,eu as lágrimas de emoção desciam sem controle pelo meus olhos ,eu estava com a minha filhinha nos meus braços, tive tanto medo de perde ela naquele dia, ela se parecia muito com o Edward os cabelos da mesma cor, ela abriu os olhinhos para mim e então eu vi,eles eram verdes com o do pai era a copia fiel dele.

– Ela se parece muito com você meu amor, é sua copia fiel – falei sorrindo

– È mesmo Bella,qualquer dia eu te mostro as fotos do Edward quando era bebê ,nossas eles são identicos – falou ela sorrindo

– Tão linda ,minha renesmee – falei de repente ela abriu a boquinha fazendo uma caretinha e começou a chorar ,eu fiquei assustada ,Edward vendo isso pegou ela dos meus braços balançou um pouco no colo dele e então ela se calou.

– Ela não gosta de mim – falei tristemente

– Claro que gosta Bella,é que ela se acalma muito facil com o Edwad é incrivel,as vezes as infermeiras não consegeum fazer ela parar de chorar,só ele – falou a Esme

– Edward me entregou ela mais uma vez e ela voltou a abrir o berreiro

– Ela não gosta de mim Edward – falei com lágrimas os olhos

– Claro que não meu amor,ela gosta de você ela só esta manhosa so quer tá no meu braço,as enfermeiras ficam brigando comigo,por que a noite ela só dorme nos meus braços - falou ele sorrindo

– Bella ,ela está com fome,não deram leite a ela,para que você amamentasse ela,,ela só está sentindo o cheiro do leite no seu seio e por isso está agitada,por que não tenta amamentar ela? – falou carlisle.

– Er..

– Charlie vamos tomar um café? Assim Bella fica mais a vontade para dar de mamar a Nessie,só mulheres – falou ele

– Mais e o Edward? ele não é mulher que eu saiba – falou meu pai ,olhando O Edward.

– Mais ele é marido dela querido,acho que não existe constrangimento com isso – falou Minha mãe,Charlie e Carlisle sairam ,mesmo que fossem todas mulheres era desconfortavel essa situação ,mais minha filha estava chorando de fome nos meus braços e,mais eu não tinha ideia do que fazer

– Bella coloca o seu seio na boa dela – falou minha mãe, eu abaixei minha roupa e fiz exatamente o que ela pediu,imediatamente renesmee começou a sugar ,eu senti uma dor horrivel no seio.

– aaaah – gemi

– O que foi meu amor, vou chamar meu pai – falou Edward

– Edward meu filho fique calmo , é normal acontecer isso na primeira amamentação – falou a Esme.

– Doe muito – falei ,renesmee sugava tudo com muita força,apesar da dor esse estava sendo um momento lindo e único na minha vida.ter minha filha nos meus braços era uma sensação única ela sugava com muita força e a dor diminuiu.

– Que bom que ela não rejeitou o peito ela passou esses dias mamando em mamadeiras ,fiquei com medo dela não querer o peito da Bella quando ela acordasse.- falou minha mãe.

– Rennér as vezes isso não acontece,o Emmet mesmo nunca mamou ,desde que nasceu mesmo eu dando ele nunca quis era só na mamadeira a Alice foi diferente ,mais o Edward só parou de mamar por que eu engravidei da Alice .- falou minha sogra

– Mais a Alice é um ano mais nova que o Edward,é normal uma criança com um ano ainda mamar – falou minha mãe.assim que a Renesmee terminou de mamar eu entreguei ela ao Edward para que ela arrotasse,ele ficou com ela nos braços e minha mãe Alice e Esmee foram embora comer alguma coisa e deixou só nos três no quarto.

– Edward eu posso te contar uma coisa sobre aquele dia que a Tânia me agrediu? – perguntei.

– Claro Bella,olha não quero que você sinta medo,eu vou protejer você e nossa filha – falou ele,eu olhei para minha filha dormindo nos braços dele.

– A Rosalie sabia que eu estava lá,ela me levou até o banheiro e ficou no lado de fora para que ninguém entrasse, eu estou falando isso mais eu não quero que você conte ao Emmet – falei,Edward estava então endureceu o rosto.

– Eu sei disso Bella – falou ele

– Como sabe ? quem te contou?

– A propria Rosalie,ela que nos disse onde você estava,eu achei estranho por que ela chorava muito durante todo o caminho para o hospital,ela nunca gostou de você,mais eu não tinha cabeça para pensar em mais nada a não ser você e a Renesmee , mais Alice também achou estranho e perguntou a ela como ela sabia onde você estava , ela acabou contando .

– Eu sei o quanto o Emmet ama ela, e por isso não quero que ele saiba disso – falei

– Ele já sabe,quando ela contou o Emmet estava junto,ele ficou com muita raiva dela,eu quase bati nela quando ela nos contou...

– Ele brigaram?por minha causa?

– Ele terminou com ela,expulsou ela do hospital e disse que nunca ,mais quera ver ela.

– Edward, mais o Emmet ama a Rose,como eu vou conviver com isso?sabendo que eles terminaram por minha culpa. – falei

– Bella eles não terminaram por sua culpa,terminaram por que ela é pervesa ,ruim você quase morreu por culpa dela,não me importa se ela não sabia que a Tânia ia ou não te fazer mal,ela concordou com isso e pra mim já basta,eu não a denunciei a policia por que meu irmão me pediu para não fazer isso,por que afinal das contas ele ainda gosta dela,mais pra mim ela é tão culpada quanto a Tânia.

– Mais quem vai sofrere é ele Edward – falei

– Eu sei ,mais não vamos falar mais disso,você voltou pra mim e para nossa filha e isso é o que importa ,sobre a Rose e a Tânia nós resolveremos isso depois.

Continua....

Notas finais do capítulo
E ai? eu ia deixar a Bella mais tempo em coma ...mais eu não consigo ver o Edward sofrendo =(
Então Reviews?




(Cap. 33) Hospital

Notas do capítulo
Bom pessoal eu voltei ... eu sei que demorei a postar e peço desculpas mais acontece que eu estava meio sem tempo por isso eu só consegui terminar o capitulo hoje... essa semana pramim está dificil...
Espero que gostem...
Beeijos

Pov Bella

Hoje eu fui transferida para um apartamento e sai da UTI eu estava muito feliz com isso,por que agora eu poderia ficar com a minha filha,eu acordei ontem e como tive uma melhora significativa Carlisle resolveu me mudar de quarto,minha filha já tinha tido alta médica mais iria continuar no hospital até que eu receba alta, eu estava qui sentada em uma poltrona amamentado a Renesmee,Edward estava comigo sentado nos olhando.

– Podemos entrar? – perguntou o Emmet e o Jacob nos olhando da porta

– Claro que sim – respondi

– Bella que bom que você acordou pra vida Mulher! – falou o Emmet ,ele falava sorrindo mais o sorriso não chegava aos olhos dele,eu sabia o motivo ,era Rosalie,Emmet era muito apaixonado por ela.e estava sofrendo com a separação deles.

– Você nos deu um susto - falou o Jacob sorrindo,eu parei de dar mamar a Renesmee e intreguei ela ao Edward.

– Não estava nos meus planos – falei sorrindo

– E como esta a Nessie? – perguntou o Jacob sorrindo

– Minha Renesmee está ótima falei de cara feia para ele.

– Bella por que você não aceita logo o apelido ,todo mundo chama ela assim nas suas costas – falou o Emmet

– Claro que não

– Até o Edward – completou ele,eu olhei para o Edward mortalmente e ele sorriu

– Claro eu não ,meu amor – respondeu ele

– Por que você não deixa de ser covarde Edward – falou o Jacob

– Mais eu nunca disse isso – falou meu maridinho ,passamos a tarde inteira conversando e brincando ,Edward teve que sair e eu fique só com os meninos eles ficava o tempo inteiro fazendo piadinhas e rindo de mim.

– Bella,eu tenho que ir,tenho que resolver umas coisas,amanhã eu passo pra te visitar e visitar essa pequena – falou o Jacob segurando a mãozinha da Renesmee dormindo tranquilamente no meus braços.

– Tudo bem Jacob,e obrigado por vir – falei

– Não tem que agradecer Bella,então eu já vou indo,você vai agora Emmet?

– Eu vou ficar mais um pouco - respondeu o Emmet

– Tá então tchau ! – se despediu o Jacob,eu e o Emmet ficamos conversando amenidades.

– Que bom ,que você está bem Bella,o meu irmão quase enlouquecia ,em te ver naquele estado – falou ele

– Eu não poderia deixar minha filha sem uma mãe – falei sorrindo para Renesmee

– Quando nós te encontramos desmaiada no chão do banheiro,não achei que você sobreviveria,claro que eu não contei isso para o Edward, ele estava desesperado .

– Mais Deus não iria fazer isso comigo,minha filha prescisa de mim

– Eu fico muito envergonhado em saber ,que a causadora de tudo isso foi a Rose,Bella espero que um dia você possa me desculpar, eu sei que também foi minha culpa,deixei a Rose fazer parte da nossa vida e ela era só uma leva e traz da Tânia,eu não esperava tal atitude dela,é claro que eu sabia q eu ela Não gostava de você,mais não a ponto de te fazer mal – A tristeza era percepitivel na voz dele,o Emmet estava sofrendo com tudo isso.

– Você a ama muito não é? – perguntei

– Você não imagina o quanto Bella,você não tem idéia do que eu senti quando eu descobri que ela tinha armado tudo com a Tânia e que por culpa dela você estava entre a vida e a morte,foi um baque pra mim, eu sei que a Rosalie sempre foi rude com você e com nossos amigos ,mais ela não era assim,eu não esperava isso dela – falou ele, eu vi o momento que o Emmet ,enxulgou uma lágrima que caia no rosto dele.

– Você a ama Emmet,vai atrás dela,ela pode está arrependida ,apesar de tudo eu sei que ela realmente te ama,ela cometeu um erro, eu não quero ficar entre vocês – falei

– Você não tem culpa disso,ela escolheu assim, ela sabia o quanto você era importante pra mim, não tinha o direito de fazer o que fez, Eu a amo Bella,mais nunca mais eu quero ver o rosto dela na minha vida a Rose é um montro e merece ficar sozinha ou com pessoas iguais a ela . – falou o Emmet ,eu não falei nada, ele estava muito recentido com a Rose,o Edward entrou no quarto sorrindo.

– Oi amor eu tenho uma novidade pra você – falou ele sorrindo

– O que ? – perguntei

– Meu Pai me disse que se tudo estiver bem ,amanhã mesmo você vai ter alta e vai poder ir pra casa –Edward disse isso e veio até mim ,me deu um beijinho rápido.

– Que bom meu amor,estou louca pra sair desse hospital – falei sorrindo

–Então casal eu já vi minha sobrinha e minha cunhadinha preferida agora eu tenho que ir – falou o Emmet ficando em pé, ele deu um beijo na cabeça da Renesmee e foi embora,minha mãe também veio me visitar junt o com meu pai,mais não demoraram logo foram embora,Eu senti falta da Alice que não tinha vindo hoje aqui nem a Esmee .

– O que foi Bella? você está pensativa

– É a Alice ela não veio me ver ,será que aconteceu alguma coisa ?

– Não! é que ela anda um pouquinho ocupada,e por isso não pode vir – respondeu Edward,eu não falei mais nada afinal de contas a Alice tinha uma vida,não tinha a obrigação de ficar me fazendo visitas a toda hora.A noite Esmee veio me visitar,ela ficou um pouco Renesmee e depois foi embora disse que tinha que fazer umas coisas,como de costume eu mandei que o Edward fosse dormir em casa,eu sabia que era desconfortavel dormir em um sofá,mais ele não quis.Acodei pela manhã com o chorinho da Renesmee eu abri os olhos e vi que o Edward estava com ela nos braços.

– Edward?o que houve?

– Ela ta chorando e eu não estou conseguindo fazer ela se acalmar,talvez esteja sentindo alguma coisa – falou ele

– Me dá ela aqui,pode ser fome – falei,eu me sentei na cama ,ingnorei a dor que me deu e o Edward veio até mim,com a nossa pequena no colo e me deu ela.eu coloquei meu seio na boquinha pequeninha dela,mas ela não pegou ,só fazia chorar.

– Calma ,meu amorzinho - eu falei balançando ela devagar nos meus braços.

– È melhor chamar meu pai,isso não é normal Bella – falou o Edward

– Me ajuda a levantar? – pedi,o Edward veio na minha direção e me ajudou a sair da cama com a Renesmee nos braços,eu fiquei andando de um lado para outro no quarto tentando fazer ela parar de chorar,mais eu não conseguia ,eu estava começando a ficar desesperada,o Edward estava demorando e eu começei a chorar também.

– Bella, por que você está chorando?

– Ela ,não para de chorar Edward, se ela estiver doente? – falei chorando

– Calma meu amor,meu pai foi buscar a pediatra e já vem ,me dá ela aqui e senta -falou ele tomando Renesmee dos meus braços e então ele colocou ela em pé encostado no seu peito e ela parou de chorar e ficou só reclamando.

– Viu,ela tá se acalmando – falou ele

– Mais ela não quis mamar – falei

– Bom Dia – falou uma mulher muito Bonita com um jaleco ,eu imediatamente fiquei com ciúmes ela era muito jovem e bonita e foi em direção ao Edward.

– O que aconteceu ? – perguntou ela ao Meu marido que segurava nossa filha,Carlisle estava encostado na porta me olhou e sorriu.

– Ela acordou muito agitada doutora e chorando muito não quis nem mamar,ela só se acalmou um pouquinho agora – falou o Edward.

– Pode me chamar de Livia Edward – falou a oferecida

– Posso dar uma olhadinha nela? – perguntou ela e o Edward a entregou a nossa filha que voltou a chorar na mesma hora

– O que minha filha tem ? – perguntei,ela deitou a Renesmee no becinho e começou a apertar a barriginha dela,que se calava e depois voltava a chorar.

– Ela está sentindo colicas, o que é normal nessa idade,Aconselho que coloquem ela de barriga para baixo que ameniza a dor,e seria bom se você fizesse uma massagen na barriguinha dela que ajuda muito. – eu fiquei aliviada com o que a Médica disse,tinha medo que minha filha tivesse com algum problema eu me levantei e fui até ela.

– E não tem nenhum rémedio para aliviar a dor ? – perguntei

– O indicado realmente é fazer uma massagem na barriguinha – então ela começou a massagear a barriga da minha filha que em pouco tempo se calou .

– Ela parou de chorar – falei

– Entao já que ela está bem ,eu vou ver outras pacientes. – falou a médica sorrindo

– Isso não altera Alta dela não é doutora ? – perguntou o Edward

– Não,Cólicas é normal, e é bom se acostumarem por que o Bebê pode sofrer disso até o terceiro mês -falou ela e então saiu.

– Parece que está tudo bem com minha netinha - falou o Carlisle sorrindo, eu segurei Renesmee nos braços e ela começou a procurar o meu peito o Edward começou a rir.

– Parece que ela quer o café da manhã meu amor - falou ele ,eu me sentei e começei a dar de mamar a minha filhinha, eu tive tanto medo quando descobri que estava grávida, medo de criar ela sozinha e por ser tão nova ainda,mais depois que a minha filha nasceu e que eu pude segurar ela nos meus braços eu sinto como se ela sempre tivesse feito parte de mim, todo sofrimento que eu passei valeu a pena e eu passaria por tudo de novo só pra ter minha filha nos meus braços .

– O que foi meu amor? Está tão calada – perguntou Edward, só então percebi que estavamos sozinhos no quarto.

– Obrigado Edward - falei

– Pelo que?

– Por ter me dado o melhor presente do mundo,- eu olhei para o rostinho da nossa filha que era tão parecida com ele – Obrigado por ter me dado a Renesmee - completei,O Edward sorriu pra mim

– Eu é que te agradeço Bella,você e a minha filha são as pessoas mais importantes da minha vida ,Você mudou minha vida completamente e foi graças a ela – falou ele.

– Eu espero que tenha sido pra melhor – falei

– Mais é claro que foi,Vocês são minha vida – falou ele e então me deu um selinho.depois que Renesmee mamou nós colocamos ela no berço e fomos tomar café da manhã que a enfermeira trouxe.

– Sra Cullen o doutor Carlisle mandou avisar que depois do café a senhora vai f azer uns exames – falou ela

– Tudo Bem – respondi

Depois do café Edward ficou tomando conta da nossa filha e uma enfermeira veio me busacar com uma cadeira de rodas.

– Eu não posso ir andando? Eu vou devagar - perguntei

– Me desculpe senhora além da senhora está operada é regulamento do hospital, eu me sentei na cadeira de má vontade fui com ela ,nós paramos em frente a uma sala e o Carlisle saiu de dentro

– Bella, vamos fazer mais uns exames para saber como você está? – perguntou o meu sogro

– Claro – respondi,nós entramos na sala e com a ajuda da enfermeira eu me deitei em uma maca ,eu não sei exatamente o que o Carlisle estava fazendo mais tinhas muitos fios no meu peito ele fez diversos tipos de exames em mim quase três horas depois.

– Bella nós terminamos – falou ele

– Está tudo bem comigo?

– Aparentemente sim ,mais só quando sairem os resultados dos exames é que vamos saber, apesar de você ter tido melhoras significativas nós não podemos confiar cem por cento,você sofreu muitas lesões na cabeça e isso é muito perigoso – falou ele

– Mais eu ainda corro risco de vida? – perguntei

– Como eu disse aparentemente não ,e os exames que fizemos quando você acordou não acusaram nada,mais pode ter ficado alguma sequela, e se não der nada nesses exames você vai ter que refazê-los todo mês por um tempo, por que as vezes os traumas aparecem um tempo depois do acidente – falou meu sogro.

– Então eu corro o risco de ter alguma sequela?

– Sim Bella,mais pelo seu estado clinico eu duvido muito que isso aconteça mais é melhor prevenir do que remediar,e se tudo correr bem com os seus exames hoje mesmo você terá alta,mais se por acaso tiver qualquer tipo de alteração você vai ficar mais um tempinho de molho aqui – falou ele sorrindo

– Eu espero que não dê nada por que eu estou louca para ir embora – falei,eu voltei para o meu quarto com a ajuda da enfermeira por que Carlisle tinha uma paciente para atender,eu entrei no quarto e vi o Edward conversando com a nossa filha.

– ela acordou? – perguntei

– Sim – ele respondeu sorrindo- está acordada e reclamando eu acho que ela está mal acostumada só quer ficar no braço - falou ele.

– È sua culpa,quando agente tiver em casa você vai ficar a noite inteira com ela nos braços pra mim dormir,já que você colocou o costume.

Depois do Almoço eu estava sentada abraçada ao Edward no sofá morrendo de tédio.

– Meu amor ,eu quero ir embora daqui, que lugar chato – falei

– Eu também quero ir logo embora daqui, com você e nossa pequena

– A coitadinha da nossa filha ,nunca saiu desse lugar está aqui desde que nasceu.

– Você fala como se ela fosse velha – falou ele rindo de mim.eu já ia responder quando a porta do quarto se abriu e o Carlisle entrou com uns papeis nas mãos.

– Estou com o resultado do seu exame Bella..

Continua.............

Notas finais do capítulo
Beeijos e até amanhã
Reviews?




(Cap. 34) Primeiro dia em casa

Notas do capítulo
Bom pessoal eu sei cque demorei ,mais é que nesses dias eu estava muito ocupada e sem tempo pra escrever.
espero que gostem desse capitulo...no proximo vai ter uma conversa entre a bella e a rosalie
Beeijos'

Pov Bella

– Então quais foram os resultados desses exames? – perguntei,eu estava tentando parecer confiante mais na verdade estava morrendo de medo que esse exame acusasse que eu tinha alguma coisa grave.

– Bella,um de seus exames acusaram que você tem um coagulo na cabeça,esse coagulo ainda está se formando por que assim que você acordou do coma nós fizemos esse mesmo exame e não acusou nada.

– Isso é grave pai? – perguntou Edward

– Bom , provavemente é fruto das pancadas que você sofreu na cabeça, não vou te enganar Bella, isso pode ser muito perigoso, se você bate a cabeça e rompe alguns vasos, vai existir sangramento. Se ele estiver entre a pele e o osso vai formar o galo... se estiver entre o cérebro e o osso, vai formar o coágulo no cérebro, Normalmente esses coágulos no cérebro por estarem presos entre o orgão e a caixa craniana, pressionam o cerebro e isso pode gerar dores de cabeças,e até um tumor e infelismente o seu é dentro da caixa craniana e o correto é que eu te opere para drenar o coagulo antes que agrave a situação.

– Eu vou morrer? – perguntei com medo ,Edward veio ate mim e me abraçou.

– Claro que não Bella,eu vou te receitar um rémedio para que esse coagulo se desfaça já que acabou de se formar,eu vou esperar quinze dias se não se desfizer você vai voltar para o hospital e ser operada – falou o meu sogro.

– Então a Bella está de alta- perguntou o Edward.

– Sim e Bella evite se estressar pode te causar dores de cabeça muito forte e isso é tudo que nós não queremos ,pode complicar o seu caso – falou ele.

– Não se preocupe pai,eu vou cuidar dela direitinho e esse coagulo vai sumir rapidinho – respondeu meu marido me dando um beijo

– Eu vou ligar pra minha mãe trazer uma roupa pra mim, eu não quero entrar na minha casa de camisola – falei sorrindo,o Carlisle saiu do quarto nos deixando sozinhos eu olhei pra minha filha e uma lágrima desceu no meu rosto, eu estava com muito medo que algo de ruin acontecesse comigo, eu tinha a minha filha e eu tinha que criar ela ,Deus não me deixa morrer eu quero poder ver minha filha crescer ,eu não percebi que o Edward tinha se aproximado ele se abaixou e ficou na minha altura.

– Por que você está chorando Bella – perguntou ele secando uma lágrima que caia.

– Eu estou com medo, de morrer e deixar você e a nossa filha – falei chorando

– Meu amor,nada de mal ,vai te acontecer,você vai ficar boa com os rémedios e nem vai prescisar operar .

– Edward você promete que vai está sempre comigo? – perguntei

– Claro que sim ,Bella você é tudo pra mim ,eu vou cuidar de você e te proteger,não vou deixar que nunca mais ninguém te machuque - falou ele eu puxei se rosto para um beijo.

– È melhor agente ligar pra sua mãe, eu estou louco para ir pra casa com você e nossa Nessie er.. Renesmee – falou ele

– Será que dá pra você parar de chamar minha filha de Nessie – pedi

– Ela também é minha filha – respondeu ele

– Não se você ficar chamando ela assim – falei e o Edward soltou uma gargalhada,Edward ligou pra minha mãe e pediu que trouxesse algo param im vestir,depois que ela chegou eu fui tomar banho com a juda dela,Edward queria me ajudar mais eu não quis,minha mãe me ajudou a me vestir e então nós saimos do banheiro,Edward estava sentando no sofá com Renesmee no colo ele me olhou parecia chateado,mais eu não falei nada.

– Vamos? – perguntei ,Edward se levantou entregou nossa filha pra minha mãe e pegou as coisas da Renesmee que estava aqui, uma enfermeira trouxe uma cadeira de rodas para que eu fosse até o estacionamento.

– Por que eu não posso ir andando? – perguntei irritada

– Bella o estacionamento é longe e seus pontos podem doer por andar tanto – respondeu minha mãe.

– Eu vou até a recepção assinar sua alta Bella,me espera aqui com sua mãe – falou ele me deixando perto da entrada do hospital - Tudo Bem – respondi,Edward não demorou ,assim que ele chegou me levou em direção ao carro me ajudou a levantar e a entrar no carro pela porta de trás ,minha mãe colocou Renesmee no Bebê conforto e também entrou ,Edward foi sozinho na frente. Ao chegarmos na nossa casa ele estacionou o caro na garagem e veio me ajudar a sair ,Edward abriu a porta do carro pra mim e me ajudou a sair,minha mãe tirou Renesmee do carro e fomos em direção a casa, eu andava devagar por causa dos pontos ,o Edward abriu a porta e minha mãe entrou eu entrei depois com o Edward olhei para minha casa eu estava morrendo de saudade.

– Amor acende a luz está tão escuro – falei

– Tudo Bem ,falou Edward,assim que ele acendeu eu ouvi várias vozes gritando – SURPRESA- eu olhei assustada e vi que todos estavam na minha casa,a sala estava decorada com balões e tinha uma faixa dizendo sejam bem vindas ,Meu pai veio me abraçar.

– Minha filhinha que bom ,que você recebeu alta – falou ele me abraçando

– Eu não acredito que vocês fizeram uma festa pra mim- falei sorrindo

– Você merece Bella – falou Alice vindo me abraçar

– Obrigada Alice eu sei que isso é coisa sua – falei e ela sorriu – Claro eu só a única nessa familia que tem célebro – falou ela e todos riram, o Emmet veio em minha direção e me deu um abraço .- fico muito feliz que você tenha se recuperado cunhadinha – falou ele sorrindo

– Obrigado Emmet – respondi – depois da recepção calorosa na minha casa todos foram embora deixando apenas eu o Edward e a nossa renesmee,minha mãe prometeu voltar no outro dia para me ajudar já que o Edward tinha que voltar ao trabalho,eu nunca pensei que poderia ser tão feliz na ,minha vida o Edward era concerteza o melhor marido do mundo ele me ajudou a subir para o nosso quarto,já que eu não conseguia subir as escadas sozinha, ele me levou para o nosso quarto e depois de levar renesmee para o quarto dela.

– Ela estava dormindo?- perguntei

– Estava,ficou reclamando queria dormir no meu braço – falou ele sorrindo ,Edward me acompanhou até o nosso quarto.

– Amor eu vou tomar um banho você pode pedir alguma coisa pra gente jantar ? – perguntei

– Bella eu posso fazer algo pra gente,é claro que eu não cozinho tão bem quanto você mais da pra comer – falou ele sorrindo

– Não precisa meu amor,amanhã mesmo eu volto para cozinha – falei sorrindo

– Bella é claro que não ,você tem que descansar e cuidar somente da nossa filha – falou Edward sério

– Eu gosto de cozinhar e não acho que tenha problema – falei

– depois falaremos sobri isso – falou ele

– Tudo Bem, eu vou tomar banho – falei indo em direção ao banheiro, eu percebi que o Edward estava atrás de mim eu me virei e olhei para ele – Onde você vai?

– Te ajudar a tirar a roupa,afinal você não pode se abaixar – falou Edward

– Não precisa ,eu posso me virar – respondi

– Bella sua mãe e as enfermeiras tem te ajudado todos os dias com isso,hoje mesmo sua mãe te ajudou por que você não quer que eu te ajude? – perguntou ele

– Por nada Edward,eu posso me virar – respondi

– Você não tem que ter vergonha de ficar sem roupa na minha frente Bella ,você é minha mulher e eu te vi sem nada muitas vezes

– Não é isso

– Então o que é? – perguntou ele

– Edward é que eu não quero ficar sem roupa na sua frente ,estou muito feia e com uma marca na barriga da minha cirurgia – falei envergonhada, Edward se aproximou de mim e sorriu

– Meu amor eu te amo, e não é só por que você é linda e sim por tudo que você é, e é não precisa ter vergonha de mim você acabou de ter uma filha é normal que seu corpo esteja diferente Bella você ainda está se recuperando de um parto. - falou ele sorrindo,eu acabe concordando que ele me ajudasse,depois do banho eu amamentei Renesmee e fomos comer a pizza que o Edward tinha pedido , nós jantamos e fomos para o nosso quarto ,renesmee estava com o Edward acordada resmungando concerteza queria dormir nos braços dele já que ele tinha colocado costume nela, eu estava deitada na cama vendo televisão enquanto ele caminhava de um lado para outro com ela choramingando.assim que ela dormiu Edward foi coloca-la no berço e depois veio para nossa cama onde dormimos abraçados ,durante a noite Renesmee acordou algumas vezes o Edward foi busca-la para que eu pudesse amamentar-la fora isso tivemos uma ótima noite eu acabei matando a saudade de dormir agarradinha com ele depois de tanto tempo dormindo naquele hospital

– Edward acorda,você está atrasado para ir a escola –falei

– Só mais cinco minutinhos meu amor – falou ele com preguiça

– Meu amor, você já faltou muito tem que tentar recuperar o tempo perdido,afinal de contas falta pouco para acabar as aulas,você tem que colocar tudo em dia – falei ,então renesmee começou a chorar ele abriu os olhos e sorriu

– Sua filha está te chamando –

– estou indo lá - repondi e me levantei da cama,mesmo sentindo algumas dores na cirugia eu tinha que me acostumar a me virar sozinha afinal de contas o Edward passa a tarde inteira fora e eu não posso passar a tarde trancada no meu quarto,entrei no quarto de renesmee e a tirei do berço assim que coloquei ela nos meus braços ela começou a procurar o peito.

– Meu amor, você está com fome? A mamãe vai te dar mamar – falei olhando pra ela que só resmungava,eu me sentei em na poltrona que tinha no quarto dela e começei a amamenta-la eu a olhava e de repente me peguei sorrindo olhando as semelhanças entre ela e a o Edward.

– Posso saber qual o motivo desse sorriso senhora Cullen? – Perguntou ele parado na porta do quarto

– É que ela é tão parecida com você – falei

– Hum! Mais ela também se parece muito com você – falou ele entrando no quarto e dando um beijo na cabecinha dela – Eu tô indo tomar banho - falou Edward e então saiu.assim que Renesmee terminou de mamar eu desci as escadas devagar com ela nos meus braços eu sentia algumas dores na cirurgia por causa do esforço mais eu tinha que fazer o café do Edward,com algum esforço eu consegui chegar até a cozinha ,coloquei Renesmee no carrinho que por sorte estava na sala e começei a fazer nosso café da manhã.

– Bella,Onde você está ,Bella? – chamava o Edward desesperado

– Estou aqui na cozinha - respondi,eu ouvi os passos apressados dele e então ele entrou na cozinha

– Você quer me enlouquecer,eu fui te procurar no quarto da Renesmee e você não estava lá,desceu as escadas sozinha?

– Edward ,eu estou bem e tenho que aprender a me virar

– Bella você tem que se cuidar, e não pense que vai ficar aqui o dia inteiro sozinha

– E não vou Renesmee vai está comigo – falei

– Sua mãe vai vir passar o dia com você ,você sabe muito bem disso– falou ele

– Não precisa eu posso me virar,minha mãe tem as coisas dela eu não quero dar trabalho pra ela

– Ela disse que não se importa de ficar com você e isso é só por alguns dias enquanto você se recupera 100% - falou ele sorrindo

Nós tomamos café em silêncio,assim que terminamos levantei e retirei a mesa com ajuda dele,então eu começei a lavar a pouca louça suja.

– Bella você está chateada comigo? – perguntou ele

– Edward eu não estou chateada com você só acho que eu não preciso que minha mãe perca todo o tempo dela comigo – falei

– Mais ela que se ofereceu

– Tudo Bem – respondi

– Então assim que ela chegar eu vou pra escola – assim que Edward falou a campainha tocou.

– Deve ser ela – falei, Edward pegou Renesmee e levou para sala eu fui com ele,ao chegar lá ele abriu a porta e minha mãe entrou.

– Bom Dia Edward – falou ela dando um beijo no rosto dele e um beijinho na cabecinha de Renesmee que estava com ele. – Bom Dia renné ,então já que você chegou eu vou indo ,estou um pouco atrasado – ele entregou Renesmee a minha mãe deu um beijo nela pegou a chave do carro e me deu um beijo.- eu volto o mais rapido possivel – falou ele e me beijou- Eu te amo – falei Edward saiu e meinha mãe ficou me olhando .

– O que foi mãe? – perguntei

– Nada é que de repente você ficou meio triste – falou ela

– É que eu não estou acostumada a passar o dia inteiro longe do Edward – falei

– Você se acostuma – falou ela sorrindo, a manhã passou rápido minha mãe me ajudou no banho da Renesmee,ela me ensinou como segura-la a verdade é que eu tinha medo de dar banho nela sozinha ela é tão pequena,depois eu fui preparar o nosso almoço ,minha mãe também me ajudou com isso, assim que eu terminando de preparar quando eu senti dois braços em volta da minha cintura.

– Cozinhado senhora Cullen? – perguntou ele,eu me virei e o beijei com paixão,estava com saudades dele.

– Tem gente aqui hein ! – falou minha mãe ,fazendo Edward enterromper nosso beijo.

– Eu vou tomar banho para ir trabalhar

– Tudo Bem – falei e o Edward foi embora

– Vamos colocar a mesa?seu marido ainda vai trabalhar – falou minha mãe

– Vamos – respondi,logo depois do almoço ,Edward foi trabalhar,e eu fui com a minha mãe e Renesmee para sala quando a campainha tocou,minha mãe levantou e foi até a porta abri,eu fiquei no sofá com a minha filha.

– Bella ,tem uma pessoa que quer falar com você – falou minha mãe,então eu levantei a cabeça e a vi. ela estava parada ao lado da minha mãe ela estava com o rosto vermelho parecia que tinha chorado .

– Rosalie ? – foi só o que eu consegui falar

Notas finais do capítulo
E ai?
Reviews?
beeijos




(Cap. 35) Todos merecem um segunda chance

Notas do capítulo
Bom pessoal ta ai mais um c aoitulo da fic
Beeijos

ov Bella

Rosalie estava parada ao lado da minha mãe ,olhando ela nem parecia a mesma garota futil de uns tempos atrás,ela estava com o cabelo preso em um rabo de cavalo e sem maquiagem ,eu nunca tinha visto a rosalie sem está com os cabelos soltos ou sem maquiagem ela sempre foi tão vaidosa, ela me olhava .

– Bella eu posso conversar com você? – falou ela,eu fiquei sem saber o que fazer ,jamais esperava que a Rosalie viesse na minha casa – claro- respondi

– Eu vou lá pra cima com a Renesmee para vocês conversarem – falou minha mãe.

– Eu posso vê-la ? – perguntou e rose, eu tive vontade de dizer não,afinal de contas por causa dela eu quase morri e perdi minha filha,mais eu não tive coragen de negar – Pode – respondi,ela se aproximou do carrinho e sorriu quando viu a minha filha.

– Ela é linda,Parabéns se parece muito com o Edward – falou ela

–Muito obrigado Rose – falei, minha mãe pegou a Renesmee e saiu – Pode sentar – falei ela me olhou e então sentou do meu lado.

– Quando o Jazz me falou que você tinha acordado eu quis ir até o hospital para conversar com você, eu não fui por que o Emmet poderia esta lá e ele não quer me ver ,não queria mais brigar com ele,então o Jazz me ligou ontem e falou que você recebeu alta e eu resolvi vir.

– O Jasper? - perguntei ,eu nunca imaginei que justamente ele iria dar informaçoes minhas a Rosalie

– Bella depois de tudo que aconteceu ele foi a única pessoa que me procurou e não ficou sem falar comigo,eu sempre perguntava a ele como você estava e a bebê – falou ela

– O que você quer rose?

– Seu perdão Bella, eu sei que o que eu fiz é imperdoável,mais eu nunca faria nada pra te machucar nem a sua filha, a tânia veio pedir a minha ajuda ela me disse que queria só conversar com você, me prometeu que não te faria nada e eu acreditei, afinal de contas ela era minha amiga,mais ela mentiu pra mim quando eu vi você já estava muito machucada e então eu fui pedir socorro,Bella eu sei que eu errei e você não imagina o quanto eu tenho me sentido culpada, o Emmet me odeia e a minha vida não tem mais sentido eu só quero que você possa me perdoa para que eu possa tirar um pouco o sentimento de culpa que eu carrego. – falou ela com as lágrimas descendo pelo seu rosto.

– Rosalie você nunca gostou de mim por que você acha que eu deveria acreditar que você não tinha a intenção de me machucar nem a minha filha?

– Eu não sou um montro Bella,eu nunca gostei de você mais era só por que você tinha roubado o namorado da minha melhor amiga,mas eu jamais teria coragen de fazer isso com você ,ainda mais você estando grávida.

– Eu não guardo raiva de você ,sei que você errou as pessoas cometem erros – falei

– Você me perdoa?

– Sim – respondi

– Muito Obrigada Bella ,você não imagina o que isso significa para mim.

– Rosalie o Emmet também está sofrendo com essa situação por que você não tenta conversar com ele – falei

– Não posso Bella ,ele não vai me perdoar nunca,as coisas que ele me disse no hospital estão na minha mente até hoje . – disse ela

– Se você quizer eu posso falar com ele ,dizer que nós conversamos e que..

– Bella eu não quero que ele pense que eu só vim falar com você pra ele me perdoar, por que não foi, a culpa me corroe a cada dia e ainda mais agora que eu descobri que ... – ela de repente se calou

– Descobriu o que? – perguntei

– É melhor não ,eu não posso falar sobre isso, eu vou sair da cidade e tentar recomeçar - falou ela

– Pode confiar em mim Rosalie eu não vou contar pra ninguém o que você me falar.

– Eu Descobri a dois anos depois de uma infecção que eu não podia ter filhos, quer dizer o médico me disse que me minha chance de engravidar era uma em um milhão quer era praticamente impossivel, meu sonho sempre foi me casar com o Emmet e ter filhos com ele, quando eu descobri que não podia entrei em depressão o Emmet me deu muita força, quando aconteceu aquilio com você, o Emmet disse que eu não merecia ser mãe Bella e por isso que eu era estéril as palavras dele foram muito duras comigo, eu passei dias chorando meus pais quizeram me internar por que eu não comia e não saia do quarto, eu fui ao médico levada a força pelos meus pais depois de ter passado mal e então eu descobri que estou grávida.

As palavras da Rose ficaram na minha mente ,ela estava grávida , eu sei que o que ela fez foi horrivel,mais agora ela ia ser mãe e precisava do Emmet. – E quando você vai contar pra ele? – perguntei ,ela me olhou secando as lágrimas que caiam.

– Eu não vou contar Bella o Emmet me odeia e com razão eu mereço o despreso dele,ele sempre fez tudo por mim e eu sempre destratei os amigos dele,eu não quero complicar a vida dele, obriga-lo a conviver com a minha presença que ele tanto odeia . – falou ela

– Rosalie o que você fez foi errado eu te perdoei mais eu nunca vou esquecer e por mais que eu tente confiar em você eu vou sempre está com um pé atrás e não é por que eu quero e sim é só um modo de defesa,já o Emmet ele te ama só está magoado com você, você errou mais todo mundo merece uma segunda chance,quer um conselho?

– Claro

– Procura ele e conta que ele vai ser pai,deixe que ele decida se quer fazer parte da sua vida e desse bebê – ela me olhou e sorriu

– Obrigada Bella ,por ter me perdoado eu sei que eu não mereço está aqui na sua casa conversando com você,depois de tudo que eu te fiz,eu realmente vou pensar sobre isso eu só não quero ter quer sofrer mais nenhuma rejeição por parte do Emmet – falou ela – Bom Bella obrigada por me receber ,eu já vou indo,tenho uma consulta com um médico agora a tarde - falou ela se levantando e indo em direção a porta .

– Rosalie? - ela se virou para mim no momento que eu a chamei – Parabéns pelo Bebê,você está confusa agora mais logo as coisas vão se ajeitar – falei ela sorriu

– Obrigada ,Apesar de todas as coisas ruins que tem acontecido esse bebê foi a melhor coisa que me aconteceu – falou ela antes de ir embora ,eu fechei a porta e voltei para o sofá ,alguns minutos depois minha mãe desceu com renesmee chorando.

– O que foi? – perguntei

– Ela está com fome – falou minha mãe me entregando ela,eu comecei a dar de mamar para minha pequena.

– Então minha filha o que ela queria?

– Pedir desculpas por tudo - respondi

– E você desculpou?

– Sim Mãe,a Rose cometeu um erro e parece arrependida.

– Você te um grande coração minha filha eu tenho muito orgulho de você

O resto da tarde foi tranquila depois que a renesmee mamou ela resolveu dormir o resto da tarde, minha mãe foi embora uns minutos antes que o Edward chegasse, eu fiquei na cozinha preparando o nosso jantar e a Renesmee dormia no carrinho perto de mim, eu ouvi a porta da sala sendo aberta concerteza era o Edward.

– Cozinhado para o seu maridinho? – perguntou ele me abrçando e dando um beijo no meu pescoço.

– Claro, tenho que deixar ele bem alimentado – respondi

– E como foi a sua tarde sem mim, sentiu muita falta ? – perguntou ele destribuindo beijos pelo meu colo

– Senti, amor para com isso, você sabe que agente não pode passar disso então por que fica provocando? - falei por causa dos beijos que ele estava me dando, Edward parou na mesma hora e sorriu com um olhar de quem se desculpa.

– Desculpa meu amor é que eu não resisto – falou ele – então eu vou tomar um banho pra gente jantar - ele deu me deu um selinho ,olhou nossa filha no carrinho e foi em direção ao nosso quarto, Eu estava colocando a mesa quando ele desceu as escadas sem camisa e com uma bermuda,renesmee começou a resmungar dentro do carrinho e ele foi pegar ela.

– A Bella adormecida acordou – falou ele segurando ela

– Ela dormiu a tarde quase toda ,agora ela não vai dormir tão cedo – falei,nós nos sentamos na mesa Edward colocou a nossa filha de volta no carrinho para poder jantar, eu queria contar que a Rose esteve aqui mais eu sabia que ele ficaria chateado,mais eu não iria esconder nada do Edward e resolvi contar

– Amor, hoje a tarde a rose veio até a nossa casa – falei , o Edward me olhou e eu senti ele mudar a expressão.

– Espero que você tenha colocado ela para fora da nossa casa

– Na veradade ela veio me pedir desculpas

– Espero que você não tenha desculpado

– Edward ela está arrependida,ela está mal de verdade, eu resolvi perdoar ela,

– Bella você é muito ingenua , a Rose pode está mentindo a Tânia está solta por ai,ninguém sabe se ela não está ajudando ela a se esconder ,você não pode ficar deixando essa mulher entrar na nossa casa .

– Eu acredito nela, ela me parece arrependida ,está passando por um momento dificil Edward ,todos estão contra ela

– Eu acho que ela merece o despreso de todos

– Ela está grávida Edward, do seu irmão - falei o Edward me olhou incrédulo e então falou

– Grávida? Tem certeza disso Bella?

– Tenho sim, ela me contou que descobriu a alguns dias e ela está sofrendo com a separação e agora com esse filho eu não sei eu vou falar com o Emmet sobre ela .

– De jeito nenhum Bella a Rosalie só está colhendo o que plantou – falou ele com a cara amarrada – Edward eu não estou acreditando no que estou ouvindo ,essa criança que ela está esperando é seu sobrinho,poxa você acha que é facil saber que está grávida e que está sozinha?pois não é, apesar de que nós acabamos nos acertando eu tive muito medo Edward por saber que estava carregando um filho e que não podia contar com ninguém ela pode ter errado mais todos merecem um segunda chance e por isso eu vou conversar com o Emmet que também está sofrendo com tudo isso – falei o Edward não falou mais nada simplesmente foi para sala eu me levantei e levei Renesmee no carrinho até onde ele estava sentado no sofá. – Edward você está chateado comigo por ter desculpado ela?- perguntei

– Não é isso Bella ,eu sei que você tem razão ,mais é que eu não consigo ver a Rose da mesma forma,ela tá fazendo o Emmet sofrer ,mais eu não sei se ele merece ficar com uma pessoa dessa.

– Mais isso é ele que tem que resolver - falei

*****

Eu tinha que dá um jeito de falar com o Emmet e fazer ele e a Rose se acertarem eu não quero ser motivo do sofrimento de ninguém ,Edward saiu logo depois do café da manhã me deixando com a mãe dele.

– Esmee eu odeio ter que dar trabalho pra vocês, eu estou bem de verdade e posso me virar.

– Que isso Bella é um prazer ajudar afinal de contas é minha netinha linda – falou ela olhando para renesmee que estava no carrinho

– Esmee eu queria pedir sua opinião é sobre a Rose – falei a Esmee me olhou séria e então sorriu

– Ela te procurou para pedir desculpas?

– Sim – respondi

– E você está em duvida se deve desculpa-la ou não?

– Não eu já desculpei,o problema é outro

– Problema?

– Rosalie está grávida – falei a expressão dela mudou completamente de repente seu rosto ficou em choque e depois voltou ao normal

– O que? De quem?

– Do Emmet ,ela me disse que esta de três meses ela não quer contar a ele ,disse que ele não quer vê-la e ela não vai impor a presença dela por causa do Bebê,eu estive pensando em conversar com ele sei lá

– Eu não acredito que o Emmet foi tão irresponsavel, eu não sei o que esses meus filhos tem na cabeça primeiro o Edward e agora ele, a Bella me desculpe eu amo minha neta eu só estou falando da falta de responsabilidade desses dois ,agora só falta Alice aparecer grávida, e como é a Rosalie quer ir embora?

– Parece que sim

– Bella eu não acho que isso seja nosso assunto mais uma criança não é brincadeira o Emmet tem que arcar com as consequencias e não importa se ele vai continuar com ela ou não.

Esme e eu passamos a manhã inteira conversando sobre isso o que poderiamos fazer para ajudar a Rosalie já estava na hora do almoço e nada do Edward chegar.

– Nossa Esmee o Edward está demorando tanto eu acho que vou ligar pra ele – falei pegando o telefone e ligando pra ele o celular dele chamou mais ninguém atendeu ,quando eu desliguei o telefone o meu celular tocou eu peguei e coloquei no ouvido sem olhar o número

– Alô – falei

– Alô Bella?

– Oi Pai, está tudo bem sua voz está um pouco diferente

– Está tudo bem , eu só liguei pra dizer que a Tânia foi presa.

– Presa?onde ela estava?

– Estava escondida na casa de uma tal de victória ,uma aluna do colégio, o Edward acabou de chegar aqui, ele está falando com ela e me pediu pra te ligar e contar.

– Pai eu quero falar com o Edward ,chama ele por favor !

– Bella se acalme nós estamos interrogando aquela delinquente assim que for possivel eu mando ele te ligar... e não venha para a Delegacia mocinha deixa que agente resolve isso. – falou meu pai antes de desligar

– O que houve Bella ? – perguntou Esmee

– a Tânia foi presa

Continuaa....

Notas finais do capítulo
E ai Reviews?
beeijos'




(Cap. 36) Cara a cara

Notas do capítulo
Bom pessoal eu sei que demorei a postar mais ta ai mais um capitulo da fic
Beeijos

Pov Edward

Quase que os professores não me deixavam sair hoje eu resolvi ligar pra Bella para contar que iria chegar um pouco atrasado mais assim que eu peguei meu telefone ele começou a tocar ,era um numero desconhecido eu resovi atender poderia ser importante

– Alô – falei

– Edward é o Charlie eu tenho novidades para você

– Aconteceu alguma coisa com a Bella? – perguntei temeroso

– Não, na verdade nós prendemos a Tânia – falou ele do outro lado da linha eu nem acreditei nisso,.

– Eu estou indo para a delegacia quero ver a cara dessa assasina – falei

– Venha rápido por que assim que o advogado chegar não vai deixar você ver ela

– Eu tô indo – eu entrei no carro e arranquei na maior velocidade eu precisava olhar para cara daquela vadia desgraçada e dizer umas verdades,por sorte a delegacia era perto da escola estacionei o carro e sai as pressas – Onde está ela? – perguntei assim que cheguei perto do Charlie

– Está na minha sala sozinha eu vou enterroga-la daqui a pouco .

– Você já ligou pra Bella? – perguntei

– Ainda não, você acha que eu devo ligar para ela?

– Não se preocupe Charlie eu ligo - falei

– Edward se você quizer falar com ela a hora é essa deixe que eu ligo para minha filha – falou o Charlie

– Tudo bem – respondi

– Charlie aonde encontraram? – perguntei curioso

– Na casa de uma amiga ela ligou para a delegacia e me disse que a tânia tinha aparecido lá hoje pela manhã pedindo para ela a esconder a té ela ter dinheiro para sair da cidade ,ela fingiu que aceitou e chamou a policia quando foi para escola.

– E quem foi?

– Rosalie Hale – respondeu Charlie

– Rosalie tinha entregado Tânia isso era inacreditavel,talvez ela realmente tenha mudado,eu abri a porta da sala de Chalie e a vi ,estava sentada de cabeça baixa ,quando ouviu a porta se abrindo ela levantou a cabeça e me olhou nesse momento a raiva que eu senti foi tão grande que minha vontade era arrancar a cabeça dela nesse momento ela começou a chorar desesperada

– Edward meu amor,você veio me ver, eles estão ficando loucos ,eu sou inocente não fiz nada eu juro Edward me tira daqui por favor.

– CALA BOCA TÂNIA – falei aos berros eu não pretendia me exaltar mais só ouvi a voz dela me dava muita raiva

– Edward o que?

– Eu não vim aqui para te soltar eu vim aqui pra te ver apodrecer atrás das grades por ter feito o quer fez com a minha mulher e minha filha, eu espero que você agradeça a Deus por ela e minha filha estarem vivas,por que se não, nesse momento eu já teria te matado com as minhas proprias mãos

– Edward eu não fiz nada, eu juro

– E então por que estava fugindo?

– Por que todos estavam dizendo que a Bella estava no hospital e que eu tinha atacado ela,eu fiquei com medo e por isso resolvi me esconder mais eu não fiz nada eu juro meu amor

– PARA DE ME CHAMAR DE MEU AMOR,EU NÃO SOU SEU AMOR COLOCA ISSO NA SUA MENTE DE UMA VEZ

– Edward eu te amo, tudo o que eu fiz foi por você para que agente ficasse junto,me ajuda meu amor me tira daqui.

– Por mim você vai apodrecer aqui,eu só vim aqui para ter o gosto de jogar na sua cara que não conseguiu o que queria,minha mulher e minha filha estão vivas e bem eu só queria te dizer isso. – ao terminar de falar eu sai da sala ,meu pai e Emmet tinha chegado

– Edward meu filho o que você falou com ela ? – perguntou meu pai

– Só falei umas verdades da cara dela , eu vi que o Emmet estava com a cara amarrada do outro lado da sala – o que houve com o Emmet?

– É a Rosalie ela está naquela salinha, o Charlie está enterrogando ela o Emmet ficou desconfortavel por encontrar ela aqui.

– Eu vou falar com ele – eu disse e então fui até o Emmet que encostado em uma parede – Emmet o que você tem? – perguntei a ele

– Eu não queria ter que encontrar com a Rosalie, mais o nosso pai não quer me deixar ir embora por que ele está sem carro,Edward você não pode deixar ele em casa? – perguntou ele me olhando esperançoso

– Você tem que enfrentar logo isso Emmet, por que você está querendo fugir,você não tem tanta certeza de que nunca mais quer nada com ela . – falei

– Edward eu não quero ver ela por que eu não quero que ela venha se fazendo de boa moça por ter entregado a Tânia por que eu não acredito.

– Então qual é o problema?

– É que eu vou rejeita-la mais uma vez por que eu não posso e não devo ficar com uma pessoa tão ruim e eu não quero vê-la chorando ,parte meu coração Edward – falou ele de cabeça baixa

– Você a ama - falei

– Eu sei – falou ele

– E por que não conversa com ela e se acertam?você sabe que ela te ama e também está sofrendo como você e..

– Está defendendo ela? logo você por causa dela a Bella quase morreu e isso eu nunca vou perdoa entendeu! – falou o Emmet furioso

– Emmet ela esta arrependida e a Bella já perdoou ela ,se ela que foi a maior prejudicada conseguiu perdoar por que você que a ama não consegue?

– Por que eu não quero passar por tudo de novo ,ver ela maltratar meus amigos e minha familia eu não consigo mais viver assim,ela não vale nada Edward e por mais que isso me doa essa é a verdade eu não quero uma mulher tão cruel ao meu lado uma pessoa que não sabe amar de verdade que só sabe mentir, ela sempre esteve comigo na minha casa vendo as coisas e indo contar pra amiguinha assasina dela por que você acha que eu devo perdoa ela?

– Por que ela está esperando um filho seu - falei eu sabia que não tinha o direito de contar isso para ele ,mais eles tinham que resolver isso o Emmet estava muito magoado com ela ele se sentia traido por ter confiado tanto nela ,vi seu rosto mudar de surpreso para incrédulo.

– Que brincadeira é essa ? por que você não para de brincar com os sentimentos dos outros? – falou ele chateado

– Não é brincadeira Emmet,ela contou a Bella quando esteve lá em casa .

– Ela não pode engravidar ,é quase impossivel – falou ele me olhando incrédulo

– Ela também ficou supresa quando descobriu – falei

– Ela pode está mentindo, quer usar isso para me fazer voltar pra ela só que ela não vai conseguir.

– Emmet ela vai embora da cidade logo ,deixa de ser orgulhoso ,ninguém vai te julgar se você voltar pra ela, pensa nesse filho que ela está esperando um filho seu vai mesmo deixar ela leva-lo embora? – nesse momento eu vi o Emmet sorri ele me olhou .

– Eu vou mesmo ser pai? – perguntou me olhando

– Parece que sim – respondi

– Emmet vai atrás dela se você realmente a ama - eu disse e nesse mesmo instante a Rose abriu a porta da salinha e saiu o Emmet paralisou nesse momento, eu pensei que ele iria até ela conversar mais para minha surpresa ele siu da delegacia ,provavelmente deve ter ido para o carro, ela abaixou a cabeça e eu fui até ela

– Oi Rose – falei ela me olhou com um olhar de culpa no rosto

– Edward eu queria

– Tudo bem! Eu não quero falar do passado ,será que você pode me contar como encontrou a Tânia

– Claro! Pela manhã eu desci para tomar café estava sozinha em casa,meus pais tinha saido muito cedinho e a campanhia tocou eu fui atender quando abri a porta vi que era Tânia eu fiquei em estado de choque sem saber o que fazer,na verade eu fiquei com medo dela eu sei o que ela é capaz de fazer,então me fiz de amiga dei um abraço nela e perguntei onde ela estava esse tempo todo, ela me contou que estava na casa da Victória ,mais não dava pra ficar mais lá por que a mãe dela estava ficando desconfiada e tinha resolvido pedir a minha ajuda para esconde-la até ela poder sair da cidade e é isso eu a denunciei e agora só Deus sabe o que vai acontecer. – concluiu ela

– Eu espero que ela continue atrás das grades

– Bom o Chefe Swan disse que eu posso ir embora e eu acho que é isso mesmo que eu vou fazer,até logo Edward – falou ela se despedindo quando ela se virou para ir embora bateu de frente com o Emmet

– Me desculpe Eu não te vi – falou ela apressadamente

– Podemos conversar um minuto? – perguntou meu irmão olhando para ela

– Podemos – respondeu a Rosalie

– Tem uma sala vazia do outro lado ,vamos para lá? – perguntou ele, a Rose seguiu o Emmet e então sumiram de vistas, apesar do que a Rose fez eu espero que ela e o Emmet consiguam se acertar, eu sei o quanto meu irmão é louco por essa mulher, quase tão louco quanto eu sou pela Bella eu resolvi ir falar com o charlie sobre o que vai acontecer com a Tânia.

– E então Charlie a Tânia vai para o presidio?

– Infelizmente eu não sei ,por enquanto ela vai ficar aqui,eu acabei de falar com os pais dela ,eles não estavam informados de nada desses acontecimentos faz mais de um mês que estão viajando e só iriam voltar no fim desse Mês,pelo menos foi o que a Mãe dela me falou,eles devem chegar ainda hoje .

– Eu adoraria esperar para saber qual vai ser a reação dos pais dela mais eu tenho minha mulher e minha filha em casa esperando para o Almoço – falei

– Mais já são duas da tarde você deveria era está no hospital

– Eu liguei para lá ,me deram o restante do dia de folga

Eu estava indo para o meu carro quando vi o Emmet e a Rose conversando pelo mesnos não pareciam está brigando, eu fui até meu carro e dei partida,acelerei o carro para chegar logo na minha casa eu cheguei rápido desci do carro e abri a porta Bella estava sentada no sofá com Renesmee no braço conversando com minha mãe,quando ela me viu ela sorriu

– Edward que bom que você chegou eu estava ficando desesperada – falou ela

– Bella eu estou bem,por que o desespero?

– Eu fiquei com medo que a Tânia fizesse mal a você

– Não se preocupe meu amor a Tânia não vai fazer mal nenhum, nem a mim e nem a você – falei a abraçando

Pov Bella

Ainda bem que o Edward chegou eu estava a ponto de pegar um carro e ir até a delegacia,eu não dizia ao Edward para não deixa-lo preocupado mais eu tinha medo que a Tânia fizesse mal a nossa filha ou a ele com toda essa obsessão dela por ele.

– E ela Edward o que te falou quando te viu? – perguntei

– Ela disse pra mim tirar ela de lá que ela era inocente ficava gritando feito uma louca,meu amor não vamos mais falar dela o que importa é que agora ela está presa e não vai poder fazer mal a nossa familia – falou meu marido

– Mais os pais dela tem muito dinheiro Edward,podem contratar um bom advogado e solta-la afinal ela é essa foi a primeira vez que ela foi presa e ela não vai responder por assasinato e sim por agressão fisica e isso não é um grande motivo para ser mantida presa ,então eu acho melhor vocês ficarem sempre informados sobre a situação dela – falou a minha sogra

– Eu sei mãe, mais eu vou fazer de tudo pra que a Tânia apodreça atrás das grades

– Meu filho eu estou muito aliviada com a prisão dessa menina,espero que agora ela coloque um pouco de juizo na cabeça e entenda que não pode forçar as pessoas a amarem ela .

– Eu também espero Esme, mesmo por que eu não estou mais grávida e nada me impede de dar uma boa surra nela agora – falei

– Bella não fale isso nem de brincadeira ,eu não quero você perto dessa louca – falou o Edward em um tom de reprovação.

– Eu vou embora meu filho ,você disse que vai passar o resto do dia em casa então eu vou indo. – falou a Esme se levantando

– Obrigado Mãe ,por ter cuidado da minha mulher – agradeceu ele

– Não fiz nada ,Só companhia a ela – falou minha sogra sorrindo ela deu um beijo em Edward e depois em mim e foi se despedir de Renesmee então foi embora

– Meu amor? Você está com fome ? – perguntei

– Um pouco meu amor, eu não comi nada ainda desde o café eu vou tomar um banho e preparo um lanche pra mim – falou ele e então me deu um beijo

– Tudo Bem – respondi ,Edward subiu para o quarto e eu fui para cozinha com renesmee preparar algo para ele comer – meu amor,vamos fazer um lanchinho para o papai? – falei com ela que sorriu incrivel mais renesmee estava cada dia mais parecida com Edward,alguns minutos depois ele voltou e veio até a cozinha eu tinha feito uma vitamina com um sanduiche para ele já que ele não queria mais almoçar.

– Meu amor não precisava, eu ia fazer - falou ele

– Mais é que você teve um dia estressante e ainda ia tomar banho então eu fiz .

– Obrigada Bella,você é incrivel as vezes eu fico pensando em como eu fui tão idiota,por que eu não pecebi logo que te amava no lugar de ficar com a Tânia,ai quem sabe hoje em dia nós não teriamos esse problema nas nossas vidas.

– Edward, eu não mudaria nada que aconteceu com agente, se você tivesse percebido que gostava de mim, iria pedir para namorar comigo e tudo seria diferente mais e nossa filha será que agente teria ela? eu não me arrependo de nada pelo que passamos por que tudo valeu a pena

– Eu t e amo Bella, - falou meu marido me beijando , o beijo dele era cheio de desejo Edward começou a passar a mão pelo meu corpo e eu correspondendo eu não podia negar estava louca pra fazer amor com ele ,mais infelizmente eu não podia ainda, então resolvi interroper antes que agente se animasse demais.

– O que foi? – perguntou ele quando eu interropi o nosso beijo

– Não acho uma boa idéia eu posso me empolgar mais do que o permitido – ele começou a rir e então falou.

– Você tem razão é que eu estou com saudades.

Continuaaa............

Notas finais do capítulo
E ai pessoal o que acharam?
Reviews?
Ainda hoje(se possivel)eu posto Um novo começo
Beeijos'




(Cap. 37) Almoço em familia

Notas do capítulo
oi pessoa voltei, eu sei que estava um pouco sumida ...mais acontece que minha sobrinha está doente e eu estava ajudando minha irmã ... mais eu prometo que vou atualizar mais rapido a fic
Beeijos e espero que gostem do capitulo ,só ingmorem os erros por que eu fiz sem muito tempo...

Pov Bella

Hoje nós iriamos almoçar na casa dos pais do Edward,ele tinham nos convidados eu estava arumando Renesmee enquanto o Edward estava tomando banho.

– Protinho Bebê ,agora você vai ficar com o papai, para a mamãe tomar um banho – falei olhando para ela ,enquanto ela me olhava resmungando,eu peguei renesmee no colo e fui para o meu quarto , quanto entrei Edward estava terminando de se vestir.

– Amor, fica com ela pra mim, tomar banho? – pedi

– Claro – respondeu ele ,vindo pegar ela e me deu um beijo.

– Não demora ,meu amor, que já era para gente ter ido – falou ele

– Edward até parece que eu ,passo duas horas me vestindo – falei e entrei no banheiro, tomei meu banho ,e fui para o quarto me vesti ,escolhi uma calça jeans, e uma blusinha regatinha, fazia tempo que eu não usava minhas calças Jeans,por sorte parece que elas resolveram voltar a entrar em mim,assim que terminei de me vestir eu desci,Edward estava anadando de um lado para outro com Renesmee nos braços enquanto ela ficava reclamando.

– Coloca ela em pé, ela adora – falei

– Mais ela é muito pequenininha ,pode prejudicar a coluna Bella

– Claro que não ela tem que ficar em pé para endurecer a coluna Edward – ele colocou ela como eu falei ,e então acabou a reclamação .

– Viu? – falei sorrindo

– Vi sim ,agora é melhor agente ir – falou Edward me entregando Renesmee para levar as coisas para o carro,eu coloquei ela dentro do carro e fui para frente ,Edward logo entrou e nós fomos para casa dos pais dele,Edward estacionou o carro na frente da casa dos Cullen, ele me ajudou a descer e depois pegou Renesmee do carro, Eu abri a porta da casa e nós entramos.

– Bella que bom que chegaram – falou Esme me dando um abraço e depois pegando Renesmee do Edward.

– É só eu que não ganho abraço da minha mãe – falou Edward fingindo está ofendido

– Meu filho é claro que você ganha – falou Esmee dando um beijo no rosto dele que ficou sorrindo

– Onde estão os outtros – perguntei

– Alice saiu com o Jazz, eles foram comprar alguma coisa ,ela não me disse o que ia comprar, Carlisle está na cozinha terminando o almoço e o Emmet ,bom eu não sei dele,mais ele prometeu que chegava para o Almoço – terminou ela

– Carlisle está cozinhado? - perguntei surpresa

– Está Bella ,e ele cozinha muito bem – falou minha sogra toda orgulhosa do marido

– Nossa,eu morei aqui bastante tempo e nunca vi ele na cozinha

– Ele nuca tem tempo, mais hoje ele disse que iria fazer o Almoço por que era a primeira vez que a neta vinha almoçar aqui – falou Esmee sorrindo

– mãe, ela nem vai comer – falou Edward, Esmee o olhou de cara feia para o Edward.

– Meu filho por favor, é melhor você ficar calado, seu pai quase nunca cozinha ,hoje ele está todo animado por que é a primeira vez que a neta vem na nossa casa,não desanime seu pai.

– Tudo Bem, eu vou lá na cozinha.

– Eu também vou amor, - falei, Nós três chegamos a cozinha e vimos o Carlisle que estava tirando algo do forno, ele nos olhou e sorriu.

– Chegaram deixa eu vê a minha netinha ? – falou ele com a Esmee que entregou Renesmee a ele .

– Nossa carlisle é nossa neta o Edward também é meu filho – falou Esmee, Carlisle não deu nem um pouco de atenção ao que ela falou.

– Nossa como ela já cresceu ,também e stá perto de fazer um mês, Meu filho eu estou impressionado, essa menina é sua copia fiel.

– Bella vamos lá para sala ,deixa os meninos trabalharem hoje, filh juda seu pai ,me da elaaqui que você tem que terminar o nosso almoço – falou minha sogra tomando Renesmee do Carlisle.

– Bella, como te se sentido?alguma dor de cabeça? – perguntou ele

– Me sinto bem, na verdade eu não sento nada na minha cabeça – respondi

– Não se esqueça na proxima semana tem que ir ao hospital refazer o exame

– Pode deixar, eu vou – falei e fui para sala acompanhada da minha sogra, nós sentamos no sofá ,Renesmee começou a chorar ,Esmee colou ela em pé e imediatamente ela se calou

– Esmee você contou para o Carlisle sobre a Rosalie? – perguntei ela me olhou séria

– Não, eu não contei por que ele vai f icar uma fera com o Emmet e eu quis evitar mais uma confusão nessa casa, eu sei que não adianta esconder ,mais Bella o Carlisle vai ficar muito chateado com o Emmet e com certeza vão brigar, e também o Emmet ainda não me contou ,ele se quer fala nela, eu não acho que tenham feito as pazes, já faz mais de uma semana que ele conversaram e o Emmet continua do mesmo jeito.

– Ele também não foiu na minha casa essa semana e não falei mais com a Rosalie .

– Bella você já chegou ! – f alou Alice entrando na sala, segurando uma bolsa,ela veio até mim e me abraçou.

– cheguei sim – disse sorrindo

– Minha sobrinha ,linda a titia comprou uma coisinha pra você, espero que você goste – Alice tirou da bolsa um pacotinho e me entregou

– Obrigada Alice ,não precisava ter se encomodado - falei

– Bella não foi encomôdo nenhum - disse Alice, eu abri a pacote e vi que era uma vestido, cor de rosa ,era lindo ,e bem pequenininho.

– É lindo, muito obrigada -falei dando um abraço nela

– De nada ,eu encomendei a uma estilista, ela não fazia roupa infantil,mais ai eu a convenci de fazer esse vestidinho para minha sobrinha linda ,eu comprei a té sapatinhos para combinar ,olha – falou ela tirando uma caixa de dentro da bolsa.

– Alice,não precisa ,ficar gastando com a Renesmee - falei

– Você não gostou? – falou ela fazendo bico

– Amei , é lindo,mais não quero que gaste seu dinheiro

– Bella para com isso ,ela é minha sobrinha e eu acho que isso me da o direito de dar presentes a ela

– Onde está o Jazz?ele não vem almoçar? – perguntei

– Ele foi em casa ,tomar um banho e se trocar, ela vem rapido – Nesse momento Renesmee começou a chorar de novo, Esmee levantou com ela e começou andar de um lado para o outro tentando acalma-la mais ela continuava chorando.

– Bella será que não é a frauda? – perguntou minha sogra

– Eu vou levar ela lá em cima para ver – eu me levantei peguei ela e subi as escadas,Edward tinha colocado as coisa dela no nosso antigo quarto, eu abri a porta e fiquei surpresa ao ver que ninguém mexeu em nada,nosso quarto estava exatamente como no dia que saimos daqui, eu coloquei Renesmee em cima da cama e troquei a frauda, ela não parava de chorar, eu me sentei e coloquei ela para mamar, pela força com que ela mamava ,devia está com fome.

– Bella, eu estava te procurando, minha mãe disse que tinha vindo trocar a frauda da Renesmee – falou Edward entrando no quarto

– Ela não quis esperar para hora do Almoço – falei sorrindo

– Estamos só te esperando para Almoçar o Emmet e o jazz chegaram

– Eu já estou indo – eu me levantei com Renesmee que agora dormia nos meus braços e acompanhei Edward até a sala onde todos estavam conversando, para minha surpresa o Emmet nõa estava sozinho a Rosalie estava do lado dele, eu fiquei muito feliz com isso pois era evidente a felicidade dele.

– Cunhada,pensei que você não iria trazer minha sobrinha para mim ver - falou ele brincando e todos riram

– Ela acabou de dormir,mais ela acorda rapido assim você aproveita mais – falei

– Tudo bem – falou ele

– Rosalei, como você está? –perguntei

– Bem – falou ela vindo até mim e me dando um abraço e depois dando um beijo na cabeça de Renesmee ,todos nos olharam abismados,concerteza acharam que ficaria um clima estranho,mais eu perdoei a Rosalie de coração no dia que ela foi até minha casa.

– É assim que eu gosto ,minha namorada e minha familia unidos – falou o Emmet sorrindo e abraçando a Rose

– Meu filho, eu fico feliz que tenham se entendido,você fez bem em perdoar a Rose, todos nós cometemos erros,e nunca é tarde para se arrepender e recomeçar, então Rose seja bem vinda de volta a nossa familia e espero que agora tenha um pouco mais de juizo

– Obrigado Carlisle, eu sei que fui horrivel com todos vocês e fico muito grata por estarem me recebendo depois de tudo que eu fiz – falou ela

– Então vamos para mesa? – falou a Esmee nos chamando, Edward colocou nossa filha no carrinho ,todos foram para sala de jantar, o Almoço feito por Carlisle estava um delicia, para falar a verdade estava um clima super agradavel ,assim que terminamos de comer ,fomos para sala , Renesmee já tinha acordado e estava fazendo a festa com todos ,Alice estava disputando com rosalie para segura-la no colo

– Rosalie por favor me deixa segurar ela u pouquinho? – pedia Alice

– Alice deixa de ser chorona ,você segura ela desde que ela nasceu ,será que eu poso segurar um pouquinho hoje?

– Mais eu sou a tia dela, o meu irmão é pai dela sabia ? – falou a baixinha já carancuda.

– E eu sou namorada do tio dela , o que me faz tia também - respondeu ela

– Bella manda ela me entregar a minha sobrinha – pediu Alice fazendo biquinho

– Não me coloquem no meio dessa historia – falei, Alice em um comportamento infantil Alice me estirou a Lingua

– Amor, me dá ela aqui afinal de contas eu vou ser pai e preciso treinar – Nesse momento todos olharam para o Emmet, Carlisle não tinha a minima idéia que iria ser avô de novo, olhou para o filho espantado

– O que foi por que todo mundo está me olhando ? – perguntou o Emmet confuso.

– O que você disse Emmet? – perguntou o Carlisle de cara feia

– O que foi por que todo mundo está me olhando ? – repitiu ele

– Não estou perguntando isso, estou falando antes? – falou ele chateado

– Sei lá eu falei tanta coisa – disse ele indiferente

– Você disse que ia ser pai? – perguntou Carlisle mais uma vez

– Ah é isso? Eu não contei? A Rose está grávida e nós vamos ter um bebê que nem o edward e a Bella – falou ele todo sorridente,o Carlisle não demostrou nenhuma reação a Esmee ftambém não afinal de contas ela já sabia, mais Alice ficou super espantada mais de repente voltou a si

– Ai meu Deus! Eu vou ser tia de novo? Eu não acredito outro enxoval para cuidar ,outro quarto para decora que alegria a Nessie vai ter um priminho ou uma priminha para brincar – ela se levantou pulando e foi até a rose que ainda segurava Renesmee nos braços e lhe deu um abraço – parabéns! Eu nem acredito, eu vou ser tia de novo – ela foi até o Emmet e o abraçou também – parabéns Emmet, amanhã mesmo eu vou até o shopping fazer compras ,vou comprar muitos presentes para esse bebezinho aqui - falou ela tocando na barriga da rose

– Chega Alice- falou Carlisle, Alice parou e voltou para o lugar dela – E você fala isso assim Emmet, como se vocês fossem casados e tivesse um emprego para sustentar uma criança?eu gostaria de saber o tem na cabeça de vocês?primeiro o Edward que eu nunca pensei que me aprontaria uma dessa e agora você? Será que vocês não sabem para quer serve camisinha? – falou ele realmente chateado

– Mais Pai, o senhor não está feliz? Vai ser vovô falou o Emmet sorrindo

– Não se trata disso Emmet, você vai para facudade ano que vem,por que foi reprovado um ano na escola ,não trabalha e ainda é um moleque,como pretende criar uma criança? – perguntou Carlisle

– Eu posso arrajar um emprego,e també a rose e eu não vamos casar ,os pais dela vão se mudar e nós vamos ficar na casa deles, eu posso proocurar um emprego e quando eu puder vou para faculdade – falou o Emmet

– e por que você não esperaram mais um pouco para tranzar sem camisinha,por exemplo quando estivessem casados depois da faculdade? – perguntou Carlisle

– Carlisle, nós fomos inconsequentes eu sei,mais acontece que eu tinha menos de 1% de chance de engravidar ,nós nunca pensamos que eu iria ficar grávida por isso não nos protegiamos - falou a Rosalie,Carlisle passou a mão nervosamente na cabeça.

– De quanto tempo você está? – perguntou ele

– 3 meses – respondeu ela timidamente

– E já começou o Pré –natal?

– Sim ,começei esse mês

– você me disse que tinha probçemas para engravidar,já fez exame de fertilidade?

– Não,eu descobri depoi de uma infecção através de uma ultrason.

– Rosalie eu quero que leve seus exames no hospital ,para mim dar uma olhada,se não se importa eu gostaria de fazer seu prá-natal, eu fiz o parto da Bella e gostaria de fazer o seu, estou pedindo isso como avô dessa criança inocente que vai ter o desajuisado do meu filho mais velho como pai.

– Por mim tudo bem ,eu posso falar com a médica que eu estava fazendo.

– Pai, eu sabia que o senhor iria ficar feliz – falou o Emmet sorrindo

– Emmet não venha com suas graçinhas ,nós vamos conversar sozinhos depois,você e o Edward são minhas dores de cabeça - falou ele

– Só falta Alice aparecer grávida para vocês ganharem um neto de cada filho. – o Carlisle olhou para Alice de repente

– Filha espero que tenha mais juizo que seus irmãos e você Jazz nem se atreva a engravidar minha filha, ela é muito jovem ainda tem muito que estudar para pensar em se casar muito menos em filhos –falou ele

– Nossa pai ,falando assim até parece que não gosta da minha filha – falou o Edward

– Eu amo minha neta Edward ,mais isso não muda o fato de que você foi irresponsavel

– Não se preocupe Carlisle eu e Alice não pensamos em filho ,só depois de nos casarmos depois da faculdade

– Acho bom – falou ele

– Bem, meu filho apesar de você ter sido um inconsequente, parabéns – falou a Esmee abraçando ele e a rose,nesse momento eu senti uma tontura muito forte e uma pontada na minha cabeça, eu me segureino sofá já que eu estava em pé ao lado do Edward

–Meu amor, o que houve? – perguntou ele segurando meu braço,não deu tempo de responder a dor voltou mais forte e tudo ficou escuro

Continuaaa...

Notas finais do capítulo
e ai?
reviews




(Cap. 38) Outro susto

Notas do capítulo
Pessoal vooltei mais um capitulo para vocês
Beeeijos

Pov Edward

Estavamos todos na sala conversando ,percebi que a Bella se segurou no sofá e então segurei seu braço – Meu amor o que houve? – perguntei mais então a Bella caiu de repente eu a segurei nos braços.

– Pai me ajuda ? – pedi ela estava desmaida nos meus braços todos ficaram paralisados ,e eu desesperado meu pai rapidamente veio até nós .

– Coloca ela no sofá e Alice chama a ambulância do hospital ,temos que leva-la. – falou ele me empurrando e verificando o pulso dela.

– Ela está bem? - perguntei já em pânico

– Só está desmaiada, Esmee vá até o meu escritório e traga a minha maleta ,rápido – pediu ele, eu estava em ponto de ficar louco eu não sei até quando eu vou suportar viver nessa angustia com medo de perder a minha mulher eu percebi que a Rosalie estava chorando abraçada ao Emmet enquanto segurava minha filha.

– Aqui , estão suas coisas - falou minha mãe entregando a maleta para ele que a abriu rapidamente e começou tirar a pressão da Bella.

– Emmet tira a Rosalie daqui e,ela está gravida – falou o Jazz seriamente

– O que ela tem pai? – perguntei

– Ainda não sei Edward, só quando chegar ao hospital que vou poder descobrir,os batimentos cardiacos estão fracos mais a pressão não está muito baixa, temos que aguardar a ambulância , Emmet você não escutou o Jazz , tira a Rosalie daqui, - meu irmão se levantou e levou ela lá para cima, .

– Eles já estão chegando – falou Alice chorando, assim que a ambulância chegou eles colocaram um balão de oxigênio nela ,emeu pai não permitiu que eu fosse na ambulância ,então fui de carro com o Jazz, minha mãe ficou tomando conta da minha filha ,e estava nas minhas mãos contar aos pais da Bella o que tinha acontecido, eu liguei para eles no caminho ao hospital e falaram que estavam indo para lá,quando eu cheguei não tinha nenhum sinal da Bella , segundo a recepcionista ela já estava sendo atendida ,mais ainda não tinham informado sobre o caso dela, eu estava aqui mais uma vez desesperado esperando que meu pai me desse alguma noticia da minha mulher .

– Edward? onde está minha filha? - perguntou Charlie

– Eu não sei, meu pai está com ela faz quase meia hora que chegamos e ele não veio me dar nenhuma noticia, para falar a verdade eu estou com muito medo desse desmaio dela.

– E nossa neta onde está? – perguntou Rennê que estava com os olhos vermelhos concerteza tinha chorado.

– Está com a minha mãe. Não se preocupem ela esta bem – falei

– Filho? – chamou meu pai eu me virei rapidamente e fui até ele.

– Como está ela ,eu posso vê-la ? ela já acordou? – perguntei de uma vez

– Calma,uma pergunta de cada vez

– E c omo está nossa filha Carlisle? – perguntou rennê chorando

– Primeiro se acalmem, Bella está estavel, a causa do desmaio foi o cóagulo que cresceu e fez uma grande pressão no célebro, ela pode ter passado por algum estresse que agravou a situação ,a única saida nesse momento é operar assim ela ficará bem novamente – falou meu pai, apesar de ter trazido noticias não me deixou nenhum pouco tranquilo.

– Ela corre risco de vida? – perguntei

– Edward, qualquer procedimento cirúrgico , tens seus riscos,mais nós não devemos trabalhar pensando em riscos e sim em ajudar o paciente e nesse momento a Bella está precisando dessa cirurgia para sobreviver e você meu filho mantenha a calma por que agora você tem uma filha e ela precisa de você

– Doutor Cullen a sala de cirurgia está pronta – falou uma infermeira para o meu pai.

– Eu estou indo – respondeu ele

– Eu tenho que ir, mais vocês não precisam ficar assim é um procedimento simples se ela não tiver qualquer complicaçõa tudo vai correr perfeitamente e logo vai está em casa de novo tomando conta da filha - falou ele saindo e nos deixando aflitos na sala de espera.Charlie foi até a cafeteria pegar um café para esperar alguma noticia do meu pai e rennê ficou comigo.

– Edward e a Renesmee como vai mamar com a Bella no hospital? – perguntou ela

– Bella estava tirando leite para doar, então eu acho que em casa tem o suficiente para ela se alimentar enquanto Bella não se recupera – falei

– Já fazia mais de duas hoas sem noticias e isso era angustiante,minha mãe ligou várias vezes e eu não tinha nenhuma nvidade para contar , Jacob também me ligou para saber o que tinha acontecido e disse que viria ver a Bella quando chegasse na cidade já que ele estava viajando, eu estava ficando louco por falta de noticias .

– A Familia da senhora Isabella Cullen ? – falou uma enfermeira ,imediatamente eu imaginei o pior , por que meu pai não veio falar com nosco e mandou uma enfermeira, pela expressão dos pais dela eles pensaram a mesma coisa

–O que aconteceu com a minha mulher?eu quero ve-la , essa cirurgia demorou muito onde ela está? – perguntei exasperado

– Vocês são a familia dela então , Peço que se acalmem a paciente Isabella já foi operada e já está em um quarto , ela passa bem ,o doutor Carlisle pedi que eu viesse dar o recado a vocês para que se acalmem um pouco ele está um pouco ocupado agora, mais assim que ele tiver um tempinho ele virá dar mais detalhes.

– Mais nós podemos vê-la? – Perguntou Charlie

– Nesse momento eu receio que não senhor, aguarde o doutor Cullen – falou ela saindo e nos deixando ainda angustiados,eu já estava quase afundando o chão de tanto andar de um lado para o outro ,já fazia mais de duas horas que a Bella tinha saido da sala de cirurgia e meu pai ainda não tinha vindo falar conosco.

– Edward eu acho que alguma coisa está errada, já faz tanto tempo qe acabou a cirurgia e por que seu pai não vem falar com agente ? – perguntou o pai de Bella.

– Edward ? – me chamou Alice eu me virei para ela .

– O que faz aqui? Pensei que estava ajudando a nossa mãe com a Renesmee.

– E estou,acontece que o leite que a Bella levou tem pouquissimo e eu vim pedir a chave da sua casa para pegar mais e também pegar umas coisas dela ,afinal não sabemos quanto tempo vai ficar lá em casa, é pouca coisa ,e você tem alguma novidade?

– Nenhuma - falei entregando a chave a ela – Não pegue muita coisa, Bella não vai demorar aqui – falei

– Edward precisamos conversar -falou meu pai aparecende de repente.

– Carlise e minha filha como ela está? Nós podemos ver ela? – perguntou Charlie, me pai o olhou e sorriu.

– A cirurgia foi um sucesso ,Bella não perdeu muito sangue e conseguimos drenar o coágulo,ela está estaval, ainda vai ficar de observação a UTI até hoje a noite e se não houver complicações ,pela manhã ela será transferida para um quarto.

– Ela está acordada eu posso vê-la ? – perguntei

– Ela está dormindo ou melhor foi cedada ,provavelmente vai acordar amanhã, mais eu vou deixar que entrem para ver ela ,mais não pode ser todos de uma vez, quem vai primeiro? – perguntou ele

– Bom eu acho que o senhor poderia deixar o Edward entrar sozinho primeirop e depois o Charlie e a Rennê entram, eu queria ficar e ver ela ,mais minha mãe está me esperando com as coisas da Nessie,já fico maisa tranquila em saber que ela está melhor – falou Alice

– Por mim tudo Bem o Edward pode entrar para ver a Bella primeiro – falou a Rennê

– Me acompanhe Edward - chamou meu pai, ele entrou em uma sala e foi por um corredor,eu achei diferente da outra vez que estive aqui.

– Pai ,essa é outra UTI? A Bella não ficou aqui da outra vez – falei

– Sim é outra,mais a Bella estava em outra situaçõa ela tinha acabado de dar a luz e precisava de outros cuidados, mais isso não quer dizer nada - falou ele parando em frente a umas porta e a abrindo eu entrei logo após ele,eu a vi estavadeitada na cama com vários fios pelo seu corpo, bella respirava com aparelhos no naris e tinha a cabeça toda enfaixada ,eu não consegui segurar as lágrimas que caiama pelo meu rosto,minha Bella estava deitada mais uma vez imovel em cima de uma cama de hospital.

– Meu filho ,não chore ela está bem,o aparelho é por que ela está com a respiração um pouco fraca,mais ela vai está melhor amanhã - falou ele me reconfortando, mais eu entrei em desespero, meu pai me abraçou e eu chorei tudo que estava guardado dentro de mim, por que eu sabia que era minha culpa , era por minha culpa que ela estava ali, enquanto nossa filhinha estava na casa da minha mãe precisando dela.

– Pai é por minha culpa que ela está aqui, eu só faço mal a ela - falei

– Edward ea está aqui por que tinha que está,você não tem culpa de que a tânia seja uma louca, Edward você ama a Bella e tem cuidado dela como um homem e não como um garoto que você ainda é,meu filho você tem dezoito anos e uma responsabilidade de um adulto nas costas, a vida não é facil, você tem que ser forte e ajudar sua esposa que lea vai precisar de você . – falou meu pai, eu o soltei e me aproximei dela , eu acariciei o seu rosto e dei um beijo na sua boca ,meu coração perdeu uma batida ,por não sentir ela corresponder.

– Você raspou a cabeça dela? – perguntei, olhando para sua cabeça enfaixada.

– Não Edward, eu tive que raspar um pouco acima da nuca para realizar a cirúrgia ,mais foi só muito pouco - falou ele

– Meu amor,eu tenho te prometido cuidar de você e te proteger a algum tempo, me perdoe por não está coseguindo , eu daria tudo para está no seu lugar agora, eu te amo Bella e mesmo que eu falhe eu vou continuar tentando te proteger, fica boa logo pra gente voltar para casa ,nossa filha precisa de nois dois – falei lhe dando um beijo nos lábios.

– Edward está tarde é melhor você ir embora,e os pais da Bella também querem ver ela – falou ele

– Pai ,eu vou dormir aqui – falei

– Edward você te uma filha e vai pra minha casa ficar com ela, sua esposa não pode cuidar da nessie por hoje ,mais a obrigação é sua ,você aqui não será util em nada a Bella vai dormir a noite inteira,não vai fazer diferença você está aqui ou em casa .

– Tudo bem ,mais quando os pais dela sairem eu poso me depedir? – perguntei

– Se for rápido – falou ele ,eu sai do quarto para que os pais dela entrassem, eu fiquei na sala de espera sentado ,quase vinte minutos depois eles sairam Rennê chorava e charlie a abraçava.

– Edward nós vamos embora , mais pela manh~ça ,vemos saber como ela está – falou o Charlie

– Eu também vou,tenho que cuidar da minha filha por hoje ,já que a Bella não vai poder,eu só vou me despedir dela – falei, eu fui até o quarto de Bella mais uma vez e me despedi então dirigi até a casa da minha mãe, ao chegar lá a ewncontrei na sala desesperada com Renesmee chorando ela andava de um lado para o outro tentando acalma- la

– Mãe? – a chamei

– Ai meu filho eu não sei o que eu faço, já fizde tudo vi se era xixi, ou cocô, fome ou cólica mais ela não se cala com nada, eu não sei o que fazer,estou desesperada – falou ele balançando Renesmee carinhosamente

– Ela deve está sentindo falta da Bella – falei e estiquei os braços para pegar ela,minha mãe me entrgou Renesmee eu começei a balançar ela e a conversar ,alguns minutos depois ela se calou e eu percebi que tinha dormido.

– Estou impressionada,você conseguiu acalmar ela e olha que é pai de primeira viagem e eu que tive três filhos não consegui – falou ela sorrindo.

– A verdade é que eu acostumei ela a dormir nos meus braços a noite, Bella sempre reclama comigo ,por que renesmee não dorme nem com ela – falei sorrindo para minha filha.

– Seu pai me ligou ,disse que a Bella estava bem, amanhã quando ela acordar eu vou visitar ela, - falou minha mãe.

– Eu queria ter ficado lá, mais meu pai não deixou e por um lado foi até bom por que eu não sei quando Renesmee iria se calar por conta propria – faleri olhando para o anjinho que eu segurava nos meus braços, eu a levei pára o meu antigo quarto e a deite na minha cama,depois fui tomar um banho,sai do banheiro vesti uma das minhas rooupas que tinha deixado aqui e me deitei ao lado dela, fiquei velando seu sono e acabei adormecendo.acordei de madrugada com o choro de Renesmee eu me levantei assustado e acendi a luz do quarto ela chorava na cama ,eu fui até ela e a peguei no colo, troquei a frauda e fui dar mamadeira a ela,fui com renesmee até a cozinha esquentar o leite,ela não parava de chorar,minha mãe apareceu e veio me ajudar ela ficou preparando a mamadeira enquanto eu tentava fazer ela se acalmar, assim que ela terminou eu entreguei renesmee a ela para mamar, minha mãe colocava o bico da mamadeira na boca dela mais ela não segurava só fazia chorar.

– meu filho é melhro você tentar, eu acho que ela não gosta que eu cuide dela – falou minha mãe sorrindo, eu pequei minha filha e ,me sentei minha mãe me entegou a mamadeira e a coloquei na boquinha dela ,primeiro ela sugou o bico depois voltou a chorar sem querer pegar mais .

– Será que não está quente ? – perguntei

– Não está Edward, ela não deve estar com fome – falou minha mãe, mais no mesmo instante Renesmee começou a passar a boquinha em meu peito ela estava procurando o peito.

– Mãe eu acho que ela quer a Bella – falei

– Tenta mais uma vez, dessa vez coloca o bico perto do seu peito – falou minha mãe, eu resoolvi tentar, mais renesmee voltou a chorar mais alto eu a balançei para acalma-la eu não sabia o que fazaer ,minha filha estava com fome mais não queria o leite da mamadeira concerteza estava sentindo falta da mãe dela, eu a cooquei em pé com a barringuinha encostada em mim ela se acalmou um pouco.

– Edward eu vou ligar para o seu pai, para perguntar o que fazemos – minha mãe ligou para Carlisle e assim que ele atendeu me passou o telefone.

– o que houve Edward eu estou ocupado tenho uma urgência para atender agora – falou ele.

– Pai a Nessie não quer comer, ela cordou chorando eu e a minha mãe tentanmos de tudo, ela se acalmou um pouco agora mais não dorme está com fome deve ser a falta da Bella

– É normal o Bebê rejeitar a mamadeira quando está acostumado a mamar, pegue um seringa nova nas minhas coisas ,tire um pouco de leite e coloque da boquinha dela, se ela não aceita o bico da mamadeira ,vai ter que ser assim até Bella se recuperar – falou ele.

– Obrigado pai eu vou tentar e a Bella algma novidade? - perguntei

– Está bem Edward, nós retiramos os aparelhos ela está respirando sozinha, tenho certeza que pela manhã ela será transferida para um apartament o – falou ele

– Qualquer coisa me liga – falei antes de desligar, eu resolvi fazer o que meu pai disse ,eu pequei uma seringa e coloquie leite depois despejei na boquinha dela, renesmee começou a chorar e acabou não tomando quase nada mais o suficiente para dormir o resto da madrugada, pela manhã ela acordou mais uma vez aos berros não tinha se alimentado direito desde que a Bella tinha sido internada, eu tente imais uma vez a ideia do meu pai mais ela acabou colocando tudo para fora, , eu estava sentado na sala com ela enquanto ela sugava a minha roupa como se estivesse mamando eu tirava mais ela voltava a chorar.

– Meu filho temos que fazer algo, não podemoas deixar ela assim, vai ficar doente.

– Mais o que eu vou fazer ela não quer leite de jeito nenhum ,só se calou por que está aqui sugando a minha roupa , eu estou desperado – falei,meu telefone começou a tocar eu atendi sem olhar quem era

– Alô – falei

– Edward, traga renesmee para cá o mais rápido possivel, eu encontrei a solução para o problema de apetite dela – f lou meu pai todo alegre

– E qual é essa solução – perguntei

– Bella , ela acordou e já foi transferida para um apartamento,traga Renesmme e algumas coisas dela para cá,Bella já pode amamenta-la

– Bella acordou, ela está bem? Por que não me ligou antes eu querioa está com ela quando acordasse ,pai eu estou indo agora mesmo – falei antes de desligar,eu entreguei Renesmee a minha mã e e ela voltou a chorar.

– Mãe Bella acordou vou levar renesmee para mamar, vou buscar as coisas dela que Alice trouxe ontem – falei já indo para o meu quarto , eu peguei as coisas dela e coloquei no carro mionha mãe entrou com ela nos braços,Renesmee não parava de chorar durante o caminho minha mãe conseguiu fazer com que ela dormisse ,cehgamso rapido ao hospital meu pai logo veio ao nosso encontro.

– Que bom que chegaram,ela dormiu? – perguntou ele olhando ela nos braços da minha mãe.

– Sim veio o caminho todo chorando quando estava perto do hospital ela adormeceu - falou minha mãe

– E a Bella ?

– Está no quarto , ela não para de peruntart por você e a Nessie, a mãe dela já está vindo também, vamos logo lá no quarto renesmee precisa se alimentar ela é muito pequena para ficar tanto tempo sem comer – falou ele minha mãe eu seguimos Carlisle nós fomos em direção aos apartamentos, minha mãe me entrgou minha filha quando chegamos em frente a um quarto, meu pai abriu e entrou eu o acompanhei ao chegar no quarto eu a vi, não estava mais com a cabeça enfaixada, só estava no soro e com os cabelos presos, Bella sorriu ao me ver, sua cama estava levantada para que ela ficasse como se estivesse sentada, eu sorri de volta e fui até ela, eu não quis saber de nada ,não disse uma palavra somente uni nossos lábios ,Bella correspondeu ao meu beijo com urgência, meu pai pigarreou nos lembrando de que não estavamso sozinhos .

– Eu quase morri de preocupação – falei encostando nossas testas,Olhou para nossa filha nos meus braços e sorriu.

– Desculpa ,eu não vou fazer denovo

– Espero

– Carlisle me disse que ela não quis comer na mamadeira, eu fiquei muito preocupada, - falou ela com a voz um pouco fraca

– Não ,ela chorou a madrugada quase toda, eu fiquei desesperado sem saber o que fazer . – Bella esticou o braço para pega-la.

– Bella seria melhor o Edward te entragar ela ,você não está cem por cento é melhor ter cuidado – falou meu pai,Bella ajeitou o braço para que eu colocasse renesmee neles, eu lhe entreguei nossa filha que acordou e começou a chorar procurando o peito ,Bella sorriu pra nossa filha e começou a amamenta-la,Renesmee mamava com força e Bella acariciava o rostinho dela.

– Pai quando a Bella vai ter alta? – perguntei

– Talvez amanhã, vai depender doa exames, se tudo estiver bem , eu não vejo problema dela receber alta amanhã.

– Como está se sentindo meu amor? – perguntei

– Estou bem, estava com dor de cabeça ,mais Carlisle disse que era por causa da anestesia.

– Bella você foi operada na cabeça é normal sentir dor e enxaqueca, se você fizer o tratamento correto não vejo problema na sua recuperação – falou meu pai olhando para ela,minha mãe saiu a companhada do meu pai ,nos deixando sozinhos

– Bella sua filha é muito cheia de mimo - falei ,ela me olhou sorrindo

– E por acaso sou eu que coloco ? perguntou ela sorrindo

– Não, mais ela não quer a mamadeira de jeito nenhum,até na seringa ela colocou para fora tudo que ela tomou de leite.

– Ela está acostumada a tomar leite ,na hora e não esquentado ,por isso não quis,mais isso não vai acontecer mais meu amor, a mamãe vai ficar boa para cuidar de você, me perdoa por não está com você ontem – falou ela sorrindo.

– Bella – chamei ela me olhou e sorriu – Não faz mais isso comigo, eu juro que meu coração não vai suportar.

Continuaaa.......

Notas finais do capítulo
e ai pessoal .... logo logo tem mais
beeijos e até logo
REVIEWS?




(Cap. 39) Festa surpresa

Notas do capítulo
Pessoal demorei mais voltei ...
mais um capitulo pra vocês
Beeijos

Pov Bella

Eu abri os meus olhos e senti uma dor de cabeça forte então voltei a fechar,eu tentei abrir de novo só que dessa vez mais devagar, meus olhos doeram com a claridade eu tentei levantar meu corpo mais eu sentir um encomodo na minha mão eu imediatamente olhei e vi que estava tomando soro,então eu percebi que estava mais uma vez em um hospital, a porta se abriu e uma moça vestida de enfermeira ela me olhou e sorriu.

– Bom dia senhora Cullen eu vou avisar ao doutor Cullen que a senhora acordou - falou ela saindo, algum tempo depois Carlisle entrou sorrindo com uma prancheta nas mãos

– Bella como está se sentindo? – perguntou meu sogro ,olhando para os equipamentos que faziam um barulho que faziam minha cabeça latejar.

– Minha cabeça parece que vai explodir – falei

– Lucia por favor coloque uma dose no soro dela ela - completou ele

– O que aconteceu? – perguntei

– Bella você teve que ser operada por causa do Cóagulo, eu retirei e agora você vai se recuperar e espero nunca mais te ver em cima de uma cama de hospital, a não ser para fazer outro parto – falou ele sorrindo.

– E Edward e a minha filha onde estão? – perguntei

– Edward foi para casa a contra gosto ontem ,ele tinha que cuidar da filha e eu acho que vou ligar para ele vir te ver e trazer a Renesmee para mamar ,ele me ligou de madrugada ,parece que ela rejeitou a mamadeira.

– Ela não comeu nada a noite inteira? – perguntei preocupada tentando me sentar.

– Bella por favor ,procure não se mecher, faz menos de 24 horas que você fez uma cirúrgia delicada e tem que ter repouso,sua filha está bem Edward deu um pouco de leite a ela por uma seringa, mais como ela não se alimentou direiro eu vou mandar o Edward traze-la . – falou ele a enfermeira aplicou algo no meu soro e em alguns minutos a minha dor de cabeça diminuiu,eu coloquei a mão que não estava com soro na cabeça e sentir que estava enfaixada.

– Carlisle rasparam minha cabeça? – perguntei com a voz embargada, se eu estivesse careca nunca mais teria coragem de olhar no rosto do Edward, eu estava reprimindo as lágrimas que ameaçava cair com essa possibilidade.

– Nós tivemos que raspar um pouco acima da nuca para realizar a cirugia, mais não se preocupe ,está escondido e vai crescer rapido, Nós vamos retirar essa faixa para limpar o local da cirurgia e fazer o curativo da qui a pouco,eu já mandei preparar o seu quarto você vai ser tranferida daqui a pouco .- falou ele saindo e me deixando sozinha com a enfermeira, alguns minutos depois um senhora entrou com uma bandeja com meu café da manhã eu não toquei em quase nada,carlisle voltou meia hora depois ,com a ajuda dele e da enfermeira ,me levantaram e colocaram sentada em uma cadeira de rodas, Carlisle começou a tirar a faixa na minha cabeça assim que terminou deixou a enfermeira prender meu cabelo, e fazer um curativo, eu senti um pouco de dor no local mais ele me disse que era normal que eu teria que ter cuidados assim que terminaram sairam comigo do quarto onde deveria ser a UTI e me levaram para outro quarto a enfermeira me ajudou a ficar em pé, eu senti uma tontura, mais ela me segurou,carlisle disse que era efeito da anestesia que logo iria passar ,com ajuda dela eu tomei um banho e coloquei uma camisola minha que Edward deve ter trazido, então ela me ajudou a deitar na cama.

– Bella acabei de falar com meu filho e ele já está vindo e sua mãe também ,ela disse que seu pai , só poderá vir a tarde ele te uns problemas na delegacia e não vai poder sair.

– Quem bom que eles estão vindo , eu estou louca para ver minha filha – falei sorrindo

– Depois do Almoço você vai fazer alguns exames para saber como está, agora eu tenho que ir ver alguns pacientes depois eu volto para te ver - falou ele saindo e me deixou com a enfermeira que estava trocando o soro.Carlisle abriu a porta e entrou eu fiquei surpresa ao ver que atrás dele estava Edward segurando nossa filha nos braços eu imediatemente sorri assim que nossos olhos se encontraram Edward veio até mim e selou nossos lábios, Carlisle pigarreou fazendo com que Edward desgrudasse nossos lábios e colasse sua testa na minha .

– Eu quase morri de preocupação – falou ele – Desculpa, eu não vou fazer de novo.

– Espero – respondeu ele

– Carlisle me disse que ela não quis comer na mamadeira, eu fiquei preocupada – falei

Não ,ela chorou a madrugada quase toda, eu fiquei desesperado sem saber o que fazer.- eu estiquei os meus braços para poder pega-la mais Carlisle não deixou

– Bella seria melhor o Edward te entregar ela ,você não está cem por cento é melhor ter cuidado.- eu ajeitei meus braços para que o Edward a colocasse ela , ele me entregou minha filha, ela acabou acordando e começou a chorar, deveria ter sentido o cheiro do leite renesmee começou a procurar o peito para mamar, eu tirei meu seio e coloquei na boquinha dela que começou a sugar com força ela deveria está com fome eu acariciei o rosto dela.

– Pai quando a Bella vai ter alta ? – perguntou o Edward

– Talvez amanhã, vai depender dos exames, se tudo estiver bem , eu não vejo problema dela receber alta amanhã.

– Como está se sentindo meu amor? – perguntou Edward preocupado

– Estou bem, estava com dor de cabeça ,mais Carlisle disse que era por causa da anestesia.

– Bella você foi operada na cabeça é normal sentir dor e enxaqueca, se você fizer o tratamento correto não vejo problema na sua recuperação –

– Bella sua filha é muito cheia de mimo – falou Edward eu sorri para ele

– E por acaso sou eu quem coloco ?

– Não, mais ela não quer a mamadeira de jeito nenhum,até na seringa ela colocou para fora tudo que ela tomou de leite.

– Ela está acostumada a tomar leite ,na hora e não esquentado ,por isso não quis,mais isso não vai acontecer mais meu amor, a mamãe vai ficar boa para cuidar de você, me perdoa por não está com você ontem

– Bella – chamou ele – Não faz mais isso comigo, eu juro que meu coração não vai suportar.

– Desculpa meu amor, eu sei que tenho te dado tanto trabalho, eu vou tentar não vir mais parar no hospital – falei ,ele mais uma vez selou nossos lábios, eu aprofundei o nosso beijo mais o Edward encerrou o nosso beijo me dando um selinho.

– Amor, você está com a Renesmee no colo é melhor deixar isso para depois - falou ele sorrindo

– Tudo bem – falei , o meu dia até que não foi horrivel, Edward passou o dia comigo,e minha filha teria que ficar no hospital até eu receber alta,eu ainda não podia levantar da cama e Carlisle me proibiu de pegar renesmee no colo sozinha , ele disse que eu poderia ter uma tontura e derrubar ela,meus amigos foram me visitar no hospital a Alice ,o Jake o Emmet ,Jazz e até a rose, mais uma vez ela me pediu desculpas, eu estava com meus pais ,Edwatd tinha ido tomar banho e buscar umas coisas da nossa filha .

– Minha filha eu acho que você deveria ir lá para casa,você não vai poder ficar sozinha por esses dias , e nem sempre eu ou a Esmee vamos poder está lá, por que não convence o Edward disso? – perguntou minha mãe

– Mãe eu não sei,não posso deixar minha casa sozinha ,e sei que o Edward não vai querer ir – respondi

– Bella eu fico preocupada com você sozinha naquela casa imensa , recém operada e com um bebê de 20 dias.

– Rennê deixa a Bella , eu sei que o Edwardvai arranjar uma solução, para isso ,ele é marido dela e tem a obrigação – falou meu pai .

Edward chegou alguns minutos depois ,meus pais foram embora e ficamos só eu ,Renesmee e ele , na manhã seguinte eu fui fazer uns exames e Edward ficou com renesmee no quarto ,não demorou muito , Carlisle disse que os resultados sairiam depois do almoço.eu estava amentando minha filha e Alice estava sentada na minha frente a duas horas falando das coisas que comprou para renesmee de presente de um mês.

– Alice , ela nem fez um mês ainda,falta alguns dias – falei sorrindo

– Bella você sabe que eu não gosto de deixar nada para cima da hora , o que me lembra , Edward eu consegui arrumar uma pessoa para trabalhar na sua casa - falou a anã

– O que? Trabalhar onde?

– Na sua casa Bella – falou ela, eu olhei para o meu marido

– Bella ,acontece que eu preciso trabalhar e eu não vou ficar tranquilo, deixando você sozinha em casa, com a nossa filha depois dessa cirurgia delicada que você fez, você viu o que meu pai falou você precisa de certos cuidados Bella,e minha mãe e a sua não vão poder ficar na nossa casa o tempo inteiro, por isso pedi para Alice contratar uma pessoa para te ajudar – falou ele

– E ela é jovem? – perguntei, é claro que eu não permitiria que uma mulher ficasse na minha casa para dar em cima do meu marido.

– Bella nós não tivemos tempo de selecionar uma pessoa por idade, e por isso ..

– A resposta é não - falei cortando Alice

– Mais Bella você ainda nem conhece ela,você acha que eu contrataria uma mulher qualquer para trabalahr na sua casa ? – perguntou ela parecendo magoada.

– Me descupe Alice, mais eu não quero nenhuma mulher na minha casa, pra ficar dando em cima do meu marido – falei de cara feia.

– Meu amor, não confia em mim? – perguntou ele olhando nos meus olhos.

– Confio, mais eu não confio nessas vadias por ai, eu não quero mais discutir,essa é minha ultima palavra. – falei decidida

– E a minha última é que essa moça vai sim trabalhar na nossa casa e está decidido, depois eu procuro uma pessoa mais velha ,mais por enquanto você vai ter que engolir ela mesmo, e não me olhe assim Bella , eu faço isso por você – falou ele severamente.

– Não faz não, se fizesse não iria contratar essa mulher- falei com a voz de choro, eu não sabia o que estava acontecendo comigo mais eu fiquei com muita vontade de chorar por Edward ter levantado a voz para mim, as lágrimas traiçoeiras desceram e eu não tive como disfarçar.

– Está chorando Bella? – perguntou ele se aproximando de mim.

– Não – respondi empurrando a mão dele que tentava tocar meu rosto.

– Eu vou deixar você a sós para resolverem isso – falou minha cunhada/amiga saindo do quarto. Eu fiquei o tempo inteiro olhando para o rosto da minha filha eu não queria encarar ele.

– Bella , olha para mim – falou Edward, eu não movi ,minha cabeça – Meu amor, desculpa se eu fui grosso com você, mais eu estou preocupado, Bella me entenda se tivesse outra alternativa eu não iria contratar ninguém para ficar na nossa casa, mais você precisa ,não me peça para sair de manhã e voltar a noite e deixar você sozinha,isso não é permantente é por alguns dias. – falou ele , eu levantei a cabeça e olhei para ele .

– Desculpa Edward pelo meu comportamento bobo , mais é que eu fico louca só de pensar em uma mulher perto de você. – falei

– Só existe uma mulher para mim, e ela está agora na minha frente - falou ele me fazendo sorri,Edward se aproximou e colou nossos lábios .

– Eu te amo – falei para ele, que sorriu junto ao meu rosto

– Eu também te amo Bella ,nunca duvide disso – depois do nosso pequeno desentendimento Carlisle veio com os resultados dos exames, eu estava nervosa e com medo de ainda ter ficado com algum problema.

– Bella eu tenho ótimas noticia , a Cirurgia foi um sucesso, você não tem mais nenhum cóagulo , tudo depende agora da sua recuperação, eu não vejo problemas de você receber alta amanhã, mais Bella é repouso absoluto, você não pode fazer nada, a única coisa que te permissão é cuidar da sua filha . – falou meu sogro .

– Pode deixar pai, eu vou manter ela em redeas curtas – falou Edward sorrindo.

Acordei super animada afinal eu iria para casa , eu não aguentava mais viver em hospitais, espero nunca mais voltar a um, eu tomei um banho com ajuda do Edward estava me vestindo para irmos embora, ele estava com nossa filha no colo.

– Estou pronta – falei sorrindo

– ótimo,vamos esperar a enfermeira e o meu pai – falou ele , carlisle entrou uns minutos depois com um papel nas mãos.

– Sua alta Bella – falou ele sorrindo e me entregando um papel.

– Graças a Deus – falei sorrindo, a enfermeira estava com uma cadeira de rodas me esperando ,eu me levantei e sentei na cadeira, ao chegar no carro ela me ajudou a levantar, eu ainda sentia algumas tonturas segundo Carlisle só desapareceriam daqui a alguns dias,Edward colocou nossa filha no bebê conforto e saiu com o carro , logo estacionamos na garagem da nossa casa era tão bom voltar, com ajuda dele eu sai do carro, ele então tirou nossa filha, eu segurei nele e então nós três entramos na nossa casa.

– Amor acende a luz , esta muito escuro – falei ao perceber que não enxergava nada dentro da casa .

– Claro – falou Edward , derepente as luzes se acenderam e várias pessoas gritaram.

– SURPRESA ... eu fiquei assustada , mais depois sorri.

– O que é isso uma festa de boas vindas? – perguntei sorrindo.

– Não meu amor,é sua festa de aniversário surpresa, ou você achou que eu esqueci – falou Edward no meu ouvido, meu aniversario? Eu não lembrava que hoje era meu aniversário, imediatamente eu corei eu odiava comemorar meu aniversário.

– Edward não precisava – falei contrangida

– Claro que precisava, parabéns meu amor – falou ele me abraçando e me dando um selinho.

– Obrigada – falei, e então todos vieram me abraçar, minha mãe meu pai, Alice,Jazz o Emmet a Rosalie ,Esmee o Jake e muitas outras pessoas alguns da minha escola .

– Parábens querida , por que não vai até o bolo apagar a vela e fazer um pedido ? – falou Esmee, com ajuda dela eu fui a parte mais contrangedora foi que todos cantaram parabéns para mim, eu queria sumir naquele momento.

– Vai belinha faz o pedido – falou o Emmet

– Vou fazer – falei sorrindo

– Pedi pra passar logo os dias e você e o Edward poderem tirar o atraso – falou Emmet sorrindo me fazendo ficar roxa de vergonha

– Emmet por favor – falou Edward, eu fiz o pedido e apaguei a vela, depois eu me abraçei com o Edward, eu seti vários flashs no meu rosto claro era coisa de Alice, eu parti o bolo e o primeiro pedaço logico foi para o meu marido que recebeu sorrindo e me deu um beijo de tirar o folego na frente de todo mundo. Depois disso ele me ajudou a sentar, Renesmee já estavanos braços da minha mãe.

– Bella agora é a hora dos presentes – falou Alice pulando

– Gente não precisava – falei

– Precisava sim Bella, e eu vou dar primeiro o meu – falou ela sorrindo

– Filha e tem que abrir e mostrar a todo mundo o que ganhou – falou minha mãe, eu peguei o pacote que Alice me deu, ela me deu um abraço .

– Espero que goste – falou ela sorridente, eu abri o embrulho e depois a caixa , eu quase desmaiei de vergonha ao ver que tinha uma langerie dentro, eu logo fechei a caixa denovo

– Obrigada Alice – falie sorrindo

– Mais você nem viu para dizer se gostou – falou ela

– Eu amei – falei sinceramente, mais Alice tomou da minha mão e abriu, mostrando pra todo mundo uma camisola muito indecente – E ai pessoal o que acharam? – perguntou ela sorrindo.

– É lindo Alice – falou a Rose.

– Irmanzinha lembre-se de dar um presente assim a rose quando for o aniversário dela – falou o Emmet sorrindo, eu tomei a camisola da mão de Alice e guardei de volta.eu recebi presentes de todos alguns bem contrangedores eu me neguei abri o do Emmet, por que ele me disse no ouvido que era melhor abrir quando estivesse só eu e o Edward, eu claro que não era louca de não fazer o que ele disse ,pimeiro eu conhecia o Emmet e sabia do que ele era capaz e segundo ele era pevertido .Edward veio em minha direçao com um pacotinho nas mãos.

– Seu presente meu amor – falou ele me olhando. para mim ,não importava o que tinha dentro daquele pacote ,mais eu sabia que adoraria, concerteza seria meu presente favorito, eu sorri em resposta e peguei de suas mãos, eu abri o embulho e vi que era uma caixinha de veludo preta, eu abri a caixinha e vi dentro um lindo colar com uma medalhinha em cima da medalhinha tinha escrito ’’ Mais do que minha propria vida’’ abraçei Edward.

– é linda meu amor, obrigado – falei

– Abri – falou ele apertando em algum lugar , a pequena medalha se abriu e dentro tinha uma foto minha dele e da Renesmee eu chorei de emoção ao ver, esse foi o presente mais lindo que eu ganhei em toda minha vida.

– Bom pessoal o momento está lindo , romantico ,mais eu estou com fome então Bella e Edward deixem para ficar melosos quando agente for embora por que agora o povo quer comer – falou o Emmet fazendo todos rirem e ganhando um tapa da Rose no braço.

– Tudo bem Rose, eu acho que o Emmet te razão – falei

– Tá vendo, meu amorzinho, não precisava me bater – falou ele esfregando o local onde ela tinha batido ,arrancando mais risadas , a minha festa surpresa acabou sendo agradavel, depois de servirdos todos foram embora, ficou somente Edward , eu e nossa filha , concerteza esse foi o melhor aniversário da minha vida, eu quase morri de rir com o Edward na cozinha , eu pedi para preparar o almoço mais ele não deixou o resultado foi que acabamos pedido algo pronto para comer, minha primeira noite de volta pra casa foi incrivel.eu acordei pela manhã, Edward ainda dormia, eu me levantei devagar e tomei meu banho , fui até o quarto de Renesmee e vi que ela ainda dormia,eu desci as escadas devar e fui preparar o café do Edward, eu tinha que ser rápida por que se ele acordasse, não iria permitir que eu continuasse, assim que eu terminei Edward entrou assustado.

– Bella pelo amor de Deus quer me matar do coração? E o que está fazendo nessa cozinha? Pode ir se sentando sua teimosa – falou ele de cara feia.

– Eu queria preparar o seu café – falei

– Meu amor, você ainda não pode ficar andando por ai sozinha, deveria ter me chamado – falou ele, nesse momento a campanhia tocou

– Deve ser a garota - falou ele indo em direção a porta

– Espera eu vou com você – falei de cara feia,Nós fomos até a porta da sala,quando Edward abriu a porta eu quase tive um ataque, essa garota deveria ter mais ou menos a minha idade, eu olhei para o Edward de cara feia e ele sorriu para mim, eu voltei a olhar para a garota que não tirava os olhos do corpo do Edward que ainda estava sem camisa eu logo fiquei na frente dele fazendo com que ela olhasse para mim .

– Bom dia Edward – falou ela cheia de intimidade , eu vi vermelho nessa hora.

Continuaaaaaaaaaaa

Notas finais do capítulo
e ai pessoal o que acharam? mereço algum REVIEW ou recomendação?
bom eu gostaria de agradescer a todos os reviews e respondendo a uma pergunta da Bells_dkb não amore, eu não sou mãe =/. sem filhos Beeijos




(Cap. 40) Desentendimento

Notas do capítulo
Bom pessoal mais um capitulo´pra vocês
Beeijos

Pov Bella

Eu estava com ódio ,como Alice contrata uma mulher dessas para trabalhar na minha casa, é claro que eu não permitiria, essa garota iria sair daqui agora mesmo.

– Bom dia você deve ser a Leah –falou ele sorridente

– isso mesmo, sua irmã me contratou – falou ela sem tirar os olhos do meu marido, era como se eu nem estivesse ali.

– Bom, essa é minha esposa Bella – falou ele me apresentando, nesse momento ela me olhou e sorriu um sorriso falso, eu sorri igaul de volta e o Edward abriu caminho para ela entrar.

– Leah eu vou tomar uma banho rapidinho e já desço para acertar tudo com você – falou ele ,indo em direção a escada.

– Espera meu amor, eu vou também quero ver a nossa filha – falei indo atrás dele e deixando a exibida na sala nos esperando quando chegamos ao nosso quarto e parei na frente do Edward que me olhou confuso

– O que houve? – perguntou ele

– Como assim o que houve? Eu quero essa garota fora da minha casa, Edward eu não vou aceitar isso,será que não viu o jeito que ela te olhou? – perguntei

– Meu amor, não é permanente é só por uns dias, e olha ela não me olhou de jeito nenhum e também ela vai passar o dia com você ,eu mal vou ver ela – falou ele colocando uma mecha do meu cabelo atrás da orelha

– Edward por favor! Eu posso ficar sozinha – pedi

– Bella você me ama? – perguntou ele.

– claro que amo, que pergunta idiota – falei

– Então faz isso por mim, como acha que vou passar o dia sabendo que vai está sozinha recém operada e ainda com uma bebê? – perguntou ele

– Eu ligo pra minha mãe e ela vem ficar comigo,ou você pode me deixar lá, todo dia e ..

– Bella, Eu te amo por que não confia em mim?

– Eu confio é que..

– Não confia não, se confiasse em mim, não iria fazer isso tudo, sabendo que não tinha motivos.

– Tudo bem, mais é só provisório, na primeira oportunidade vai mandar ela embora, não é?

–É sim, agora me deixa tomar banho ,que tenho uma prova,afinal essa é a última semana e tenho um exame pra fazer, e vou trazer o assunto do seu trabalho para escola para fechar suas notas – falou ele indo para o banheiro, eu escutei o chorinho de Renesmee e fui até o quarto dela , eu tirei ela do berço, toquei a fralda e desci ,eu encontrei a garota sentada no sofá falando no celular, quando ela me viu desligou.

– Era minha mãe, queria saber como eu estava no primeiro dia de trabalho - falou ela fingindo ser simpatica

– Não se preocupe não vai ter muito o que fazer – respondi

– É sua filha?posso ver ela? – perguntou ela

– Claro - respondi ,ela se aproximou e olhou para o rosto de Renesmee

– Impressionante ela é a cara do pai – falou

– É sim – falei

– Então você é muito jovem e já é casada e com uma filha,não sente falta da liberdade de poder sair com gente da sua idade,deve ser muito ruim ver suas amigas saindo para se divertir enquanto você tem que ficar cuidando de um bebê – falou ela

– Não, eu não sinto falta diso,eu sou muito feliz com o meu marido e minha filha, eu passei por muita coisa para ter ela então eu sei dar o devido valor que ela tem e não fico pensando em coisas futeis – falei

– Nossa ,você é muito madura,para ter apenas 15 anos – falou ela sorrindo maliciosamente,não deu tempo para que eu a corrigisse o Edward desceu e deu as intruçoes a ela se despediu de mim com um beijo e foi embora, eu resolvi evitar essa garota eu fui para o eu quarto onde passei a manhã inteira,só sai de lá para almoçar,ela tinha preparado o almoço,ela não almoçou comigo o que eu agradeci por que não suportava ela ,terminei de comer e voltei para o meu quarto,eu recebi a visita da minha mãe a tarde,ela também não gostou muito da leah.

– Mãe eu não sei o que fazer o Edward não quer demitir ela,ele acha que eu preciso.

– Se quizer meu bem, eu falo com ele,para te deixar la´em casa ,pela manhã e ir te buscar a noite – falou ela

– Mãe eu já disse isso, o Edward não quer ,ele fala que a casa vai ficar abandonada, que não vai ter quem cuide e um monte de besteira – falei

– Então ,minha filha o jeito é aguentar ela – falou minha mãe passando a mão pelos meus cabelos

– É eu sei, mais eu não vou desistir de tentar convencer o Edward –falei

– Minha filha eu tenho que ir, seu pai, chega cedo hoje e tenho que preparar o jantar dele – falou ela se levantando eu acompanhei minha mãe até a porta e então vi aquela garota sentada no sofá lendo uma revista, grande serventia eu praticamente passei o dia só, eu então ouvi o chorinho da minha filha eu fui para o quarto dela a peguei e voltei para sala,Renesmee não parava de chorar, eu coloquei ela em pé encostada em meu corpo então ela se acalmou, a parazita nem se quer me olhava.

– Leah? - a chamei

– Sim – respondeu ela sem se virar para mim.

– Você poderia preparar a agua para o banho da Renesmee ela está manhosa ,não quer ficar no carrinho se não eu mesma colocaria.

– Claro – falou ela se levantando e subindo a escada eu fui atrás dela, é claro que eu iria ver o que ela ia fazer, eu mostri o quarto de Renesmee para ela, ela entrou e foi até o banheiro do quarto da minha filhina o banheiro era todo decorado como o quarto ela foi até a banheira e encheu de agua morninha, colocou o shampoo e o sabonete perto .

– Precisa de mais alguma coisa?

– Não obrigado – falei,colocando Renesmee deitada no trocado e fazendo ela começar a chorar,eu tirei toda sua roupinha .

– Nossa minha filha você está muito manhosa, seu pai está te mimando muito – falei conversando com ela eu a levantei e na mesma hora ela se calou, eu precebi que a Leah não estava mais lá eu dei um banho na minha bebê, depois a amamentei e a vesti com uma roupinha toda cor de rosa ,depois fui para cozinha com ela, eu iria fazer o jantar do Edward e como Renesmee não dormiu teria que ser com ela, eu a coloquei no carrinho e fui pegar os ingredientes.

– Quer ajuda no jantar? – perguntou ela tentando parecer que era prestativa.

– Não ,obrigada eu faço, faz tempo que eu não cozinho e estou com saudade – falei,minha filha manhosa começou a reclamar no carrinho

– Edward fica colocando manhã nela e agora quando está acordada só quer esta no braço – falei

– Ela olhou Renesmee dentro do carrinho

– Você realmente parece uma mãe,apesar da idade ,muita gente agora estaria se descabelando por ter uma responsabilidade tão grande e você parece gostar disso tudo - falou ela como se eu fosse uma louca

– Eu amo tudo isso,amo minha filha meu marido ,minha casa – falei

– Ah entendi - falou ela rindo

– Entendeu o que ?

– Você apaixonada pelo Edward e para segurar ele engravidou ,não foi? – perguntou ela como se isso fosse obvio

– Não ,não foi, a gravidez foi um acidente nem eu nem o Edward esperava-mos que iria acontecer, eu não planegei isso, você acha que eu planejaria ficar grávida com 17 anos,não eu não planejei ,simplesmente aconteceu,mais foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, eu faria qualquer coisa por ela e também pelo Edward, então eu não tenho motivo para ficar triste ou chateada por ter apenas 18 anos e uma responsabilidade de uma dona de casa nas costas eu amo minha vida e se podesse voltar atrás eu faria tudo do mesmo jeito – falei encerrando o assunto,ela não voltou a falar nisso, quando eu estava cortando umas verduras Renesmee começou a chorar, eu tinha que falar com o Edward sobre essas manhã que colocou nela.

– Leah, você pode pegar ela pra mim, enquanto eu termino o jantar? – perguntei, ela foi até o carrinho e tirou minha filha de dentro, ela parou de chorar e ficou só resmungando, eu não gostava da forma como ela olhava Renesmee ,não sei explicar mais parecia sei la despreso, eu rapidamente terminei e peguei minha filha,eu deixei a comida no forno e fui para sala com ela.Já eram sete da noite quando o Edward chegou ,ele veio atémim e me deu um beijo, na frente da lambisgoia da Leah eu é claro adorei seria bom para ela ver que o Edward tem dona,quando ele parou nosso beio ele pegou a filha no colo.

– Oi meu amor, como foi o dia sem o papai ? – falou ele olhando para ela ,que estava com os olhinhos bem aberto e atentos olhando para ele.

– O dia dela, deixa eu ver ,muita manhã que o pai colocou – falei e ele ficou rindo.

– Tá vendo meu amor, sua mamãe está reclamando da gente – falou ele fazendo uma vozinha esquizita e renesmee deu um pequeno sorriso, que fez o Edward se derreter todo.

– Bom eu vou indo – falou a Leah toda sorridente para o meu maido

– Obrigado por hoje Leah e espero que venha amanhã – falou ele sorrindo

– Concerteza – respondeu ela toda simpatica, a lambisgoia foi embora .

– Amor eu vou tomar uma banho e já desço pra jantar – falou ele me dando um beijo no rosto,eu fui até a cozinha terminar algumas coias eu colquei Renesmee no carrinho e fui , eu coloquei tudo na mesa e fiquei esperando o Edward chegar, ele entrou na cozinha .

– hum! Que cheiro bom, minha esposa cozinhou pra mim? – perguntou ele me abraçando por trás

– Sim, eu estava morrendo de saudade da cozinha, espero que goste – falei

– Tenho certeza que vou adorar- Edward sentou na mesa e se serviu, o dificil para nós dois jantarmos foi Renesmee que ficava reclamando por ter que ficar no carrinho, ela até chorou fazendo o Edward tirar ela e segurando ela no colo enquanto comia.

– Ótimo você coloca as manhãs nela e eu que aguento o dia inteiro – falei

– Bella eu não vou deixar minha filhinha aqui chorando pedindo colo e ficar só olhando. Depois do jantar Renesmee dormiu eu a coloquei no seu berço, mais tarde Edward e eu fomos dormir, quando eu acordei Edward não estava mais na cama eu me levantei e fui até o banheiro lavar meu rosto,eu desci as escadas e vi o Edward conversando com a Leah.

– Bom dia – falei ,Edward me olhou sorrindo,mais eu não estava nada feliz com isso ,encontrar o Edward na sala conversando com aquela fulana eu estava fervendo de raiva.

– Bom dia meu amor – falou ele

– Será eu você pode vir até aqui Edward? - perguntei

– Claro,Leah fique a vontade eu venho logo – falou ele,eu subi as escadas e ouvi os passos dele atrás de mim eu entrei no nosso quarto.

– O que aconteceu Bella? – perguntou ele

– Como o que aconteceu? Eu acordo e encontro você na sala de papinho com aquela garota - falei furiosa

– Bella eu não estava de papinho com ela, eu desci e quando cheguei na sala tocaram na campanhia eu só abri a porta estva dizendo pra ela te acompanhar se caso quizesse sair, Bella como ainda desconfia de mm?

– Edward não estou dizendo que me traiu com ela , estou dizendo que não gosto dela e não quero ela perto de você,eu não quero ela na minha casa – falei

– Eu não quero descutir com você Bella, deixa de besteira – falou ele indo em direção ao banheiro, nessa hora Renesmee acordou eu fui pegar ela no quarto, Edward ficou no banheiro tomando banho, eu desci com Renesmee para preparar o café,quando tudo estava pronto ele desceu já pronto para ir a escola,foi até a cozinha e deu um beijo na nossa filha .

– Não vai comer? –perguntei

– Estou sem fome – falou ele , saindo e sem se despedir de mim, eu não acreditava essa garota só está aqui a sois dias e já está causando problemas no nosso casamento, eu não a vi mais durante a manhã eu mais uma vez fiquei no meu quarto e ela cuiando da casa, o dia se passou rápido eu mal vi a cara dessa garota,eu estava muito chateada com o Edward por isso não fiz nenhum jantar ,já era noite eu tomei um banho ,coloquei um filme e fiquei assistindo com minha filha do meu lado,eu vi a marçaneta girando eu sabia que era ele,mais fingir não dar atenção,Edward entrou no quarto me olhou.

– leah já foi – falou ele.

– Foi? Não ficaram batendo papinho agora na sala ?- perguntei sarcasticamente

– Bella para com isso por favor – pediu ele

– Eu não estou fazendo nada – falei

– Leah me disse que não saiu do quarto o dia inteiro,você não pode se isolar assim,como vai se recuperar desse jeito?

– Então sua amiguinha é uma fofoqueira - falei

– Pelo amor de Deus para de agir feito criança, será que não enxerga que estou fazendo isso por você? – falou ele passando as mãos pelos cabelos nervosamente.

– Não está fazendo isso por mim, por que eu não quero essa mulher aqui, eu não gosto do jeito que ela te olha,das coisas que ela fala ,será que é dificil entender que eu não quero ela aqui na minha casa? –falei de uma vez, Edward entrou no banheiro ,minutos depois eu ouvi o barulho do chuveiro, ele tomou um banho e saiu do banheiro com uma calça de moleton e em camisa.

– Você já jantou? – perguntou ele.

– Não, eu não fiz nada – falei olhando para baixo,Edward não disse nada pegou o telefone e pediu uma pizza, Renesmee acodou fazendo manhã e ele a pegou e desceu para sala com ela nos braçso eu me levantei e fui atrás.

– Edward, eu não quero que fique com raiva de mim, eu só..

– Eu entendo Bella está com ciúmes, mais não precisa eu te amo e nuca te trairia.

– Eu sei meu amor, mais é que eu sou insegura e enquanto essa mulher estiver aqui eu não vou ficar em paz. – falei com a voz manhosa ele acariciou meu rosto.

– Eu te amo, e faço qualquer coisa por você meu amor, olha me dá uma semana ,eu vou procurar uma pessoa para substituir ela, então se comporta por essa semana está bem? – eu não tinha alternativa ou aceitava ou ela ficava de uma vez, eu sorri.

– Tudo bem, eu aceito mais se nessa semana você não conseguir ninguém vai despedir ela mesmo assim?

– Bella eu não vou te deixar sozinha

– Então assim você prometeu

– Eu vou encontrar alguém ,eu prometo – falou ele selando nossos lábios

Continuaa...

Notas finais do capítulo
Beeijos e até o proximo capitulo




(Cap. 41) Desconfianças

Notas do capítulo
bom pessoal eu sei que demorei muito mais eu prometo que de agora em diante eu vou postar com mais frequencia é que minha imaginação foi dar um passeio e só voltou hoje então espero que curtam o capitulo
beijos e me desculpe pelos erros eu tento consertar antes de postar mais nem sempre eu vejo tudo

Pov Bella

Eu odiava aquela mulher como ela conseguia ser tão nogenta eu não sabia, eu resolvi mudar minha tática afinal a casa era minha , eu não iria ficar trancada no meu quarto enquanto ela tomava conta da minha casa,Edward já tinha ido na escola pegar nossos boletins as aulas tinham acabado, eu não fui a minha propria formatura,mais tudo bem, o que importa pra mim é meu marido e minha filha as outras coisas vem depois, Edward ira passar a manhã em casa eu estava na sala esperando ele , Renesmee estava resmungando no carrinho por que queria ficar no meu colo.

– Meu amor você é muito manhosa – falei com ela, Renesmee faria um mês no fim de semana ela estava cada dia mais linda e eu cada dia mais apaixonada por ela, A vaca da leah estava terminando de limpar a cozinha o que me deixou muito satisfeita por que não teria que olhar na cara dela, eu estava torcendo que Edward encontrasse uma pessoa para subistituir essa garota logo, pois apartir de amanhã ele vai passar as manhã em casa e eu não quero que ela se aproxime dele.

– Terminei na cozinha ,você quer que eu faça mais alguma coisa? – perguntou ela me olhando com um sorriso falso na cara.

– Não, só isso mesmo - respondi sem olhar para ela, Renesmee começou a chorar, fazendo manhã eu ia tirar ela do carrinho quando a porta se abriu e o meu marido entrou .

– O que estão fazendo com minha princesa que ela está chorando ?- perguntou ele sorrindo.

– Nada, ela que é cheia de manhã – respondi, Edward tirou Renesme do carrinho fazendo ela se calar,ele veio até mim e me deu um selinho, depois comprimentou a Leah com um ‘’oi ’’ eu fiquei muito satisfeita com isso, ela respondeu e depois se sentou no sofá

– Sua mamãe está reclamando de você , meu amor está vendo – falava ele com nossa filha com uma voz estranha me fazendo sorrir.

– Edward, você pegou as coisas na escola? – perguntei

– Sim,e chegou uma carta na casa dos seus pais de admissão em uma universidade , Bella eu não quero que você perca nada por minha culpa, olha se você estiver bem de saúde para poder voltar a estudar, minha mãe disse que fica com a Renesme para você ir para faculdade – falou ele

–Meu amor, eu não estou perdendo nada Edward, eu gosto de cuidar da minha filha e de você, eu quero sim fazer universidade, mais eu acho ela tão pequena ainda,eu vou esperar pelo menos Renesme fazer um ano – falei

– Tem certeza? Por que se você ..

– Sim, eu tenho Edward, isso é o que eu quero,olha eu passei por muita coisa na escola e eu quero dar um tempo, mais isso é importante para você? – perguntei

– Você é importante para mim, e se você estiver feliz com sua decisão por mim está tudo bem – falou meu marido , eu sorri para ele e juntei nossos lábios sem me importar com a presença da lambisgoia na sala, Edward parou nosso beijo o que me deixou irritada , eu peguei Renesme do colo dele , Edward me olhou confuso .

– Vou dar banho nela –falei saindo e o deixando na sala, eu subi para o quarto dela e dei o seu banho, quando terminei a amamentei e depois resolvi descer para fazer o almoço, quando eu cheguei na escada eu escutei a risada da vadia da leah, ela e o Edward estavam conversando eu desci e fui até eles . Eedward me olhou e esticou a mão para que eu sentasse perto dele mais eu não fui .- Edward eu vou preparar o almoço ,será que você pode ficar com ela ? – perguntei

– Claro meu amor – falou ele pegando Renesme no colo, eu sai da sala cuspindo fogo, ele ficou na sala com ela eu não podia acreditar, depois de tudo que eu falei com Edward ele ainda ficava de papo com ela , eu fiquei preparando o almoço , de repente eu senti os braços dele ao redor do meu corpo, eu não falei nada ,Edward deu um beijo no meu pescoço .

– Onde está minha filha ? – perguntei

– Está com Leah – respondeu ele simplesmente

– Eu deixei ela com você Edward - falei

– Eu sei meu amor, é que ela pediu para segurar ela e eu deixei, e também estava com saudade de namorar você – falou ele dando beijos e mordidas no meu pescoço me deixando arrepiada.

– Edward para de ficar provocando você sabe que não vai dar em nada – falei chateada

– Quem disse? – falou ele

– Você disse que só poderiamos fazer amor,quando eu estivesse com quarenta dias de operada da Renesme – falei

– Eu conversei com meu pai, e ele disse que se eu for cuidadoso com você não existe problema – falou ele no meu ouvido eu me virei para ele mais vermelha do que um tomate.

– Você foi perguntar ao seu pai, se agente podia tranzar?

– Fui, Bella é que eu estou ficando louco de saudade de você, então perguntei a ele .

– Que vergonha Edward, como teve coragem – falei tampando o rosto

– Meu amor não precisa ter vergonha – falou ele

– E como vou olhar para o seu pai depois disso

– Do mesmo jeito que você olhava antes.- falou ele me calando com um beijo,um pigarro fez com que nos fez parar o beijo a Leah nos olhava com aquela cara de puta e eunão fiz questão de esconder o meu mau humor por ela ter nos separado .

– Me desculpem é que eu acho que ela fez cocô – falou a idiota com a testa franzida como se estivesse com nojo, eu me soltei do aperto do Edward e fui até ela pegando Renesme no colo eu olhei para o Edward que me seguiu, eu fui para o quarto dela a coloquei em cima do trocador, Edward ficou na porta olhando eu retirei a fralda e percebi que ela não estava de frauda suja ,nem se quer fez xixi, concerteza ela usou a desculpa para não ficar com a Renesme , eu colque a fralda e coloquei a roupinha dela de volta .

– Parece que sua potegida, usou uma desculpa para não segurar sua filha – falei pegando ela no colo e entregando a ele.

– Não tenho protegidas – falou me seguindo até a cozinha

– Eu vou terminar o Almoço , devolve a Renesme a ela ,eu quero ver o que ela vai inventar agora. – falei ,Edward foi até a idiota e entregou a minha filha, eu detestava ver Renesme com ela,mais eu tinha que encontrar uma desculpa para Edward demitir ela ,e ela não gostar da nossa filha seria uma delas, mais quando Edward entregou Renesme a leah ela começou a chorar,ele ficou esperando para ver se ela se calava e eu fiquei olhando de longe, quanto mais a Leah tentava fazer com que a Renesmee se calasse ,mais ela chorava, Edward pegou ela de volta e ela se calou eu não consegui conter a gargalhada os dois olharam para mim,Edward sorria com a cara divertida e a vadia estava com um olhar mortal eu não me importei.

– O que foi meu amor? – perguntou Edward

– Nada só estou vendo como sua filha desse tamanho e já faz birra para ficar com você, ele sorriu para ela que estava com os olhinhos bem atentos olhando para ele, Edward veio atrás de mim para cozinha com a Renesme nos braços , ele sentou em um cadeira e ficou me vendo cozinhar.

– Viu, nem a nossa filha gosta dela – falei

– Bella ,por favor – me repreendeu ele, Rennesme ficou resmungando algo, Edward ficou conversando besteiras com ela e ela deu um sorriso timido que fez com que ele ficasse todo bobo, depois de terminar de fazer o almoço ,Edward foi tomar banho eu fui trocar agora de verdade a fralda dela, assim que terminei de trocar ela eu desci para colocar o almoço ,Edward sentou ao meu lado e a lambisgoia a nossa frente ela ficava o tempo inteiro puxando conversa com o Edward ,eu estava me enchendo,assim que terminamos de almoçar Edward pegou a chave do carro deu um beijo na nossa filha e me deu um selinho e foi trabalhar , eu teria que aguentar ficar olhando para cara daquela vadia a tarde ineira , então eu peguei minha filha e fui pra o meu quarto, eu fiquei lá até que bateram na minha porta eu gritei para que entrasse,Leah apareceu na minha frente dizendo que o Jacob estava aqui, eu peguei Rennesme e desci, encontrei meu amigo na sala ele estava sentado .

– Oi – falei jacob se virou e veio até mim, me deu um abraço sem jeito por eu está com a Rennesme no colo.

– Nossa ela cresceu hein – falou ele se referindo a minha filha

– Cresceu mesmo – falei toda orgulhosa.

– E ai Nessie? Está dando muito trabalho para sua mamãe? – falou ele segurando a mão dela , que o olhava seriamente.

– Não chama minha filha assim - falei me fingindo está brava

– Eu chamo como eu quizer – falou ele sorrindo

– Tá mais ,me conta como estão as coisas? – perguntei

– Bem, na verdade eu tenho uma novidade pra te contar – falou ele sorrindo

– É mesmo? E qual é?

– Eu estou namorando – falou ele sorrindo

– Sério Jake? Eu fico muito feliz por você – falei dando um abraço nele

– Obrigado Bella, na verdade ela é uma pessoa incrivel, ela se mudou a mais ou menos um mês para perto da minha casa e nós ficamos amigos , bom e agora nós estamos namorando

– E por que não a trouxe hein? Eu ia querer conhecer ela

–Ela ia vir comigo ,mais houve um emprevisto e não deu ,mais eu prometo trazer ela aqui assim que puder – falou ele

– E como ela se chama? – perguntei

– Emily,mais deixa de falar de mim e me conta de você, como está?

– Estou bem, Jake o meu único poblema é essa garota que está trabalhando aqui - falei emburrada

– A que abriu a porta? – perguntou ela

– Sim, essa mesma – falei

– E qual é o problema Bella ?

– Sei lá, eu não gosto dela, nem do jeito que ela olha o Edward,por mim, ela já teria ido pastar a muito tempo – falei, Nós ficamos conversando besteira ,eu fiquei muito feliz com a visita do Jake , ficar a tarde inteira trancada no quarto para não ter que ver a cara dessa garota era horrivel, eu estava perdendo a minha privacidade e ficar com jacob me fez sentir bem, ele foi comigo até o quarto da renesme para mim trocar a frauda dela , e depois foi embora,eu voltei para o meu quarto, já era noite, eu preparei o jantar com Rennesme no carrinho , assim que terminei voltei para o meu quarto , tomei banho e fiquei vendo televisão enqanto Renesme dormia ao meu lado.

Pov Edward

Eu estava com a cabeça explodindo de dor , já deveria está em casa mais por causa do tansito eu estava atrasado, por sorte eu consegui sair daquele engarrafamento, eu acelerei o carro em direção a minha casa, ao chegar estacionei o meu carro na garagem e entrei em casa, encontrei leah sentada no sofá lendo uma revista, ele me olhou e sorriu ao me ver

– Oi Edward – me comprimentou ela

– Onde está Bella? – perguntei

– No quarto, ela só saiu de lá quando o irmão dela a veio aqui e para fazer o jantar – falou ela

– Irmão? Não seria o meu irmão ? – perguntei

– Não sei , era um tal de jacob, nossa é tão lindo o amor deles , é bem dificil agente ver hoje em dia irmãos tão unidos ,eles ficaram bem agarrados no sofá e depois foram juntos lá para cima – quando ela faou isso meu sangue ferveu ,eu não via mais nada na minha frente, eu a liberei e fui procurar Bella , ela teria que me explidar bem direitinho essa historia. Eu subi as escadas as pressas abri a porta do quarto e vi que ela estava sentada na cama vendo televisão, enquanto nossa filha estava do lado dela dormindo ela me olhou e sorriu.

– Meu amor você chegou – falou ela se levantando, e vindo na minha direção , ela ia me dar um seinho mais eu dei um passo atrás ,Bella me olhou confusa.

– jacob esteve aqui? Perguntei

– sim ele veio aqui para

– Bella eu não quero saber de você recebendo jacob aqui quando estiver sozinha – falei tentando me acalmar e não assustar Renesmee, Bella deu um passo atrás e me olhou confusa.

– Que palhaçada é essa Edward? – perguntou ela

– Eu é que pergunto isso, como você quer exigir de mim as coisas se você mesmo não faz a sua parte , então quer dizer que pelas minhas costas você e o Jacob se tratam como se fossem um casal de namorados e que você até traz ele aqui pra cima fazer Deus sabe o que – falei me descontrolando e aumentando minha voz.

– Eu não acredito que está dizendo isso Edward, você está me ofendendo, o que você acha que eu vim fazer aqui em cima com o Jake para você está assim?- perguntou ela

–Eu não sei Bella por que você não me diz – falei sarcasticamente

– Eu não acredito nisso, foi aquela garota que fez sua cabeça não foi? – perguntou ela

– Ninguém fez minha cabeça, só me contaram os fatos - falei

– Por Deus ,você não está se escutando,olha o que você está fazendo comigo, está insinuando que eu te trai com o Jacob,onde está o amor que você diz sentir por mim?por que se ele existisse de verdade você não estaria me dizendo essas coisas – falou ela

– Eu não estou insinuando nada Bella – respondi

– Eu não deveria explicar nada Edward por que sua pergunta me ofende mais eu vou falar mesmo assim,Jacob veio me visitar, para contar que está namorando, se sua amiguinha acha que nós agimos como namorados ela concerteza deve ter aumentado para fazer com que você fizesse exatamente a mesma cena que está fazendo agora, eu simplesmente lhe dei um abraço de parabéns, e quando ele subiu comigo, foi por que eu vim trocar a fralda da Rennesme e nós logo descemos, agora acredite se você quizer – falou ela de cara fechada.

– Bella me desculpe eu não queria te ofender ,mais eu fiquei morto de ciúmes quando a Leah, falou de como voces era como se fossem namorados eu fiquei louco , eu nunca te ofenderia dessa forma me desculpe eu assumo que me alterei – falei

– Por que voce não enxergar o que essa garota está fazendo Edward,ela quer nos separar,por que mais você acha que ela iria inventar isso?ou você prefere acreditar nela do que em mim ? – perguntou ela

– Bella ela pensou que vocês fossem irmãos, não acho que leah seja desse tipo, eu sei que você não gosta dela e depois do que eu senti hoje em saber que o Jacob esteve aqui e que vocês ficaram sozinhos eu entendi o que você sente, quando ela está perto de mim – falei

– Não compare o Jake a ela Edward, ele sempre me respeitou, sempre me tratou como uma irmã, foi uma das pessoas mais importantes para mim, por que me apoiou quando eu mais precisei, sem pedir nada em troca, eu gosto dele por que ele é uma pessoa maravilhosa, essa garota eu não conheço não gosto e não vou mais tolerar ela dentro da minha casa, você usa a desculpa que é para que eu não fique sozinha ,mais eu fico Edward, eu passo a dia a tarde ou lá o que seja dentro desse quarto e ela não vem aqui uma vez para ver se eu estou viva ou morta, eu quero essa mulher fora da minha casa,mais se ela importa tanto para você e não quer que ela saia, eu mesma saiu e ai ela pode ficar com a casa pra ela – falou Bella

– Não precisa de tanto Bella, eu disse que ia colocar outra pessoa e vou

– Eu vou te dar até o fim de semana Edward se ela não sair eu saiu – falou ela decidida

Continuaaa...

Notas finais do capítulo
e ai pessoal bom eu acho que uns reviews seria bom...
Beeijos e até logo




(Cap. 42) Conflitos

Notas do capítulo
Pessoal como foi o natal de vcs?
bom eu trouxe mais um capitulo pra vcs espero que gostem
Beeijos'

Pov Bella

Eu estava com muita raiva daquela garota, como ela pode inventar uma coisa tão grave para o Edward e pior ainda foi ele ter acreditado nela, eu acordei ,Edward já tinha saido,ele me deixou um bilhete dizendo que eu não me preocupasse que quando ele chegasse ele resolveria com a leah,bom eu fiquei feliz por que finalmente ela sairia da minha casa,mais eu ainda teria que suportar ela por hoje, eu coloquei o bilhete de volta da mesinha e fui ver Renesme no quarto, ela ainda estava dormindo eu resolvi descer ,eu notei a casa vazia e silencosa , fui até a cozinha e encontrei a leah falando ao telefone ela estava de costas e não me viu,eu ia falar mais ao ouvir ela falando o nome do Edward eu me calei eu fiquei escutando

– Eu sei amiga ele é muito lindo , eu não sei como aguenta ficar com aquela mulher horrivel,eu sei que ele não vai resistir a mim, afinal eu sou uma mulher linda e a esposa dele bom, é gorda né,ela acabou de ter bebê, ela é uma doente eu não acho que ele vai aguentar ficar muito tempo com ela, ele logo vai cansar e eu vou está aqui para dar colo a ele – falou ela sorrindo, eu não me aguentei e puxei o telefone da mão dela e joguei no chão, ela me olhou com a cara assustada, concerteza não esperava que eu estivesse ouvindo tudo.

– Então voocê quer o meu marido? – perguntei olhando para ela

– Não sei do que está falando, nossa eu tomei um susto – falou ela se fingindo de inocente

– Não minta para mim, eu escutei tudo – falei

– Bella você deve ter imaginado coisas, eu não sei do que está falando

– PARA COM ESSE JOGUINHO! - gritei, ela colocou a mão sobre a boca como se estivesse assustada com a minha atitude.

– Eu não estou entendendo nada – falou de forma inocente

– Saia da minha casa – falei

– Eu .. de verdade você está muito nervosa, eu não entendo – falou ela com a mão sobre o peito

– Pare de fingir, eu escutei sua conversa , você quer tirar o Edward de mim, mais não vai conseguir,ele me ama – falei, ela começou a rir

– Você pensa que ele te ama o que ele sente,por você é pena Bella, você engravidou dele e por isso ele casou com você, e você é uma doente você acha mesmo que ele vai ficar para sempre com você? se encherga Edward é muita coisa para você. –falou ela, as lágrimas desciam por meu rosto,eu queria bater nessa mulher e colocar ela para fora da minha casa ,eu mandei ela ir embora aos berros, mais ela não me deu atenção, eu segurei seu braço para empurra-la para fora mais ela me empurrou se soltando do meu aperto e fazendo com que eu batesse minha cirurgia na mesa , eu senti uma dor no terrivel mais eu ingnorei eu a olhei mortalmente – Saia da minha casa agora sua vadia – falei a empurrando, ela ficou rindo da minha cara debochadamente,nesse momento minha filha começou a chorar,eu fui até ela mais uma vez e a puxei em direção a sala , a soltei e segurei em um movel ao sentir uma tontura.

– Eu não vou sair, porque o Edward me contratou e só ele pode me mandar embora – falou se sentando no sofá, eu ouvi o choro da minha filha mais forte e corri, eu senti mais uma tontura mais ingnorei tinha medo de que ela fosse fazer algo com Rennesme eu subi as escadas as pressas sentindo dores por toda minha cirurgia na barriga, cheguei ao quarto da minha filha e a peguei do berço, fui para o meu quarto e me tranquei, peguei meu telefone e disquei o numero do Edward que atendeu no segundo toque.

Pov Edward

Eu estava saindo da reitoria da universidade, tinha acabado de fazer uma entrevista com o reitor, meu telefone começou a tocar, eu o peguei e olhei o numéro e vi que era Bella eu prontamente atendi.

– Oi meu amor – falei

– Edward, eu não estou bem, vem pra casa por favor – falou ela chorando, eu fiquei desesperado a voz dela parecia que estava sentindo dor, eu corri parta o meu carro e entrei .

– O que houve meu amor? – perguntei

– A Leah ela, Edward vem logo .. e eu,Aii.. está doendo muito – falou ela chorando,– Meu amor, o que aconteceu? – perguntei tentando manter a calma

– Ela quer tirar você de mim, eu ai.. Edward vem logo – falou ela e o telefone caiu a ligação .

– Bella, Bella ? – droga ,agora sim eu fiquei desesperado, eu tentei lgar mais algumas vezes mais o telefone estava desligado eu liguei para o meu pai e pedi que ele fosse para minha casa o mais rapido que pudesse,eu estava desesperado se algo acontecesse a Bella eu acelerei o carro eu estava dirigindo que nem um louco enquanto ligava para minha casa, o telefone chamou algumas vezes e eu escutei a voz da leah.

– Alô – falou ela calmamente

– Leah, o que está acontecendo na minha casa? – perguntei

– Edward não está acontecendo nada , eu estou fazendo o almoço – falou ela normalmente

– Bella me ligou, ela perecia está sentindo alguma dor, vocês brigaram? – perguntei

– Não, bom na verdade sua esposa está com serios problemas ela me agrediu , eu pedi que ela se acalmasse e ela subiu correndo para o quarto e se trancou lá – falou ela como se isso não fosse nada .

– E por que não me ligou?

– Eu não liguei por que achei que não era importante e também ingnorei a atitude dela por ela não está bem da cabeça – falou ela entrinquei os dentes de raiva.

– Eu estou chegando em casa – falei desligando, eu entrei na rua da minha casa cantando pneu e estacionei o carro de qualquer jeito, meu pai ainda não tinha chegado eu entrei dentro de casa e corri para o meu quarto eu não vi a leah em nenum lugar, depois eu procuraria ela, primeiro eu precisava ver se a Bella está bem,eu ouvi o chorinho da minha filha e entrei no meu quarto Bella estava deitada em posição fetal no meio da cama, enquanto Renesmee estava chorando do seu lado, eu me aproximei dela e passei a mão em seus cabelos.

– Meu amor o que houve? – perguntei , ela abriu os olhos marejados e se levantou, Bella colocou a mão no lugar onde era sua cirurgia e se agarrou em mim aos prantos, ela se soltou de mim para pegar Renesme mais eu a peguie antes fazendo ela se calar, eu olhei ara bella e vi sua roupa suja de sangue eu arregalei os olhos e puxei sua mão ,que estava pressionando sua barriga – Bella você está machucada ? Leah fez isso com você? – perguntei sentindo a raiva tomar conta de mim.

– Edward ela disse que você não me ama e que está comigo por pena – falou ela entre soluços.

– Meu amor, fica calma que meu pai ,já está vindo você está com muitador, eu vou ligar pra ele – ela não parava de chorar eu estava assustado com tudo isso, coloquei Renesmee no carrinho ela reclamou mais não chorou, eu fui para perto de Bella e a abracei, ela chorava muito.

– Bella eu te amo, eu me casei com você por amor e não por pena – falei

– Mais ela disse que você ...Ai Edward está doendo muito – falou Bella , eu peguei o telefone para ligar para o meu pai ,mais ele entrou no meu quarto , a porta estava aberta.

– Edward o que aconteceu ,eu fiquei assustado com sua ligação, a Bella passou mal, temos que levar ela.

– Não pai, a cirurgia dela ,ela bateu em algum lugar e está sangrando – meu pai se aproximou dela e pediu que ela levantasse o vestido para que ele pudesse ver, ele foi buscar sua maleta no carro eu ajudei Bella a deitar na cama e levantei o vestido dela, ela gemeu de dor, o lugar onde foi feito a cirurgia que estava ficando apenas uma cicatris estava um pouco aberto ,poucos centimetros e sai sangue, eu enrolei bella em um lençol deixando apeas o locl onde estavamachudo exposto, meu pai voltou para o quarto e olhou ele começou a limpar ol ugar onde estava sangrando , Bella se contorcia de dor, ele deu uma anestesia local e então começou a pontiar o local , depois ele terminou de limpar e colocou um curativo.

– Eu vou passar um antiflamatório para você Bella e tem que tomar na hora certa - falou meu pai

– Obrigado or ter vindo pai, e tem certeza que ela não precisa ir ao hospital? – perguntei

– Está tudo bem ,Bella tem que ter mais cuidado e nada de fazer extravagancias – falou ele, meu pai foi embor , eu sentei ao lado de Bella.

– Bella o que aconteceu aqui?

– Edward eu desci para tomar cafá da manhã e escutei a Leah falando no telefone, ela dizia que ia te conquistar que eu era muito pouco para voc~e e que eu era gora e ... – ela voltou a chorar de novo, eu dei um beijo na sua cabeça.

– Meu amor, eu nunca na minha vida te deixaria por nenhuma mulher do mundo – falei no seu ouvido – E como você se machucou?

– Eu tentei forçar ela a ir embora ,mais ela não quis , ela me empurrou e eu acabei batendo a barriga na mesa – falou ela .

– Meu amor, eu quero que fique aqui bem quietinha, que eu vou falar com ela – falei,Bella se agarrou ao mim

– Não vai Edward, por favor – pediu ela

– Amor, eu preciso ir, eu prometo que vai ser rápido – falei

–Edward pega a Renesme para mim eu ainda não amamentei ela – falou Bella se sentando na cama, eu entreguei Renesme a ela.

– Não levante sem minha ajuda - falei saindo do quarto, eu desci as escadas e fui para sala , Leah estava sentada despreocupadamente lendo uma revista .

– Leah – a chamei, ela se virou para mim sorrindo

– Que bom que chegou, seu pai esteve aqui , ele foi ver sua esposa e ..

– Eu sei , estava com ela – falei

– Pensei que tinha chegado agora – falou ela

–Eu quero que va embora da minha casa, não preciso mais dos seus serviços – falei tentando manter a calma

– O que ? eu não acredito que sua esposa fez sua cabeça ,Edward tudo que ela te falou é mentira, ela me agrediu e eu como sei que ela não está bem da cabeça ingnorei e fique aqui esperando voc~e chegar parea te contar.

– Por favor, pare de inventar Bella está perfeitamente bem daa cabeça e não tem motios para inventar nada, leah eu estou te demitindo por favor não abuse da minha paciência, você não imagina a raiva que eu estou sentindo . – falei

– Você vai se arrepender disso – falou ela eu abri minhacarteira e paguei a ela os dias que ela trabalhou, eu não respondi mais ao que ela tinha falado, simplesmente fui com ela até a porta, isso tudo foi culpa minha se eu tivesse ouvido a Bella antes as coisas seriam diferentes agora, eu deveria ter demitido a leah assim que ela me pediu, amis nmão eu como cabeça dura que sou , tive que ingnorar as vontades da Bella , eu subi em direção ao nosso quarto, ao chegar lá vi que ela ainda amamentava a nossa pequena , sentei do seu lado e dei um beijo na sua testa.

– Me perdoa meu amor, eu deveria ter te escutado e ter demitido a Leah , eu não podia ter deixado as coisas chegarem a esse ponto, você não imagina o quanto eu me sinto culpado.

– Você não tem culpa Edward, só não contrata mais ninguém para trabalhar aqui – pediu ela.

– O que você quizer meu amor, eu nunca mais vou te contrariar – falei ,Bella me deu um beijo ,cheio de carinho , depois de nos separar-mos ela tirou Renesmee do seio e me entregou, eu a peguei e a coloquei em pé no meu braço.

– Eu vou ligar pedindo algo para comermos ,a leah disse que tinha feito o almoço mais na verdade só tinha vento dentro da cozinha.

Pov Bella

Eu ainda estava dolorida por causa dos pontos, Edward tinha me trazido para sala nos braços já que eu não conseguia ir muito longe e muito menos descer uma escada, Nós dois estavamos agarradinhos vendo televisão quando a campanhia tocou,Edward se levantou e foi atender,uns minutos depois eu começei a escutar vozes e então Alice entrou parecendo um furacão.

– Bella me desculpa eu não poderia imaginar que aquela garota era assim, meu Deus eu estou me sentindo tão culpada - falou ela parada na minha frente.

– Está tudo bem Alice,não precisa se desculpar eu sei que você fez isso com boas intenções,mais por favor não faça mais isso – pedi

– Eu prometo amiga – falou ela me dando uma braço sem jeito, Edward se sentou ao meu lado .

– Não foi trabalhar hoje Edward? – perguntou Alice

– Não resolvi fazer companhia a minha esposa – falou ele me dando um beijo na bochecha

– E onde está a minha fofuxa ?

– Está dormindo no quarto dela – falei

– Eu posso ver ela? – perguntou Alice

– Claro – respondeu Edward,Alice foi em direção a escada e subiu para ver Renesme, uns minutos depois ela voltou com a minha filha nos braços, ela estava em pé junto ao corpo de Alice.

– Você acordou minha filha Alice? – perguntou Edward

– Claro que não, ela estava acordada no berço conversando sozinha – falou ela olhando para Renesme

– Meu Amor por que não chamou a mamãe falei dando um beijinho na cabecinha dela.

– Ela quis deixar a mamãe e o papai dela namorar um pouquinho – falou Alice sorrindo,Renesme logo começou com as manhãs dela fazendo Edward pegar ela no colo,Alice fez cara de desapontada.

– Nossa eu não fiquei nem cinco minutos com ela, minha sobrinha não gosta de mim – falou Alice fazendo drama

– Claro que não Alice, é que quando esse pai dela está perto ela não quer saber de ninguém – falei .

Continuaaa...

Notas finais do capítulo
Desculpem os erros b eeijos e nção esqueçam de deixar os Reviews
Até amanhã vou postar um novo começo =)




(Cap. 43) Compras com Alice

Notas do capítulo
Bom pessaol eu sei que demorei mais cheguei bom espero que gostem do capitulo
beeijos
Primeira postagem de 2012 bom eu acho que amanhã tem um novo começo
beeijos' (denovo)

Pov Bella

Depois do episodio da Leah Edward e eu estavamos a mil maravilhas, ele tinha ficado mais amoroso ainda comigo e com nossa filha ,Renesmee está com três meses de vida e a duas semanas Edward começou a fazer faculdade,eu estava sozinha em casa com Renesme, estava terminando de arruma-la para preparar o jantar, Edward andava chegando tarde todos os dias ,ele saia um pouco tarde da Faculdade e por isso tinha mudado um pouco seu horario no trabalho, eu me sentia uma inutil vendo Edward se desdobrar em tantos, ele estudava ,trabalhava e ainda dava atenção a mim e a nossa filha, ele chegava esgotado todos os dias ,mais ainda assim abria o seu lindo sorriso para nós quando passava pela porta, eu ouvi a campanhia peguei Renesme e fui abrir, para minha surpresa eram Carlisle e Esme.

– Oi Bella – falou o ele me dando um beijo e pegando Renesmee do meu colo

– Oi – respondi enquanto comprimentava Esme

– Edward já chegou?

– Ainda não – respondi

– Eu queria muito falar com ele, seria muito encômodo se agente esperasse ele?

– Claro que não Carlisle, fiquem a vontade, ele não deve demorar – falei me sentando – Bom na verdade eu estava indo preparar o jantar do Edward, será que vocês se importariam de ficar sozinhos por uns intantes? – perguntei

– Claro que não Bella, fique a vontade , nós só vinhemos agora por que está meio dificil de o Carlisle e o Edward se verem os dois andam muito ocupados – falou minha sogra sorrindo , eu sai da sala deixando eles brincando com Renesme e fui para cozinha, eu preparei a comida e coloquei no forno então voltei para sala quando eu ia entrando a porta se abriu e o Edward entrou, ele estava com o semblante cansado, olhou supreso para os pais dele, Esme logo se levantou e foi abraçar ele.

– Mãe, nossa que surpresa eu não imaginava que estariam aqui – falou ele, Edward veio até mim me dando um beijo e depois cumprimentou o pai dele, Renesmee estava quase pulando no colo do avô tentando chamar a atenção do Pai, ele a olhou sorrindo e a pegou no colo.

– Meu filho eu sei que está cansado mais será que podemos conversar, eu prometo que vai ser rápido .

– Claro pai,- respondeu ele sentando

– Eu estava querendo falar com você a alguns dias ,mais nem eu tive tempo e nem você.

– Falar comigo ,sobre o que? – perguntou Edward curioso

– Eu tenho visto o quanto você anda esgotado Edward, você está carregando muitas coisas nas costas e só tem 18 anos

– Pai não se preocupe eu estou bem – falei

– Meu filho como eu não vou me preocupar, você está fazendo faculdade e trabalhando duro ao mesmo tempo, você não tem tempo para estudar, como quer se formar em médico desse jeito.

– Eu não tenho escolha – falou ele, aquilo me doeu,Edward realmente não tinha escolha eu tirei isso dele quando engravidei e meu pai nos fez casar,ele não pode agir como um universitario normal, tem qua trabalhar para sustentar uma casa .

– Sempre tem uma escolha Edward.

– Pai o que quer que eu largue a faculdade? Ou que eu saia do emprego? – falou ele ficando alterado

– Eu quero que saia do emprego e se dedique aos estudos – falou Carlisle

– Pai eu não posso fazer isso,eu tenho um esposa e uma filha – respondeu ele

–Eu sei disso Edward, eu me comprometo em te dar uma quantia em dinheiro todo mês, até melhor que o seu salário – falou ele, Edward me olhou e respondeu

– Me desculpe pai, eu não vou aceitar, eu não posso acetar que o senhor me sustente – falou Edward.

– Edward isso não é uma caridade, eu quero o seu melhor meu filho e esse trabalho vai atrapalhar os seus estudos, agora você pode até não achar isso, mais você começou a estudar faz apenas duas semanas, as coisas ainda estão calmas, me diga quando tiver vários trabalhos para entregar como vai fazer para ter tempo para isso se quando sai da universidade você vai direto para o hospital , chega em casa a noite e cansado para ainda se dedicar a coisas da escola , meu filho essa é a melhor saida.

– Eu sei que não é caridade, mais eu não acho certo.

– Edward eu sou seu pai e só estou querendo te ajudar, meu filho você tem responsabilidades que nenhum outro adolescente quer ter, eu amo minha neta e fico muito feliz que tenha encotrado uma mulher como Bella para dividir a vida ,mais isso não deixa de ter sido precipitado,apesar de adorar a Bella você sabe que eu fui contra o casamento justamente por isso, eu não queria que perdesse isso Edward ,sua chance de se formar, seá que é tão dificil entender. – as palavras do Carlisle me magoaram e me fizeram sentir culpada como se eu fosse uma intrusa na vida do Edward, eu abaixei minha cabeça , ninguém percebeu como eu me senti mal com o rumo da conversar, eu me levantei todos me olharam eu rapidamente falei.

– Vou ver a comida no forno - falei usando uma desculpa qualquer, sai de lá e fui direto para cozinha, as lágrimas começaram a descer pelo meu rosto, eu era uma estupida só fiz atrapalhar a vida do Edward eu fiquei me sentindo um lixo por meu pai ter obrigado ele a se casar comigo.não sei quanto tempo eu passei na cozinha mais eu senti os braços do Edward em minha volta.

– Meus pais querem se despedir de você ,eles já vão- ele percebeu meu silêncio – Ei Bella o que aconteceu? – perguntou ele olhando no meu rosto ,eu tinha secado as lágrimas mais meus olhos estavam vermelhos.

– Estava chorando Bella? – perguntou ele

– Não – menti

– Bella o que aconte..

– Vamos nos despedir dos seus pais – falei saindo da cozinha, eu cheguei na sala e vi Esme e Carlisle brincando com a Renesmee ,minha filha dava lindos sorrisinhos para os avós corujas .

– Bella querida ,obrigada por nos receber ,mais nós temos que ir embora – falou Esme me entregando minha filha .

– Fiquem a vontade para nos visitar quando quizerem – falei

– Assim que eu tiver mais tempo eu juro que vou vir mais aqui – falou Carlisle,depois de se despidirem eles foram embora, Edward ficava me olhando como se estivesse me analisando,mais eu fingi não perceber, fui com minha filha de volta para cozinha terminar o jantar e ele subiu as escadas para tomar um banho, ,coloquei Renesme no carrinho e terminei de preparar o nosso jantar, eu coloquei a mesa e fiquei esperando o Edward descer, coloquei Renesme ao nosso lado na mesa, uns minutos depois o Edward desceu.ele se sentou na mesa para o jantar.

– Bella podemos conversar?

– Claro Edward – respondi

– Por que você estava chorando na cozinha?

– Eu não estava chorando, e o que respondeu aos seus pais?

– Era isso não era, foi por causa do que meu pai falou, Bella entenda uma coisa você não atrapalha minha vida, foi uma escolha que eu fiz, e eu não me arrependo de nada Bella a única coisa que eu ainda me arrependo é de ter demorado tanto para perceber que eu te amava, mais do nosso casamento eu não tenho um pingo de arrependimento – falou ele.

– Mais seu pai te razão Edward, se meu pai não tivesse te obrigado a casar comigo agora você moraria com seus pais e não teria tantas responsabilidades como agora, apesar de nós sermos felizes eu tenho medo de que um dia você perceba que tudo isso foi um erro que você está perdendo sua vida , trabalhando tanto e tendo nas costas a obrigação de sustentar uma mulher e uma filha – falei

– isso nunca vai acontecer, essa foi uma decisão minha, seu pai não me obrigou a nada , por que se eu não quizesse casar , seu pai não iria me obrigar mais ainda por que meu pai não era a favor.

– Está vendo, Edward eu estraguei sua vida – falei começando a chorar ,Edward se levantou e veio para o meu lado.

– Nunca mais repita isso Bella, você e minha filha são a melhor coisa que aconteceu na minha vida,eu não posso dizer para você que está sendo facil , porque nós já passamos por muita coisa, mais eu não consigo ver minha vida sem você ou sem ela, nós estamos apenas começando nossas vidas e eu sei que tudo vai dar certo .

– Você vai aceitar a proposta do seu pai? – perguntei

– Eu disse a ele que ia pensar, mais eu não posso aceitar Bella seu pai não vai gostar de saber disso.

– Você tem que pensar no seu futuro Edward e não no que me pai vai achar – falei , ele me beijou

– Você acha que devo aceitar? – perguntou ele

– Eu não sei Edward, eu não quero ficar dependendo dos seus pais eu acho issso muito chato – falei

– Meu amor, mais seria por um tempo e eu poderia passar mais tempo com vocês – falou ele

– Eu posso arranjar um emprego,minha mãe fica com a Renesme

– De jeito nenhum Bella, você só vai deixar nossa filha, quando for para faculdade – falou ele

– Mais Edward nós não podemos ficar dependendo dos seus pais – falei

– Eu sei meu amor, nem eu quero – falou ele, Edward voltou para o seu lugar,nós jantamos em silêncio, assim que terminamos o jantar Edward me ajudou a tirar a mesa, ele ia me ajudar a lavar a louça mais eu pedi para ele ficar com Renesme, eu lavei tudo e subi para o nosso quarto ao chegar lá eu vi os dois deitados dormindo na nossa cama, Edward dormia abraçado a nossa filha eu fui até eles e subi na cama, me aproximei dele e dei um beijo no seu pescoço, Edward ficou todo arrepiado me fazendo sorrir.

– Acorda meu amor – falei no seu ouvido, Edward abriu os olhos e me olhou

– O que aconteceu? – perguntou ele

– Nada só que você adormeceu e colocou nossa filha para dormir – falei

– Desculpa , é que eu estou cansado, eu sei que estou um saco ultimamente ,agente quase nem sai, mais eu prometo que vou melhorar- falou ele me puxando para um beijo, eu me afastei e ele me olhou confuso.

– Meu amor, eu acho que deve aceitar a proposta do seu pai – falei, Edward me olhou confuso.

– Mais Bella, você tinha dito que não queria que agente dependesse dele – falou ele

– Eu sei , mais é que eu não aguento te ver tão esgotado e só fazem duas semanas que está na faculdade,eu não quero que você seja infeliz Edward. – falei

– É impossivel eu ser infeliz ao seu lado – falou ele me puxando , eu cai em cima dele,Edward começou a me beijar de forma ardente, me separei dele sem folêgo.

– Nossa filha Edward – falei ,fazendo ele olhar ela dormindo ao seu lado na cama.

– Vamos colocar ela ,lá no quartinho dela ,pra gente namorar um pouquinho – falou ele sorrindo.

Acordei cedo na manhã seguinte , Edward ainda dormia, eu fui até o quarto da Renesme que já estava acordada, a amamentei e fui fazer o café do Edward , terminei tudo e preparei a mesa,ele desceu já pronto para sair.

– Bom dia meu amor, senti falta de você ,na nossa cama – falou ele me dando um selinho rápido e indo brincar com a nossa filha.

– Eu vim preparar seu café - respondi,Edward se sentou a mesa tomou seu café e foi embora para universidade, eu me sentia muito sozinha nessa casa,ele passava praticamente o dia inteiro fora e eu ficava só com a Renesme, eu resovi sair, me troquei arrumei minha filha e liguei para Alice,nós marcamos de nos encontrar no Shopping ela me disse que iria comprar um presente para o Jazz de aniversário de namoro e precisava da minha ajuda, eu coloquei Renesme no carro e dirigi até o shopping , eu fiquei em frente a uma loja onde marcamos de nos encontrar esperando ela

– Bella - -falou Alice pulando até mim

– Oi Alice – Respondi dando um abraço

– Oi minha sobrinha mais linda do mundo – falou ela com Renesme fazendo ela sorrir.

– Nossa Alice assim minha filha vai ficar com ciúmes – falou a Rose, ela estava grávida de cinco meses, e a uma semana tinha descoberto que também era uma menina o Emmet ficou um pouco decepcionado pois queria um menino, mais ele já tinha se conformando e até tinha escolhido o nome,mais é claro isso gerou uma briga pois a rose não aceitou, ele tinha escolhido o nome rosalina.

– Rose por favor, a sua filha ainda nem nasceu e convenhamos ela pode ser feia né – falou a baixinha naturalmente,ela era uma figura mesmo como ela ia dizer uma coisa dessas a Rose , que era a propria vaidade.

– Ela poderia até ser feia se fosse sua filha com o Jazz – cuspiu a Rose, Alice já ia responder quando eu interronpi.

– Gente, vamos fazer o que vinhemos fazer aqui, tenho certeza que a filha da Rose é linda e quando a Alice tiver com o Jazz eles também serão lindos então vamos parar de descutir - falei , elas pararam de discutir e fomos procurar um presente para o Jazz, Alice nos fez ir a cada loja masculina que tinha dentro do Shopping,depois que Alice escolheu o presente, eu me animei afinal tinha acabado e eu iria embora , tinha sido muito exaustivo fazer isso.

– Pessoal agora vamos comprar outro presentinho – falou ela toda sorridente .

– Alice mais você comprou tanta coisa – falei

– Bella esse agora é para usar na noite especial de Aniversário – falou ela toda sorridente

– Ai meu Deus , vamos logo então. – falei , Alice nos levou para uma loja de langerie, eu não sei onde tinha parado a vergonha da Alice por que ela não tinha nenhuma , escolhia cada camisola que dava para ver o outro lado .

– Alice ,essa é linda – falou a Rose de uma camisola que não escondia nada

– Eu também gostei- respondeu a baixinha toda empolgada

– E você Bella não vai levar nada para usar com o Edward? – peguntou ela me fazendo ficar vermelha.

– Alice , por favor.

– Por favor o que?Bella você tem que agradar o seu marido, imagina se o sexo cair na mesmisse ele vai procurar uma coisa diferente fora de casa, olha uma surpresa dessa vai deixar ele muito feliz , depois de chegar em casa cansado – falou ela sorrindo, eu não sei como Alice me convenceu mais eu acabei comprando três langeries, elas eram mais comportadas do que as que Alice comprou mais ainda assim era muito reveladoras, depois de passarmos esse constragimento nos despedimos e fomos embora, eu passei na casa da minha mãe, acabei almoçando lá, o Edward me ligou preocupado , pois tinha ligado para casa e ninguém atendia, eu falei que tinha saido com sua irmã e que estava na casa da minha mãe , deixando ele tranquilo, eu fui para minha casa já estava no fim do dia, Renesme resmungava no banco de tráz, assim que entrei coloquei ela no carinho e fui até meu quarto coloquei as sacolas em cima da cama e fui dar um banho na minha filha, depois dar banho nela eu a coloquei no carrinho no meu quarto e fui tomar meu banho, eu terminei logo e desci para fazer o jantar, eu escutei o barulho da porta se abrindo eu sabia que era o Edward, fui até a sala com nossa filha nos braços ele abriu um sorriso.

– Chegou sedo – falei, lhe dando um selinho

– Eu pedi demissão –respondeu ele sorrindo e pegando Renesme dos meus braços, ele foi para o sofá e ficou brincando com ela que dava risadinhas.

– E você falou com seu pai? – perguntei

– Sim - respondeu ele sorrindo

– Eu vou terminar o jantar – falei indo para cozinha, assim que terminei o jantar ,Edward foi tomar banho ,eu fiquei com Renesme ,minutos depois ele desceu, nosso jantar foi tranquilo conversamos amenidades contei a ele como tinha sido no shopping é claro que eu não contei a nossa ida a loja de langerie,depois do jantar eu lavei a louça e fui me juntar a minha filha e ao meu marido na sala, Renesme abria a boquinha, ela estava com sono eu fui ate o seu quarto para colocar ela para dormir, a vesti com se pigaminha a dei de mamar e ela dormiu, coloquei ela no seu berço e fui para o meu quarto, Edward tinha ido para lá, quando eu entei no meu quarto eu parei, Edward estava mechendo na sacola de compras que eu tinha feito a pela manhã , ele me olhou.

– Edward não mexe nisso – falei

– Por que? – perguntou ele

– Por que não

– Você não quer que eu ache isso? – falou ele me mostrando a linda langerie preta que eu tinha comprado, eu fiquei vermelha na hora – Ou você não quer que eu veja isso – falou ele levantando uma camisola muito reveladora que Alice tinha me obrigado a comprar, eu fiquei mais vermelha ainda, Edward sorriu para mim.

– Eu acho lindo quando você cora, apesar de eu achar desnecessário -falou ele

– Edward eu.. é . . é que eu ....

– Meu amor, relaxa eu adorei, e bem você poderia colocar para mim ver como fica em você – falou ele sorrindo

Continuaaa

Notas finais do capítulo
E ai o que acharam eu mereço reviews?
Beeijos ' e fui




(Cap. 44) Aniversário de casamento

Notas do capítulo
Bom pessoal sei que demorei muito, mais como eu expliquei na outra fic as coisas andam complicadas pra mim, eu estou tentando no maximo postar o mais rapido que posso ,a fic já está perto de terminar então eu prometo postar com mais frequencia
espero que gostem do capitulo
capa nova feita pela colorada o que acharam?

Pov Bella

Depois de muita insistência do Edward eu resolvi vestir uma das camisolas que eu comprei, escolhi uma das mais comportadas , é claro que ele tentou me convencer a usar a pior de todas mais eu me neguei ,ainda não tava com coragem para isso, eu estava dentro do banheiro sem coragem de sair, eu usava uma camisola preta muito reveladora.

– Meu amor, eu estou esperando – falou ele do quarto eu respirei fundo e abri a porta devagar, eu levantei a cabeça timidamente e olhei para ele que me olhava com desejo nos olhos

– E então ? – perguntei

– Você está linda - falou ele se levantando e vindo até mim, Edward segurou minha cintura e me puxou para um beijo, ele me beijava com paixão, eu claro estava adorando, Edward começou a passar suas mãos pelo meu corpo, minha pele ficava em chamas por onde suas mãos passavam ,eu mordi seu lábio fazendo ele soltar um rizinho, eu não sei como ele fez isso mais em questão se segundos ele tirou toda sua roupa ficando só de boxer, Edward destribuia beijos pelo meu pescoço, ele me empurrou até a cama e se deitou por cima de mim, eu fiquei por cima dele ,dando mordidas no seu peito e então voltando a lhe beijar na boca , eu o acariciei intimamente fazendo ele soltar um rugido e me jogando de volta na cama, Edward ficou louco com a minha atitude.

– Eu não aguento mais Bella, eu quero você – falou ele enquanto dava mordidas pelo meu pescoço

– Sou sua – respondi, Edward puxou meu camisola com força fazendo a peça tão delicada se rasgar em pedaços, eu soltei um gritinho de surpresa.

– Eu compro outra para você , mais eu não estou com paciência de tirar – falando isso ele também rasgou a minha calcinha.

– Parece com pressa – falei

– Eu estou – respondeu ele me fazendo sua , eu não consegui conter o gemido com a investida dele, Edward sorriu com satisfação , passamos a noite quase toda nos amando ,Edward não se cansava e eu muito menos eu , não sei a que horas da madrugada fomos dormir, mais eu acordei com o choro da Nessie, mais eu não tinha forças para levantar,eu fiz um esforço mais todo o meu corpo doia o Edward pegou pesado na ultima noite.

– Deixa que eu vou meu amor – falou ele ,Edward se levantou, e saiu do quarto, eu me sentei e vesti uma camisa de botão dele e voltei para cama, uns minutos depois ele entrou no quarto com a Nessie no colo , ela ainda choramingava, eu olhei para ela ,Edward colocou ela na cama do nosso lado e voltou a se deitar, ela se virou para mim e começou a procurar o peito .

– Eu acho que ela quer café da manhã – falou ele sorrindo

– Eu vou tomar um banho primeiro – falei, eu me levantei e senti umas dores incomodas mais ingnorei o Edward começou a rir. – Posso saber do que está rindo?

– De você é claro, não aguenta nada mesmo,está ai toda quebrada por casa de uma simples noite de sexo.

– Então quer dizer que foi simples? – perguntei olhando ele.

– No sentido de ficar assim que nem você está , foi sim!

– Edward são 6:00 hrs da manhã, nós fomos dormir a 48 minutos – falei

– fraca não aguenta nada – falou ele

– Eu estou com sono, porque passamos a noite acordados – falei

– E, isso é motivo para está assim?

– Sim , você não me dá descanço – falei

– Até parece que não estava gostando – falou ele eu ingnorei e entrei no banheiro, Renesmee ficou reclamando na cama mais não chorou, quando eu voltei vi que o Edward dormia tranquilamente e nossa filha estava bem acordada mechendo no cabelo dele.

– Meu amor, seu papai dormiu? – perguntei pegando ela no meu colo, Renesmee começou a procurar o peito desesperada e querendo chorar.

– Calma meu amor, a mamãe vai dar – falei sorrindo eu coloquei meu seio e sua boquinha e ela logo começou a sugar com força, assim que terminei de amamenta-la eu fui fazer o café do meu marido , eu fiz tudo com a Nessie do meu lado no carrinho, eu terminei coloquei a mesa e fui chamar o Edward , ele ainda estava dormindo quando entrei no quarto, eu subi em cima da cama e deitei por cima dele destribuindo beijos pelo seu pescoço e torax, ele se mecheu me pegando de surpresea e me jogando na cama por baixo dele.

– Está querendo me provocar? – perguntou ele

– Não, só queria que acordasse para tomar café – falei dando um selinho nele e o empurrando.

– Isso vai ter volta – falou ele me fazendo dar uma gargalhada, eu desci para a mesa e me sentei a espera do Edward ,Renesmee estava inquieta eu a tirei do carrinho uns minutos depois ele desceu as escadas sem camisa e só com uma bermuda, me deu um selinho e se sentou ao meu lado, nós tomamos café em silêncio.

– Eu tenho que ir no mercado fazer as compras da casa – falei

– Eu vou com você – falou o Edward

– tudo bem – falei, assim que tomamos café, eu arrumei nossa filha e dei para ele,peguei a lista de compras e fui encontrar com ele no carro ,minha filha estava na cadeirinha eu sentei no banco do passageiro e o Edward deu partida, chegamos a um supermarcado Edward ficou com renesme enquanto eu escolhia as coisas e colocava no carrinho , depois que terminamos as compras voltamos par casa, guardei tudo e fiz o nosso almoço, Edward tinha que ir fazer um trabalho da faculdade como não teve aula ele só entregaria amanhã, ele foi encontrar alguns colegas para fazer o trabalho, eu fiquei em casa com a Nessie, eram duas da tarde e eu estava vendo televisão e minha filha estava no soninho da tarde quando Edward entrou com dois garotos e uma mulher , eu senti cíumes automaticamente afinal a menina era muito bonita , ele sorriu para mim e me deu um selinho.

– Meu amor, esses são meus colegas de faculdade esse é o Paul, sua namorada Rachel e o Kevin– falou ele me apresentando aos seus amigos e me deixando mais traquila sobre a garota

– Muito prazer- falei comprimentando aos amigos dele.

– Essa é minha esposa Isabella – falou ele sorridente

– Muito linda a sua esposa Edward – falou o tal kevin

– Eu sei disso,por isso me casei com ela – falou ele me puxando e me deixando sem graça na frente dos seus amigos

– Bom é melhor comerçar-mos – falou a garota

– Bella nos vamos fazer o trabalho aqui – falou Edward

– Tudo bem meu amor – falei dando um selinho nele,Edward foi para o escritorio que pouco é usado por nós e ficou lá com seus amigos ,eu não fui lá para não encomoda-los, Renesme acordou meia hora depois que o pai chegou eu a peguei, dei um banho e fui oferecer um lanche aos amigos do Edward , eu peguei Renesme no colo e fui até eles, eu abri a porta e vi que o Edward conversava algo com a garota o que me deixou irritada, eu bati na porta e eles olharam para mim.

– Me desculpem encomodar acontece que eu queria saber se não querem um lanche? - perguntei

– Claro que sim meu amor, eu vou te ajudar a preparar – falou o Edward que ia levantar

– Não precisa amor, eu faço – falei

– Então deixa a Nessie aqui que eu olho ela

– Edward eu não quero atrapalhar vocês

– Imagina Isabella , tenho certeza que ela não vai encomodar – falou a garota sorrindo, Edward levantou e pegou a filha nos meus braços,Renesme foi logo abrindo o sorriso para o pai ,afinal ela é muito apegada a ele, ele voltou para o seu lugar e colocou ela no seu colo, eu fui para cozinha preparar o lanche, asssim que terminei fui levar, eu abri a porta e entrei com a bandeja eles retiraram os livros e eu coloquei a bandeja.

– Sua filha é muito linda Isabella – falou a rachel

– Obrigada – falei, de relance eu vi o kevin me olhando de uma forma que me deixou encomodada

– Incrivel como ela parece com o pai- concluiu ela

– É verdade – respondi

– Bella você não sente falta de sair e se divertir com as amigas? Afinal você ainda é uma adolescente de 18 anos com uma filha bem pequena- falou o kevin

– Não, eu sou muito feliz com meu casamento, foi o que eu escolhi para minha vida e não sinto o minimo arrependimento – falei

– Que bom ,mais fica esperta com o Edward, por que ele pode se cansar de brincar de casinha e resolver curti a vida como uma pessoa da idade dele – falou esse kevin me olhando de uma forma estranha.

– Eu nunca vou me cansar da minha familia, Bella e Renesme são o amor da minha vida eu não preciso está em festas para ser feliz, minha mulher e minha filha fazem isso comigo de uma forma bem mais saudavel – falou o Edward

– Sei disso Edward , só estou falando que você é homem, hoje você está empolgado com isso em ter uma familia e uma casa para cuidar, mais daqui a alguns meses você pode se cansar de tudo isso e querer viver a sua vida.

– Eu estou vivendo a minha vida Kevin – falou o Edward com a cara fechada

– Não me entendam mal – falou ele , eu peguei minha filha e sai dali eu não conseguia olhar na cara desse kevin eu não conseguia simpatisar com ele, umas horas depois Edward saiu do escritorio com os amigos eles se despediram e foram embora,Edward veio até mim e pegou Renesme no colo.

– Edward eu não gostei do jeito daquele seu amigo, o tal kevin – falei de cara fechada.

– Ele não é meu amigo Bella, simplesmente fazemos parte do mesmo grupo de estudo – falou Edward

– Que seja eu não gosto dele, por favor não fica trazendo ele aqui

– Ele te fez alguma coisa? – perguntou ele se alterando

– Não , ele não fez, mais eu não gosto dele não sei não gosto dele e pronto

– Tudo bem , eu não vou mais trazer ele aqui – falou meu marido.

Pov Edward

Hoje eu e Bella faziamos um ano de casados Renesme estava com quatro meses, eu iria até um shopping comprar um presente para ela depois da faculdade, peguei a chave do meu carro quando eu ia entar escutei a voz do kevin me chamando.

– Edward? Edward? – falava ele ofegante

– O que foi? – perguntei

– Nada é que estamos combinando de ir até um bar, comemorar nossa nota no trabalho, pediram pra perguntar se você não quer ir

– Ah não ,me desulpem hoje é meu primeiro aniversário de casamento, e vou fazer uma supresa para minha esposa.

– É rapido Edward, sua esposa não vai nem sentir sua falta.

– Não sei, é que a Bella pode ficar chateada

– Edward você ainda é jovem tem que aproveitar, não deixa sua mulher te dominar – falou o kevin

– Minha mulher não me domina , eu simplesmente não quero ir por que eu não quero e isso vai aborrecer ela e quero evitar um desentendimento entre nós .

– Tudo bem , fica pra outro dia então – falou ele

– Quem sabe – falei

– Edward você trocou o som do seu carro? – perguntou ele colocando a cabeça na janela do carro.

– Não é o mesmo – falei , ele saiu de lá eu entrei no carro e fui para minha casa, estacionei o carro na garagem e fui até a sala onde Bella brincava com Renesme que tentava pegar algo na mão da mãe.

– Oi meus amores – falei ,Renesme olhou pra mim e soltou um risinho. Eu fui até ela e a peguei , dei um beijo na minha linda esposa.

– Pronta para comemorar nosso aniversário? – perguntei

– Sim, mais e a nossa filha?

– Não se preocupe dona Esme vai ficar com ela ,pra gente jantar, depois passamos lá e pegamos ela o que você acha?

– Se não for encomodar sua mãe – falou ela

– Claro que não vai meu amor, e ela que se ofereceu

– Então tudo bem, eu vou arrumar as coisas dela pra levar pra casa da Esme,você fica com ela?

– Fico sim, mais antes eu quero um beijo – falei a puxando para um beijo, depois que me separei dela ela foi para o quarto da nossa filha arumar as coisas que iriamos levar para casa da minha mãe, eu fiquei brincando com Renesme , alguns minutos depois ela voltou e disse que eu podia ir tomar banho , qu ela iria vestir a Renesme eu fui para o quarto e tomei meu banho, vesti uma roupa elegante afinal o restaurante que iria levar Bella era fino,eu já tinha deixado o presente dentro do carro bem escondido, eu desci e fui para sala, Bella desceu com nossa filha .

– Está lindo – falou ela sorrindo

– Obrigado meu amor – falei dado um selinho nela

– Agora segura sua filha e eu vou tomar banho, eu prometo não demorar – falou ela .

– Eu espero – respondi, eu fiquei na sala brincando com minha filha esperando Bella, já fazia uma hora que ela estava lá em cima , eu já estava cansado de esperar, então ela apareceu na escada linda com um lindo vestido vermelho, eu fui esperar ela descer,quando ela chegou onde eu estava.

– Você está linda meu amor – falei adimirado

– Obrigado – respondeu

– Podemos ir? – perguntei

– Claro, - nós fomos para o carro coloquei Rennesme na cadeirinha e entrei no carro onde ela me esperava, dirigi até a casa dos meus pais ,Alice abriu a porta toda saltitante.

– Ai bellinha vai comemorar o primeiro ano de casada nem acredito - falou minha irmã.

– É verdade Alice – respondeu ela

– Bom ,nós temos que ir ,amanhã você conversam melhor – falei

– Edward seu chato – falou a Alice

– Alice para com isso eles tem reserva com hora marcada no restaurante – falou minha mãe que estava com a Renesme no colo.

– Isso mesmo mãe , nós já vamos mais tarde passamos aqui para pegar a Rennesme.

– Por que não deixam ela dormir aqui? De manhã vocês levam ela – falou minha mãe

– Mais ela ainda mama , e pode acordar com fome no meio da noite – falou a Bella

– Tudo bem, quando minha neta cerscer mais um pouco ela dorme - falou minha mãe, depois de nos desperdir-mos de todos nós fomos ao restaurante, assim que chegamos eu anunciei meu nome para recepcionista e ela nos mostrou a nossa mesa , fizemos nosso pedido e ficamos esperando.

– Meu amor aqui é tão lindo , eu amei sua escolha – falou a Bella

– Que bom que gostou

– Obrigada Edward – falou ela me olhando

– Pelo que?

– Por me fazer tão feliz, por ter me dado a pessoa mais importante da minha vida que é minha filha e por me amar a cada dia.

– Eu é que tenho que agradecer Bella, eu nunca imaginei que uma mulher pudesse me fazer tão feliz como você me faz, eu quero passar todos os dias da minha vida com você

– Eu tambem – falou ela então selei nossos lábios

– Com licença , os senhores serão servidos em alguns instantes – falou a garçonete nos olhando

Pov Bella

Nosso jantar foi servido, tudo estava uma delicia, estavamos esperando a sobremesa .

– Bom deixa eu te dar o seu presente – falou Edward, ele tirou do bolso do paletó uma caixinha linda de veludo, eu peguei.

– Não precisava meu amor – falei

– Claro que precisava ,você merece – falou ele ,eu abri o fecho da caixinha e me deparei com um lindo colar de diamantes , eu fiquei abismada como o Edward comprou uma coisa tão cara.

– Meu amor, você não deveria ter comprado um colar desses deve ter sido muito caro.

– Você não gostou?

– É claro que amei, mais eu não queria te fazer gastar tanto – falei

– Se você gostou, pra mim mais nada importa – falou ele me dando um beijo

– O seu presente está em casa - falei

– Eu espero – falou ele sorrindo

Depois do jantar Edward pagou a conta e nós fomos embora,já era tarde e eu não queria encomodar os cullens ,mais o que eu podia fazer, tinha que pegar minha filha, ao chegar-mos na casa dos pais do Edward ele desceu do carro para pegar nossa filha e eu fiquei sentada no banco passageiro, ele tocou a campanhia e alguém abriu eu olhei e vi que era Alice ,Edward entrou uns minutos voltou com nossa filha nos braços coberta com uma manta,Alice que estava do lado dele abriu a porta do carro Edward colocou nossa filha dentro e colocou a bolsa do lado e cobriu o corpinho com a manta.

– Obrigado Alice por ter cuidado da minha filha – falei

– De nada Bella, ela é um anjinho ,não deu m pingo de trabalho, se precisarem de novo é só pedir

– Obrigada Alice – falou o Edward , e então deu tchau a ela , nós fomos para casa.assim que ele estacionou o carro na garagem desceu do carro para abri as portas e acender a luzes, eu desci e fui pegar nossa filha adormedida no banco de traz, eu abri a porta e peguei Renesme, percebi que tiha algo preso embaixo da cadeirinha dela , eu levantei com uma só mãe e vi que tinha um sutiã, meu sangue ferveu, o que um sutiã estava fazendo no carro do Edward? eu sai dali e fui colocar minha filha no quarto dela ,assim que o fiz desci e fui mais uma vez na garagem ,Edward ficou me olhando sem entender por que ele já tinha trazido a bolsa da Renesme, eu peguei o sutiã e fui até a sala onde ele estava e me esperava com um sorriso no rosto.

– Por que isso estava no seu carro Edward?


Continuaaaaa

Notas finais do capítulo
e ai mereço algum review?
Beeijos e até o proximo




(Cap. 45) Medo

Notas do capítulo
Bom pessoal ... esse provavelmente será o penultino capitulo da fic...
eu ainda não tenho certeza mais o proximo talvez seja o ultimo
espero que gostem
Beijos'

Pov Bella

Eu ainda esperava a resposta dele enquanto ele olhava a peça na minha mão com uma cara surpresa,eu me irritei mais ainda pela atitude dele e joguei na cara dele.

– Responde, me diz o que isso estava fazendo no seu carro? Você está me traindo! – falei sentindo uma pontada de dor com a única explicação que eu conseguia encontrar.

– Não seja absurda Bella, é claro que eu não estou te traindo e nem sei como isso foi parar no meu carro – falou ele jogando a sutiã longe dele, as lágrimas de decepção começaram a cair contra minha vontade pelo meu rosto e sai da sala e fui para o meu quarto, precisava clarear minha mente, assim que me sentei na cama ele entrou no quarto, Edward sentou ao meu lado eu virei o rosto , eu não conseguia entender como ele foi fazer isso comigo,justo no aniversário do nosso casamento.

– Bella pelo amor de Deus, como você pode achar que eu te trai?não confia em mim? –perguntou ele.

– Confiava sim, mais o que quer eu pense? Qual seria a outra explicação para isso? Ah já sei você emprestou seu carro a um amigo? – falei sarcasticamente.

– Eu não emprestei meu carro a ninguém e também não dei nenhuma carona, eu não sei como esse sutiã foi parar lá ,mais uma coisa eu sei Bella , eu não trai, nem nunca farei isso, como você acha que eu conseguiria me olhar no espelho e saber que eu fui a causa do seu sofrimento, meu amor, eu não teria passado por tudo que passei para ficar com você para depois te fazer sofrer dessa forma – falou ele, eu olhei para o rosto dele e vi sinceridade.

– Mais como isso foi parar ai? – perguntei

– Não sei,Bella eu não tenho a minima ideia, a única coisa que eu consigo pensar é que alguém colocou querendo me prejudicar – falou ele, eu acabei deixando para la issa historia de sutiã, mais eu ficaria de olho nas atitudes dele apartir de agora, eu amo o Edward mais não queria ser feita de idiota por ele, passaram uns dias e ele resolveu receber uns amigos aqui em casa, bom eu não gostei por que aquele kevin também veio, eu não suportava ele, o tratava bem por educação,mais não gostava da forma que ele me olhava era como se fosse me devorar, eu procurava ficar o mais longe possivel dele,Edward estava na sala com os amigos e eu fui preparar um lanche na cozinha, eu ouvi passos na sala de jantar e fui ver se era Edward, para minha supresa era o Kevin e ele falava ao telefone com alguém, e deveria ser segredo por que ele praticamente susurrava , eu ia sair e deixar ele a vontade , mais eu ouvi o nome do Edward o que me deixou intrigada, eu me aproximei um pouco de forma que não dava para ele me ver

– ... Claro, eu vou combinar tudo com o Edward... sei mais não é melhor não, da última vez a mulher dele quase descobriu... sei ele me disse... cara ela achou o sutiã da Mary .... claro diga a Vanessa que hoje vai ser encontro duplo – ele começou a rir e desligou o telefone, então voltou a onde estavam os outros, eu voltei para cozinha aos prantos Edward realmetne estava me traindo,mais por que ele estava fazendo isso comigo? A única explicação é que ele não me ama mais, aconteceu o que eu mais temia Edward se arrependeu de ter se casado comigo e agora que virou universitário estava curtindo sua vida, eu não conseguia entender e meu coração não conseguia aceitar,eu estava dilacerada por dentro , corri para o meu quarto , minha filha dormia tranquilamente no seu quarto, e então eu chorei ,a dor da traição a dor da perda , por que eu tinha perdido ele , nosso casamento estava no fim ,quando ainda nem tinha começado direito,não sei quanto tempo eu chorei, mais Edward entrou no quarto sorrindo, ele não viu que eu estava chorando.

– Amor, todo mundo já foi, e olha você não sabe, consegui aquele livro que eu estava precisando, vou buscar na casa de um colega meu a noite, tenho certeza que vai me ajudar muito – falou ele, eu permanecia calada, Edward estranhou o meu silêncio.

– Bella o que aconteceu? – perguntou ele

– Nada – falei com a voz embargada

– Está chorando? – perguntou ele

– O que você acha? Como quer que eu esteja? – perguntei ,ele me olhou confuso.

– O que eu fiz?

– O QUE VOCÊ FEZ? ESTÁ MENTINDO PRA MIM EDWARD! – gritei

– Ei, em que estou mentindo?

– Sobre pra onde vai- falei com a voz cheia de ódio

– O que? Por que está dizendo isso?

– Eu ouvi a conversa do Kevin no telefone com alguém, ele estava dizendo que vocês tinha um encontro hoje a noite, e falou daquele sutiã que eu encontrei no seu carro, ele disse que da ultima vez eu quase descobri – falei aso prantos.

– Bella pelo amor de Deus ,isso é um absurdo –falou ele

– Está me chamando de mentirosa? Mais eu ouvi Edward, eu só não estou te reconhecendo, nunca esperei isso de você,eu sempre achei que te conhecia, mais vejo que me enganei.

– Bella, eu não estou mentindo, não te trai, nem marquei encontro hoje, por que está inventando essas coisas? Se quizer pode ir comigo – falou ele

– Edward eu escutei, você e esse kevin, se quer tanto curtir a sua vida de adolescente se sinta livre por que nosso casamento acabou – falei chorando , eu vi choque no rosto dele e então ele me olhou.

– Eu não vou me separar de você – falou ele

– Por que , pra ame ver sofrer? – perguntei

– Não Bella, por que eu te amo, você e a Nessie , são minha vida e eu nunca faria nada pra te machucar, e não sei o que você ouviu mais eu te garanto Bella, é mentira.

– Como posso acredItiar nisso Edward,você está me dando provas que só confirmam as minhas suspeitas.

– Tem que confiar em mim Bella – falou ele

– EU NÃO CONSIGO – falei chorando , Edward pegou o telefone e discou o numero do Kevin,, ele colocou no viva voz, com dois toques ele atendeu.

– Oi Edward – falou ele entusiasmado.

– oi, olha eu não vou poder ir hoje – falou ele.

– O que? Mais Edward esse livro é muito bom,olha eu te garanto vai te ajudar muito, eu mesmo estudei com ele no semestre passado e tirei A em quase todas as provas – faloiu ele.

– Mais eu não vou poder ir.

– Então , vem aqui em casa pelo menos, agente toma uma cerveja – falou o Kevin, eu fingia não prestar atençao

– Não, eu não vou.

– Edward,não vai dizer que sua mulher não deixa?

– Não é nada disso – falou Edward

– Cara não pode deixar uma mulher te dominar desse jeito, cara tem que sair conhecer ,outras mulheres, você não sabe nem se fez a escolha errada se casando tão novo, ainda tem muito o que curtir na vida – falou ele,Edward ia responder mais ele o interrompeu. – Já sei, o que você vai dizer, que ama sua mulher e nunca a magoaria dessa forma , sinceramente as vezes acho que você é boiola – falou ele

– Depois conversamos – falou Edward deligando o telefone.

– Isso não prova nada – falei

– Pra mim prova Bella – falou ele

– Posso saber o que prova pra você?

– Prova que o Kevin está tentando acabar com meu casamento, ele fica tentando fazer minha cabeça para sair com ele, conhecer mulheres mais eu sempre me nego ,eu tenho certeza que foi ele quem colocou o sutiã no meu carro ,por que foi a única pessoa que se aproximou dele, e também é muito suspeito que ele venha para cozinha falar ao telefone , quando tudo que ele falou é mentira,ele tinha a intenção de fazer você acreditar nas coisas que ele falou e pelo jeito está conseguindo. – falou Edward .

– Você realmente acha isso? – perguntei , eu queria acreditar nele de verdade , mais o Kevin foi muito convincente ao telefone .

–É isso Bella, agora eu só preciso descobrir o por que ele está fazendo isso. – falou ele, eu não falei nada simplesmente sai de perto dele.

Hoje eu acordei oi Edward tinha saido, eu me levantei tomei um banho e resolvi dar uma volta, fiquei de encontrar com Alice no shopping, eu andava pelas lojas com a minha filha no carrinho.

– Bella – chamou Alice, eu olhei para tráz e ela vinha correndo

– Oi Alice, pensei que não vinha – falei

– Que isso, você abe que eu numca perco uma oportunidade de vir ao shopping,e ainda mais com você que é uma raridade sair daquela casa – falou ela me olhando

– Rá rá você é muito engraçada – falei sarcasticamente

– E então o que está acontecendo? – perguntou ela, eu contei a Alice tudo que vinha acontecendo na minha vida , as minhas suspeitas de traições do Edward.

– Bella vou dar minha opinião, eu não acredito que meu irmão esteja te traindo, Bella como você pode duvidar dele dessa forma?depois de tudo que ele passou para ficar com você, eu não gosto desse tal de Kevin, ele deve está tentando fazer o Edward te deixar e você só tá colaborando com ele, meu irmão pode ficar cansado das suas cenas de ciúmes, e da o que tanto esse tal de kevin está querendo, então deixa de ser burra e acredita no seu marido por que eu sei que ele não está te traindo –falou ela,Alice tinha razão, Edward nunca me deu um motivo concreto para duvidar dele, sempre foram coisas envolvendo esse amigo dele.

– Tem razão Alice,eu vou falar com ele agora mesmo,vou lá na faculdade, ele está tão chateado comigo que nem se quer me acordou de manhã, antes de sair, eu vou até la me deculpar – falei

– Se quizer eu fico com a minha sobrinha – falou ela brincando com a Renesmee que sorria no carrinho.

– Eu não quero encomodar,eu levo ela – falei

– Não é encomodo Bella, eu amo minha sobrinha e faz tempo que não fico com ela, não se preocupe estou indo pra casa agora mesmo – falou ela

– Então está bem, olha eu vou lá e depois passo lá pra buscar ela- falei então me despedi da minha filha e fui para o estacionamento eu dirigi devagar até a universidade,estacionei o carro e fui procurar Edward,a escola estava deserta o que era muito estranho, eu continuei andando eu não sabia onde Edward estava, mais se eu encontrase a secretária concerteza eles me informariam, mais eu andava tinha umas salas que estavam tendo aulas, peguntei a uma garota que estava sentada com um livro aberto se ela conhecia Edward Cullen ela me disse que não ,mais me mostrou a direção onde ficava os estudantes de medicina eu segui as orientações dela,

– Bella? Que surpresa – façou a única voz do mundo que eu não queria ouvir, eu me virei e ohei no rosto dele.

– Oi Kevin, você viu o Edward? – perguntei , ele se sproximou de mim, e eu não gostei dessa aproximação , eu olhei em volta para ver se tinhamais alguém por perto, mais só tinha eu e ele, eu senti medo .

– Edward? bom deve está na aula – falou ele

– Eu vou procurar – falei virando as costas e tentando sair de lá, mais as suas mãos seguraram o meu braço e me puxaram de encontro ao seu corpo.

– Fica um pouco – falou ele, eu tentei me soltar ,em vão pois o aperto dele era de ferro.

– Me solta, você está ficando louco – falei empurrando ele, mais ele era mais forte que eu .

– Fica quietinha, eu quero conversar com você – falou ele com o rosto a centimetros do meu.

– Me solta se não eu vou gritar,você é louco , o Edward não vai gostar de saber disso.

– Esqueçe o Edward Bella , ele não é homem pra você, eu sou homem pra você – falou ele tentando me beijar a força eu ia britar mais ele forçou sua boca contra minha , eu começei a me debater , tentando me soltar dele, ele segurava meu rosto com muita força, tenho certeza de que ficaria marcado, de repente ele foi puxado, eu senti um alivio enorme , estava me preparando para correr, outra hora eu agradeceria a pessoa que me salvou, mais ao abrir os olhos eu entrei em choque, Edward estava batendo no Kevin com toda as força, eu via ódio em seus olhos , numca vi Edward tão descontrolado,eu estava tão chocada que não conseguia me mecher, eu estava totalmente em choque, algumas pessoa apareceram e foram separar a briga, eu tremia de tão assustada, O Edward tentava se soltar para bater mais no kevin, ele levantou com ajudade algumas pessoas ,estava com o rosto ensanguentado,Edward olhou pra mim,eu chorava desesperada estava em pânico, ele pediu que soltassem ele , e então se aproximou de mim.

– Bella, meu amor, você está bem? – perguntou ele , eu balancei a cabeça afirmando,quando ele se aproximpou mais eu me agarrei a ele e comecei a chorar mais ainda ,Edward beijou minha cabeça e ficou passando as mãos pelo meu cabelo, eu não vi pra onde foi o Kevin,Edward me pegou no colo e me tirou dali, não vi para onde ele me levava ,por que meu rosto estava escondido no seu peito, senti que ele sentou e me colocou sentada no seu colo.

– Ela está bem Edward? – perguntou uma voz feminina

– Sim, só está assustada – falou ele,a pessoa deve ter ido embora pois não ouvi mais ele falando com ninguém, eu tirei meu rosto do seu peito e olhei no seu rosto, onde antes eu vi , raiva agora só enxergava preocupação, começei a passar a mão pelo seu rosto, procurando um machucado, mais aparentemente ele estava ileso.

– O que foi meu amor? Se acalme já passou – falou ele

– Você se machucou?- perguntei

– Não Bella ,eu estou bem, não se preocupe comigo,o que esse cara fez com você? – perguntou ele

– Nada Edward, ele só me agarrou a força, eu tive tanto medo –falei

– Ele nunca mais vai encostar em você, eu prometo – falou ele beijando meus lábios.

– Edward Cullen – falou uma voz autoritaria,Edward levantou a cabeça patra olhar quem estava procurando por ele.

– Por favor me acompanhe – falou uma mulher elegante

– Você está melhor? Pode ir andando? – perguntou ele , eu assenti, ele me colocou de pé e segurou minha mão, e então começou a seguir essa mulher.

– Por que sua namorada não espera aqui? – perguntou ela

– Por qu eu não pretendo deixar minha mulher sozinha , depois do que ela passou, reitora – falou ele

– Tudo bem – falou ela ,a tal reitora abriu porta , e deu espaço para o Edward entrar comigo, – Senhor Cullen, tem ideia do barraco que criou na universidade? você agrediu um colega de classe? Você é um ótimo aluno mais isso não dar o direito de agredir ninguém.

– Senhora, perdoe o meu comportamento dentro da sua instituição, mais eu encontrei o Kevin, agarrando a minha esposa a força não acho que teria como eu ter outra atitude.

– Tem certeza que foi a força? - perguntou ela sarcasticamente, Edward se levantou.

– Sim, eu conheço a minha mulher , e vi que ela estava tentando se soltar dele, a senhora está insinuando o que?

– Nada, só acho seu comportamento errado e bom o outro aluno, teve que ser atendido em um hospital ,acho que sua estadia aqui está no fim – falou ela,eu olhei para Edward, não era possivel, eu devia me afastar do Edward,por minha causa ele sempre perde tudo que tem ,todas as oportunidades.

– Senhora, eu não pretendo deixar de estudar aqui, apesar de não ser estudante de direito ,eu conheço algumas leis e sei que não podem me expulsar, se eu resolver levar o que aconteceu aqui para o tribunal a universidade vai ser muito prejudicada , como você acha que as pessoas vão reagir ao saber que uma pessoa foi atacada dentro das dependencias da escola, eu não acredito que essa seja uma boa imagem para deixar da escola - falou Edward.

– Muito bem senhor Cullen,nós não vamos expusa-lo mais pedimos descrição sobre o que aconteceu hoje, eu irei falar com o aluno pessoalmente assim que possivel.- falou ela

– Obrigado – falou Edward se levantando e me puxando junto, eu já estava mais calma com o que aconteceu, Edward pegou suas coisas e nós fomos embora, durante o caminho ele não tocou no assunto e nem eu, passamos na casa da mãe dele e pegamos a nossa filha, depois disso voltamos para casa, eu coloquei Renesme dentro do carrinho e fui tomar banho, eu estava em baixo do chuveiro de costas para porta quando me virei , tive um susto ao perceber que o Edward me olhava.

– Você me assustou – falei

– Eu queria te dizer que eu pedi nosso almoço, não precisa se preocupar com isso – falou ele saindo,assim que terminei meu banho fui até onde ele estava com a nossa filha , me sentei perto dele.

– Eu fui lá, pra te dizer que acreditava em você, fui pedir desculpas por ter sido tão idiota e ter deixado o ciúmes e a insegurança me dominar- falei olhando para as minhas mãos.

– Você não tem do que pedir desculpas Bella, eu te entendo,ele ficou plantando a duvida na sua cabeça e agora entendo por que, ele queria tirar você de mim.

– Edward, eu me sinto tão mal, se eu tivesse acreditado em você ,nada disso teria acontecido, eu não teria precisado ir até a universidade, você não teria quase sido expulso e eu não teria quase sido estrupada por aquele louco. – falei

– Não repita isso Bella,eu não sei o que eu faria se não tivesse aparecido lá, eu juro que minha vontade é de matar ele , só por ele ter colocado aquelas mãos sujas em cima de você,eu não gosto nem de pensar o que teria acontecido se eu não tivesse passado ali.

– Obrigado por er me salvado – falei me abraçado a ele

– Eu te amo Bella, e se eu sonhar que aquele estupido quer colocar as mãos dele em você eu juro que dessa vez ,ele não vai sobreviver pra contar a historia – falou o Edward.

Depois da tentativa de me pegar a força, o Kevin foi forçado pelo pai a sair do país ,isso me deixou muito aliviada pois eu ainda tinha medo que ele tentasse algo contra mim ou minha familia, minha vida com o Edward voltou a ser o que era antes, não tinhamos mais brigas idiotas por ciúmes eu o amava e confiava cegamente nele e ele sentia o mesmo em relação a mim, estava deitada abraçada a ele,Edward fazia contornos pela minha coluna com os dedos o que me deixava arrepiada,ele começou a rir.

– Do que esá rindo? – perguntei

– De você, é claro, toda arrepiadinha – falou rindo mais ainda

– Edward, e não tenho culpa – falei

– Eu sei , isso é totalmente espontaneo, eu adoro as reações que eu causo no seu corpo. – falou ele

– Seu convencido – falei, e ele soltou uma gargalhada no meu ouvido.

continuaaaaa

Notas finais do capítulo
e ai o que acharam?
não esqueçam de deixar os reviews
Beijos




(Cap. 46) Tempo

Notas do capítulo
Bom pessoal mais um capitulo da fic pra vcs espero que gostem... já está na reta final, eu acho que só tem mais um...
Beeijos

Pov Bella

Acordei com o chorinho da minha filha, eu ia me levantar mais o Edward não deixou

– Deixa meu amor, eu vou ver ela – falou ele no meu ouvido, olhei no relogio ainda eram 4:00 da manhã eu fiquei deitada esperando o Edward vir para cama, mais a nossa filha não se calava eu ia levantar pra ajudar ele, mais ele entrou no quarto com ela.

– O que houve? – perguntei me sentando

– Nada ela tava com a fralda suja , eu já troquei, mais eu acho que ela ta com fome.

– Me da aqui ela - pedi esticando as mãos,Edward colocou ela nos meu braços ,ela foi logo colocando a boca procurando o peito, fazendo Edward soltar um rizinho.

– Tá com fome meu amor? – perguntei acariciando o rosto dela que estava com os olhinhos fechados.

– Minha pequena, você não quer deixar o papai e a mamãe dormir ? – falou o Edward, foi o que bastou pra ela abrir os olhos e ficar procurando pelo Edward.

– Amor, Não fica conversando com ela , senão ela vai perder o sono – falei

– Claro que não, ela vai dormir logo – falou ele, Edward começou a conversar com a Nessie, chamando a atenção dela e fazendo ela sorrir, depois de mamar uns minutos ela tirou a boca do meu seio e ficou resmungando com o Edward, eu me deitei ao lado dela ,já eram 5:30 e nada da Nessie dormir,quando Edward fechava os olhos ela chorava e então ele abria, eu já tinha tentado de tudo mais ela simplesmente não dormia , estava com os olhos tão atentos que não parecia que ia dormir tão cedo.

– Viu, eu te falei que ela ia perder o sono, por que você não vai tentar dormir no quarto dela? – perguntei

– Não meu amor,não tem problema, eu durmo quando eu chegar da faculdade – falou ele,eu me levantei da cama Edward ficou me olhando, peguei Renesmee e fui em direção a porta.

– Onde você vai? – perguntou ele me olhando.

– Fica ai meu amor, vou preparar um café – respondi

– Deixa ela, que eu olho .

– Não precisa eu levo ela, você aproveita e dorme um pouco – falei saindo do quarto, cheguei na cozinha coloquei Nessie no carrinho e fui preparar algo, eu estava de costas para porta preparando uma panqueca quando senti dois braços fortes me agrarrando.

– Eu não consegui dormir com a cama vazia – falou ele beijando a minha nuca.

– Edward você vai pra faculdade daqui a pouco deveria ter dormido um pouco,você quase não dormiu nada ontem. – falei

– Por sua culpa – falou ele

– Minha culpa?

– É sim,você não me deixa dormir, fica me provocando. – Edward me virou de frente pra ele, e então me puxou para um beijo que foi interrompido pelo chorinho da nossa filha.nós nos separamos ,Edward foi até ela.

– Você ta com raiva do papai meu amor? - perguntou Edward olhando pra ela que ficou olhando pra ele com os olhinhos atentos.

– Edward por favor – falei

– Ué Bella, primeiro ela não quer deixar agente dormir e agora não quer deixar agente namorar – falou ele sorrindo

– Você parece que é louco Edward – falei ele começou a rir, Edward me agarrou mais uma vez me dando um selinho e mais uma vez a Nessie começou a choramingar de novo.

– Viu o que eu falei ? – falou ele me fazendo soltar uma gargalhada, eu me virei para o fogão pra terminar a panqueca,Edward ficou brincando com a Nessie .assim que terminei o café da manhã Edward foi tomar banho me deixando na cozinha com a Nessie.

– Nossa essa panqueca me deixou com fome – falou ele voltando do banho e sentando na mesa. Eu servi ele e depois me servi sentando ao seu lado.assim que terminamos de tomar café eu lavei a louça suja enquanto Edward secava e guardava,nós fomos pra sala.

– Você já vai pra faculdade? – perguntei vendo ele pegar suas anotações

– Ainda não, é que hoje vai ter uma prova e eu tô dando uma estudada .

– Então eu vou lá pra cima com a Nessie – falei me levantando e pegando a Nessie do carrinho.

– Não Bella ,fica ai – falou ele sem entender

– Eu não quero atrapalhar sua concentração, eu acho que já te prejudiquei muito. –Falei

– Bella você não atrapalha nada , nem nossa filha, eu só estava dando uma revisada mais eu vou guardar – falou ele colocando os papeis dentro da bolsa.

– Ta vendo,e só faço atrapalhar seus estudos ,você não devia ter se casado comigo, aposto que seu pai deve me odiar

– Não seja absurda, meu pai te adora, e você não atrapalha nada, eu já estudei muito ontem, eu só estava dando uma olhada.

– Eu vou trocar a fralda dela – falei me levantando, eu me sentia péssima por atrapalhar os estudos do Edward, eu sei que ele faz sacrificios pra dar atenção a mim e a nossa filha,muitas vezes deixa de estudar pra brincar com a Nessie, eu sei que tudo isso prejudica ele, eu entrei no meu quarto e me sentei na cama, não iria voltar pra sala , coloquei a nessie do meu lado e fiquei lá brincando com ela, uns minutos depois a porta se abriu e ele entrou me olhando.

– Por que você não desceu mais? – perguntou ele

– Eu me distrai com a Nessie – menti, Edward percebeu pois sentou do meu lado

– Bella não faz isso – falou ele eu me fingi de desentendida

– Eu não estou fazendo nada Edward do que está falando?

– Disso de me deixar só la na sala , eu já falei mil vezes você nem a Nessie atrapalham meus estudos,tudo que eu mais quero e ficar perto das duas , por favor não fica querendo se afastar de mim – pediu ele

– Eu não estou fazendo isso, eu só acho que você merece mais tempo pra se dedicar aos estudos.

– Eu tenho tempo suficiente pra isso – ele falou e olhou no relógio.

– Você já vai?

– Sim , vem aqui – falou ele dando a mão pra mim, eu segurei e ele me puxou me beijando com urgencia. – Eu te amo Bella – falou ele depois que nos separamos .

– Eu também te amo – respondi dando um selinho.

– Você e a Nessie não atrapalham em nada minha vida , pelo contrario minha vida não teria graça sem vocês – falou ele selando nossos labios mais uma vez. Já fazia uma hora que o Edward tinha ido pra faculdade , eu resolvi ir visitar minha mãe, eu queria ver meus amigos mais todos estava na faculdade também, eu estacionei o carro na frente da casa da minha mãe e desci, não bati na porta antes de entrar afinal aquela também foi minha casa a vida inteira.

– Mãe? – chamei

– Filha, que surpresa – falou ela vindo da cozinha , ela pegou minha filha do meu colo.

– Mãe,a senhora está ocupada? – perguntei

– Sim minha filha estava preparando um bolo ,vamos la pra cozinha – me chamou ela ,eu a segui – Nossa Bella pensei que tinha esquecido de mim, nunca mais tinha vindo aqui – falou ela

– Mãe eu vim aqui antes de ontem – falei

– Mais pra mim é muito tempo,eu fico com saudades da minha netinha e o Charlie então, só fala nela .

– Tudo bem vou tentar vim mais vezes aqui – falei

– E como anda o casamento?

– Bem - respondi

– Bem? Nossa não está tão animada – falou ela

– Não é nada Mãe,Edward continua um marido perfeito, o problema é que eu continuo achando que eu atrapalho ele.

– Bella que absurdo, você tem que deixar de ser tão insegura com relação ao seu marido.

– Eu sei mãe,mais é que eu não consigo , o Carlisle quer que Edward se forme sem distrações e nada que atrapalhe ele, e eu me sinto culpada por está tirando isso dele.

– Bella você tem que entender que você não fez essa menina sozinha, você não é obrigada a arcar com as responsabilidades sobre a Nessie sozinha se os dois são pais,minha filha entenda isso, nossos atos tem consequencias e no caso de vocês , que escolheram ser pais ainda na adolescencia tem que arcar com as consequencias juntos, você não é mais responsável pela nessie do que ele, então pare de agir como se você fosse a única que tem que cuidar dela minha filha, vocês são um casal.

– Eu sei mãe, mais eu não queria tirar nada do Edward

– E você Bella ?não pensa em você? Tudo que teve que abrir mão, pra tomar conta da sua filha e da casa? ele não é o único que está perdendo as coisas – falou ela

– Você tem razão Mãe, eu não vou mais ficar pensando nisso

– Que bom, eu espero mesmo – falou ela sorrindo, depois de passar boa parte da manhã com a minha mãe eu resolvi ir embora , ao chegar em frente da minha casa vi que Alice estava parada na frente do carro, eu parei o meu carro e fui até ela.

– Alice , faz tempo que está aqui? – perguntei dando um abraço nela.

– Ah não Bella, eu acabei de chegar, já estava indo embora – falou ela

– Eu vou abrir a garagem – falei entrando no carro, depois que eu estacionei ela entrou atrás de mim.

– Então a que devo a honra da sua visita ? – perguntei com a minha filha nos braços

– Eu só estava com saudade da minha cunhada e da minha sobrinha – falou ela

– Então vamos lá pra sala – falei,Alice pegou Nessie no colo e sentou no sofá.

– Bella eu preciso te perguntar uma coisa – falou Alice sem me olhar

– Pode perguntar Alice

– É que amanhã é o aniversário do Jazz e eu queria fazer uma surpresa pra ele.

– Uma festa?

– Não uma coisa mais intima , só nós dois,na verdade eu queria ir para um lugar onde agente passasse a noite sozinhos – falou ela

– E qual é o problema Alice?

– Bella eu não sou casada como você , meu pai não deixou – falou ela

– Carlisle? Mais eu pensei que ele soubesse que você e o Jazz já tinham relações.

– Ele sabe,mais disse que eu podia simplesmente sair com o Jazz pra jantar e depois voltar pra casa.

– Você nunca dormiu fora de casa?

– Já, mais era quando eu ia dormir na sua casa,com o Jazz não.

– Você precisa conversar com ele Alice, explicar como é importante pra você.

– Mais eu já fiz isso, mais o Emmet fica falando na cabeça dele e por isso ele não deixou.

– E o que eu posso fazer por você?

– Você poderia falar com o Edward pra ele convencer meu pai, eu sei que o Edward consegue.

– Mais eu não sei se consigo convencer seu irmão.

– Claro que consegue,você é mulher dele tem armas especiais pra convencer ele das coisas.

– Eu não sei não.

– Bella acredite em mim você tem o poder de convencer o Edward do que você quizer, só é pedir com jeitinho.

– Eu prometo que vou tentar – falei

– Obrigado amiga – falou ela me abraçando

– De nada – falei

– Então Bella você precisa ver a camisola que eu comprei o Jazz vai ficar louco – falou ela sorrindo

– Alice você não tem jeito

– Bella deixa de ser careta,olha você não pode deixar as coisas esfriar no relacionamento senão é capaz do Edward procurar outra ,faz que nem eu procura sempre inovar.

– Alice , eu não quero falar da minha vida sexual com o Edward

– Tudo bem,mais você vai falar com ele por mim não vai?

– Vou sim, eu não acho que vá adiantar muita coisa por que você sabe ele é muito ciumento com você.

– Eu sei, mais ele tem que parar com isso,ou ele achava que eu ia morrer virgem? – perguntou ela rindo

– Quem sabe – falei

– Bom então eu já vou Bella, daqui a pouco o meu irmão chega pra almoçar e não quero que ele me veja aqui – falou ela se levantando me entregando renesmee e depois indo embora,eu fui fazer o almoço assim que terminei fui dar um banho na Nessie dei mama pra ela e a coloquei pra dormir, quando eu desci Edward estava entrando dentro de casa.

– Oi meu amor, como foi a aula? – perguntei indo em sua direção.

– Legal – falou ele selando nossos labios.

– já vai almoçar? – perguntei

– Vou sim, só sou tomar um banho antes, você me espera?

– Claro – respondi

– Onde está minha filha?

– Dormindo – respondi e ele subiu em para o nosso quarto,Alice me colocava em cada uma, como eu ia convencer o Edward a pedir ao pai dele a deixar Alice dormir fora de casa com o namorado, isso era simplesmente impossivel, já que o Edward era contra Alice manter relações intimas com o Jazz, eu fui para cozinha e coloquei a mesa quando estava quase terminamos eu senti os braços do meu me agarrando pela cintura.

– Que cheiro gostoso – falou ele

– Eu fiz o seu prato preferido – respondi

– Estou falando de você – disse ele dando um beijo no meu pescoço me deixando arrepiada e então me soltou para sentar, nosso almoço foi tranquilo , ficamos conversando besteiras , depois de terminar o almoço Edward se ofereceu a me ajudar a tirar a mesa mais eu neguei disse que ele foi tentar dormir um pouco, depois de muita insistencia ele foi, assim que terminei de tirar a mesa eu fui atrás dele, era agora eu ia tentar convencer ele, eu entrei no quarto ele estava deitado na cama de olhos fechados eu me aproximei e sentei ,Edward abriou os olhos no mesmo instantes.

– Não se preocupe vou ficar quietinha aqui – falei me deitando ao seu lado,mais ele se virou para o meu lado e me abraçou fazendo agente ficar em conchinha.

– Amor? – chamei

– Oi – respondeu ele.

– Sabe , amanhã é aniversário do Jazz- falei

– È eu sei – falou ele sem entender

– Sabe Alice planejou uma surpresa pra ele e ..

– Uma festa?

– Não – falei me virando pra le eu começei a passar a mão pelo seu abdomem , aproveitando que ele estava sem camisa.

– Uma coisa só para dois, ela alugou um lugar , pra eles comemorarem – senti Edward enrijecer.

– Que tipo de comemoração?

– Ela quer passar uma noite com ele em um chalé que ela alugou, pra eles comemorarem sozinhos e seu pai não permitiu, ele não quer que Alice passe a noite fora com o Jazz.

– Ele tem toda razão

– Edward, por favor

– Por favor o que? por que está me contando isso?

– Por que eu sei o quanto você é justo e compreensivo, e pensei que você poderia falar com seu pai,pra ele parar com esse preconceito bobo e deixar Alice sair com o Jazz – falei

– De jeito nenhum Bella, eu também não concordo,Alice é muito nova pra dormir fora de casa com um namorado, é claro que eu não vou falar com meu pai.

– Edward nós duas temos a mesma idade, e você não pensou nisso quando tirou minha virgindade e me engravidou – falei me sentando

– Eu sei meu amor, mais entenda ela é minha irmã e eu não consigo ser tão compreesivo com isso – falou ele

– Mais Alice e o Jazz já tem relações a muito tempo, qual a diferença?

– A diferença é que se ela dormir fora um dia, vai querer fazer isso sempre.

– Edward por favor – falei ficando por cima dele e dando beijos pelo seu pescoço.

– De jeito nenhum , eu não vou convencer meu pai de uma coisa que eu também sou contra – falou ele

– Meu amor deixa de ser assim com a sua irmã, me diz você não gosta de passar a noite comigo? – perguntei dando mordidas na orelha dele e ganhando um gemido como resposta e um aperto na minha coxa.

– É diferente –falou ele

– Por que? – perguntei

– Bella você é minha mulher e a Alice e o Jazz são apenas namorados, eles tem que ir mais devagar – falou ele

– Edward tudo isso é ciúmes besta com a sua irmã – falei saindo de cima dele , ele me olhou surpreso.

– Claro que é ciúmes Alice é minha irma, ela só tem 17 anos Bella, isso é errado, se eu não tivesse convencido meu pai a permitir que eles namorassem agora nós não estariamos discutindo por isso.

– Para de ser tão idiota – falei , ele se deitou por cima de mim

– Bella por que você fica me pedindo essas coisas tão dificeis – falou ele

– Não é dificil, você que não entende – respondi, ele me beijou com urgência,Edward começou a colocar as mãos por dentro da minha blusa, quando ele ia chegando ao seu objetivo eui o empurrei , fazendo ele cai do outro lado da cama,Edward me olhou em choque.

– Só se você me ajudar – falei, ele me olhou como se não acreditasse no que eu tinha falado

– Você ta dizendo que só vai fazer amor comigo se eu convencer meu pai a deixar Alice dormir fora de casa com o Jasper? – perguntou

– Isso mesmo – falei me levantando

– Bella isso é um absurdo,então se eu não pedi, não vai fazer sexo comigo nunca mais?

Não sei descubra você mesmo – falei

Edward passou a tarde inteira tentando me seduzir, mais eu é claro sempre o deixando sozinho, já eram 7:30 da noite eu estava sentada na sala vendo televisão com a Nessie no meu colo, o Edward apareceu na sala eu olhei pra ele.

– Vamos la na casa dos meus pais – falou ele me olhando

– Você vai falar com o Carlisle? – perguntei

– Vou sim sua manipuladorazinha – falou ele com a cara divertida, eu coloquei minha filha no carrinho e corri para o abraçar .

– Obrigado meu amor – falei dando um monte de selinhos nele.

– Mais eu vou cobrar o que está me negando e com juros – falou ele , eu fui trocar de roupa , arrumei as coisas da Nessie e então fomos, Esme nos recebeu deu um abraço no Edward um em mim e pegou a neta dos meus braços.

– Que surpresa a visita de vocês, o Edward parece até que não tem pai nem mãe , nunca vem aqui – falou ela

– Mãe, eu não venho por falta de tempo, tenho me dedicado muito a faculdade – falou Edward

– Onde está Alice ? – perguntei

– No quarto se arrumando, ela vai pra casa do Jazz – falou minha sogra

– E meu pai? – perguntou Edward

– Na sala – falou Esme, nós seguimos pra lá, meu sogro estava lendo um livro ,quando entramos ele parou de ler e nos olhou.

– Bella, Edward que surpresa – falou ele se levantando e vindo nos cumprimentar.

– Resolvemos fazer uma visita – falei, ele sorriu pra mim e foi da um beijo na neta

– Nossa como ela cresceu- falou ele

– É mesmo Bella a Nessie está linda e grande – falou a Esme, nós nos sentamos Edward logo começou a falar com o pai sobre medicina, isso já estava me irritando Edward não entrava de jeito nenhum no assunto da Alice, pra minha surpresa Alice apareceu na sala pronta pra sair.

– Edward não sabia que estava aqui – falou ela indo cumprimentar o Edward

– É você também está trancada no quarto desde que eu cheguei – falou ele sorrindo,Alice olhou pra mim e sorriu .

– Eu estava me arrumando pra sair – falou ela

– E Não chegue tarde Alice – falou Carlisle.

– Agora isso também? Por que não me tranca em casa logo de uma vez – falou ela

– Por favor minha filha, deixa de drama – falou ele

– O que está acontecendo? – perguntou Edward

– Sua irmã que colocou na cabeça que quer passar a noite amanhã fora de casa pra comemorar o aniversário do Jasper,ela não entende Edward que ainda é nova pra esse tipo de coisa eu não quero minha filha dormindo por ai – falou ele

– Pai eu já falei é só um dia – falou ela

– Entenda Alice eu fico preocupado

– Pai, Alice já é responsável talvez seja a hora de dar a ela um voto de confiança – falou Edward olhando pra baixo, até um cego notaria a má vontade dele em defender a causa

– Você estádo lado dela? – perguntou Carlisle

– Bom,nós estamos falando do Jazz ele é um cara decente e responsável , eu acho que Alice estaria em boas mãos com ele, e também não é uma coisa que vai se repetir sempre, é uma ocasião especial. – completou ele

– O que você acha Esme? –perguntou ele

– Bom eu concordo com o Edward – falou ela, Alice começou a sorrir, Carlisle soltou um suspiro e então olhou pra Alice.

– Agradeça ao seu irmão Alice, eu vou te dar esse voto de confiança – falou ele

– Mesmo pai,obrigado,obrigado obrigado – falou ela pulando, dando beijos no pai dela, depois ela correu para o Edward que a segurou no colo.

– Alice nada de chegar tarde hoje – falou mais uma vez o Carlisle

– Pode deixar pai – falou ela e saiu correndo.

– Sei não Edward espero que não me arrependa de ter tomado essa decisão.

– Pai ,você não vai, Alice é responsável – falou o Edward, depois de um tempo conversando nós nos despedimos e fomos embora, a Nessie chegou em casa dormindo eu fui até seu quarto e a coloquei no berço, então fui em direção ao meu quarto, eu entrei e estranhei ele está vazio, eu tinha certeza que o Edward estaria aqui.

– Nem pense em fugir de mim – falu ele me agarrando

– Quem disse que eu quero fugir?

– É bom mesmo,por que você vai me pagar por ter me feito convencer meu pai a deixar minha irmãzinha passar a noite com um cara – falou ele, eu não aguentei e soltei uma gargalhada.

– Até um idiota percebeu a sua boa vontade em defender sua irmã – falei

– A Minha vontade não conta o importante é o resultado e eu dei o que você queria ,agora é a sua vez de me dar o que eu quero.

– E o que você quer? – perguntei

– Você

– Sou sua – respondi,Edward me virou de frente e atacou minha boca, ele me pegou no colo e me jogou em cima da cama.

***

Acordei com pulos em cima da cama, eu abri os olhos e dei de cara com a pessoainha mais eletrica que eu conhecia, minha filha agora com quarto anos estava pulando ainda de pigama em cima da minha cama, o Edward também acordou com as risadinhas dela.

– Nessie ,você vai se machucar – falei segurando ela e a puxando fazendo com que caisse em cima da cama,ela soltou uma gargalhada ,fazendo Edward rir.

– Como você entrou aqui? – perguntou o Edward dando um beijo nela que tinha se deitado no meio da cama.

– Eu que abli papai – falou ela

– É abri ,meu amor – falei

– Você abriu? – perguntou ele

– Sim, eu peguei um banquinho e subi – falou ela

– Meu amor ,não faça isso você pode cair, só é chamar a mamãe ou o papai que agente abri pra você entrar – falei

– Mamãe, deixa eu ir pra casa do tio Emmet ? eu quelo blincar com a Any.

– Depois a mamãe te leva lá , agora vamos levantar pra tomar um banho – falei e levantando e pegando ela no colo, eu fui até seu quarto, escolhi uma roupa e a levei para o banheiro , depois de dar banho nela fui preparar o café da manhã, Nessie brincava na cozinha com as colheres , Edward entrou e veio me dar um beijo.

– Tem gente ai te chamando – falou ele.

– Quem? – perguntei, ele deu um sorriso, eu fui até a sala, eu tive uma surpresa ao ver meu amigo Jacob, a muito tempo que nós não nos viamos , Jake tinha viajado para fora do pais para estudar.

– Jake – falei o abraçando

– Oi Bella, nossa você continua linda – falou ele

– Seu bobo , só fazem dois anos que agente não se ver

– E cadê a Nessie? – perguntou ele

– Está na cozinha com o Edward – falei, eu vou chamar ela – eu ia em direção a cozinha mais o Edward entrou na sala segurando a mão da minha filha.

– Nossa Como você cresceu – falou Jacob ficando da altura dela , minha filha olhava pra ele, séria .

– Quem é você? – perguntou ela ,Renesme ficava mais parecida ainda com o Edward quando fazia cara de brava

– Sou amigo da sua mamãe – falou ele, a minha filha sorriu para o Jacob – Nossa Bella, eu até achei que quando a Nessie ficasse maior iria parecer mais com você, mais ela é a copia do pai – falou ele

– Meu pai é muito lindo, e eu também, não é mamãe? – falou minha filha fazendo todos rirem

– É sim meu amor – falei

– Eu concordo com a parte de você ser linda – falou ele – Bella eu vim aqui também pra te convidar para o meu casamento.

– Sério Jacob? Vai se casar ? – perguntei surpresa

– Sim , com a Emily, lembra dela? – perguntou ele

– Claro que eu lembro

– Então vai ser no final de semana, nós decidimos de ultima hora, ,você e o Edward e claro essa princesa estão convidados, eu já liguei para o Emmet .

– Vai se um prazer, nós vamos concerteza – falei, jacob me entregou o convite

– Bom eu tenho que ir,vou ver meu pai eu não o vi ainda – falou ele

– Foi bom te ver – falei dando um abraço nele, Jacob se despediu do Edward com um aperto de mão e depois se despediu da minha filha

– Até que em fim ele vai se casar – falou Edward

– Edward – o repreendi

– O que? assim ele para de dar em cima da mulher dos outros .

– Eu nem acredito que estou ouvindo isso – falei

– Meu amor estou indo para o hospital – falou ele me dando um beijo e depois dando um beijo na Nessie,o Edward estava fazendo estágio na clinica com o pai dele a mais ou menos um ano e meio, ele estava super animado principalmente por está quase se formando, depois de dar café da manhã a Nessie eu resolvi a levar pra brincar um pouco com a Any,ela estava na casa da Esme já que a Rose tinha ido trabalhar,a Rose e o Emmet tinham aberto uma empresa ,ele construia e ela decorava, já tinha ganhado bastante dinheiro com esse negócio, estacionei o carro em frente a casa dos meus sogros , eu desci do carro e abri a porta para Nessie que saiu correndo em direção a porta,ela ficou pulando tentando alcançar a maçaneta da porta, eu fui até ela e abri a porta, minha filha entrou correndo chamando pela avó.

– Vovó Esme – chamou ela, Esme apareceu na sala sorrindo

– Minha lindinha , você veio visitar a Vovó? – perguntou Esme pegando ela no colo, mais a Nessie tratou logo de descer.

– Cadê a minha pliminha? – perguntou ela euforica.

– Ela está la no quarto da sua tia Alice – falou Esme

– Mamãe , eu posso ir lá? – me perguntou ela

– Pode sim ,mais sobe a escada devagar – falei mais foi mesmo que não ter dito nada ela subiu as pressas.

– Como você está Bella ? – perguntou Esme

– Bem – respondi

– E Você e meu filho? – perguntou ela eu soltei um suspiro

– Muito bem - respondi ela ficou sorrindo – e por aqui como estão as coisas?

– Uma loucura, Alice está nos deixando loucos com esse casamento dela

– Alice já é louca por vida e ainda mais casando – falei

– Ei estão falando de mim? Eu não sou louca, sou uma noiva nervosa com meu casamento isso é totalmente normal – falou ela , descendo as escadas segurando a Nessie com uma mão e Any com outra, a filha do Emmet e da Rosalie era uma mistura dos dois ,era loira como a mãe e tinha o sorriso do pai.

– Tia Bella – falou a pequenininha correndo até mim

– Oi meu amor, cadê sua mamãe? – perguntei pra ela

– Foi tabaiá – falou ela coçando os olhinhos

– Oi Alice – falei

– Oi Bella, Você não esqueceu da prova do vestido das meninas , no final de semana né? – perguntou ela

– Claro que não Alice , nem se preocupe – falei

–É bom mesmo – falou ela

– Alice, tem uma coisa que vai acontecer antes do seu casamento e merece uma comemoração – falou Esme

– O que? posso saber o que é tão importante quanto o meu casamento?

– A Formatura do Edward, ele vai se formar no fim do mês e nós temos que preparar uma festa – falou a Esme

– Não precisa Esme, nós podemos fazer um jantar pra comemorar – falei

– Bella por favor não me peça isso, Edward é meu filho e eu morreria se não fizesse nada na formatura dele na faculdade.

– Você quem sabe Esme! – falei sorrindo – Nessie vamos ? – falei chamando ela

– Não mamãe eu nem blinquei – falou ela cruzando os braçinhos

– Meu amor outra hora eu te trago pra brincar, eu também vou na casa da vovó Renné – falei

–Eu quero blincar – falou ela com a voz manhosa

– Minha filha por favor! – falei serio

– Bella deixa ela aqui um pouquinho, o Edward vai sair cedo do hospital quando ele for almoçar ele passa aqui e leva ela – falou a avó coruja

– Plu favor mamãe – pediu ela

– Tudo bem, mais você vai com seu pai hein! – falei eu dei um beijo nela e fui embora, depois de passar na casa da minh amãe eu fui pra casa preparar o almoço já que Edward ia almoçar em casa, depois de tudo pronto eu tomei um banho e fiquei esperando os dois chegarem, a porta da sala se abriu e o Edward entrou dentro de casa com a Nessie que passou feito um furacão e foi pular em cima do sofá, eu a puxei para o chão.

– Brincou muito com a sua prima? – perguntei

– Blinquei ,mais ela é chata mamãe, ela disse que a tia rose complou uma boneca da barbie e eu não tinha, você compla pla mim? – perguntou minha filha , eu ia responder mais meus labios ficaram ocupados , Edward me deu um beijo, depois de nos separar-mos foi ele quem respondeu a Nessie.

– Filha você não pode querer uma coisa só por que sua prima tem e você não, isso é muito feio, se você quer uma coisa peça por que você quer e não por que alguém tem e você não – falou ele

– Mais eu quelo – falou ela começando a chorar,Edward tinha uma paciência interminavel com a Nessie ,confesso que nem eu mesma tinha .

– Para de birra Nessie – falei cortando toda sua malcriação

– Papai – falou ela fazendo manhã com o Edward , que sempre fucionava. Eu a peguei no colo.

– Vamos tomar banho pra almoçar – falei a levando pra cima ,Edward subiu com agente mais entrou no nosso quarto.

Eu tinha acabado de colocar a Nessie pra dormir ,então fui para o meu quarto,Edward estava deitado na nossa cama vendo televisão, ele me olhou quando eu entrei , eu fui até ele me deitei abraçada a ele.

– Meu amor, nós vamos fazer cinco anos de casados, eu estava pensando em fazer uma segunda lua-de-mel pra comemorar o que você acha? – perguntou ele acariciando , minhas costas

– E a Nessie? – perguntei

– Ela esta grandinha nós podemos deixar ela com a minha mãe, ela ia adorar.

– Claro que não Edward, eu não ia ter coragem de viagar e deixar ela .

– Bella agente nunca fica sozinho meu amor, a nossa ultima viagem, foi só de dois dias e agente voltou no mesmo dia por que você estava paranoica.

– Edward é que eu fico preocupada, ela ainda é muito pequena – falei

– Mais pelo menos um fim de semana Bella – pediu ele

– Vou pensar – falei

– Meu amor, veja como se fosse um presente de formatura pra mim, só nós dois juntinhos o final de semana inteiro – falou ele

– Meu amor não faz assim, que eu não consigo te dizer não – falei levantando o tronco e dando um beijo nele.

Continuaa...

Notas finais do capítulo
e ai o que acharam?
Esperando Reviews
Beijos e até logo....
Obs : nova fic vindo por ai fiquem ligados
Beeijos




(Cap. 47) Fim

Notas do capítulo
Bom pessoal a fic chegou ao fim eu gostaria de agradescer a todo mundo que acompanhou... muito obrigada de verdade eu gostaria de poder agradescer a cada um, espero que vocês gostem do fim dessa historia
Beeijos'

Pov Bella

Hoje era a formatura do Edward, eu nunca vi ele tão nervoso, eu estava terminando de arrumar a Rensesme, e ele nos esperava na sala.

– já mamãe? – perguntou minha filha impaciente

– Calma Rennesme – falei terminando de arrumar o cabelo dela – pronto terminei,agora vamos, antes que seu pai fure o chão da sala. – eu mal terminei de falar e ela saiu correndo,eu desci atrás dela e vi meu marido sentado com a nossa filha no colo.

– Vamos? – chamei

– Vamos , minha mãe acabou de ligar ,eles já sairam de lá – falou ele

– Meu amor, eu estou muito orgulhosa de você – falei ele me deu um lindo sorriso.

– Eu não teria conseguido se não fosse você.

– É claro que teria, você nasceu pra isso – falei dando um beijo nele

Nós fomos um dos primeiros a chegar na universidade,Esme e Carlisle já tinha chegado, assim que nos viram vieram nos cumprimentar.

– Meu filho, você está lindo – falou a Esme abraçando o Edward

– Obrigado mãe.

– Bom, eu tenho que ir me juntar aos meus colegas, daqui a pouco eu vejo vocês – falou ele dando um beijo na mãe dele um abraço no pai, depois me deu um beijo na testa, Rennesme pulou no colo dele.

– Eu quelo ir – falou ela agarrada a ele

– Meu amor, o papai não pode te levar mais eu vou está ali bem pertinho e prometo não demorar –falou ele dando um beijo na cabeça dela

– Mais me leva – falou ela , eu peguei ela do colo do Edward e a coloquei no chão, Nessie começou a chorar o Edward me olhou torto,mais eu não me importei ,ele deu mais um beijo nela e foi se sentar com os outros formandos.

– Eu quelia ir.. papai –começou a chamar ele, eu me abaixei a sua altura

– Rennesme seu pai não pode ficar com você ali, então por que você não para de chorar, isso é muito feio – falei, ela fez um biquinho mais se calou, nós fomos nos sentar no lugar onde estava reservado para a familia, Alice e o Jazz chegaram iguais com o Emmet e a Rose.

– Meu irmão já se formou? – perguntou o Emmet

– Ainda não Emmet – respondi

– Viu, e você me apressando – falou a Rosalie com a pequena Any no colo

– Bella eu só lamento que o Edward não quis festa ,por que eu e a mamãe tinhamos planejado um festão onde todo mundo da cidade ia está presente.

– Alice você devia se dar por satisfeita que eu consegui convencer ele sobre a reunião em familia – falei sorrindo

– O Edward é um saco, por que quando eu me formar vai ser um acontecimento, vou fazer uma festança – falou Alice, pra falar a verdade eu tinha até pena do Jazz, ele gostava de festa tanto quanto eu, depois do casamento ele vai ser obrigado a conviver com essa mania dela,meus pais foram os ultimos a chegar, a cerimônia de formatura começou o orador fez seu discurso , depois de homenagear os professores começaram a chamar cada Aluno para receber seu diploma,quando foi a vez do Edward todos nós levantamos e o aplaudimos, ele nos deu um indo sorriso, uma senhor entregou o diploma e então Edward foi agradescer.

– Bom eu gostaria de agradecer as pessoas mais importantes da minha vida por ter me dado força pra chegar até aqui, se não fosse por eles eu não sei se estaria aqui eu queria agradecer a minha familia , meu pai minha mãe minha filhinha e minha esposa Bella, obrigado, Eu te amo Bella – falou ele saindo de lá,eu fui esperar ele descer do palco, e dei um abraço nele, Edward me beijou na frente de todos, que aplaudiram.

– Eu te amo – falei

Depois da festa que teve na universidade nós fomos pra casa dos pais do Edward onde teria uma pequena comemoração, todos da familia estavam presentes.

– Parabéns Edward – falou meu pai apertando a mão dele

– Obrigado – respondeu meu marido

– Admito que você me surpreendeu, eu não esperava tanto de você,estudou durante todo esse tempo e agora está formado, e vai trabalhar, apesar de ter tirado a chance da minha filha também ter uma carreira eu fico feliz que você tenha como cuidar dela e da minha netinha.

– Pai – falei , Edward me deu um sorriso

– Charlie eu não tirei a chance da sua filha fazer faculdade, eu insisti várias vezes pra ela fazer, mais ela preferiu não fazer – falou ele, meu pai me olhou, e então balançou a cabeça

– Que seja, o que importa é que minha filha é feliz ao seu lado e não falta nada a ela – falou meu pai saindo e nos deixando sozinhos

– O que você acha da gente fugir ,sai daqui de fininho sem ninguém ver? – perguntou ele falando no meu ouvido

– Edward e a Rennesme? – perguntei

– Ela pode dormir aqui

– Meu amor nós vamos viagar amanhã

– Bella por favor ? – pediu ele

– Tudo bem, mais antes eu vou falar com ela e com a Esme

– Eu vou com você – falou Edward ,nós fomos até a Nessie que brincava com a Any e com o Emmet

– Minha filha,vem aqui – falei a chamando

– Mamãe eu tô blincando com o tio Emm

– Rennesme – falou Edward, ela bufou ,ela parecia muito com Alice quando fazia isso, e então veio até nós

– Meu amor o papai e a mamãe já vão pra casa – falei

– Ah não! eu quelo blincar mais – falou ela cruzando os braçinhos

– Eu vou deixar você dormir aqui na sua vó , o que você acha?- perguntei

– Mesmo? Oba oba – falou ela pulando ela correu até o Emmet e começou a gritar pulando – Tio deixa a minha pliminha dumi aqui – falou ela

– Você vai dormir aqui princesa? – perguntou ele

– Sim, minha mãe e meu pai deixou – o Emmet nos olhou com uma cara maliciosa

– Hum querendo se livrar da filha é? Vão aprontar o que em casa?

– Emmet por favor – falou Edward

– Tio você deixa?

– Princesa eu não posso deixar sua priminha dormir aqui, ela ainda é pequenininha e você já é uma moça enorme

– Mais eu quelo – falou ela fazendo birra

– Rennesme , seu tio não vai deixar a Any,vocês ficam brincando quando ela for embora você vai dormir,amanhã ela volta e vocês brincam mais – falou Edward, ela fechou a cara mais parou de choramingar, eu fui até ela

– Nós já vamos, se comporte e obedeça a seus avós e seus tios – falei dando um beijo nela, Edward fez o mesmo, eu fui procurar a Esme a encontrei conversando com minha mãe e Rosalie eu a chamei .

– Nós já vamos – falei

– Querida não se preocupe, eu vou cuidar dela direitinho

– Eu sei que vai, é que eu sou louca mesmo

– Não você é mãe – falou ela me dando um beijo no rosto

– Não deixa ela ir dormir tarde ou comer porcaria e qualquer coisa me liga

– Pode deixar – falou ela , depois de conversar com ela nós fomos embora,Edward dirigiu até nossa casa assim que estacionou o carro me puxou para dentro de casa,nós mal pisamos na sala e ele me empurrou na parede para então atacar minha boca, Edward me beijava com luxuria dava pequenas mordidas nos meus labios enquanto passeava sua mão faminta pelo meu corpo,ele desceu beijos pelo meu pescoço para que podessemos respirar , eu já estava sem fôlego com o beijo,ele levantou meu vestido até mina cintura e me puxou fazendo que eu colocasse minhas pernas ao redor da sua cintura.

– Nossa meu amor, está selvagem hoje – falei arfando

– Estou com fome de você – respondeu ele andando comigo em seus braços, senti quando ele começou a subir as escadas comigo, ao chegar no topo da escada ele me colocou no chão e terminou de tirar meu vestido, ele me olhou de cima a baixo e mordeu os lábios, fazendo com que eu soltasse uma risadinha,Edward me olhou nos olhos

– Eu adoro quando você usa vermelho, fica muito sexy, mais o que eu vou fazer com você não precisa de nada disso – falou ele rasgando meu sutiã e me deixando só de calcinha, eu soltei um grito de surpresa fazendo ele sorrir.

(...)

Acordei e senti o vazio ao meu lado ,Edward não estava na cama, eu ia levantar para procura-lo mais no mesmo instante ele entrou no quarto com uma bandeja de café da manhã nas mãos

– Bom dia meu amor – falou ele

– Bom dia, hum! café da manhã na cama, assim eu vou ficar mal acostumada – falei ele juntou nossos lábios.

– Minha esposa merece o melhor – respondeu ele colocando um morango na minha boca

– Edward eu preciso tomar banho – falei tentando me levantar, mais ele me segurou

– Depois meu amor, agora toma o café que eu fiz pra você – falou ele com a carinha pidona e eu não tive como negar, nós tomamos café entre caricias, assim que terminamos tomamos banho juntos, nosso a voô iria sair a tarde nossas malas já estavam prontas, eu terminei de me vestir

– Vamos logo Edward eu quero me despedir da minha filha – falei esperando ele que estava terminando de guardar umas coisas na mala dele

– Bella nosso avião sai as a tarde e ainda são 09:00 hrs, então temos tempo para nos despedirmos de todo mundo – falou ele, eu fui parasala me sentei no sofá para esperar, logo Edward desceu , nós fomos para casa dos meus sogros onde a Nessie estava, nos entramos na casa e todos estavam conversando o Emmet nos olhou maliciosamente.

– Mamãe – falou minha filha vindo correndo e pulando nos meus braços

– Oi meu amor, voê dormiu bem?

– Sim, eu dumi com a tia Alice sabia? – falou ela indo dar um beijo no Edward

– E por que você não dormiu no quarto do seu pai ? – perguntei

– O Tio Emmet me disse que lá é assomblado e quando ele molava aqui ele ouvia os fantasma gemendo eu fiquei com medo – depois que a minha filha falou isso,o Emmet soltou uma gargalhada fazendo todo mundo olhar pra ele, eu fuzilei o Emmet com o olhar, como ele teve coragem de falar essas coisas pra minha filha de quatro anos, ele nem parecia que tinha uma filha pequena, Rosalie du um tapa no braço dele que ficou esfregando o local.

– Emmet por que você falou isso pra Nessie,não tem vergonha ela é só uma criança, suas gracinhas deveriam ter mais limites – falei

– Bella foi só uma brincadeira

– Meu amor, isso é mentirinha do tio Emmet , ele só falou isso pra brincar com você é claro que não é verdade – falei

– Meu amorzinho não acredite e tudo que seu tio falar – falou Edward

–Tá bom papai – falou minha pequenininha e então saiu correndo.

– Emmet brincadeiras tem limites a Nessie só tem 4 anos então ,faça brincadeiras da idade dela – falou Edward

– Qual é Edward ela nem se quer entendeu

– Está avisado – falou o Edward, nós passamos o restante da manhã com a familia do Edward , a tarde nós nos despedimos de todos, eu é claro sai chorando por ter deixado minha filha.

– Meu amor, assim até parece que você não quer ficar sozinha comigo – falou edward ao me ver secando as lágrimas

– Claro que não Edward é só que é dificil, deixar ela

– Não estamos abandonando ela é só uma viagem,Bella eu quero que você aproveite a nossa viagem sem preocupações, você vai poder ligar para falar com a nossa filha,você vai ver – falou ele, depois de ter conversado com ele eu resolvi ficar mais calma, seria injusto com o Edward se eu passasse a viagem inteira choramingando, Nós chegamos a Itália eu estava exausta da viagem, Edward logo conseguiu um taxi e nós fomos para o nosso hotel. Assim que entramos no quarto eu liguei para nossa familia, falei com a minha filha e depois liguei para o meus pais.

– O que você acha de sair pra conhecer a cidade a noite? – perguntou Edward me abraçando por trás em quanto eu escolhia uma roupa .

– Um passeio romântico? – perguntei me virando de frente .

– É sim, ai depois voltamos para o hotel, tomamos um vinho em frente a lareira e depois quem sabe não encomendamos um irmãozinho para a nossa Nessie.- falou ele dando beijos no meu pescoço

– O que? – falei me separando dele e olhando para o seu rosto confusa,Edward nunca falou de ter outro filho isso pra mim é novidade

– Você não quer ter outro filho?

– Edward é que você nunca me falou que queria ter outro eu fiquei supresa

– Eu quero, quero ter muitos filhos com você , uns dez – falou ele me puxando de encontro ao seu corpo.

– Nossa Edward ! isso tudo? – perguntei

– Por que você não quer?

– Dez não, talvez só mais um – falei.

– Então vamos começar agora – falou ele atacando o meu pescoço.

– Não, agora eu vou tomar banho, me trocar pra gente ir conhecer a cidade – falei me afastando dele , eu tomei um banho relaxante e sai para escolher uma roupa,Edward estava falando ao telefone ele desligou e então sorriu.

(...)

Nós passeamos pelas ruas da Italia , Edward me levou Pra conhecer lugares incriveis,paramos em um restaurante para jantar e depois passeamos de mãos dadas em um lindo parque,esses tinham sido os melhores dias da minha vida,nós estava-mos no avião de volta pra casa, eu estava triste por deixar esse lugar encantador, mais também muito feliz por que iria ver a minha filha,Edward estava do meu lado segurando minha mão.

– Vou sentir falta daqui – falei

– Você pode vir quando quizer

– Quem sabe,agente não passa as férias aqui, em familia eu você e a Nessie

– Já entedi você não vai mais viajar sem a Nessie – falou ele sorrindo

– Não é isso, eu fiquei muito tranquila,apesar de sentir muita saudade dela,mais férias é coisa de familia.

– Eu sei meu amor, eu também senti muita falta dela,mais nós temos uma viagem em familia que vem primeiro.

– Qual?

– Eu prometi a ela que a levaria na Disney

Assim que descemos do avião eu vi aquela pessoinha pulando enquanto segurava a mão da minha mãe,eu dei um sorriso , então ela veio correndo e pulou nos meus braços.

– Mamãe que saudade – falou ela abraçada a mim

– E do papai ninguém sentiu saudade? – perguntou Edward ela me soltou e pulou no colo do pai

– Senti muitão – falou ela abrindo os bracinhos, com ela nos braços Edward caminhou até minha mãe, eu dei um abraço nela.

– Trouxelam plesente pa mim? – perguntou minha pequena

– Não lembro, Bella nós compramos alguma coisa pra essa garotinha interesseira?

– Hum! Eu acho que compramos alguma coisa sim – respondi

– Ebaaaa – gritou minha filha

– Bella como foi a viagem? – perguntou minha mãe

– Foi incrivel – respondi

– Veio sozinha Rennê ? – perguntou Edward

– Não eu vim com o Charlie, ele está no carro , nós fomos até o carro do meu pai que estava no estacionamento, ele falava no celular, quando nos viu desligou e então veio me abraçar.

– Como foi a viagem? – perguntou ele

– Foi ótima e essa garotinha se comportou bem , enquanto estava com vocês? – perguntei

– Como um anjo – falou meu pai olhando pra ela,que deu uma risadinha

– Seu pai quer diser, que ela é uma pimentinha Bella, meu Deus eu quase devolvi pra Esme,não para um minuto, ela quebrou a minhas taças ,aquelas inglesas que eu sempre tive cuidado pra você não quebrar quando era criança, mais a Nessie, ela só precisou encostar que caiu tudo no chão – falou minha mãe.

– Rennesme você quebrou as taças da sua vó ? – perguntei olhando séria pra ela

– Foi sem queler mamãe, ela num me deixou ver ,ai eu peguei uma cadeila e subi, mais a vovó chegou e eu fiquei com medo e bati e caiu tudinho – falou ela escondendo o rosto no pescoço do Edward.

– Em casa nós vamos ter uma conversinha – falei ,Edward entrou no carro e colocou ela na cadeirinha.

– Miha filha não precisa brigar com ela,nós já conversamos e ela até me pediu desculpas, eu não fiquei brava ela é tão pequena – falou minha mãe

– Eu não sei a quem ela puxou por que você ,nunca deu trabalho – falou meu pai sorrindo

– Eu sei, eu contei pra Esme e ela me disse que já estava acostumada com o furacão que é essa pequena, ela me dise que o Edward era bem pior – falou minha mãe

– Eu? Claro que não – falou meu marido sorrindo

– Mamãe, mais eu fico bem quetinha lá na casa da Vó Rennê a minha tia Alice disse que eu tinha que me comportar pluquer se não eu num ia ganhar um plesente.

– E é mesmo, eu deveria te colocar de castigo por ter aprontado na casa da sua vó – ela fez um biquinho para começar a chorar, mais a minha mãe resolveu se meter.

– Bella por favor ,o assunto das taças já está resolvido faz tempo e tirando isso ela se comportou maravilhosamente bem

– Hum! Eu vou ficar de olho em você viu – falei ela desfez o bico, depois que nos deixaram em casa meus pais foram embora, o Edward sentou no sofá e chamou a Nessie que foi correndo

– Meu amor,você lembra o que o papai conversou com você antes de viajar?

– Não – respondeu ela

– Eu disse pra você se comportar e não dar trabalho aos seus avós,sua mãe e eu já falamos que você não pode ficar subindo nas coisas , imagina se você cair e se machucar? promete para o papai que não vai mais aprontar na casa dos seus avós e também não vai mais ficar subindo nas coisas?

– Eu vou tentar – respondeu ela falando séria, eu não consegui me conter e soltei uma gargalhada, Edward me olhou , e então eu me calei, depois de tomar um banho relaxante eu preparei o nosso jantar.

(...)

Hoje era aniversário do Edward , ele tinha proibido todo mundo de fazer uma festa, é claro eu convenci Alice que uma festa surpresa não era uma boa ideia por que ele chegava cansado do trabalho, ela acabou concordando,mais eu já tinha planejado um jantar pra nós dois ou melhor três por que também tinha a minha pimentinha, eu já tinha preparado tudo a mesa estava decorada , eu terminei de arrumar minha filha e mandei que ela ficasse bem quietinha esperando o pai dela,a porta da sala se abriu e meu marido cansado entrou .

– Feliz aniversário papai – gritou minha filha pulando em cima dele, Edward a pegou no colo e deu um beijo.

– Obrigado meu amor, nossa como você está linda

– A mamãe me arrumou – falou ela, Edward a colocou no chão e veio até mim, me deu um beijo

– Eu fiz um jantar pra gente, pra comemorar seu aniversário, já que não quis a festa da Alice – Edward sorriu com o que eu falei

– Muito obrigado meu amor,Você é incrivel

– De nada, e então vamos pra mesa? – perguntei

– Eu vou tomar um banho logo e ..

– Não meu amor, vai esfriar, você tomar banho depois do jantar – nós fomos para mesa, eu coloquei a Nessie sentada e depois a servi, fiz o mesmo com o Edward e então me sentei, ele colocou vinho na minha taça e depois na dele.

– Meu amor, eu não vou beber , vou tomar um suco com a Nessie – falei

– E por que ?

– Meu estomago está sensível -falei, Nós começamos a saboarear o jantar, o Edward não parava de elogiar, depois que terminamos ele foi tomar banho enquanto eu e a Nessie escolhiamos um filme para ver-mos juntos, depois que ele voltou nos enroscamos no sofá para ver o desenho que a Nessie escolheu, quando estava no meio do filme eu me levantei para beber agua e vi que a minha pequena tinha pegado no sono.

– Amor ela dormiu , eu vou colocar ela na cama – falei mais o Edward se levantou

– Pode deixar que eu coloco – falou ele.

– Ta bom, eu vou para o nosso quarto - falei tirando o dvd, eu fui para o quarto e fiquei esperando o Edward, ele entrou sorrindo.

– Obrigado meu amor, esse jantar foi maravilhoso

– Você merece, mais falta eu te dar o seu presente – falei

– Mais? – perguntou ele

– Eu não te dei nada ainda

– Deu sim Bella, você me deu você, me deu a nossa filha ,todo dia me faz o homem mais feliz do mundo com a familia mais linda que alguém possa querer, eu não consigo imaginar nada nesse mundo que vá me deixar mais feliz do que eu já sou – falou ele acariciando meu rosto

– Eu te amo quer dizer nós três te amamos muito – falei segurando seu presente nas mãos.

– Nós três? – perguntou ele confuso

– Eu a Nessie esse bebezinho que eu estou esperando – falei colocando a mão dele sobre o meu ventre, Edward me olhou de olhos arregalados.

– Você está gravida? – perguntou ele, eu entreguei o pacote nas suas mão que me olhou e então abriu ,Edward pegou com suas mãos dois sapatinhos pequenininhos

– Obrigado meu amor, eu me enganei é possivel ser mais feliz do que eu era – falou ele selando nossos lábios

(...)

Pela manhã resolvemos levar nossa filha para brincar em um parquinho que tinham cosntruido perto da nossa casa, Edward e eu estavamos sentados na grama abraçados enquanto a Nessie brincava no escorrego, eu nunca pensei que eu um dia seria tão feliz, apesar de tudo que eu passei eu sei que valeu a pena, eu não conseguia imaginar minha vida sem ele, e tenho certeza que ele também não consegui imaginar sua vida sem mim.

– Edward

– Oi

– Eu te amo pra sempre – falei ele deu uma risadinha

– Eu também te amo pra sempre.

Nós ficamos ali no nosso mundinho encantado olhando nossa pequena filha brincar dando gostosas gargalhadas.

Fim!

Notas finais do capítulo
Bom agora quero saber a opinião de vocês
EU ADOREI ESTÁ COM VOCÊS DURANTE ESSE TEMPO EM QUE ESCREVI ESSA FIC E ESPERO QUE VOCÊS TAMBÉM ESTEJAM AQUI QUANDO EU POSTAR A MINHA NOVA FIC. FIQUEM DE OLHO
BEEIJOS E VLW PESSOAL




Todas as histórias são de responsabilidade de seus respectivos autores. Não nos responsabilizamos pelo material postado.
História arquivada em http://fanfiction.com.br/historia/156561/Voce_Me_Pertence/