[ Comentários ]

Lua De Mel, Amor E Desejo Sem Fim... escrita por Daiandra Castro


Capítulo 47
Deslizar em você


Notas iniciais do capítulo

Bom meninas... sem muitas palavras pq eu sei q vcs estão loucas de curiosidade!
bj bj!




Paulina ao escutar a pergunta do marido nada respondeu. Apenas o olhou nos olhos do amado transmitindo um leve “sim”.

Carlos Daniel destapou-se e aproximou seu corpo mais do da amada. Ele sentou-se na cama e deu um beijo terno, mas forte em seus lábios e com delicadeza foi deitando-a na cama.

Quando Paulina já estava deitada, Carlos Daniel olhando a amada nos olhos, soltou a tira que prendia seu roupão, a deixando nua. Ele esticou o braço e pegou o frasco com óleo e calmamente despejou-o no corpo da amada, desde seu pé, até seu pescoço.

Quando o óleo tocou a pele de Paulina, ela sentiu o quão frio ele estava e seu corpo logo se contraiu.

Carlos Daniel levemente começou a passar as mãos no corpo da esposa, deixando-as deslizar naquele perfumado óleo. Suas mãos percorriam o corpo da amada em um compasso desenfreado, suas mãos se perdiam em meio a tanto amor e beleza.

O Corpo de Paulina relaxou por completo ao sentir o toque quente das mãos de Carlos Daniel em seu corpo. Ali não era possível mais sentir vergonha. Os únicos sentimentos que possuíam o corpo dela eram desejo, amor e mais desejo.

Logo Carlos Daniel estava completamente excitado, e sabia que Paulina também estava querendo-o.

Carlos Daniel alisou o corpo da amada até o óleo ficar quase imperceptível em sua pele delicada.

Paulina estava deitada de barriga para cima, uma de suas pernas estava dobrada e seus braços estavam dobrados ao lado do corpo. Ela estava de olhos fechados, apreciando as carícias quentes do amado.

Carlos Daniel desceu sua mão até o pé da amada. Quando sua mão subiu novamente, com todo o cuidado do mundo Carlos Daniel colocou a mão entre as pernas de Paulina, deixando levemente sua mão deslizar até a virilha da amada.

Quando Paulina sentiu a mão de Carlos Daniel tocando próximo as suas partes íntimas, ela respirou profundamente trancando o ar e deixando seu corpo firme.

Cuidadosamente, Carlos Daniel afastou as pernas da amada umas das outras, deixando seu corpo livre para que ele pudesse ama-la.

No momento em que Carlos Daniel afastou as pernas de Paulina, ela abriu os olhos o olhando com firmeza, transmitindo desejo. Ela ainda estava imóvel e Carlos Daniel estava tocando-a como queria.

Carlos Daniel cuidadosamente se aproximou do rosto de Paulina e a beijou com calma. Uma das mãos de Paulina tocaram o pescoço de Carlos Daniel que como todo o seu corpo, estava quente e desejável. Sem parar de beija-la, Carlos Daniel tirou a cueca, ficando completamente nu.

As mãos de Paulina nunca tinham tocado o sexo do marido. Ela não podia negar que sentia vontade e também curiosidade de descobrir como era, e de como seu corpo e o do amado reagiriam.

Quando Paulina percebeu que Carlos Daniel estava como ela, completamente nu, seu corpo de virou sobre o dele, e sem ela se controlar sua mão desceu até as partes íntimas do amado.

Paulina não pôde negar que toca-lo era uma experiência totalmente nova, e que jamais, de maneira alguma imaginou faze-la. Carlos Daniel era quente, quente por completo. Enquanto cuidadosamente Paulina descobria o corpo do amado, Carlos Daniel começou a suar em senti-la. Ele nunca imaginou Paulina, a sua Paulina o tocando assim, daquela maneira, intimamente. Ele não sabia o que o deixava mais louco: A sensação de senti-la, ou de saber que ela o tocava.

Carlos Daniel não resistiu e deixou que Paulina continuasse o que havia começado. As mãos de Paulina começaram a se perderem no corpo de Carlos Daniel. Ele a beijava com força mordendo vez que outra seus lábios. Uma de suas mãos estava envolta na cintura de Paulina e a outra segurava seu rosto no dele.

Carlos Daniel não estava mais aguentando aquela tortura. Rapidamente ele virou Paulina na cama, ficando com seu corpo entre suas pernas totalmente sentindo-a.

Daquele momento em diante, a única coisa que Carlos Daniel queria era encher a amada de prazer, fazer ela delirar, leva-la as nuvens.



Notas finais do capítulo

gente queria deixar um beijão pras queridas kah e miss, que estão sempre acompanhando e comentando tudo, alem de serem otimas escritoras! bjos amadas!
ah e comentem ai... eu amo um comentáriozinho!