[ Comentários ]

Depois Da Descoberta Da Usurpadora escrita por Paulinha Spanic


Capítulo 18
Te amo e te quero muito...


Notas iniciais do capítulo

Eai gente olhem só Voltei mais cedo do que eu esperava hahahahaah

consegui fazer mais um capitulo hoje........

então chega de papo e bora ler .....




Carlos daniel e paulina se despediram de todos e entraram no carro e foram primeiramente ao escritorio do advogado do carlos daniel, chegando lá antes dele sair do carro ele diz:

Carlos daniel: paulina, nós ainda vamos ser muito felizes.....(disse segurando na mão da amada)

Paulina: claro meu amor, mas nós ja estamos felizes...pra mim a felicidade esta ao seu lado(acariciando o rosto dele)

Carlos daniel: te amo muito muito muito muito(dando varios beijos nela)

Paulina: eu tambem te amo muito e muito muito para todo o sempre(puxando o pescoço dele para mais perto e dando um beijo bem demorado)....

Paulina e carlos daniel beijavam-se como se o mundo fosse acabar naquele momento não queriam separar-se mas como carlos daniel tinha que falar com o seu advogado paulina interrompeu o beijo e disse:

Paulina: meu amor, você tem que ir falar com o seu advogado...para podermos seguir viajem....

Carlos daniel: é verdade minha vida...então eu vou ir lá e você me espera dentro do carro ok....

Paulina: claro meu amor ficarei aqui escutando musica...(dando um selinho)

Carlos daniel então saiu do carro ele tinha chaveado as portas para paulina não correr perigo algum....então enquanto paulina ficava ali no carro trancada ela ligou o radio para passar o tempo e ficou ali com os pensamentos voando.....

<>>>>

Carlos daniel entra no escritorio e vai diretamente falar com a secretaria:

Secretária: posso ajuda-lo senhor???(perguntou educadamente)

Carlos daniel: sim, me chamo carlos daniel bracho eu vim falar com o meu advogado Dr.Cabañas....

Secretário: só um momento senhor bracho...(disse saindo de sua mesa e indo até a sala do advogado) Dr.Cabañas...

Secretária: o senhor bracho ele está ai e quer falar com o senhor....

Dr.Cabañas: pois mande-o entrar....

Secretária: sim senhor...(saindo da sala)........ senhor bracho pode passar o Dr.cabañas esta lhe aguardando...

Carlos daniel: obrigada...(indo para a sala do advogado) Dr.cabañas...

Dr.Cabañas: entre senhor bracho, em que posso ajuda-lo..

Carlos daniel: bom eu queria entrar com o pedido de divorcio contra minha esposa paola....

Dr.Cabañas: bom os senhores só precisam assinar os documentos, mas caso ela queira pensão e passe isso pra justiça ira demorar mais se ouver um acordo entre os dois será mais rapido então senhor...

Carlos daniel: bom doutor...a paola ela não esta aqui na capital a muito tempo...ela abandonou a nossa casa para fazer viajens para se divertir com os seus amantes(disse controlando a sua raiva)e quero me divorciar dela por que alem dela abandonar nossa casa ela só me fez mal....e alem do mais encontrei o amor da minha vida e não quero que um divorcio me impeça de ser feliz...

Dr.cabañas: bom senhor bracho...podemos entrar com o pedido de divorcio e justificar com o abandono de lar... o que o senhor acha? mais uma coisa isso vai demorar um pouco...

Carlos daniel: por mim Doutor...ja podemos começar...então eu vou indo por que estou indo fazer uma viajem.....até logo(disse apertando a mão dele)

Dr.cabañas: até mais ver senhor bracho....

Carlos daniel estavam entrando no elevador e começou a pensar “o que eu posso fazer para supreender paulina nessa viajem?? Eu terei que ser muito paciente com ela...pois não quero forçar ela a nada que ela não queira, e que se caso aconteça eu quero que seja especial principalmente para ela”

<>>>>

Paulina ficava ali pensando, escutando musica “Como estou feliz ao lado de carlos daniel, mesmo ele sendo casado com paola, eu sinto que ele é meu e que eu sou dele, e quero fazer ele o homem mais feliz do mundo..eu quero tanto ser dele de corpo e alma, que não sei se nessa viajem eu vou conseguir me controlar mas eu sei que ele será gentil e carinhoso como sempre um cavalheiro...eu o amo tanto tanto que seria capaz de me entregar a ele mesmo não sendo sua esposa...” paulina interrompe seus pensamentos e olha para o lado e ve carlos daniel vindo todo sorridente então ele abra a porta e entra para dentro do carro e diz:

Carlos daniel: demorei muito meu amor??(disse virando de frente para ela)

Paulina: demorou muito, fiquei morrendo de saudades..

Então paulina puxou carlos daniel para um beijo, provocativo cheio de desejo, amor, paixão...suas linguas dançavam em um ritmo enloquecedor, eles se baijaram por um bom tempinho até que ambos estavam com falta de ar mas não queriam parar aquele beijo que estava tão bom...mas foram obrigados seus pulmões estavam praticamente gritando por ar....então eles cessaram o beijo e ficaram se olhando esperando suas respirações acalmarem, e paulina se encosta no banco do carro que estava um pouco inclinado para trás fazendo com que ela ficasse quase deitada e carlos daniel começou a olha-la com muito desejo e foi colocando a sua mão na coxa dela e começou a acariciar elas, paulina estava com um conjuntinho de saia com um casaquinho cor de rosa....paulina ao sentir o toque da mão de carlos daniel ficou arrepiada e começou a ficar mais ofegante do que ja estava, sua respiração não tinha nem acalmado, carlos daniel acariciava as coxas dela e foi se aproximando mais dela, fazendo com que ele ficasse bem pertinho dela, então ela que estava com os olhos fechados os abriu e rapidamente seu olhar se encontrou com os olhos de carlos daniel, o olhar deles transmitia amor, desejo ai nesse momento carlos daniel aproxima sua boca da de paulina e eles começam outro beijo ele passava sua mão nas coxas de paulina fazendo com que ela ficasse excitada paulina puxou carlos daniel para cima dela mesmo não tendo muito espaço naquele carro os dois ficaram um pressionado ao outro eles se beijavam como se o mundo tivesse parado ali naquele momento, mesmo eles tendo que seguir viajem eles estavam tomados pelo desejo de serem um do outro, paulina nunca havia se sentido daquele jeito se sentir tão desejada, carlos daniel já estava subindo mais a sua mão fazendo com a saia da paulina subisse para cima então nesse momento a respiração da paulina começou a ficar meia falhada, carlos daniel então pegou e se colocou entre as pernas de paulina e ela entrelaçou suas pernas envolta da cintura dele, mesmo ele ainda estando de calças quando ele encostou-se em paulina ela conseguiu sentir a tamanha excitação que seu amado estava sentindo e isso fez com que ela soltasse um leve gemido e puxasse ele pra cima colando mais seus corpos então ela começa a apertar as mãos nas costas dele, e nisso carlos daniel começou a dar leves beijos no pescoço dela seguidas de mordidinhas que estavam fazendo com que paulina ficasse mais excitada ele começou a abrir a blusa dela, paulina queria ser amada por ele mais não podiam eles estavam dentro do carro e ainda em um lugar onde qualquer pessoa poderia chegar e ver os dois ali se amando então ela aos poucos foi chamando carlos daniel:

Paulina: carlos daniel, meu amor...(dizia com os olhos fechados sentindo o toque do amado)

Carlos daniel: diga.....minha vida(beijando seu pescoço)

Paulina: meu amor, aqui não estamos dentro do carro pode chegar alguem a qualquer momento....(dizia respirando muito rapido carlos daniel estava fazendo paulina ficar com mais desejo que ela ja estava)

Carlos daniel: você tem razão minha vida, e temos que chegar logo na pousada ja esta ficando tarde(dando um beijo nela)

Paulina: te amo e te quero muito...(disse pegando na mão do carlos daniel)

Carlos daniel: tambem te amo e te quero muito minha vida...(dando beijo suave em sua boca)então vamos minha vida??(disse dando um lindo sorriso)

Paulina: vamos sim meu amor...(retribuindo o sorriso)

Carlos daniel ligou o carro e logo em seguida paulina ligou o radio para eles seguirem o caminho escutando eles conversavam sobre varios assuntos e sempre rindo carlos daniel era outro homem não era aquele sério, de terno e gravata, não ali quem estava era o carlos daniel divertido, sempre risonho, amoroso, cavalheiro..e etc.......eles seguiam vaijem até finalmente chegam na pousada, paulina fica admirada com a tamanha beleza do lugar ele era simples porem muito acolhedor e romantico, carlos daniel pergunta para paulina ainda dentro do carro:

Carlos daniel: então minha vida o que achou???

Paulina: estou sem palavras isso tudo é muito lindo(disse sorrindo)

Carlos daniel: que bom que gostou minha vida espera então pra ver lá dentro, é muito lindo....então vamos entrar

Paulina: vamos estou super ansiosa para conhecer a pousada...

Carlos daniel saiu do carro e deu a volta e abriu a porta para paulina, e eles foram em direçaõ a porta da pousada de mãos dadas, chegando lá dentro paulina ficou completamente de boca-aberta, era muito lindo tudo ali, ela olhou para carlos daniel dando um sorriso ela estava muito feliz ele pensava que tudo aquilo era um sonho mais um sonho de que ela não queria despertar.....



Notas finais do capítulo

e então o que acharam?????


Será que paulina vai se entragar para o carlos daniel???

comentem muitoooo

Beijuuusss Boa noite ♥



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Depois Da Descoberta Da Usurpadora" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.