[ Comentários ]

Lua De Mel, Amor E Desejo Sem Fim... escrita por Daiandra Castro


Capítulo 40
Te amar sem te tocar.


Notas iniciais do capítulo

Bom gente, esse capítulo eu tive que judiar um pouquinho do nosso casal perfeito, afinal, eles sempre tinham briguinhas em meio a novela. Mas como sempre, no fim tudo fica bem.
Bom, eu aqui estou exausta dormi apenas duas horas de ontem para hj, passei a madrugada em claro. Certamente, vcs não teram o cap 41 hj, mas na madrugada provavelmente.
Desculpem-me mas preciso descançar tambem, afinal tenho um Baby aqui pra zelar...
beijos amadas, bom cap 40!




Paulina e Carlos Daniel descem para jantar. Eles vão o caminho todo brincando, um fazendo cócegas no outro. O Amor que havia entre eles era tão grande, que podia ser expresso de qualquer maneira, inclusive com cócegas.

Quando Chegaram ao restaurante, o cheiro que vinha de comidas maravilhosas, deixava o casal louco de fome. Afinal, Paulina tinha dado apenas uma mordida em seu sanduiche, e logo após Carlos Daniel devorou ele inteiro, só o que restou foram as batatinhas, que não saciaram a fome deles por completa.

Sentados a mesa, Paulina e Carlos Daniel recebem os Cardápios, Eles pedem como entrada, tortillas de camarão e ervas finas, e como Prato Principal uma bela Paella feita no capricho. E como sobremesa, uma linda Tortilla doce, feita com maçã e chocolate.

Eles ficaram no restaurante um bom tempo. A noite estava maravilhosa e com um brilho perfeito das estrelas.

Carlos Daniel, faz uma proposta a Paulina:

–Amor, sei que esta tarde, mas, devíamos aproveitar melhor a noite não acha?

–hum, o que você quer dizer com isso minha vida?

–Que tal um banho de mar? Seria maravilhoso! Afinal, diferente dos outros dias, hoje a noite esta quente. O que você acha?

–Seria ótimo! Então vamos subir e trocar de roupas, tudo bem?

–Sim, vamos subir.

Paulina e Carlos Daniel sobem e trocam de roupas as pressas. Logo já estão a caminho da praia.

Carlos Daniel começa a brincar com Paulina, correndo na beira do mar e jogando areia um no outro.

Carlos Daniel joga Paulina na água, logo a puxa para a beira e a faz rolar abraçada nele, deixando-a completamente coberta de areia.

–Carlos Daniel você me paga! –Grita Paulina que sai correndo mar a dentro atrás de Carlos Daniel.

Carlos Daniel resolve dar um pequeno susto em Paulina. Quando Ela pensou que ia pega-lo, ele mergulhou na agua e desapareceu por alguns instantes.

Paulina Logo se Desesperou e começou a chama-lo:

–Carlos Daniel! Carlos Daniel! Por favor, não faz isso comigo! Carlos Daniel!

Quando Paulina se virou, e avistou Carlo Daniel sentado na areia, dando altas gargalhadas. Paulina brava com ele sai correndo da agua. Ela vai em direção a ele, começa a bater com os punhos em seu peito com toda a força possível naquele momento de raiva. Carlos Daniel percebe que exagerou na brincadeira, viu que feriu os sentimentos da amada. Ele segura seus pulsos e puxa seu corpo para o dela implorando desculpas.

–Desculpa meu amor, desculpa, eu exagerei, me perdoa me perdoa...

Paulina mesmo com a raiva que sentia do marido por ter brincado daquela maneira com ela, o abraça forte e começa a chorar.

–Por que você fez isso! Por que Carlos Daniel! Por que... –Ela chora intensamente abraçada ao marido.

–Desculpa minha vida, eu agi sem pensar, desculpa... me perdoa?

–Eu fiquei com tanto medo de te perder, tanto, tanto... –Paulina chora de uma maneira tão intensa que começa a soluçar.

–Eu juro que isso nunca mais acontecerá, me perdoa.

–é claro que perdoo. Mas não faz mais isso comigo, eu não conseguiria pensar em viver sem você nunca mais...

–Desculpe.. Sente-se aqui comigo –Carlos Daniel senta-se e puxa Paulina para o seu lado.

Ele acaba deitando na areia e Paulina deita-se sobre seu peito.

–Amor meu, eu juro, juro, que agi sem pensar...

Paulina acalma o choro.

–Tudo bem Carlos Daniel, passou...

–Eu Te amo.

–Eu também te amo mais que tudo.

Carlos Daniel senta-se novamente. Com as Mãos limpa o rosto de paulina que estava com grãos de areia e a beija com ternura, em um gesto de Perdão.

–Acho melhor voltarmos pro hotel, não concorda meu amor?

Paulina Balança a cabeça concordando.

–Então vamos. –Carlos Daniel levanta e estende sua mão para ajudar Paulina a levantar. Eles vão para o hotel de mãos dadas.

No Caminho de volta nenhuma Palavra é trocada.

Chegando ao quarto de hotel, Carlos Daniel a abraça e pergunta se ela o perdoou:

–Paulina, você me perdoou?

–Sim meu amor, eu te perdoo. Eu já te perdoei.

Carlos Daniel a beija, e juntos vão para o banheiro, tirar aquelas roupas molhadas e tomando um bom banho para relaxar.

Eles Juntos, entram embaixo da agua morna relaxante que caia do chuveiro. Eles se abraçam e ficam ali por alguns instantes.

Paulina estava exausta e Carlos Daniel também. O Banho foi o fim para eles.

Eles Desligaram o Chuveiro, vestiram um roupão, e assim mesmo, caíram na cama em um sono profundo.

O fim desta noite mostrou que não é necessário ocorerrem relações sexuais para a troca de amor acontecer. Quando dois Corpos se amam, eles sabem se amar de qualquer maneira.

Mesmo ali, adormecidos, exaustos, a troca de amor era maravilhosa. Eles se encaixavam de uma maneira incrível, até mesmo para dormir, fazendo de qualquer simples noites, noites de amor.



Notas finais do capítulo

Esperam que tenham entendido a mensagem que eu tentei passar nesse cap.
Obrigado a todos que estão lendo!
fiquem com Deus e Deixem seu comentário!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Lua De Mel, Amor E Desejo Sem Fim..." morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.